Página 1 dos resultados de 124 itens digitais encontrados em 0.037 segundos

Caracterização de resinas epóxi para compósitos curadas através de irradiação de micro-ondas

Kersting, Daniel de Freitas; Wiebeck, Helio; Esper, Fábio José
Fonte: Associação Brasileira de Polímeros; Porto de Galinhas Publicador: Associação Brasileira de Polímeros; Porto de Galinhas
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
POR
Relevância na Pesquisa
59.35154%
O presente trabalho trata da caracterização de resinas epóxi curadas por irradiação de micro-ondas, aplicadas na produção de compósitos, através das técnicas de TGA, DSC e FTIR. Conjuntamente a estas técnicas foram avaliadas de forma indireta a capacidade de absorção de micro-ondas das resinas epóxi selecionadas. O forno de micro-ondas escolhido para o trabalho foi um modelo comercial especialmente adaptado para a realização do trabalho. Os resultados obtidos são promissores, pois confirmam o observado na literatura com relação ao tempo e nível de potência necessários para a cura, bem como com relação as propriedades térmicas. Os tempos para cura da resina epóxi são menores que os obtidos para cura em estufa, com menor gasto de energia, e a temperatura de degradação e temperatura de transição vítrea são maiores que as normalmente obtidas para cura em estufa.; CTMSP; Departamento de Engenhria Metalúrgica e de Materiais da Escola Poliécnica

Estudo da reação de formação de adutos gerados por resina epóxi e polialquileno glicóis.; Study of the reaction of adducts formation generated by epoxy resins and polyalkylene glycols.

Alonso, Thiago Vinícius
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 21/02/2013 PT
Relevância na Pesquisa
59.323066%
A reação entre resinas epóxi e polialquileno glicóis gera um aduto de elevado peso molecular que pode ter aplicações em diferentes segmentos, tais como polímeros usados na composição base de fluidos de têmpera, viscosificantes para lubrificantes e desemulsificantes de petróleo. As condições envolvendo a formação destes adutos possuem referências limitadas na literatura aberta e basicamente envolvem um polialquileno glicol com diferentes funcionalidades, tipicamente duas hidroxilas reagindo com os grupos epóxi presentes na resina epóxi que tipicamente possui funcionalidade igual a dois, a uma temperatura ao redor de 120°C na presença de catalisador de hidróxido de potássio (KOH). O presente trabalho avaliou a formação destes adutos considerando um delineamento experimental de resolução III onde as variáveis de controle foram temperatura, velocidade de agitação do meio reacional, velocidade de adição de resina epóxi, concentração de catalisador e relação molar entre a resina epóxi e o polialquileno glicol. Ao total onze experimentos foram realizados de acordo com o planejamento experimental e incluindo triplicata para avaliação do erro experimental. Diferenças significativas nas características físico químicas dos produtos obtidos tais como viscosidade...

Estudo da reocinética de cura de resinas epoxídicas por meio de diferentes técnicas de análise; Study of cure reokinetic of epoxy resins by different analytical techniques

Abreu, Mariane Martim Sobrosa Passos de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 24/09/2008 PT
Relevância na Pesquisa
49.6617%
As aplicações comerciais e científicas das resinas epoxídicas dependem diretamente da combinação entre resina/endurecedor/acelerador, tornando-o um sistema reativo bastante complexo, cuja determinação dos seus parâmetros de cura é um problema multivariável de tempo, temperatura e concentração de reagentes. É necessário o conhecimento de suas etapas de cura e de seu mecanismo cinético para obtenção das melhores propriedades mecânicas, elétricas e térmicas, com a finalidade de conseguir uma resina epoxídica de alto desempenho. As técnicas analíticas comumente empregadas na determinação da cura de resinas epoxídicas como também de diversas outras resinas poliméricas são: a calorimetria exploratória diferencial (DSC) e a análise dinâmico-mecânica (DMA). Neste trabalho, dois sistemas reativos foram analisados: o primeiro, resultante da combinação de resina DGEBA com endurecedor à base de amina alifática; o segundo composto pela resina DGEBA reagida com endurecedor à base de anidrido e catalisado por amina terciária. É apresentada a metodologia empregada na determinação dos parâmetros cinéticos para os dois sistemas epóxi utilizando a análise por DSC isotérmica e não isotérmica, a técnica DMA isotérmica...

Cura de compósitos de sistemas epóxi via irradiação de micro-ondas.; Cure of epoxy systems composites by microwave irradiation.

Kersting, Daniel de Freitas
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 25/06/2014 PT
Relevância na Pesquisa
49.265425%
De modo geral, os ciclos de cura para resina epóxi demandam algumas horas e elevadas temperaturas. Em busca de novas soluções para a otimização de processos sem perda de qualidade, bem como a economia de energia, diversos processos de cura de resina epóxi não convencionais foram desenvolvidos ao longo dos anos. O uso de irradiação de micro-ondas teve início após a Segunda Guerra Mundial, com a invenção do RADAR. A radiação de micro-ondas é uma radiação não-ionizante, com bom poder de penetração e boa transferência de calor em materiais absorvedores, ou materiais com cargas absorvedoras. A frequência usualmente utilizada em trabalhos de pesquisa e desenvolvimento é de 2,45GHz, a mesma disponível nos equipamentos comerciais e industriais existentes. Para a cura de resinas epóxi não são necessárias alterações no sistema reativo, com iniciadores específicos sensíveis a micro-ondas. O "efeito micro-ondas" proporciona um aumento da velocidade de colisão entre os reagentes que, associada à energia absorvida pelo sistema reacional, acelera a reação de cura, possibilitando a cura de resinas de tempo de uso longo (superior a 24 horas, em temperatura ambiente) em questão de minutos. Neste estudo foi utilizado inicialmente um sistema epóxi do tipo DGEBA...

Estudo do comportamento cinético e mecânico-dinâmico de resinas epóxi a base de óleo de soja epoxidado

Costa, Ana Paula Oliveira
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
59.59166%
Óleo de soja epoxidado foi curado com os anidridos: dodecenilsuccínico (DDS), maleico (MAL), ftálico (FTA), succínico e hexahidroftálico (CH). As reações foram iniciadas com aminas terciárias tais como trietilamina (TEA), N,N’-dimetilanilina (ARO) e 1,4- diazobiciclo[2,2,2]octano (DABCO). Calorimetria diferencial de varredura (DSC) foi aplicada com êxito no estudo da reação de cura e usada para a determinação dos parâmetros cinéticos e termodinâmicos. Foram estudados os efeitos eletrônicos, os fatores estéreos e a rigidez do segmento diéster formado devido na conversão de grupos anidridos. Foi observado que os anidridos maleico e ftálico reagem mais rápido do que os outros anidridos. A influência do iniciador e da razão molar (anidrido/grupo epóxido) foi igualmente considerada. As propriedades mecânicas e térmicas das resinas epóxi curadas usando TEA como iniciador foram investigadas por análise térmica dinâmico-mecânica (DMTA) e termogravimétrica (TGA). Todas as amostras apresentaram características de materiais termofixos. Os materiais termofixos obtidos a partir de anidridos com estruturas rígidas (FTA, MAL e CH) mostraram alta temperatura de transição vítrea e densidade de reticulação. Quando um excesso de grupos epóxido foi usado (R= 0...

Avaliação de resinas Epóxi para fabricação de materiais compósitos pelo processo de pultrusão

Kersting, Daniel de Freitas
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
59.67575%
A utilização de resinas epóxi na fabricação de materiais compósitos vem crescendo substancialmente nos últimos anos. O processo de pultrusão também acompanha esta tendência e a demanda por dados técnicos a respeito desta resina vem crescendo, sendo cada vez mais objeto de pesquisa em universidades e empresas. A pultrusão é um processo contínuo de fabricação de materiais compósitos. O processo consiste basicamente em duas etapas a saber: a impregnação, onde se tem a aplicação da mistura com resina, endurecedor e aditivos sobre as fibras; a cura do perfil, onde o material compósito passa pelo processo de reticulação, adquirindo sua forma final e suas diferentes propriedades mecânicas, físicas e químicas. O interesse deste trabalho reside especialmente sobre este tipo de resina pelo fato de que seu emprego no processo de pultrusão confere excelentes propriedades químicas e elétricas ao perfil fabricado. Dadas às características do processo de pultrusão, o conhecimento do comportamento da resina, do ponto de vista físico e cinético, é requisito básico para a obtenção de produtos de qualidade. Apresentando um comportamento diferenciado de resinas poliéster, as resinas epóxi possuem características especiais que tornam o seu uso no processo de pultrusão bastante desafiador. Através de ensaios térmicos (calorimetria exploratória diferencial – DSC- e análise termogravimétrica – TGA) foi possível verificar o comportamento das resinas epóxi misturadas com endurecedor As resinas estudadas apresentaram boa resistência térmica...

Investigação da cinética de cura por calorimetria diferencial exploratória (DSC) de resinas epóxi preparadas a partir de óleo de soja epoxidado com diferentes anidridos e aminas terciárias; Investigation of the kinetics of cure by differential scanning calorimetry (DSC) of epoxy resins prepared from epoxidized soybean oil with different anhydrides and tertiary amines

Costa, Ana Paula Oliveira; Gerbase, Annelise Engel; Petzhold, Cesar Liberato
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
58.763125%
No presente trabalho, utilizou-se a calorimetria diferencial exploratória (DSC) para investigar a cinética da reação de cura de resinas epóxi produzidas a partir da reação do óleo de soja epoxidado (ESO), com os anidridos dodecenilsuccínico (DDS), maleico (MAL), ftálico (FTA), succínico (SUC) e hexahidroftálico (CH), atuando como agentes de cura, e na presença de aminas terciárias como a trietilamina (TEA), a N,N’-dimetilanilina (ARO) e a 1,4- diazobiciclo[2,2,2]octano (DABCO), atuando como catalisadores. A taxa de aquecimento, a natureza química e a estrutura do anidrido e das aminas influenciaram a reação de cura. Os métodos dinâmicos de Kissinger, Ozawa e de Barrett foram utilizados para calcular a energia de ativação dos sistemas onde se variou o anidrido. Observou-se que os anidridos mais reativos foram o DDS e maleico que apresentaram os menores valores de energias de ativação. No estudo da influência do catalisador, utilizou-se o método de Barrett para determinar as energias de ativação das reações com as diferentes aminas. A amina cicloaliafática (DABCO) foi a mais reativa obtendo-se o menor valor de energia de ativação (Ea = 51 kJ.mol–1) e fator pré- exponencial (ln A = 9 s–1).; In the present work...

Processamento do compósito de fibra de capim-sapê / epóxi e avaliação da resistência à flexão “t” de Student

Oliveira, Juliana Bovi de
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: 58 f.
POR
Relevância na Pesquisa
48.92038%
In recent years a great worldwide interest has arisen for the development of new technologies that enable the use of products with less environmental impact. The replacement of synthetic fiber plants is a possibility very important because this fiber is renewable, biodegradable and few cost and cause less environmental impact. Given the above, this work proposes to develop polymeric composites of epoxy resin and study the behavior of these materials. Both, the epoxy resin used as matrix in the manufacture of sapegrass fiber composite, as tree composites formed by: epoxy/unidirectional sapegrass long fiber, 75% epoxy/25% short fiber, by volume, and 80% epoxy/20% short fiber, by volume, were characterized by bending, and the composites produced with short fibers random were inspected by Optical Microscopy and Acoustics Inspection (C-Scan). For the analysis of the sapegrass fiber morphology, composites 75% epoxy/25% short fiber (sheet chopped) and 80% epoxy/20% short fiber images were obtained by optical microscope and the adhesion between polymer/fiber was visualized. As results, the flexural strength of composites epoxy/unidirectional long fibers, 75% epoxy/25% short fiber and 80% epoxy/20% short fiber were 70.36 MPa, 21.26 MPa, 25.07 MPa...

Estudo e avaliação da aplicação do laser CO2 na produção de resina epóxi em microreatores; Study and evaluation of CO2 laser application in the epoxy resin production in microreactors

Natalia Lorena Parada Hernández
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 28/09/2010 PT
Relevância na Pesquisa
49.11892%
O estudo das resinas epóxicas é de grande interesse científico e tecnológico devido à versatilidade apresentada por estes materiais. Esta versatilidade é o resultado das diferentes reações químicas envolvidas e das características físico-químicas dos diferentes endurecedores, catalisadores e reagentes que possibilitam diferentes processos e combinação de propriedades objetivando aplicações específicas. A resina epóxi obtida a partir de epicloridrina e bisfenol A, o diglicidil éter de bisfenol A, continua sendo um intermediário importante na tecnologia da resina epóxi. Os microreatores tem provado melhorar a distribuição da massa molar dos polímeros sintetizados dentro destes microaparelhos, isto como consequência das altas taxas de transferência de calor e massa e da mais rápida e melhor mistura apresentada nos microcanais graças à diminuição do tamanho. Levando isto em conta, foi estudada a síntese da resina epóxi em microreatores usando o laser na polimerização rápida da resina dentro destes pequenos reatores. Para o desenvolvimento do projeto foi estudada a síntese da resina em escala laboratorial e calculados os parâmetros cinéticos da reação de obtenção da resina epóxi líquida. O projeto de microreatores requer o conhecimento do comportamento da mistura dentro dos microcanais destes aparelhos...

Desenvolvimento de compósito de resina epóxi e fibras curtas de aço para fabricação rápida de moldes para injeção de termoplásticos

Sabino Netto, Aurélio da Costa
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 224 p.| il., grafs., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
48.99574%
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico. Programa de Pós-Graduação em Engenharia Mecânica; Tem sido cada vez mais crescente a procura por ferramentas de projeto que possibilitem avaliar o desempenho de um produto em material termoplástico de forma confiável nas etapas iniciais do processo de desenvolvimento. No caso dos produtos em material termoplástico moldados por injeção, certas características somente podem ser avaliadas no material e no processo de fabricação definitivos. Os processos de fabricação rápida se tornaram uma importante ferramenta de projeto. Atualmente, existem processos específicos para cada uma das demandas de uma equipe de projeto. Quando séries pequenas ou peças-protótipo são necessárias, o processo de vazamento de resinas tem se difundido, sobretudo por ser um processo de baixo custo e ter um curto tempo para obtenção do molde. Entretanto, como normalmente os materiais empregados têm baixas resistência mecânica, estabilidade térmica e condutividade térmica, durante o processo de moldagem os moldes trabalham muito mais próximos do limite de resistência que os moldes de produção convencional. O objetivo deste trabalho foi desenvolver um compósito de resina epóxi e fibras curtas de aço (SSF) para a fabricação rápida de moldes de injeção por vazamento em vácuo. A pesquisa incluiu a caracterização dos materiais empregados no compósito. Os compósitos estudados tiveram as frações volumétricas de 10...

Aplicação de Resinas Epoxi no Tratamento de Fissuras em Rebocos Exteriores

Mateus, Cátia Patrícia Rodrigues
Fonte: Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro Publicador: Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
69.6617%
Dissertação de Mestrado em Engenharia Civil; Os rebocos exteriores dos edifícios, como camada de protecção que são, encontram-se sujeitos a inúmeras acções agressivas que conduzem à sua degradação precoce relativamente a outros elementos. A manutenção destes rebocos passa pela conservação de técnicas construtivas tradicionais e pelo uso de materiais compatíveis e os mais similares possíveis aos originais. Decorrente desta sua função, e devido à sua forte exposição a condições ambientais adversas e a inúmeras agressões do meio, existe uma enorme variedade de causas de degradação dos rebocos, sendo a patologia fissuração a mais gravosa. A fissuração constitui sempre um risco agravado de penetração da água da chuva, quando afecta o revestimento exterior, atingindo ou não a alvenaria de suporte. Por seu lado, a fissuração com origem na alvenaria implica, quase sempre, a fissuração dos seus revestimentos aderentes. A recuperação das edificações que apresentam a referida patologia pode ser efectuada, entre outros métodos, através da aplicação de resinas epoxi. O objectivo deste trabalho consiste em realizar um estudo sobre a utilização das resinas epoxi como tratamento de fissuras em rebocos de paredes exteriores. Numa primeira etapa será feito um desenvolvimento do tema...

Métodos de estudo da cinética de cura de resinas epóxi

Costa,Michelle L.; Rezende,Mirabel C.; Pardini,Luiz C.
Fonte: Associação Brasileira de Polímeros Publicador: Associação Brasileira de Polímeros
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/1999 PT
Relevância na Pesquisa
59.159956%
Nas últimas décadas tem-se estudado a cinética da reação de cura de resinas epóxi por meio de técnicas analíticas como por exemplo a calorimetria exploratória diferencial. O uso desta técnica permite utilizar vários métodos de estudo da cinética de cura, divididos em: métodos dinâmicos e isotérmicos, e cada pesquisador escolhe o que melhor se adapta às suas necessidades. O presente trabalho tem como objetivo orientar na escolha de qual método deve ser utilizado, em função dos sistemas poliméricos em estudo, bem como sumarizar os principais métodos utilizados, auxiliando, dessa forma, no estudo da cinética de cura de resinas epóxi.

Comportamiento a fractura de resinas epoxi cargadas con partículas de carburo de silicio : influencia de la proporción y silanización de las partículas

García Sánchez, Raúl Ignacio
Fonte: Universidade Carlos III de Madrid Publicador: Universidade Carlos III de Madrid
Tipo: info:eu-repo/semantics/bachelorThesis; info:eu-repo/semantics/masterThesis Formato: application/pdf
Publicado em //2009; 2009 SPA
Relevância na Pesquisa
69.2712%
Cada aplicación en ingeniería exige un material específico donde los materiales compuestos son los protagonistas. Se aprovecha lo mejor de varios materiales distintos, para formar un solo material que satisfaga una necesidad concreta. Este proyecto analiza diversos parámetros de influencia en el comportamiento de materiales poliméricos, en concreto de las resinas epoxi. Las variables objeto del estudio son: · Proporción de partículas de carburo de silicio (SiC) con las que se reforzarán los materiales poliméricos. · Silanización de dichas partículas para conseguir mejor adherencia a la matriz. · Tipo de probeta utilizada en cada ensayo según la normativa escogida. La parte teórica consistirá en el cálculo de los valores de tenacidad y energía en la fractura del material utilizando las ecuaciones de la normativa vigente y los resultados de los ensayos, y a su vez una interpretación de dicha normativa para realizarlos. La parte experimental del proyecto la ocupará la caracterización mecánica de los composites, que se hará mediante las medidas de resistencia en el ensayo de fractura y el ensayo de flexión. Además se observarán las superficies de fractura en las probetas mediante un microscopio electrónico para determinar el grado de anclaje del carburo de silicio en la matriz epoxi. También se intentará optimizar el proceso de preparación de probetas del ensayo de fractura...

Estudio de la morfología interfacial en materiales compuestos de matriz epoxi modificada y fibras de vidrio

Arroyo Martínez, José María
Fonte: Universidade Carlos III de Madrid Publicador: Universidade Carlos III de Madrid
Tipo: info:eu-repo/semantics/bachelorThesis; info:eu-repo/semantics/masterThesis Formato: application/pdf
SPA
Relevância na Pesquisa
59.2712%
Las resinas epoxi son ampliamente empleadas como matriz en materiales compuestos por sus buenas propiedades: elevada resistencia, módulo elástico, etc. pero su baja tenacidad ha limitado su uso. Existen diversas formas de aumentar la tenacidad de estas resinas sin modificar el resto de sus propiedades. Por ejemplo, una de las alternativas se basa en añadir un polímero termoplástico de modo que aumente la tenacidad la matriz termoestable sin afectar a otras propiedades de interés. Recientemente se ha estudiado el efecto que la naturaleza de la superficie de distintos tipos de fibras tienen en la morfología desarrollada en una resina epoxi modificada, encontrándose que la naturaleza de la superficie de fibra de vidrio influye en la distribución del agente modificador de la tenacidad. En este trabajo, se ha estudiado el efecto de la masa molecular de un polímero termoplástico en la morfología en una matriz epoxi reforzada con fibras de vidrio. Como termoplástico se ha utilizado el polimetacrilato de metilo (PMMA) de pesos moleculares: 34000, 65000, 76000 y 360000 g/mol. Como matriz, se ha empleado un sistema de tipo diepoxi-diamina basado en diglicidil eter de bisfenol A (DGEBA), y 1,5-diamino-2-metilpentano (MDAP). El análisis de la distribución de los dominios de polímero termoplástico formados después de la separación de fases se realizó estimando en diversas micrografías obtenidas por SEM. Para ello se calculó la densidad y densidad acumulada de estos dominios en sectores circulares en función de la distancia a la superficie de una fibra de vidrio. Con los datos obtenidos...

Cristales líquidos termoestables : tenacidad a fractura y absorción de agua

Rodríguez Monedero, José Alberto
Fonte: Universidade Carlos III de Madrid Publicador: Universidade Carlos III de Madrid
Tipo: info:eu-repo/semantics/bachelorThesis; info:eu-repo/semantics/masterThesis Formato: application/pdf
SPA
Relevância na Pesquisa
48.92734%
Las resinas epoxi y en concreto aquellas con base DGEBA son ampliamente utilizadas en numerosos campos de la ingeniería dada sus buenas prestaciones y versatilidad. Como desventajas se encuentran su baja tenacidad y su tendencia a absorber agua, lo cual termina por disminuir las propiedades en servicio. Para mejorar estas propiedades proponemos modificar la matriz con monómeros de naturaleza similar a los de DGEBA pero con flexibilidad impedida, diglicidiléter de bifenilo (DGEBP). Ésta molécula se comporta como una varilla rígida, que al curar genera cristales líquidos epoxi (LCE) [Mititelu 2005; Punchaipetch 2002] y debido a que los LCE proporcionan una estructura altamente orientada dentro de la matriz epoxídica se espera una mejora en las propiedades físicas, térmicas, eléctricas y ópticas. En el presente proyecto se ha realizado el seguimiento del proceso de absorción de agua y tenacidad a fractura para una resina epoxi modificada con un cristal líquido termoestable. Para ello se prepararon probetas formadas por dos monómeros distintos, diglicidiléter de bisfenol A (DGEBA) utilizado como matriz, y diglicidiléter de bifenilo (DGEBP) en distintos porcentajes, de naturaleza similar al primero pero con flexibilidad impedida (precursor del cristal líquido). Como agente entrecruzante se utiliza bencil dimetil amina (BDMA)...

Obtenção de nanocompósitos de resina epóxi/montmorilonita-polipirrol

Contri, Giseli
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 115 p.| il., grafs., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
48.878975%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico, Programa de Pós-Graduação em Ciência e Engenharia de Materiais, Florianópolis, 2015.; Neste trabalho foram preparados aditivos nanoestruturados de Montmorilonita-Polipirrol (MMT-PPy.DBSA) a partir da polimerização in situ do pirrol na presença de argila, bentonita sódica natural, (MMT-Na+) em solução aquosa com surfactante ácido dodecil benzeno sulfônico (DBSA), utilizando-se o cloreto de ferro (III) hexahidratado (FeCl3.6H2O), como agente oxidante. A estrutura e propriedades dos aditivos nanoestruturados de MMT-PPy.DBSA foram avaliadas a partir de diferentes técnicas de caracterização. O aditivo nanoestruturado de MMT-PPy.DBSA foi então incorporado em diferentes concentrações na resina epóxi para obtenção de revestimentos a partir da mistura física dos componentes utilizando tolueno como solvente. Com o intuito de realizar uma análise comparativa das propriedades físicas e eletroquímicas dos revestimentos obtidos foram também preparados compósitos de Epóxi/MMT, Epóxi/PPy.DBSA e Epóxi/MMT/PPy.DBSA a partir do mesmo procedimento usado na obtenção de Epóxi/MMT-PPy.DBSA. As propriedades e estrutura dos materiais obtidos foram avaliadas a partir da espectroscopia de infravermelho com transformada de Fourier (FTIR)...

Sensor a fibra ótica encapsulado em resina polimérica com reforço de fibra de vidro para aplicação em gerador de alta potência

Galvão, José Rodolfo
Fonte: Curitiba Publicador: Curitiba
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
48.92734%
This work presents an application of optical fiber sensors based on Bragg gratings encapsulated in polymeric composite resin with glass fiber reinforcement. Three commercial epoxy resins were evaluated. The main objective of the study is to characterize the composites and investigate the feasibility of embedding the optical fiber sensors based on Bragg gratings in epoxy composite. In the characterization of the samples tensile tests were performed to evaluate the residual stress after the curing process. The residual stress was investigated by mains of a FBG sensor embedded in the composite. Additionally, tests were conducted to evaluate the glass transition temperature by DSC technique. The values of the axial tensile and simple flexural stress were investigated using a universal testing machine. In addition, tests were performed for evaluating the composite behavior when subjected to a fixed load and variable temperature ranging from 20 °C to the temperature limit of the glass transition of the composite. The results show a high level of integration of the FBGs with the epoxy composite. One of the results is promising for applications in a high power generator and in hostile environments working at temperatures up to 127 °C.; ANEEL; FINEP; CAPES; CNPQ; Fundação Araucária; Neste trabalho é apresentada uma aplicação de sensores à fibra ótica baseados em redes de Bragg encapsulados em compósito de resina polimérica com reforço de fibra de vidro. Foram avaliadas três resinas epóxi comerciais. O objetivo do trabalho é caracterizar os compósitos e investigar a viabilidade de embeber sensores a fibra ótica...

Investigação da cinética de cura por calorimetria diferencial exploratória (DSC) de resinas epóxi preparadas a partir de óleo de soja epoxidado com diferentes anidridos e aminas terciárias

Costa,Ana P. O.; Gerbase,Annelise E.; Petzhold,Cesar L.
Fonte: Associação Brasileira de Polímeros Publicador: Associação Brasileira de Polímeros
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2011 PT
Relevância na Pesquisa
58.763125%
No presente trabalho, utilizou-se a calorimetria diferencial exploratória (DSC) para investigar a cinética da reação de cura de resinas epóxi produzidas a partir da reação do óleo de soja epoxidado (ESO), com os anidridos dodecenilsuccínico (DDS), maleico (MAL), ftálico (FTA), succínico (SUC) e hexahidroftálico (CH), atuando como agentes de cura, e na presença de aminas terciárias como a trietilamina (TEA), a N,N'-dimetilanilina (ARO) e a 1,4- diazobiciclo [2,2,2] octano (DABCO), atuando como catalisadores. A taxa de aquecimento, a natureza química e a estrutura do anidrido e das aminas influenciaram a reação de cura. Os métodos dinâmicos de Kissinger, Ozawa e de Barrett foram utilizados para calcular a energia de ativação dos sistemas onde se variou o anidrido. Observou-se que os anidridos mais reativos foram o DDS e maleico que apresentaram os menores valores de energias de ativação. No estudo da influência do catalisador, utilizou-se o método de Barrett para determinar as energias de ativação das reações com as diferentes aminas. A amina cicloaliafática (DABCO) foi a mais reativa obtendo-se o menor valor de energia de ativação (Ea = 51 kJ.mol-1) e fator pré-exponencial (ln A0 = 9 s-1).

Dermatosis profesional por resina epoxi: Presentación de un caso clínico

Gaviola,S; López Agüero,L C
Fonte: Revista argentina de dermatología Publicador: Revista argentina de dermatología
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2008 ES
Relevância na Pesquisa
48.92734%
Mostramos un caso de dermatosis profesional originado por plásticos (resinas epoxi) y la importancia de la detección precoz. Las resinas epoxi son de gran utilización en todo tipo de industrias (artes graficas, construcción, electrónica, componentes de prótesis traumatológicas, prótesis odontológicas, etc.) y sus componentes pueden ser causa de dermatitis de contacto irritativa y por sensibilización.

Sensibilización a bisfenol A y bisfenol F en trabajadores expuestos a resinas epoxi

Jiménez Bajo,L.; Fernández Guarino,M.; Del Pozo Pozo,A. I.; Martinez-Amo Gámez,J. L.; Heras Mendaza,F.; Conde-Salazar Gómez,L.
Fonte: Medicina y Seguridad del Trabajo Publicador: Medicina y Seguridad del Trabajo
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; journal article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion Formato: text/html; application/pdf
Publicado em 01/06/2008 SPA
Relevância na Pesquisa
59.722446%
Las aplicaciones de las diferentes resinas epoxi basadas en bisfenol A y F son extensas. Las resinas epoxi basadas en bisfenol F son más nuevas y resistentes que las de bisfenol A, y ambas son causa conocida de dermatitis de contacto alérgica. Se estudian 39 casos de sensibilización a resinas epoxi en los últimos 5 años. Los resultados obtenidos son: prevalencia de sensibilización a resinas epoxi entre los pacientes estudiados del 2%, 27 varones y 8 mujeres, con una edad media de 42.77, un período de medio sensibilización de 23,8 meses. La sensibilización a bisfenol F desde que se incluye para las pruebas del parche en la batería de resinas epoxi es del 100% para los casos sensibilizados a la resina. La localización mayoritaria se dio en las manos, con una relevancia actual del 84%. Se recomendó un cambio de puesto en el trabajo al 46% de estos pacientes. El aumento de la sensibilización encontrada a bisfenol F puede explicarse por una sensibilización concomitante con bisfenol A, una declaración incorrecta de la composición de la resina o una reactividad cruzada de ambos.