Página 1 dos resultados de 218 itens digitais encontrados em 0.060 segundos

Biomarcadores de peroxidação lipídica na aterosclerose; Lipid peroxidation biomarkers in atherosclerosis

ABDALLA, Dulcinéia Saes Parra; SENA, Karine Cavalcanti Maurício de
Fonte: Pontifícia Universidade Católica de Campinas Publicador: Pontifícia Universidade Católica de Campinas
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
100.94291%
A aterosclerose é caracterizada por uma resposta inflamatória crônica da parede arterial, iniciada por uma lesão do endotélio, cuja etiologia está relacionada à modificação oxidativa da lipoproteína de baixa densidade. O objetivo deste trabalho é apresentar os principais metabólitos envolvidos nos processos bioquímicos de peroxidação lipídica, discutindo as vantagens e desvantagens dos métodos empregados para a mensuração dos biomarcadores de peroxidação lipídica relacionados com a aterosclerose. A avaliação da oxidação das lipoproteínas pode ser realizada pela determinação dos produtos gerados durante a peroxidação lipídica, como os isoprostanos, hidroperóxidos lipídicos, aldeídos, fosfolípides oxidados e os produtos da oxidação do colesterol. A suscetibilidade das partículas de lipoproteína de baixa densidade à oxidação pode ser avaliada in vitro, após a indução da peroxidação lipídica por azoiniciadores radicalares lipossolúveis, hidrossolúveis, ou mais comumente, pelos íons cobre. Por outro lado, as modificações da lipoproteína de baixa densidade, pela ação das lipoxigenases e peroxidases, ou oxidação não-enzimática, resultam no aumento da carga negativa destas partículas e podem contribuir para a geração in vivo de uma subfração de lipoproteína de baixa densidade minimamente oxidada...

Cholesterol oxides inhibit cholesterol esterification by lecithin: cholesterol acyl transferase

PINCINATO, Eder de Carvalho; MORIEL, Patricia; ABDALLA, Dulcinéia Saes Parra
Fonte: Universidade de São Paulo, Faculdade de Ciências Farmacêuticas Publicador: Universidade de São Paulo, Faculdade de Ciências Farmacêuticas
Tipo: Artigo de Revista Científica
ENG
Relevância na Pesquisa
99.83582%
Cholesterol oxides are atherogenic and can affect the activity of diverse important enzymes for the lipidic metabolism. The effect of 7β-hydroxycholesterol, 7-ketocholesterol, 25-hydroxycholesterol, cholestan-3β,5α,6β-triol,5,6β-epoxycholesterol, 5,6α-epoxycholesterol and 7α-hydroxycholesterol on esterification of cholesterol by lecithin:cholesterol acyl transferase (LCAT, EC 2.3.1.43) and the transfer of esters of cholesterol oxides from high density lipoprotein (HDL) to low density lipoproteins (LDL) and very low density lipoproteins (VLDL) by cholesteryl ester transfer protein (CETP) was investigated. HDL enriched with increasing concentrations of cholesterol oxides was incubated with fresh plasma as source of LCAT. Cholesterol and cholesterol oxides esterification was followed by measuring the consumption of respective free sterol and oxysterols. Measurements of cholesterol and cholesterol oxides were done by gas-chromatography. 14C-cholesterol oxides were incorporated into HDL2 and HDL3 subfractions and then incubated with fresh plasma containing LCAT and CETP. The transfer of cholesterol oxide esters was followed by measuring the 14C-cholesterol oxide-derived esters transferred to LDL and VLDL. All the cholesterol oxides studied were esterified by LCAT after incorporation into HDL particles...

Padrões alimentares de adolescentes obesos e diferentes repercussões metabólicas; Dietary patterns of obese adolescents and different metabolic effects

DISHCHEKENIAN, Vera Regina Mello; ESCRIVÃO, Maria Arlete Meil Schimith; PALMA, Domingos; ANCONA-LOPEZ, Fábio; ARAÚJO, Eutália Aparecida Candido de; TADDEI, José Augusto de Aguiar Carrazedo
Fonte: Pontifícia Universidade Católica de Campinas Publicador: Pontifícia Universidade Católica de Campinas
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
99.69697%
OBJETIVO: Avaliar a associação de padrões alimentares com alterações metabólicas em adolescentes obesos. MÉTODOS: Estudo transversal envolvendo 76 estudantes (ambos os sexos, 14-19 anos, IMC³P95 e Tanner ³4) de escolas públicas da cidade de São Paulo, Brasil. Foram coletados dados antropométricos e bioquímicos, e aplicados questionários com informações sociodemográficas e registro alimentar de 4 dias, entre 2006 e 2007. Escores fatoriais foram obtidos na análise fatorial e, após ajustes, três padrões alimentares identificados foram associados a fatores de risco biológico por regressão linear múltipla. RESULTADOS: O padrão Tradicional (arroz e massas, feijões, carnes vermelhas, embutidos, óleos e doces) foi positivamente associado com insulina, glicemia e triglicérides e negativamente associado com lipoproteína de alta densidade. O padrão Em Transição (peixe, aves, ovos, pães, manteiga, leite e derivados, hortaliças, frutas, sucos de frutas e açúcar refinado) apresentou as mesmas associações, além de associação similar com a pressão arterial diastólica. O padrão Fast Food (cafeteria, hambúrguer, maionese, bolacha, bolos e tortas, chocolate e refrigerantes) apresentou associação positiva com o colesterol...

Avaliação de resultados em um serviço de atenção secundária para pacientes com Diabetes mellitus; Assessment of outcomes in a service of secondary care for patients with Diabetes mellitus; Evaluación de resultados en un servicio de atención secundaria para pacientes con Diabetes mellitus

Alencar, Ana Maria Parente Garcia; Zanetti, Maria Lúcia; Araújo, Márcio Flávio Moura de; Freitas, Roberto Wagner Júnior Freire de; Marinho, Niciane Bandeira Pessoa; Damasceno, Marta Maria Coelho
Fonte: Escola Paulista de Enfermagem, Universidade Federal de São Paulo Publicador: Escola Paulista de Enfermagem, Universidade Federal de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
99.55215%
OBJETIVO: Avaliar o componente resultado em um serviço de atenção secundária a usuários com Diabetes mellitus tipo 2, tomando como indicadores os controles de pressão arterial, hemoglobina glicada e lipoproteína de baixa densidade. MÉTODOS: Estudo do tipo documental e retrospectivo envolvendo a análise desses indicadores, obtidos nos anos entre 2007 e 2009, com base na consulta de 108 prontuários de usuários de um serviço de atenção secundária, realizada na avaliação de cuidados em saúde. RESULTADOS: Os resultados evidenciaram que 30,3% dos usuários alcançaram a meta para a hemoglobina glicada, 48,1%, para a pressão arterial e 42,3%, para a lipoproteína de baixa densidade. CONCLUSÃO: Os dados avaliados foram semelhantes aos encontrados em outras investigações internacionais e nacionais, com grande proporção de usuários com DM2 estudados, apresentando controle dos níveis hemoglobina A1c, PA e LDL-C, aquém do preconizado nos consensos.

Cinética plasmática de emulsão lipídica semelhante à lipoproteína de baixa densidade (LDL) no lúpus eritematoso sistêmico com e sem difosfato de cloroquina; Plasma kinetics of a lipid emulsion resembling low-density lipoprotein (LDL) in systhemic lupus erythematosus with or without chloroquine diphosphate

Sachet, Julio Cesar
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 19/09/2006 PT
Relevância na Pesquisa
99.55215%
OBJETIVO: A via metabólica da lipoproteína de baixa densidade (LDL) em pacientes com lúpus eritematoso sistêmico (LES) em uso de difosfato de cloroquina (DFC) foi avaliada através do comportamento cinético de uma nanoemulsão radioativa rica em colesterol (LDE) que se assemelha à estrutura lipídica da LDL. MÉTODOS: LDE foi marcada com 14C-colesterol éster (14C-CE), sendo a seguir injetada endovenosamente em pacientes do sexo feminino com LES inativo: 10 tomando DFC (grupo DFC), 10 sem tratamento (grupo SEM TRATAMENTO); e 10 mulheres normais (grupo CONTROLE). Os grupos foram pareados pela idade e seguiram rigorosos critérios de seleção de condições que pudessem interferir no perfil lipídico. Amostras de sangue foram coletadas em intervalos pré-estabelecidos após a infusão para mensuração da radioatividade. Níveis séricos de jejum de lipoproteínas foram determinados no início dos estudos cinéticos. RESULTADOS: Idade e índice de massa corpórea (IMC) foram similares nos grupos estudados. A taxa fracional de remoção (TFR) de 14C-CE foi significativamente maior no grupo DFC comparada ao grupo SEM TRATAMENTO (0,076 ± 0,037 vs. 0,046 ± 0,021 h-1; p < 0,05) e CONTROLE (0,0516 ± 0,0125 h-1; p < 0,05). Em concordância...

Lipoproteína de baixa densidade eletronegativa (LDL-) em indivíduos com diferentes níveis de risco cardiovascular: parâmetros nutricionais e bioquímicos ; Electronegative low density lipoprotein (LDL-) in subjects with different levels of cardiovascular risk: nutritional and biochemical parameters

Mello, Ana Paula de Queiroz
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 31/05/2007 PT
Relevância na Pesquisa
150.32462%
Introdução: As dislipidemias representam um dos principais fatores de risco para as doenças cardiovasculares e, particularmente, para a aterosclerose. Portanto, todos os fatores nutricionais capazes de reduzir a sua incidência ou melhorar seu quadro clínico, representam ferramentas importantes para sua prevenção ou tratamento. Além das dislipidemias, as modificações oxidativas da lipoproteína de baixa densidade (LDL) têm relação direta com o processo aterosclerótico. Objetivos: O objetivo deste estudo foi avaliar a possível influência dos Parâmetros Nutricional (alimentar e antropométrico) e Bioquímicos sobre a geração de LDL- em indivíduos com diferentes níveis de risco cardiovascular Métodos: Para a consecução destes objetivos foram avaliados indivíduos com hipercolesterolemia associada à LDL com (n = 10) ou sem (n = 33) aterosclerose, quando comparados aos indivíduos normocolesterolêmicos (n = 30). A partir desta amostra avaliou-se o hábito alimentar (questionário quantitativo de freqüência alimentar), a antropometria (peso, altura, circunferência da cintura, % de gordura corporal e % de massa magra), o perfil lipídico (colesterol e triacilgliceróis), o conteúdo de LDL- (plasma, LDL total e sub-frações de LDL) e os auto-anticorpos anti-LDL- no plasma. O diagnóstico de aterosclerose foi feito através da pesquisa dos prontuários e da avaliação do índice tornozelo-braço (ITB). Resultados: A análise do perfil lipídico indicou que a concentração de colesterol plasmático no grupo Controle (180...

Influência do sobrepeso e da obesidade em adolescentes na geração de lipoproteínas de baixa densidade eletronegativa (LDL); Influence of overweight and obesity in adolescents in generation of electronegative low density lpoproteins

Sanches, Letícia Bertoldi
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 24/09/2008 PT
Relevância na Pesquisa
130.34954%
Introdução: A obesidade e uma doenca cronica, com determinantes geneticos, metabolicos e comportamentais, que se caracteriza pelo acumulo de adiposidade no organismo. Em paralelo, as modificacoes oxidativas da lipoproteina da baixa densidade (LDL) tambem estao aumentadas na obesidade, gerando LDL minimamente oxidada, tambem chamada de LDL eletronegativa (LDL-). Nesse contexto, os adolescentes, com sua intensa mudanca de habitos alimentares, comportamentos sociais e alteracoes anatomo-fisiologicas, compoem um grupo com risco de sobrepeso e obesidade aumentado. Objetivo: Avaliar a influencia do sobrepeso e da obesidade na geracao da lipoproteina de baixa densidade eletronegativa (LDL-) em adolescentes. Metodologia: Cento e cinquenta adolescentes com idade entre 10 e 15 anos, de ambos os sexos, foram avaliados quanto a antropometria (peso, altura, circunferencias de braco e cintura) e o habito alimentar (Questionario de Frequencia Alimentar). Avaliou-se ainda o conteudo de LDL- e seus auto-anticorpos, o perfil lipidico, marcadores inflamatorios (IL-6 e PCR) e antioxidantes plasmaticos (-tocoferol e retinol). Resultados: O perfil lipidico do grupo Obeso apresentou diferenca significativa em relacao aos Eutroficos observando maiores concentracoes para Colesterol total (p=0...

Efeitos da dieta vegetariana no metabolismo de quilomícrons e aspectos qualitativos da lipoproteína de alta densidade (HDL); Effects of vegetarian diets on chylomicron metabolism and high density lipoprotein qualitative aspects (HDL)

Vinagre, Juliana Christiano de Matos
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 02/12/2010 PT
Relevância na Pesquisa
110.39025%
Dietas vegetarianas oferecem baixo conteúdo calórico, baixos níveis de gordura saturada, colesterol, proteína animal e mais altos de gordura polinsaturada, carboidratos, fibras, magnésio, boro, folato e antioxidantes. Todos esses nutrientes influenciam nos fatores de risco de doenças cardiovasculares como hipertensão arterial, diabetes mellitus, obesidade e dislipidemias. Níveis plasmáticos de colesterol total, colesterol de lipoproteína de baixa densidade (LDL), de lipoproteína de densidade muito baixa (VLDL) e triglicérides em indivíduos vegetarianos são menores, em vários estudos, quando comparados a indivíduos onívoros. O metabolismo de quilomícrons (Qm) e dos seus produtos de degradação pela lipase lipoprotéica, os remanescentes, lipoproteínas que transportam os lípides da dieta na circulação sanguínea, não foi avaliado até o momento e está relacionado à aterosclerose. O objetivo deste estudo foi avaliar a cinética plasmática de quilomícrons artificiais marcados com triglicérides (TG-3H) e éster de colesterol (EC-14C) e aspectos qualitativos da HDL, em 18 indivíduos ovolacto-vegetarianos (excluem da alimentação carne, frango e peixe), 21 indivíduos veganos (não consomem nenhum alimento de origem animal)...

Papel da lipoproteína de baixa densidade eletronegativa, da proteína transportadora de éster de colesterol e da resistência à insulina no risco cardiometabólico de adolescentes obesos; Role of the electronegative low-density lipoprotein, cholesteryl ester transfer protein and insulin resistance in the cardiometabolic risk of the adolescents

Mello, Ana Paula de Queiroz
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 24/10/2011 PT
Relevância na Pesquisa
119.55887%
Introdução: A obesidade é um importante problema de Saúde Pública e, segundo a Organização Mundial da Saúde, representa uma epidemia global. É considerada uma doença crônica, multifatorial, que depende não só de fatores genéticos e fisiopatológicos, mas também de variáveis culturais, sociais e psicológicas associadas à quantidade e a qualidade da alimentação. Nesse contexto, os adolescentes como foco de mudanças fisiológicas, anatômicas e sociais se tornam um grupo com elevada frequência de fatores de risco associados à obesidade. Objetivo: Avaliar o papel da lipoproteína de baixa densidade eletronegativa [LDL(-)], da proteína transportadora de éster de colesterol (CETP) e da resistência à insulina (RI) no risco cardiometabólico de adolescentes. Métodos: Foram recrutados adolescentes de ambos os sexos, com faixa etária de 10 a 19 anos e, regularmente matriculados em escolas da cidade de São Paulo. Medidas antropométricas, tais como, peso, altura, circunferência da cintura (CC) e composição corporal foram avaliadas, e classificadas considerando sexo e idade. Após jejum (12-15h), foi coletada uma amostra de sangue e a partir do plasma foram realizadas as seguintes análises: glicose, insulina e cálculo do HOMA...

Caracterização de lipoproteína de baixa densidade (LDL) por meios espectroscópicos; Characterization of low density lipoprotein (LDL) by spectroscopic methods

Sicchieri, Letícia Bonfante
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 01/08/2012 PT
Relevância na Pesquisa
140.1471%
O presente trabalho tem como objetivo avaliar se o complexo Európio- Clorotetraciclina (EuCTc) ou o corante Tioflavina T (ThT) podem atuar como biossensores precisos e eficientes de colesterol numa fração específica, através de procedimentos simples. Para isso estudaram-se as propriedades ópticas do complexo EuCTc e ThT na presença da Lipoproteína de Baixa Densidade (LDL) em seu estado nativo e em seu estado oxidado. O primeiro estudo realizado verificou a melhor razão molar entre o Európio e a Clorotetraciclina, em seguida verificou-se a influência da diálise da LDL na emissão do complexo EuCTc, para obtenção de um protocolo para quantificação da concentração da LDL. Foram traçadas as curvas de calibração da emissão do complexo EuCTc com várias concentrações da LDL nativa, LDL oxidada com íons de Cobre e LDL oxidada com íons de Ferro. Em seguida obteve-se o tempo de vida do íon Európio no complexo EuCTc na presença de diferentes concentrações de LDL nativa e LDL oxidada por íons de Cobre. Na segunda parte do trabalho estudou-se a emissão do corante Tioflavina T na presença da LDL nativa e LDL oxidada. Na terceira etapa as propriedades ópticas dos biossensores EuCTc e ThT foram investigadas na presença do plasma sanguíneo e foram comparadas às emissões do complexo EuCTc e o corante ThT com a LDL ultracentrifugada...

Efeito da imunização passiva com fragmentos variáveis de cadeia única anti-LDL eletronegativa na aterosclerose experimental; Passive immunization effect with anti-electronegative LDL single chain fragments variable in experimental atherosclerosis

Cavalcante, Marcela Frota
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 04/10/2012 PT
Relevância na Pesquisa
109.54714%
A aterosclerose é uma doença crônico-inflamatória multifatorial com o envolvimento do sistema imunológico, sendo o resultado da interação de diferentes elementos celulares. A lipoproteína de baixa densidade eletronegativa [LDL(-)], capaz de induzir o acúmulo de ésteres de colesterol em macrófagos e a subsequente formação de células espumosas, desempenha um papel-chave na doença. Anticorpos recombinantes têm sido gerados nas últimas décadas, como o scFv (single chain fragment variable), com o intuito de serem utilizados como uma novas alternativas de prevenção para o surgimento da lesão. Diante do papel da LDL(-) na aterosclerose, este projeto avaliou o efeito da imunização passiva de camundongos LDLr-/-- com scFv anti-LDL(-) em solução e scFv anti-LDL(-) conjugado a nanocápsulas, em relação ao desenvolvimento e progressão da aterosclerose. Após obtenção do scFv e sua conjugação à nanocápsulas (NC-scFv), ensaios in vitro determinaram a diminuição da captação de LDL(-) em macrófagos tratados com o scFv 2C7 anti-LDL(-) em solução. No entanto, o tratamento com NC-scFv promoveu o aumento da internalização de LDL(-) em relação ao controle, possivelmente por um mecanismo de endocitose mediada por receptor específico. Estudos in vivo determinaram que camundongos LDLr-/- com idade entre 2 e 3 meses tratados com o scFv em solução apresentaram menor área de lesão aterosclerótica (p<0...

Obtenção de GFP5-scFv recombinante reativo à LDL(-): possíveis aplicações na investigação da aterosclerose; Obtaining GFP5-scFv recombinant reactive LDL (-): possible applications in research of atherosclerosis

Guilherme, Daniel Ferreira
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 12/09/2012 PT
Relevância na Pesquisa
99.18567%
A aterosclerose é a doença de base das principais complicações cardiovasculares. Os produtos de modificação das lipoproteínas de baixa densidade, como a subfração eletronegativa LDL (-), exercem um importante papel na progressão da aterosclerose. O objetivo do presente trabalho foi expressar a proteína de fusão, GFP5-scFv anti-LDL (-), desenvolver um método para detecção de LDL (-), assim como avaliar a possível utilização desta proteína como uma ferramenta para monitorar os ensaios de formação de células espumosas. A proteína GFP5-scFv anti-LDL (-) foi expressa em E. coli BL21DE3. Esta proteína de fusão foi desnaturada com 7M de ureia, purificada por cromatografia de afinidade e reenovelada por gradiente de diálise na presença de poliestireno sulfonado. A massa molecular da proteína foi confirmada por SDS-PAGE e sua afinidade de ligação à LDL (-) confirmada pelo dot blot e ELISA. O espectro de emissão de fluorescência da GFP5-scFv anti-LDL (-) é qualitativamente equivalente ao da GFP5, porém com intensidade de emissão mais baixa. Na tentativa de superar essa limitação tentou-se realizar a inserção de um peptídeo ligante flexível entre os domínios de ligação da GFP5 e do scFv anti-LDL (-) para melhorar a eficiência de emissão de fluorescência da quimera. Os ensaios in vitro com macrófagos RAW 264.7 demonstraram que a GFP5-scFv anti-LDL (-) não apresentou toxicidade significante e não reduziu a captação de LDL (-) pelos macrófagos. Demonstrou-se por microscopia confocal...

Estudo da atividade e polimorfismos da Paraoxonase-1 em indivíduos infectados pelo vírus da imunodeficiência humana tipo-1 (HIV-1) tratados com inibidores de protease; Study of activity and polymorphisms of Paraoxonase-1 in individuals infected with human immunodeficiency vírus type-1 (HIV-1) treated with protease inhibitors

Cunha, Joel da
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 31/08/2012 PT
Relevância na Pesquisa
109.72396%
A enzima Paraoxonase-1 (PON1) possui atividades paraoxonase, arilestearase e lactonase, entre outras. É a mais estuda da família das PONs que é composta pela PON1, PON2 e PON3. Sugere-se, que todas atuam inibindo o processo de peroxidação lipídica de moléculas como a lipoproteína de baixa densidade (LDL) e alta densidade (HDL), caracterizando assim um possível papel anti-aterogênico. O gene da PON1 apresenta dois sítios polimórficos, com a troca de uma Gln192Arg (Q/R) e Met55Leu, que estão associados com diferenças na atividade e concentrações séricas da enzima. Por sua vez, indivíduos soropositivos para o HIV-1 apresentam alterações do metabolismo lipídico, que poderiam estar associados a alterações na atividade da PON1 e a terapia antirretroviral (TARV) com inibidores de protease (IP). O objetivo do estudo foi determinar as atividades séricas da PON1 e da arilestearase (ARE), e as freqüências alélicas dos polimorfismos genéticos da PON1 192QR e 55LM, e ainda, avaliar a correlação destes parâmetros com as alterações lipídicas em indivíduos soropositivos para o HIV-1 tratados com IP. No período de Setembro de 2009 até Junho de 2012, 174 indivíduos soropositivos e 46 soronegativos para o HIV-1 foram estudados. Foi realizada a genotipagem dos polimorfismos da PON1 192QR e 55LM através de PCR-RFLP. A atividade sérica da PON1/ARE foi avaliada por espectrofotometria empregando-se como substratos o paraoxon e o fenilacetato...

Lipoproteína de baixa densidade oxidada (LDLox) versus lipoproteína de baixa densidade eletronegativa [LDL(-)] de adolescentes: análise comparativa; Oxidized low-density lipoprotein (oxLDL) versus electronegative low density lipoprotein [LDL (-)] of adolescents: a comparative analysis

Cohen, Danielle
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 19/08/2013 PT
Relevância na Pesquisa
100.58434%
A obesidade é considerada uma doença crônica e multifatorial, onde eventos como a inflamação de baixa intensidade e as modificações oxidativas estão presentes. A elevada prevalência de obesidade tem impacto direto no desenvolvimento precoce de diabetes mellitus, hipertensão e outros fatores de risco cardiovasculares. Esse perfil tem motivado a identificação de biomarcadores precoces, sendo o monitoramento da lipoproteína de baixa densidade oxidada (LDLox) e lipoproteína de baixa densidade eletronegativa [LDL(-)] potenciais candidatos. Diante do exposto, o objetivo deste estudo foi realizar a análise comparativa e de correlação entre o conteúdo de LDLox e [LDL(-)] em adolescentes. Foram selecionados 137 adolescentes de ambos sexos, com faixa etária de 10 a 19 anos e regularmente em matriculados em escolas públicas da cidade de São Paulo. O peso, altura e circunferência da cintura (CC) foram avaliados. Após jejum (12h-15h) foi coletada uma amostra de sangue e, a partir do plasma, foram realizadas as seguintes análises: glicose, insulina, perfil lipídico, apolipoproteína (AI e B), ácidos graxos não esterificados, tamanho de HDL, atividade da CETP e LDL(-) e LDLox. Os resultados encontrados foram analisados por meio do programa SPSS 15.0...

Influência do ω-3 sobre a lipoproteína de baixa densidade eletronegativa [LDL(-)], anticorpos LDL(-) e tamanho das partículas de LDL em indivíduos com síndrome metabólica; Influence of ω-3 over electronegative low density lipoprotein [LDL(-)] plasma concentrations, antiLDL(-) and LDL particles in individuals with metabolic syndrome

Estevez Fernandez, Diana Gabriela
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 23/03/2015 PT
Relevância na Pesquisa
109.83049%
Introdução A Síndrome Metabólica (SM) representa um conjunto de fatores que determinam maior risco para Doença Cardiovascular (DCV), devido principalmente à Resistência à Insulina (RI) e ao estado inflamatório promovido pelo tecido adiposo branco hipertrofiado. Nesse contexto, a condição de dislipidemia favorece o desenvolvimento da aterosclerose, devido a que maiores concentrações de lipoproteína de baixa densidade (LDL) no plasma podem propiciar modificações nessas partículas. Essas modificações podem ter origem oxidativa ou não oxidativa e impactar nas características aterogênicas da LDL. O ômega três tem mostrado efeitos hipolipemiantes e anti-inflamatórios, que podem reduzir o risco cardiovascular de indivíduos com SM. Objetivo:: avaliar o efeito da suplementação de 3g de ω-3 por um período de oito semanas sobre a concentração plasmática das partículas de LDL eletronegativas [LDL(-)] e seus anticorpos, assim como monitorar possíveis mudanças nas concentrações das subfrações das LDL. Metodologia: Foram incluídos 115 participantes de ambos os sexos, entre 30 e 74 anos, com SM, separados nos grupos de intervenção com ω-3 (n=58) e controle com ω-9 (n=57). Foram realizadas análises de perfil lipídico e por meio de ELISA foram avaliadas a concentração de LDL(-) e de antiLDL(-) no plasma dos participantes. O tamanho das subfrações de LDL foi realizado no sistema Lipoprint. O efeito do tempo e das intervenções foi testado por meio do programa SPSS versão 20.0...

Análise do perfil lipídico e da glicemia de mulheres participantes de um programa de atividade física moderada

Rodrigues, Fernanda Bueno
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: 33 f.
POR
Relevância na Pesquisa
100.27297%
Há muito tempo pesquisadores estudam os malefícios à saúde causados pelo sedentarismo. Atualmente a inatividade física representa um grave problema de saúde pública. Segundo a Organização Mundial de Saúde – OMS (2009a), um estilo de vida sedentário é a principal causa de morte, doenças crônicos degenerativas e deficiências. Além disso, níveis insatisfatórios de atividade física associados a dietas hipercalóricas e com alto teor de gordura estão associados ao aumento de peso corporal, o que leva à desbalanços nos níveis lípedes circulantes, ou dislipidemia (DURSTINE, 2001). A disilipidemia está relacionada a alterações no metabolismo lipídico, incluindo níveis elevados de colesterol total, LDL colesterol, triglicerídeos e redução do HDL colesterol (DÂMASO, 2003). Em contrapartida, já é comprovado que a prática regular de atividade física aparece como uma ferramenta não medicamentosa na prevenção e tratamento de portadores de doenças crônicas. Estudos com indivíduos e grupos populacionais demonstram existir uma associação inversa entre os níveis de atividade física e a incidência de diversas doenças, como a hipertensão, a obesidade, os diabetes, a doença arterial coronariana e a depressão (NAHAS...

O Chá verde no processo aterosclerótico em camundongos knockout para receptor de lipoproteína de baixa densidade

Minatti, Jaqueline
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 83 f.| il., grafs., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
109.54834%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Saúde, Programa de Pós-graduação em Nutrição, Florianópolis, 2010; O chá verde é tradicionalmente preparado a partir das folhas maduras e secas da planta Camellia sinensis. Diversos estudos epidemiológicos, clínicos e experimentais associam o consumo de chá verde à diminuição dos riscos de doenças crônico-degenerativas, dentre elas, as cardiovasculares (DCV). O estudo objetivou verificar a atividade do chá verde sobre o processo aterosclerótico utilizando-se camundongos C57BL6 (homozigotos com deficiência para receptores de lipoproteína de baixa densidade, LDLr -/- KO), que mimetizam lesões ateroscleróticas humanas. Os animais foram mantidos em dieta normal ou aterogênica (contendo 20% de lipídeos, 1,25% de colesterol, 0,5% de colina) e tratados com extrato de chá verde por via oral (50, 100 e 300 mg/kg) ou veículo, uma vez ao dia por 4 semanas. Resultados in vivo e ex vivo demonstraram que a dose 50 mg/kg provocou redução de aproximadamente 35% no tamanho das lesões, melhora da reatividade vascular em aorta torácica isolada, diminuição da proteína quimiotática para monócitos 1 (Monocyte Chemotactic Protein 1...

Crioprotetor para sêmen de carneiro a base de plasma de gema mantém membrana acrossomal intacta após a descongelação

Santos,Ivo Walter dos; Nóbrega Junior,Jandui Escarião da; Cesaro,Matheus Pedrotti de; Ilha,Gustavo Freitas; Rovani,Monique Tomazele; Gonçalves,Paulo Bayard Dias
Fonte: Universidade Federal de Santa Maria Publicador: Universidade Federal de Santa Maria
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2015 PT
Relevância na Pesquisa
109.028%
O presente estudo teve como objetivo avaliar a capacidade crioprotetora das lipoproteínas de baixa densidade (LDL) presentes no plasma de gema de ovo, adicionado ao trihidroxiaminometano (TRIS) para congelar sêmen ovino. Trinta e seis ejaculados foram coletados para formar 12 "pool". Cada alíquota de sêmen foi diluída em TRIS-gema de ovo (TRISG) ou TRIS- plasma de gema de ovo (TRISP) antes de congelar o sêmen. Para a obtenção do plasma da gema de ovo, foi utilizado o método de ultracentrifugação. Após o descongelamento, não houve diferença entre os dois extensores em relação aos parâmetros seminais (motilidade, viabilidade, membrana acrossômica e plasma). No entanto, no Teste de Termo Resistência Lenta (TTRL - 4h/38°C), o sêmen congelado com TRISP resultou no aumento do número de espermatozoides com acrossoma intacto (P<0,032). Conclui-se que o diluente TRISP é uma alternativa para criopreservação do sêmen de carneiros, pois permite uma melhora da característica seminal em relação ao diluente TRIS gema, mas sem a necessidade do processo de purificação das LDL.

Efeitos do treinamento resistido na lipoproteína de baixa densidade

Silva,Jeferson Luis da; Maranhão,Raul Cavalcante; Matos Vinagre,Carmen Guilherme Christiano de
Fonte: Sociedade Brasileira de Medicina do Exercício e do Esporte Publicador: Sociedade Brasileira de Medicina do Exercício e do Esporte
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/2010 PT
Relevância na Pesquisa
109.51464%
Os benefícios da prática regular do exercício físico estão claramente estabelecidos na literatura. Entretanto, a escolha do tipo de exercício ideal pode ser mais salutar para indivíduos com doenças específicas e patologias associadas. O propósito desta revisão foi verificar se o treinamento resistido (TR) exerce alguma alteração no colesterol da lipoproteína de baixa densidade (LDL-C). Foram observadas grandes diferenças na literatura, dificultando uma conclusão em relação aos benefícios do TR nesta revisão. No entanto, foi visto que o TR pode ser promissor na redução dos níveis de LDL-C, principalmente em homens e mulheres adultos, em pacientes com diabetes mellitus tipo 1 e tipo 2 e em mulheres pré-menopausa, não mostrando diferenças na população idosa. Os autores concluem que o TR é uma boa opção de exercício físico para indivíduos, principalmente quando o treinamento aeróbio (TA) é contraindicado.

Análise ultraestrutural da interação da lipoproteína de baixa densidade (LDL) humana com o tegumento do Schistosoma mansoni e identificação da proteína ligante de LDL

da Silva Andrade Pereira, Adriana; Luiz de Lima Filho, José (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
109.83232%
A esquistossomose mansônica é uma doença endêmica em várias partes das América e da África, causada pelo Schistosoma mansoni. Segundo dados da Organização Mundial de Saúde existem entre 200 e 300 milhões de pessoas infectadas no mundo e aproximadamente 1 bilhão sob risco. O verme adulto do Schistosoma mansoni adquiriu uma habilidade peculiar para escapar do ataque do sistema imune do hospedeiro. Muitos mecanismos têm sido propostos para explicar a sobrevivência do parasita, um deles é a aquisição de lipoproteínas plasmáticas. O que chama a atenção para as lipoproteínas nestes mecanismos é o fato de os esquistossômulos não sintetizarem nem colesterol, nem ácidos graxos de cadeia longa, entretanto, estes compostos estão presentes nas suas estruturas. Provavelmente, eles adquirem do hospedeiro através da interação do tegumento do verme com as lipoproteínas no sangue do animal infectado. Neste trabalho, microscopia eletrônica de varredura, eletroforese 2-D e immunoblotting foram utilizadas como ferramentas para estudar a interação da lipoproteína de baixa densidade (LDL) com o tegumento do Schistosoma mansoni e identificar a proteína ligante de LDL. Depois de 50 dias de infecção (100 cercárias, cepa São Lourenço da Mata - SLM)...