Página 1 dos resultados de 33 itens digitais encontrados em 0.006 segundos

Fluoride release profile of a nanofilled resin-modified glass ionomer cement

PASCHOAL, Marco Aurélio Benini; GURGEL, Carla Vecchione; RIOS, Daniela; MAGALHÃES, Ana Carolina; BUZALAF, Marília Afonso Rabelo; MACHADO, Maria Aparecida de Andrade Moreira
Fonte: Fundação Odontológica de Ribeirão Preto Publicador: Fundação Odontológica de Ribeirão Preto
Tipo: Artigo de Revista Científica
ENG
Relevância na Pesquisa
719.0929%
The present study aimed to compare the fluoride (F-) release pattern of a nanofilled resin-modified glass ionomer cement (GIC) (Ketac N100 - KN) with available GICs used in dental practice (resin-modified GIC - Vitremer - V; conventional GIC - Ketac Molar - KM) and a nanofilled resin composite (Filtek Supreme - RC). Discs of each material (n=6) were placed into 4 mL of deionized water in sealed polyethylene vials and shaken, for 15 days. F- release (μg F-/cm²) was measured each day using a fluoride-ion specific electrode. Cumulative F- release means were statistically analyzed by linear regression analysis. In order to analyze the differences among materials and the influence of time in the daily F- release, 2-way ANOVA test was performed (α=0.05). The linear fits between the cumulative F- release profiles of RC and KM and time were weak. KN and V presented a strong relationship between cumulative F- release and time. There were significant differences between the daily F- release overtime up to the third day only for GICs materials. The daily F- release means for RC were similar overtime. The results indicate that the F- release profile of the nanofilled resin-modified GIC is comparable to the resin-modified GIC.; O presente estudo teve como objetivo comparar o padrão de liberação de fluoreto (F-) de um cimento de ionômero de vidro (CIV) nanoparticulado modificado por resina (Ketac N100 - KN) com CIVs disponíveis na prática clínica (CIV modificado por resina - Vitremer - V; CIV convencional - Ketac Molar - KM) e uma resina composta nanoparticulada (Filtek Supreme - RC). Discos de cada material (n=6) foram imersos em 4 mL de água deionizada em frascos de polietileno e agitados durante 15 dias. A liberação de F- (μg F-/cm²) foi medida a cada dia utilizando um eletrodo de F- específico. Os valores de liberação cumulativa de F- foram analisados estatisticamente por análise de regressão linear. Com o objetivo de analisar as diferenças entre os materiais e a influência do tempo na liberação diária de F- foi aplicado o teste ANOVA a dois critérios (α=0...

Fluxo de Água, Balanço Químico e Alterações no Solo da Floresta Atlântica Atingida pela Poluição Aérea de Cubatão, SP, Brasil.; WATER FLUX, CHEMICAL BALANCE AND SOIL CHANGES IN THE ATLANTIC FOREST REACHED BY AIR POLLUTION FROM CUBATÃO, SÃO PAULO, SP, BRAZIL

Lopes, Márcia Inês Martin Silveira
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 29/03/2001 PT
Relevância na Pesquisa
617.49348%
Estudaram-se neste trabalho os efeitos da deposição atmosférica sobre o balanço de elementos químicos, analisando-se as entradas e saídas dos elementos através do ciclo hidrológico durante quatro anos (setembro de 1991 a agosto de 1995) na Floresta Atlântica, situada nas vizinhanças do pólo industrial de Cubatão, São Paulo. Por meio de amostragens quinzenais e de determinação da concentração iônica, avaliaram-se, em três florestas diferentemente atingidas pela impacto da poluição aérea – Pilões-menos poluída, área de referência; Moji-fortemente poluída e Paranapiacabamoderadamente poluída – os seguintes aspectos: entrada de elementos pela água de chuva; transferência pela água que atravessa a cobertura vegetal e pela solução do solo a 10cm, 60cm e 100cm de profundidade; saída e neutralização pela água de nascentes e de pequenos córregos, bem como as alterações químicas no solo induzidas pela deposição atmosférica. Na área mais poluída (Moji), as concentrações iônicas médias encontradas na precipitação que atinge a floresta e na precipitação que atinge o solo foram, respectivamente: 5 e 10 mg.L-1 para o sulfato-S, 0,5 e 0,7 mg.L-1 para o nitrato, 0,63 e 1,14 mg.L-1 para o fluoreto...

Ionômero de vidro resinoso nanoparticulado: avaliação de propriedades físico-químicas e biológicas; Resin modified nano ionomer: physical-chemical and biological evaluation

Garcia Júnior, Edélcio
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 15/10/2009 PT
Relevância na Pesquisa
714.6818%
O objetivo deste estudo foi avaliar o cimento de ionômero de vidro modificado por resina de nanopartículas Ketac™N100, por meio de três metodologias diferentes: resposta tecidual em subcutâneo de camundongos isogênicos, liberação de flúor e tensão de contração de polimerização, in vitro. Foram utilizados 90 camundongos isogênicos da linhagem BALB/c, divididos em 9 grupos (n=10), nos quais foram implantados tubos de polietileno contendo o Ketac™ 100, ChemFilR (ionômero de vidro convencional) ou tubo vazio. Nos períodos experimentais de 7, 21 e 63 dias o tubo e o tecido adjacente foram removidos para análise microscópica. Para o ensaio de avaliação da tensão de contração de polimerização, foram utilizados dois bastões de vidro fixados a uma máquina de ensaio universal. Nos bastões foi acoplado um extensômetro para medição da força de contração de polimerização de cinco materiais (Resina Filtek™Z350, CompoglassR F, VitremerMR, Ketac™N100 e ChemFilR), com 10 corpos de prova para cada material. Para o ensaio de liberação de flúor, foram confeccionados 8 corpos de prova de 3 diferentes materiais (Ketac™ 100, Vidrion R e Resina Filtek™ Z250), colocados individualmente em 1 ml de saliva artificial. O corpo de prova foi trocado a cada dia por 15 dias e a solução obtida utilizada para a leitura do íon fluoreto.Os resultados microscópicos evidenciaram que a inflamação presente na abertura dos tubos...

Avaliação in vitro de propriedades mecânicas, químicas e antimicrobianas de um selante de fossas e fissuras isento de bisfenol A; In vitro evaluation of mechanical, chemical and antimicrobial properties of a bisphenol A-free pit-and-fissure sealant

Aguiar, Soraia Monique Fiorati
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 21/05/2010 PT
Relevância na Pesquisa
955.40555%
Tendo em vista o importante papel desempenhado pelos selantes de fossas e fissuras na prevenção da cárie dental, o objetivo do presente estudo foi avaliar in vitro propriedades mecânicas, químicas e ntimicrobianas do selante isento de bisfenol A Embrace Wetbond™. Para os testes de resistência ao cisalhamento e microinfiltração foram selecionados 135 terceiros molares hígidos, extraídos de humanos, divididos aleatoriamente em 6 grupos: (I) selante Fluroshield® sem contaminação; (II) selante Embrace Wetbond™ sem contaminação; (III) selante Fluroshield® contaminado com saliva; (IV) selante Embrace Wetbond™ contaminado com saliva; (V) selante Fluroshield® contaminado com água; e (VI) selante Embrace Wetbond™ contaminado com água. No estudo de resistência ao cisalhamento os dentes foram seccionados no sentido vestíbulo-lingual, a porção radicular removida e as superfícies mesiais e distais foram embebidas em resina de poliéster. Após o condicionamento do esmalte, foi aplicado o selante com o auxílio de uma matriz de Teflon®. Os espécimes foram termociclados e submetidos ao teste de resistência ao cisalhamento com uma velocidade de 0,5mm/min e célula de carga de 50kgf. Os resultados foram comparados empregando a análise de variância (ANOVA) e pós-teste de Tukey. No estudo de microinfiltração...

Estudo comparativo entre os efeitos da adição de fluorita e sodalita nefelínica nas propriedades da escória do refino primário de aços; Comparative study between fluorite and sodalite nepheline additions in properties of slag from primary steel refining

Lopes, José Milton Gabriel
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 11/07/2014 PT
Relevância na Pesquisa
588.37617%
O controle das características da escória de refino primário pode ser realizado pela adição de fluxantes, sendo comumente utilizado a Fluorita (CaF2), isto porque a Fluorita aumenta a solubilidade de CaO e, por conseguinte, aumenta a capacidade de desfosforação de escória. Apesar disso, alguns estudos advertem sobre o risco de liberação de gás tetra fluoreto de silício, que tem caráter nocivo para o meio ambiente. Outro problema relatado é o aumento do desgaste do revestimento refratário impactando nos custos de produção. Neste trabalho de mestrado o uso de Sodalita Nefelínica como fluxante foi comparado com a Fluorita em relação ao desgaste de refratários a base de MgO-C e à fluidez. Os ensaios consistiram em dopar escória de conversor LD com diferentes quantidades de Fluorita e Sodalita (1, 2, 3, 4 % em massa). Os resultados demonstraram que a Fluorita fornece uma escória com menor ponto de fusão e mais fluida, porém ela causa maior desgaste no revestimento refratário, mais que o dobro do desgaste causado pela Sodalita. Acredita-se que isso tenha ocorrido devido a Fluorita ser capaz de aumentar a dissolução tanto do CaO presente na escória quanto do MgO presente no refratário. Este processo é intensificado pela baixa viscosidade apresentada com este fluxante.; The control of the slag characteristics from primary refining can be accomplished by adding fluxes...

Caracterização de um novo arcabouço de hidroxiapatita bifásica com a adsorção de fluoreto;

Mukai, Eduardo
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 02/10/2014 PT
Relevância na Pesquisa
755.3409%
As hidroxiapatitas (HA) são amplamente utilizadas como biomateriais osteocondutores, mas não possuem propriedades osteoindutoras e osteogênicas. O fluoreto, por sua vez, quando presente no meio em doses adequadas (da ordem de 10-5 M), é capaz de aumentar a proliferação de osteoblastos e a atividade da fosfatase alcalina. Assim, o objetivo do presente estudo foi modificar um biomaterial existente, constituído por HA bifásica (70% HA + 30% β-TCP) porosa, pela adsorção de fluoreto. A capacidade de liberação de fluoreto deste material para meio de cultura osteogênico foi também avaliada. Foi ainda feita caracterização físicoquímica do material com fluoreto adsorvido, em comparação ao material original (FTIR, DRX e MEV). Para os ensaios de adsorção de fluoreto, soluções com diferentes concentrações deste elemento, na forma de NaF, foram adicionadas à HÁ bifásica na proporção de 10 g de HA por 50 mL de solução contendo fluoreto. Os testes foram feitos em duas etapas. Na primeira etapa, as concentrações de fluoreto empregadas variaram entre 100 e 2000 ppm e foi feita incubação por 3, 6, 18 ou 24 h, em temperatura ambiente, sob agitação constante. Após estes intervalos de tempo, removeu-se o sobrenadante e colocou-se o restante na estufa a 40oC...

Análise quantitativa de fluoretos nos alginatos para uso odontológico

Braga, A. S.; Catirse, Alma B. C. Elizaur B.; Vaz, L. G.; Polizello, A. C M; Spadaro, A. C C
Fonte: Universidade Estadual Paulista Publicador: Universidade Estadual Paulista
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 181-188
POR
Relevância na Pesquisa
531.96008%
In this study, the aim was to measure the concentration of fluoride ions in dental alginates and the quantity released from alginate molds immersed in milliQ water, 0.1N hydrochloric acid and artificial saliva. Two separate lots of each of seven brands of alginate commercially available in Brazil were analyzed: Avagel, Deguprint, Hydrogum, Orthoprint, Jeltrate, Jeltrate Plus and Jeltrate Chromatic. Fluoride was measured in each sample by direct potentiometry, using the combined fluoride-ion selective electrode. The brands with the highest fluoride concentrations were Hydrogum (7052.87 μg/g), Jeltrate Plus (6519.68 μg/g) and Orthoprint (6218.18 μg/g). Only in Hydrogum and Jeltrate were different fluoride concentrations found in lots one and two. The various materials showed differences in the amount of fluoride released from the molds into the immersion medium, the mean concentration being highest in Hydrogum and Orthoprint, in all three media. The immersion medium also influenced the release of fluoride, which was lower in saliva than in water and highest in acid. Considering that the concentrations of fluoride found in the alginates tested were high and that various sources of exposure to fluoride exist, there is a need for constant monitoring of alginates intended for dental use.; Este trabalho teve como proposta analisar quantitativamente o conteúdo de fluoretos nos alginatos para uso odontológico e a liberação de fluoretos de moldes desses alginatos em água milliQ...

Avaliação, in vitro, da atividade antibacteriana, liberação de fluoreto e capacidade de recarga de cimentos de ionômero de vidro para base forradora

Padovani, Gislaine Cristina
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 119 f. : il. color. + anexo
POR
Relevância na Pesquisa
837.69484%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Ciências Odontológicas - FOAR; O objetivo deste estudo foi avaliar in vitro a liberação de fluoreto, capacidade de recarga e a atividade inibitória dos cimentos de ionômero de vidro: Vitrebond (Fotoativado), Ionomaster F (quimicamente ativado), além de um cimento de ionômero de vidro experimental, também quimicamente ativado. Para a avaliação da liberação de fluoreto foram confeccionados 10 espécimes padronizados para cada um dos cinco grupos experimentais (GI – Vitrebond, GII – Ionomaster F, GIII – Experimental + Vitrebond, GIV – Experimental + Ionomaster F, GV – Experimental + Experimental). Todos os espécimes foram submetidos a um modelo de ciclagem de pH, sendo imersos alternadamente em soluções Des/Re, para simular condição de alto risco á cárie, durante 15 dias. Após este período todos os espécimes foram submetidos a uma aplicação de flúor tópico acidulado 1,23%, pH 3,6-3,9, por 4 minutos. Em seguida, lavados e novamente submetidos à mesma ciclagem de pH por mais 15 dias. A concentração de fluoreto (mg/L) nas soluções foi quantificada por um período de trinta dias através de um eletrodo flúor específico. Para o teste microbiológico os cinco grupos experimentais foram mantidos sobre S. mutans...

Propriedades antimicrobianas, físico-mecânicas e de liberação de fluoreto do cimento de ionômero de vidro associado ao hexametafosfato de sódio microparticulado e nanoparticulado

Hosida, Thayse Yumi
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 64 f : il. + 1 CD-ROM
POR
Relevância na Pesquisa
841.1813%
Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq); Pós-graduação em Ciência Odontólogica - FOA; The aim of this study was to evaluate antimicrobial, physico-mechanical and fluoride release properties of the glass ionomer cement (GIC) associated with HMP microparticle and nanoparticle. Initially, solutions of HMP were obtained at concentrations of 1, 3, 6, 9 and 12 %, and the antibacterial activity was evaluated against Streptococcus mutans, Lactobacillus acidophilus and Actinomyces israelli by agar diffusion test. The same methodology was used to determine the antimicrobial activity of GIC associated with HMP at concentrations of 6, 9 and 12 % microparticle or nanoparticle. The release of F and HMP were determined in demineralization and remineralization solutions. Furthermore, the resistance to diametral tensile and compression, surface hardness and the degree of conversion of monomers were measured. Parametric and non-parametric tests were performed, after checking homocedasticity data (p < 0.05). The solutions of 6, 9 and 12 % of HMP showed better antimicrobial activity against all bacteria tested, and these concentrations incorporated into the CIV. All concentrations of HMP incorporated into the GIC had antimicrobial activity for all bacteria. There was a dose-response relationship between concentration of HMP in the GIC and antimicrobial activity. Regarding the release of F and HMP...

Efeitos do laser de CO2 na desmineralização do esmalte ao redor de braquetes ortodonticos; Effect of CO2 laser in the enamel demineralization around orthodontic brackets

Cintia Maria de Souza e Silva
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 16/09/2008 PT
Relevância na Pesquisa
822.1473%
A aplicação do laser de dióxido de carbono (CO2) à estrutura do esmalte modifica a composição química e/ou morfológica dessa superfície e inibe o desenvolvimento e a progressão de lesões cariosas. Porém, não foram realizadas pesquisas que tenham verificado se a irradiação do esmalte dental ao redor de braquetes ortodônticos com esse laser é efetiva em reduzir a desmineralização nessa região numa situação de alto desafio cariogênico. Assim, esta dissertação objetivou verificar, in vitro, se a irradiação do esmalte dental com laser de CO2 (λ=10.6 µm e 10.0 J/cm2), associada ou não a liberação de fluoreto pelo material de colagem, seria capaz de reduzir a perda mineral do esmalte, ao redor de braquetes ortodônticos, quando submetido a uma situação de alto desafio cariogênico. Nesse estudo, 24 blocos de esmalte bovino foram divididos em 4 grupos, em triplicata: 1 – resina composta não liberadora de fluoreto Transbond (T); 2 – cimento de ionômero de vidro modificado por resina Fuji (F); 3 – laser de CO2 + resina composta não liberadora de fluoreto (TL); 4 – laser de CO2 + cimento de ionômero de vidro modificado por resina (FL). Um grupo contendo blocos de esmalte foi incluído apenas para análise de microdureza. Após a colagem dos braquetes...

Estudo da cinética de ligação de cálcio e fluoreto à superfície de estreptococos e sua importância como reservatórios de íons no biofilme dental; Kinetics of calcium and fluoride binding to the surface of streptococci and the importance of these ions as mineral reservoirs in dental biofilm

Tarcísio Jorge Leitão de Oliveira
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 25/06/2012 PT
Relevância na Pesquisa
535.5276%
O estudo das formas de retenção de íons no biofilme dental e dos mecanismos de disponibilização destes para o fluido do biofilme é importante para o entendimento do papel destes reservatórios em interferir na dinâmica do processo de formação da cárie dental. Sabe-se que o fluoreto (F) está ligado ao biofilme por interação com íons cálcio (Ca). Um dos reservatórios que estes dois íons podem formar é o F ligado ao Ca na superfície de bactérias e proteínas da matriz extracelular. Quando o pH do biofilme diminui após a exposição à carboidratos fermentáveis, a liberação destes íons poderia diminuir o potencial de perda mineral, mas isto não está claro na literatura. Além disso, há evidências de que um pré-bochecho com Ca aumente a retenção de F no biofilme e entender a cinética de ligação e liberação destes íons pode ser uma estratégia importante para o desenvolvimento de métodos que os mantenham por mais tempo no biofilme dental. Assim, o objetivo deste trabalho de tese foi estudar a cinética de ligação de Ca e F na superfície bacteriana e sua liberação em função do tempo e do pH do meio. A bactéria Streptococcus mutans cepa IB 1600 foi utilizada em todos os experimentos. Foram realizados experimentos sequenciais in vitro para avaliar a cinética de ligação e liberação de Ca à superfície de S. mutans utilizando soluções contendo 0 (controle)...

Evaluation of surface restorative materials submitted to degradation by biofilm, in situ= : Avaliação da superfície de materiais restauradores submetidos à degradação por biofilme, in situ; Avaliação da superfície de materiais restauradores submetidos à degradação por biofilme, in situ

Gislaine Cristina Padovani
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 26/02/2013 PT
Relevância na Pesquisa
688.6923%
Os objetivos desta tese composta por dois capítulos foram: Capítulo 1- avaliar as características estruturais e a viabilidade do biofilme, in situ, acumulado após 07 dias sobre diferentes materiais restauradores e Capítulo 2 - avaliar as características de superfície de diferentes materiais restauradores após 07 dias à biodegradação in situ. No capítulo 1 - quinze discos de cada material (IPS E.Max; Filtek Supreme; Vitremer; Ketac Molar Easymix; Amalgam GS-80) foram confeccionados em uma matriz metálica de 4,0mm X 1,5mm. O polimento foi realizado com o auxílio de discos Sof-Lex para os corpos-de-prova de Filtek Supreme, Vitremer e Ketac Molar Easymix; o Amalgam GS-80 foi polido com o kit de polimento para amálgama de prata e os corpos-de-prova de IPS E.Max foram jateados por óxido de alumínio, seguidos por ponta diamantada, taça de borracha e glazer. Para a realização da biodegradação in situ, foram selecionados quinze voluntários com idades entre 21-30 anos. Um dispositivo palatino, contendo 5 poços (um material restaurador por poço) foi confeccionado para cada voluntário. Após 07 dias de biodegradação imagens do biofilme utilizando o Microscópio de Varredura Confocal a Laser (CLSM) foram realizadas. A análise quantitativa foi realizada com o auxílio do software COMSTAT avaliando parâmetros como: área...

Análise da resistência de união e dos tecidos duros adjacentes a sistemas restauradores com liberação ou não de fluoreto após desafio cariogênico in vitro; Analysis of bond strenght and hard tissues adjacent to restorative systems with or without fluoride release after cariogenic challenge in vitro

Ana Paula Almeida Ayres
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 26/02/2013 PT
Relevância na Pesquisa
636.36207%
O objetivo desse estudo foi avaliar a resistência de união à dentina de sistemas restauradores contendo ou não fluoretos em sua composição e o comportamento do esmalte e da dentina adjacentes às restaurações, quando submetidos ao desafio cariogênico in vitro. Adicionalmente, durante o desafio cariogênio foi mensurada a liberação de fluoreto dos adesivos. Para o estudo foram utilizados 64 dentes terceiros molares humanos e quatro sistemas restauradores: FL-Bond II/Beautifil II, Bond Force/Estelite Sigma, GC Fuji II LC e Adper Easy Bond/Filtek Z350 XT. No estudo de resistência da união à dentina, utilizou-se a dentina coronária, onde foram aplicados os materiais restauradores (n=8). Os dentes foram seccionados para obtenção dos espécimes e o teste de microtração foi realizado em dois tempos: imediato e após um ano de armazenamento em saliva artificial. Para o estudo da microdureza longitudinal, foram confeccionadas cavidades na região cervical, as quais foram restauradas com os quatro sistemas propostos, de acordo com as recomendações dos fabricantes (n=8). Os dentes restaurados foram submetidos à ciclagem térmica (3.000 ciclos) e, posteriormente, à ciclagem de pH durante oito dias. A mensuração da microdureza subsuperficial foi realizada em esmalte e em dentina...

Estudo in vitro de sistemas bioadesivos para liberação sustentada de fluoreto

GARCIA,Antonio Luengo; LARA,Elza Helena Guimarães; PANZERI,Heitor
Fonte: Universidade de São Paulo Publicador: Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/1998 PT
Relevância na Pesquisa
644.35926%
Por meio de tecnologia adequada, foi possível desenvolver, com material polimérico à base de celulose e derivado do ácido poliacrílico, dispositivos de liberação sustentada do íon fluoreto para aplicação intrabucal. O princípio ativo usado foi o fluoreto de sódio, e os dispositivos foram preparados por compressão ou por revestimento de um núcleo, o que lhes promoveu bioadesividade e dimensões adequadas. Como produtos acabados, os dispositivos tiveram comportamento adequado com relação à sua finalidade, uma vez que liberavam continuamente pequenas quantidades do íon fluoreto. Com relação ao tempo de uso, foi conseguida liberação eficaz durante 8 horas. No tocante à aplicação medicamentosa, esses dispositivos oferecem uma soma de vantagens, sendo a principal delas o fornecimento do agente terapêutico no local correto (no alvo) e a sua manutenção constante nesse local em pequena concentração, mas com plena atividade. O desenvolvimento desses dispositivos abre um campo para novas terapias.

Estudo de sistemas acrílicos bioadesivos para liberação sustentada in vitro de fluoreto

LARA,Elza Helena Guimarães; GARCIA,Antonio Luengo; PANZERI,Heitor
Fonte: Universidade de São Paulo Publicador: Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/07/1998 PT
Relevância na Pesquisa
844.46766%
Os autores desenvolveram dispositivos de liberação programada de fluoreto para aplicação intrabucal. O princípio ativo usado foi o fluoreto de sódio, que era associado à mistura de polimetilmetacrilato e hidroxietilmetacrilato, resinas acrílicas que formavam o sistema. Como produto acabado, os dispositivos tiveram comportamento adequado com relação à liberação de fluoreto e ao período de permanência na cavidade bucal, já que se mantiveram por um tempo relativamente elevado na boca (10 dias), liberando continuamente pequenas quantidades do agente terapêutico. Como forma de aplicação medicamentosa, estes dispositivos oferecem uma soma de vantagens, sendo a principal delas o fornecimento do princípio terapêutico no local correto (no alvo) e a manutenção constante dele neste local em concentração eficiente e segura. O desenvolvimento desses dispositivos abre campo para novas terapias.

Estudos comparativos de alguns cimentos ionoméricos convencionais

Corrêa,Luis Gustavo Pessoa; Ogasawara,Tsuneharu
Fonte: Rede Latino-Americana de Materiais Publicador: Rede Latino-Americana de Materiais
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2006 PT
Relevância na Pesquisa
588.49875%
O objetivo do presente trabalho foi estudar a correlação das propriedades mecânicas (resistências à compressão e à flexão) dos cimentos de ionômero de vidro convencionais com a composição química e a distribuição de tamanho de partícula do vidro do cimento ionomérico de vidro como encontrado no mercado. A revisão bibliográfica realizada evidenciou o mérito dos cimentos de ionômeros de vidro convencionais quanto à sua adesão ao esmalte, à dentina e às ligas metálicas odontológicas, quanto à sua capacidade de liberação gradual e prolongada de fluoreto (com efeito anti-cariogênico), mas também mostrou a sua baixa resistência coesiva e a alta solubilidade em meio aquoso. O trabalho experimental foi realizado com 5 cimentos (Vidrion R, Vidrion F e Vidrion C - SSWITE, Ketac Cem e Ketac Fill - ESPE) caracterizados como restauradores e cimentantes (utilizados na restauração de cavidades e cimentação de trabalhos odontológicos indiretos, confeccionados em laboratório de prótese), e consistiu-se em: caracterização do pó original dos cimentos por meio de microscopia eletrônica de varredura, medição dos tamanhos de partícula dos pós, análise pela difração de raios-X, e ensaios de resistência à compressão em amostras de cimento curado. Conclusões: Vidrion C possui resistência suficiente para ser substituto eventual como cimento restaurador; o envelhecimento de 2 meses fortalece os cimentos Vidrion C e R; sem envelhecimento...

Avaliação in vitro da liberação e da recarga de flúor em cimentos de ionômero de vidro

Leite,Evelyn Lopez; Presotto,Nathielen Regina; Bassi,Júlio Cesar; Alves,Fabiana Bucholdz Teixeira; Wambier,Denise Stadler
Fonte: Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho Publicador: Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/2013 PT
Relevância na Pesquisa
636.4674%
OBJETIVO: Este estudo avaliou a absorção de íons flúor em cimentos de ionômero de vidro de manipulação mecânica e manual, por uma única aplicação tópica de flúor. METODOLOGIA: Os cimentos de ionômeros de vidro (CIVs) Riva Self Cure® (RSC-SDI) e Ketac Molar Easymix® (KME- 3M-ESPE) foram testados com um material controle (RC-resina composta ICE-SDI), após preparo de dez corpos de prova de cada um (n = 30). Esses corpos foram pesados e armazenados em água deionizada para as aferições da liberação de flúor (eletrodo específico, Orion 9606-BN) em dois períodos: antes (PI: 1, 2, 7 e 14 dias) e após aplicação tópica de flúor (PII: 16, 17, 18, 20, 22, 24, 26, 28 e 30 dias). No 15.º dia, cinco espécimes de cada material (n = 15) foram submetidos à aplicação tópica de fluoreto de sódio neutro a 2% ou de gel placebo de Natrosol (n = 15). RESULTADO: A maior liberação de íons flúor para ambos os CIVs ocorreu no primeiro dia do PI (KME = 13,44 ± 6,05; RSC = 6,88 ± 0,62) e a quantidade liberada foi semelhante no PII (KME = 6,22 ± 0,80; RSC = 6,67 ± 1,63). A comparação entre os períodos mostrou diferença significante somente para o KME, com maior liberação de flúor no PI (p < 0,05), e para o RSC...

Avaliação da liberação de flúor e da capacidade de recarga em diferentes cimentos de ionômero de vidro

Pupo,Yasmine Mendes; Bakaus,Thaís; Farago,Paulo Vitor; Ferro,Lea Rosa Chioca; Gomes,Osnara Maria Mongruel; Gomes,João Carlos
Fonte: Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho Publicador: Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2015 PT
Relevância na Pesquisa
713.3932%
Objetivo Avaliar a liberação e a capacidade de recarga de flúor de diferentes cimentos de ionômero de vidro, durante a simulação de desafio cariogênico. Material e método Foram confeccionados 12 corpos de prova para cada grupo experimental, com cimentos de ionômero de vidro convencionais – Maxxion R (FGM), Ketac Molar EasyMix (3M ESPE); cimento de ionômero de vidro modificado por resina – Vitrebond (3M ESPE), e resina composta, Filtek™ Z350XT (3M ESPE), como controle negativo. Os corpos de prova foram imersos alternadamente em sistema de ciclagem de pH, permanecendo 6 horas na solução de desmineralização e 18 horas na de remineralização, sendo mantidos em estufa a 37°C. Liberação de flúor foi verificada 1, 2, 7 e 14 dias antes e após a recarga com flúor, com eletrodo específico acoplado ao aparelho analisador de pH/fluoretos, calibrado a cada medição com soluções de fluoreto de sódio a 1 e 10 ppm, preparadas com TISAB II. Para leitura, foi adicionado 0,5 mL da amostra a igual volume de TISAB II. Recarga foi realizada com flúor neutro 2% por 4 minutos nas amostras, lavadas e imersas novamente nas soluções do sistema de ciclagem de pH. Os dados foram submetidos à análise de variância e ao teste de Tukey (α=0...

Acúmulo e efeitos fitotóxicos do flúor em folhas de boldo-gambá e capim-cidreira utilizadas para chás.

CAMPOS, N. V.; AZEVEDO, A. A.; ANNA-SANTOS, B. F.
Fonte: Pesquisa Agropecuaria brasileira., Brasília, v.45, n.7, p.646-653, jul. 2010 Publicador: Pesquisa Agropecuaria brasileira., Brasília, v.45, n.7, p.646-653, jul. 2010
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
530.73527%
Resumo ? O objetivo deste trabalho foi avaliar o potencial de acúmulo de fluoreto em folhas de boldo-gambá (Plectranthus neochilus e capim-cidreira (Cymbopogon citratus, determinar o percentual de liberação do poluente por meio da infusão e caracterizar, visual e microscopicamente, os danos foliares causados pelo poluente. Mudas das duas espécies foram submetidas a nevoeiro simulado com fluoreto de potássio. O acúmulo de fluoreto na matéria seca foi mensurado com eletrodo específico em folhas lavadas e não lavadas, infundidas e não infundidas. O percentual de flúor disponibilizado nos chás foi superior para capim-cidreira, embora essa espécie apresente acúmulo de flúor menor que o boldo-gambá. Não foram observados sintomas visuais nas folhas das espécies estudadas, mas ao microscópio eletrônico de varredura, constatou-se a alteração da turgidez das células epidérmicas, ruptura da cutícula e deformação de estômatos e tricomas. O elevado teor de fluoreto nas folhas de C. citratus e P. neochilus e a ausência de sintomas visuais evidenciam que as espécies são tolerantes ao poluente. A lavagem das folhas em água é ineficiente para a remoção do flúor. O acúmulo e a liberação diferenciais de flúor estão relacionados às características morfoanatômicas das espécies analisadas.; 2010

Desenvolvimento de selante dental e avaliaçăo de seu potencial de liberaçăo de íons fluoreto em relaçăo a alguns biomateriais comerciais /

Mathias, Simone de Almeida
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Formato: text
PO
Relevância na Pesquisa
587.7211%
Orientador: Alvaro Luiz Mathias; Tese (doutorado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Tecnologia, Programa de Pós-Graduaçăo em Processos Biotecnológicos. Defesa: Curitiba, 2005; Inclui bibliografia e anexo; Área de concentraçăo: Saúde animal e humana