Página 1 dos resultados de 158 itens digitais encontrados em 0.006 segundos

Síntese e Caracterização de Porfirinas como Potenciais Agentes Fotossensibilizadores em Terapia Fotodinâmica

Costa, Letícia Daniela da Silva
Fonte: Universidade de Coimbra Publicador: Universidade de Coimbra
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
27.435342%
O cancro é uma das principais causas de morte a nível mundial, e a sua incidência tem vindo a aumentar. As terapias convencionais como a quimioterapia, cirurgia e radioterapia, possuem efeitos secundários graves que tornam evidente a necessidade de desenvolver uma terapêutica mais eficaz. A Terapia Fotodinâmica (PDT) é uma modalidade promissora para o tratamento de doenças oncológicas. Na PDT, a luz, o oxigénio e o agente fotossensibilizador são combinados para produzir um efeito terapêutico selectivo. Deste modo, a escolha do fotossensibilizador adequado é crucial para potenciar a eficácia do tratamento. Devido às características fotofísicas favoráveis e elevada afinidade para as células cancerígenas, os derivados porfirínicos representam a classe de fotossensibilizadores mais utilizados nas práticas clínicas. O trabalho experimental subjacente a esta dissertação teve por objectivo a avaliação do potencial fototerapêutico de duas porfirinas, a 5,10,15,20-tetraquis(quinolina-2-il)porfirina e a 5,10,15,20- tetraquis(4-carboxifenil)porfirina, numa linha celular de adenocarcinoma colorectal humano. Após uma breve introdução às temáticas de maior relevância, a componente de índole experimental foi subdividida em duas partes. Na primeira parte descreveu-se a síntese e caracterização de porfirinas por espectrometria de massa...

Novas formulações lipossomais vectorizadas para aplicação em terapia fotodinâmica

Santos, Maria Ines
Fonte: Universidade de Coimbra Publicador: Universidade de Coimbra
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
27.435342%
O cancro caracteriza-se como uma doença com elevada incidência e o seu índice de mortalidade continua a ser avassalador devido ao facto de, nalgumas neoplasias, não existir um tratamento eficaz. As modalidades terapêuticas convencionais como a cirurgia, quimioterapia e radioterapia têm em comum a falta de selectividade e o surgimento de efeitos secundários devido à elevada toxicidade para as células saudáveis. Quando comparada com os métodos terapêuticos convencionais, a terapia fotodinâmica destaca-se pela elevada selectividade (acumulação e retenção) do fotossensibilizador para as células tumorais que permite minimizar os danos nos tecidos saudáveis. A PDT é uma modalidade terapêutica que se baseia na combinação de três factores: uma molécula fotossensibilizadora (PS), um feixe de luz de comprimento de onda específico e a presença de oxigénio molecular. A encapsulação destes fotossensibilizadores em lipossomas “peguilados” e conjugados com ligandos de receptores sobreexpressos nas células tumorais permitem aumentar o índice terapêutico. Com este projecto, pretende-se desenvolver uma formulação lipossomal, encapsulando uma molécula fotossensibilizadora (bacterioclorina), com características físico-químicas adequadas a uma potencial administração intravenosa e vectorizada com transferrina...

Fotossensibilizadores para terapia e imagem em oncologia

Cândido, Mafalda
Fonte: Universidade de Coimbra Publicador: Universidade de Coimbra
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
18.156926%
A terapia fotodinâmica (PDT, do inglês, photodynamic therapy) é uma terapêutica que depende da administração de um fotossensibilizador que, por si só, não tem efeito farmacológico, e da sua posterior ativação por irradiação, com luz visível de comprimento de onda adequado do local a tratar. Como consequência da fotoativação do fotossensibilizador, ocorre produção de espécies reativas de oxigénio (ROS, do inglês, reactive oxygen species) que determinam a morte celular. Pelo seu modo de ação, a PDT está associada a poucos efeitos secundários. Esta reduzida manifestação de efeitos secundários, deve-se não só ao facto do efeito citotóxico ocorrer apenas no local de ativação pela luz, mas também devido ao local de acumulação ser principalmente o tumor, dado que os fotossensibilizadores tipicamente se acumulam nas células tumorais, pelo que a PDT apresenta elevada seletividade. No contexto clínico, a PDT é utilizada em oftalmologia, em dermatologia e também em oncologia. No entanto, a sua utilização no tratamento de cancro mantem-se limitada, possivelmente, devido ao baixo número de fármacos aprovados e também ao baixo número de aprovações para terapêutica oncológica. Este trabalho teve como objetivo principal desenvolver novos fotossensibilizadores para PDT. Pretendeu-se desenvolver um fotossensibilizador com elevado potencial terapêutico...

Estudo da Actividade Biológica in vitro de Moléculas Fotossensibilizadoras para Terapia Fotodinâmica

Rodrigues, Daniela Filipa da Silva Lopes
Fonte: Universidade de Coimbra Publicador: Universidade de Coimbra
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
27.130925%
O cancro é uma doença que afecta milhões de pessoas todos os anos e continua a ser a principal causa de morte no mundo, apesar dos avanços no conhecimento da doença e da melhoria das estratégias terapêuticas. As terapias tradicionais de combate ao cancro como a cirurgia, radioterapia e quimioterapia continuam a apresentar inúmeras desvantagens, nomeadamente o aparecimento de efeitos secundários graves e também uma eficácia limitada. Estas desvantagens conduzem à necessidade de desenvolver novas terapias mais eficazes e seguras. A Terapia Fotodinâmica (PDT) tem sido reconhecida ao longo dos anos como uma estratégia terapêutica promissora para o tratamento de vários tipos de cancro. A PDT é uma estratégia terapêutica para o tratamento de vários tipos de tumores sólidos e de lesões não-malignas que utiliza a combinação de um fotossensibilizador (PS), luz visível e oxigénio molecular para a produção de espécies reactivas de oxigénio, originando uma reacção fotoquímica que leva à destruição do tecido alvo. Uma das principais prioridades na área da PDT é a síntese e desenvolvimento de novos PS, com maior eficácia clínica e menos efeitos secundários, com o objectivo de ultrapassar algumas das actuais limitações inerentes à PDT. Este trabalho teve como objectivo a avaliação a actividade biológica in vitro de três porfirinas candidatas a PS...

Estudos sinérgicos de fármacos fotossensibilizadores utilizados na terapia fotodinâmica e fluidos magnéticos utilizados em hipertermia celular; Studies synergic of photosensitizer drug used in the Photodynamic therapy and magnetic fluids used in cellular Hyperthermia

Oliveira, Daniela Manfrim de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 04/08/2006 PT
Relevância na Pesquisa
27.130925%
O principal interesse neste estudo foi a proposição de uma nova classe de material que permite a ação combinada da Terapia Fotodinâmica (TFD) e da Hipertermia (HPT), projetadas para trabalhar sinergicamente, que possa levar a uma considerável regressão de tumores neoplásicos após mínimas doses de dissipação de calor e/ou fotossensitização luminosa. Esta nova classe de material se baseia em um lipossoma de longo tempo de circulação associado ao fármaco fotossensibilizador (FS) zinco ftalocianina (ZnPC), na presença de fluido magnético (FM) constituído por nanopartículas de ferrita de cobalto (CoFe2O4) recobertas com ácido cítrico. As propriedades fotofísicas (em meio orgânico e em meio lipossomal) e os estudos fotobiológicos em células da linhagem B-16 foram desenvolvidos para avaliar as propriedades da ZnPC na ausência e na presença de FM. As propriedades fotofísicas da ZnPC em meio orgânico e lipossomal, na ausência e na presença de FM, foram realizadas empregando-se técnicas de espectroscopia no estado estacionário e resolvido no tempo. Foi possível determinar importantes parâmetros que elucidaram o potencial fotodinâmico da partícula mista ZnPC/FM com um apropriado sistema de liberação...

"Identificação e quantificação de fotossensibilizador em tecido hepático por espectroscopia de fluorescência e sua importância na terapia fotodinâmica"; "Photosensitizer identification and quantification in liver tissue by fluorescence spectroscopy and its importance on photodinamic therapy"

Vollet Filho, José Dirceu
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 26/02/2007 PT
Relevância na Pesquisa
37.435342%
A Terapia Fotodinâmica (TFD) é uma técnica que provoca dano celular pela ação de um fotossensibilizador (FS), com seletividade de localização em tecido tumoral; a luz que, absorvida pelo FS, leva-o a um estado tripleto metaestável; e oxigênio molecular, o qual recebe a energia absorvida pelo FS, passando a um estado singleto de alta capacidade oxidativa. A técnica é bem sucedida no tratamento de lesões como câncer, mas enfrenta, entretanto, dificuldades para a determinação de sua dosimetria. Uma delas é a quantificação da distribuição do FS no tecido tratado. Este trabalho tem três objetivos: a obtenção de informação quantitativa por espectros de fluorescência de fluoróforos em meios turvos; a demonstração da distribuição do FS Photogem® em fígados sadios de ratos Wistar e suas implicações na dosimetria; e a melhoria de um dos modelos existentes para previsão da profundidade de necrose (Ynec), importante parâmetro no estudo da TFD. Realizaram-se os experimentos em três fases: na primeira, tentou-se reconstruir o espectro do fígado sadio a partir de uma composição de espectros isolados de fluoróforos endógenos do fígado. Na segunda, realizaram-se estudos com corantes alimentícios Coralim-Mix® nas cores azul...

Influência do pH na interação do Photofrin®, Photogem® e Photosan® com DMPC e lipoproteína de baixa densidade; Influence of the pH in the interaction of Photofrin®, Photogem® and Photosan® with DMPC and low density lipoprotein

Natal, Aline Martins Duboc
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 21/09/2007 PT
Relevância na Pesquisa
27.435342%
O efeito do fotossensibilizador na estrutura biológica não é apenas influenciado por suas propriedades fotofísicas, mas também por sua interação específica com biosistemas.Além disso, a localização do fotossensibilizador no tecido tumoral é um importante fator que resulta em diferentes mecanismos de destruição do tumor. Muitos fotossensibilizadores, após administração sistêmica, se ligam às proteínas plasmáticas e com isso são distribuídos em diferentes sítios no organismo. Os fotossensibilizadores hidrofílicos são largamente transportados por albuminas e globilinas e se acumulam preferencialmente no estroma vascular dos tumores. Entretanto, fotossensibilizadores mais hidrofóbicos se ligam às lipoproteínas, principalmente LDL, que promove a entrada do FS na célula através de endocitose mediado por receptor. Sendo assim, a localização do FS depende de sua ligação com as deferentes proteínas plasmáticas, sua farmacocinética e também é influenciada pela diferença entre o tecido normal e tumoral. O tecido tumoral tem pH mais baixo e maior expressão de receptores de LDL do que os tecidos normais, aumentando a seletividade dos FSs as células tumorais. A incorporação de FS hidrofóbicos em lipossomas para a administração sistêmica pode realçar ao transporte deste pelas lipoproteínas. No presente trabalho estudou-se a influência do pH na interação de fotossensibilizadores com lipossomas de DMPC e LDL. Os fotossensibilizadores utilizados nesse estudo foram Photofrin®...

Caracterização espectroscópica de complexos hipocrelina B: lantanídeos para uso em terapia fotodinâmica; SPECTROSCOPIC CHARACTERIZATION OF HYPOCRELLIN B: LANTHANIDE COMPLEXES FOR USE IN PHOTODYNAMIC THERAPY

Toffoli, Daniel José
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 16/01/2009 PT
Relevância na Pesquisa
27.622676%
Um estudo das propriedades ópticas do cromóforo hipocrelina B (HB) e de seus complexos com os íons lantânio (La3+), európio (Eu3+) e térbio (Tb3+) em soluções em etanol foi realizado. Tal pigmento enquadra-se como um promissor fotossensibilizador de segunda geração dadas suas ótimas propriedades, tais como rápido metabolismo in vivo e principalmente elevado rendimento quântico de geração de oxigênio singleto (FD). O presente trabalho foi desenvolvido em duas etapas: a primeira consistiu do estudo espectroscópico dos complexos de hipocrelina B (HB) com os íons lantanídeos (Ln3+), e a segunda, de testes de PDT in vitro em cultura do fungo Candida albicans. Na primeira etapa do trabalho, a melhor razão molar entre HB e Ln3+ foi verificada através do monitoramento do pico de absorção em maior comprimento de onda de cada um dos complexos. O maior deslocamento do pico de absorção da HB (de 589 nm para 614 nm) foi notado para os complexos com razão de 1 mol de HB para 2 mols de íon lantanídeo. Observou-se que a emissão da HB e de seus complexos ocorre desde cerca de 600 nm até 750 nm. Foi possível, com base nos espectros de absorção e de emissão, calcular os valores de níveis de energia da molécula e de seus complexos. Todos os fotossensibilizadores apresentaram como menor nível de energia valor superior a 0...

Estudo da associação de complexos nitrosilos de rutênio liberadores de NO com o agente fotossensibilizador Zinco ftalocianina ZnPC em sistemas de liberação utilizados na terapia fotodinâmica; Study of NO donors, nitrosyl ruthenium complex, associate with the photosensitizer ZnPc in drug delivery systems applied in photodynamic therapy

Maranho, Daniela Silva
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 26/08/2008 PT
Relevância na Pesquisa
27.435342%
Neste trabalho propusemos a utilização do fotossensibilizador ZnPC associado ao complexo nitrosilo de rutênio Ru-tpy por meio de lipossomas de longo tempo de circulação, com o objetivo de analisar o efeito sinérgico das espécies reativas de oxigênio (EROs) e espécies reativas de nitrogênio (ERONs) geradas respectivamente pelos mesmos, atuando sobre uma linhagem celular neoplásica. Foram estudadas as propriedades fotofísicas e fotoquímicas do sistema misto ZnPC/Ru-tpy empregando-se técnicas de espectroscopia no estado estacionário e resolvido no tempo. Com isto foi possível determinar importantes parâmetros que elucidaram seu perfil fotodinâmico, confirmando sua viabilidade para aplicação em estudos in vitro e in vivo. Estes estudos também indicaram uma possível interação entre a ZnPC e o complexo Ru-tpy através do mecanismo de transferência de elétron do fotossensibilizador para o complexo de rutênio, desta forma liberando o NO. Realizamos os estudos em meio biológico utilizando a linhagem neoplásica B16-F10, avaliando a toxicidade dos sistemas lipossomais na ausência e na presença de luz. Os nossos resultados demonstraram que o sistema misto ZnPC/Ru-tpy em meio lipossomal apresenta propriedades fotofísicas e fotobiológicas úteis...

Estudos fotofísicos e in vitro em modelo animal do fármaco fotossensibilizador Foscan® incorporado em nanoemulsão: avaliação como sistema de liberação em Terapia Fotodinâmica do câncer de pele; Photophysical studies and in vitro animal model of Foscan photosensitizer into nanoemulsion: evaluation as drug delivery system on Photodynamic Therapy of skin cancer

Lucas Primo, Fernando
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 25/05/2006 PT
Relevância na Pesquisa
27.841233%
A Terapia Fotodinâmica (TFD) é uma modalidade terapêutica que vem atuar no tratamento de diversos tipos de câncer, com interesse crescente nas últimas décadas. Atuando de forma pouco invasiva e complementar as terapias tradicionais, a TFD consiste basicamente na administração sistêmica ou tópica de um fármaco fotossensibilizador (FS) seguido pela exposição da lesão à luz visível resultando na regressão tumoral caracterizada por processos de morte celular, sendo que, o fármaco fotossensibilizador e a radiação luminosa separadamente não induzem nenhum tipo de dano aos tecidos. A radiação monocromática utilizada na maioria dos casos é do tipo LASER sendo direcionada sobre a lesão por um conjunto de fibras ópticas. A maioria dos estudos até o presente momento sugerem um mecanismo comum de ação para a TFD. Após a excitação do fotossensibilizador para os estados excitados singlete e triplete, e por transferência de energia para o oxigênio molecular (O2) leva a morte tumoral ocasionada por espécies reativas de oxigênio definidas como EROS (1O2, O2_ ,OH, H2O2) além de outras formas radicalares (CH3, NO2, R-CO2, etc.) que atacam centros específicos dentro dos sistemas celulares, desencadeando a morte de tais tecidos por processos de necrose e/ou apoptose celular. Neste trabalho de pesquisa avaliamos a interação do fármaco fotossensibilizador Foscan® com Nanoemulsões biodegradáveis como sistemas de liberação em TFD-tópica. Na primeira etapa do trabalho foram realizados estudos físico-químicos para avaliação da estabilidade termodinâmica e determinação de alguns parâmetros morfológicos. Consecutivamente...

Avaliação dos efeitos da terapia fotodinâmica antimicrobiana sobre leveduras patogênicas; Evaluation of the photodynamic antimicrobial therapy on pathogenic yeasts

Prates, Renato Araujo
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 06/05/2010 PT
Relevância na Pesquisa
27.130925%
Este trabalho tem por objetivo investigar o comportamento da terapia fotodinâmica (PDT) em leveduras patogênicas. Tem sido proposto que a PDT pode inativar células microbianas e, um grande número de fotossensibilizadores e fontes de irradiação são reportados em diferentes parâmetros. Para melhor entendimento dos processos fotodinâmicos, a taxa de fluência, fluência e tempo de irradiação foram estudadas, bem como fluências iguais em parâmetros diferentes foram comparadas entre si. O papel da concentração de azul de metileno e do transporte desta droga pela membrana fúngica foram investigados. Diferentes cepas de Cryptococcus neoformans foram comparadas frente à ação fotodinâmica com fotossensibilizadores distintos. Após esta etapa, atividades metabólicas de processo de morte microbiana e produção de melanina foram avaliadas quanto a sua interferência na inativação fúngica. Por fim, um modelo de criptococose foi desenvolvido para avaliação in vivo da ação fotodinâmica. Foi observado que parâmetros de irradiação influenciam substancialmente os resultados da PDT em leveduras e que, fluências iguais em diferentes tempos de irradiação podem apresentar resultados diferentes. Em conclusão, a fluência não deve ser utilizada como parâmetro único para comparação dos resultados de fotoinativação de leveduras. Além disso...

Hipericina, Photodithazine e Photogem: um estudo comparativo da atividade fotodinâmica; Hypericin, Photodithazine e Photogem: a comparative study of the photodynamic activity

Bernal, Claudia
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 19/04/2011 PT
Relevância na Pesquisa
27.130925%
A Terapia Fotodinâmica (TFP) é uma técnica para tratamento de câncer que usa um fotossensibilizador (FS) na presença de luz e oxigênio gerando espécies altamente reativas de oxigênio que levam as células tumorais à morte.
Neste trabalho foi realizado um estudo comparativo com três FSs: Photogem® (PG), um derivado de hematoporfirina que está sendo usado em TFD no Brasil; Photodithazine® (PZ), um derivado hidrossolúvel de mono-L-aspartil clorina, que está na fase clínica para aprovação e Hipericina (HY), um pigmento fotoativo encontrado na planta Hypericum perforatum e usado na medicina popular que está sendo considerado como um promissor agente fotodinâmico para o tratamento de tumores. Este estudo utilizou uma Hipericina sintetizada no Brasil e diversos parâmetros para comparar os três FSs: a concentração inibitória média (IC50) em linhagens celulares; a constante de velocidade de fotoxidação da albumina de soro bovino na presença dos FSs e luz determinada pelo decréscimo na fluorescência da BSA em 340 nm; a fotoxidação do ácido úrico acompanhada pelo decréscimo da banda característica do ácido úrico em 290 nm após irradiação na presença dos FSs como uma estimativa indireta do rendimento quântico de formação de oxigênio singlete (ΔΦ); o rendimento quântico de fluorescência utilizando rodamina B como padrão; a acumulação dos FSs em células em função do tempo de incubação e a estimativa da quantidade de radicais livres formados após irradiação através da técnica de captura de spins. Todos os resultados obtidos evidenciam uma maior eficiência fotodinâmica da HY seguida pelo PZ e depois por Photogem e...

Ação da clorofila como fotossensibilizador e do LED como fonte de luz alternativa na terapia fotodinâmica antimicrobiana contra o Enterococcusfaecalis; Effect of chlorophyll as photosensitizer and LED as an alternative light source on Antimicrobial Photodynamic Therapy against Enterococcus faecalis

Gurgel, Carla Vecchione
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 14/10/2013 PT
Relevância na Pesquisa
27.130925%
O objetivo deste estudo foi investigar o efeito da Terapia Fotodinâmica antimicrobiana (TFDa) sobre o Enterococcus faecalis (E. faecalis), in vitro, utilizando a clorofila (CL) como agente fotossensibilizador (FS) e o diodo emissor de luz (LED) como fonte de luz. A cultura pura de E. faecalis foi ativada em caldo de BHI a 37oC por 24h. O cultivo do microrganismo foi centrifugado a 3000rpm por 15min, e o pellet re-suspenso em 0,85% de solução salina. As concentrações da bactéria foram ajustadas para 107UFC mL-1 (unidades formadoras de colônias por mililitro). Diferentes tipos de solventes para a CL foram testados: éter, álcool de cereais, Tween 80 e P-123. 100l do inóculo e o mesmo volume da solução teste foram inseridos em cada poço da placa de microtitulação. A mistura foi agitada e aguardou-se 1min. 25l da suspensão foi removida e diluições seriadas foram realizadas. Alíquotas de cada diluição foram espalhadas na superfície da placa, armazenadas em microaerofilia e incubadas na estufa por 24h a 37oC. O número de UFC foi contado em cada placa. Para o experimento da TFDa, os grupos foram divididos em: controle (G1); TBO 1min (G2); CL+Tween 1min (G3); CL+Tween 5min (G4); CL+P-123 1min (G5); CL+P-123 5min (G6); CL+Tween 1min + LED 1min (G7); CL+Tween 1min + LED 5min (G8); CL+Tween 5min + LED 1min (G9); CL+Tween 5min + LED 5min (G10); CL+P-123 1min + LED 1min (G11); CL+P-123 1min + LED 5min (G12); CL+P-123 5min + LED 1min (G13); CL+P-123 5min + LED 5min (G14); TBO 1min + LED 1min (G15); TBO 1min + LED 5min (G16); LED 1min (G17); LED 5min (G18).Um volume de 100l da suspensão bacteriana foi inserido em poços da placa e o mesmo volume da solução do FS foi adicionado. A CL foi solubilizada em soluções aquosas de Tween ou P-123. Cada poço foi agitado e o tempo de préirradiação foi de 1 ou 5min. O LED foi acionado durante 1 ou 5min. 25l da suspensão foi submetida a diluições seriadas e as alíquotas de cada diluição foram espalhadas na superfície da placa em Ágar BHI. As placas foram armazenadas e colocadas na estufa a 37oC por 24h. Os experimentos foram realizados em triplicata e as UFC em cada placa foram contadas. As UFC foram transformadas em valores de Log10 UFC para normalizar os dados para análise estatística. A média e o desvio padrão (DP) de cada experimento foram calculados. Os resultados mostraram que o Tween e o P-123 foram os solventes mais eficazes para diluição da CL. A TFDa com utilização da CL diluída em Tween ou P-123 com tempo de pré-irradiação de 5min e com a ação do LED por 5min causou uma pequena diminuição na contagem bacteriana. A CL diluída em Tween com tempo de 1min teve uma redução significante da contagem bacteriana. O TBO quando associado ao LED durante 1min provocou uma leve redução no número de UFC. A irradiação pelo LED durante 5min foi capaz de causar uma diminuição significativa da quantidade de UFC.; The aim of this study was to investigate the effect of Antimicrobial Photodynamic Therapy (aPDT) against Enterococcus faecalis (E. faecalis)...

Potencial apoptótico de uma nova clorina anfifílica como fotossensibilizador para terapia fotodinâmica; Apoptotic potential of a new amphiphilic chlorine as photosensitizer for photodynamic therapy

Moritz, Milene Nóbrega de Oliveira
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 20/05/2014 PT
Relevância na Pesquisa
27.130925%
A Terapia Fotodinâmica (PDT) é uma técnica utilizada para tratar vários tipos de tumores em que a luz estimula um fotossensibilizador (FS) a gerar espécies reativas de oxigênio (ROS) que levam à morte celular por apoptose ou necrose. A partir de uma clorina (CHL), cuja nomenclatura é metilfeoforbídio, visando torná-la mais anfifílica foi adicionado o grupo TRISMA (CHL-T). Os vários parâmetros usados na PDT (tipo de FS, concentração do FS, tempo de incubação do FS e dose de luz) podem desencadear diferentes vias para apoptose. Poucos estudos sobre o tipo de morte celular induzido com clorinas têm sido realizados. Diante disso, o objetivo deste estudo foi determinar a citotoxicidade dessa nova clorina, assim como identificar o tipo de morte celular envolvido na PDT e elucidar a participação da proteína apoptótica p53 nesse processo comparando-se com CHL e HY. A hipótese principal deste trabalho é que esta nova clorina modificada tem maior eficiência na indução de apoptose. Para testar esta hipótese, foi avaliada a indução de apoptose por microscopia de fluorecência e por citometria e a citotoxicidade pelo ensaio do MTT de três FSs: uma clorina (CHL), a clorina modificada (CHL-T) e a hipericina (HY). As clorinas apresentaram maior acumulação para as duas linhagens celulares quando comparada com a hipericina. A fototoxicidade apresentada pela nova clorina foi cerca de 10 a 20 vezes maior que a clorina de origem (CHL) nas duas linhagens celulares como demonstrado pelos resultados do ensaio com MTT. Os testes realizados por microscopia de fluorescência resultaram numa porcentagem de morte celular crescente com o aumento das concentrações diferenciando maior apoptose causada por PDT com CHL-T nas células HEp-2 e maior necrose nas células HeLa. A análise da apoptose por citometria também apresentou um efeito muito superior da CHL-T em relação aos demais FSs estudados para apoptose inicial (80...

Caracterização físico-química e fotodinâmica de fotossensibilizadores: efeito da modificação química para aumentar a solubilidade em meio aquoso; Physical-Chemistry and photodynamic characterization of photosensitizers: effect of chemical modification to increase the solubility in aqueous medium

Gonçalves, Joyce Laura da Silva
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 29/04/2015 PT
Relevância na Pesquisa
27.622676%
A hidrofobicidade e a estrutura planar do orbital π estendido de fotossensibilizadores do tipo clorina e hipericina podem favorecer a agregação destes compostos em meio aquoso. Esta agregação pode reduzir a eficiência fotodinâmica e a aplicabilidade destes compostos em diagnósticos e na Terapia fotodinâmica. Uma estratégia para minimizar esta limitação é a modificação destas moléculas pela inserção de grupos hidrofílicos. Neste trabalho foram utilizadas técnicas espectroscópicas para caracterizar as propriedades físico-químicas e fotodinâmicas de derivados de clorina (CHL), e hipericina (HY) obtidos por meio de inserções dos grupos hidrofílicos trizma e glucamina, respectivamente: Clorina-Trizma (CHL-T) e Hipericina Glucamina (HY-G). Os resultados mostraram que estas modificações estruturais aumentaram em até 20% a solubilidade destes compostos em meio aquoso. No entanto, devido à solubilidade parcial dos fotossensibilizadores na ausência de cargas elétricas foram identificados agregados do tipo H em meio ácido, neutro e na presença de íons em solução aquosa. Tais agregados foram solubilizados em meio alcalino e por microambientes micelares dos surfactantes CTAB, SDS e Tween 20. Os agregados do tipo H acarretaram ainda na redução da constante de velocidade de fotobranqueamento e da formação de oxigênio singleto dos fotossensibilizadores em meio aquoso. Contudo...

Terapia fotodinâmica em dentes contaminados com Enterococcus faecalis utilizando a curcumina como fotossensibilizador

Frota, Matheus Franco da
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 58 f. : il. color.
POR
Relevância na Pesquisa
27.130925%
Pós-graduação em Odontologia - FOAR; O estudo avaliou a eficácia antibacteriana da terapia fotodinâmica (TFD) em canais radiculares contaminados com Enterococcus faecalis, utilizando o LED como fonte de luz e a curcumina como agente fotossensibilizador (FS) em diferentes tempos de irradiação. Oitenta raízes de dentes humanos unirradiculados foram fixados em placas de 24 poços. Todos os espécimes foram submetidos ao preparo biomecânico utilizando o sistema Protaper Universal® (Dentsply-Maillefer, Ballaigues, Suíça) na sequência técnica preconizada pelo fabricante até o instrumento F4, sendo, a seguir, esterilizados e distribuídos aleatoriamente nos seguintes grupos e sub-grupos (n=10): GIa: TFD (curcumina com 5 minutos de pré-irradiação + 5 minutos de irradiação); GIb: TFD (Curcumina com 5 minutos de pré-irradiação + 10 minutos de irradiação); GIIa: Curcumina com 5 minutos de pré-irradiação + 5 minutos sem irradiação; GIIb: Curcumina 5 minutos + 10 minutos sem irradiação; GIIIa: Soro fisiológico + Luz por 5 minutos; GIIIb: Soro fisiológico + luz 10 minutos; Grupos controle positivo e negativo. As coletas deram-se aos 21 dias da contaminação, pós- tratamento e 7 dias pós-tratamento. Os dados obtidos (UFC/mL) foram submetidos aos testes de ANOVA e Tukey com nível de significância de 5%. Os resultados mostraram redução bacteriana nos grupos GIa e GIb de forma significante em relação aos demais grupos no pós tratamento e...

Efetividade da Terapia fotodinâmica mediada pelo fotossensibilizador photodithazine® na inativação de candida albicans in vivo

Carmello, Juliana Cabrini
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 141 f. : il. color.
POR
Relevância na Pesquisa
27.130925%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Reabilitação Oral - FOAR; Este trabalho teve por objetivo avaliar a efetividade da terapia fotodinâmica (PDT) mediada pelo fotossensibilizador (FS) Photodithazine® (PDZ), associado à luz do tipo LED (660nm). Para tanto, foram utilizados 55 camundongos com aproximadamente 6 semanas de vida, os quais foram submetidos a indução de candidose no dorso da língua. Inicialmente os animais foram imunossuprimidos e no dia seguinte se realizou a inoculação de C. albicans na língua dos mesmos por meio de swabs embebidos na suspensão (107 Ufc/mL). Para a realização da terapia fotodinâmica o FS foi avaliado nas concentrações de 75, 100, 125 e 150mg/L. Tais grupos experimentais foram denominados de (P+L+ 75mg/L, P+L+ 100mg/L, P+L+ 125mg/L, P+L+ 150mg/L) associados a uma dose de luz de 37,5 J/cm2. Para a verificação apenas do efeito da PDZ, a mesma foi aplicada na língua dos animais, sem iluminação (grupos denominados de P+L- 75mg/L, P+L- 100mg/L, P+L- 125mg/L, P+L- 150mg/L). O efeito da luz foi avaliado por meio da iluminação das línguas com dose de luz de 37,5J/cm2, (grupo denominado de P-L+ 37,5J/cm2). Um grupo recebeu apenas inoculação por Candida (grupo P-L-...

Avaliação dos efeitos da terapia fotodinâmica antimicrobiana com o fotossensibilizador ftalocianina-glucamina como terapia adjunta no tratamento da doença periodontal induzida em ratos

Corbi, Sâmara Cruz Tfaile
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 73 f. : il. color. + anexo
POR
Relevância na Pesquisa
27.435342%
Pós-graduação em Odontologia - FOAR; A Terapia Fotodinâmica Antimicrobiana (aTFD), é uma terapia que utiliza fonte de luz e fotossensibilizador (FTS) na fotoinativação de microrganismos. O objetivo deste trabalho foi avaliar, in vivo, respostas teciduais da aplicação da aTFD utilizando ftalocianina-glucamina, cujo pico de absorção coincide com o comprimento de onda da cor vermelha, no tratamento da doença periodontal (DP) induzida em ratos, pelas avaliações: microtomográfica, histométrica e histológica. Ligaduras foram inseridas nos sulcos dos segundos molares superiores para indução da DP. Os animais foram distribuídos em 4 grupos: GI: DP (Somente indução da doença, sem tratamento); GII: RAR (Indução e tratamento básico periodontal); GIII: TFD (Indução e aplicação da terapia fotodinâmica); GIV: RAR+TFD (Indução, aplicação da terapia fotodinâmica e tratamento básico periodontal). Após 15 dias, as ligaduras foram removidas e os animais eutanaziados após 7, 15 e 30 dias do tratamento. Como todos os dados apresentaram-se normais (Kolmogorov-Smirnov), aplicou-se o teste paramétrico ANOVA, seguida do pós-teste de Tukey. Na histometria, não encontraram diferenças estatistísticas; a análise microtomográfica mostrou diferenças significantes em todos períodos para o grupo TFD nas proximais e região de furca...

Efeito da carga do fotossensibilizador em lípidos de Escherichia coli

Lopes, Diana Carla Salzedas
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
27.435342%
A inativação fotodinâmica (PDI) é um método simples e eficaz para destruir microrganismos. Esta tecnologia baseia-se na administração de um fotossensibilizador (FS), normalmente uma porfirina ou derivados de ftalocianina, que é preferencialmente acumulado nas células microbianas. A posterior irradiação com luz visível, na presença de oxigénio, conduz à formação de espécies citotóxicas, particularmente espécies reativas de oxigénio (ROS), tais como radicais livres e oxigénio singuleto, que causam danos celulares específicos e levam à inativação do microrganismo. Os principais alvos de PDI são as estruturas microbianas externas, como as paredes e membranas celulares. O conhecimento de como estes alvos moleculares são afetados assume uma grande importância para melhor compreender o processo de fotoinativação. O objetivo deste trabalho foi estudar o efeito causado por cinco derivados porfirínicos com diferente distribuição de carga durante o processo de fotoinativação em lípidos membranares de Escherichia coli. O efeito foi avaliado por quantificação de hidroperóxidos lipídicos e por análise da variação do perfil de ácidos gordos. Culturas de E. coli foram irradiadas com luz branca na presença de cada um dos fotossensibilizadores (5.0 μM) durante 90 e 270 minutos. Após o ensaio de fotoinativação os lípidos membranares foram extraídos e quantificados através do ensaio de fósforo. Os hidroperóxidos presentes nos extratos lipídicos totais foram quantificados através de FOX2 (ferrous oxidation-xylenol orange) e o perfil de ácidos gordos foi adquirido por cromatografia gasosa com detetor de ionização em chama (GC-FID). Após PDI...

Inativação fotodinâmica de endósporos bacterianos: aplicação de alta pressão como coadjuvante na ligação de fotossensibilizador; Photodynamic inactivation of bacterial endospores: high pressure processing as an assistant in the photosensitizer binding

Couceiro, Joana Duarte Baptista
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
37.435342%
Os endósporos bacterianos representam riscos significativos em muitas atividades humanas, pelo que é fundamental descobrir formas de inativar estas estruturas. A terapia fotodinâmica (PDT) têm-se revelado uma alternativa promissora para inativar microrganismos patogénicos. Com este trabalho pretendeu-se avaliar o efeito da alta pressão como coadjuvante do efeito fotodinâmico, na inativação de endósporos de Bacillus cereus, usados como modelo biológico de endósporos bacterianos. Endósporos de B. cereus foram preparados em meios de esporulação e conservados a -20 °C até à realização dos ensaios. Como fotossensibilizador (PS), utilizou-se uma porfirina tetracatiónica (Tetra-Py+-Me), aplicada nas concentrações de 5 e 20 M. Os endósporos foram incubados durante 30 min a 37 °C no escuro, na presença de PS, para permitir a adsorção do PS ao material do endósporo. A potência da luz branca usada na irradiação foi 1690 W.m-2. O efeito dos vários tratamentos foi avaliado por comparação dos resultados com os valores iniciais da concentração de endósporos viáveis na suspensão não tratada. As variáveis em estudo foram a concentração de PS, a pressão aplicada, a temperatura de incubação e o tempo de exposição à luz branca. Em cada experiência foram incluídos os seguintes controlos: controlo claro (exposto à luz sem PS)...