Página 1 dos resultados de 182 itens digitais encontrados em 0.023 segundos

Cyclooxygenase-2 and vascular endothelial growth factor expression in 5-fluorouracil-induced oral mucositis in hamsters: evaluation of two low-intensity laser protocols

LOPES, Nilza Nelly Fontana; PLAPLER, Helio; Chavantes, Maria Cristina; LALLA, Rajesh V.; Yoshimura, Elisabeth Mateus; ALVES, Maria Teresa Seixas
Fonte: SPRINGER Publicador: SPRINGER
Tipo: Artigo de Revista Científica
ENG
Relevância na Pesquisa
109.34435%
The aim of this study was to investigate the mechanisms whereby low-intensity laser therapy may affect the severity of oral mucositis. A hamster cheek pouch model of oral mucositis was used with all animals receiving intraperitoneal 5-fluorouracil followed by surface irritation. Animals were randomly allocated into three groups and treated with a 35 mW laser, 100 mW laser, or no laser. Clinical severity of mucositis was assessed at four time-points by a blinded examiner. Buccal pouch tissue was harvested from a subgroup of animals in each group at four time-points. This tissue was used for immunohistochemistry for cyclooxygenase-2 (COX-2), vascular endothelial growth factor (VEGF), and factor VIII (marker of microvessel density) and the resulting staining was quantified. Peak severity of mucositis was reduced in the 35 mW laser group as compared to the 100 mW laser and control groups. This reduced peak clinical severity of mucositis in the 35 mW laser group was accompanied by a significantly lower level of COX-2 staining. The 100 mW laser did not have an effect on the severity of clinical mucositis, but was associated with a decrease in VEGF levels at the later time-points, as compared to the other groups. There was no clear relationship of VEGF levels or microvessel density to clinical mucositis severity. The tissue response to laser therapy appears to vary by dose. Low-intensity laser therapy appears to reduce the severity of mucositis...

Estudo comparativo dos efeitos do ultra-som e do laser de baixa intensidade no reparo ósseo de tíbia de rato; Comparative study of ultra-sound and low intensity laser therapy effects on bone healing in rats tibia

Lirani, Ana Paula Rebucci
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 24/03/2004 PT
Relevância na Pesquisa
129.53728%
Vários estudos têm avaliado os efeitos do ultra-som e da radiação laser de baixa intensidade separadamente no reparo ósseo. No entanto, são escassas as comparações entre estas duas modalidades terapêuticas. Este estudo teve por objetivo avaliar e comparar, através de análise histomorfométrica e ensaio mecânico de flexão em três pontos, as conseqüências que estes agentes físicos podem trazer ao reparo do tecido ósseo em osteotomias transversais experimentais em tíbias de ratos. Foram utilizados 48 ratos com fratura cirúrgica unilateral parcial do terço superior de tíbia. Os animais foram divididos em três grupos de 16 animais. Em um grupo, o membro fraturado foi tratado com ultra-som pulsado de baixa intensidade (freqüência de 1,5 MHz, ciclo de trabalho 1:4, intensidade SATA 30 mW/centímetro quadrado) em sessões de 20 minutos, 5 vezes por semana, em 12 dias de tratamento. Em um segundo grupo, o membro fraturado foi tratado com laser As-Ga-Al (112,5 J/centímetro quadrado, 780 nm, 30 mW) em sessões de 2,5 minutos, 5 vezes por semana, em 12 dias de tratamento. O terceiro grupo serviu de controle, sendo submetido à mesma cirurgia na tíbia direita mas não recebeu qualquer tratamento. No ensaio mecânico...

Efeito da terapia com laser em baixa intensidade (LILT) na expressão de fatores de crescimento da família FGF por fibroblastos gengivais humanos; Low-intensity laser therapy (LILT) effects on fibroblast growth factors expression by human gingival fibroblasts

Damante, Carla Andreotti
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 18/06/2007 PT
Relevância na Pesquisa
129.44011%
A terapia com laser em baixa intensidade, conhecida como Low-intensity laser therapy (LILT), tem sido alvo de pesquisas que buscam esclarecer os mecanismos pelos quais o laser age na cicatrização de feridas. Este processo é dependente da transmissão de sinais entre epitélio e conjuntivo, os quais influenciam a proliferação e a migração celular, onde participam fatores de crescimento. O objetivo desta pesquisa foi verificar os efeitos da radiação com lasers vermelho e infravermelho em baixa intensidade na produção de fatores de crescimento por fibroblastos in vitro. Foi obtida uma cultura primária de fibroblastos gengivais humanos (linhagem FGH). As células foram cultivadas em placas de 96 poços (5 x 103 células /poço), em estado de quiescência (meio de cultura suplementado com 1% de soro fetal bovino) e irradiadas com lasers de diodo (AlGaAs - 660nm, e AlGaInP - 780nm). O laser em modo contínuo, foi aplicado em contato e na forma pontual. A potência utilizada foi de 40mW numa área de 0,042cm2 e com densidades de energia de 2, 3, 4, 5 e 6J/cm² com respectivos tempos de aplicação de 2, 3, 4, 5 e 6s. As culturas foram irradiadas duas vezes com 6h de intervalo. Os grupos controle positivo e negativo foram cultivados com 10% e 1% de soro fetal bovino...

Efeito do laser de baixa intensidade na dor à palpação, amplitude dos movimentos mandibulares e atividade eletromiográfica de portadores de disfunção temporomandibular; Effect of low intensity laser in the pain on palpation, amplitude of the mandibular moviments and electromyographic activity of patients with temporomandibular disorder

Venezian, Giovana Cherubini
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 22/01/2009 PT
Relevância na Pesquisa
99.33682%
O laser de baixa intensidade tem sido utilizado atualmente como terapia alternativa para alívio da dor em disfunções musculares e articulares por induzirem um efeito analgésico, antiinflamatório e biomodulador das funções fisiológicas celulares. O objetivo desse estudo foi avaliar o efeito do laser de GaAlAs (780nm) na dor à palpação dos músculos masseter e temporal anterior e articulação temporomandibular (ATM), amplitude dos movimentos mandibulares e atividade eletromiográfica dos músculos masseter e temporal anterior em pacientes com disfunção temporomandibular (DTM). As aplicações foram feitas no músculo temporal e masseter e na ATM 2 vezes/semana (durante 4 semanas). 48 pacientes com dor miofascial e artralgia distribuídos aleatoriamente entre tratamento real e placebo e entre doses energéticas de 25 J/cm² e 60 J/cm² foram avaliados utilizando-se uma Escala Analógica Visual (VAS) e um paquímetro digital antes, imediatamente após a última aplicação e 30 dias após o tratamento com laser. A eletromiografia de superfície foi realizada em máximo apertamento voluntário em rolos de algodão e máximo apertamento voluntário em posição intercuspidal antes e após a laserterapia. Os resultados mostraram que não houve diferença estatística significante na atividade eletromiográfica na comparação entre os grupos antes e após o tratamento com laser. Em relação à dor na palpação...

Avaliação da reparação tecidual de excisões realizadas em dorso de ratos submetidas à terapia foto-dinâmica com utilização de corante azul de metileno; Wound healing evaluation of excisions performed on the back of rats and submitted to photodynamic therapy mediated by methylene blue dye

Sperandio, Felipe Fornias
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 03/07/2009 PT
Relevância na Pesquisa
99.55255%
A terapia foto-dinâmica consiste na irradiação luminosa de um determinado tecido ou microorganismo previamente exposto à ação de um corante foto-sensibilizador. Ela é eficazmente utilizada em neoplasias e em processos infecciosos. No entanto, poucos estudos avaliam o efeito desta terapia em reparação tecidual. Estes trabalhos mostram resultados que variam entre satisfatórios e não-satisfatórios. Além disso, os estudos que envolvem a terapia com laser em baixa intensidade e a terapia foto-dinâmica em reparação tecidual preocupam-se, na maioria das vezes, com a organização e quantificação dos componentes da matriz extra-celular. Estudar o epitélio, em contrapartida, por meio das proteínas expressas pelos queratinócitos é igualmente importante, sabendo-se que a reparação da ferida depende também da organização e proliferação das células epiteliais. Este trabalho avaliou a reparação tecidual de excisões realizadas em dorso de ratos submetidas à irradiação com laser em baixa intensidade ou terapia foto-dinâmica mediada pelo corante azul de metileno. Para tal, realizou-se a análise morfológica e histomorfológica das feridas em determinados tempos experimentais, além da análise imunoistoquímica das citoqueratinas 10 e 14 e p63. Os resultados mostraram que a reparação tecidual foi favorecida com a irradiação laser em baixa intensidade...

Avaliação das terapias a laser de baixa intensidade e ultrassom no tratamento da disfunção temporomandibular e na qualidade de vida; Evaluation of the low intensity laser and ultrasound therapies in the temporomandibular disorder treatment and quality of life

Carrasco, Thaise Graciele
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 26/03/2010 PT
Relevância na Pesquisa
108.91809%
Os objetivos desse estudo foram avaliar a terapia a laser de baixa intensidade (LILT) e o ultrassom, no tratamento da disfunção temporomandibular (DTM) e o impacto da disfunção e das terapias na qualidade de vida dos pacientes. Trinta pacientes foram triados no Serviço de Oclusão e Disfunção da Articulação Temporomandibular da Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (SODAT/FORP-USP) (RDC/DTM). Os pacientes foram pareados quanto ao grau de disfunção e distribuídos aleatoriamente entre três grupos de avaliação: o Grupo I (LILT), o Grupo II (ultrassom) e o Grupo III (não recebeu qualquer terapia). Três pacientes do Grupo III desistiram durante a pesquisa e, portanto, o grupo controle permaneceu com sete pacientes. O LILT (60mW, 60 segundos, 90J/cm²) foi aplicado por ponto da articulação temporomandibular (ATM) de forma pontual e de modo contínuo sobre cinco pontos: lateral da posição condilar (PL), superior da posição condilar (PS), anterior da posição condilar (PA), posterior da posição condilar (PP) e póstero inferior da posição condilar (PI). Com a potência de 60mW foi aplicado por 40 segundos e dose de 60,0 J/cm², por ponto dos músculos masseter superficial (terços superior...

Ensaio clínico randomizado sobre a efetividade do laser em baixa intensidade no alívio da dor perineal no parto normal com episiotomia; Randomized clinical trial on the effectiveness of low-level laser therapy in the relief of perineal pain after normal childbirth with episiotomy

Santos, Jaqueline de Oliveira
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 22/12/2010 PT
Relevância na Pesquisa
99.40227%
Introdução: A dor perineal é um dos efeitos adversos mais comuns da episiotomia, constituindo uma das morbidades maternas mais frequentes. Considerada como um dos maiores avanços na área da saúde, a irradiação com laser em baixa intensidade vêm se mostrando bastante promissora no tratamento de doenças musculoesqueléticas, por sua ação analgésica, anti-inflamatória e pela aceleração do processo cicatricial. Objetivo: Avaliar a efetividade da aplicação do laser em baixa intensidade para alívio da dor na região perineal após a episiotomia. Método: Trata-se de um ensaio clínico controlado, randomizado, paralelo e com mascaramento da participante e da pesquisadora. A amostra constitui-se de 114 puérperas com parto normal com episiotomia médio-lateral direita internadas no Alojamento Conjunto do Amparo Maternal, que referiram dor perineal 3, pela escala numérica de 0 a 10. Foram divididas em três grupos de 38 mulheres: grupo experimental infravermelho - tratadas com laser 780 nm; grupo experimental vermelho - irradiadas com laser 660 nm e grupo controle - submetidas à simulação do tratamento, mas sem irradiação do feixe de luz. Foi utilizado um laser de diodo, tamanho do spot de 0,04 cm2, dose de 8,8 J/cm2...

Terapia laser em baixa intensidade em pacientes portadores da Síndrome de Ardência Bucal: estudo randomizado e controlado; Low Level Light Therapy in Burning Mouth Syndrome patients: randomized and controlled trial

Pellegrini, Vivian Diane
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 11/11/2010 PT
Relevância na Pesquisa
99.46504%
A Síndrome de Ardência Bucal (SAB) é uma condição de etiologia ainda desconhecida, caracterizada por ardência em mucosa oral na ausência de qualquer sinal clínico, cujo tratamento ainda é insatisfatório. O objetivo deste estudo foi avaliar a eficácia terapêutica do laser em baixa intensidade para pacientes SAB, por meio de estudo controlado e randomizado. Vinte e três pacientes acometidos pela SAB atenderam aos critérios de inclusão, cumpriram o protocolo estabelecido e tiveram seus dados tabulados e analisados. Fizeram parte da avaliação inicial dos pacientes, exame clínico estomatológico completo, sialometria, exames hematológicos e avaliação psicológica voltada à identificação da qualidade de vida e de sinais de depressão. Constituíram-se dois grupos experimentais, que receberam quatro irradiações, duas por semana, de laser em baixa intensidade - grupo Laser, ou de falsa irradiação - grupo Placebo. O aparelho usado foi um laser em baixa intensidade (Quantum, EccoFibras, Campinas-Brasil) de AsGaAl, emitindo 790 nm e com 120 mW de potência. As irradiações foram realizadas na forma de varredura, nas áreas de mucosa acometidas pelo sintoma de ardência, fornecendo uma dose de 6 J/cm2. Os pacientes foram alocados entre os grupos segundo programa de randomização por computador...

Mapeamento dúplex-Doppler colorido na avaliação da eficácia do Laser de baixa intensidade para o tratamento da tireoidite crônica autoimune: ensaio clínico randomizado placebo-controlado; Color Doppler ultrasonography in the evaluation of efficacy of the low-intensity Laser therapy of chronic autoimmune thyroiditis: placebo-controlled randomized clinical trial

Höfling, Danilo Bianchini
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 16/02/2011 PT
Relevância na Pesquisa
129.13198%
INTRODUÇÂO: A tireoidite crônica autoimune (TCA) é a principal causa de hipotireoidismo adquirido, o qual requer tratamento contínuo com levotiroxina (LT4). Até o momento, não há terapia capaz de regenerar o tecido tireóideo lesado e melhorar sua função. Como a terapia com Laser de baixa intensidade (LILT) foi eficaz em outras doenças autoimunes, bem como na regeneração de vários tecidos, o objetivo deste estudo foi avaliar a eficácia do Laser de baixa intensidade no tratamento de pacientes com hipotireoidismo decorrente de tireoidite crônica autoimune utilizando-se os seguintes parâmetros de resposta: a) o mapeamento dúplex-Doppler colorido da tireoide; b) a função tireóidea estimada pela dose de LT4 necessária para manter as concentrações séricas de T3 total, T4 total, T4 livre e TSH normais; c) as concentrações séricas de anticorpos antiperoxidase tireóidea (TPOAb) e antitireoglobulina (TgAb). MÉTODOS: Trata-se de ensaio clínico randomizado, placebo-controlado, conduzido no Instituto de Radiologia do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, de março de 2006 a março de 2009, no qual foram incluídos 43 pacientes com hipotireoidismo causado por TCA. Todos eles apresentavam altas concentrações séricas de TPOAb e/ou TgAb e padrão ultrassonográfico compatível com TCA. Os pacientes foram randomizados em grupo L (submetido à LILT...

Efeitos da radiação laser em baixa intensidade na cicatrização de queimaduras de pele. Estudo Laser Doppler fluxométrico e histológico em ratos; Effects of low intensity laser radiation on burned skin healing. a laser doppler flowmetry and histological study in rats

Sugayama, Stella Thyemi
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 28/11/2006 PT
Relevância na Pesquisa
119.07711%
Queimaduras severas causam trauma às vítimas, pela perda de líquido corpóreo, injúria no sistema vascular cutâneo e demora na cicatrização das lesões. A irradiação com laser em baixa intensidade vem sendo estudada como tratamento alternativo, por ser uma terapia não-invasiva e capaz de acelerar o processo de cicatrização. O objetivo deste estudo foi avaliar os efeitos do laser de baixa potência (λ = 660 nm) em queimaduras de pele por histomorfometria e fluxometria laser Doppler utilizando duas condições de irradiação. Trinta e seis animais com duas queimaduras criadas por vapor foram divididos em três grupos: no grupo dose fracionada (GF), as lesões foram irradiadas com dose de 1 J/cm2 nos dias 1, 3, 8 e 10; no grupo dose única (GU), as lesões foram irradiadas com dose de 4 J/cm2 no dia 1. O grupo controle (GC) não foi irradiado. O fluxo sanguíneo foi monitorado nos dias 3, 8, 10, 15 e 21 e três animais por grupo foram sacrificados nestes momentos. Os grupos irradiados mostraram um pico de vasos neoformados no dia 15, enquanto que o pico do GC foi no dia 21. O número de vasos no GC foi significantemente maior que GF e GU no dia 21. Com relação ao fluxo sangüíneo, os grupos irradiados mostraram um valor mais alto que o controle no dia 8...

Avaliação do uso de laser terapia de baixa intensidade na alodinia mecânica, na hiperalgesia orofacial e na expressão de gelatinases no gânglio trigeminal em ratos portadores de inflamação da articulação temporomandibular; Evaluation of low level laser therapy in the mechanical allodynia, in the orofacial hyperalgesia and in the expression of gelatinases on trigeminal ganglion in rats with inflammation temporomandibular joint.

Desiderá, Amanda de Carvalho
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 10/01/2013 PT
Relevância na Pesquisa
109.01385%
A sintomatologia dolorosa é um dos principais estímulos capaz de caracterizar ações nocivas e, portanto, é um importante mecanismo de defesa. No estudo da dor orofacial, as alterações musculoesqueléticas de cabeça, pescoço e face caracterizam um grupo de sintomatologia dolorosa, denominadas de Disfunções Temporomandibulares (DTMs). As DTMs possuem etiologia multifatorial, incluindo alterações estruturais, sensoriais e influências emocionais-motivacionais, atingindo cada vez mais indivíduos na sociedade atual. Para o tratamento desta patologia é necessário o conhecimento detalhado dos mecanismos moleculares e fisiológicos envolvidos, os quais têm sido objetivo de alguns pesquisadores nos últimos anos. Entretanto, ainda se faz necessário a continuidade deste estudo para caracterização minuciosa das DTMs, com novas possibilidades de intervenção e tratamento da sintomatologia dolorosa. Como principais fatores associados à DTM, a inflamação e as alterações estruturais e moleculares da articulação temporomandibular (ATM) desempenham importante papel nesta patologia. Ainda, sabe-se que a dor, em particular a dor inflamatória, promove a ativação de mecanismos locais e sistêmicos, os quais liberam mensageiros fundamentais para a modulação da resposta do organismo...

Avaliação do músculo masseter através da eletromiografia de superfície após aplicação do laser de baixa potência em indivíduos submetidos à exodontia de terceiros molares inferiores retidos; Evaluation by surface electromyography of the masseter muscle after low-intensity laser therapy in patients undergoing extraction of retained inferior third molars

Sevilha, Fabio Moschetto
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 19/05/2014 PT
Relevância na Pesquisa
99.26169%
A cirurgia de terceiro molar é um dos procedimentos mais realizados na área de cirurgia e traumatologia bucomaxilofaciais, e buscando um aumento na velocidade da recuperação pós-cirúrgica, muitos recursos fisioterápicos são empregados, entre eles a laserterapia e o acompanhamento da evolução pode ser baseado em evidência clínica. Neste trabalho, foi proposto acompanhar a evolução pós-cirúrgica através da utilização do eletromiografia de superfície em dois grupos distintos: pacientes sem fisioterapia com laser no pós-operatório e pacientes tratados no pós-cirúrgico com laserterapia. Realizamos quatro tomadas, no pré-operatório, normalizando, e três no pósoperatório, 7, 14, 21 dias, em amostra de 60 pacientes. Observamos, que no sétimo dia no grupo onde houve a aplicação do laser de baixa intensidade 23,3% dos pacientes ja haviam recuperado sua atividade muscular do préoperatório contra apenas 3,3% do grupo controle, ja no décimo quarto dia 73,3% contra 6,7% do grupo controle e no vigésimo primeiro dia 80% contra 10% do grupo controle. Constatamos através da eletromiografia de superfície que a utilização do laser de baixa intensidade acelera significativamente a recuperação muscular pós-trauma cirúrgico; The surgery for extraction of the retained inferior third molar is one of the most commonly performed procedures in the field of maxillofacial surgery and traumatology. With the aim of accelerating the post-surgical recovery...

Effects of a single near-infrared laser treatment on cutaneous wound healing: Biometrical and histological study in rats

Rezende, Sandra B.; Ribeiro, Martha S.; Nunez, Silvia C.; Garcia, Valdir G.; Maldonado, Edison P.
Fonte: Elsevier B.V. Publicador: Elsevier B.V.
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 145-153
ENG
Relevância na Pesquisa
99.227%
Background: Low intensity laser therapy has been recommended to support the cutaneous repair; however, so far studies do not have evaluated the tissue response following a single laser treatment. This study investigated the effect of a single laser irradiation on the healing of full-thickness skin lesions in rats.Methods: Forty-eight male rats were randomly divided into three groups. One surgical lesion was created on the back of rats using a punch of 8 mm in diameter. One group was not submitted to any treatment after surgery and it was used as control. Two energy doses from an 830-nm near-infrared diode laser were used immediately post-wounding: 1.3 J cm(-2) and 3 J cm(-2). The laser intensity 53 mW cm(-2) was kept for both groups. Biometrical and histological analyses were accomplished at days 3, 7 and 14 post-wounding.Results: Irradiated lesions presented a more advanced healing process than control group. The dose of 1.3 J cm(-2) leaded to better results. Lesions of the group irradiated with 1.3 J cm(-2) presented faster lesion contraction showing quicker re-epithelization and reformed connective tissue with more organized collagen fibers.Conclusions: Low-intensity laser therapy may accelerate cutaneous wound healing in a rat model even if a single laser treatment is performed. This finding might broaden current treatment regimens. (c) 2007 Elsevier B.V. All rights reserved.

Low intensity laser therapy (LILT) in vivo acts on the neutrophils recruitment and chemokines/cytokines levels in a model of acute pulmonary inflammation induced by aerosol of lipopolysaccharide from Escherichia coli in rat

de Lima, F. Mafra; Villaverde, A. B.; Salgado, M. A.; Castro-Faria-Neto, H. C.; Munin, E.; Albertini, R.; Aimbire, F.
Fonte: Elsevier B.V. Sa Publicador: Elsevier B.V. Sa
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência Formato: 271-278
ENG
Relevância na Pesquisa
129.02985%
Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP); Processo FAPESP: 08/08048-4; Processo FAPESP: 07/02596-7; It has been suggested that low intensity laser therapy (LILT) act, on pulmonary inflammation Thus we investigate in this work if LILT (650 nm 2 5 mW 31 2 mW/cm(2) 1 3 J/cm(2) laser spot size of 008 cm(2) and irradiation time of 42 s) can attenuate edema neutrophil recruitment and inflammatory mediators in acute lung inflammation Thirty-five male Wistar rats (n = 7 per group) were distributed in the following experimental groups control laser LPS LPS + laser and dexamethasone + LPS Airway inflammation was measured 4 h post-LPS challenge Pulmonary microvascular leakage was used for measuring pulmonary edema Bronchoalveolar lavage fluid (BALF) cellularity and myeloperoxidase (MPO) were used for measuring neutrophil recruitment and activation RT-PCR was performed in lung tissue to assess mRNA expression of tumor necrosis factor-alpha (INF-alpha) interleukin-1 beta (IL-1 beta) interleukin (IL-10) cytokine-induced neutrophil chemoattractant-1 (CINC-1) macrophage inflammatory protein-2 (MIP-2) and intercellular adhesion molecule-1 (ICAM-1) Protein levels in both BALF and lung were determined by ELISA LILT inhibited pulmonary edema and endothelial cytoskeleton damage as well as neutrophil influx and activation Similarly the LILT reduced the INF-alpha and IL-1 beta in lung and BALF LILT prevented lung ICAM-1 up-regulation The rise of CINC-1 and MIP-2 protein levels in both lung and BALF and the lung mRNA expressions for IL-10 were unaffected Data suggest that the LILT effect is due to the inhibition of ICAM-1 via the inhibition of INF-alpha and IL-1 beta (C) 2010 Elsevier B V All rights reserved

The effect of low intensity laser therapy on wound healing in Streptozotocin-induced diabetic rats

Rabelo, S. Bicalho; Villaverde, A. Balbin; Salgado, M. A. Castilho; Da Silva Melo, M.; Nicolau, R. Amadei; Pacheco, M. T T
Fonte: Universidade Estadual Paulista Publicador: Universidade Estadual Paulista
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência Formato: 29-34
ENG
Relevância na Pesquisa
129.31509%
Diabetes Mellitus is a condition that results in a delay of the wound healing process, that is associated with an insufficient production of collagen, a decrease of the amount of collagen fibrils and deficient blood flow in the wound area. It is suggested that Low Intensity Laser Therapy acts by improving wound healing in normal organisms, accelerating tissue regeneration. The aim of this work was to investigate the biostimulatory effect of the HeNe laser irradiation, at 632.8 nm, on wound healing in 15 male rats suffering from diabetes induced by Streptozotocin, compared to 15 control diabetic animals. Irradiation parameters were: laser power of 15mW, exposition time of 17 s., irradiated area of 0.025 cm 2 and laser energy density of 10 J/cm 2. Full-thickness skin squared samples, with 5 mm of non-injured tissue around the wound, were obtained at 4, 7 and 15 days after wounding procedure (5 treated and 5 control animals each time). The histopathologic analysis performed by haematoxylin-eosin staining. Results suggested that the irradiation of diabetic rats was efficient for wound healing. Treated group presented better quality of the wound tissues by the macroscopic observation than control group and the microscopic analysis demonstrated that treated animals had better histopathologic evaluation than non treated.

Low intensity laser therapy in the treatment of temporomandibular disorders: A double-blind study

De Abreu Venancio, R.; Camparis, Cinara Maria; De Fátima Zanirato Lizarelli, R.
Fonte: Universidade Estadual Paulista Publicador: Universidade Estadual Paulista
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 800-807
ENG
Relevância na Pesquisa
129.32314%
This study aimed to evaluate the effectiveness of low intensity laser therapy (LILT) in 30 patients presenting temporomandibular joint (TMJ) pain and mandibular dysfunction in a random and double-blind research design. The sample, divided into experimental group (1) and placebo group (2), was submitted to the treatment with infrared laser (780 nm, 30 mW, 10 s, 6.3 J/cm2) at three TMJ points. The treatment was evaluated throughout six sessions and 15, 30 and 60 days after the end of the therapy, through visual analogue scale (VAS), range of mandibular movements and TMJ pressure pain threshold. The results showed a reduction in VAS (p < 0.001) and through the ANOVA with repeated measures it was observed that the groups did not present statistically significant differences (P = 0.2060), as the averages of the evaluation times (P = 0.3955) and the interaction groups evaluation times (P = 0.3024), considering the MVO. The same occurred for RLE (P = 0.2988, P = 0.1762 and P = 0.7970), LLE (P = 0.3265, P = 0.4143 and P = 0.0696), PPTD (P = 0.1558, P = 0.4695 and P = 0.0737) and PPTE (P = 0.2376, P = 0.3203 and P = 0.0624). For PE, there were not statistically significant differences for groups (P = 0.7017) and the interaction groups evaluation times (P = 0.6678)...

Low-intensity laser therapy effect on the recovery of traumatic spinal cord injury

Paula, Alecsandra Araujo; Nicolau, Renata Amadei; Lima, Mario de Oliveira; Castillo Salgado, Miguel Angel; Cogo, Jose Carlos
Fonte: Springer Publicador: Springer
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 1849-1859
ENG
Relevância na Pesquisa
129.08931%
Scientific advances have been made to optimize the healing process in spinal cord injury. Studies have been developed to obtain effective treatments in controlling the secondary injury that occurs after spinal cord injury, which substantially changes the prognosis. Low-intensity laser therapy (LILT) has been applied in neuroscience due to its anti-inflammatory effects on biological tissue in the repairing process. Few studies have been made associating LILT to the spinal cord injury. The objective of this study was to investigate the effect of the LILT (GaAlAs laser-780 nm) on the locomotor functional recovery, histomorphometric, and histopathological changes of the spinal cord after moderate traumatic injury in rats (spinal cord injury at T9 and T10). Thirty-one adult Wistar rats were used, which were divided into seven groups: control without surgery (n = 3), control surgery (n = 3), laser 6 h after surgery (n = 5), laser 48 h after surgery (n = 5), medullar lesion (n = 5) without phototherapy, medullar lesion + laser 6 h after surgery (n = 5), and medullar lesion + laser 48 h after surgery (n = 5). The assessment of the motor function was performed using Basso, Beattie, and Bresnahan (BBB) scale and adapted Sciatic Functional Index (aSFI). The assessment of urinary dysfunction was clinically performed. After 21 days postoperative...

Effects of low intensity laser in in vitro bacterial culture and in vivo infected wounds

Pereira,Pâmela Rosa; De Paula,Josue Bruginski; Cielinski,Juliette; Pilonetto,Marcelo; Von Bahten,Luiz Carlos
Fonte: Colégio Brasileiro de Cirurgiões Publicador: Colégio Brasileiro de Cirurgiões
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/2014 EN
Relevância na Pesquisa
99.18294%
OBJECTIVE: to compare the effects of low intensity laser therapy on in vitro bacterial growth and in vivo in infected wounds, and to analyze the effectiveness of the AsGa Laser technology in in vivo wound infections. METHODS: in vitro: Staphylococcus aureus were incubated on blood agar plates, half of them being irradiated with 904 nm wavelength laser and dose of 3J/cm2 daily for seven days. In vivo: 32 male Wistar rats were divided into control group (uninfected) and Experimental Group (Infected). Half of the animals had their wounds irradiated. RESULTS: in vitro: there was no statistically significant variation between the experimental groups as for the source plates and the derived ones (p>0.05). In vivo: there was a significant increase in the deposition of type I and III collagen in the wounds of the infected and irradiated animals when assessed on the fourth day of the experiment (p=0.034). CONCLUSION: low-intensity Laser Therapy applied with a wavelength of 904nm and dose 3J/cm2 did not alter the in vitro growth of S. aureus in experimental groups; in vivo, however, it showed significant increase in the deposition of type I and III collagen in the wound of infected and irradiated animals on the fourth day of the experiment.

Histological analysis of low-intensity laser therapy effects in peripheral nerve regeneration in Wistar rats

Câmara,Cibele Nazaré da Silva; Brito,Marcus Vinicius Henriques; Silveira,Edvaldo Lima; Silva,Diego Sá Guimarães da; Simões,Vivian Roberta Ferreira; Pontes,Roberto Waldesmand Farias
Fonte: Sociedade Brasileira para o Desenvolvimento da Pesquisa em Cirurgia Publicador: Sociedade Brasileira para o Desenvolvimento da Pesquisa em Cirurgia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/2011 EN
Relevância na Pesquisa
109.43166%
Purpose: Analyze the influence of low-intensity laser therapy in the sciatic nerve regeneration of rats submitted to controlled crush through histological analysis. Methods: Were used 20 Wistar rats, to analyze the influence of low-intensity laser therapy in the sciatic nerve regeneration, where the injury of the type axonotmesis was induced by a haemostatic clamp Crile (2nd level of the rack). The animals were randomly distributed in 2 groups. Control group (CG n = 10) and Laser group (LG n = 10). These were subdivided in 2 subgroups each, according to the euthanasia period: (CG14 _ n = 5 and CG21 _ n = 5) and (LG14 _ n = 5 and LG21 _ n = 5). At the end of treatment, the samples were removed and prepared for histological analysis, where were analyzed and quantified the following findings: Schwann cells, myelinic axons with large diameter and neurons. Results: In the groups submitted to low-intensity laser therapy, were observed an increase in the number of all analyzed aspects with significance level. Conclusion: The irradiation with low intensity laser (904nm) influenced positively the regeneration of the sciatic nerve in Wistar rats after being injured by crush (axonotmesis), becoming the nerve recovery more rapid and efficient.

Low-intensity laser therapy and led (light emitting diode) therapy in mechanical resistance of Rattus norvegicus chest inscision with implant of steel wire for sternal suture

Oliveira,Rauirys de Alencar de; Matos,André Fernandes; Barros,Nara Regina Batista; Fernandes,Gilderlene Alves; Lima,Andréa Conceição Gomes; Nicolau,Renata Amadei
Fonte: SBEB - Sociedade Brasileira de Engenharia Biomédica Publicador: SBEB - Sociedade Brasileira de Engenharia Biomédica
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2013 EN
Relevância na Pesquisa
119.13198%
INTRODUCTION: Low-intensity laser (LILT) and LED therapy are indicated in repairing surgical incisions, which occur in cardiac surgery. One major concern in this case is the presence of metallic wire used for sternal sutures, its temperature may rise while using a laser or LED. This study aimed to analyze the tensiometric properties of the skin tissue with longitudinal incision and metallic wire implant used for sternal suture irradiated with LILT and LED. METHODS: Twenty-five subjects (Rattus norvegicus) were submitted to thoracic incision with implantation of metallic wire, and subsequently divided into five groups: GI (control group); GII (laser group 6J/cm²); GIII (laser group 10J/cm²); GIV (LED group 6 J/cm²); and GV (LED 10J/cm²). Photobiomodulation was performed on a daily basis for eight consecutive days and the local temperature was measured before and after phototherapy. After euthanasia the tissues were subjected to tensiometric and histological analysis. RESULTS: All irradiated groups showed increase in break strength (p = 0.009), and decrease in tissue deformation strength compared with the control group (p = 0.03). CONCLUSION: Both LILT and LED can promote wound healing at the tested doses with increased tissue resistance...