Página 1 dos resultados de 78 itens digitais encontrados em 0.004 segundos

Propriedades elétricas de polietileno impregnado com negro de fumo; Not available

Ramos, Romildo Jeronimo
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 28/06/2000 PT
Relevância na Pesquisa
108.626045%
Esta tese trata-se dos estudos dos mecanismos relacionados com a condução elétrica ac de polietileno de baixa densidade (PEBD), virgem e envelhecido sob radiação UV, carregado com diferentes concentrações de negro de fumo (NF). Medidas experimentais de condutividade ac foram feitas em amostras com diferentes concentrações de NF, em diferentes temperaturas. Análise de calorimetria diferencial (DSC) e medidas de expansão térmica foram realizadas como complementos a esse estudo. Observamos também o efeito do envelhecimento UV sobre as propriedades elétrica das amostras. Baseado na distribuição do NF na matriz polietileno, a condutividade ac foi explicada em termos do mecanismo "hopping" considerando o material como um sistema onde as barreiras de energia potencial estão aleatoriamente distribuídas no volume do material. Estudamos a ruptura dielétrica do PEBD/NF com diferentes concentrações de NF, e os resultados foram interpretados usando a distribuição estatística de Weibull, utilizando tanto o métodos gráfico quanto o analítico, para determinar a rigidez dielétrica e os parâmetros de escala e de forma da distribuição; We performed a study of mechanisms related to ac electrical conduction of virgin and aged low-density polyethylene (LDPE) charged with different concentrations of carbon black (CB). Experimental ac conductivity measurements were carried out in samples of different CB concentrations for several temperatures. Measurements of differential scanning calorimetry (DSC) and of thermal expansion were performed as auxiliary methods in this study. We also observed the ultraviolet aging effect on the electrical properties of the samples. Based on the distribution of the CB in the polyethylene matrix...

Preparação e caracterização de compósitos condutores obtidos a partir da borracha natural com raspa de couro e negro de fumo

Alves, Aguinaldo Lenine
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 109 f. : il.
POR
Relevância na Pesquisa
98.63182%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Ciência e Tecnologia de Materiais - FC; Compósitos condutores são materiais preparados para combinar as propriedades físicas dos polímeros com partículas condutivas. Neste trabalho, são apresentadas a preparação e caracterização de compósitos condutores contendo borracha natural (BN), raspa de couro (RC) e negro de fumo (NF). As Amostras foram conformadas em diferentes percentuais em massa dos constituintes BN, RC e NF: 38/60/2.0; 37.5/60/2.5; 37/60/3.0 e 36.5/60/3.5, respectivamente, aplicando uma pressão de 12 toneladas durante o 5 minutos à temperatura de 160°C, resultando em membranas com boa qualidade e com a espessura desejada. Os compósitos BN/RC/NF foram caracterizados por microscopia óptica (MO), microscopia eletrônica varredura (MEV), Microscopia de Força Atômica (AFM), espectroscopia Raman e infravermelho, termogravimetria (TG), calorimetria exploratória de varredura (DSC), análise dinâmico mecânica (DMA), testes mecânicos (Tensão versus deformação) e medidas de condutividade elétrica. A presença do NF no compósitos BN/ RC/NF, promoveu uma condutividade elétrica da ordem de 1.5x10-3 S.cm-1. Os ensaios mecânicos mostram que o compósito BN/RC/NF possui propriedades físicas intermediárias entre as membranas de BN e o couro. Verificou-se que as membranas do compósito BN/RC/NF são de baixo custo...

Degradação de membrana impermeabilizante de polietileno de alta densidade usada em tanques de armazenamento de vinhaça

Lavoie, Fernando Luiz; Bueno, Benedito De Souza; Lodi, Paulo César
Fonte: Associação Brasileira de Polímeros Publicador: Associação Brasileira de Polímeros
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 690-695
POR
Relevância na Pesquisa
98.22322%
High-density polyethylene (HDPE) water-proof membranes are used as coatings in vinasse (leachate from sugar cane) storage tanks. The leachate is pumped into the tanks at temperatures of 80-90 °C. Due to these high temperatures and acidity of the waste, these membranes can be degraded, cracked and then loose the function for which they have been designed. This may cause contamination of the soil and groundwater. This study evaluated the effect of vinasse in HDPE membranes after 4 months of exposure in a controlled environment. An aggressive, alkaline pH liquid (sodium hydroxide) was also used. The objective was to evaluate the membrane resistance in contact with acidic and alkaline residues. Physical and mechanical tests, measurement of the carbon black content and thermo gravimetric analysis (TGA) were used to determine degradation of polymer membranes after chemical immersion. While sodium hydroxide resulted caused only minor changes in the physical properties, vinasse induced a thickness change of 7.8%. With immersion in vinasse, an average decrease in strength and deformability (yield) of 34% and 23.5% were measured, respectively. The stiffness increased by 7.8% (average) and the tear strength decreased by 2.7% (average).; Membranas impermeabilizantes de polietileno de alta densidade (PEAD) são utilizadas como revestimento em tanques de armazenamento de vinhaça (resíduo da cana-de-açúcar)...

Estudos do limiar de percolação elétrica de nanocompósitos poliméricos híbridos de PMMA com nanotubos de carbono e negro de fumo; Studies of electrical percolation threshold of hybrids polymers nanocomposites of PMMA with carbon nanotubes and carbon black

Paulo Henrique da Silva Leite Coelho
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 10/12/2014 PT
Relevância na Pesquisa
88.23237%
A modificação de matrizes poliméricas isolantes em semicondutoras ou condutoras pela incorporação de cargas de carbono é amplamente difundida. O Negro de Fumo (NF) é a carga condutora mais utilizada e os Nanotubos de Carbono são considerados uma alternativa pelas suas propriedades diferenciadas. Neste trabalho estudou o comportamento destas cargas em nanocompósitos de PMMA obtidos por polimerização in situ. Para a análise da condutividade elétrica dos materiais resultantes foi considerada a teoria da percolação aplicando-se o modelo do volume excluído, que prevê a ocorrência de uma concentração crítica conhecida como o limiar de percolação. O trabalho foi dividido em etapas. Primeiramente foram estudadas as condições de dispersão e de polimerização para a obtenção dos nanocompósitos, obtendo-se as curvas de percolação da condutividade elétrica dos nanocompósitos e determinando o limiar de percolação para os sistemas com Nanotubos de carbono de paredes múltiplas (NTCPM) e NF de alta estrutura. Considerando-se a hipótese de que a combinação de cargas condutoras com diferentes geometrias pode apresentar efeitos diferentes da soma das cargas individuais, investigou-se o efeito da mistura NTCPM e NF em comparação com nanocompósitos das mesmas cargas individuais. Foram encontrados valores de condutividade próximos ao de semicondutores...

Preparação e caracterização de compósitos de poliuretano termoplástico com negro de fumo condutor e nanotubos de carbono

Ramôa, Sílvia Daniela Araújo da Silva
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 140 p.| il., grafs., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
88.23299%
Dissertação (mestrado) - Universidade Fderal de Santa Catarina, Centro Tecnologico, Programa de Pós-Graduação em Ciência e Engenharia de Materiais, Florianópolis, 2011; O estudo de compósitos poliméricos condutores de eletricidade (CPCEs) têm recebido atenção especial, devido ao grande potencial em aplicações tecnológicas, tais como: dissipação de carga eletrostática e proteção contra interferência eletromagnética. A incorporação de aditivos condutores, tais como: negro de fumo condutor (NFC) e nanotubos de carbono (NTCs), em matrizes de elastômeros termoplásticos é uma alternativa para produção de CPCEs com propriedades mecânicas semelhantes às de uma borracha vulcanizada, sem a necessidade do uso de agentes de vulcanização. Neste trabalho foram preparados compósitos condutores de eletricidade, de elastômero de poliuretano termoplástico (TPU) com diferentes concentrações e tipos de aditivos condutores (NFC, NTCs, e NTCF), a partir de duas técnicas de mistura: mistura por solução e mistura por fusão. Os compósitos obtidos foram caracterizados, sendo suas morfologias e propriedades viscoelásticas, térmicas e elétricas avaliadas através, de microscopia eletrônica de varredura por emissão de campo (SEM-FEG); espectroscopia de infravermelho por transformada de Fourier (FT-IR); análise dinâmico mecânica (DMA); termogravimetrica (TG); calorimetria diferencial de varredura (DSC); medidas de condutividade; e proteção contra interferência eletromagnética (EMI-SE). Para os compósitos obtidos através de mistura por fusão...

Compósitos elastoméricos condutores a base de terpolímero de etileno-co-propileno-co-5-etilideno-2-norborneno e negro de fumo modificado com polímeros condutores intrínsecos utilizados na construção de um protótipo de sensor de dígito- pressão

BENDO, Luana
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: 57 f.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
98.88803%
TCC (graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina. Centro de Ciências Físicas e Matemáticas. Curso de Química.; Compósitos elastoméricos termicamente estáveis à base de borracha EPDM (terpolímero de etileno-co-propileno-co-5-etilideno-2-norborneno) e aditivo negro de fumo modificado com polímeros condutores intrínsecos (Eeonomer®) foram produzidos em solução e reticulados por moldagem à compressão. Estes aditivos representam uma nova classe de compostos condutivos termicamente estáveis fabricados via deposição “in situ” de PCI, como polianilina e polipirrol, nas partículas de negro de fumo. Análises termogravimétricas mostraram que estes compósitos são termicamente estáveis com perda de massa em, aproximadamente, 300 °C. A incorporação dos aditivos Eeonomer® facilitou o processamento dos compósitos, pois a presença dos PCI possibilitou uma melhor dispersão das partículas na matriz da borracha, conforme ilustra a análise morfológica. Estes materiais possuem ponto de percolação em torno de 5 a 10 phr, dependendo da formulação, e valores de condutividade elétrica dc por volta de 1 x 10-3 a 1 x 10-2 S. cm-1,acima do ponto de percolação. Uma diminuição no efeito de reforço foi observado nos compósitos produzidos com aditivos contendo PCI em relação aos compósitos produzidos somente com negro de fumo. Os resultados obtidos neste estudo mostram a praticidade do método adotado em produzir compósitos eletricamente condutores...

Estudo da aplicação de diversos modelos e metodologias na análise de adsorção em fase líquida

Rosa, Carlos Eduardo de Sousa
Fonte: Universidade de Évora Publicador: Universidade de Évora
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
87.90083%
Este trabalho contempla a utilização dos modelos de Langmuir, Freundlich, Sips, Redlich- Petersen, Toth, Dubinin–Radushkevich e Tempkin para análise de isotérmicas de adsorção de compostos fenólicos, amitriptilina e fluoxetina em carvões ativados e negros de fumo em fase líquida, obtidas pelo Grupo de Investigação de Química de Superfícies e Materiais da Universidade de Évora. Foi utilizado o ajuste não linear aos dados experimentais usando o software Solver do MS Excel. Para a avaliação da aplicabilidade dos modelos foram usadas as funções de erro, coeficiente de determinação, soma dos erros quadrados, média do erro relativo, desvio padrão percentual de Marquardt, função de erro fracionada hibrida, soma dos erros absolutos, chi-quadrado, raíz quadrada da média do erro e média percentual dos erros. Os modelos que apresentaram melhor ajuste foram os modelos de Sips, Freundlich, Toth e Langmuir observando-se para estes modelos as melhores correlações e minimização das funções de erro; ### Abstract: Title: Study of the Application of Various Models and Methodologies in the Analysis of Adsorption from the Liquid Phase. Isotherm adsorption models of Langmuir, Freundlich, Sips, Redlich-Petersen, Toth...

Correlação entre o comportamento termooxidativo do polipropileno (PP) e do polietileno de baixa densidade (PEBD) e o tipo de tratamento superficial do negro de fumo

Nunes,Edilene de Cássia D; Babetto,Alex S; Agnelli,José Augusto M
Fonte: Associação Brasileira de Polímeros Publicador: Associação Brasileira de Polímeros
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/1997 PT
Relevância na Pesquisa
119.03602%
O Negro de fumo (NF) é muito utilizado como um aditivo fotoprotetor em polímeros termoplásticos, principalmente para o polietileno de baixa densidade (PEBD) e para o polipropileno (PP). O comportamento como estabilizante termooxidativo do negro de fumo modificado superficialmente foi estudado, completando sua caracterização como agente fotoestabilizante. A superfície do negro de fumo foi modificada através da oxidação com peróxido de hidrogênio e com ácido nítrico, a fim de aumentar o seu caráter ácido. Os resultados desta estabilização termooxidativa foram positivos para o PEBD, mas mostraram comportamento insatisfatório para o PP.

Influência de aditivos na rigidez dielétrica do polietileno de alta densidade

Ueki,Marcelo M; Zanin,Maria
Fonte: Associação Brasileira de Polímeros Publicador: Associação Brasileira de Polímeros
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/1997 PT
Relevância na Pesquisa
88.63022%
Neste trabalho são apresentados resultados de ensaios de ruptura dielétrica de curta duração com rampa de tensão positiva em amostras de polietileno de alta densidade (HDPE), modificadas com diferentes níveis de aditivos (dióxido de titânio, negro de fumo, antioxidante e estabilizante à ultravioleta). Esses resultados foram analisados estatisticamente pela distribuição de Weibull. Os parâmetros desta distribuição (β e Eγ) foram determinados pelos métodos Gráfico e de Máxima Verossimilhança. Pôde-se concluir que os aglomerados de negro de fumo são prejudiciais à rigidez dielétrica e que o parâmetro de forma β desta distribuição pode ser empregado para avaliar as condições de mistura dos componentes na formulação, as quais afetam a rigidez dielétrica. Por meio de microscopia ótica pôde-se verificar que o parâmetro β, quando determinado pelo método Gráfico, representa melhor a dispersão dos referidos aditivos na matriz polimérica.

Condutividade elétrica de misturas de poliestireno/polibutadieno e poliestireno/copolímero em bloco de estireno-butadieno contendo negro de fumo.

Soares,Bluma G.; Ferreira,Angelo J. B.; Camargo Jr.,Sérgio
Fonte: Associação Brasileira de Polímeros Publicador: Associação Brasileira de Polímeros
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/1998 PT
Relevância na Pesquisa
109.04569%
RESUMO: A condutividade elétrica de compósitos contendo negro de fumo extra condutor em sistemas envolvendo poliestireno/ polibutadieno (PS/PBD) e poliestireno/copolímero em bloco de estireno-butadieno (PS/SB) foi investigada. A mistura PS/SB apresentou menores limiares de percolação do que misturas PS/PBD. Análises através de microscopia eletrônica de varredura indicaram que, no caso das misturas PS/PBD, as partículas de negro de fumo estão aglomeradas e não formam um caminho contínuo, característico de condução elétrica. Investigações a respeito da formação de interações físicas entre polímero-negro de fumo (bound rubber) indicaram também maior adesão entre polímero-NF quando se utilizou o sistema PS/PBD.

Avaliação do desempenho de materiais absorvedores de radiação eletromagnética por guia de ondas

Lima,Roberto C.; Soares,Bluma G.
Fonte: Associação Brasileira de Polímeros Publicador: Associação Brasileira de Polímeros
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/1999 PT
Relevância na Pesquisa
88.62725%
Neste trabalho, amostras elastoméricas contendo diferentes tipos de cargas absorvedoras de microondas, sob a forma de pós, foram obtidas para medidas de refletividade. Os materiais utilizados com diferentes composições percentuais em peso foram: ferrocarbonila, negro de fumo, polianilina e ferrita dopadas. As medidas de refletividade foram determinadas com base nas propriedades magnéticas e dielétricas dos compósitos elastoméricos a partir de dados de espalhamento, através da inserção e fixação em um guia de ondas, para a faixa de freqüência de 8-16 GHz. Os melhores resultados foram apresentados pelo ferrocarbonila e negro de fumo para as freqüências mais baixas, enquanto a ferrita dopada absorveu em uma freqüência mais elevada.

Propriedades mecânicas e de inflamabilidade de composições de borracha EPDM carregadas com negro de fumo e hidróxido de alumínio

Canaud,Cristine; Visconte,Leila L. Y.; Nunes,Regina C. R.
Fonte: Associação Brasileira de Polímeros Publicador: Associação Brasileira de Polímeros
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2001 PT
Relevância na Pesquisa
88.63378%
Composições de EPDM (terpolímero de etileno-propileno-dieno) contendo misturas de negro de fumo e hidróxido de alumínio (ATH) foram preparadas com o objetivo de se avaliar seu potencial de utilização em aplicações elétricas. O hidróxido de alumínio, conhecido por suas características de retardante de chama, é uma carga semi-reforçante e, portanto, incapaz de fornecer o nível de reforço necessário para diversas aplicações. Dessa forma, para aliar ao artefato propriedades de não inflamabilidade e alto desempenho mecânico, foi também adicionado o negro de fumo (que é a carga reforçante mais largamente empregada). A escolha do EPDM se justifica pela facilidade de ser encontrado no mercado brasileiro, por sua característica em aceitar grandes quantidades de carga e por ser um elastômero apolar, o que é um requisito básico para aplicação em isolamento elétrico. Os materiais foram submetidos a testes mecânicos e de inflamabilidade, para se determinar aqueles que se ajustavam às normas estabelecidas pela Associação Brasileira de Normas Técnicas - ABNT. Verificou-se que pelo menos 160 phr de hidróxido de alumínio são necessários nessas composições para que a resistência à chama seja alcançada.

Propriedades mecânicas e resistência à chama de composições SBR/negro de fumo/hidróxido de alumínio

Siqueira,Bernardo G.; Visconte,Leila L. Y.; Nunes,Regina C. R.; Siqueira Fº,Antônio S. de; Gallo,Jorge
Fonte: Associação Brasileira de Polímeros Publicador: Associação Brasileira de Polímeros
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2001 PT
Relevância na Pesquisa
98.63022%
Foram desenvolvidas formulações vulcanizáveis com o elastômero SBR (copolímero de butadieno-estireno) para a obtenção de materiais com alto desempenho mecânico, resistência à inflamabilidade e baixo custo. Além dos aditivos convencionais para elastômeros diênicos, como óxido de zinco, ácido esteárico, enxofre, negro de fumo (NF) e o acelerador TBBS (N-t-butil-2benzotiazol-sulfenamida), o hidróxido de alumínio (ATH) foi utilizado como agente anti-chama e supressor de fumaça. Para atingir os objetivos propostos, foram usadas quantidades variadas da relação ATH/NF em formulações de SBR. Os diferentes compósitos foram caracterizados quanto aos seguintes ensaios: resistência à tração, resistência ao rasgamento, dureza, deformação permanente à compressão (DPC), resiliência, resistência à chama e índice limite de oxigênio (LOI). Os resultados obtidos permitiram concluir que, com base na formulação utilizada para SBR, os compósitos finais contendo negro de fumo na faixa de 25 a 50 phr (partes por cem partes de borracha), e o hidróxido de alumínio acima de 125 phr, caracterizaram-se como de alto desempenho mecânico, com resistência à chama e, como conseqüência da grande quantidade de carga incorporada...

Compósitos de Borracha Natural com Compostos Condutivos à Base de Negro de Fumo e Polímero Condutor

Santos,Marinalva A. dos; Mattoso,Luiz H.C.; Defácio,Regiani; Avlyanov,Jamshid
Fonte: Associação Brasileira de Polímeros Publicador: Associação Brasileira de Polímeros
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2001 PT
Relevância na Pesquisa
108.8742%
Neste trabalho foram desenvolvidos compósitos condutores elétricos de borracha natural contendo negro de fumo e compostos condutivos baseados em polímeros condutores (Eenomer®). Os compósitos foram processados a quente num reômetro de torque HAAKE e moldados por prensagem. Foram obtidas placas homogêneas, flexíveis e com ótimo acabamento superficial. Os compósitos foram analisados pelas medidas de torque no processamento, medidas de condutividade elétrica, análise termogravimétrica (TGA), calorimetria diferencial de varredura (DSC) e ensaios de tração. Estes compósitos apresentaram valores de condutividade elétrica entre 10-7 a 10-1 S/cm, dependendo do tipo de negro de fumo ou composto condutivo utilizado e da quantidade destes no compósito. A análise térmica demonstrou que os compósitos são termicamente estáveis até cerca de 300°C. Os compostos condutivos atuam como reforço para a borracha natural melhorando suas propriedades mecânicas sem perder significativamente sua flexibilidade.

Influência de Negro de Fumo Modificado com Polianilina na Estrutura de Compósitos com Poli(Fluoreto de Vinilideno)

Zucolotto,Valtencir; Gregório Filho,Rinaldo; Avlyanov,Jamshid; Mattoso,Luiz H. C.
Fonte: Associação Brasileira de Polímeros Publicador: Associação Brasileira de Polímeros
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2002 PT
Relevância na Pesquisa
109.05279%
Compósitos condutores elétricos a base de poli(fluoreto de vinilideno) (PVDF) e negro de fumo modificado com polianilina (Eeonomer®) foram preparados através do processamento por fusão. Resultados de reometria de torque indicaram que a presença de polianilina no negro de fumo é vantajosa ao processamento por fusão, reduzindo a viscosidade do fundido em comparação com a aditivação com negro de fumo puro. Compósitos contendo acima de 5% em peso de Eeonomer® apresentaram condutividade da ordem de 10-2 S/cm. Esse valor se manteve estável mesmo após tratamento térmico a 150°C por 170 h em atmosfera ambiente. Análises por calorimetria diferencial de varredura (DSC) e difração de Raios-X mostraram que o tipo e a quantidade de Eeonomer®, assim como a taxa de resfriamento da amostra, podem afetar a temperatura de fusão, o grau de cristalinidade e a fase cristalina do PVDF presente no compósito.

Misturas NR/SBR: influência da ordem de adição dos aditivos da mistura e do tipo de carga sobre propriedades mecânicas

Coelho,Daniel de B.; Mariano,Roberta M.; Zine,Carmen L. G.; Nunes,Regina C. R.; Visconte,Leila L. Y.
Fonte: Associação Brasileira de Polímeros Publicador: Associação Brasileira de Polímeros
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2011 PT
Relevância na Pesquisa
98.62472%
Neste trabalho foram preparadas misturas de borracha natural (NR) e copolímero de estireno-butadieno (SBR) na proporção 1:1 em massa. A sequência de adição dos aditivos e a influência de cargas, como negro de fumo e mica, foram avaliadas com relação a propriedades físico-mecânicas. As misturas, feitas em misturador aberto de rolos segundo a norma ASTM D 3182, foram realizadas de quatro modos diferentes para a incorporação dos aditivos. Os vulcanizados foram investigados com relação às propriedades reométricas, propriedades mecânicas de resistências à tração e ao rasgamento, dureza (shore A) e pela densidade de ligações cruzadas, de acordo a respectiva norma ASTM. Os resultados mostram que melhores desempenhos são obtidos quando os aditivos são primeiramente incorporados à SBR. Também foi verificada a superioridade do negro de fumo no aumento da maioria das propriedades mecânicas dos elastômeros, seja na composição com apenas uma das borrachas, seja nas composições com as duas borrachas misturadas.

Estudo da aplicação da poli(o-metoxianilina) e de seus compósitos com negro de fumo no processamento de absorvedores de micro-ondas

Pinto,Simone de S.; Rezende,Mirabel C.
Fonte: Associação Brasileira de Polímeros Publicador: Associação Brasileira de Polímeros
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2012 PT
Relevância na Pesquisa
98.2154%
Este estudo apresenta resultados com materiais absorvedores de radiação eletromagnética, MARE, à base de poli(o-metoxianilina) (POMA) e de seus compósitos com negro de fumo (NF) (NF/POMA). A condutividade elétrica dos compósitos NF/POMA foi significativamente maior (0,23-80 S.cm-1) que para a POMA (0,017 S.cm-1). Medidas de atenuação da radiação eletromagnética de formulações com esses aditivos poliméricos em resina epóxi foram realizadas na faixa de 8,2 a 12,4 GHz. Resultados de refletividade mostram que as composições com o compósito condutivo NF-10%/POMA apresentam os melhores valores de atenuação da radiação eletromagnética (até 99,5% em 11,7 GHz).

Degradação de membrana impermeabilizante de polietileno de alta densidade usada em tanques de armazenamento de vinhaça

Lavoie,Fernando Luiz; Bueno,Benedito de Souza; Lodi,Paulo César
Fonte: Associação Brasileira de Polímeros Publicador: Associação Brasileira de Polímeros
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2013 PT
Relevância na Pesquisa
98.22322%
Membranas impermeabilizantes de polietileno de alta densidade (PEAD) são utilizadas como revestimento em tanques de armazenamento de vinhaça (resíduo da cana-de-açúcar), onde esse resíduo é lançado a temperaturas médias de 80-90 °C. Devido a essas temperaturas elevadas e à acidez do resíduo, essas membranas podem degradar, fissurar e perder a função para a qual foram projetadas vindo a contaminar o solo e o lençol freático. Este trabalho avaliou o efeito da vinhaça em membranas de PEAD após 4 meses de exposição em ambiente controlado. De forma complementar, utilizou-se também um líquido agressivo de pH básico (soda cáustica). Objetivou-se avaliar a resistência da membrana em contato com esses resíduos (ácido e básico). Foram avaliadas as propriedades físicas, mecânicas, teor de negro de fumo e análise termogravimétrica (TGA) para quantificar a degradação das membranas poliméricas frente aos resíduos químicos utilizados. Os resultados mostram, por exemplo, que enquanto a soda cáustica provocou pequena variação nas propriedades físicas, a vinhaça alterou a espessura do material em 7,8%. Analisando-se a imersão na vinhaça, verificou-se uma diminuição média na resistência e deformabilidade (escoamento) de 34% e 23...

Propriedades elétricas e reológicas do poli(estireno) modificado com negro de fumo condutivo e nanotubo de carbono de parede múltipla funcionalizado; Electrical and rheological properties of the modified polystyrene with conductive carbon black and functionalized multi-wall carbon nanotube

Gabriel Proença Marchetti
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 31/07/2015 PT
Relevância na Pesquisa
88.22595%
A incorporação de cargas de carbono condutoras em matrizes poliméricas é largamente utilizada para a modificação das propriedades elétricas dos compósitos. O negro de fumo (NF) é a carga de carbono condutora mais utilizada e os nanotubos de carbono têm se apresentado como uma promissora alternativa devido à suas propriedades mecânicas e elétricas superiores. Este trabalho estudou o comportamento dos nanocompósitos de poli(estireno) (PS) com NF de alta estrutura e nanotubo de carbono de parede múltipla funcionalizado com hidroxila (NTCPM-OH) obtidos por solução assistida por ultrassom e evaporação do solvente (solvent casting). Foram testados quatro solventes e selecionado o tetrahidrofurano para a preparação das amostras considerando-se, visualmente, a qualidade da dispersão e dos compósitos obtidos. As amostras com diferentes concentrações das cargas condutoras foram preparadas depois de um estudo prévio para determinar as melhores condições de processo. Foram realizadas medidas de condutividade elétrica pelo método de quatro pontas e pelo método da curva corrente versus tensão e de reometria dinâmica com placas paralelas. As curvas de condutividade e reológicas mostraram a formação de uma rede percolada para o NF...

Propriedades Mecânicas e Dinâmico-mecânicas de Composições de Policloropreno com Negro de Fumo

Martins,Agnes F.; Napolitano,Bruno de A.; Visconte,Leila L.Y.; Nunes,Regina C.R.; Furtado,Ana M.
Fonte: Associação Brasileira de Polímeros Publicador: Associação Brasileira de Polímeros
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2002 PT
Relevância na Pesquisa
119.04703%
As cargas são fundamentais em composições elastoméricas sendo classificadas, segundo desempenho mecânico, em reforçadoras ou não. O negro de fumo é a carga de reforço mais utilizada nessas composições, não só pelas excelentes propriedades que confere ao artefato, mas também pelo baixo preço e facilidade de processamento. As propriedades dinâmico-mecânicas de sistemas poliméricos são modificadas pela adição de cargas, o que acarreta mudanças nos módulos elástico (E') e viscoso (E"), bem como na razão entre eles, isto é, a tangente de perda (tan delta). Neste trabalho, são estudadas as propriedades mecânicas e dinâmico-mecânicas de composições de policloropreno (CR) com negro de fumo (NF). O teor de negro de fumo incorporado variou entre 0 e 45 phr. A composição contendo 40 phr de carga apresentou o melhor conjunto das propriedades estudadas.