Página 1 dos resultados de 2568 itens digitais encontrados em 0.004 segundos

Interações entre a atmosfera e a superfície terrestre: variações da temperatura e umidade na bacia B do Núcleo Cunha (IF) - SP; Interactions between atmosphere and land surface: temperature and humidity variations in Basin B of Núcleo Cunha (IF) - SP

Armani, Gustavo
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 08/10/2004 PT
Relevância na Pesquisa
608.21867%
Os objetivos desta pesquisa são: a) compreender como a temperatura do ar e a umidade relativa na bacia B do Núcleo Cunha (IF) estão relacionadas aos controles climáticos (altitude, declividade e orientação das vertentes, vegetação, a configuração do céu, etc); b) entender qual a importância de cada controle climático nas variações de temperatura e umidade relativa sob a ação de diferentes sistemas atmosféricos. Os controles microclimáticos produzem alterações no ritmo da temperatura e da umidade relativa de diferentes formas e graus de importância em função do sistema atmosférico atuante. Entretanto, a combinação de controles climáticos específicos pode criar ambientes que mantém o ritmo da temperatura e umidade mais estável, independente do sistema atmosférico que estiver atuando. A água no solo desempenha um papel fundamental na minimização das variações da temperatura e da umidade em ambientes específicos. A vegetação também desempenha um papel importante no controle dos valores de umidade relativa, sendo mais relevante que a declividade e a orientação da vertente. As unidades climáticas da Bacia B foram delimitadas como síntese de todas as interações entre os atributos e controles climáticos. O conceito de unidade climática como um espaço onde a interação entre os atributos e controles climáticos tem uma certa homogeneidade...

Sensor de umidade e vácuo baseado na reflexão interna; Humidity and pressure sensor based on the internal reflection

Domenegueti, José Francisco Miras
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 18/07/2014 PT
Relevância na Pesquisa
595.7866%
No presente trabalho propomos a utilização de uma técnica refratométrica baseada na determinação do ângulo crítico para o desenvolvimento de um sensor de umidade relativa e, no mesmo escopo de aplicação, um medidor de vácuo primário. A técnica proposta tira vantagem da diferença de fase adquirida pelas componentes paralela e perpendicular de um feixe luminoso, linearmente polarizado, passando por reflexão interna, para produzir um laser de HeNe sintonizável, um polarizador, um prisma semicilíndrico de índice de refração conhecido fabricado em vidro tipo flint, um analisador, um mínimo de intensidade, facilmente detectável no perfil refletido correspondendo à posição do ângulo crítico. Desenvolvemos um estudo acerca dos principais aspectos teóricos envolvidos no fenômeno da reflexão total interna, onde realizamos algumas simulações buscando avaliar as variações da posição angular do ângulo crítico a partir de alterações no índice de refração. A montagem básica utilizada nos experimentos consiste de um CCD linear e de um computador, onde as informações coletadas pelo CCD foram tratadas por meio de um programa de aquisição de dados desenvolvido na plataforma LabVIEWTM. O programa empregado permite o acompanhamento das variações do perfil refletido da base do prisma ponto a ponto...

Construção e validação de uma bancada para calibração de sensores para determinação da umidade relativa do ar

Dias, João Batista
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
611.1312%
O presente trabalho destina-se a apresentar a experiência de montagem e de validação de uma Bancada de Calibração de sensores para determinação da umidade relativa do ar com base nas teorias e normas existentes de psicrometria. A Bancada foi construída com base em normas internacionais, onde salienta-se a ASHRAE 41.1-1974, sendo uma evolução de trabalhos anteriormente desenvolvidos. A validação da bancada passa por uma verificação do funcionamento do sistema montado, buscando garantir que o mesmo é eficaz no que se propõe. Para isso, curvas de estabilidade em temperatura e umidade relativa do ar em função do tempo foram levantadas e analisadas dentro de uma certa faixa de operação, entre 30,50 e 44,50 ºC e para temperatura de bulbo úmido, entre 25,00 e 31,10 ºC. Para a estabilidade em umidade relativa do ar testada, a faixa varia de 57,20 a 74,46 %. Também foi verificado experimentalmente o comportamento da temperatura de bulbo úmido em função da velocidade do ar no escoamento, entre 1,25 e 5,00m/s. Para a comprovação desta verificação experimental, os dados coletados nos sensores e termômetros foram corrigidos através das equações de calibração e depois os mesmos foram comparados e estudados mediante uma análise de variância (ANOVA). Os resultados dos testes revelaram que a velocidade na faixa experimentada (1...

Transporte de cafe : influencia dos fatores climaticos (temperatura e umidade relativa) sobre o teor de umidade e produção de ocratoxina A em cafe cru beneficiado.; Coffe transport : climatic factors influence (temperatue and relative humidity) on the text of humidity and ochratoxina production in benefited raw coffee.

Hector Abel Palacios Cabrera
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 20/07/2005 PT
Relevância na Pesquisa
599.68105%
Os objetivos do presente trabalho foram: 1) Estudar a influência das condições ambientais durante o transporte para o desenvolvimento de Aspergillus ochraceus e produção de ocratoxina no café. 2) Levantar dados das condições reais de transporte e validar conteineres protótipos, e 3) Propor medidas preventivas para evitar o aumento da umidade do café dentro dos conteineres. Seis conteineres (três comerciais e três protótipos) foram monitorados durante o transporte do Brasil até a Itália. Os conteineres foram colocados em três diferentes posições (convés, abaixo do convés e porão) no navio. Cada protótipo foi colocado ao lado do conteiner convencional. Dados de temperatura, umidade relativa, condensação e mudanças no conteúdo de umidade dos grãos foram monitorados. O conteiner de café localizado abaixo do convés foi o menos afetado pelas variação em relação ao conteúdo de umidade (0,7%). Os cafés dos conteineres localizados no porão sofreu a maior variação no conteúdo de umidade (3%). Este conteiner apresentou sinais visíveis de condensação. O café transportado no convés teve uma variação da umidade intermediária (2%) e não apresentou uma condensação visível. A variação no conteúdo de umidade dos conteineres protótipos foi similar ao convencional. Houve um aumento na produção de ocratoxina A nos cafés que apresentaram aumento no conteúdo de umidade. O ensaio sobre simulação do transporte estudou a prevenção da condensação dos conteineres. O ensaio feito com os conteineres protótipos testou duas alternativas: uma utilizando isolamento do conteiner com isopor...

Estudo de desempenho de papelão ondulado virgem e reciclado exposto a diferentes condições de umidade relativa

Elizabeth de Fatima Gazeta Ardito
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 09/11/2000 PT
Relevância na Pesquisa
615.9894%
Em muitos países, as indústrias de papelão ondulado têm sido forçadas a melhorar a qualidade do papelão ondulado reciclado de modo a torná-Io mais competitivo, com o objetivo de reduzir o uso de fibras virgens e diminuir a quantidade de resíduo sólido nos aterros. Entretanto, pouco se conhece sobre o desempenho do papelão ondulado, principalmente aqueles com componentes reciclados, quando sujeitos às forças de empilhamento em condições de umidade relativa cíclica. O objetivo deste estudo foi, portanto, determinar o desempenho de papelão ondulado em condições de umidade relativa cíclica, estabelecendo-se os parâmetros que regem a degradação de suas propriedades físico-mecânicas em função da umidade relativa do ambiente. Estudaram-se dois tipos de papel capa e papel miolo (virgem e reciclado) e cinco estruturas de papelão ondulado formadas com esses papéis. As estruturas de papelão ondulado e seus componentes foram submetidos aos ensaios estáticos de flexão e compressão em condição de umidade relativa padronizada pela norma TAPPI T402-om 93 de 23°C/50% UR e em condição de umidade relativa alta de 23°C/90% UR. As estruturas de papelão ondulado e tubos, fabricados a partir das estruturas, foram submetidos à determinação da taxa de fluência em condição de umidade relativa cíclica...

Umidade de equilíbrio da madeira de angelim vermelho (Dinizia excelsa Ducke ), guariúba (Clarisia racemosa Ruiz & Pav.) e tauarí vermelho (Cariniana micrantha Ducke) em diferentes condições de temperatura e umidade relativa

Baraúna,Edy Eime Pereira; Oliveira,Valmir Souza de
Fonte: Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia Publicador: Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2009 PT
Relevância na Pesquisa
610.37508%
A umidade de equilíbrio deve ser determinada para o local onde a madeira será empregada. Isto pode ser feito através da determinação da umidade das amostras de madeira expostas às condições ambientais de temperatura e umidade relativa em ensaios de campo, de laboratório equipado com câmara de climatização ou estimativas por meio de modelos matemáticos. Neste trabalho foi determinada a umidade de equilíbrio da madeira - UEM do angelim vermelho (Dinizia excelsa Ducke), guariúba (Clarisia racemosa Ruiz & Pav.) e tauarí vermelho (Cariniana micrantha Ducke ), em duas condições de temperatura e três de umidade relativa em câmara de climatização. Encontrou-se diferenças entre a umidade de equilíbrio estimada pela equação de Simpson (1971) e o valor real determinado em câmara climática. Na simulação de ensaio a 25º C de temperatura e umidade relativa de 40% a UEM ficou em média 26,6% superior ao valor estimado pela equação de Simpson (1971), constituindo-se na maior variação. A menor variação foi de 2,1% registrada na espécie angelim vermelho na condição de 35º C e 80% de umidade relativa. A equação de Simpson, no geral, tendeu a superestimar os valores de UEM nas três espécies.

Modelo de simulação da temperatura e umidade relativa do ar no interior de estufa plástica

Costa,Edilson; Leal,Paulo A. M.; Carmo Júnior,Ruy R. do
Fonte: Associação Brasileira de Engenharia Agrícola Publicador: Associação Brasileira de Engenharia Agrícola
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2004 PT
Relevância na Pesquisa
703.9754%
A simulação dos parâmetros climáticos de temperatura e umidade relativa do ar no interior de uma estufa plástica, por meio do balanço de energia, pode propiciar ao produtor uma ferramenta de auxílio na tomada de decisão. Nesse propósito, realizou-se uma simulação das condições no interior de estufa plástica, em função de parâmetros externos e internos a ela. A simulação revelou uma temperatura no interior da estufa plástica de 23,6 ºC, e os sensores revelaram um valor médio de 24,1 ºC para o período de cultivo da alface. Para a umidade relativa no interior da estufa plástica, o valor simulado foi de 61,6%, e o obtido com o auxílio de sensores foi de 66,0%. Os valores simulados apresentaram-se próximos dos valores obtidos pelos sensores, mostrando que o modelo pode ser usado para a estimativa da temperatura e umidade relativa do ar no interior da estufa plástica.

Efeitos da umidade relativa do ar na incubadora e da idade da matriz leve sobre o rendimento da incubação

Barbosa,V.M.; Cançado,S.V.; Baião,N.C.; Lana,A.M.Q.; Lara,L.J.C.; Souza,M.R.
Fonte: Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Veterinária Publicador: Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Veterinária
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2008 PT
Relevância na Pesquisa
692.0925%
Avaliaram-se os efeitos da umidade relativa do ar na incubadora (URI) e da idade da matriz leve sobre o rendimento de incubação, sobre o peso absoluto do coração e do saco vitelino e sobre a relação desses dois órgãos com o peso do pinto ao nascer. Foram utilizados 10.836 ovos de matrizes da linhagem Lohmann LSL, com 26, 41 e 56 semanas de idade, incubados com níveis de URI de 48, 56 e 64%. A perda de peso do ovo foi maior à medida que diminuiu a URI ou à medida que aumentou a idade da matriz. A maior taxa de eclosão foi obtida quando se utilizaram 56% de URI, e os ovos das matrizes mais velhas apresentaram eclodibilidade reduzida. A maior relação saco vitelino/peso do pinto foi obtida quando os ovos foram incubados com URI de 48% e com ovos de matrizes com idade de 41 semanas. Os pintos de matrizes com 41 e 56 semanas de idade apresentaram os maiores pesos absolutos do coração e os das matrizes com 56 semanas, a maior relação peso coração/peso pinto.

Umidade de equilíbrio de painéis OSB produzidos com inclusão laminar e com diferentes tipos de adesivos

Mendes,Lourival Marin; Mendes,Rafael Farinassi; Protásio,Thiago de Paula; Oliveira,Stefânia Lima; Mesquita,Ricardo Gabriel de Almeida
Fonte: UFLA - Universidade Federal de Lavras Publicador: UFLA - Universidade Federal de Lavras
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2014 PT
Relevância na Pesquisa
605.18973%
Neste trabalho, objetivou-se avaliar diferentes modelos estatísticos para a estimativa da umidade de equilíbrio de painéis OSB expostos a diferentes condições de temperatura e umidade relativa do ar, bem como avaliar a influência do adesivo e do reforço laminar na umidade de equilíbrio. Os painéis foram produzidos com três diferentes tipos de adesivos (fenol-formaldeído - FF, melamina-uréia-formaldeído - MUF, e fenol-melamina-uréia-formaldeído - PMUF) e, ainda, com e sem a inclusão laminar. A avaliação da umidade de equilíbrio dos painéis foi efetuada nas temperaturas de 30, 40 e 50°C e nas umidades relativas de 40, 50, 60, 70, 80 e 90%. A modelagem da umidade de equilíbrio foi realizada por meio do ajuste de modelos estatísticos não lineares e polinomiais. De forma geral, os modelos polinomiais são os mais indicados para a estimativa da umidade de equilíbrio dos painéis OSB. Os modelos ajustados apenas com a umidade relativa do ar foram os que obtiveram as melhores medidas de precisão. O tipo de adesivo afetou a umidade de equilíbrio dos painéis, sendo observada para os adesivos PMUF e FF a mesma tendência de variação, e os maiores valores médios obtidos para os painéis produzidos com adesivo MUF. A inclusão laminar promoveu a diminuição da umidade de equilíbrio apenas para os painéis produzidos com o adesivo MUF.

Estimativa e espacialização da normal da umidade relativa do ar para os Estados de Alagoas-Bahia-Sergipe.

SILVA, T. G. F. da; ZOLNIER, S.; MOURA, M. S. B. de.
Fonte: In: CONGRESSO BRASILEIRO DE METEOROLOGIA, 14., 2006, Florianópolis. Anais... Florianópolis: SBMET, 2006. Publicador: In: CONGRESSO BRASILEIRO DE METEOROLOGIA, 14., 2006, Florianópolis. Anais... Florianópolis: SBMET, 2006.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
705.7827%
Poucas são as estações meteorológicas distribuidas nas diferentes regiões do Brasil, que apresentam séries históricas das diversas variáveis climáticas. Nesse contexto, enquadram-se os valores de umidade relativa do ar para os Estados da região Nordeste, especialmente, nos estados de Alagoas, Bahia e Sergipe, que juntos apresentam apenas 36 estações meteorológicas ao longo dos seus territórios e regiões limítrofes. Assim, a partir dos dados dessas estações foram elaboradas duas equações de estimativa da normal da umidade relativa mensal com o objetivo de suprir a deficiência de informação dessa variável para a área que abrange os três estados. Constatou-se a existência de uma boa relação entre os valores da umidade relativa mensal e os valores do índice de umidade mensal; déficit de pressão máximo; amplitude; e longitude local, permitindo assim a elaboração dos mapas dessa variável, com maior precisão, para a área de estudo.; 2006; 1 CD-ROM.

Umidade relativa do ar: estimativa e espacialização para o Estado de Pernambuco.

SILVA, T. G. F.; ZONIER, S.; MOURA, M. S. B.; SEDIYAMA, G. C.; SOUZA, L. S. B.
Fonte: In: CONGRESSO BRASILEIRO DE AGROMETEOROLOGIA, 15., 2007, Aracaju. Efeito das mudanças climáticas na agricultura: anais. Aracaju: Sociedade Brasileira de Agrometeorologia: Embrapa Tabuleiros Costeiros, 2007. 1 CD-ROM. Publicador: In: CONGRESSO BRASILEIRO DE AGROMETEOROLOGIA, 15., 2007, Aracaju. Efeito das mudanças climáticas na agricultura: anais. Aracaju: Sociedade Brasileira de Agrometeorologia: Embrapa Tabuleiros Costeiros, 2007. 1 CD-ROM.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
605.78273%
A umidade relativa do ar apresenta grande relevância na tomada de decisão em várias áreas do setor agrícola, principalmente em estudos que consideram a escala macroclimática, como é o caso dos zoneamentos climáticos. Apesar dessa importância, poucos dados desta variável estão disponíveis para estudos regionais. O estado de Pernambuco está incluído neste contexto, o qual possui apenas oito estações meteorológicas com dados históricos, pertencentes ao Instituto Nacional de Meteorologia (INMET). Assim, valores normais mensais de temperatura e de precipitação pluvial, além de dados geográficos, foram usados em um modelo multiplicativo para estimativa dos valores normais mensais da umidade relativa do ar em várias localidades do Estado. O modelo multiplicativo explicou 87,46% da variabilidade dos valores de umidade relativa do ar e foi validado posteriormente por meio de um conjunto independente de dados. A raiz quadrada do quadrado médio do erro foi 2,5%, indicando que o modelo apresenta excelente desempenho na estimativa da umidade relativa do ar. Os valores estimados foram aplicados para elaboração de mapas mensais desta variável para o estado de Pernambuco.; 2007

Umidade de equilíbrio de painéis OSB produzidos com inclusão laminar e com diferentes tipos de adesivos; Equilibrium moisture content of OSB panels produced with veneer inclusion and different types of adhesive

Fonte: UFLA - Universidade Federal de Lavras Publicador: UFLA - Universidade Federal de Lavras
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
PT
Relevância na Pesquisa
605.18973%
The aim of this study was to evaluate different statistical models to estimate the equilibrium moisture content of OSB panels exposed to different conditions of air temperature and relative humidity, And also to evaluate the influence of the adhesive and veneer inclusion in the equilibrium moisture content. The panels were produced with three different adhesive types (phenol-formaldehyde - FF, melamine-urea-formaldehyde - MUF, and phenol-melamine-urea-formaldehyde - PMUF) and with and without veneer inclusion. The evaluation of the equilibrium moisture content of the panels was carried out at temperatures of 30, 40 and 50°C and relative humidity of 40, 50, 60, 70, 80 and 90%. The modeling of equilibrium moisture content was performed using the statistical non-linear and polynomial models. In general, the polynomial models are most indicated for determining the equilibrium moisture content of OSB. The models adjusted only with air relative humidity presented the best precision measurements. The type of adhesive affected the equilibrium moisture content of the panels, being observed for adhesives PMUF and FF the same trend of variation, and the highest values obtained for the panels produced with adhesive MUF. The veneer inclusion decreased the equilibrium moisture content only in the panels with MUF adhesive.; Neste trabalho...

An??lise da Umidade Relativa do Ar em Regi??es Homog??neas do Estado do Rio Grande do Sul; Analysis of the Relative Humidity in Homogeneous Regions of Rio Grande do Sul

VAGHETTI, Naile Nunes
Fonte: Universidade Federal de Pelotas; Meteorologia; Programa de P??s-gradua????o em Meteorologia; UFPel; BR Publicador: Universidade Federal de Pelotas; Meteorologia; Programa de P??s-gradua????o em Meteorologia; UFPel; BR
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
712.11266%
The knowledge of relative humidity and its interactions with other variables helps plan of various activities, such as the operation of aeration systems for storing grain and seed, the cooling of environments for breeding and maintenance for environmental comfort. The Rio Grande do Sul state, in function of its geographical position, is a region strongly influenced by meteorological systems, in which the behavior of the relative humidity needs further study. The objective of this work was the study of the relative humidity behavior in the state of Rio Grande do Sul, was used data from monthly averages of 26 meteorological stations in the period 1975 to 2009. For this purpose, the homogeneous regions were determined through analysis of grouping and the grouping method of Ward that has better consistent with the climatic characteristics of the state, in which has been obtained four regions: R1, R2, R3 e R4. For all regions, was made a climatologically study through statistical parameters in order to analyze the climatic variability of this variable. The spatial distribution of relative humidity allowed observing that it has a high pattern in the entire state, being the coastal region the most humid. The relative humidity has only in Regions 2 and 3...

Efeitos da umidade relativa do ar na incubação e da idade da matriz leve sobre a eclodibilidade, qualidade dos pintos recém-eclodidos e desempenho da progênie

Barbosa,V.M.; Baião,N.C.; Lara,L.J.C.; Rocha,J.S.R.; Pompeu,M.A.; Martins,N.R.S.; Leite,R.C.; Cançado,S.V.
Fonte: Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Veterinária Publicador: Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Veterinária
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2015 PT
Relevância na Pesquisa
703.9754%
Objetivou-se avaliar os efeitos da umidade relativa do ar nas incubadoras (URI) e da idade da matriz leve sobre a eclodibilidade, qualidade dos pintos recém-eclodidos e o desempenho da progênie. Foram incubados 10.840 ovos, sendo os tratamentos definidos pela idade das matrizes Lohmann LSL(r) (26, 41 e 56 semanas) e pelos níveis de URI (48, 56 e 64%). Após a incubação, 1.620 pintos fêmeas foram alojados em galpão experimental convencional, de acordo com os tratamentos, até as 12 semanas de idade. Para a avaliação de eclodibilidade sobre ovos férteis e fêmeas refugos, o delineamento experimental foi em blocos ao acaso no arranjo em parcelas subdivididas. A parcela foi a URI (três níveis) e a subparcela foi a idade da matriz (três idades). Os blocos foram constituídos pelos andares dos carrinhos de incubação, em que cada andar continha uma repetição de cada idade da matriz. Os nove tratamentos foram constituídos por 14 repetições cada. As repetições foram bandejas de incubação, constituindo 1.204 ovos por tratamento. Para a avaliação do desempenho das frangas, o delineamento experimental foi inteiramente ao acaso...

PREVISÃO DA UMIDADE RELATIVA DO AR DE BRASÍLIA POR MEIO DO MODELO BETA AUTORREGRESSIVO DE MÉDIAS MÓVEIS

BAYER,DÉBORA MISSIO; BAYER,FÁBIO MARIANO
Fonte: Sociedade Brasileira de Meteorologia Publicador: Sociedade Brasileira de Meteorologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2015 PT
Relevância na Pesquisa
692.0925%
O monitoramento da umidade relativa do ar (UR) tem grande importância no gerenciamento de recursos hídricos, na área agrícola, em estudos climáticos, assim como para a gestão da saúde pública. Este trabalho tem o objetivo de analisar, modelar e prever os valores mensais de UR da cidade de Brasília, Distrito Federal. Como a UR se dá em termos percentuais, ou seja, assume valores contínuos no intervalo (0,1), os modelos de séries temporais tradicionais da classe ARIMA não são adequados. Com isso, a utilização do modelo beta autorregressivo de médias móveis (βARMA) se faz necessária. Esse modelo para taxas e proporções, que assume distribuição beta para a variável de interesse, foi proposto recentemente por Rocha e Cribari-Neto. Para realização deste trabalho o modelo βARMA foi implementado em linguagem R. Sua aplicação aos dados de UR mostrou-se adequada, captando o comportamento da série e gerando previsões coerentes.

Sensor de umidade microeletrônico fabricado em substrato de alumina e baseado na detecção do ponto de orvalho; Microelectronic humidity sensor fabricated on alumina substrate and based in dew point detection

Juvenil Severino da Costa Junior
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 28/02/2011 PT
Relevância na Pesquisa
602.5323%
Sensores de umidade relativa do ar estão sendo cada vez mais utilizados em sistemas de controle e aquisição de dados. Estes sensores são facilmente encontrados em estufas, automóveis, refrigeradores, equipamentos médicos, eletrodomésticos, instrumentos de precisão e outros. Mais recentemente, com o crescimento do mercado agrícola no Brasil, a demanda por sensores de umidade vem crescendo substancialmente. Este trabalho e dedicado ao estudo de um sistema sensor de umidade por detecção de ponto de orvalho utilizando uma ponte de impedância. A ponte de impedância foi microfabricada diretamente sobre um substrato de alumina que compõe uma pastilha Peltier. Um termistor também micro fabricado no mesmo substrato fornece o sinal necessário para a detecção do ponto de orvalho. A face fria da pastilha Peltier e resfriada ate alcançar a temperatura do ponto de orvalho do ar ao seu redor. Este resfriamento resulta na saturação do vapor de d'água presente no ar, fazendo com que gotículas de água condensem sobre o substrato de alumina. A condensação de água sobre os eletrodos da ponte de impedância causa um desbalanceamento que gera um sinal de controle para a pastilha Peltier. As temperaturas no limiar de condensação e ambiente são utilizadas no calculo da umidade relativa. Este sensor de umidade foi projetado para que alguns requisitos com relação a resistência contra contaminantes e baixa histerese fossem alcançados; Sensors for relative humidity are being increasingly used in control systems and data acquisition. These sensors are easily found in greenhouses...

Efeito da umidade relativa na estabilidade dimensional de diferentes materiais restauradores

Anadelia Borges Soares
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 11/09/1997 PT
Relevância na Pesquisa
601.679%
Os cimentos de ionômero de vidro são dependentes do equilíbrio hídrico e apresentam contração durante a reação de geleificação. O propósito deste estudo foi avaliar o efeito da umidade relativa (U.R.) na estabilidade dimensional dos cimentos restauradores ionoméricos Vidrion R (SS White) e Chelon Fil (ESPE), modificados por resina (Vitremer-3M), duas resinas modificadas por poliácidos (Compoglass/ Vivadent e Dyract /Dentsply) e a resina composta Z100 (3M). Os corpos-de-prova foram obtidos em matrizes metálicas circulares medindo 6 mm de diâmetro por 2 mm de espessura. Foram confeccionados dez corpos-de-prova para cada material, ?endo cinco deles em ambiente controlado à temperatura de 23° :!: 1°C e 50 :!: 5% de U. R. e os outros cinco à mesma temperatura e à umidade relativa de 80%. Os materiais foram manipulados de acordo com as instruções dos fabricantes. Logo após os procedimentos de confecção, es corpos-de-prova foram armazenados a 37°C e 100% de U.R., durante uma hora. Decorrido o tempo de armazenagem, a interface matriz metálica-material restaurador foi mensurada através de uma ocular micrométrica com. tambor graduado acoplada na objetiva de um fotomicroscópio. Os valores obtidos foram submetidos a análise de variância e ao teste de Tukey em nível de 5% de significância. Os materiais Vidrion R e Chelon Fil apresentaram valores médios das fendas formadas na interface matriz-material restaurador significativamente maiores no ambiente de 50% de U.R...

Condições de temperatura, umidade relativa e atmosfera controlada para o armazenamento de cebolas da cultivar 'Crioula'

Brackmann,Auri; Gasperin,Adriano Roque de; Weber,Anderson; Anese,Rogério de Oliveira
Fonte: Universidade Federal de Santa Maria Publicador: Universidade Federal de Santa Maria
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2010 PT
Relevância na Pesquisa
692.0925%
O objetivo deste trabalho foi de avaliar condições de armazenamento para ampliar o período de pós-colheita de cebola da cultivar 'Crioula'. Para tanto, foram executados três experimentos para avaliar o efeito da temperatura, umidade relativa (UR) e atmosfera controlada (AC): experimento 1 (diferentes temperaturas): [1] -0,5°C, [2] 0,5°C, [3] 2°C, [4] 4°C, [5] 6°C e [6] 10°C; experimento 2 (níveis de UR): [1] 70%, [2] 80% e [3] 90%; e experimento 3 (condições de AC): [1] 21kPa O2+0,03kPa CO2, [2] 0,5kPa O2+0kPa CO2, [3] 1,0kPa O2+0kPa CO2, [4] 2,0kPa O2+0kPa CO2, [5] 1,0kPa O2+2,0kPa CO2 e [6]1,0kPa O2+4,0kPa CO2. O delineamento experimental utilizado foi o inteiramente casualizado. Após seis meses de armazenamento, foram realizadas as análises no momento da saída dos bulbos das câmaras e após 15 dias de exposição a 20°C. A brotação e a podridão foram inibidas na temperatura de 0,5°C, diferentemente das temperaturas iguais e superiores a 4°C, em que mais de 90% dos bulbos brotaram. As UR de 70 e 80% foram melhores, pois ocorreu menor brotação. O baixo oxigênio controlou a brotação dos bulbos, proporcionando maior número de bulbos comerciáveis após seis meses em AC e também após 15 dias de exposição a 20°C.

CARACTERÍSTICAS DO CLIMA URBANO EM PRESIDENTE PRUDENTE/SP A PARTIR DE DADOS DE TEMPERATURA E UMIDADE RELATIVA DO AR E TÉCNICAS DE SENSORIAMENTO REMOTO

Cardoso, Renata dos Santos; Amorim, Margarete Cristiane de Costa Trindade
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf
Publicado em 02/02/2015 POR
Relevância na Pesquisa
692.0925%
O processo de urbanização modifica o clima local, pois as formas materiais presentes na cidade, bem como as atividades que nela se desenvolvem, provocam alterações nos elementos do clima como a temperatura, umidade relativa do ar, direção e velocidade do vento. Destes, a temperatura tem se destacado nos estudos sobre o clima urbano, pois as características da área urbana promovem seu aumento tanto no ar quanto nos alvos da superfície. Nesse sentido, este estudo teve como objetivo identificar as alterações térmicas intraurbanas e suas magnitudes, relacionando-as com os tipos de uso e ocupação da superfície do solo no município de Presidente Prudente-SP. Para tanto, realizaram-se análises das diferenças térmicas e higrométricas entre o urbano e o rural, em um mês representativo do verão (fevereiro), e a verificação da temperatura da superfície através do sensoriamento remoto no infravermelho termal. Os resultados apresentaram que os tipos de tempo, assim como as características da superfície foram responsáveis pelas maiores ou menores diferenças entre a área urbana e a rural, o que demonstra a importância de se adequar o planejamento urbano às características do ambiente local.           

ESTIMATIVA DA UMIDADE RELATIVA DAS 13:00 h, COM BASE NOS DADOS DAS 9:00 h E DAS 15:00 h, PARA O ESTADO DO PARANÁ; Estimative of 1:00 pm relative humidity based on 9:00 am and 3:00 pm data, to Parana state, Brazil

Nunes, José Renato Soares; Soares, Ronaldo Viana; Batista, Antônio Carlos
Fonte: FUPEF DO PARANÁ Publicador: FUPEF DO PARANÁ
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf
Publicado em 08/03/2006 POR
Relevância na Pesquisa
710.0618%
This research was based on meteorological data from Cambará, Campo Mourão, Cândido de Abreu, Cascavel, Guarapuava, Londrina, Palmas, Paranavaí and Pinhais regions, Paraná State, Brazil. In order to use Monte Alegre Formula it was necessary to develop equations that estimate the values of Relative Humidity at 13:00 h, from the data of 9:00 and 15:00 h, standard times used in meteorological stations of the Brazilian official network. The meteorological variable used were the relative humidity data at 9:00, 13:00 and 15:00 h. The collected data refer to a period of 5 years, from June 1998 to May 2003. Equations to estimate the 13:00 h relative humidity for each region had to be developed. Equations that presented better fits based on the determination coefficients (R2) and the standard error of residues (sy.x) were submitted to covariance analysis. Similar equations were combined, what generated a general equation that estimates relative humidity at 13:00 h (UR13) based on 9:00 (UR09) data and estimates relative humidity at 13:00 h based on 15:00 (UR15) data to Paraná State. The best equation in the first case was UR13 = e (2,72976 + 0,0162192 UR09) and in the second UR13 = 2,451510 UR15 0,796072.; O presente trabalho foi desenvolvido a partir de dados meteorológicos das regiões de Cambará...