Página 1 dos resultados de 4443 itens digitais encontrados em 0.030 segundos

Ambientes de aprendizagem e recursos digitais: valorização por professores do ensino superior

Morais, Carlos; Miranda, Luísa; Alves, Paulo; Melaré, Daniela
Fonte: Universidade do Minho, Centro de Competência TIC do Instituto de Educação Publicador: Universidade do Minho, Centro de Competência TIC do Instituto de Educação
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
POR
Relevância na Pesquisa
66.2%
O estudo desenvolveu-se com professores do ensino superior, tendo como principais objetivos avaliar a importância que os professores do ensino superior atribuem aos recursos digitais no âmbito das suas unidades curriculares e a influência dos conhecimentos informáticos e do tempo de serviço docente nessa avaliação. O estudo seguiu o paradigma de investigação quantitativa. Os dados foram obtidos por questionário, a 189 professores de uma instituição portuguesa de ensino superior público. Dos resultados salienta-se que os professores valorizaram os recursos digitais, sendo os mais valorizados os sistemas de gestão de aprendizagem, multimédia online e a partilha de documentos colaborativos. Os conhecimentos informáticos influenciam de forma significativa a valorização de alguns recursos, mas não se verificou que os anos de serviço docente influenciem essa valorização. Como fundamentação desenvolveram-se conceitos associados a ambiente de aprendizagem e a recursos digitais

Estilos de aprendizagem e utilização de recursos digitais no ambiente colaborativo Sakai

Alves, Paulo; Miranda, Luísa; Morais, Carlos
Fonte: Instituto Politécnico de Bragança Publicador: Instituto Politécnico de Bragança
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
56.18%
As tecnologias de informação e comunicação (TIC) e as suas utilizações têm particular importância na vida das pessoas quando se adaptam aos seus interesses e de um modo particular aos seus estilos de aprendizagem. Entre as competências que os estudantes do ensino superior do século XXI devem dominar importa incluir o conhecimento do modo como aprendem. A capacidade de conhecer a sua maneira preferida de aprender, como aprendem em diferentes situações pode ser a resposta à necessidade contínua de adaptação a novas realidades (Gallego, 2013). O conhecimento dos estilos de aprendizagem dos estudantes pode ajudar a melhorar a aprendizagem e o ensino. Os professores podem beneficiar deste conhecimento para poderem preparar o material de aprendizagem em atividades que se adequem às formas de aprendizagem preferidas dos estudantes, tornando a aprendizagem dos estudantes mais fácil e atrativa (Graf & Kinshuk, 2010). Quando se atende à diversidade de estilos de aprendizagem e o ensino é orientado em função desse facto, os estudantes podem tornar-se mais responsáveis e atingir níveis mais elevados de aprendizagem (Bender, 2003). Partindo do pressuposto que a utilização de recursos educativos digitais no apoio à aprendizagem e que os estilos de aprendizagem dos alunos influenciam a sua aprendizagem...

Recursos educativos digitais no apoio à aprendizagem de estudantes do ensino superior

Morais, Carlos; Miranda, Luísa; Alves, Paulo
Fonte: Associação Portuguesa de Pais e Amigos do Cidadão Deficiente Mental Publicador: Associação Portuguesa de Pais e Amigos do Cidadão Deficiente Mental
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
POR
Relevância na Pesquisa
46.27%
Com este artigo apreciou-se a importância atribuída à utilização de recursos educativos digitais, bem como a frequência de utilização desses recursos a partir de dados obtidos por questionário, numa amostra de estudantes do ensino superior. Aprofundou-se o conceito de recurso educativo digital e apresentaram-se os resultados da avaliação da importância dos recursos educativos digitais no apoio à aprendizagem de estudantes de licenciatura, em aspetos associados a estratégias de aprendizagem, motivação e tarefas de aprendizagem. Concluiu-se que a maioria dos sujeitos da amostra atribuiu grande importância a todos os aspetos apreciados, tendo-se verificado diferenças significativas entre os estudantes de 1.º ano e os de 2.º ano, relativamente ao item estudar individualmente, tendo-lhe atribuído maior importância os de 2.º ano. A frequência de utilização dos recursos educativos digitais foi analisada relativamente a diversos recursos, sendo os mais utilizados, muitas vezes ou sempre, por mais de metade dos sujeitos da amostra, motores de pesquisa, redes sociais e sites de vídeo. Comparando os resultados por grupos de estudantes há diferenças significativas, entre os grupos de 1.º ano e de 2.º ano...

A utilização de recursos educativos digitais no ensino superior a distância : a perceção do estudante e o modo como utiliza os recursos digitais para fins educativos

Barros, Daniela Melaré Vieira; Francisco, Maria Cristina Amado
Fonte: Universidade Aberta; LE@D Publicador: Universidade Aberta; LE@D
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Publicado em /12/2013 POR
Relevância na Pesquisa
46.16%
A educação de nível superior a distância, na atualidade, é indissociável das tecnologias e da informação por ela acedida. O interesse em investigar o modo como os estudantes desta modalidade de aprendizagem atuam perante a facilidade em aceder a informação disponível em suporte tecnológico, nomeadamente de recursos educativos digitais, permite estabelecer padrões educativos e conducentes a reflexões sobre metodologias educacionais. Com esta premissa, a presente investigação foi realizada com estudantes de primeiro ciclo de nível superior da Universidade Aberta, na caraterização que estes fazem do uso das tecnologias e da informação acedida tecnologicamente, de forma a estruturarem os seus conhecimentos nas diferentes áreas para obtenção do grau de licenciatura, na modalidade a distância. A metodologia adotada foi qualitativa e quantitativa e os instrumentos utilizados foram a aplicação de um questionário disponibilizado eletronicamente. Os resultados da análises permitiram identificar caraterísticas e interpretá-los com base em teorias de autores especialistas na área abrangente da educação pelo digital.; The higher distance education, in actuality, is inseparable from the technology and information accessed through it. The interest in investigating how students of this type of work before learning the ease in accessing the information available in electronic technology...

O ensino e aprendizagem da escrita com recursos digitais : a aula de língua portuguesa no 5º ano de escolaridade

Fernandes, Maria Alexandra da Silva
Fonte: Universidade Aberta de Portugal Publicador: Universidade Aberta de Portugal
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2014 POR
Relevância na Pesquisa
56.27%
Dissertação de Mestrado em Estudos de Língua Portuguesa: Investigação e Ensino apresentada à Universidade Aberta; O presente estudo, intitulado O ensino e aprendizagem da escrita com recursos digitais: A aula de língua portuguesa no 5º ano de escolaridade tem por objetivo geral analisar as implicações que os recursos digitais têm no ensino da escrita e na aprendizagem do Português, centrando-se no domínio da ortografia e do processo de revisão de texto, e no potencial contributo que as tecnologias podem disponibilizar neste sentido. Seus objetivos específicos são (i) observar as diferenças entre atividades de escrita que não utilizam recursos digitais com as atividades de escrita que utilizam esse recursos; (ii) analisar as potencialidades dos recursos digitais para a compreensão de regras linguísticas, no plano da representação gráfica das palavras; (iii) analisar as potencialidades dos recursos digitais para a concentração dos alunos e para a sua disponibilidade para a prendizagem; (iv) observar a utilidade de recursos digitais para a superação de dificuldades e (v) contribuir para práticas pedagógicas mais eficazes e dinâmicas. Para a realização desses objetivos, foi necessário aprofundar os estudos desenvolvidos sobre a competência da escrita (1)...

O ensino-aprendizagem da física e da química: manuais escolares versus recursos digitais

Pereira, Helena Maria Correia
Fonte: Repositório Científico Lusófona Publicador: Repositório Científico Lusófona
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
56.2%
Nesta dissertação investigamos o uso do manual escolar na sala de aula, em consonância com as mudanças das práticas pedagógicas resultantes da existência de novos recursos digitais agregados ao manual escolar, tais como o e-manual, os CD-ROM e DVDs e, as plataformas educacionais na Internet, em particular, a Escola Virtual, da Porto Editora. O leitmotiv da realização desta investigação é avaliar a utilização destes recursos, quer nas práticas pedagógicas inovadoras por parte dos docentes, quer na contribuição para melhorar a aprendizagem dos alunos. No sentido de melhor compreender e analisar o impacto da integração dos recursos digitais no ensino-aprendizagem, escolhemos os recursos da Porto Editora, visto tratar-se de um estudo de caso centrado numa escola que adotou estes recursos. A partir de um enquadramento metodológico que procura ultrapassar as dicotomias entre as abordagens quantitativas e as abordagens qualitativas, centramos o nosso estudo numa unidade didática, Astronomia, lecionada no 7º ano de escolaridade, na disciplina de Ciências Físico-Químicas. Com base num modelo heurístico, os dados recolhidos através de questionários a professores e alunos numa escola onde a investigadora estagiou...

A Biblioteca Universitária na Sociedade do Conhecimento : estudo de caso da Biblioteca Universitária Professor Victor de Sá, da Universidade Lusófona (Relatório de Estágio)

Garcia, Carla Sofia Marques de Sousa
Fonte: Repositório Científico Lusófona Publicador: Repositório Científico Lusófona
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
46.17%
Na Sociedade do Conhecimento em que vivemos, o volume de informação cresce a um ritmo exponencial e prolifera em diferentes suportes e tipologias, aglomerando informação científica e fidedigna com artigos de opinião e dados menos corretos. Face este cenário de caos informativo, cabe, de um modo particular, à Universidade preparar os seus alunos para responder às novas exigências e a Biblioteca Universitária, devido à sua natureza e missão, constitui-se como uma fonte de informação privilegiada, apetrechada de toda uma série de recursos fiáveis e pertinentes, ao serviço dos seus utilizadores e à distância de um clique. O presente relatório apresenta-se como um estudo de caso e tem como objetivo descrever as atividades respeitantes ao estágio curricular realizado na Biblioteca Universitária Professor Victor de Sá (BVS), que disponibiliza aos seus utilizadores uma série de recursos digitais, entre os quais bases de dados de importância reconhecida e certificada internacionalmente, que se constituem como uma grande mais-valia nos trabalhos de investigação de alunos e docentes da Universidade. Verifica-se porém, que o índice de utilização destes recursos digitais, apesar da sua qualidade, é inferior ao esperado pelos técnicos da Biblioteca. O estudo aqui apresentado propõe-se aferir as causas dos baixos níveis de utilização destes recursos...

Experiências de fronteira: os meios digitais em sala de aula; Frontier Experience: digital media inside the classroom

Mendes, Lina Maria Braga
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 28/04/2009 PT
Relevância na Pesquisa
56.14%
O uso de novas tecnologias em sala de aula tornou-se foco da atenção de pesquisadores e instituições escolares. Além de a inclusão digital favorecer o acesso dos indivíduos à produção cultural, a presença dos meios digitais na escola tem se mostrado uma boa forma de encontro com um aluno que convive diariamente com computadores, celulares e uma infinidade de aparelhos eletrônicos. Ao adotarmos o uso de recursos digitais (como sites, blogs, e-mails, chats, podcasts e hipermídias) como modo de apresentação e divulgação de trabalhos e pesquisas escolares, apoio ao ensino, incentivo à discussão e ao debate, temos em mente que nosso aluno, nascido em meio às mudanças tecnológicas vivenciadas nos últimos 20 anos, demonstra afinidade com as linguagens que constituem o universo digital - o ciberespaço. Tendo em vista, pois, a importância da educação tecnológica para a promoção da inclusão digital, a crescente exigência de pais, alunos e intituições escolares para que a escola invista em tecnologia e no desenvolvimento das habilidades a ela relacionadas, nosso trabalho tem como objetivo avaliar e propor o uso, em Educação, de dois recursos digitais: hipermídias e blogs. Para tanto, apresenta pesquisa bibliográfica acerca de sua configuração e das relações entre Educação e Tecnologia. Além disso...

Estudo exploratório sobre o uso e a busca de informações e de recursos didáticos por professores de biologia do ensino médio cadastrados na biblioteca digital de ciências da UNICAMP; Exploratory study on using online resources and the interest in information sources and educational resources by High School Biology Teachers enrolled in the Unicamp's Digital Library of Sciences

Chikuchi, Helika Amemiya
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 26/04/2011 PT
Relevância na Pesquisa
46.23%
Este trabalho de caráter exploratório tinha como objetivos principais investigar o uso e a busca de informações e de recursos didáticos realizada pelos Professores de Biologia do Ensino Médio (PBEM) cadastrados na Biblioteca Digital de Ciências da Unicamp (BDC), em seu aprendizado e aperfeiçoamento profissional e nas suas atividades didáticas. Foram utilizados métodos de coleta de dados indiretos, que consistiram na aplicação de dois questionários estruturados online, e métodos diretos, que consistiram no registro realizado por ferramentas instaladas na BDC sobre as palavras-chave utilizadas, os comentários sobre os recursos e as mensagens eletrônicas dos professores. O primeiro questionário permitiu traçar um perfil dos PBEM. Eles têm em média 36,4 anos, a maioria é do sexo feminino, leciona em escola pública e vive na região sudeste. A maioria encontrou a BDC usando ferramentas de busca; no momento do cadastramento, já usava a Internet há mais de cinco anos, e estava interessada principalmente em conteúdos para subsidiar o preparo de aulas e em recursos didáticos. O segundo questionário mostrou que os PBEM tiveram uma formação inicial compatível com a função que exercem: a maioria fez Biologia ou Ciências Biológicas e licenciatura. Entretanto...

Utilização de recursos digitais nas aulas de apoio educativo : introduzindo processos metacognitivos e de auto-regulação das aprendizagens

Silva, Bento Duarte da; Lima, José Carlos Maciel Pires de
Fonte: Universidade do Porto. Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação Publicador: Universidade do Porto. Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Publicado em //2010 POR
Relevância na Pesquisa
46.16%
O insucesso, bem como a falta de métodos de estudo, que verificamos constrangem o desenvolvimento adequado do currículo e dos objectivos formativos do ensino secundário. Estudos das mais variadas áreas revelam que a Escola, para a maior parte dos alunos, não é o seu local maior de interesse. De facto, não é fácil seduzir o aluno que está disperso, imerso em solicitações dos diversos media, que o levam estar interessado em estar na moda e de acordo com padrão de comportamentos que não promovem, na medida indispensável, uma formação humanista. “If knowledge is the engine of development, then learning must be its fuel” – Abdul Kahn, referido por Roberto Carneiro (2001). Em conformidade a este pensamento, nesta investigação propomos a procura de uma resposta, na vertente dos recursos educativos digitais, tendo como objectivo uma aprendizagem promotora da utilização de estratégias de cognição, metacognição e da auto-regulação das aprendizagens pelos alunos. As nossas principais questões de investigação para o presente estudo são: Podemos construir recursos digitais que suportem a prática de processos metacognitivos e de auto-regulação das aprendizagens?; A utilização de Recursos Digitais...

Ambientes de aprendizagem e recursos digitais : valorização por professores do ensino superior

Morais, Carlos; Miranda, Luísa; Alves, Paulo; Melaré, Daniela
Fonte: Universidade do Minho. Instituto de Educação. Centro de Competência TIC Publicador: Universidade do Minho. Instituto de Educação. Centro de Competência TIC
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Publicado em //2013 POR
Relevância na Pesquisa
66.2%
Publicado em "Challenges 2013 : aprender a qualquer hora e em qualquer lugar : atas..."; O estudo desenvolveu-se com professores do ensino superior, tendo como principais objetivos avaliar a importância que os professores do ensino superior atribuem aos recursos digitais no âmbito das suas unidades curriculares e a influência dos conhecimentos informáticos e do tempo de serviço docente nessa avaliação. O estudo seguiu o paradigma de investigação quantitativa. Os dados foram obtidos por questionário, a 189 professores de uma instituição portuguesa de ensino superior público. Dos resultados salienta-se que os professores valorizaram os recursos digitais, sendo os mais valorizados os sistemas de gestão de aprendizagem, multimédia online e a partilha de documentos colaborativos. Os conhecimentos informáticos influenciam de forma significativa a valorização de alguns recursos, mas não se verificou que os anos de serviço docente influenciem essa valorização. Como fundamentação desenvolveram-se conceitos associados a ambiente de aprendizagem e a recursos digitais.; This study was developed with higher education lecturers and aims to assess their appreciation of digital resources within their subjects as well as the influence of the lecturers’ knowledge of Information Technology and of their length of service on their appreciation. The study follows the paradigm of quantitative research...

Valorização dos ambientes virtuais de aprendizagem por professores do ensino superior

Morais, Carlos; Alves, Paulo; Miranda, Luísa
Fonte: Associação Ibérica de Sistemas e Tecnologias de Informação Publicador: Associação Ibérica de Sistemas e Tecnologias de Informação
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Publicado em //2013 POR
Relevância na Pesquisa
46.22%
Publicado em "Sistemas e tecnologias de informação : atas da 8ª Conferência Ibérica de Sistemas e Tecnologias de Informação", vol.1; Os ambientes virtuais de aprendizagem têm vindo a ganhar força em todos os níveis de ensino e de uma forma particular no Ensino Superior. Com este artigo procura-se identificar a valorização que uma amostra de professores do ensino superior fez relativamente: à utilização das tecnologias de informação e comunicação (TIC) nas suas unidades curriculares, às características dos recursos digitais associados ao ambiente Sakai e à disponibilização de recursos digitais nesse ambiente. Os dados foram obtidos por questionário, salientando-se como aspetos mais valorizados da utilização das TIC nas unidades curriculares a disponibilização e o acesso a recursos, bem como poupar tempo; as características dos recursos digitais mais valorizadas foram a acessibilidade e a facilidade de utilização; na disponibilização de recursos os aspetos mais valorizados foram a publicação de informações gerais e a publicação de recursos digitais da unidade curricular.; Virtual learning environments have become more and more important in all levels of education, especially in Higher Education. With this paper we intend to identify the appreciation that a sample of university teachers made regarding the use of information and communication technologies (ICT) in their courses...

O quadro interativo no ensino do português : dos recursos aos discursos

Fernandes, Jaime Manuel da Costa
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
56.32%
O trabalho que apresentamos, “O Quadro Interativo no ensino do Português: dos recursos aos discursos”, situa-se na área do Multimédia em Educação e, mais especificamente, no domínio da tecnologia e pedagogia em sala de aula. Partimos de um projeto de implementação de quadros interativos em agrupamentos/escolas do interior do país, associado a um Centro de Formação e procurámos evidenciar a forma como essa tecnologia levou à introdução de recursos digitais de aprendizagem na unidade curricular de Português. Nesse âmbito, fizemos uma análise sobre os tipos, funcionalidades e usos pelos professores e estudantes no processo de ensino e aprendizagem com os QIM. Analisámos também algumas estratégias de utilização no desenvolvimento de competências essenciais da língua e a interação que proporcionaram no ambiente educativo. Para percebermos as razões e fundamentos que estiveram na base da investigação, procurámos, na primeira parte do nosso trabalho, partir de três vertentes de uma conjuntura que fundamenta a aprendizagem no século XXI: a passagem de uma sociedade da informação para uma sociedade do conhecimento como um processo que radica numa comunicação em rede e na criação de conhecimento(s) através de recursos digitais; o desenvolvimento de competências adequadas e que conduz os indivíduos para ambientes de aprendizagem com as tecnologias; e numa Escola mais familiarizada com as tecnologias...

Criação de recursos digitais para as crianças com NEE do Agrupamento de Escolas de Mindelo

Costa, Mónica Maria Carvalho Maia da
Fonte: Escola Superior de Educação de Paula Frassinetti Publicador: Escola Superior de Educação de Paula Frassinetti
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
POR
Relevância na Pesquisa
55.98%
O estudo que apresentamos pretende identificar as áreas de desenvolvimento deficitárias das crianças com Necessidades Educativas Especiais, do Agrupamento de Escolas de Mindelo, e criar recursos digitais que possam ser utilizados em contextos de sala de aula, pelos professores de Educação Especial, para colmatar as mesmas. Neste sentido, o presente trabalho procura responder à pergunta de partida: “Quais as áreas deficitárias das crianças com Necessidades Educativas Especiais, do Agrupamento de Escolas de Mindelo?”. (Retirado da introdução

Actividades Lúdicas para alunos do 4º Ano do 1º CEB de Língua Inglesa

Fernandes, Margarida
Fonte: Escola Superior de Educação de Paula Frassinetti Publicador: Escola Superior de Educação de Paula Frassinetti
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
POR
Relevância na Pesquisa
46.18%
As actividades lúdicas em recursos digitais e de multimédia na sensibilização para a Língua Inglesa dos alunos do 4.º ano do 1.º Ciclo do Ensino Básico vêm ao encontro das necessidades dos nossos alunos nativos digitais, bem como aos reptos lançados aos professores imigrantes digitais. Estas actividades fazem par-te da nova linguagem, a digital e de multimédia, talvez a única que os nossos alu-nos nascidos após a década 80 do século passado conhecem e usam para comunicar diariamente dentro e fora do contexto de sala de aula e que os nossos professores ainda estão a aprender. Tendo como base este quadro conceptual, foi desenvolvido um inquérito por questionário em que se procurou saber se os professores da Língua Inglesa das actividades de enriquecimento curricular do 1.º Ciclo do Ensino Básico conhecem e utilizam actividades lúdicas, através de recursos digitais e de multimédia na sua prática lectiva. Participaram no estudo professores do 1º Ciclo do Ensino Básico e 3º Ciclos de vinte escolas públicas do concelho de Santa Maria da Feira. Com base nos resultados obtidos, conclui-se que a utilização educativa das actividades lúdicas em recursos digitais e de multimédia ainda não são metodologias educati-vas de uma parte substancial de professores por diferentes razões que irão ser apresentadas e explicitadas.; Digital and multimedia entertaining activities to teach English Language for the primary school students in the 4th school year fit these digital native students’ needs and thrown challenges to their digital immigrant teachers as well. These activities belong to a new language...

Perspetivas de qualidade sobre recursos educativos digitais

Proença, Sandra Cristina de Almeida, 1978-
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2014 POR
Relevância na Pesquisa
46.2%
Dissertação de mestrado, Educação (Área de Especialização em Educação e Tecnologias Digitais), Universidade de Lisboa, Instituto de Educação, 2014; A presença das TIC nos diversos quadrantes da sociedade é uma realidade incontornável. A sua integração na educação é atualmente uma exigência e uma necessidade permanente. Os profissionais na área da educação, conscientes das vantagens pedagógicas da sua integração curricular, têm estado nos últimos anos comprometidos na melhoria da qualidade do ensino. O recurso aos chamados Recursos Educativos Digitais (RED) tem sido uma das estratégias pela qual os professores têm optado no processo de inovação pedagógica. A facilidade de acesso à Web e com a mudança do paradigma da mesma assistimos a uma grande produção e publicação de RED, dispersos na Web e ao dispor de todos os interessados. Parece-nos relevante a realização de um estudo que procure compreender os parâmetros de qualidade tidos em conta pelos produtores e utilizadores destes recursos. Assim, no embasamento teórico, tentámos compreender não só a noção e evolução do conceito de RED, como as suas principais características e potencialidades educativas. Procurámos ainda compreender os parâmetros de qualidade e os processos de avaliação dos mesmos. Na componente metodológica optámos pela realização de entrevistas do tipo focus group a três especialistas na produção e utilização de RED: alunos...

Recursos digitais e aprendizagem de inglês como língua estrangeira

Tumolo,Celso
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2014 PT
Relevância na Pesquisa
66.17%
Apresento, neste artigo, o resultado de uma pesquisa sobre quais recursos digitais podem auxiliar o desenvolvimento de inglês como língua estrangeira (LE), a partir de recursos disponibilizados na Internet, e faço uma caracterização dos recursos identificados. Considerando quatro aspectos essenciais para o desenvolvimento de uma LE, a saber, componentes da habilidade linguística, interação, integração das quatro habilidades, e motivação, apresento uma reflexão sobre como esse auxílio pode acontecer, apontando formas do uso de cada um para ensino/ aprendizagem de inglês como LE. For fim, concluo que o uso dos recursos digitais identificados possibilita satisfazer os aspectos essenciais, tanto para o professor em sua prática docente, como para um aprendiz autônomo, com o objetivo do desenvolvimento de inglês como LE.

Tecnologias digitais no jardim de infância : comunicação, aprendizagem e desenvolvimento profissional docente; Digital technologies in kindergarten : communication, learning and teacher professional development

Faria, Ádila
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em 04/07/2014 POR
Relevância na Pesquisa
56.07%
Tese de doutoramento em Estudos da Criança (ramo do conhecimento em Tecnologias de Informação e Comunicação); A evolução da sociedade digital provocou tal impacto no modo como atualmente se concebe e organiza globalmente o mundo que se considera que, na sociedade do conhecimento, a Educação é indissociável das Tecnologias de Informação e Comunicação. Neste contexto, este estudo visa compreender de que forma podem diversos recursos digitais contribuir para o a aprendizagem e para o desenvolvimento integral das crianças do jardim de infância; analisa também o contributos da rede social NING da janela do meu jardim para a interação com os encarregados de educação, educadores, professores, investigadores e para o desenvolvimento profissional docente. O quadro teórico e metodológico deste estudo alicerça-se numa revisão sistemática da literatura, que aporta subsídios teóricos fundamentais para que se pudessem compreender e aprofundar no estado da arte relativamente a esta temática em causa. A investigação realizada inscreve-se num paradigma de investigação qualitativa tendo-se optado pelo estudo de caso. Foram utilizadas diferentes técnicas de recolha de dados, predominantemente qualitativos. A análise foi feita através da análise de conteúdo com apoio do NVivo. Os resultados do presente estudo evidenciam a importância da integração das tecnologias digitais em contexto de jardim de infância...

Recursos digitais no Jardim de Infância: a narrativa digital para promover multiliteracias

Teixeira, Senhorinha das Dores de Sousa
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2014 POR
Relevância na Pesquisa
46.23%
Dissertação de mestrado em Ciências da Educação (área de especialização em Tecnologia Educativa); Perante a realidade social e as mudanças que se verificam atualmente, no campo dos novos paradigmas educativos, os Educadores não podem descurar a importância dos novos recursos educativos tecnológicos que existem e já fazem parte do contexto social e familiar. Devem, por isso, aceitar os novos desafios colocados por essas tecnologias. Na procura de respostas válidas e credíveis para o uso de recursos digitais no jardim-deinfância, implementámos o projeto de investigação “Narrativas Digitais”, onde procurámos demonstrar que os novos recursos educativos digitais são uma ferramenta tecnológica muito útil no desenvolvimento de multiliteracias em contexto de Jardim-de- Infância. Mudar práticas pedagógicas, no sentido de criar e dinamizar atividades que desenvolvam o gosto por aprender nas crianças em idade pré-escolar, foi o propósito deste estudo, implementado numa sala do Jardim-de-Infância, com crianças de 5 anos, no ano letivo 2013-2014. Procuramos com o estudo observar, através da criação de histórias utilizando meios digitais, como esses meios podem ajudar a construção do saber nas crianças e alunos de hoje. Para responder à questão principal da investigação “A utilização dos recursos digitais no Jardim-de-Infância...

Software livre para a criação de recursos educativos digitais destinados a mobile learning

Garcês, Emanuel Filipe Fernandes, 1982-
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2014 POR
Relevância na Pesquisa
46.27%
Tese de Mestrado, Educação (Especialidade em Educação e Tecnologias Digitais), Universidade de Lisboa, Instituto de Educação, 2014; A tecnologia digital evolui de uma forma extremamente rápida, esta velocidade tem transportado o conhecimento a quase todos recantos do planeta. A educação, como um dos pilares da sociedade tem tido por isso que adaptar-se e tirar partido da evolução aproveitando as vantagens da globalização e minimizando as suas desvantagens Um dos desenvolvimentos das últimas décadas, os Recursos Educativos Digitais, são atualmente criados e utilizados pelos diversos intervenientes no processo de aprendizagem, recorrendo a ferramentas específicas para a criação dos mesmos. No entanto, a criação de Recursos Educativos Digitais, destinados a dispositivos móveis, de momento não é um processo simples ou intuitivo, sendo necessário um esforço consciente, particularmente na aquisição de conhecimentos ligados à área da programação para conseguir desenvolver com sucesso conteúdos passíveis de serem utilizados num dispositivo móvel. Este trabalho pretendeu de uma forma científica apoiar o desenvolvimento de uma aplicação que consiga responder a esta necessidade. Para o fazer deu-se início a um processo que permita confirmar a existência desta necessidade e em conjunto com aqueles que produzem Recursos Educativos Digitais...