Página 1 dos resultados de 3228 itens digitais encontrados em 0.004 segundos

"Soluções aquosas de nitrato de prata: características e desempenho nos testes de infiltração" ; Aqueous silver nitrate solutions: characteristics and performance in leakage tests

Costa, José Ferreira
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 08/12/2005 PT
Relevância na Pesquisa
37.172017%
Soluções de nitrato de prata são freqüentemente usadas em testes de micro e nanoinfiltração, apesar de nem todas as suas características estarem definidas claramente na literatura. Neste estudo foram avaliadas soluções aquosas de nitrato de prata quanto ao pH e à quantidade de prata iônica (ppm) em várias concentrações, bem como o desempenho dessas soluções em testes de microinfiltração realizados em dentes decíduos e permanentes. Numa primeira fase foi analisado o pH (pHmetro digital) de solução a 50% (p/v), tendo como variáveis a pureza da água, a marca comercial do sal, a cor do frasco, e a idade pós-preparo. Posteriormente, avaliou-se a quantidade de prata iônica, por espectrometria de emissão atômica, presente nas soluções (1%, 5%, 25% e 50%) ao longo de 168 horas de armazenagem. Em cavidades de classe V, confeccionadas nas faces vestibular e lingual/palatina de molares, foram aplicados dois sistemas adesivos (OptiBond FL ou OptiBond Solo Plus SE). Após a restauração (Filtek Z-250) foi determinado o valor médio de microinfiltração (mm) para diversas concentrações e idade pós-preparo das soluções. Os dados obtidos foram tratados por análise de variância e teste de Tukey (a=0,05). As soluções analisadas na primeira etapa apresentaram pH médio entre 7...

Modulação de fluorescência de amino coumarinas e acridinas por nanopartículas de prata; Fluorescence modulation of acridine and coumarin dyes by silver nanoparticles

Sabatini, Carolina Aparecida
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 17/08/2007 PT
Relevância na Pesquisa
37.172017%
Nanopartículas de prata foram preparadas pela redução química de íons prata (AgNO3) por borohidreto de sódio (NaBH4) na presença de poli-(N)-vinil-2-pirrolidona em solução de álcoois de cadeia curta. As nanopartículas de prata apresentaram maior estabilidade em 2- propanol, e o diâmetro aproximado das nanopartículas Ag0 obtidas neste solvente é de aproximadamente 6 nm. As propriedades fotofísicas dos corantes coumarinas e derivados de acridina, em 2-propanol, são afetados pela presença das nanopartículas de prata. A interação das nanopartículas de prata com os derivados de acridina leva a uma mudança espectral da banda de absorção de transferência de carga intramolecular ´ICT - intramolecular charge transfer´. Para dois dos derivados de acridina, há um aumento significativo de emissão com a adição inicial de nanopartículas de Ag0. Mas em altas concentrações de nanopartículas de prata, ocorre supressão estática de fluorescência, com uma progressiva diminuição da eficiência de fluorescência. A intensidade de fluorescência das amino coumarinas é somente suprimida pela presença de nanopartículas de prata em solução.; Silver nanoparticles were synthesized by chemical reduction of silver ions by sodium borohydride in the presence of poly-(N)-vinyl-2-pyrrolidone in solution of short chain alcohols. The nanoparticles are stable in 2-propanol...

Avaliação in vitro do controle microbiano e da neutralização de endotoxinas presentes em canais radiculares por nanopartículas de prata; Effectiveness of silver nanoparticles on microorganisms and endotoxins in root canals

Carreira, Cláudia de Moura
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 20/01/2010 PT
Relevância na Pesquisa
37.14054%
O objetivo deste trabalho foi avaliar a capacidade da solução de nanopartículas de prata, utilizada como irrigante e medicação intracanal, em controlar os microrganismos e neutralizar endotoxinas no canal radicular. Para isso, foram utilizadas 48 raízes de dentes humanos padronizadas em 16 mm e com diâmetro apical correspondente a uma lima tipo Kerr no. 30. Os canais foram contaminados por 28 dias com E. coli e por 21 dias com E. faecalis e C. albicans. Os espécimes foram divididos em quatro grupos (n=12), de acordo com a substância utilizada (solução irrigadora e medicação intracanal): G1) solução salina e solução salina (grupo controle); G2) hipoclorito de sódio 1% associado ao creme Endo-PTC e hidróxido de cálcio - protocolo tradicional da FOUSP; G3) solução de nanopartículas de prata 50 ppm e hidróxido de cálcio associado à solução de nanopartículas de prata; e G4) solução de nanopartículas de prata 50 ppm e solução de nanopartículas de prata 50 ppm. Foram realizadas cinco coletas do conteúdo do canal radicular para avaliar a atividade antimicrobiana: coleta de confirmação, imediatamente após a instrumentação (1ª. coleta) e outra após sete dias (2ª. coleta); imediatamente após a remoção da medicação (3ª. coleta) e outra após sete dias (4ª. coleta). A neutralização da endotoxina foi avaliada apenas nas quatro últimas coletas. Os resultados obtidos foram submetidos a análise estatística (Kruskall-Wallis e Dunn). Todas as soluções irrigadoras promoveram redução significativa dos microrganismos após a instrumentação (1ª. coleta) (p<0...

Obtenção e caracterização de membrana de gelatina e membrana de gelatina com prata para uso em regeneração tecidual guiada; Preparation and characterization of membrane gelatin and membrane gelatin silver for guided tissue regeneration

Sousa, Lorena Oliveira de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 26/08/2013 PT
Relevância na Pesquisa
37.14054%
O estudo de biomateriais aplicados à cicatrização levou à modalidade do tratamento chamada de regeneração tecidual guiada (RTG). A RTG reconstitui novos tecidos usando membranas como barreira de proteção da área defeituosa, impedindo a invasão de outros tecidos, especialmente dos tecidos conjuntivos fibrosos. Em outras palavras, a RTG é uma forma de isolar o tecido ósseo do tecido mole, resultando dessa forma em uma ótima condição para a formação óssea. Atualmente, mais de 20 tipos diferentes de polímeros são usados em aplicações biomédicas, e entre eles está o colágeno, polímero ao qual, pela sua hidrólise parcial pode-se obter a gelatina. A gelatina é um polipeptídeo biodegradável, biocompatível, que apresenta anti-genicidade, plasticidade e elasticidade. A prata tem seu efeito antimicrobiano bem conhecido, com utilidade em diferentes campos da medicina, odontologia e biomateriais. Nesse contexto, este trabalho desenvolve e estuda o comportamento das membranas de gelatina e membranas de gelatina com prata para aplicações em RTG. As Membranas de gelatina foram obtidas com concentração de 4% em massa e as membranas de gelatina com prata foram obtidas nas concentrações de 0,01%, 0,05% e 0,1% da solução. Na etapa de reticulação...

Estudo da ação in vitro de nanopartícula de prata; Study of in vitro action of silver nanoparticle

Cavassin, Emerson Danguy
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 12/09/2013 PT
Relevância na Pesquisa
37.172017%
O presente estudo avaliou a ação in vitro de diferentes nanopartículas de prata (nanoAg) sintetizadas pelo Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT) e Universidade Federal de São Carlos (IFSC) e controles de sulfadiazina de prata, nitrato de prata e nanoAg comercial Sigma, frente a bactérias e leveduras. Os objetivos do estudo foram avaliar a ação in vitro de NanoAg sintetizadas no Brasil frente a bactérias sensíveis aos antimicrobianos e multirresistentes (MR), incluindo Gram positivos e negativos, além de candidas isoladas de amostras clínicas. Definir as condições de síntese que resultem em nanoAg com melhor efeito antimicrobiano in vitro frente a isolados sensíveis e MR. Foram utilizadas diferentes metodologias tais como agar well diffusion, determinação de concentração inibitória mínima CIM, concentração bactericida mínima (CBM), curva do tempo de morte e inibição da formação de biofilme. Ao todo, foram avaliados 110 isolados, sendo 37 sensíveis aos antimicrobianos, 54 MR, e 19 candidas frente a 29 nanoAg com diferentes características de síntese. Os testes de difusão em meio sólido apresentaram heterogeneidade de resultados frente aos micro-organismos avaliados. Enquanto as informações de CIM50 e CIM90 evidenciaram não existir variações no efeito inibitório frente isolados sensíveis ou resistentes aos antimicrobianos. As curvas do tempo de morte ilustraram a dinâmica de inibição dos compostos de prata e a interferência do sangue nos testes in vitro. A partir dos testes com biofilme foi possível observar efeito inibitório e de descolamento de biofilme previamente formado. Os resultados permitiram concluir a maior eficácia para nanoAg com Citrato e Quitosana...

Estudo sobre a conversão, formação e desenvolvimento de nanopartículas de prata pelo método de Turkevich modificado.; Study about conversion, formation and development of silver nanoparticles by a modified method of Turkevich.

Oliveira, Roberto Angelo de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 21/06/2013 PT
Relevância na Pesquisa
37.14054%
Pretendeu-se, com este trabalho, estudar a síntese e o desenvolvimento de nanopartículas de prata, utilizando o método de Turkevich com algumas modificações. Dada a importância dessas nanopartículas no atual desenvolvimento científico, é de grande valia o melhor entendimento dos mecanismos que regem a síntese e desenvolvimento das nanopartículas de prata. Neste método, nitrato de prata sofre redução pelo citrato de sódio, numa mistura aquecida e bem agitada, para formar as nanopartículas. Amostras dessa mistura foram coletadas em vários intervalos de tempo, e reservadas para análises de concentração de prata por ICPAES, absorbância UV-Vis, imagens de MEV e distribuição de tamanhos por DLS. Com essas análises, foi possível estabelecer uma relação direta entre os valores de absorbância e os de conversão de prata. Também foi possível propor uma rota de desenvolvimento das nanopartículas, mostrando que, durante esse desenvolvimento, as partículas apresentam diferentes morfologias, tamanhos e tendência a formar aglomerados. Dependendo da aplicação das nanopartículas de prata, é possível interromper a reação quando elas apresentarem as características mais favoráveis.; It was intended, with this work...

Adição de nanopartículas de prata ao Poli (metil metacrilato): análise microbiológica

Takamiya, Aline Satie
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 114 f. : il. + 1 CD-ROM
POR
Relevância na Pesquisa
37.237837%
Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP); Pós-graduação em Odontologia - FOA; O objetivo do presente estudo foi verificar a atividade antimicrobiana de uma resina acrílica à base de poli (metil metacrilato) (PMMA) contendo nanopartículas de prata frente ao microorganismo Candida albicans. Utilizou-se a resina acrílica termopolimerizável Lucitone 550 e as nanopartículas de prata foram sintetizadas por meio da redução dos íons prata do nitrato de prata pelo citrato de sódio. A forma e o tamanho das partículas foram confirmados por microscopia eletrônica de varredura (MEV) e de transmissão (MET), tendo-se obtido partículas na forma esférica e com tamanhos médios de 5 e 10 nm. A resina acrílica foi proporcionada de acordo com as instruções do fabricante e a solução coloidal de nanopartículas de prata foi adicionada ao componente líquido da resina acrílica nas concentrações de 0,05%, 0,5% e 5% baseadas na massa do polímero. Após o processamento, os espécimes foram esterilizados por radiação de Co-60. Foram analisados a adesão de microorganismos à superfície do poli (metil metacrilato)/prata (PMMA/Ag) e a formação de biofilme por Candida albicans sobre a superfície polimérica através de microscopia de luz e de MEV. Os resultados mostraram redução estatisticamente significante (P < 0...

Análise da incorporação de nanopartículas de prata a uma resina acrílica para base protética

Monteiro, Douglas Roberto
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 96 f. : il. + 1 CD-ROM
POR
Relevância na Pesquisa
37.197874%
Pós-graduação em Odontologia - FOA; O objetivo do presente estudo foi avaliar a incorporação de nanopartículas de prata a uma resina acrílica para base protética por meio de testes de liberação em água deionizada por diferentes períodos e através de análises da distribuição e dispersão destas partículas na massa polimérica. Utilizou-se a resina acrílica termopolimerizável Lucitone 550 e as nanopartículas de prata foram sintetizadas por meio da redução dos íons prata do nitrato de prata pelo citrato de sódio. A forma e o tamanho das partículas foram confirmados por microscopia eletrônica de varredura (MEV) e de transmissão (MET), tendo-se obtido partículas na forma esférica e com tamanho médio de 60 nm. A resina acrílica foi proporcionada de acordo com as instruções do fabricante e a solução coloidal de nanopartículas de prata foi adicionada ao componente líquido da resina acrílica nas concentrações de 0,05%, 0,5% e 5% baseadas na massa do polímero. Após o processamento laboratorial, os espécimes foram armazenados em água deionizada à 37ºC por 7, 15, 30, 60 e 120 dias. As amostras de cada solução foram analisadas por espectroscopia de absorção atômica. Espécimes antes e após 120 dias de imersão em água foram analisados por MEV para caracterização morfológica do nanocompósito. Não houve liberação de prata detectável pelo aparelho...

Síntese e caracterização de nanopartículas de prata e aplicação como agente biocida em tinta poliuretânica hidrossolúvel

Bechtold, Micheline
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 113 p.| il., grafs., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
37.172017%
Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico, Programa de Pós-Graduação em Engenharia Química, Florianópolis, 2011; As diferentes substâncias químicas orgânicas presentes nas formulações das tintas constituem substratos para o crescimento microbiano. Diferentes tipos de micro-organismos podem crescer nesses substratos se houverem condições ambientes favoráveis, comprometendo as funções decorativas e protetoras das tintas. Para evitar o crescimento microbiano são adotadas medidas preventivas por meio do emprego de biocidas na composição dessas tintas. O objetivo principal desse trabalho é avaliar o efeito biocida de nanopartículas de prata em tinta de composição poliuretânica hidrossolúvel. As nanopartículas de prata em fase aquosa foram preparadas por redução química, com as concentrações teóricas de 300, 500 e 1000 ppm e estabilizadas por dois agentes poliméricos diferentes, PVA e PVP. A caracterização deste insumo nanoparticulado foi realizada por espectroscopia de UV-Vis, espectroscopia de massa com plasma indutivamente acoplado (ICP-MS), espalhamento de luz dinâmico (DLS), análises do potencial zeta e microscopia de transmissão eletrônica (MET). As dispersões de nanopartículas de prata sintetizadas se mostraram totalmente compatíveis com a tinta testada. Nos ensaios de estabilidade...

Tratamento de nanopartículas de prata por eletrocoagulação

Matias, Marcelo Seleme
Fonte: Florianópolis, SC. Publicador: Florianópolis, SC.
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: 98 f.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
37.197874%
TCC(graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina. Centro Tecnológico. Engenharia Sanitária e Ambiental.; Uma das ciências que vem se destacando nos últimos anos é visivelmente a nanociência. Muitas informações são disponíveis sobre seu campo de estudo, porém inúmeras questões ainda devem ser levantadas para sua compreensão adequada, principalmente sobre as mudanças de propriedades que os elementos na escala nanométrica sofrem (nanomateriais). Não se sabe com precisão os riscos sanitários e ambientais que estes materiais emergentes podem apresentar no longo prazo, sendo assim, este trabalho insere-se neste contexto com o objetivo de desenvolver uma via de tratamento de nanopartículas, inicialmente nanopartículas de prata devido a sua notável utilização recente na indústria e ao seu potencial poder inibidor aos microrganismos responsáveis pelo tratamento biológico em estações de tratamento. Em uma visão global este trabalho buscou como objetivo desenvolver distintas vias de síntese de nanopartículas de prata a fim de simular um efluente industrial hipotético, com suas características particulares, e determinar as condições de otimização de um processo de tratamento por eletrocoagulação (EC). A eletrocoagulação é um processo que consiste...

Nanocompósitos de prata - preparação e libertação catiónica

Melo, Luís Filipe Durães
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
37.253594%
Pretendeu-se com este trabalho preparar e caracterizar nanocompósitos de um material polimérico, poli(metil metacrilato) (PMMA), com incorporação de nanopartículas metálicas, mais concretamente nanopartículas de prata. Após a fase de preparação e caracterização dos materiais pretendeu-se realizar um estudo de libertação de prata iónica para o meio recorrendo a um método quantitativo, sendo a potenciometria o método escolhido. As nanopartículas de prata (NPs de Ag) foram sintetizadas usando uma modificação do método do poliol descrito na literatura. Obtiveram-se nanopartículas de prata com um revestimento orgânico, que foram caracterizadas através de vários métodos, nomeadamente, espectroscopia de UV-vis, difração de raios X, dispersão de luz dinâmica (DLS), microscopia electrónica de transmissão (TEM) e microscopia electrónica de varrimento (SEM) o que ajudou a descrever o comportamento do material a ser analisado. Após a obtenção dessas mesmas nanopartículas, procedeu-se a uma mistura com o polímero, dissolvendo ambos em tolueno com agitação vigorosa, para a preparação dos nanocompósitos. Nesta mistura foram utilizadas diferentes percentagens de nanopartículas de prata no polímero de forma a estudar a influência da quantidade de nanopartículas na libertação iónica por potenciometria. Nesta fase efetuou-se a caracterização dos compósitos de prata utilizando vários métodos...

Silver nanoparticles flow in an aquatic trophic chain; O fluxo de nanopartículas da prata numa cadeia trófica aquática

Ribeiro, Fabianne de Araújo
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Tese de Doutorado
ENG
Relevância na Pesquisa
37.307769%
Silver nanoparticles (AgNP) have been produced and applied in a variety of products ranging from personal care products to food package containers, clothing and medicine utilities. The antimicrobial function of AgNP makes it very useful to be applied for such purposes. Silver (Ag) is a non-essential metal for organisms, and it has been historically present in the environment at low concentrations. Those concentrations of silver increased in the last century due to the use of Ag in the photographic industry and lately are expected to increase due to the use of AgNPs in consumer products. The presence of AgNP in the aquatic environment may pose a risk for aquatic species, and the effects can vary from lethal to sublethal effects. Moreover, the contact of aquatic organisms with AgNP may not cause immediately the death of individuals but it can be accumulated inside the animals and consequently transferred within the food chain. Considering this, the objective of this work was to study the transfer of silver nanoparticles in comparison to silver ions, which was used as silver nitrate, within an aquatic food chain model. To achieve this goal, this study was divided into four steps: the toxicity assessment of AgNP and AgNO3 to aquatic test-species...

Genotoxic effects of silver nanoparticles on lung cells; Efeitos genotóxicos de nanopartículas de prata em células de pulmão

Reis, Corine Santos
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
ENG
Relevância na Pesquisa
37.172017%
Silver nanoparticles have increased importance due to their antimicrobial activity, being used in several applications such as in prosthesis, medical devices, food storing and cosmetics. Its increasing manufacturing will reflect in the environment, as for instance in the air, exposing the organism to its potential harmful effects. Altogether, the aim of this work was to evaluate the potential genotoxic effects of polyvinylpyrrolidone coated AgNPs. For that, a human alveolar adenocarcinoma cell line, A549, was exposed to increased concentrations of 0, 50 and 100 μg/mL PVP coated silver nanoparticles, of 10 and 20 nm, for 24h. Both the cytokinesis-block micronucleus cytome assay and the comet assay were used to evaluate the potential genotoxic effects of silver nanoparticles. To validate the cytokinesis-block micronucleus cytome assay, a human bone cell line, MG-63, was exposed to increased concentrations of 20 nm PVP coated silver nanoparticles. In A549 cell line, the comet assay revealed an increase in DNA damage, with increase concentration of silver nanoparticles of 10 nm. By other hand, for 20 nm AgNPs a significant increase in DNA damage was observed only for the lowest concentration (50 μg/mL). The cytokinesis-block micronucleus cytome assay showed a cytostatic effect of silver nanoparticles. In MG-63 cell line it was observed an increase in both micronucleus and nuclear buds for 50 μg/mL...

Limiares e mecanismo de toxicidade aguda da prata no Copépode eurialino Acartia tonsa

Pedroso, Mariana Saia
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande Publicador: Universidade Federal do Rio Grande
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
37.299314%
Dissertação (mestrado)-Universidade Federal do Rio Grande, Programa De Pós-Graduação em Ciências Fisiológicas – Fisiologia Animal Comparada, Instituto de Ciências Biológicas, 2006.; A prata é um metal não-essencial tóxico para organismos aquáticos, mesmo em baixas concentrações no meio. Em crustáceos e peixes de água doce, o mecanismo de toxicidade aguda deste metal está relacionado a um desequilíbrio iônico e osmorregulatório, associado às inibições da atividade da Na+/K+-ATPase e da captação de Na+ em nível branquial. Apesar deste mecanismo de toxicidade estar bem descrito para animais dulciaqüícolas, pouca informação existe sobre a toxicidade da prata e seu mecanismo de ação em animais estuarinos e marinhos. Portanto,o objetivo deste estudo foi determinar a toxicidade aguda da prata no copépodo eurialino Acartia tonsa em uma ampla faixa de salinidade em ausência e presença de alimento, bem como verificar se o mecanismo de ação tóxica desse metal está associado também a um desequilíbrio iônico e inibição da Na+/K+-ATPase em nível corporal. Copépodos adultos de ambos os sexos foram aclimatados em três salinidades (5, 15 e 30) e alimentados com uma mistura de algas (Thalassiosira weissflogii = 2x104 cél./ml e Isochrysis galbana = 1x104 cél./ml). A temperatura e o fotoperiodo foram fixados em 20oC e 16C:8E...

Difusão e formação de agregados de prata em vidros oxifluoretos

Ramos de Santana, Sidney; Luiz Longo, Ricardo (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
37.14054%
Apresentamos algumas propostas de parametrização do potencial de Buckingham e de um potencial de curto alcance (SHREP) de interação entre pares de íons, para utilização em simulações computacionais de dinâmica molecular (MD). Descrevemos as propriedades estruturais e dinâmicas dos íons na matriz vítrea 56,4PbF2 37,6GeO2 3Al2O3 3Ag2O, que levam a formação de um filme fino metálico não condutor de prata durante o processo de tratamento térmico. Seis modelos foram criados e testados, baseados em relações empíricas, dados experimentais ou cálculos quânticos. Destes, somente o Modelo Empírico Vítreo forneceu resultados consistentes e adequados, quando se considera a convergência e estabilidade das simulações e de suas propriedades mecânicas. Os cátions apresentam coordenação seletiva com o óxido ou o fluoreto. Os íons fluoreto e prata apresentaram os maiores coeficientes de difusão, consistentes com o uso deste tipo de matriz vítrea como condutores iônicos rápidos. O tratamento térmico foi simulado pela transformação de íons prata em átomos de prata com a respectiva remoção de íons fluoreto. Isto é equivalente a considerar o seguinte processo redox: Ag+ + F → Ag + ½F2(g). O coeficiente de difusão dos átomos de prata foi pelo menos 10 vezes maior que o do íons fluoreto...

Produção e caracterização óptica de vidros dopados com terras raras contendo nanoestruturas de prata

Patricia Naranjo Riaño, Luz; Bartolomeu de Araújo, Cid (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
37.14054%
Neste trabalho foram produzidos materiais vítreos da família dos oxifluoretos, B2O3 CaF2 (BF), da família dos óxidos de metais pesados, PbOGeO2 (PGO) e PbO-Bi2O-Ga2O3 (PBG) dopados com íons de Nd3+ e Pr3+ (com diferentes concentrações) contendo prata, pelo método de fusão. Partículas de prata de diferentes tamanhos e concentrações foram crescidas mediante diferentes tratamentos térmicos. As técnicas espectroscópicas de absorção, excitação e emissão foram utilizadas para a análise da formação da banda de absorção dos plasmons superficiais das partículas de prata e análise da luminescência dos íons terras raras na presença das partículas metálicas. A microscopia de transmissão foi usada para a caracterização estrutural do sistema de partículas. As técnicas usadas permitiram a identificação de partículas com diâmetros de 2 a 30 nm. As técnicas ópticas foram usadas para analisar a formação da banda de plasmons superficiais (PS) associadas às NP de prata e para determinar a influência das NP sobre a luminescência dos íons de terras raras (TR). A banda PS é centrada em 420 nm para as amostras BF e centrada em 460 nm para os vidros PGO. Devido à interação terra rara partícula metálica observou-se aumento da luminescência dos íons TR. Um cálculo do rendimento quântico...

Filmes nanoestruturados de prata autoformados por difusão térmica de nanopartículas em substratos vítreos ativos

Gonzaga Pedrosa, Gilmara; de Amorim Santa Cruz Oliveira, Petrus (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
37.253594%
Este trabalho teve como objetivo a preparação e caracterização de um material híbrido constituído por um filme nanoestruturado de prata autoformado através da difusão térmica de nanopartículas de prata, em um substrato ativo de vidro oxifluoreto. A particularidade do mecanismo utilizado na obtenção do filme de prata suportado na matriz vítrea consiste em um processo bottom-up em que o precursor do filme é introduzido na própria composição deste substrato, na forma iônica. O material híbrido é composto por uma matriz vítrea PbF2-GeO2- Al2O3 contendo AgF, Ag2O ou AgNO3. As amostras vítreas foram obtidas pela fusão dos reagentes em forno resistivo. O filme de prata nanoestruturado, com aparência metálica, foi crescido, na superfície das amostras durante tratamento térmico em torno da temperatura de transição vítrea (Tg). A caracterização das amostras foi realizada por calorimetria exploratória diferencial (DSC), difração de raios-X de pó, microscopia de força atômica (AFM), microscopia eletrônica de varredura (MEV), espectroscopia de energia dispersiva de raio-X (EDS) e fotoeletrônica de raios-X (XPS). As análises de DSC sugerem que os íons de prata fazem parte da rede vítrea. Determinou-se o parâmetro de estabilidade de Saad e Poulain (S)...

Desenvolvimento de material híbrido anódico para baterias de íons de Li baseado em carvão ativado e nanotubos de carbono decorados com prata; Development of hybrid anode material for Li ion batteries based on activated carbon and carbon nanotubes decorated with silver.

Takahashi, Giuliana Hasegava
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 16/04/2015 PT
Relevância na Pesquisa
37.14054%
Neste trabalho, foi desenvolvido um material híbrido inédito carvão ativado/nanotubos de carbono/nanopartículas de prata para as aplicações em bateria de íons de lítio e capacitor eletroquímico de dupla camada. O compósito foi preparado por crescimento dos nanotubos de carbono diretamente sobre o carvão ativado via deposição química de vapor e depois nanopartículas de prata foram incorporadas no carvão ativado/nanotubos de carbono. A morfologia do compósito foi analisada por microscopia eletrônica de varredura. Investigação das propriedades de intercalação de lítio no carvão ativado (CA), carvão ativado/nanotubos de carbono (CA/NTC), carvão ativado/prata (CA/Ag) e carvão ativado/nanotubos de carbono/prata (CA/NTC/Ag) foi conduzida por voltametria cíclica e ciclos de carga/descarga, utilizando dois diferentes eletrólitos. Verificou-se que o ânodo de CA/NTC/Ag apresenta mais elevado valor de capacidade específica reversível que a grafita em eletrólito comercial, provavelmente devido à rede tridimensional com elevada condutividade eletrônica formada por nanotubos de carbono e nanopartículas de prata nos poros e nas rugosidades do substrato. Além disso, os nanotubos de carbono podem exibir elevada capacidade de armazenamento de lítio. Outra vantagem do CA/NTC/Ag é que a rede de nanotubos de carbono acomoda a expansão de volume das partículas de prata durante a ciclagem do eletrodo...

A ironia em foco: conhecendo as crônicas de Mário Prata

Amorim, Inessa Rosa de
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
37.172017%
O presente trabalho trata-se de uma reflexão sobre as crônicas de Mario Alberto Campos de Morais Prata, vulgo Mario Prata, importante autor da literatura brasileira. Para tanto selecionamos crônicas escritas ao longo de sua carreira que compõem seu livro Cem Melhores Crônicas (que na verdade são 129). No intuito de realizar uma análise das crônicas citadas, levar-se-á em conta o caráter polêmico da crônica como gênero literário que tem em sua gênese o caráter de texto jornalístico, situando-se entre a literatura e o jornalismo. Inicialmente abordaremos o caráter ficcional da crônica, relacionando-a a sua origem e à percepção do tempo. Observamos que a crônica constitui uma forma de narrar que a mistura à história e à literatura como um gênero fronteiriço, com características sociais e políticas. Norteados por alguns teóricos discorremos sobre a ironia, traço estruturante da obra de Mario Prata, assim como o elemento cômico. Trataremos também, teoricamente, sobre a formação da identidade nacional na historiografia literária brasileira, apresentando a herança modernista de Mario Prata que se apresenta no tom coloquial de suas crônicas e nos temas que elege, como a construção de um perfil do homem brasileiro contemporâneo. ______________________________________________________________________________ ABSTRACT; The present work deals with...

Nanopartículas de prata : biossíntese, investigação das atividades antibacteriana, antifúngica e citotoxicidade; Silver nanoparticles : biosynthesis, investigation of antibacterial and antifungal activity and cytotoxicity

Juliana de Cassia Silva Prado
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 30/01/2014 PT
Relevância na Pesquisa
37.219492%
Com o objetivo de entender melhor a toxicidade das nanopartículas de prata biogênicas, estas foram preparadas utilizando a rota biotecnológica e extracelular com o fungo Fusarium oxysporum. As nanopartículas de prata biogênicas foram caracterizadas por microscopia eletrônica de transmissão (TEM) e absorbância na região do UV/Visível. O tamanho das nanopartículas foi determinado pela a técnica de análise de rastreamento de nanopartículas (NTA) utilizando o equipamento NanoSight, e por espectroscopia de correlação de fótons utilizando o equipamento ZetaSizer. O potencial zeta das partículas também foi avaliado no ZetaSizer. A atividade antimicrobiana, a citotoxicidade e os mecanismos de ação das nanopartículas de prata biogênicas em células V79 também foram investigados. A produção de nanopartículas de prata foi evidenciada pela presença da banda de absorção de plasma ('lâmbda' = 450 nm) e por TEM sendo observadas partículas esféricas com o tamanho de 15-22 nm. A atividade antibacteriana e antifúngica das nanopartículas de prata foi avaliada contra Staphylococcus aureus (MIC 1,47 µg mL-1), Salmonella typhymurium (MIC 0,36 µg mL-1), Escherichia coli (MIC 0,73 µg mL-1), Aspergillus niger (MIC 5,90 µg mL-1) e Trichophytum rubrum (MIC 2...