Página 1 dos resultados de 32 itens digitais encontrados em 0.001 segundos

Layer-by-layer TiO(2) films as efficient blocking layers in dye-sensitized solar cells

PATROCINIO, A. O. T.; PATERNO, L. G.; IHA, N. Y. Murakami
Fonte: ELSEVIER SCIENCE SA Publicador: ELSEVIER SCIENCE SA
Tipo: Artigo de Revista Científica
ENG
Relevância na Pesquisa
27.616653%
Charge recombination at the conductor substrate/electrolyte interface has been prevented by using efficient blocking layers of TiO(2) compact films in dye-sensitized solar cell photoanodes. Compact blocking layers have been deposited before the mesoporous TiO(2) film by the layer-by-layer technique using titania nanoparticles as cations and sodium sulfonated polystyrene, PSS, as a polyanion. The TiO(2)/PSS blocking layer in a DSC prevents the physical contact of FTO and the electrolyte and leads to a 28% increase in the cell`s overall conversion efficiency, from 5.7% to 7.3%. (C) 2009 Elsevier B.V. All rights reserved.; Fundacao de Amparo a Pesquisa do Estado de Sao Paulo (FAPESP); Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP); Conselho Nacional de Desenvolvimento Cientifico e Tecnologico (CNPq); Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)

Influence of the deposition parameters on the morphology and electrical conductivity of PANI/PSS self-assembled films

BRAGA, Guilherme S.; PATERNO, Leonardo G.; LIMA, John Paul H.; FONSECA, Fernando J.; ANDRADE, Adnei M. de
Fonte: ELSEVIER SCIENCE BV Publicador: ELSEVIER SCIENCE BV
Tipo: Artigo de Revista Científica
ENG
Relevância na Pesquisa
27.616653%
The influence of deposition parameters, namely polymer concentration and pH of the deposition solution, cleaning, and drying steps on the morphology and electrical characteristics of polyaniline and sulfonated polystyrene (PANI/PSS) nanostructured films deposited by the self-assembly technique is evaluated by UV-Vis spectroscopy, optical and atomic force microscopy, and electrical resistance measurements. It is found that stirring the cleaning solution during the cleaning step is crucial for obtaining homogenous films. Stirring of the cleaning solution also influences the amount of PANI adsorbed in the films. In this regard, the drying process seems to be less critical since PANI amount and film thickness are similar in films dried with N-2 flow or with an absorbent tissue. It is observed, however, that drying with N-2 flow results in rougher films. As an additional point, an assessment of the influence of the deposition method (manual versus mechanical) on the film characteristics was carried out. A significant difference on the amount of PANI and film thickness between films prepared by different human operators and by a homemade mechanical device was observed. The variability in film thickness and PANI adsorbed amount is smaller in films mechanically assembled. (c) 2007 Elsevier B.V. All rights reserved.

Fabricação e caracterização de dispositivos poliméricos emissores de luz com camada ativa de poli(2-metóxi, 5-(2'-etil-hexilóxi)-1,4-fenileno vinileno) (MEH-PPV); Fabrication and characterization of polymer light-emitting diodes with active layer composed by poly(2-methoxy, 5-(2'-etil-hexilhoxy)-1,4-phenilene vinilene) (MEH-PPV).

Gozzi, Giovani
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 20/02/2008 PT
Relevância na Pesquisa
28.172603%
Dispositivos poliméricos emissores de luz (Polymer Light Emitting Diodes - PLEDs) têm sido amplamente investigados devido à sua possibilidade de aplicação na fabricação de telas de projeção e displays. As principais vantagens dos materiais poliméricos, nesses casos, são o baixo custo e a possibilidade de processamento em superfícies de grande área, ao contrário do que ocorre para dispositivos contendo cristais líquidos (Liquid Crystal Display - LCD's). Apesar de amplamente investigados nos últimos anos, alguns aspectos fundamentais acerca dos mecanismos de injeção de carga nos PLEDs ainda não estão completamente elucidados. Nesta dissertação estudamos as propriedades ópticas, morfológicas e elétricas de dispositivos poliméricos emissores de luz contendo poli(2-metóxi, 5-(2'-etil-hexilóxi)-1,4-fenileno vinileno) (MEH-PPV) como camada ativa. Inicialmente foi investigada a influência de camadas transportadoras de lacunas (Hole Transport Layer - HTL) e/ou elétrons (Electron Transport Layer - ETL) na eficiência dos dispositivos. As camadas HTL e ETL foram compostas de poli(3,4-etilenodioxithiofeno):poliestireno sulfonado (PEDOT:PSS), e poli(estireno-co-p-estireno sulfonado-co-metaacrilato de metila) (PS-co-SS-co-MMA)...

Estudo da relaxação dielétrica de filmes ultrafinos de poliestireno sulfonado; Dielectric relaxation studies of ultrathin film of sulfonated polystyrene

Sousa, Washington da Silva
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 30/06/2009 PT
Relevância na Pesquisa
58.820674%
Ionômeros são polímeros carregados que possuem uma variedade de propriedades elétricas e que recentemente vêm sendo aplicados como camadas de transporte em dispositivos poliméricos. Em particular, camadas ultrafinas de ionômeros são depositadas entre o eletrodo e o polímero eletrônico em OLEDs para aumentar a eficiência da injeção de cargas. Entretanto o sucesso desta aplicação envolve fenômenos de armazenamento e mecanismos de transportes de cargas dentro do ionômero que ainda não são claramente entendidos. Neste trabalho foi utilizada a técnica da corrente despolarização termoestimulada (TSDC) com o propósito de esclarecer alguns efeitos relacionados a esse fenômeno. Nós utilizamos o poliestireno sulfonado (X-SPS) com lítio (X = Li) ou potássio (X = K) como contraíon. Foram obtidos filmes ultrafinos com 50 nm de espessura por spincoating obtendo a estrutura metal-polímero-metal para estudo, tendo como metal o alumínio. A técnica de TSDC consiste no aquecimento de uma amostra previamente polarizada a um taxa de aquecimento constante e a corrente de despolarização é medida em função da temperatura da amostra. Os resultados experimentais mostraram que cada termograma apresenta dois picos, sendo que um dos deles mostrou-se fortemente dependente das condições de polarização...

Influência dos polieletrólitos na resposta eletroquímica de filmes automontados contendo nanotubos de carbono para aplicação em nanomedicina; Influence the polyelectrolytes on the electrochemical response of layer-by-layer films containing carbon nanotubes for applications in nanomedicine

Iwaki, Leonardo Eidi Okamoto
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 20/06/2011 PT
Relevância na Pesquisa
27.616653%
Nanotubos de Carbono (Carbon Nanotubes - CNTs) são nanoestruturas de carbono na forma de tubos cilíndricos que apresentam excelentes propriedades ópticas, elétricas, térmicas e mecânicas. A imobilização dos CNTs em conjunto com polieletrólitos condutores e naturais na forma de filmes ultrafinos, utilizando a técnica automontagem, apresenta uma nova alternativa para o desenvolvimento de nanocompósitos aplicados em dispositivos sensores e biossensores. Neste trabalho de mestrado foram construídos e estudados filmes automontados contendo CNTs funcionalizados com grupos ácidos carboxílicos e imobilizados com os polieletrólitos polianilina (PANI) e quitosana (QUIT). Também foram fabricados para comparação filmes de PANI e poliestireno sulfonado (PSS). O crescimento dos filmes de PANI/CNT e PANI/PSS revelou um crescimento linear com o número de bicamadas, conforme mostraram as medidas de espectroscopia UV-Vis e voltametria cíclica (CV), enquanto que para o filme de QUIT/CNT, as medidas de microbalança de cristal de quartzo (QCM) mostraram um crescimento exponencial. Análises de espectroscopias Raman e infravermelho com transformada de Fourier (FTIR) indicaram alterações nas bandas características dos filmes, comparadas com seus materiais precursores...

Fabricação e caracterização de filmes nanoestruturados de poli(o-etoxianilina) e avaliação de seu desempenho em uma língua eletrônica; Not available

Brugnollo, Érica Dadario
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 08/04/2005 PT
Relevância na Pesquisa
27.616653%
A Embrapa Instrumentação Agropecuária tem se dedicado ao desenvolvimento de metodologias, instrumentos, materiais, sensores e tecnologias relacionadas à instrumentação, que contribuam para a melhoria da competência e sustentabilidade do agronegócio Brasileiro. Neste contexto, este projeto visa o estudo de filmes nanoestruturados de poli(o−etoxianilina), POEA, poli(estirenosulfonado de sódio), PSS e poli(álcool vinílico), PVA, visando sua utilização em um sistema de sensor gustativo. Numa primeira parte do projeto foram necessários estudos de dopagem da solução de POEA. Desse modo, a POEA desdopada foi dissolvida em uma mistura de dimetilacetamida⁄água ultrapura (20⁄80), seguida da adição do ácido desejado para pH 3. Entretanto, somente a dopagem parcial da solução de POEA pode ser observada, através das medidas de espectroscopia de UV−Visível realizadas. Para a dopagem completa da solução de POEA, o ácido dopante desejado foi adicionado antes que a água ultrapura fosse colocada, observando-se assim, a dopagem da POEA com o aparecimento da banda polarônica típica deste polímero dopado. Diferentes ácidos dopantes foram empregados para a dopagem da solução de POEA e posteriormente...

Desenvolvimento de membranas íon-seletivas com poliestireno sulfonado e polianilina dopada para a aplicação em eletrodiálise

Proença, Marcela Pinheiro
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
49.9195%
Atualmente, a preocupação com a redução da poluição industrial tem motivado os pesquisadores na busca de novas tecnologias para o tratamento de resíduos industriais. Tecnologias limpas, como a eletrodiálise, são capazes de tratar alguns destes resíduos, como por exemplo o efluente da indústria de galvanoplastia, minimizando os impactos que ocorreriam caso eles fossem descartados diretamente no meio ambiente. O componente principal desta técnica é a membrana na qual ocorre a etapa de retirada dos íons da solução. Atualmente estas membranas são importadas e caras, o que justifica o desenvolvimento de membranas eficientes e acessíveis. Neste sentido, no presente trabalho membranas de poliestireno sulfonado/ poliestireno de alto impacto (SPS/HIPS), polianilina dopada com ácido canforsulfônico/ poliestireno sulfonado/ poliestireno de alto impacto (PAniCSA/SPS/HIPS), polianilina sulfonada/ poliestireno sulfonado/ poliestireno de alto impacto (SPAN/SPS/HIPS), e polianilina dopada com ácido p-tolueno sulfônico/ poliestireno sulfonado/ poliestireno de alto impacto (PAniTSA/SPS/HIPS) foram desenvolvidas usando o método de mistura química. As membranas foram caracterizadas utilizando as técnicas Análise termogravimétrica (TGA)...

A layer-by-layer film of chitosan in a taste sensor application

dos Santos, D. S.; Riul, A.; Malmegrim, R. R.; Fonseca, F. J.; Oliveira, O. N.; Mattoso, LHC
Fonte: Wiley-Blackwell Publicador: Wiley-Blackwell
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 591-595
ENG
Relevância na Pesquisa
27.616653%
Chitosan is alternated with sulfonated polystyrene (PSS) to build layer-by-layer (LBL) films that are used as sensing units in an electronic tongue. Using impedance spectroscopy as the principle method of detection, an array using chitosan/PSS LBL film and a bare gold electrode as the sensing units was capable of distinguishing the basic tastes - salty, sweet, bitter, and sour - to a concentration below the human threshold. The suitability of chitosan as a sensing material was confirmed by using this sensor to distinguish red wines according to their vintage, vineyard, and brands.

Adsorção de tensoativos em resina trocadora de cations

Efigenia Amorim
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em //1995 PT
Relevância na Pesquisa
27.616653%
Foi desenvolvido um detector tensiométrico (tensão superficial pelo método da massa da gota, TSDMG) e conectado a um cromatógrafo líquido convencional (com detector fotométrico UV-280nm) para determinar tensoativos em correntes de líquidos por medidas de tensão superficial dinâmica, gd. Os valores de gd de soluções aquosas de éter mono [p-1,1,3,3-tetrametil-butil) fenílico] de polietilenoglicol (Triton X-100) obtidos apresentaram boa concordância com os resultados da literatura determinados pelo método da gota pendente associado a digitalização de imagem de vídeo. Foi verificado que a sorção do tensoativo catiônico cloreto de cetilpiridínio (CPC) causa fratura da resina estirênica sulfonada (Lewatit S-100). A cinética de sorção foi determinada pelo método estático (batelada). Em concentrações (2,0 e 4,0 mM) e temperaturas (45°C) mais elevadas o grau de recobrimento dos sítios de adsorção, q, atinge a unidade após 20-30 horas. Curvas de q vs. tempo não são suaves e mostram mudanças abruptas na sorção de surfactante, em alguns pontos. Exames microscópicos mostraram que as partículas de resina intumescem e quebram durante a sorção de surfactante, evidenciando que as tensões mecânicas criadas neste processo são suficientes para induzir fraturas em partículas altamente reticuladas e pobremente plastificadas. Solução aquosa de CPC 0...

Filmes poliméricos dopados com nano partículas de ferrita de cobalto

Alcântara, Gustavo Braga
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Tese
POR
Relevância na Pesquisa
27.616653%
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Instituto de Física, 2011.; O objetivo deste trabalho é preparar e caracterizar novos nano compósitos híbridos formados por nano partículas de ferrita de cobalto e sistemas polieletrolíticostais como o poli(estireno sulfonato de sódio), o poli(3,4-etileno dioxitiofeno)/poli(ácido estireno sulfônico) e a polianilina, depositados por meio da técnica de automontagem camada por camada. O trabalho teve início com o estudo detalhado da cinética de adsorção das nanopartículas sobre substrato sólido, e sobre multicamadas de polieletrólitos durante a deposição de filmes ultrafinos in situ, utilizando a técnica de micro balança de quartzo. Em seguida os nano compósitos depositados por meio da técnica automontagem formando filmes de multicamadas, foram caracterizados visando investigar a morfologia e as propriedades magnéticas e elétricas. Observou-se que o processo de adsorção é um processo cinético espontâneo de primeira ordem e se torna mais lento à medida que a deposição das camadas se torna distante do substrato.Os dados obtidos por meio das medidas de micro balança de quartzo indicam também uma forte interação entre as nano partículas e o substrato/polieletrólito. O estudo dos filmes com estrutura de multicamadas polímero/nanopartículas depositados pela técnica de automontagem camada por camada mostra uma morfologia tipicamente globular das nano partículas predominante em toda a superfície do filme...

Synthesis in pilot plant scale and physical properties of sulfonated polystyrene

Martins,Cristiane R.; Ruggeri,Giacommo; De Paoli,Marco-A.
Fonte: Sociedade Brasileira de Química Publicador: Sociedade Brasileira de Química
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/10/2003 EN
Relevância na Pesquisa
59.63884%
The homogenous sulfonation of polystyrene was developed in a pilot plant scale producing polymers with different sulfonation degrees (18 to 22 mole % of sulfonated styrene units). The reaction yield depends chiefly on the concentration ratio of acetyl sulfate and polystyrene. The morphological and thermal properties of the sulfonated polystyrene obtained by homogeneous sulfonation were studied by means of scanning electron microscopy, differential scanning calorimetry and thermogravimetry. The glass transition temperature of sulfonated polystyrene increases in relation to pure polystyrene and DCp was evaluated in order to confirm the strong interactions among the ~SO3H groups.

Determining hildebrand solubility parameter by ultraviolet spectroscopy and microcalorimetry

Carvalho,Suzanny P.; Lucas,Elizabete F.; González,Gaspar; Spinelli,Luciana S.
Fonte: Sociedade Brasileira de Química Publicador: Sociedade Brasileira de Química
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2013 EN
Relevância na Pesquisa
28.041948%
The solubility parameter (δ) of a molecule is extremely important, since that new molecules are frequently developed to be applied in liquid systems. In this work, we looked for simple and reliable alternative techniques to determine δ of low and high molecular weight molecules. Pyrene, phenanthrene and naphthalene had their δ determined by microcalorimetry (µDSC), ultraviolet (UV) and calorimetry (DSC). UV results were similar to those obtained by DSC and to those cited in the literature. Polystyrene and sulfonated polystyrene samples had their δ determined by UV, µDSC and intrinsic viscosity ([η]). The [η] results were similar to those obtained by UV. UV procedure was relatively simple, easy operation and reliable for determining δ of molecules in a wide range of molar mass, can be used when developing new molecules. The µDSC procedure still requires some adjustments to become more accurate than [η] procedure.

Papillomavirus Microbicidal Activities of High-Molecular-Weight Cellulose Sulfate, Dextran Sulfate, and Polystyrene Sulfonate

Christensen, Neil D.; Reed, Cynthia A.; Culp, Tim D.; Hermonat, Paul L.; Howett, Mary K.; Anderson, Robert A.; Zaneveld, Lourens J. D.
Fonte: American Society for Microbiology Publicador: American Society for Microbiology
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em /12/2001 EN
Relevância na Pesquisa
28.401814%
The high-molecular-weight sulfated or sulfonated polysaccharides or polymers cellulose sulfate, dextran sulfate, and polystyrene sulfonate were tested for microbicidal activity against bovine papillomavirus type 1 (BPV-1) and human papillomavirus type 11 (HPV-11) and type 40 (HPV-40). In vitro assays included the BPV-1-induced focus-forming assay and transient infection of human A431 cells with HPVs. The compounds were tested for microbicidal activity directly by preincubation with virus prior to addition to cell cultures and indirectly by addition of virus to compound-treated cells and to virus-coated cells to test inactivation of the virus after virus-cell binding. The data indicated that all three compounds showed direct microbicidal activity with 50% effective concentrations between 10 to 100 μg/ml. These concentrations were nontoxic to cell cultures for both assays. When a clone of C127 cells was tested for microbicidal activity, approximately 10-fold-less compound was required to achieve a 50% reduction in BPV-1-induced foci than for the uncloned parental C127 cells. Pretreatment of cells with compound prior to addition of virus also demonstrated strong microbicidal activity with dextran sulfate and polystyrene sulfonate, but cellulose sulfate required several orders of magnitude more compound for virus inactivation. Polystyrene sulfonate prevented subsequent infection of HPV-11 after virus-cell binding...

Influence of substratum hydration and adsorbed macromolecules on bacterial attachment to surfaces.

Pringle, J H; Fletcher, M
Fonte: PubMed Publicador: PubMed
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em /06/1986 EN
Relevância na Pesquisa
28.264722%
The attachment of Pseudomonas fluorescens and an Acinetobacter sp. to hydrogel and polystyrene surfaces was investigated to evaluate the influence of adsorbed water and macromolecules on adhesion. With both organisms, there was a decrease in attachment numbers with increasing water content of the hydrogels. There was also a decrease in attachment with a decrease in water contact angle on untreated, tissue culture and sulfonated polystyrene surfaces; however, the attachment numbers were higher than would be expected on the basis of the hydrogel data. With P. fluorescens, attachment to untreated and tissue culture polystyrene was inhibited by bovine serum albumin, Escherichia coli lipopolysaccharide, and the supernatant from spent medium, both when the conditioning substances were added to the suspension of attaching cells and when they were preadsorbed onto the surfaces. Dextran inhibited attachment only when added to the bacterial suspension. Supernatants from centrifuged natural freshwater samples had no effect. Thus, hydration of a surface and the adsorption of macromolecules can reduce bacterial attachment; however, additional factors relating to the chemical composition of the substratum and polymeric stabilization of suspended cells can affect the adhesion interaction and resultant numbers of attached cells.

Surface thermodynamics of bacterial adhesion.

Absolom, D R; Lamberti, F V; Policova, Z; Zingg, W; van Oss, C J; Neumann, A W
Fonte: PubMed Publicador: PubMed
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em /07/1983 EN
Relevância na Pesquisa
28.041948%
The adhesion of five strains of bacteria, i.e., Staphylococcus aureus (strain 049), Staphylococcus epidermidis (strain 047), Escherichia coli (strains 055 and 2627), and Listeria monocytogenes, to various polymeric surfaces was studied. The design of the experimental protocol was dictated by thermodynamic considerations. From the thermodynamic model for the adhesion of small particles from a suspension onto a solid substratum, it follows that the extent of adhesion is determined by the surface properties of all three phases involved, i.e., the surface tensions of the adhering particles, of the substrate, and of the suspending liquid medium. In essence, adhesion is more extensive to hydrophilic substrata (i.e., substrata of relatively high surface tension) than to hydrophobic substrata, when the surface tension of the bacteria is larger than that of the suspending medium. When the surface tension of the suspending liquid is larger than that of the bacteria, the opposite pattern of behavior prevails. Suspensions of bacteria at a concentration of 10(8) microorganisms per ml were brought into contact with several polymeric surfaces (Teflon, polyethylene, polystyrene, and acetal and sulfonated polystyrene) for 30 min at 20 degrees C. After rinsing...

In vitro surface properties of the newly recognized gastric pathogen Helicobacter pylori.

Smith, J I; Drumm, B; Neumann, A W; Policova, Z; Sherman, P M
Fonte: PubMed Publicador: PubMed
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em /09/1990 EN
Relevância na Pesquisa
28.264722%
There appears to be a particular association between Helicobacter pylori and the gastric antrum, but the mechanisms by which the organism adheres to and colonizes the gastric mucosa are unclear. Surface hydrophobicity and surface charge mediate the adherence of other bacterial pathogens to mucosal epithelial cell surfaces. Therefore, in this study we characterized both the surface hydrophobicity and the surface charge of 10 H. pylori strains grown in broth culture. Four complementary methods were used to determine hydrophobicity: hydrophobic interaction chromatography, the salt aggregation test, comparison of bacterial adherence to polystyrene with adherence to sulfonated polystyrene, and measurement of contact angle with droplets of water. Three of the methods (salt aggregation test, adherence to polystyrene, and contact angles) indicated that each of the 10 strains expressed a relatively hydrophilic cell surface. In contrast, hydrophobic interaction chromatography determinations with both phenyl- and octyl-Sepharose suggested that the H. pylori strains were relatively hydrophobic. However, tetramethyl urea (0.4 M) did not reduce the binding of H. pylori to phenyl-Sepharose columns. DEAE-cellulose ion-exchange chromatography showed that each of the 10 strains of H. pylori had a surface which...

Propriedades ópticas do poliestireno sulfonado dopado com íons de neodímio

Silva, Marcelo Castanheira da
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
39.111885%
Nesse trabalho apresentamos a síntese e caracterização óptica de filmes de poliestireno sulfonado (PSS) dopados com íons de neodímio (Nd), utilizando uma rota sintética simples e de baixo custo. O dopante utilizado foi o nitrato de neodímio. A incorporação máxima de íons Nd3+ na matriz, obtida na síntese dos filmes, ficou em torno de 14,0 %. Os espectros de absorção no UV-Vis-NIR dos filmes de Nd-PSS apresentaram as bandas características para o neodímio em solução aquosa. Os espectros de FTIR apresentaram um alargamento significativo das bandas em relação ao espectro de poliestireno sulfonado. Nesse mesmo espectro ocorre uma grande mudança na forma de linha do filme Nd-PSS na região abaixo de 1400 cm-1 referente à vibração da ligação N-O. Os filmes medidos por espectroscopia Raman apresentaram a mesma intensidade e localização dos picos, independentemente da região de incidência do laser na amostra. A análise desses espectros demonstra a superposição das bandas de: estiramento da ligação S-O, estiramento assimétrico do nitrato e a dobra fora do plano da ligação N-O. Esse fato comprova a dopagem do H-PSS e que o filme Nd07 (contendo a solução precursora de neodímio 0,7 mol/L) é o mais concentrado. Os espectros de luminescência no UV-Vis mostraram que quando se dopa a matriz polimérica PSS ocorre um deslocamento para o azul. Os espectros de luminescência com excitações em 458 nm (banda de absorção do H-PSS) e em 514 nm (banda de absorção do íon Nd3+) indicam que há um favorecimento da emissão em torno de 520 nm (verde) e de 610 nm (alaranjado)...

Investigação da utilização dos polímeros reciclados quimicamente poliestireno sulfonado, de copos plásticos, e hemicelulose catiônica, de palha de milho, como auxiliares de coagulação no tratamento do esgoto industrial

Landim, Alan Soares
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
49.111885%
Esse trabalho aborda a investigação da utilização do poliestireno sulfonado de copos plásticos e da hemicelulose catiônica de palha de milho como agentes auxiliares de coagulação no tratamento de esgotos domésticos e industriais. A hemicelulose catiônica também foi investigada como coagulante. Medidas de turbidez, cor e pH foram realizadas para avaliar a eficiência dos polímeros nos testes de Jarros (Jar-test). Os resultados obtidos foram comparados com a poliacrilamida comercial (Acripol C10®). A interferência da variação do pH e a presença dos sulfetos totais na utilização dos polímeros e do coagulante no esgoto foram avaliados. Os resultados da utilização do poliestireno sulfonado como auxiliar de coagulação não demostraram eficiência quanto à remoção da turbidez e da cor, porque a carga negativa do polímero estabiliza os coloides presentes no esgoto, consequentemente, prejudica o processo de coagulação. Apesar disso, pode ser viável a utilização desse polímero em outros tipos de esgotos, nos quais as características físico-químicas sejam favoráveis. A hemicelulose catiônica utilizada como auxiliar de coagulação apresentou resultados superiores aos da poliacrilamida comercial numa dosagem de 40 mg/L. As porcentagens de redução da cor e da turbidez da hemicelulose catiônica foram de 79...

Argamassa modificada com poliestireno sulfonado a partir de copos plásticos descartados ; Modified mortar with sulfonated polystyrene from wasted plastic cups

Omena, Thiago Henrique
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
69.588125%
O trabalho apresenta resultados do estudo da adição de poliestireno sulfonado, oriundo de copos plásticos descartados, como aditivo em argamassas. Foram analisadas argamassas com os teores de poliestireno de 0,0; 0,2; 0,6; 1,0 e 1,4% em relação à massa de cimento. Foi utilizado o cimento Portland CPV - ARI e areia lavada no traço 1:4 em massa. Para se avaliar a influência da adição de poliestireno nas propriedades das argamassas determinouse índice de consistência, retenção de água, absorção de água, índice de vazios, módulo estático de elasticidade, resistência à compressão, resistência à tração na flexão e resistência potencial de aderência à tração. Em relação à argamassa sem aditivo a argamassa modificada demonstrou aumento na resistência de aderência à tração, resistência a tração na flexão, porosidade, absorção de água, retenção de água e consistência. No entanto, o aumento do teor de poliestireno sulfonado leva à uma redução do módulo de elasticidade, da massa específica e da absorção de água por capilaridade, o que pode indicar que mesmo aumentando o número de poros na argamassa, estes poros não são intercomunicáveis e o filme polimérico contribui para o incremento das propriedades mecânicas...

Pearlnecklacelike chain conformation of hydrophobic polyelectrolyte: a SANS study of partially sulfonated polystyrene in water

Boué, François; Spiteri, Marie Noelle; Williams, Claudine
Fonte: Universidade Cornell Publicador: Universidade Cornell
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em 17/04/2009
Relevância na Pesquisa
49.068315%
The form factor of partially sulfonated polystyrene PSSNa (degree of sulfonation f =1, 0.72, 0.64 and 0.36), at polymer concentration 0.17M and 0.34M, without or with added salt (0 M, 0.34M, & 0.68M), is measured by Small Angle Neutron Scattering using the Zero Average Contrast method. The total scattering function is also measured, allowing extracting the distinct interchain function and an apparent structure factor. The main result is the behavior of the form factor which shows contributions of spherical entities as well as extended chain parts. This is striking for 0.64, while for f = 0.36 the sphere contribution is more dominant. The conformation does not depend on polymer concentration. When salt is added, the sphere sizes do not vary, but the contribution attributed to the stretched parts does vary very much like for fully sulfonated PSSNa. Discussion of the interchain contribution establishes that chains are interpenetrated for f= 0.64, and at the overlap limit for f=0.36. The pearl necklace model appears very suitable. Comparisons are made with analytical calculation and simulation data. While the roles of Rayleigh transition, heterogeneous architecture, and strong hydrophobicity of non sulfonated PS monomers remain to discuss...