Página 1 dos resultados de 723 itens digitais encontrados em 0.003 segundos

Estudo do comportamento à expansão de materiais sedimentares da Formação Guabirotuba em ensaios com sucção controlada

Pereira, Eliana Martins
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 24/08/2004 PT
Relevância na Pesquisa
37.54%
Este trabalho tem como objetivo principal estudar a influência das variações de sucção no comportamento à expansão dos materiais sedimentares da Formação Guabirotuba, aflorantes na região metropolitana de Curitiba-PR. Foram coletadas amostras indeformadas em cinco pontos característicos dos materiais com maior potencial expansivo na região. As amostras foram, inicialmente, submetidas a ensaios de caracterização para determinação da composição mineralógica da fração fina, da textura, da estrutura, dos índices físicos, dos limites de consistência, da capacidade de troca de cátions e da distribuição de poros. As curvas de retenção de água foram determinadas por ensaios em câmara de pressão, pelo método do papel de filtro e do dessecador de vácuo. Os ensaios de pressão de expansão foram conduzidos em amostras nas quais a sucção foi imposta mediante o uso de soluções salinas. O umedecimento para provocar a expansão foi realizado tanto por inundação da amostra com água, em ensaios edométricos convencionais, quanto por transferência de vapor, utilizando-se um edômetro, similar ao de Esteban e Sáez (1988), especialmente construído para ser utilizado nessa pesquisa. Os resultados dos ensaios edométricos convencionais mostraram pressões de expansão crescentes com aumento das sucções impostas...

Resistência ao cisalhamento de um solo não saturado com medida direta de sucção; Shear strength of an unsaturated soil with direct measurement of suction

Freitas Neto, Osvaldo de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 08/07/2008 PT
Relevância na Pesquisa
37.61%
Este trabalho teve como objetivo utilizar um tensiômetro de alta capacidade (TAC) para realizar medidas diretas de sucção em ensaios de resistência ao cisalhamento de um solo compactado. Foram realizados ensaios de resistência à compressão triaxial do tipo consolidado drenado na condição saturada, ensaios consolidados não drenados na condição não saturada e ensaios de resistência à compressão simples. Os ensaios de compressão simples foram realizados em uma série de repetibilidade e outras duas para a verificação da influência da sucção na resistência de um solo compactado, fazendo-se variar a massa específica aparente seca do solo e o teor de umidade. Em todos os ensaios de compressão simples o TAC registrou aumento da sucção até cerca de 3% de deformação axial, quando a partir daí a sucção tendeu a estabilização. Os valores de resistência à compressão simples e de sucção tenderam a crescer com o aumento da massa específica aparente seca do solo e com a redução do teor de umidade. A resistência foi correlacionada com a sucção e com a massa específica aparente seca para os ensaios com teor de umidade constante e com a sucção e o teor de umidade para os ensaios com massa específica aparente seca constante. Os ângulos 'fi'b que relacionam o aumento da resistência com a sucção variaram dependendo da forma de determinação e foram maiores quando determinados diretamente a partir da resistência não drenada do que quando determinados a partir da proposta de Fredlund et al. (1978).; The purpose this study was to measure the suction with high capacity tensiometer (HCT)...

Associação entre os hábitos de sucção nutritiva e não nutritiva e as características oclusais e miofuncionais orais em crianças com dentição decídua; Association between nutritive and non nutritive sucking habits and occlusal and oral myofunctional characteristics in children with primary dentition

Verrastro, Anna Paula
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 13/10/2008 PT
Relevância na Pesquisa
37.64%
O objetivo deste estudo foi avaliar a associação entre os hábitos de sucção nutritiva e não nutritiva e as características oclusais e miofuncionais orais em crianças com dentição decídua. Trata-se de um estudo transversal, realizado com 226 crianças entre 3 e 5 anos que procuraram atendimento na triagem realizada pela Disciplina de Odontopediatria da FOUSP, em 2007 e 2008. Os responsáveis responderam a um questionário contendo perguntas acerca dos hábitos orais das crianças. As crianças foram submetidas à exame clínico para avaliação oclusal (mordida aberta anterior, relação canina, mordida cruzada posterior e sobressaliência) e para avaliação miofuncional oral (postura de lábios e língua em repouso, ocorrência de interposição lingual anterior, pressionamento dental e participação de musculatura perioral durante a deglutição, fala e ocorrência de interposição lingual anterior durante a fala), conduzidos, respectivamente por uma dentista e uma fonoaudióloga. Utilizou-se a Regressão de Poisson para análise estatística. Não houve associação entre os hábitos de sucção nutritiva e a presença de maloclusões e alterações miofuncionais orais. O hábito de sucção de chupeta até os 2 anos de idade já esteve associado com a presença de mordida aberta anterior (RP=3...

Relação entre as características anatômicas do frênulo lingual e as funções de sucção e deglutição em bebês; Relationship between the anatomic lingual frenulum characteristics and the functions of sucking and swallowing in infants

Martinelli, Roberta Lopes de Castro
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 27/02/2013 PT
Relevância na Pesquisa
37.61%
O frênulo lingual pode limitar os movimentos da língua dependendo da porção de tecido residual que não sofreu apoptose durante o desenvolvimento embrionário, podendo justificar a variação anatômica do frênulo. Diferenciar essas variações requer conhecimento da anatomia da língua e do assoalho da boca para identificar se esses achados podem comprometer a movimentação da língua e as funções orofaciais. A literatura contempla um protocolo não validado para avaliação do frênulo de língua em bebês até seis meses de idade, existindo críticas quanto à sua exequibilidade e complexidade. Este trabalho teve por objetivo verificar se as características anatômicas do frênulo da língua influenciam na sucção e deglutição de bebês nascidos a termo, com a finalidade de propor um protocolo de avaliação do frênulo lingual para bebês. Para isso foi elaborado um protocolo específico dividido em história clínica, avaliação anatômica e avaliação funcional, o qual foi aplicado em 100 bebês saudáveis, nascidos a termo. A avaliação foi realizada por duas fonoaudiólogas especialistas em motricidade orofacial, com experiência em avaliação de frênulo lingual por meio da análise das filmagens realizadas durante a aplicação do protocolo. Para o tratamento estatístico foi aplicado o teste Qui-quadrado seguido do teste exato de Fisher...

Avaliação da coordenação sucção/deglutição/respiração através da ausculta cervical digital em recém-nascidos pré-termo e a termo

Silva, Caroline Silveira da
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.54%
Introdução: Recém- nascidos a termo nascem com a habilidade de coordenar as funções de sucção- deglutição- respiração. Recém-nascidos pré-termo não apresentam essa habilidade, consequentemente, necessitam de alimentação por sonda e podem apresentar dificuldade na transição da alimentação por sonda para via oral. O objetivo desse estudo foi comparar o padrão de coordenação sucção-deglutição-respiração de recém-nascidos a termo em aleitamento materno exclusivo e recém-nascidos pré-termo na transição da alimentação por sonda para a via oral com mamadeira. Métodos: Foram avaliados 64 recém-nascidos (32 recém-nascidos pré-termo e 32 recém-nascidos a termo) internados na UTI Neonatal e Alojamento Conjunto do Hospital Fêmina de Porto Alegre. Os recém-nascidos a termo foram avaliados durante as primeiras 48horas de vida e os recém-nascidos pré-termo foram avaliados no início da alimentação por via oral após período de alimentação por sonda orogástrica. O equipamento utilizado na ausculta cervical digital era composto por um detector acústico e por um pré-amplificador com filtro conectados a um computador Coreo 2 Duo. O microfone foi fixado com fita adesiva no pescoço do recém-nascido para captar os sinais da sucção/deglutição durante a alimentação. Três sinais de 30 segundos foram obtidos de cada RN e uma média foi obtida para os seguintes parâmetros: total de “suck-swallow signal” (SSS); duração total dos SSS; total de pausas para respirar >2...

Prevalência de hábitos de sucção não nutritiva e maloclusões relacionadas, em crianças atendidas na ufsc e apresentação de método de remoção de hábito de sucção

Brancher, Giana Paula
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: 61 f.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
37.61%
TCC (graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina. Centro de Ciências da Saúde. Odontologia.; O objetivo desta pesquisa foi o de verificar, a partir de levantamento realizado em prontuários odontológicos de crianças atendidas na UFSC, a prevalência e tipos de hábitos de sucção não nutritiva, assim como de maloclusões relacionadas e apresentar um método supervisionado de remoção deste tipo de hábito. A amostra foi constituída por 209 prontuários de crianças entre 4 e 12 anos de idade. Os resultados obtidos demonstraram que 21% das crianças apresentavam algum hábito de sucção não nutritiva e 25 % alguma maloclusão. O hábito de sucção não nutritiva mais prevalente foi o uso da chupeta e a maloclusão mais prevalente foi a mordida aberta anterior (resultado estatisticamente significativo). O odds ratio mostrou um risco 4,21 maior de apresentar mordida aberta anterior para quem faz uso da chupeta e quando a criança faz sucção de chupeta e dedo, esse risco aumenta para 13,6 vezes. Diante dos resultados concluiu-se que, o hábito de sucção não nutritiva e maloclusão tiveram prevalência expressiva e houve forte correlação entre o hábito de sucção não nutritiva (uso da chupeta e sucção digital) e mordida aberta anterior.; The aim of this research was to verify...

Hábitos de sucção não nutritiva em crianças pré-escolares

Santos,Shirley A. dos; Holanda,Ana Larissa F. de; Sena,Marina F. de; Gondim,Líbia A. M.; Ferreira,Maria Ângela F.
Fonte: Sociedade Brasileira de Pediatria Publicador: Sociedade Brasileira de Pediatria
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/10/2009 PT
Relevância na Pesquisa
37.61%
OBJETIVO: Verificar a prevalência e os fatores associados aos hábitos de sucção não nutritiva em crianças pré-escolares matriculadas em creches e pré-escolas de Natal (RN). MÉTODOS: Foi conduzido um estudo transversal com 1.190 crianças de ambos os sexos na faixa etária de 3 a 5 anos, matriculadas em creches e pré-escolas de Natal. Não foram incluídas no estudo crianças com fendas labiopalatinas, desordens temporomandibulares, ou aquelas submetidas a tratamento ortodôntico e/ou ortopédico; também não fizeram parte da amostra instituições de ensino especializadas em crianças portadoras de deficiência. Utilizou-se um questionário estruturado, respondido pelos pais ou responsável, com dados sobre a instituição, sexo e idade das crianças, escolaridade dos pais e questões relacionadas aos hábitos. A análise dos dados foi realizada através do teste do qui-quadrado e a regressão logística. RESULTADOS: Obteve-se prevalência de 40,2% de hábitos de sucção não nutritiva, dos quais 27,7% eram de sucção de chupeta e 12,5% de dedo. Os hábitos de sucção apresentaram maior percentual para o sexo feminino, destacando-se a sucção de dedo (p = 0,02); em crianças com menos idade destacou-se a sucção de chupeta (p = 0...

Sucção digital: observação em ultra-sonografia e em recém-nascidos

Tenório,Maria Dânia Holanda; Rocha,José Elias Soares da; Fraga,Angelina Bossi; Tenório,Diene Maria Holanda; Pereira,Pakiza Santos
Fonte: Colégio Brasileiro de Radiologia e Diagnóstico por Imagem Publicador: Colégio Brasileiro de Radiologia e Diagnóstico por Imagem
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2005 PT
Relevância na Pesquisa
37.58%
OBJETIVO: Observar a sucção digital ou da mão em fetos, identificar os fatores relacionados à gravidez de importância para sua manifestação e identificar, após o nascimento do bebê, a permanência da sucção digital. MATERIAIS E MÉTODOS: Dois exames de ultra-sonografias fetais foram realizados em 55 gestantes, nos períodos de 20-24 e 25-32 semanas. Para avaliar os fatores relacionados à gravidez, foram utilizados questionários. Para identificar a permanência da sucção digital, visitas foram realizadas uma semana após o nascimento. RESULTADOS: A sucção digital foi detectada na maioria dos fetos, exceto em 20. Estatisticamente não houve diferenças significativas entre estado de saúde da gestante e o grau de aceitação da gravidez com a manifestação da sucção digital em fetos. O teste Q de Cochran não evidenciou diferenças significativas entre os sinais de sucção digital em fetos e a instalação do hábito em recém-nascidos. CONCLUSÃO: A ultra-sonografia é um método importante para a observação de sinais de sucção digital em fetos. Esses sinais não implicam hábito bucal após o nascimento.

Memória das mães sobre amamentação e hábitos de sucção nos primeiros meses da vida de seus filho

Barbosa,Rodrigo Walter; Oliveira,Adauto Emmerich; Zandonade,Eliana; Santos Neto,Edson Theodoro dos
Fonte: Sociedade de Pediatria de São Paulo Publicador: Sociedade de Pediatria de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2012 PT
Relevância na Pesquisa
37.54%
OBJETIVO: Validar as informações da memória materna, sobre amamentação e hábitos de sucção nos primeiros meses da vida de seus filhos. MÉTODOS: Estudo de coorte que acompanhou, durante 36 meses, 86 crianças com idade inicial de zero a três meses, para avaliar os desfechos sobre: amamentação, hábitos de sucção e início da alimentação semissólida. Cerca de seis anos depois do estudo inicial, 53 mães dessas crianças foram reentrevistadas quanto aos hábitos alimentares e de sucção de seus filhos. Testes de Kappa, McNemar, t de Student e correlação intraclasse foram utilizados para testar a relação entre a memória materna pregressa e atual. RESULTADOS: A memória materna pregressa e atual discordou sobre as práticas de sucção de dedo (McNemar; p=0,001) e de chupeta (McNemar; p=0,009) pelos seus filhos. Além disso, a memória materna atual relatou idades mais tardias para o início do uso de mamadeira (t de Student; p=0,043) e da alimentação semissólida (t de Student; p=0,001). Contudo, apresentou um alto coeficiente de correlação intraclasse quando a informação relembrada foi o tempo de amamentação (r=0,923; p=0,001). CONCLUSÕES: Informações maternas, sobre o tempo de amamentação e sobre idade de cessação do hábito de sucção de chupeta são válidas para serem utilizadas em estudos retrospectivos. Com menor nível de validade...

Sucção em recém-nascidos pré-termo e estimulação da sucção

Neiva,Flávia Cristina Brisque; Leone,Cléa Rodrigues
Fonte: Pró-Fono Produtos Especializados para Fonoaudiologia Ltda. Publicador: Pró-Fono Produtos Especializados para Fonoaudiologia Ltda.
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2006 PT
Relevância na Pesquisa
37.71%
TEMA: a estimulação da sucção não-nutritiva pode antecipar o início da alimentação por via oral e influenciar a evolução da sucção em recém-nascidos pré-termo. OBJETIVO: descrever a evolução do padrão de sucção e os efeitos da estimulação da sucção não-nutritiva (SNN). MÉTODO: foram estudados 95 recém-nascidos pré-termo (RNPT) adequados para a idade gestacional (IG), com IG ao nascer menor ou igual a 33 semanas, distribuídos de forma aleatória em três grupos: Grupo 1 (G1), grupo controle, sem estimulação da SNN; Grupo 2 (G2), com estimulação da SNN com chupeta ortodôntica para prematuros NUK® e Grupo 3 (G3), com estimulação da SNN através do dedo enluvado. Os três grupos foram submetidos a avaliação semanal da SNN com dedo enluvado e, após o início da alimentação por via oral (VO), avaliação da SNN e da sucção nutritiva (SN) com mini-mamadeira. RESULTADOS: nos três grupos, com o aumento da IG corrigida, elevou-se a probabilidade de ocorrência de todas as características da sucção estudadas (SNN e SN), exceto sinais de estresse na SNN e coordenação sucção-deglutição-respiração na SN. Na SNN: sucção iniciada facilmente (SIF), ritmo, força e coordenação lábios, língua e mandíbula...

Evolução do ritmo de sucção e influência da estimulação em prematuros

Neiva,Flávia Cristina Brisque; Leone,Cléa Rodrigues
Fonte: Pró-Fono Produtos Especializados para Fonoaudiologia Ltda. Publicador: Pró-Fono Produtos Especializados para Fonoaudiologia Ltda.
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2007 PT
Relevância na Pesquisa
37.75%
TEMA: o desenvolvimento do padrão de sucção em recém-nascido pré-termo no período neonatal é importante não só para o estabelecimento de uma sucção eficiente, mas também para o desenvolvimento motor-oral. A alimentação segura e eficiente do recém-nascido pré-termo está relacionada a uma sucção com ritmo e coordenação. A estimulação da sucção não-nutritiva pode influenciar a evolução do padrão de sucção e o desenvolvimento do ritmo de sucção nos recém-nascidos pré-termo. OBJETIVO: analisar a evolução do ritmo de sucção, na sucção não-nutritiva e na sucção nutritiva, em função da estimulação da sucção não-nutritiva e do avanço da idade gestacional corrigida. MÉTODO: foram envolvidos 95 recém-nascidos pré-termo (RNPT) distribuídos de forma aleatória em três grupos: Grupo 1, grupo controle (35 RNPT), sem estimulação da sucção não-nutritiva; Grupo 2 (30 RNPT), com estimulação da sucção não-nutritiva com chupeta ortodôntica para prematuros Nuk® e Grupo 3 (30 RNPT), com estimulação da sucção não-nutritiva por meio do dedo enluvado. RESULTADOS: os recém-nascidos tinham idade gestacional de nascimento média de 30,5 semanas (± 1,57), idade gestacional corrigida ao entrar no estudo média de 31...

A influência do padrão de aleitamento no desenvolvimento de hábitos de sucção não nutritivos na primeira infância

Albuquerque,Sabrina Sales Lins de; Duarte,Ricardo Cavalcanti; Cavalcanti,Alessandro Leite; Beltrão,Érika de Morais
Fonte: ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva Publicador: ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2010 PT
Relevância na Pesquisa
37.58%
O estudo analisou a relação entre o padrão de aleitamento e o desenvolvimento de hábitos de sucção não-nutritivos em crianças de 12 a 36 meses de idade, de creches públicas na cidade de João Pessoa (PB). A amostra constou de 292 crianças, de ambos os gêneros e a coleta de dados abrangeu entrevistas com as mães/responsáveis. As informações dos formulários consistiam na descrição da frequência e duração dos hábitos de sucção não-nutritivos, bem como dos métodos de aleitamento. Os dados foram analisados através do programa SPSS, realizando-se distribuições de frequências e os testes estatísticos do qui-quadrado e Exato de Fisher. Observou-se que, com relação à presença de hábitos de sucção não-nutritivos, 69,2% das crianças tinham algum tipo de hábito, sendo 61,6% a sucção de chupeta e 8,2% a sucção digital. De toda a amostra, 10,2% realizaram aleitamento natural exclusivo, 4,9%, o aleitamento artificial exclusivo e 84,9%, o aleitamento misto. Considerando os tipos de aleitamento, 83,8% das crianças realizaram aleitamento natural exclusivo durante os seis primeiros meses de vida. O padrão de aleitamento apresentou associação significativa com a presença de hábitos de sucção não-nutritivos. Quanto maior a duração do aleitamento natural exclusivo...

Características da sucção nutritiva na liberação da via oral em recém-nascidos pré-termo de diferentes idades gestacionais

Yamamoto,Raquel Coube de Carvalho; Keske-Soares,Márcia; Weinmann,Ângela Regina Maciel
Fonte: Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia Publicador: Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2009 PT
Relevância na Pesquisa
37.64%
OBJETIVO: Analisar as características da sucção nutritiva na liberação da via oral em recém-nascidos pré-termo (RNPT) de diferentes idades gestacionais. MÉTODOS: A amostra constou de 32 RNPT, avaliados no momento da liberação para alimentação por via oral, dividida em dois grupos: Grupo 1 (G1) com idade gestacional inferior a 34 semanas; e Grupo 2 (G2) com idade gestacional igual ou superior a 34 semanas. O desempenho da sucção nutritiva foi avaliado observando-se presença ou ausência de blocos de sucção, número e tempo das sucções nos três primeiros blocos apresentados, e presença ou ausência de coordenação entre sucção/deglutição/respiração (S/D/R). Nenhum RNPT recebeu estimulação fonoaudiológica prévia. RESULTADOS: O G2 apresentou, na maioria dos RNPT, presença de coordenação entre S/D/R, além de melhor desempenho em relação ao número e ao tempo de sucção nos blocos de sucção quando comparado ao G1. Na correlação do número versus tempo de sucção por bloco, o G1 apresentou resultados aproximados aos do G2. Considerando-se a classificação quanto ao desenvolvimento intra-útero adequado para a idade gestacional, os RNPT do G1 apresentaram desempenho semelhante aos do G2, no primeiro e segundo blocos...

Efeito da idade, do sexo, da altura e do índice de massa corporal no tempo de sucção oral de líquido

Kubo,Letícia Sawamura; Nascimento,Weslania Viviane do; Dantas,Roberto Oliveira
Fonte: Universidade do Estado do Rio Janeiro Publicador: Universidade do Estado do Rio Janeiro
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2013 PT
Relevância na Pesquisa
37.58%
OBJETIVO: Avaliar o efeito da idade, do sexo, da altura e do índice de massa corporal (IMC) no tempo de sucção oral de água em pessoas normais. MÉTODO: O método constou de, em duplicata, cronometrar o tempo de sucção contínua de 40 ml de água à temperatura ambiente, utilizando um canudo com 6 mm de diâmetro e outro com 3 mm de diâmetro. Cada voluntário foi avaliado sentado, com a cabeça formando um ângulo de 90º entre a mandíbula e o pescoço. Foi permitida a deglutição. Em um grupo de 15 indivíduos, foi avaliada a reprodutibilidade do teste em quatro dias diferentes. O trabalho incluiu 180 indivíduos, o grupo jovem (20 a 30 anos, 45 homens e 45 mulheres) e o grupo idoso (65 a 89 anos, 45 homens e 45 mulheres). RESULTADOS: Observou-se diferença significativa no tempo de sucção entre jovens e idosos, sendo maior para os idosos do que para os jovens. Com o canudo de menor diâmetro, as mulheres idosas tiveram maior tempo de sucção do que os homens idosos. Em mulheres jovens, foi encontrada correlação positiva entre o IMC e o tempo de sucção. Não se observou influência da altura. A repetição do estudo em quatro dias mostrou o mesmo resultado. CONCLUSÃO: Concluímos que o envelhecimento compromete a sucção de líquido...

Prevalência dos hábitos de sucção não nutritivos em pré-escolares e fatores associados

Góes, Maíra Pê Soares de; Jamelli, Silvia Regina (Orientadora); Araújo, Cláudia Marina Tavares de (Coorientadora)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Dissertação
BR
Relevância na Pesquisa
37.68%
Este estudo transversal e analítico identificou a prevalência dos hábitos de sucção não nutritivos (sucção de chupeta e sucção digital) e fatores associados em pré-escolares no período de abril a dezembro de 2011. Realizou-se o cálculo amostral e, posteriormente, a seleção da amostra a partir da técnica de amostragem aleatória e por conglomerado. Foi aplicado um questionário estruturado, por um único entrevistador, a 524 mães ou responsáveis legais, no horário de chegada ou de saída das crianças em 17 unidades educacionais municipais de Recife/PE. A associação entre as variáveis foi verificada pelos testes estatísticos Qui-quadrado de Pearson e Exato de Fisher, com margem de erro de 5,0% e intervalo de confiança de 95,0%. Valores da razão de prevalência foram estimados para cada variável independente por regressão Poisson, adotando-se modelo hierarquizado. Variáveis com valor de p < 0,20 na análise bivariada foram incluídas na análise multivariada. A prevalência de hábitos de sucção não nutritivos foi de 57,0%, destes 47,5% apenas de sucção de chupeta, 5,7% apenas de sucção digital e 3,8% de ambos os hábitos. A análise multivariada demonstrou diferentes padrões de associação para cada um dos hábitos investigados. Para o uso da chupeta...

Prevalência e fatores de risco à persistência de hábitos bucais de sucção não nutritiva em crianças de 3 a 5 anos de idade; Prevalence study nonnutritive sucking behaviors and their risk factors, among children of 3-5 years-old in Natal city

Santos, Shirley Alexandre dos
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Odontologia; Odontologia Preventiva e Social; Periodontia e Prótese Dentária Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Odontologia; Odontologia Preventiva e Social; Periodontia e Prótese Dentária
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.72%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; O estudo da prevalência e fatores de risco dos hábitos bucais de sucção não nutritiva é de grande relevância para a Odontologia Preventiva e Interceptativa porque abrange conhecimentos do crescimento e desenvolvimento dentofacial e os aspectos psicológicos relacionados aos mecanismos de instalação e persistência destes hábitos após a idade de 5 anos, onde começam a produzir alterações oclusais e faciais permanentes. Objetivo: Esse estudo objetiva verificar a prevalência de hábitos bucais e os prováveis fatores de risco à persistência dos mesmos. Metodologia: O presente trabalho pesquisou 1.190 crianças na faixa etária de 3 a 5 anos matriculadas em creches e pré-escolas das redes de ensino pública e privada da cidade do Natal. O instrumento utilizado para coleta de dados foi um questionário estruturado respondido pelos pais ou responsável. Resultados: Os resultados indicaram uma prevalência de 41% de hábitos de sucção não nutritiva, distribuídos em 28,5% sucção de chupeta e 12,5% sucção de dedo. Foi encontrada relação entre a presença de hábitos de sucção de chupeta e a idade, renda, tempo de amamentação e escolaridade dos pais (p<0...

Avaliação das Flutuacões Sazonais de Umidade e Sucção em um Perfil de Solo Tropical.; Predict of Suction and Humidity of Tropical Soils Using Mechanistic Model.

SILVA JÚNIOR, Arlam Carneiro
Fonte: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Geotecnia e Construção Civil; Engenharias Publicador: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Geotecnia e Construção Civil; Engenharias
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.61%
The evaluation of soil-atmosphere interaction is crucial in several examples of geotechnical works as compaction operations, construction and operation of dams and slope stability. Generally, in these examples, the soils are in unsaturated state. The main objective of this study is to assess and refine the mechanistic approach to predict the changing conditions of suction and moisture of a soil profile unsaturated. Three methods for predicting soil-water characteristic curve were evaluated, and a new method was proposed. The prediction methods, examined in this study, are based on particle size and other index properties. Were considered the soil of the experimental field of Furnas in Aparecida de Goiania (Goiás - Brazil), the soil of the experimental field of the University of Brasilia and soils of temperate climate. Good results were obtained from the prediction methods used. Were monitored for six months, the water content, suction, groundwater and atmospheric conditions of the experimental field of Furnas. The water content was obtained by removal of soil samples and suction was obtained by two measuring methods: filter paper and tensiometer. A device for installation and under the filter paper in the field was developed. The method of the paper filter had good results of total suction and the use of a tensiometer allowed measurements of a limited range of matric suction. Water content and suction predictions were made for the experimental field of Furnas from numerical analysis. It considered soil-water characteristic curves experimental and provided in numerical analysis. It have found most difficult to predict suction and moisture for the shallowest depth analyzed.; A avaliação da interação solo-atmosfera tem um papel fundamental em diversos exemplos de obras geotécnicas como operações de compactação...

Influência do perfil de sucção em obras de contenção em solos não saturados; Influences of profile suction retaining wall in unsaturated soils

Rocha, Melina Freitas
Fonte: Universidade Federal de Goiás; Brasil; UFG; Programa de Pós-graduação em Geotecnia, Estruturas e Construção Civil (EEC); Escola de Engenharia Civil - EEC (RG) Publicador: Universidade Federal de Goiás; Brasil; UFG; Programa de Pós-graduação em Geotecnia, Estruturas e Construção Civil (EEC); Escola de Engenharia Civil - EEC (RG)
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.66%
The need for the use of structures retaining wall have been increasingly used in engineering works. The valuation of soil use has led to wide-ranging exploration of the subsoil, resulting in large excavations that change the equilibrium state of the soil. The performance and design of retaining wall require a good understanding of the stress state of the soil, soil-structure interaction and varying the saturation of soil during construction and useful life. The useful life of retaining wall must ensure stability, functionality and durability. The analysis of soilstructure interaction becomes important by the fact that the same structure subjected to the same external load, presents support reactions that vary with the particular conditions of the mass of soil in which it lies. Therefore the study of soil-atmosphere interaction is an essential factor for unsaturated soils. In order to evaluate the influence of suction on structural design in balance were simulated real conditions of rainfall in three different soils for three excavations (3, 6 e 9 m) and inciciais different conditions N.A. It was observed that the behavior of the suction profile is inwardly related to the parameters as well as saturated and unsaturated soil each...

Hábitos de sucção não nutritiva em crianças pré-escolares; Nonnutritive sucking habits among preschool-aged children

SANTOS, Shirley A. dos; HOLANDA, Ana Larissa F. de; SENA, Marina F. de; GONDIM, Líbia A. M.; FERREIRA, Maria Ângela F.
Fonte: Sociedade Brasileira de Pediatria Publicador: Sociedade Brasileira de Pediatria
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
37.61%
OBJETIVO: Verificar a prevalência e os fatores associados aos hábitos de sucção não nutritiva em crianças pré-escolares matriculadas em creches e pré-escolas de Natal (RN). MÉTODOS: Foi conduzido um estudo transversal com 1.190 crianças de ambos os sexos na faixa etária de 3 a 5 anos, matriculadas em creches e pré-escolas de Natal. Não foram incluídas no estudo crianças com fendas labiopalatinas, desordens temporomandibulares, ou aquelas submetidas a tratamento ortodôntico e/ou ortopédico; também não fizeram parte da amostra instituições de ensino especializadas em crianças portadoras de deficiência. Utilizou-se um questionário estruturado, respondido pelos pais ou responsável, com dados sobre a instituição, sexo e idade das crianças, escolaridade dos pais e questões relacionadas aos hábitos. A análise dos dados foi realizada através do teste do qui-quadrado e a regressão logística. RESULTADOS: Obteve-se prevalência de 40,2% de hábitos de sucção não nutritiva, dos quais 27,7% eram de sucção de chupeta e 12,5% de dedo. Os hábitos de sucção apresentaram maior percentual para o sexo feminino, destacando-se a sucção de dedo (p = 0,02); em crianças com menos idade destacou-se a sucção de chupeta (p = 0...

A influência do padrão de aleitamento no desenvolvimento de hábitos de sucção não nutritivos na primeira infância

Albuquerque,Sabrina Sales Lins de; Duarte,Ricardo Cavalcanti; Cavalcanti,Alessandro Leite; Beltrão,Érika de Morais
Fonte: ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva Publicador: ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2010 PT
Relevância na Pesquisa
37.58%
O estudo analisou a relação entre o padrão de aleitamento e o desenvolvimento de hábitos de sucção não-nutritivos em crianças de 12 a 36 meses de idade, de creches públicas na cidade de João Pessoa (PB). A amostra constou de 292 crianças, de ambos os gêneros e a coleta de dados abrangeu entrevistas com as mães/responsáveis. As informações dos formulários consistiam na descrição da frequência e duração dos hábitos de sucção não-nutritivos, bem como dos métodos de aleitamento. Os dados foram analisados através do programa SPSS, realizando-se distribuições de frequências e os testes estatísticos do qui-quadrado e Exato de Fisher. Observou-se que, com relação à presença de hábitos de sucção não-nutritivos, 69,2% das crianças tinham algum tipo de hábito, sendo 61,6% a sucção de chupeta e 8,2% a sucção digital. De toda a amostra, 10,2% realizaram aleitamento natural exclusivo, 4,9%, o aleitamento artificial exclusivo e 84,9%, o aleitamento misto. Considerando os tipos de aleitamento, 83,8% das crianças realizaram aleitamento natural exclusivo durante os seis primeiros meses de vida. O padrão de aleitamento apresentou associação significativa com a presença de hábitos de sucção não-nutritivos. Quanto maior a duração do aleitamento natural exclusivo...