Página 1 dos resultados de 16813 itens digitais encontrados em 0.004 segundos

Heavy metals in water, sediment and tissues of Liza saliens from Esmoriz-Paramos lagoon, Portugal.

Fernandes, Conceição; Fontaínhas-Fernandes, A.; Cabral, David; Salgado, Maria Antónia
Fonte: Springer Publicador: Springer
Tipo: Artigo de Revista Científica
ENG
Relevância na Pesquisa
354.5735%
http://apps.isiknowledge.com/full_record.do?product=UA&search_mode=GeneralSearch&qid=5&SID=T2n6@BOd@6lKkDK3EB3&page=1&doc=1&colname=WOS; Esmoriz–Paramos lagoon is an ecosystem of great ecological importance that is located on the northwest coast of Portugal and has been degraded as a result of industrial and anthropogenic activities. Concentrations of heavy metals (Cr, Cu, Pb and Zn) were measured in water, sediment and in tissues (liver and muscle) of Liza saliens, which is the dominant fish from the lagoon. Comparisons between metal concentrations in water and sediments were made with those in tissues of fish caught at the lagoon. Metals in water were quantified predominantly bound to particulate and equalled or exceeded the limit of chronic reference values. Metal concentrations in sediments varied among sampled sites. The relative order of concentrations was “Zn>Cu∼Pb>Cr” the same pattern observed for metals in water. Metals in fish tissues showed higher concentrations in liver (262 mg Cu·Kg−1 and 89 mg Zn·Kg−1) than in muscle (<3 mg Cu·Kg−1 and 26 mg Zn·Kg−1), while Pb and Cr were not detected. These results suggest that Cu and Zn are the metals of major concern in the lagoon. Mullet detritivorous feeding habits...

Combined SEM/AVS and attenuation of concentration models for the assessment of bioavailability and mobility of metals in sediments of Sepetiba Bay (SE Brazil)

Ribeiro, Andreza Portella; Figueiredo, Ana Maria Graciano; Santos, José Osman dos; Dantas, Elizabeth; Cotrim, Marycel Elena Barboza; Figueira, Rubens Cesar Lopes; Silva Filho, Emmanoel V.; Wasserman, Julio Cesar
Fonte: London Publicador: London
Tipo: Artigo de Revista Científica
ENG
Relevância na Pesquisa
353.78258%
This study proposes a new methodology to study contamination, bioavailability and mobility of metals (Cd, Cu, Ni, Pb, and Zn) using chemical and geostatistics approaches in marine sediments of Sepetiba Bay (SE Brazil). The chemical model of SEM (simultaneously extracted metals)/AVS (acid volatile sulfides) ratio uses a technique of cold acid extraction of metals to evaluate their bioavailability, and the geostatistical model of attenuation of concentrations estimates the mobility of metals. By coupling the two it was observed that Sepetiba Port, the urban area of Sepetiba and the riverine discharges may constitute potential sources of metals to Sepetiba Bay. The metals are concentrated in the NE area of the bay, where they tend to have their lowest mobility, as shown by the attenuation model, and are not bioavailable, as they tend to associate with sulfide and organic matter originated in the mangrove forests of nearby Guaratiba area.; CNPq - 305241/2003-6

Bases técnico - científicas para a derivação de valores-guias de qualidade de sedimentos para metais: experimentos de campo e laboratório ; Technical - scientific basis for the derivation of values-guides of quality of sediments for metals: field and laboratory experiments

Silverio, Patrícia Ferreira
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 11/12/2003 PT
Relevância na Pesquisa
355.76637%
Este trabalho fez parte de um projeto FAPESP (Projeto QualiSed), onde foram envolvidas três instituições paulistas (UFSCar, UNICAMP, CETESB) e que teve como intuito levantar dados para a futura derivação Valores – Guias de Qualidade de Sedimentos (VGQS) para metais e compostos orgânicos xenobióticos. O objetivo específico deste trabalho é o de gerar dados para a derivação de VGQS para metais (Cd, Cu, Pb, Ni e Zn) em cinco represas do Rio Tietê, represas Billings, Rasgão, Barra Bonita, Bariri e Promissão. Os estudos foram direcionados à caracterização biogeoquímica dos sedimentos desses ambientes através das determinações das concentrações dos nutrientes totais e sulfetos volatilizáveis por acidificação (SVA), do estudo da partição de metais entre os sedimentos totais as águas intersticiais, e da determinação da fração de metais associada aos SVA nos sedimentos totais, denominada metais estraidos simultameamente ou MES. Os dados levantados foram interpretados em associação aos resultados da estrutura da comunidade bentônica e testes de toxicidade. Foi realizada também, uma avaliação e identificação da toxicidade (AIT) (do inglês, TIE: Toxicity Identification Evaluation) com sedimentos da Represa de Rasgão. Este procedimento se baseia na toxicidade causada após um esquema de fracionamento e manipulações químicas da matriz para caracterizar (Fase I)...

Caracterização dos níveis basais de concentração de metais nos sedimentos do sistema estuarino da baixada santista; Characterization of background concentrations of metals in sediments of estuarine system of Baixada Santista

Quináglia, Gilson Alves
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 27/11/2006 PT
Relevância na Pesquisa
354.5735%
Neste trabalho foram estabelecidos os níveis basais de concentração de metais nos sedimentos do sistema estuarino da Baixada Santista. O local da área de estudo foi o Canal de Bertioga que apresentou as seguintes concentrações basais: Ag (<1,00 mg.kg-1), Al (27.213 mg.kg-1), As (9,84 mg.kg-1), B (90,1 mg.kg-1), Ba (26,2 mg.kg-1), Be (<0,03 mg.kg-1), Cd (<0,02 mg.kg-1), Co (6,70 mg.kg-1), Cr (27,8 mg.kg-1), Cu (11,0 mg.kg-1), Fe (31.954 mg.kg-1), Hg (<0,02 mg.kg-1), Mn (299 mg.kg-1), Mo (<4,00 mg.kg-1), Ni (11,2 mg.kg-1), Pb (<0,26 mg.kg-1), Sb (<1,10 mg.kg-1), Se (<0,20 mg.kg-1), Sn (<5,00 mg.kg-1), Ti (336 mg.kg-1), Tl (<2,30 mg.kg-1), V (37,3 mg.kg-1) e Zn (63,8 mg.kg-1), onde o As foi o elemento que apresentou concentrações mais elevadas em comparação com a Resolução CONAMA Nº 344/04. No estudo realizado para avaliar a distribuição das concentrações de metais em duas diferentes frações granulométricas (<2,00 mm e <63 µm), mostrou que na maioria dos casos a fração mais fina (<63µm ) incorpora mais metais que a fração total (<2,00 mm) e a fração granulométrica mais adequada para determinação de metais em amostras de sedimentos para a maioria dos estudos ambientais é a fração <2,00 mm. Para avaliar e comparar métodos de solubilização de amostras de sedimentos para determinação de metais por técnicas espectrométricas...

"Dinâmica da matéria orgânica e destino de metais pesados em dois solos submetidos à adição de lodo de esgoto"; "Organic matter dynamics and heavy metals destiny in two sewage sludge addition soils"

Santos, Larissa Macedo dos
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 06/04/2006 PT
Relevância na Pesquisa
355.76637%
Em regiões agrícolas próximas dos grandes centros urbanos e onde há o uso intensivo de recursos naturais, em especial do solo, a reciclagem para fins agrícolas de lodos de esgotos aparece como alternativa promissora. Contudo, a sustentabilidade dessa prática deve ser avaliada, ainda mais se considerado a escassez de informações sobre possíveis impactos ambientais em áreas tropicais. Com esse objetivo esse trabalho avaliou os efeitos da adição de lodo de esgoto em dois solos, Latossolo Vermelho eutroférrico e Latossolo Vermelho distrófico, coletados no 7º ano de um experimento em campo, instalado em 1997 na Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias da Unesp, em Jaboticabal-SP. O lodo de esgoto foi proveniente da Estação de Tratamento de Esgoto da Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo, em Barueri-SP. Para observar os efeitos da adição do lodo de esgoto foram analisados os ácidos húmicos extraídos dos solos utilizando absorção de radiação no UV-Visível, infravermelho com transformada de Fourier, ressonância magnética nuclear, ressonância paramagnética eletrônica, fluorescência e análise elementar. Para a análise do solo intacto utilizou-se a fluorescência induzida por laser...

Bioensaios com metais ('CD', 'CU' e 'ZN') e as alterações em biomarcadores do estresse oxidativo, na glutationa S-transferase e na metalotioneína em brânquias, fígado e rim de Oreochromis niloticus; Bioassays with metals (CD', 'CU' e 'ZN') and alterations in oxidative stress biomarkers in kidney, liver and gills of Oreochromis niloticus

Tonissi, Fabiano Botta
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 11/09/2009 PT
Relevância na Pesquisa
354.5735%
Uma das formas de se quantificar os possíveis efeitos de metais sobre o estado de saúde de organismo é analisar os biomarcadores do estresse oxidativo. Bioensaios foram realizados com a tilápia do Nilo (Oreochromis niloticus) com concentrações de cádmio (4,25 'mü'g/L), cobre (45,0 'mü'g/L ) e zinco (260,0 'mü'g/L). Os peixes foram expostos aos metais separados ('CD', 'CU' e 'ZN'), associados dois a dois ('CD'/'CU', 'CD'/'ZN' e 'CU'/'ZN') e aos três metais juntos ('CD'/'CU'/'ZN'), por doze dias. Foram retiradas amostras de rim, fígado e brânquias para análise de biomarcadores de estresse oxidativo, a superóxido dismutase (SOD), catalase (CAT) e glutationa peroxidase (GPx), o efeito da peroxidação de lipídios (HP), a glutationa S-transferase (GST) e a metalotionéina (MT). Pelos reusltados obtidos constatou-se que, mesmo nas baixas concentrações de exposição aos metais, ocorreram alterações no sitema de defesa antioxidante de O. niloticus. A primeira barreira antioxidante, composta pela SOD, não foi suficiente para barrar os efeitos da exposição aos metais. Em brânquias, onde a ativação desta enzima foi proeminente, formação de HP ocorreu. E, mesmo inicialmente em rim e fígado, tecidos onde ocorreu diminuição da atividade da SOD...

O leite materno e as relações existentes entre as concentrações de metais pesados de diferentes matrizes ambientais; Breast milk and the relationship between the concentrations of heavy metals in different environmental matrices.

Cardoso, Osmar de Oliveira
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 04/02/2011 PT
Relevância na Pesquisa
357.98434%
O aleitamento materno é um instrumento afetuoso que transfere nutrientes, vitaminas e imunidade da mãe para o filho. No entanto, também pode transferir diversos contaminantes ambientais, destacando os metais pesados. Como parte da dieta, as mães ingerem água e alimentos produzidos em suas localidades, podendo através dessas fontes ficarem expostas a metais pesados. Alguns metais pesados são essenciais para o organismo, mas outros de origem antropogênica são deletérios. Os objetivos do trabalho em Conceição das Alagoas, MG, Brasil, foram: avaliar as concentrações dos metais pesados no colostro, leite de transição e leite maduro das lactantes; avaliar as concentrações dos metais pesados na água de abastecimento para essa população; medir e avaliar as concentrações de metais presentes no solo agrícola e hortas do município; verificar se existe uma relação entre as concentrações de metais pesados (Cd, Cr, Cu, Hg, Mn, Ni, Pb, Sn, Zn) encontrados no leite materno, na água para consumo, bem como no solo local. Foram coletadas 29 amostras de leite de doadoras. A coleta do colostro ocorreu até 7 dias depois do parto, a coleta do leite de transição ocorreu até o 14º dia e a coleta do leite maduro ocorreu por volta do 28º dia. Foram coletadas 44 amostras de água de residências das lactantes e em pontos diferentes e aleatórios da cidade. As amostras do solo foram coletadas em 23 pontos...

Estudo dos metais traço (zinco, cádmio e chumbo) em duas regiões do complexo estuarino-lagunar de Cananéia-Iguape(SP) sob diferentes pressões antrópicas; Trace metals study (zinc, cadmin and lead) in two regions of Cananéia-Iguape (SP) estuarine-lagoon system submitted to different anthropic pressures

Maluf, João Carlos Cattini
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 16/10/2009 PT
Relevância na Pesquisa
353.78258%
Os setores sul e norte do complexo estuarino lagunar de Cananéia-Iguape, sujeitos a diferentes pressões antrópicas, foram estudados quanto às características hidrológicas e hidroquímicas das águas de superfície e fundo, com ênfase às concentrações de zinco, cádmio e chumbo dissolvidos. A amostragem contou com coletas espaciais e temporais, em dois períodos sazonais (outono e primavera) de 2007. Os metais estudados foram: o zinco, devido ação tóxica ou como micronutriente, dependendo de sua concentração, o cádmio e o chumbo, considerados sem função biológica positiva conhecida e com alto grau de toxicidade para a biota. A metodologia utilizada na determinação da concentração dos metais traço foi a voltametria por redissolução anódica. No setor sul, a variação da salinidade foi característica de um sistema estuarino não impactado. Os teores dos metais traço encontrados sofreram variação entre 0,040 e 0,509 ?g L-1 para o zinco, 0,001 e 0,024 ?g L-1 para o cádmio e entre 0, 030 e 0,175 ?g L-1 para o chumbo. No setor norte, a variação salinidade mostrou forte influência de água doce. O zinco sofreu variação entre 0,097 e 0,257 ?g L-1, o cádmio entre 0,004 e 0,024 ?g L-1 e o chumbo 0,033 e 0...

Disponibilidade de metais em amostras de fosfogesso e fertilizantes fosfatados utilizados na agricultura; Availability of metals in samples of phosphogypsum and phosphate fertilizers used in agriculture

Bourlegat, Fernanda Melo Le
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 18/08/2010 PT
Relevância na Pesquisa
355.76637%
Os fertilizantes fosfatados produzidos no Brasil são obtidos principalmente pelo processamento por via úmida da rocha fosfática ígnea com ácido sulfúrico concentrado, gerando como produto final o ácido fosfórico e como subproduto o sulfato de cálcio di-hidratado (fosfogesso ou gesso agrícola). Parte do fosfogesso gerado é estocada em pilhas a céu aberto e parte vem sendo utilizada na agricultura como condicionador de solos. Para garantir utilização segura do fosfogesso na agricultura é importante a determinação dos teores de impurezas, em particular os metais, presentes no mesmo. Neste trabalho foram determinadas as concentrações dos metais (As, Ba, Cd, Cr, Co, Cu, Hg, Ni, Pb, Se, Zn e elementos terras raras - ETR) presentes no fosfogesso (FG) e nos fertilizantes superfosfato simples (SSP), superfosfato triplo (TSP), fosfato monoamônio (MAP) e o di-amôniofosfato (DAP) produzidos no Brasil. Os metais Cd, Cu, Ni, Pb e Zn foram determinados de acordo com a metodologia EPA 3052. Os mesmos metais, As e Se também foram determinados de acordo a metodologia EPA 3050B, recomendada pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA). Todos estes metais possuem limites máximos de concentração estabelecidos pelo órgão de meio ambiente estadual...

Distribuição dos metais pesados em sedimentos de fundo na bacia do alto Tietê: Fatores de enriquecimento e Classes de poluição; Distribution of heavy metals in bottom sediments in the basin of upper Tietê: Enrichment factors and Classes of pollution

Moraes, Graziela Meneghel de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 12/08/2011 PT
Relevância na Pesquisa
355.2232%
O Tietê é um importante rio para o estado de São Paulo, pois é considerado de grande potencial econômico, energético e de navegabilidade. A bacia do alto rio Tietê corresponde ao trecho da nascente em Salesópolis até o reservatório de Pirapora, passando pela região metropolitana de São Paulo. Por estar em uma região com grande pressão antrópica, o rio Tietê sofre grandes impactos ambientais associados ao lançamento de efluentes domésticos e industriais. Atualmente, um dos mais sérios problemas na área ambiental está relacionado à poluição química de natureza inorgânica em sedimentos fluviais, principalmente metais pesados. O presente estudo objetivou avaliar a distribuição dos principais metais pesados (Co, Cr, Cu, Zn, Cd, Ni e Pb) presentes nos sedimentos de fundo, em perfis de profundidade, nas estações de amostragem de Ponte Nova, Biritiba, Mogi das Cruzes e Pirapora ao longo da bacia do alto rio Tietê, identificando as ocorrências de origens naturais e antrópicas, levando em consideração diferentes critérios de toxicidade e biodisponibilidade. A determinação da concentração total dos metais de interesse, em perfil de profundidade, obtidas a partir do método da fusão alcalina permitiu avaliar os critérios de toxicidade considerando os valores-guia de qualidade de sedimentos VI...

Valores de referência para metais potencialmente tóxicos em sedimentos e em moluscos filtradores no Rio Ribeira de Iguape; Reference values to potentially toxic metals in sediments and mussels in the River Ribeira de Iguape

Martins, Letícia Manolio de Paula
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 20/06/2012 PT
Relevância na Pesquisa
354.5735%
O alto da Bacia Hidrográfica do Rio Ribeira de Iguape foi submetido a intensa atividade mineira, cujo objeto mineral principal era a obtenção de chumbo (Pb). Durante longo período as condições de explotação foram rudimentares, não havendo controle sobre o impacto ambiental gerado durante as fases de extração e beneficiamento do minério, cujos rejeitos (escória e concentrado) foram lançados por anos diretamente no rio Ribeira de Iguape. Com o propósito de se criar uma indicação clara do comprometimento ambiental ou não da bacia hidrográfica do rio Ribeira de Iguape quanto ao teor dos metais Cd, Pb, Cr, Zn e Cu, este trabalho exibe resultados de valores que podem servir de referência em teor para estes metais. Para tanto, foram coletadas amostras de duas espécies de moluscos bivalves, Anodontites tenebricosus e Corbicula fluminea e de sedimento aluvionar, em uma porção localizada a montante das fontes de contaminação pelas atividades de mineração e fundição. Os moluscos foram coletados por exame tátil do substrato, seus tecidos foram separados das conchas, liofilizados e analisados em espectrômetro de massa (ICP/MS) e em espectrômetro de absorção atômica (AES). Os valores médios foram em sua maioria inferiores aos valores obtidos por outros autores em pontos localizados ao longo do rio Ribeira de Iguape sob a influência das atividades de mineração e fundição. Em relação às amostras de sedimento aluvionar estas foram separadas em duas porções...

Metais-traço em sedimentos do reservatório Paiva Castro (Mairiporã- São Paulo): histórico por meio da geocronologia do 210Pb, biodisponibilidade e uma proposta para a gestão dos recursos hídricos; Trace-metals in Paiva Castro reservoir (Mairiporã-São Paulo) sediments: history through the 210Pb geochronology, bioavaliability and a proposal for water resources management

Silva, Sheila Cardoso da
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 15/03/2013 PT
Relevância na Pesquisa
355.2232%
A contaminação dos ecossistemas aquáticos por metais-traço demanda preocupação já que estes contaminantes podem exercer efeitos tóxicos sobre a biota e aumentar os custos para tratamento da água. Em geral, tais problemas de degradação são decorrentes de uma gestão de recursos hídricos deficiente. Tendo como área de estudo a represa Paiva Casto, reservatório integrante do Sistema Cantareira, maior sistema de abastecimento público da região metropolitana de São Paulo, este trabalho teve o intuito de: investigar o histórico da contaminação por metais-traço (Cd, Cr, Cu, Ni, Pb, Zn, Mn, Al) por meio da geocronologia por 210Pb e indicar um valor de referência para estes; identificar a heterogeneidade espacial destes contaminantes; analisar a biodisponibilidade e com base na possibilidade de adequar etapas do sistema de gestão de recursos hídricos europeu, a Diretiva Quadro da Água (DQA) discutir a qualidade química dos sedimentos da represa em estudo. Foram efetuadas duas coletas em campo, destinadas à avaliação do histórico da contaminação ambiental por metais-traço e à análise da biodisponibilidade por meio da técnica de sulfetos volatilizáveis por acidificação (SVA) e metais simultaneamente extraídos (MES). O histórico da contaminação por metais-traço abrangeu um período de 100 anos e indicou que os maiores impactos na região...

Parâmetros limnológicos, metais e bioagentes patogênicos na Bacia Hidrográfica no Pardo: Avaliação de risco à saúde humana e análise multivariada; Limnological parameters, metals and pathogenic bioagents in the Pardo River Basin: Risk assessment to human health and multivariate analysis

Alves, Renato Igor da Silva
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 30/08/2013 PT
Relevância na Pesquisa
355.2232%
O objetivo do estudo foi avaliar a qualidade da água superficial e sedimento do Rio Pardo, considerando a sazonalidade e as relações entre diferentes parâmetros, e estimar o risco à saúde humana derivado da exposição aos metais. A leitura dos parâmetros limnológicos foi realizada no momento da coleta (in situ). Os metais em água superficial e sedimento foram analisados por Espectroscopia de Emissão Óptica com Plasma Induzido. A análise parasitológica foi realizada pelo método de sedimentação espontânea, e para Cryptosporidium spp. e Giardia spp. foi utilizado o Método Cryptosporidium and Giardia in Water by Filtration/IMS/FA (USEPA 1623). Já a quantificação bacteriana foi realizada por meio da técnica dos Tubos Múltiplos com Substrato Cromogênico. Para a avaliação de risco à saúde humana pela exposição aos metais presentes na água superficial foi considerado um cenário domiciliar, de acordo com o United States Department of Energy (USDOE) e a United States Environmental Protection Agency (USEPA). As técnicas foram realizadas no Laboratório de Ecotoxicologia e Parasitologia Ambiental (LEPA) da Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto / USP, e no Laboratório de Salud Medio Ambiental y Toxicología da Universidad Rovira i Virgili...

Characterization of interactions between natural organic matter and metals by tangential-flow ultrafiltration and ICP OES

Santos,Adilson C.; Romão,Luciane P. C.; Oliveira,Valéria L. de; Santos,Mônica C.; Garcia,Carlos A. B.; Pescara,Igor C.; Zara,Luiz F.
Fonte: Sociedade Brasileira de Química Publicador: Sociedade Brasileira de Química
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2011 EN
Relevância na Pesquisa
355.2232%
Molecular size fractionation of the natural organic matter (NOM) in water samples from the Serra de Itabaiana National Park (Brazil) was used to characterize the temporal behavior of metal ion complexation. A special five-stage tangential-flow ultrafiltration device was used to separate NOM in six size fractions (F1: > 100; F2: 100-50; F3: 50-30; F4: 30-10; F5: 10-5; F6: < 5 kDa). The distribution patterns obtained for one in natura sample showed that metals (Al, Ba, Cr, Cu, Fe, Mn, Ni, Pb and Sr) were preferentially complexed by the F1 fraction, which contained higher concentration of dissolved organic carbon (DOC). The following decreasing order of carbon distribution in the different fractions was obtained: F1 >> F3 > F2 = F4 > F6 > F5. Fractions F2 and F5 were the most humified, and F6 the least. New distributions of DOC and metals were observed after 30 days when high concentrations of metals were added to filtered samples. Highest DOC was still found in F1, with carbon contents decreasing in the following order: F1 > F2 > F3 > F4 > F5 > F6. The studied metals presented similar and homogeneous distributions in all fractions. Values of log K were similar for samples in natura and 30 days after addition of metals (7.1 and 7.0...

Hazard assessment of metals and metal compounds in terrestrial systems

Smolders, E.; Fairbrother, A.; Hale, B.; Lombi, E.; McGrath, S.; McLaughlin, M.; Rutgers, M.; Van der Vliet, L.
Fonte: Allen Press Publicador: Allen Press
Tipo: Conference paper
Publicado em //2003 EN
Relevância na Pesquisa
355.76637%
Metal accumulation in soil can result in adverse effects on soil biota, and may concentrate metals in food chains to levels detrimental to humans and wildlife. A SETAC Pellston Workshop entitled "Hazard Identification Approach For Metals And Inorganic Metal Substances" examined methods for classification, ranking and screening level assessments. The Terrestrial Workgroup debated issues surrounding persistence, bioaccumulation, and toxicity metrics for soils and terrestrial organisms. Because of the long time required for metals to achieve steady-state in soils, the proposed critical load concept (the "unit world model") cannot be calculated at a steady-state but must be phrased in terms of a predetermined time-frame (e.g., 100 yrs). Even so, toxicity data must be generated in a manner that accounts for ageing of metals in soil. Dissolution or transformation of sparingly soluble compounds in soils is very different from that in water, as soils provide sinks for reaction products and have large buffering capacities. Uptake of metals by plants is not well predicted by free ion concentrations of metals in solution, suggesting that other soluble forms may contribute to overcoming diffusional limitations to uptake. Thus, either prediction of complete speciation or measurement of soluble forms of metals in soil solution may be required to predict bioaccumulation. Prediction of fine root accumulation (a dietary source of metals for soil-dwelling invertebrates) from measurement of shoot tissue metal is difficult. In the case of insufficient reliable toxicity data...

The transfer of heavy metals to barley plants from soils amended with sewage sludge with different heavy metal burdens

Soriano-Disla, J.M.; Gómez, I.; Navarro-Pedreño, J.; Jordán, M.M.
Fonte: Springer-Verlag Publicador: Springer-Verlag
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2014 ENG
Relevância na Pesquisa
355.76637%
Purpose Our main aim objective was to evaluate the transfer of Cd, Cr, Cu, Ni, Pb and Zn to barley ( Hordeum vulgare ) grown in various soils previously amended with two sewage sludges containing different concentrations of heavy metals. This allowed us to examine the transfer of heavv metals to barley roots and shoots and the occurrence of restriction mechanisms as function of soil type and for different heavy metal concentration scenarios. Material and methods A greenhouse experiment was performed to evaluate the transfer of heavy metals to barley grown in 36 agricultural soils from different parts of Spain previously amended with a single dose (equivalent to 50 t dry weight ha − 1 ) of two sewage sludges with contrasting levels of heavy metals (common and spiked sludge: CS and SS). Results and discussion In soils amended with CS, heavy metals were transferred to roots in the order (mean values of the bio-concentration ratio in roots, BCF Roots ,inbrackets):Cu (2.4)~Ni (2.3)>Cd (2.1)>Zn (1.8)>Cr (0.7)~Pb (0.6); simi- lar values were found for the soils amended with SS. The mean values of the soil-to-shoot ratio were: Cd (0.44)~Zn (0.39)~Cu (0.39)>Cr (0.20)>Ni (0.09)>Pb (0.01) for CS- amended soils; Zn (0.24)>Cu (0.15)~Cd (0.14)>Ni (0.05)~ Cr (0.03)>Pb (0.006) for SS-amended soils. Heavy metals were transferred from roots to shoots in the following order (mean values of the ratio concentration of heavy metals in shoots to roots in brackets): Cr (0.33)>Zn (0.24)~Cd (0.22)> Cu (0.19)>Ni (0.04)>Pb (0.02) for CS-amended soils; Zn (0.14)>Cd (0.09)~Cu (0.08)>Cr (0.05)>Ni (0.02)~Pb (0.010) for SS-amended soils. Conclusions Soils weakly restricted the mobility of heavy metals to roots...

Toxic Metals Removal in Acid Mine Drainage Treatment Wetlands

Smith, Ronald T.; Comer, John B.; Ennis, Margaret V.; Branam, Tracy D.; Butler, Sarah M.; Renton, Patricia M.
Fonte: Indiana Geological Survey Publicador: Indiana Geological Survey
Tipo: Relatório Formato: 953721 bytes; application/pdf
EN_US
Relevância na Pesquisa
357.2685%
The removal of trace metals from acid mine drainage was studied in four constructed wetlands on abandoned mine lands in southwestern Indiana. The wetlands vary in the constraints of their settings, their design, the materials used in their construction, and their effectiveness at removing metals. Aqueous and sediment samples were collected twice a year at each of sixteen sampling locations. Water, pore water, and sediment extracts were analyzed for their physicochemical characteristics, major ions, and the trace metals arsenic, beryllium, boron, cadmium, chromium, copper, lead, molybdenum, nickel, selenium, and vanadium. A simplified sequential extraction was used to distinguish between bio-available and residual metals. The relative distributions of metals between the bio-available and residual fractions were compared with one another in order to determine the factors which control precipitation, sorption, and mineralization of trace metals, and assess their potential mobility. Data representing late winter and late summer conditions were compared to identify seasonal differences in metals concentrations in the various wetland cells. The overall percentage of major metals removed from the AMD was determined. The Aquachem computer program was used to generate a diagram of the prevalent chemical character of the wetlands waters and to introduce data to a water chemistry modeling program...

Biodisponibilidad y toxicidad de metales pesados en aguas naturales con características físico-químicas extremas. Bases para su monitoreo y remediación; Bioavailability and heavy metals toxicity in natural waters with extreme hydrochemical characteristics. Basis for monitoring and remediation

Casares, María Victoria
Fonte: Facultad de Ciencias Exactas y Naturales. Universidad de Buenos Aires Publicador: Facultad de Ciencias Exactas y Naturales. Universidad de Buenos Aires
Tipo: info:eu-repo/semantics/doctoralThesis; tesis doctoral; info:eu-repo/semantics/publishedVersion Formato: application/pdf
Publicado em //2012 SPA
Relevância na Pesquisa
355.76637%
En esta tesis doctoral se presentan los resultados obtenidos en el marco de la aplicación de dos herramientas importantes para ser tenidas en cuenta en el manejo, restauración y monitoreo de ecosistemas acuáticos contaminados por metales pesados: el Modelo del Ligando Biótico y la Fitorremediación, evaluadas en dos aguas naturales de nuestro país con características físico-químicas extremas, como lo constituyen las aguas del Río Pilcomayo, caracterizadas por los elevados valores de sus iones principales como por la gran carga de sólidos que transporta y las aguas del Arroyo Morales, afluente del Río Matanza-Riachuelo, caracterizadas por el elevado pH y elevada concentración de sodio y alcalinidad. El Río Pilcomayo presenta también una gran variación inter-estacional en su caudal que, de acuerdo al análisis realizado, afecta directamente la hidroquímica del río ya que los iones mayoritarios muestran una variación inter-estacional con valores superiores en la estación seca. Los sólidos totales en suspensión son mayores en la estación húmeda y constituyen los principales transportadores de los metales pesados que este río recibe provenientes de la actividad minera en su alta cuenca. El mecanismo determinante del contenido iónico en el agua del Río Pilcomayo en la cuenca baja es la evaporación-cristalización en ambas estaciones. Dado el efecto directo de la hidroquímica sobre la biodisponibilidad y toxicidad de los metales en los organismos acuáticos...

Avaliação da Influência da agricultura na presença de metais pesados nas águas do baixo rio Pardo - SP; Evaluation of the agriculture influence in the presence of heavy metals in low Pardo river, SP

Moreira, Amauri da Silva
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 11/05/2001 PT
Relevância na Pesquisa
355.2232%
Este estudo objetivou comprovar a influência da agricultura na presença de metais pesados (Cádmio, Cobre, Chumbo, Manganês, Mercúrio, Níquel e Zinco) nas águas do rio Pardo, constatada pela CETESB, no período compreendido entre 1978 a 1997, na região de Ribeirão Preto, cujo desenvolvimento econômico é decorrente da agricultura e de indústrias de açúcar e álcool. O trecho do rio estudado, além da presença de esgoto sanitário sem tratamento, não apresenta fontes geradoras de metais pesados, próprias de regiões altamente industrializadas ou mesmo de áreas de extração de minerais metálicos. Verificou-se que as concentrações destes metais crescem com o aumento da vazão do rio, indicando a influência da carga difusa. Buscou-se determinar a origem dessa carga, avaliando esses metais, com exceção do mercúrio em amostras de solo agricultado, em resíduos orgânicos das usinas de açúcar e álcool aplicados no solo e em sedimentos. Os resultados mostraram que essas áreas agrícolas apresentam concentrações de metais maiores que aquelas naturalmente existentes no solo estudado, certamente pelo uso de insumos agrícolas. Nos resíduos industriais destacaram-se o Cobre e o Chumbo, cuja origem deve ser investigada. Os sedimentos também revelaram concentrações consideráveis de metais...

Ion exchange technology for the efficient recovery of precious metals from waste and low-grade streams

Yahorava,V.; Kotze,M.
Fonte: Journal of the Southern African Institute of Mining and Metallurgy Publicador: Journal of the Southern African Institute of Mining and Metallurgy
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/2014 EN
Relevância na Pesquisa
355.2232%
Efficient recovery of precious metals from process solutions is essential for improving process economics. Traditionally, precious metals are relatively effectively recovered from waste streams via precipitation or cementation. However, these approaches have a number of drawbacks, including poor water balance, creation of environmentally unfriendly waste streams, and losses of precious metals. Ion exchange technology is an alternative for the recovery of precious metals from waste or low-grade streams. This technology allows the recovery of the precious metals to extremely low levels (micrograms per litre) with relatively high upgrade ratios from the solution onto the resin without major water balance concerns, while the impact on the environment could be minimized or avoided. Research was conducted on the recovery of platinum group metals and gold from different low-grade and waste streams from one of the precious metals refineries in South Africa by means of ion exchange. Various functionalities and matrices (granular and fibrous) of ion exchange materials were evaluated. The results from these studies indicated that in some cases ion exchange could be very effective for the recovery of precious metals, and that the PGM concentration could be reduced to < 1 mg/L. The upgrading ratios of the various PGMs onto the specific fibres were relatively high for the specific streams evaluated...