Página 1 dos resultados de 11594 itens digitais encontrados em 0.028 segundos

Aplicação da microscopia confocal ao estudo de fibras de E. globulus - medição das dimensões transversais

Ferreira, P. J.; Sousa, M. N.; Vaz, M. H.; Figueiredo, M. M.
Fonte: ABTCP - Associação Brasileira Técnica de Celulose e Papel Publicador: ABTCP - Associação Brasileira Técnica de Celulose e Papel
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
36.791228%
Este trabalho faz parte de um estudo mais amplo que envolve a determinação, por microscopia confocal, das dimensões de fibras de pastas de E. globulus, cultivado em Portugal. Em particular, nesta publicação é abordada a implementação e aplicabilidade da referida técnica, sendo apresentados os resultados relativos a duas pastas produzidas em condições de cozimento laboratorial significativamente distintas, analisadas antes e após a refinação. Resultados esses que são confrontados com os de microscopia convencional. Este estudo confirma que a microscopia confocal é uma técnica confiável que permite recolher muito mais informação sobre a secção recta das fibras do que a microscopia ótica directa, e que é também mais adequada do que esta para detectar eventuais modificações estruturais associadas ś diferentes fases e condições do processo de fabricação da pasta e do papel. Em paralelo, verifica-se igualmente que, ao contrário das técnicas clássicas se seccionamento real das fibras, a microscopia confocal permite efectuar medições mais simples e rápidas, sem danificar a estrutura transversal das fibras.

Estudo da mucosa da língua e da superficie de interface epitélio-tecido conjuntivo da preguiça-de-coleira (Bradypus torquatus, Iliger, 1811), empregando os métodos de microscopia de luz e eletrônica de varredura; Study of the lingual mucosa and surface of interface epithelium-connective tissue of the maned sloth (Bradypus torquatus, Iliger, 1811), employing light and scanning electron microscopy methods

Benetti, Edson José
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 21/12/2005 PT
Relevância na Pesquisa
36.758462%
Estudo das superfícies dorsal e ventral da língua e da superfície de interface epitélio-tecido conjuntivo de Bradypus torquatus, foi realizado empregando-se os métodos de microscopia de luz e microscopia eletrônica de varredura. As línguas de Bradypus torquatus foram removidas, dissecadas e seccionadas em 3 partes: rostral, média e caudal e tratadas pelos métodos de microscopia de luz e eletrônica de varredura. Os resultados revelaram que a língua apresenta um ápice arredondado, um corpo e uma raiz. A mucosa dorsal mostra três tipos de papilas linguais: filiformes, fungiformes e vaIadas e uma superfície inferior lisa. Histologicamente, observou-se que a superfície dorsal da língua contém as papilas filiformes, fungiformes e vaIadas, distribuídas nas regiões rostral, média e caudal. A camada epitelial é de espessura variável e possui os estratos basal, espinhosa, granular e córnea, mostrando as células epiteliais. A lâmina própria é caracterizada por um tecido conjuntivo denso formando as projeções papilares longas, curtas e arredondadas. As imagens tridimensionais obtidas pela microscopia eletrônica de varredura, mostraram numerosas papilas filiformes localizadas essencialmente nas regiões rostral e média. Poucas papilas fungiformes estão presentes na superfície dorsal da língua...

Estudo do comportamento de corrosão dos intermetálicos presentes na liga AA 2024-T3, por meio de técnicas de microscopia associada a técnicas eletroquímicas; INVESTIGATION ON THE CORROSION BEHAVIOUR OF THE INTERMETALLICS IN THE AA 2024-T3 ALLOY BY MICROSCOPY ASSOCIATED TO ELECTROCHEMICAL TECHNIQUES.

Queiroz, Fernanda Martins
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 02/09/2008 PT
Relevância na Pesquisa
36.758462%
A liga de alumínio AA2024-T3, amplamente utilizada na indústria aeroespacial, apresenta elevada resistência mecânica conferida pela adição de elementos de liga, principalmente o Cu, que formam precipitados finamente distribuídos e coerentes com a matriz, durante o processo de envelhecimento controlado. No entanto, durante este processo, também se formam intermetálicos (IMs) maiores com composição e atividade eletroquímica diferentes da matriz, tornando a liga altamente suscetível a processos de corrosão localizada. A literatura apresenta diversos trabalhos sobre o estudo da corrosão da AA2024-T3 associada à presença dos IMs, porém, o tema ainda é bastante controverso, e muitos aspectos precisam ser estudados com mais detalhes ou mesmo ainda desvendados. Nos últimos anos, técnicas de microscopia de alta resolução, como a microscopia eletrônica de transmissão (TEM) e microscopia eletrônica de varredura (MEV), associadas à espectroscopia por energia dispersiva de raios X (EDS) e a microscopia de força atômica (AFM) bem como técnicas eletroquímicas convencionais e localizadas têm auxiliado nestas pesquisas. Na presente tese serão apresentados os resultados dos estudos realizados sobre a corrosão da liga AA 2024-T3 em soluções de cloreto de baixa concentração. A investigação foi realizada aliando as técnicas de caracterização anteriormente descritas com técnicas eletroquímicas tradicionais: acompanhamento do potencial de circuito aberto (OCP) com o tempo...

Estudo da estrutura da glândula pineal humana empregando métodos de microscopia de luz, microscopia eletrônica de varredura, microscopia de varredura por espectrometria de raio-X e difração de raio-X.; A study of human pineal gland structure, using optic microscopy, scanning eletron microscopy, x-ray spectrometry. scanning microscopy and x-ray difraction.

Oliveira, Sérgio Felipe de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 03/06/1998 PT
Relevância na Pesquisa
36.817568%
Estruturas da glândula pineal humana foram estudadas empregando os métodos de microscopia de luz, microscopia eletrônica de varredura, microscopia de varredura por espectrometria de raio-x e difração de raio-x. As peças para microscopia de luz foram fixadas em solução de formalina a 10% durante 48h e incluídas em parafina. Para a microscopia eletrônica de varredura, as peças foram fixadas em solução de Karnovsky modificada, sendo que parte das peças foram fraturadas em nitrogênio líquido para o exame das características internas do corpo píneal. Os resultados evidenciaram que o corpo píneal apresenta formações calcáreas distribuídas no interior do tecido conjuntivo. As formações calcáreas possuem tamanhos e formas diferentes. As estruturas calcáreas apresentam uma cápsula constituída pelo tecido conjuntivo. Na porção interna, a estrutura calcárea é constituída por uma série de !ameias concêntricas, com porosidade de aspecto amorfo. Evidenciou-se pela análise de difração de raio-x, a estrutura cristalina formada pelos átomos de vários elementos que compõem a formação calc área .; The structure of human pineal gland was studied by optic microscopy, scanning eletromicroscopy, spectrometer x-ray scanning eletron microscopy with energy dispersion (EDS). The tissues to analysis by optic microscopy were fixed in formalin at 1O % during 48 h and put in parffin. For S.E.M....

Análise histopatológica de lesões leucoqueratósicas da mucosa oral avaliadas pelos exames de luminescência, cromoscopia e microscopia confocal reflectante; Histological analysis identified and assessed by tests of luminescence, chromoendoscopy and confocal reflectance leukokeratosis lesions

Bezerra, Ana Patricia Carneiro Gonçalves
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 12/08/2014 PT
Relevância na Pesquisa
36.758462%
O câncer de mucosa oral é um problema de saúde pública, com maior incidência em homens acima de 50 anos. Uma das manifestações clínicas mais precoces do câncer da mucosa oral são as lesões leucoqueratósica. O aspecto clínico não homogêneo e o tamanho maior de 200mm2, em mucosa não queratinizada como a do assoalho da boca e ventre da língua, são aspectos que implicam na possibilidade de evolução da lesão. A dificuldade do diagnóstico das lesões precoces está na seleção do local a ser biopsiado principalmente frente a lesões extensas e heterogêneas. O objetivo desta pesquisa é avaliar se a utilização do exame clínico juntamente com os métodos auxiliares de diagnóstico das lesões leucoqueratósica da mucosa oral (VELscope®, Azul de toluidina e Solução de lugol) contribui para uma maior precisão do diagnóstico de displasias nestas lesões quando comparado ao histopatológico. E, identificar os padrões morfológicos destas lesões quando avaliadas por meio da microscopia confocal reflectante. Foram selecionados 30 pacientes, maiores de 18 anos, portadores de lesão clínica compatível com leucoplasia oral triados no ambulatório da disciplina de Estomatologia Clínica da Faculdade de Odontologia da Universidade de São Paulo e que precisavam ser submetidos à biópsia para o estabelecimento do diagnóstico final. Foram realizados os testes de Azul de Toluidina...

Microscopia confocal a laser na avaliação in vivo da gengivite descamativa: padrões no penfigóide das membranas mucosas, pênfigo vulgar e líquen plano oral; Confocal microscopy in the in vivo evaluation of desquamative gingivitis: patterns in mucous membrane pemphigoid, pemphigus vulgaris and oral lichen planus

Cesar, Sabrina Sisto Alessi
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 09/04/2015 PT
Relevância na Pesquisa
36.817568%
Introdução: Gengivite descamativa (GD) se refere a uma manifestação clínica associada com diversas doenças mucocutâneas. Suas causas mais comuns são penfigóide das membranas mucosas (PMM), pênfigo vulgar (PV) e líquen plano oral (LP). A diagnose específica é melhor estabelecida através de avaliação histopatológica e de imunofluorescência. Objetivos: Examinar casos de gengivite descamativa utilizando microscopia confocal a laser e comparar os achados com aqueles encontrados na gengiva normal. Além disso, comparar os achados de microscopia confocal da gengivite descamativa com os da histopatologia convencional das lesões biopsiadas a fim de estabelecer critérios para este método diagnóstico não invasivo. Método: Doentes com manifestações clínicas de gengivite descamativa foram incluídos, totalizando quarenta e três casos. A microscopia confocal foi realizada na gengiva de um indivíduo saudável e nas lesões gengivais. Todas as lesões sem exame histopatológico prévio foram biopsiadas a fim de permitir uma correlação entre a microscopia confocal e a histopatologia. Resultados: O exame de microscopia confocal das lesões suspeitas de penfigóide das membranas mucosas revelou uma separação ao nível da junção dermo-epidérmica...

Estudo de técnicas de microscopia para caracterização estrutural de heteroestruturas semicondutoras; Microscopy techniques applied to semiconductor heterostructures structural characterization

Rodrigues, Sergio Gasques
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 30/10/1997 PT
Relevância na Pesquisa
36.817568%
Este trabalho tem como objetivo principal, o estudo de técnicas de microscopia para a caracterização estrutural de semicondutores, visando o desenvolvimento das técnicas de preparação de amostras, visto que a caracterização estrutural é de suma importância para a obtenção de melhores resultados no processo de produção de filmes de semicondutores do grupo III-V. Dentre as técnicas mais utilizadas na caracterização estrutural, destacam-se as técnicas de microscopia eletrônica de varredura e de transmissão, juntamente com a microscopia de força atômica. Foram utilizadas amostras semicondutoras de InGaAs/GaAs e InAs/GaAs, crescidas pela técnica de MBE (epitaxia por feixe molecular), contendo pontos quânticos, estruturas estas ricas em detalhes. Tais amostras foram preparadas e caracterizadas em cada uma das técnicas em estudo. A microscopia de varredura e de força atômica apresentam fácil preparação. Os resultados obtidos, porém mostram que a técnica de microscopia eletrônica de varredura não oferece resolução suficiente para visualização das heteroestruturas; já a técnica de microscopia de força atômica mostra resultados excelentes da topografia dos pontos quânticos. Para a microscopia de transmissão a preparação de amostras mostra-se muito difícil e demorada...

Potencialidades da microscopia eletrônica (transmissão e varredura) e microscopia confocal como ferramentas para análises de amostras biológicas

Ramos, Thaniele Müller
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.758462%
Os microscópios eletrônicos de transmissão (MET), varredura (MEV) e o microscópio confocal (MC) são importantes ferramentas para a pesquisa com amostras biológicas. O MET possui o maior poder de resolução entre os microscópios utilizados neste trabalho. Sua principal vantagem é a capacidade de analisar o interior da amostra, a ultraestrutura subcelular. O MEV geralmente é utilizado para observar a superfície das amostras. Possui poder de alta resolução e de grande profundidade de foco, resultando em imagens tridimensionais. O MC é um equipamento que combina princípios da óptica com microscopia digital, possibilitando regulagens extremamente precisas no foco e na capacidade de ampliação. Nele é possível determinar colocalização de estruturas e obter imagens tridimensionais, bem como realizar ensaios in vivo. Este trabalho teve por objetivo descrever e comparar o resultado da análise de uma mesma amostra biológica por MET, MEV e MC. Foram utilizadas culturas de células-tronco mesenquimais humanas derivadas de tecido adiposo, indiferenciadas e diferenciadas para adipócitos como modelo amostral. Por microscopia eletrônica de transmissão foi possível realizar a análise ultraestrutural da célula, observando a presença...

Papilomatose laríngea: análise morfológica pela microscopia de luz e eletrônica do HPV-6

Martins, Regina Helena Garcia; Dias, Norimar H.; Gregório, Elisa Aparecida; Marques, Mariângela Alencar; Silva, Márcia Guimarães da; Candeias, João Manuel Grisi
Fonte: ABORL-CCF Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial Publicador: ABORL-CCF Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 539-543
POR
Relevância na Pesquisa
36.791228%
Papilomatose laríngea é neoplasia benigna mais freqüente nas crianças, causada pelo HPV, principalmente subtipos 6 e 11 e caracteriza-se pela presença de lesões proliferativas exofíticas e recidivantes sobre a mucosa das vias aérea, em especial na laringe. Forma de Estudo: Clínico prospectivo. OBJETIVOS: Demonstrar alterações epiteliais morfológicas (pela microscopia de luz e eletrônica) em lesões papilíferas casadas pelo HPV-6. MATERIAL E MÉTODOS: Fragmentos de lesões de papilomatose laríngea, colhidos durante procedimento cirúrgico de quatro crianças (1 masculino, 3 femininas), foram submetidos à tipagem do HPV (por método de PCR), análise pela microscopia de luz e microscopia eletrônica (varredura e transmissão). RESULTADOS: Na tipagem, todos os papilomas eram do subtipo 6. A microscopia de varredura identificou projeções epiteliais de vários tamanhos, com células superficiais em descamação. A microscopia de luz demonstrou lesões exofíticas, revestidas por epitélio hiperplásico com coilócitos e binucleações, característicos do HPV. A membrana basal e o córion adjacente estavam íntegros. À microscopia eletrônica de transmissão identificou-se vacuolização perinuclear e alargamento das junções intercelulares. CONCLUSÕES: As alterações morfológicas apresentadas pelo HPV-6 demonstram o caráter não-invasivo da lesão...

Identificação humana em vitimas de carbonização : analise odonto-legal atraves da microscopia eletronica

Rodolfo Francisco Haltenhoff Melani
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 03/12/1998 PT
Relevância na Pesquisa
36.758462%
Objetivo. Propomos estudar as reações e alterações dos tecidos e restaurações em amálgama de prata, frente ao calor, em temperaturas de 2000 c, 400°C e 600°C, através da microscopia eletrônica de varredura, comparando os dados obtidos com a análise dos.fenômenos ocorridos nos dentes de uma vítima de carbonização. Material e Métodos. Foram estudadas, atrav.és da microscopia eletrônica, 28 estruturas dentais (corpos de prova), submetidas às seguintes temperaturas: 200°c, 400°C e 600°C. E mais 12, originários de perícia de identificação em vítima de carbonização. Todos os dentes e restaurações de amálgama foram, então, observados através da microscopia eletrônica de varredura em aumentos variando entre 20 e 2.000 vezes.Resultados.Macroscopicamente, os elementos dentários apresentaram alterações da coloração e aparecimento de trincas superficiais, à medida do aumento da temperatura. O estudo, através da microscopia eletrônica de varredura, mostrou que a uma temperatura de 200°C apareceram rachaduras no esmalte e cemento, aumentando em número à medida que a temperatura se elevava. Acima de 400°C, o esmalte (capuz), destacou-se da dentina, que apresentou sua superfície levemente desarranjada. Os quadros de rachaduras e desarranjos do amálgama multiplicaram-se com o aumento da temperatura. A 400°C...

Utilização de metodos avançados de microscopia e analise sensorial para detecção de fraudes em cafe torrado e moido

Amboni, Renata Dias de Mello Castanho
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: xv, 108f.| il., tabs., anexos
Relevância na Pesquisa
36.758462%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciencias Agrarias; Atualmente a detecção de fraudes em café em pó é realizada por microscopia ótica. Assim, foram propostos métodos mais rápidos e eficientes de microscopia e análise sensorial. Para as análises microscópicas, comparou-se café puro com café fraudado com 2,5, 5 e 10% de centeio, cevada, milho e trigo. Para análise sensorial, comparou-se o café puro com café fraudado com 20,30 e 40% dos mesmos cereais. O painel sensorial formado por seis julgadores foi selecionado após intensivo treinamento. Em todas as análises de microscopia de fluorescência e eletrônica de varredura (SEM) de café fraudado, detectou-se, imediatamente, a presença de amido, o que não ocorreu na microscopia ótica. Entretanto, a detecção de fraudes por SEM não é tão óbvia e rápida quanto pela microscopia de fluorescência. Através das avaliações organoléticas das bebidas de café e dos cereais, observou-se que a amostra mais semelhante ao café é a cevada. A análise estatística dos testes sensoriais mostrou que o centeio e o milho apresentaram maiores diferenças significativas em relação ao café puro. Todos os adulterantes foram percebidos em concentrações superiores a 20%...

Contribuição da Microscopia Confocal In Vivo para o Diagnóstico e Follow-Up de Neoplasias Conjuntivais Intraepiteliais

Vieira, L; Martins, M; Santos, A; Anjos, R; Maduro, V
Fonte: Sociedade Portuguesa de Oftalmologia Publicador: Sociedade Portuguesa de Oftalmologia
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2014 POR
Relevância na Pesquisa
36.791228%
Objectivo: Analisar o contributo da microscopia confocal in vivo para o diagnóstico efollow-up de neoplasias conjuntivais intraepiteliais. Métodos: Avaliámos 5 doentes com neoplasia conjuntival intraepitelial unilateral com o Heidelberg Retina Tomograph II, Rostock Cornea Module. Três doentes foram submetidos a excisão com crioterapia adjuvante, um doente a excisão com crioterapia adjuvante e ciclos de IFN-a2b e um doente a excisão simples e ciclos de IFN-a2b. As imagens de microscopia confocal foram comparadas com a histologia das mesmas lesões. 0 follow-up clínico, através de fotografias do segmento anterior, foi comparado com os achados da microscopia confocal. Resultados: Três dos doentes foram identificados histologicamente como neoplasia intraepitelial de alto grau e dois como carcinoma in situ. As características histológicas descritas correlacionam- se bem com as visíveis à microscopia confocal: alteração da estrutura do epitélio com acantose, disqueratose, pleomorfismo celular, aumento da refletibilidade celular e nuclear, com relação núcleo/citoplasma aumentada e por vezes binucleação. A lesão é bem delimitada e os plexos nervosos sob a lesão não são visíveis. A microscopia confocal identificou uma recidiva e demonstrou-se útil na monitorização da resposta ao tratamento. Conclusão: A microscopia confocal ill vivo pode ter um papel importante não só no diagnóstico inicial como também na deteção de recidivas e na avaliação da resposta ao tratamento...

Contribuição da Microscopia Confocal In Vivo para o Diagnóstico e Follow-Up de Neoplasias Conjuntivais Intraepiteliais

Vieira, L; Martins, M; Santos, A; Anjos, R; Maduro, V
Fonte: Sociedade Portuguesa de Oftalmologia Publicador: Sociedade Portuguesa de Oftalmologia
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2014 POR
Relevância na Pesquisa
36.791228%
Objectivo: Analisar o contributo da microscopia confocal in vivo para o diagnóstico efollow-up de neoplasias conjuntivais intraepiteliais. Métodos: Avaliámos 5 doentes com neoplasia conjuntival intraepitelial unilateral com o Heidelberg Retina Tomograph II, Rostock Cornea Module. Três doentes foram submetidos a excisão com crioterapia adjuvante, um doente a excisão com crioterapia adjuvante e ciclos de IFN-a2b e um doente a excisão simples e ciclos de IFN-a2b. As imagens de microscopia confocal foram comparadas com a histologia das mesmas lesões. 0 follow-up clínico, através de fotografias do segmento anterior, foi comparado com os achados da microscopia confocal. Resultados: Três dos doentes foram identificados histologicamente como neoplasia intraepitelial de alto grau e dois como carcinoma in situ. As características histológicas descritas correlacionam- se bem com as visíveis à microscopia confocal: alteração da estrutura do epitélio com acantose, disqueratose, pleomorfismo celular, aumento da refletibilidade celular e nuclear, com relação núcleo/citoplasma aumentada e por vezes binucleação. A lesão é bem delimitada e os plexos nervosos sob a lesão não são visíveis. A microscopia confocal identificou uma recidiva e demonstrou-se útil na monitorização da resposta ao tratamento. Conclusão: A microscopia confocal ill vivo pode ter um papel importante não só no diagnóstico inicial como também na deteção de recidivas e na avaliação da resposta ao tratamento...

Papilomatose laríngea: análise morfológica pela microscopia de luz e eletrônica do HPV-6

Martins,Regina Helena Garcia; Dias,Norimar H.; Gregório,Elisa Aparecida; Marques,Mariângela Alencar; Silva,Márcia Guimarães da; Candeias,João Manuel Grisi
Fonte: ABORL-CCF Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial Publicador: ABORL-CCF Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2008 PT
Relevância na Pesquisa
36.791228%
Papilomatose laríngea é neoplasia benigna mais freqüente nas crianças, causada pelo HPV, principalmente subtipos 6 e 11 e caracteriza-se pela presença de lesões proliferativas exofíticas e recidivantes sobre a mucosa das vias aérea, em especial na laringe. Forma de Estudo: Clínico prospectivo. OBJETIVOS: Demonstrar alterações epiteliais morfológicas (pela microscopia de luz e eletrônica) em lesões papilíferas casadas pelo HPV-6. MATERIAL E MÉTODOS: Fragmentos de lesões de papilomatose laríngea, colhidos durante procedimento cirúrgico de quatro crianças (1 masculino, 3 femininas), foram submetidos à tipagem do HPV (por método de PCR), análise pela microscopia de luz e microscopia eletrônica (varredura e transmissão). RESULTADOS: Na tipagem, todos os papilomas eram do subtipo 6. A microscopia de varredura identificou projeções epiteliais de vários tamanhos, com células superficiais em descamação. A microscopia de luz demonstrou lesões exofíticas, revestidas por epitélio hiperplásico com coilócitos e binucleações, característicos do HPV. A membrana basal e o córion adjacente estavam íntegros. À microscopia eletrônica de transmissão identificou-se vacuolização perinuclear e alargamento das junções intercelulares. CONCLUSÕES: As alterações morfológicas apresentadas pelo HPV-6 demonstram o caráter não-invasivo da lesão...

Utilização de microscopia eletrônica de varredura para detecção de fraudes em café torrado e moído

AMBONI,Renata D. de Mello Castanho; FRANCISCO,Alícia DE; TEIXEIRA,Evanilda
Fonte: Sociedade Brasileira de Ciência e Tecnologia de Alimentos Publicador: Sociedade Brasileira de Ciência e Tecnologia de Alimentos
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/1999 PT
Relevância na Pesquisa
36.791228%
Atualmente a detecção de fraudes em café em pó, desengordurado e tamizado, é realizada por microscopia ótica. Assim, propõe-se um método alternativo de microscopia, mais rápido e eficiente do que o usado atualmente para a detecção de fraudes amiláceas em café torrado e moído: a microscopia eletrônica de varredura. Comparou-se café puro com café fraudado com 2,5, 5 e 10% de centeio, cevada, milho e trigo. Em todas as análises de microscopia eletrônica de varredura (SEM) de café fraudado, detectou-se, facilmente, a presença de amido, o que não ocorreu na microscopia ótica. Sugere-se o uso de microscopia eletrônica de varredura como um método para a identificação de cereais como adulterantes em café.

Microscopia de varredura por força: uma ferramenta poderosa no estudo de polímeros

Herrmann,Paulo S. P; Silva,Marcelo A. P. da; Bernardes Fº,Rubens; Job,Aldo E; Colnago,Luiz A; Frommer,Jane E; Mattoso,Luiz H.C
Fonte: Associação Brasileira de Polímeros Publicador: Associação Brasileira de Polímeros
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/1997 PT
Relevância na Pesquisa
36.758462%
As técnicas de microscopia de varredura por força tem promovido um grande impacto em ciência dos materiais devido a possibilidade de obtenção de imagens em escala que pode chegar no nível atômico. Neste trabalho serão apresentados o princípio básico de funcionamento da microscopia de varredura por força, os vários modos de operação e as forças envolvidas e medidas. O potencial de aplicação destas técnicas no estudo de materiais, e em particular de polímeros, serão discutidos. Uma comparação da microscopia de força atômica com outras técnicas de microscopia será apresentada, assim como exemplos da utilização da técnica de microscopia de força atômica para o estudo de polímeros.

Angioarquitetura de carcinoma de células escamosas, quimicamente induzido em bolsa jugal de hamster: análise em microscopia de luz e microscopia eletrônica de varredura de réplicas vasculares

Oliveira, Laura Beatriz Oliveira de
Fonte: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre Publicador: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre
Tipo: Tese de Doutorado
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
36.758462%
O câncer da cavidade bucal e o câncer orofaríngeo representam o 6º tipo mais comum de câncer no mundo, sendo que 90% desses tumores bucais são do tipo carcinoma de células escamosas. Para que ocorra o estabelecimento, a expansão e a metastatização de neoplasias é fundamental que tumores estimulem a produção de sua própria rede vascular, processo conhecido como angiogênese tumoral. Assim, o resultado é uma nova rede de vasos adequada ao crescimento e a viabilização de metástases. Os vasos do tumor são considerados como imaturos e diferem dos vasos normais, apresentando formas tortuosas, irregulares, revestidos por células endoteliais amplamente fenestradas e muitas vezes com ausência de membrana basal. Os objetivos deste trabalho foram: definir um protocolo para estudo da angioarquitetura em réplicas vasculares de tumores quimicamente induzidos na bolsa jugal de hamster sírio dourado Mesocricetus auratus, descrever a histologia do órgão normal por microscopia de luz (ML) e a angioarquitetura por microscopia eletrônica de varredura (MEV), analisar qualitativamente a rede vascular neoformada em bolsas jugais de hamster sírios após indução química de tumor em três tempos diferentes. 24 hamsters sírios machos e com cinco semanas de vida...

Desarrollo de un sistema combinado de microscopía óptica y microscopía de fuerzas.

López Elvira, Elena
Fonte: Universidade de Múrcia Publicador: Universidade de Múrcia
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
SPA
Relevância na Pesquisa
36.839207%
En este trabajo se ha desarrollado un microscopio de fuerzas (SFM) provisto de microscopía electrostática (ESFM) y microscopía Kelvin (KPM) especialmente diseñado para integrarse en un microscopio óptico invertido de forma que combine simultáneamente las técnicas de campo cercano con las técnicas ópticas. Tras una introducción (capítulo 1) y la descripción de las técnicas experimentales (capítulo 2), se detallan las características del diseño de un primer prototipo, así como las medidas realizadas con él con el fin de comprobar su correcto funcionamiento (capítulo 3). El capítulo 4 muestra el diseño de un segundo prototipo con las mejoras que incorpora respecto al primero, que lo convierten en un sistema más completo, versátil y fácil de manejar. También figuran las medidas realizadas con él. El capítulo 5 muestra un estudio de fotodegradación en polímeros conductores en función de la radiación incidente, combinando microscopía electrostática y Kelvin con técnicas ópticas. Palabras clave Microscopía de Fuerzas (SFM) Microscopía óptica Microscopía Electrostática (ESFM) Microscopía Kelvin (KPM) Polímeros conductores Abstract In this work we have developed an Scanning Force Microscope (SFM) equipped with Electrostatic and Kelvin Probe Microscopy (ESFM...

Coloraciones histológicas vs microscopia electrónica de transmision para detección de Biopeliculas en pacientes con Rinosinusitis Crónica en el Hospital Universitario de la Samaritana en el año 2011

Reyes Gelves, Camilo Andres; Gutierrez Guauque, Omar Alberto; Andrade Perez, Rafael Enrique; Contreras Villa, Dimas Dennis
Fonte: Facultad de medicina Publicador: Facultad de medicina
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
Publicado em 03/09/2013 SPA
Relevância na Pesquisa
36.817568%
Objetivo: Determinar la concordancia entre microscopia de luz vs microscopia electrónica de transmisión para la detección de Biopeliculas en pacientes con Rinosinusitis Crónica Diseño: Estudio de concordancia. Materiales y Métodos: Analizamos 34 muestras de pacientes llevados a Cirugía Endoscópica Funcional por Rinosinusitis Crónica. Fueron procesadas para valoración mediante microscopia de luz usando Hematoxilina-Eosina, Gram, Acido Peryódico de Schiff, Giemsa y Microscopia Electrónica de Transmisión (MET). Resultados: No se identificaron Biopelícula en ninguna de las muestras analizadas bajo Microscopía Electrónica de Transmisión (MET), estos resultados son concordantes con los resultados obtenidos con las coloraciones histológicas Hematoxilina-Eosina (H-E), Gram, Giemsa y Acido Peryódico de Schiff (PAS), mostrando una concordancia absoluta con test de Kappa para resultados negativos del 100%. Conclusión: Existe una alta concordancia entre los hallazgos observados entre la MET y la Microscopia de luz para los resultados negativos; Hospital Universitario de la Samaritana; Objectives: Determine the concordance between light microscopy vs transmission electron microscopy for the detection of Biofilms in patients with Chronic Rhinosinusitis Materials and Methods: We analyzed 34 samples of patients who underwent Functional Endoscopic Surgery for Chronic Rhinosinusitis. These were processed for evaluation by light microscopy using Hematoxylin-Eosin...

Contribuição do estudo dos cabelos com microscopia de luz polarizada ao diagnóstico diferencial das síndromes de Chédiak-Higashi and Grisceli-Prunieras; Polarized light microscopy of hair shafts aids in the differential diagnosis of Chédiak-Higashi and Griscelli-Prunieras syndromes

Valente, Neusa Y.S.; Machado, Maria Cecilia M.R.; Boggio, Paula; Alves, Ana Cristina F.; Bergonse, Fabiane N.; Casella, Erasmo; Vasconcelos, Dewton Moraes; Grumach, Anete S.; Oliveira, Zilda N.P. de
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/08/2006 ENG
Relevância na Pesquisa
36.839207%
OBJETIVO: Estudar e comparar o aspecto dos cabelos de portadores das síndromes de Chédiak-Higashi e Griscelli-Prunieras, tanto na microscopia óptica convencional quanto com luz polarizada. MÉTODO: Cabelos de dois doentes portadores da síndrome de Chédiak-Higashi e de dois portadores da síndrome de Griscelli-Prunieras foram obtidos e estudados tanto à microscopia convencional quanto com luz polarizada. RESULTADOS: Na microscopia óptica convencional, os cabelos dos doentes portadores da síndrome de Chédiak-Higashi mostraram grânulos de melanina regulares, com distribuição homogênea e de maior tamanho em comparação aos presentes no cabelo normal. À microscopia de luz polarizada notou-se aspecto brilhante e refringência policromática. Diferentemente, os cabelos dos doentes portadores da síndrome de Griscelli-Prunieras apresentaram à microscopia convencional, grânulos de melanina irregulares e maiores do que os presentes no cabelo normal e os presentes nos cabelos dos doentes portadores da síndrome de Chédiak-Higashi, preferencialmente próximos à medula das hastes pilosas. À microscopia de luz polarizada apresentaram aspecto monotonamente esbranquiçado. CONCLUSÃO: O exame dos cabelos pela microscopia convencional nas síndromes de Chédiak-Higashi e Griscelli-Prunieras revela diferenças sutis no reconhecimento dessas doenças. No presente trabalho apresentamos evidência de que o exame das hastes pilosas com microscopia de luz polarizada - não descrito previamente - contribui na diferenciação de ambas doenças sugerindo que esse seja um método diagnóstico útil na distinção entre as síndromes de Chédiak-Higashi e Griscelli Prunieras...