Página 1 dos resultados de 95 itens digitais encontrados em 0.007 segundos

Avaliação do molibdato de sódio, tungstato de sódio e um copolímero a base de silano como inibidores de corrosão para o aço carbono ABNT 1005 em meio de NaCI 3,5%.; Evaluate the sodium molibdate, sodium tungstate and one copolymer of silane as corrosion inhibitor of the carbon steel ABNT 1005 in sodium chloride 3.5%.

Modesto, Marina Gracinda
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 25/08/2008 PT
Relevância na Pesquisa
109.66865%
O objetivo deste trabalho consiste em avaliar o molibdato de sódio (Na2MoO4), o tungstato de sódio (Na2WO4) e um copolímero a base de silano polioxialquileno e polidimetilsiloxano modificado (CPPM) como inibidores de corrosão para o açocarbono ABNT 1005 em meio de NaCl 3,5%. O estudo compreendeu na exposição do metal no meio proposto na ausência e presença de concentrações crescentes das substâncias estudadas. As técnicas utilizadas foram: ensaios de imersão com medida de perda de massa; medida de potencial de corrosão (Ecorr); espectroscopia de impedância eletroquímica (EIE) e curvas de polarização potenciodinâmicas anódicas e catódicas (Cpol). Os resultados dos ensaios de imersão com medida de perda de massa mostraram que a velocidade de corrosão do aço-carbono ABNT 1005 em meio de água do mar é menor que a velocidade de corrosão em meio de NaCl 3,5%. Os valores de potenciais de corrosão mostraram que o Na2MoO4 e Na2WO4 deslocaram os potenciais para valores mais positivos indicando um comportamento de inibidores anódicos. Os parâmetros obtidos pela técnica de EIE mostraram que para o Na2MoO4 o melhor tempo de imersão foi de 6 horas e para o Na2WO4 foi de 12 horas, com eficiências de 70% e 77%, respectivamente. As Cpol confirmaram os resultados de potenciais de corrosão...

Formulação e otimização de uma mistura de inibidores de corrosão para aço carbono em meio de água de resfriamento industrial usando planejamento estatístico.; Obtention the optimum formulation of substances tested as corrosion inhibitors for carbon steel in water-cooling systems using design of experiments.

Bueno, Glorys Coromoto Villarroel de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 24/10/2008 PT
Relevância na Pesquisa
119.35193%
O objetivo deste trabalho foi formular e otimizar uma mistura de quatro substâncias atóxicas como inibidores de corrosão para o aço carbono ABNT 1005 em meio de água de resfriamento industrial. As substâncias estudadas foram o molibdato de sódio, o tungstato de sódio, a ftalocianina de cobre e um tensoativo polimérico a base de silano de peso molecular 17.000 g.mol-1. As técnicas usadas neste estudo foram medidas de potencial de corrosão, espectroscopia de impedância eletroquímica e curva de polarização anódicas e catódicas. O tratamento dos resultados de espectroscopia de impedância eletroquímica foi feito por meio da modelagem com circuitos elétricos equivalentes, que permitiu quantificar parâmetros como resistência a transferência e carga (Rtc) e capacitância dupla camada elétrica, (Cdl). Para caracterizar a superfície do metal foram obtidas imagens por microscopia eletrônica de varredura, onde foi comprovada a alteração da superfície pela presença das substâncias estudadas. Pelas curvas de polarização foi verificado que todas as substâncias estudadas se comportam como inibidores de corrosão anódicos no meio estudado, isto é, diminuem a velocidade de dissolução do metal na presença de maiores concentrações. O uso de um projeto fatorial completo...

Estudo dos oxiânions molibdato e tungstato como inibidores de corrosão localizada para aços inoxidáveis austeníticos 347 e 304L em água com elevado grau de pureza contendo íons cloreto e em condições hidrodinâmicas controladas; Study of molybdate and tungstate as localized corrosion inhibitors for 347 and 304L austenitic stainless steels in high purity water systems in the presence of chloride ions under controlled hydrodynamic conditions.

Castanheiro, Sérgio Longhi
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 01/04/2008 PT
Relevância na Pesquisa
89.50885%
Este trabalho tem por objetivo estudar a eficiência dos oxiânions molibdato (MoO4 2-) e tungstato (WO4 2-) na inibição da corrosão localizada em aços inoxidáveis austeníticos (347 e 304L) em sistemas de água com alto grau de pureza na presença de íons cloreto (Cl-). Para avaliar a ação dos oxiânions estudados foram empregadas técnicas eletroquímicas de monitoramento do potencial de circuito aberto (Eoc), espectroscopia de impedância eletroquímica (EIS), polarização cíclica (PC) e cronoamperometria (CA). Para caracterização superficial foram utilizadas microscopia óptica (MO) e microscopia eletrônica de varredura (SEM). Os ensaios foram realizados em meios contendo somente água pura desoxigenada e água pura desoxigenada contendo íons cloreto (50, 100, 200, 300 e 500 ppm) variando a concentração (0, 10-4, 10-3 e 10-2 M) dos inibidores molibdato e tungstato de sódio. Todos os experimentos foram realizados à temperatura ambiente e em condições hidrodinâmicas controladas, empregando o sistema de eletrodo de disco rotativo (RDE) com velocidade constante de1200 rpm. Os resultados mostraram que os aços inoxidáveis 347 e 304L permanecem passivos em água pura, uma vez que o meio não é agressivo. Entretanto...

Estudo da atuação e sinergismo de inibidores de corrosão para o aço inoxidável austenítico 304 em meio de ácido peracético comercial 0,2%; Study of the effect and synergism between corrosion inhibitors over the 304 austenitic stainless steel in 0,2% commercial peracetic acid media

Machado, Pedro Alves
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 11/06/2014 PT
Relevância na Pesquisa
89.71364%
O ser humano tem uma grande necessidade de se proteger de fontes de contaminação microbianas. Para tal, ao longo da história, diversos meios foram empregados, desde lavagem com água corrente até as mais modernas substâncias esterilizantes. Entre essas, o ácido peracético (APA) é o mais seguro, sob o ponto de vista ambiental, além de não ser cancerígeno ou tóxico para o corpo humano. O maior empecilho para a aplicação do APA em certas superfícies é seu caráter fortemente oxidante, que pode causar danos em materiais metálicos. Para que tal aplicação seja viável, é necessária a aplicação de inibidores de corrosão que reduzam os danos que o APA possa causar. Para tanto, foram estudadas sete substâncias empregadas comercialmente como inibidores de corrosão para aço inoxidável 304 em meio de ácido peracético a temperatura ambiente: benzotriazol (BTAH), molibdato de sódio, tungstato de sódio, fosfato monossódico, fosfato dissódico, hexametafosfato de sódio e dodecilsulfato de sódio (SDS) e, posteriormente, sinergismos entre os mesmos. Seus desempenhos foram estudados por diferentes técnicas eletroquímicas: potencial de circuito aberto, polarização linear potenciodinâmica, cronoamperometria, espectroscopia de impedância eletroquímica. A superfície do aço foi estudada por microscopia eletrônica de varredura (MEV). As técnicas eletroquímicas demonstraram que o aço 304 encontra-se passivado em meio de ácido peracético 0...

Active corrosion protection of AA2024 by sol-gel coatings with corrosion inhibitors; Protecção activa de corrosão na liga AA2024 por revestimentos sol-gel com inibidores de corrosão

Yasakau, Kiryl
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Tese de Doutorado
ENG
Relevância na Pesquisa
109.81425%
A indústria aeronáutica utiliza ligas de alumínio de alta resistência para o fabrico dos elementos estruturais dos aviões. As ligas usadas possuem excelentes propriedades mecânicas mas apresentam simultaneamente uma grande tendência para a corrosão. Por esta razão essas ligas necessitam de protecção anticorrosiva eficaz para poderem ser utilizadas com segurança. Até à data, os sistemas anticorrosivos mais eficazes para ligas de alumínio contêm crómio hexavalente na sua composição, sejam pré-tratamentos, camadas de conversão ou pigmentos anticorrosivos. O reconhecimento dos efeitos carcinogénicos do crómio hexavalente levou ao aparecimento de legislação banindo o uso desta forma de crómio pela indústria. Esta decisão trouxe a necessidade de encontrar alternativas ambientalmente inócuas mas igualmente eficazes. O principal objectivo do presente trabalho é o desenvolvimento de prétratamentos anticorrosivos activos para a liga de alumínio 2024, baseados em revestimentos híbridos produzidos pelo método sol-gel. Estes revestimentos deverão possuir boa aderência ao substrato metálico, boas propriedades barreira e capacidade anticorrosiva activa. A protecção activa pode ser alcançada através da incorporação de inibidores anticorrosivos no prétratamento. O objectivo foi atingido através de uma sucessão de etapas. Primeiro investigou-se em detalhe a corrosão localizada (por picada) da liga de alumínio 2024. Os resultados obtidos permitiram uma melhor compreensão da susceptibilidade desta liga a processos de corrosão localizada. Estudaram-se também vários possíveis inibidores de corrosão usando técnicas electroquímicas e microestruturais. Numa segunda etapa desenvolveram-se revestimentos anticorrosivos híbridos orgânico-inorgânico baseados no método sol-gel. Compostos derivados de titania e zirconia foram combinados com siloxanos organofuncionais a fim de obter-se boa aderência entre o revestimento e o substrato metálico assim como boas propriedades barreira. Testes industriais mostraram que estes novos revestimentos são compatíveis com os esquemas de pintura convencionais actualmente em uso. A estabilidade e o prazo de validade das formulações foram optimizados modificando a temperatura de armazenamento e a quantidade de água usada durante a síntese. As formulações sol-gel foram dopadas com os inibidores seleccionados durante a primeira etapa e as propriedades anticorrosivas passivas e activas dos revestimentos obtidos foram estudadas numa terceira etapa do trabalho. Os resultados comprovam a influência dos inibidores nas propriedades anticorrosivas dos revestimentos sol-gel. Em alguns casos a acção activa dos inibidores combinou-se com a protecção passiva dada pelo revestimento mas noutros casos terá ocorrido interacção química entre o inibidor e a matriz de sol-gel...

Modificação de bentonites para revestimentos funcionais

Ribeiro, José Alberto Almeida
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
89.41591%
O desenvolvimento de micro/nanocontentores para armazenar uma determinada espécie ativa e libertá-la de forma controlada tem sido utilizado para obter novos revestimentos protetores contra a corrosão de substratos metálicos. O principal objetivo deste trabalho consistiu na intercalação de inibidores de corrosão e moléculas indicadores de pH (antocianinas) em bentonites, para posterior incorporação em revestimentos híbridos sol-gel, de forma a conferir proteção ativa e agir também como sensor aos referidos revestimentos, quando aplicados a substratos metálicos. Como inibidores de corrosão usou-se o Ce3+, Zn2+ e Ca2+, que se intercalou nas bentonites a partir de sais solúveis destes catiões, enquanto que no caso dos sensores de pH, procedeu-se à extração de antocianinas a partir de mirtilos, tendo-se testado a sua intercalação nas bentonites, na sua forma protonada (condições ácidas). Os materiais obtidos foram caracterizados por DRX, FTIR, TGA, SEM, DLS e potencial zeta. Em relação aos sensores de pH, verificou-se que os extractos obtidos continham antocianinas mas que a sua intercalação nas bentonites não foi bem sucedida. No entanto, a mudança de cor em solução em função do pH foi observada e correlacionada com dados obtidos por espectrofotometria de UV-Vis. No caso dos inibidores de corrosão...

Estudo de inibidores de corrosão em concreto armado

Vieira,Daniel Venâncio; Pelisser,Fernando; Paula,Marcos Marques da Silva; Mohamad,Gihad; Nóbrega,Ana Cecília Vieira da
Fonte: Rede Latino-Americana de Materiais Publicador: Rede Latino-Americana de Materiais
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2010 PT
Relevância na Pesquisa
109.72524%
A corrosão é um fenômeno que afeta toda a sociedade, atribuindo-se uma grande importância sócio-econômica aos seus efeitos. Na área da engenharia, existem diversas conseqüências do processo corrosivo, como ocorre no aço de reforço das estruturas de concreto. Na intenção de oferecer segurança e durabilidade às estruturas, empresas do ramo químico e de produtos para construção civil disponibilizam no mercado diferentes formas de proteção à corrosão. Este trabalho apresenta análises de medidas de potencial realizadas em amostras de concreto armado, com diferentes relações água/cimento, produzidos com e sem inibidores de corrosão e expostos a dois ambientes com cloretos: em campo, exposto às intempéries da atmosfera marinha do litoral sul de Santa Catarina; em laboratório, a um processo cíclico de aceleração da corrosão através de imersão parcial (solução contendo cloretos) e secagem em estufa. Nas duas situações, foram mantidas as amostras por um período de 63 dias. A corrosão por cloretos em laboratório mostrou-se o sistema mais agressivo e eficiente para avaliar o potencial de corrosão. Os resultados buscaram caracterizar a eficiência dos inibidores de corrosão utilizados, que foram denominados de inibidor A...

Avaliaçao do desempenho de inibidores de corrosao em armaduras de concreto

Freire, Karla Regina Rattmann
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
89.7196%
Resumo: A corrosão das armaduras em estruturas de concreto armado é um dos principais fatores de redução de sua vida útil devido à interação do concreto com o meio ambiente. A vida útil pode ser reduzida quando a relação água/cimento, tipo de cimento, cura e cobrimento forem inadequados às condições ambientais impostas. Para aumentar a vida útil, muitas vezes, além de precauções adequadas com relação à qualidade do concreto são utilizados alguns aditivos que têm a função de impedir ou reduzir a corrosão das armaduras. O encorajamento para o uso dos inibidores de corrosão das armaduras metálicas em concreto está fundamentado nas vantagens facultadas por estas substâncias, tais como o uso relativamente fácil, sejam dissolvidas na água de amassamento ou aplicadas na superfície do concreto para reparos e a não necessidade de manutenção ou, em alguns casos, a manutenção ínfima, quando comparadas com outras técnicas de reparo. O presente trabalho avalia a eficiência de 7 (sete) produtos inibidores de corrosão das armaduras metálicas em concreto, sendo 6 inibidores comerciais e 1 inibidor confeccionado em laboratório: inibidores inorgânicos a base de nitrito de cálcio, mistos e orgânicos a base de amina. Todos os inibidores foram adicionados na água de amassamento dos corpos de prova (cp´s). O cobrimento da armadura foi de 2...

Avaliação de inibidores verdes microemulsionados na inibição à corrosão do aço carbono AISI 1020

Almeida, Cássia Carvalho de
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Ciência e Engenharia de Materiais; Processamento de Materiais a partir do Pó; Polímeros e Compósitos; Processamento de Materiais a part Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Ciência e Engenharia de Materiais; Processamento de Materiais a partir do Pó; Polímeros e Compósitos; Processamento de Materiais a part
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
99.27962%
In general, among the corrosion inhibitors surfactants are the most commonly used compounds, because they are significantly effective by forming protective films on anodic and cathodic areas. In this study, microemulsions containing he biodegradable saponified coconut oil as surfactant (SME-OCS) was used as green corrosion inhibitors. With this purpose, methanolic extracts of Ixora coccinea Linn (IC) and a polar fraction rich in alkaloids (FA) obtained from Croton cajucara Benth solubilized in the SME-OCS system were examined in the presence of AISI 1020 carbon steel, in saline solution (NaCl 3,5 %). The efficiency of corrosion inhibition of IC and FA were evaluated in the following microemulsions: SME-OCS-IC and SME-OCS-FA. The microemulsion system SME-OCS in the presence and absence of IC and FA was assessed by measurements of weight loss and the electrochemical method of polarization resistance, with variation in the concentration of IC and FA (50 - 400 ppm), showing significant results of corrosion inhibition (83,6 % SME-OCS; 92,2 % SME-OCS-FA; and 95,3 % SME-OCS-IC); Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Em linhas gerais, dentre os inibidores de corrosão mais utilizados se encontram os tensoativos, que são significantemente eficazes por formarem películas protetoras sobre áreas anódicas e catódicas. No presente trabalho...

Utilização de matérias primas vegetais para aplicabilidade como inibidores de corrosão

Anjos, Gineide Conceição dos
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Ciência e Engenharia de Materiais; Processamento de Materiais a partir do Pó; Polímeros e Compósitos; Processamento de Materiais a part Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Ciência e Engenharia de Materiais; Processamento de Materiais a partir do Pó; Polímeros e Compósitos; Processamento de Materiais a part
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
119.33455%
In the search for products that act as corrosion inhibitors and do not cause environmental, impact the use of plant extracts as corrosion inhibitors is becoming a promising alternative. In this work the efficiency of polar extracts (ethanol extracts) obtained from the plants Anacardium occidentale Linn (AO) and Phyllantus amarus Schum. & Thonn (PA) as corrosion inhibitors were evaluated in different concentrations. For that AO and PA extracts were solubilized in the microemulsion systems (SME) containing saponified coconut oil as surfactant (SME -OCS and SME-OCS-1) in saline (NaCl 3,5 %) solution, which was also used as electrolyte. Both SME-OCS and SME-OCS-1 were characterized by surface tension and viscosity methods showing a Newtonian fluid behavior. The SME-OCS and SME-OCS-1 systems satisfactorily solubilized the polar extracts AO and PA with measurements carried out by ultraviolet spectroscopy. The measurements of corrosion inhibition efficiencies were performed by the electrochemical linear polarization resistance (LPR) technique as well as weight loss, on the surface of AISI 1020 carbon steel. The maximum corrosion inhibition efficiencies were determined by extrapolation of Tafel plots, showing the following values: 95,6 % for the system SME-OCS-AO...

Estudo de inibidores de corrosão em concreto armado, visando a melhoria na sua durabilidade

Silva, Djalma Ribeiro da
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Ciência e Engenharia de Materiais; Processamento de Materiais a partir do Pó; Polímeros e Compósitos; Processamento de Materiais a part Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Ciência e Engenharia de Materiais; Processamento de Materiais a partir do Pó; Polímeros e Compósitos; Processamento de Materiais a part
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
99.50885%
This thesis has as objective presents a methodology to evaluate the behavior of the corrosion inhibitors sodium nitrite, sodium dichromate and sodium molybdate, as well as your mixture, the corrosion process for the built-in steel in the reinforced concrete, through different techniques electrochemical, as well as the mechanical properties of that concrete non conventional. The addition of the inhibitors was studied in the concrete in the proportions from 0.5 to 3.5 % regarding the cement mass, isolated or in the mixture, with concrete mixture proportions of 1.0:1.5:2.5 (cement, fine aggregate and coarse aggregate), superplasticizers 2.0 % and 0.40 water/cement ratio. In the modified concrete resistance rehearsals they were accomplished to the compression, consistence and the absorption of water, while to analyze the built-in steel in the concrete the rehearsals of polarization curves they were made. They were also execute, rehearsals of corrosion potential and polarization resistance with intention of diagnose the beginning of the corrosion of the armors inserted in body-of-proof submitted to an accelerated exhibition in immersion cycle and drying to the air. It was concluded, that among the studied inhibitors sodium nitrite , in the proportion of 2.0 % in relation to the mass of the cement...

Reavaliação da eficiência de óleo de coco saponificado e de sua microemulsão como inibidores de corrosão em uma célula eletroquímica

Rocha, Thiago Ramalho da
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Química; Físico-Química; Química Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Química; Físico-Química; Química
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
98.99667%
An interesting development in surfactants science and technology is their application as corrosion inhibitors, since they act as protective films over anodic and cathodic surfaces. This work aims to investigate the efficiency of saponified coconut oil (SCO) as corrosion inhibitor and of microemulsified system (SCO + butanol + kerosene oil + distilled water), in saline medium, using an adapted instrumented cell, via techniques involving linear polarization resistance (LPR) and mass loss coupons (MLC). For this, curves of efficiency versus SCO concentration (ranging between 0 and 75 ppm) have been constructed. According to the obtained results, the following efficiency levels were reached with OCS: 98% at a 75 ppm concentration via the LPR method and 95% at 75 ppm via the MLC method. The microemulsified system, for a concentration of 15 ppm of SCO, obtained maximum inhibition of 97% (LPR) and 93% (MLC). These data indicate that it is possible to optimize the use of SCO in similar applications. Previous works have demonstrated that maximal efficiencies below 90% are attained, typically 65% as free molecules and 77% in microemulsified medium, via the LPR method in a different type of cell. Therefore, it can be concluded that the adapted instrumented cell (in those used methods) showed to be an important tool in this kind of study and the SCO was shown effective in the inhibition of the metal; Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Tensoativos vêm sendo alvo de interesse como inibidores de corrosão...

Caracterização e aplicação de sistemas micelares e microemulsionados como inibidores de corrosão

Roberto, Erileide Cavalcanti
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Química; Físico-Química; Química Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Química; Físico-Química; Química
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
109.11879%
Corrosion is an important phenomenon that frequently occurs in the oil industry, causing surface ablation, such as it happens on the internal surfaces of oil pipes. This work aims to obtain new systems to reduce this specific problem. The surfactants SDS, CTAB, and UNITOL L90 (in micellar and microemulsionated systems) were used as corrosion inhibitors. The systems were obtained using a C/S ratio of 2, butanol as cosorfactant, kerosene as oil phase and, as water phase, NaCl solutions of 0.5M with pH = 2, 4, and 7. Microemulsion regions were found both for direct and inverse micelles. SDS had the higher microemulsion region and the area was not dependent of pH. The study of micellization of these surfactans in the liquid-gas interface was carried out via the determination of CMC from surface tension measurements. Regarding microemulsionated systems, in the case of CTAB, CMC increased when pH was increased, being constant for SDS and UNITOL L90. Concerning micellar systems, increase in pH caused decrease and increase in CMC for SDC and CTAB, respectively. In the case of UNITOL L90, CMC was practically constant, but increased for pH = 4. The microemulsionated systems presented higher CMC values, except for UNITOL L90 L90. The negative values of free energy of micellization indicated that the process of adsorption was spontaneous. The results also indicated that...

Obtenção de novos sistemas nanoautoemulsificantes a partir do óleo das sementes de Azadirachta indica A Juss e suas aplicações como inibidores de corrosão

Emerenciano, Denise Pofirio
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Química; Físico-Química; Química Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Química; Físico-Química; Química
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
108.99222%
Corrosion is a natural process that causes progressive deterioration of materials, so, reducing the corrosive effects is a major objective of development of scientific studies. In this work, the efficiency of corrosion inhibition on a AISI 1018 carbon steel of the nanoemulsion system containing the oil of the seeds of Azadirachta indica A. Juss (SNEOAI) was evaluated by the techniques of linear polarization resistance (LPR) and weight loss (CPM), a instrumented cell. For that, hydroalcoholic extract of leaves of A. indica (EAI) was solubilized in a nanoemulsion system (SNEOAI) of which O/W system (rich in aqueous phase). This nanoemulsion system (tested in different concentrations) was obtained with oil from the seeds of this plant species (OAI) (oil phase), dodecylammonium chloride (DDAC) (surfactant), butanol (cosurfactant) and water, using 30 % of C/T (cosurfactant/surfactant), 0.5 % of oil phase and 69.5 % of aqueous phase, and characterized by surface tension, rheology and droplet sizes. This systems SNEOAI and SNEOAI-EAI (nanoemulsion containing hydroalcoholic extract - EAI) showed inhibition efficiencies in corrosive environment in saline (1 %), for the method of LPR with significant value of 70.58 % (300 ppm) to SNEOAI, 74.17 % (100 ppm) and 72.51 % (150 ppm) to SNEOAI-EAI. The best efficiencies inhibitions were observed for the method of CPM with 85.41 % for the SNEOAI (300 ppm) and 83.19 % SNEOAI-EAI (500 ppm). The results show that this formulation could be used commercially for use as a corrosion inhibitor...

Aplicação de sabões de ácidos graxos epoxidados como inibidores de corrosão em oleoduto

Wanderley Neto, Alcides de Oliveira
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Química; Físico-Química; Química Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Química; Físico-Química; Química
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
109.16357%
Corrosion usually occurs in pipelines, so that it is necessary to develop new surface treatments to control it. Surfactants have played an outstanding role in this field due to its capacity of adsorbing on metal surfaces, resulting in interfaces with structures that protect the metal at low surfactant concentrations. The appearance of new surfactants is a contribution to the area, as they increase the possibility of corrosion control at specific conditions that a particular oil field presents. The aim of this work is to synthesize the surfactants sodium 12 hydroxyocadecenoate (SAR), sodium 9,10-epoxy-12 hydroxyocadecanoate (SEAR), and sodium 9,10:12,13-diepoxy-octadecanoate (SEAL) and apply them as corrosion inhibitors, studying their action in environments with different salinities and at different temperatures. The conditions used in this work were chosen in order to reproduce oil field reality. The study of the micellization of these surfactants in the liquid-gas interface was carried out using surface tensiometry. It was observed that cmc increased as salt concentration was increased, and temperature and pH were decreased, while cmc decreased with the addition of two epoxy groups in the molecule. Using the values of cmc and the Gibbs equation...

Avaliação da capacidade de proteção contra a corrosão da arma-dura induzida por cloretos de concretos com adições minerais e inibidores de corrosão; Evaluation of the ability to protect against corrosion of the gun hard-induced chloride concrete with mineral additions and corrosion inhibitors

LIMA, Marcelo Batista
Fonte: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Geotecnia e Construção Civil; Engenharias Publicador: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Geotecnia e Construção Civil; Engenharias
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
99.82569%
Increasing the durability of concrete structural elements is primordial, especially those related to power generation in eolic areas that are subjected to the phenomenon of reinforcement corrosion. In this context, this study aims to evaluate the overall protection ability of concrete to the phenomenon of reinforcement corrosion induced by chlorides. To this end, it was adopted a statistical program based on a fractional factorial design in which the variables studied were as follows: the water-binder ratio (0.35, 0.45 and 0.55), the type of mineral admixture (silica fume and blast furnace slag at specific levels), the type of corrosion inhibitor (calcium nitrite, sodium nitrite and amine) and the level of corrosion inhibitor (minimum and maximum recommended by each manufacturer). In the concrete investigations, the tests performed were corrosion potential, polarization resistance and electrochemical impedance. Throughout the experiments, it was possible to testify the beneficial effect of reducing the water-binder ratio. It was also possible to prove the very positive effect of the incorporation of mineral admixtures, especially of silica fume. The satisfactory performance of various inhibitors evaluated was also verified, specially when concrete contains mineral admixtures. A parallel study was conducted to make a comparative analysis of inhibitors at the same range of concentrations (at solid levels of 0.76%...

Avaliação do potencial anticorrosivo de tiossemicarbazonas solubilizadas em sistemas microemulsionados

Moura, Elaine Cristina Martins de
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Química; Físico-Química; Química Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Química; Físico-Química; Química
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
98.51359%
In this work thiosemicarbazones [4-N-cinnamoyl-thiosemicarbazone (CTSC), 4-N-(2'-methoxycinnamoyl)-thiosemicarbazone (MCTSC), and 4-N-(4'-hydroxy-3'-methoxybenzoyl)-thiosemicarbazone (HMBTSC)] were solubilized in an microemulsion system (ME_OCS) which is rich in aqueous phase (O/W system). The system ME_OCS was obtained with saponified coconut oil (OCS) as (surfactant), butanol (cosurfactant), and kerosene as oil phase (Fo), using 40% of C/T (cosurfactant/surfactant), 5% of Fo and 55% of aqueous phase. The microemulsions systems CTSC_ME_OCS, MCTSC_ME_OCS and HMBTSC_ME_OCS effectiveness on a AISI 1020 carbon steel corrosion inhibition process were evaluated in a saline solution (NaCl 0.5%), using a galavostatic method. The tested thiosemicarbazones (TSC) showed highest inhibitors effects (85.7% for CTSC_ME_OCS, 84.0% for MCTSC_ME_OCS, and 83.3% HMBTSC_ME_OCS) at lower concentrations [0.19% of CTSC, 0.07% (MCTSC), and 0.26% (HMBTSC)]. Comparatively, the surfactant OCS (solubilized in H2O) as well as the system ME_OCS showed lower efficacy [71% for OCS (at 0.20 - 0.25% of concentration) and 74% for ME_OCS (at 0.5% of concentration)]. Since the microemulsion systems ME_OCS showed satisfactory interfacial adsorption, the greatest inhibitory effect of those TSC_ME_OCS systems could be correlated to both chemical composition of each tested TSC (which is rich in heteroatoms and aromatic ring) and also the presence of the surfactant OCS; Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Neste trabalho tiossemicarbazonas [4-N-cinamoil-tiossemicarbazona (CTSC)...

Inhibitory Effect of Piper Nigrum L. Extract on the Corrosion of Mild Steel in Acidic Media; Efeito Inibitório do Extrato de Piper Nigrum L. sobre a Corrosão do Aço Carbono em Meio Ácido

Beatriz V. R. de Assis; Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro; Flaviana O. Meira; Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro; Vitória G. S. S. Pina; Instituto Federal de Educação, Ciênci
Fonte: Revista Virtual de Química Publicador: Revista Virtual de Química
Tipo: ; Formato: binary/octet-stream
Publicado em 18/09/2015 PT
Relevância na Pesquisa
99.70345%
Corrosion inhibitors have been used to preserve the integrity of metal components of plant facilities under severe corrosive conditions that would lead to failure or reduction of the operating cycle of essential units. These include risers, columns, wells, pipelines, pressure vessels and distillation towers structures. Several compound classes have been studied as corrosion inhibitors for metallic materials. In special, organic compounds have been tested and applied industrially as corrosion inhibitors due to their low toxicity. Taking into account recent recommendations for eliminating the use of toxic inorganic inhibitors there was a significant increase in studies on the use of natural products as corrosion inhibitors. Natural products are considered environmentally suitable corrosion inhibitors for use on a large scale. Recent studies have shown that black pepper extract is rich in a mixture of alkaloids substances that have excellent anti-corrosion properties in acid conditions. The aim of this study was to investigate the carbon steel corrosion inhibition efficiency of black pepper crude extract and purified piperine (major alkaloid present in the extract) in highly corrosive environment by weight loss measurements. For this reason...

Sorbitanos como Inibidores de Corrosão; Sorbitans as Corrosion Inhibitors

Ciro José F. Rodrigues; Universidade Federal do Rio Grande do Norte; Maria Aparecida M. Maciel; Universidade Federal do Rio Grande do Norte; Kássio Michell G. de Lima; Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Fonte: Revista Virtual de Química Publicador: Revista Virtual de Química
Tipo: ; Formato: binary/octet-stream
Publicado em 01/11/2013 PT
Relevância na Pesquisa
119.404795%
No setor industrial a corrosão gera prejuízos financeiros irreversíveis. Citando apenas um exemplo, a industrialização de produtos provenientes do refino do petróleo causa danos nos sistemas de dutos provenientes do desencadeamento de processos corrosivos, que se formam em função de meios eletroquímicos. A deterioração de materiais metálicos vem sendo combatida de formas variadas, o uso de inibidores de corrosão representa uma das possibilidades. Neste contexto, os tensoativos não-iônicos se destacam por formarem uma camada protetora resistente ao ataque eletroquímico. Os tensoativos do tipo sorbitanos (classe dos Tweens) são inibidores não-iônicos com eficácia comprovada, tendo sido alvo de revisão literária com destaque para suas eficácias na inibição à corrosão de materiais metálicos. Para tanto, foram apresentados resultados em função de análises das técnicas utilizadas, variações de temperatura e meio corrosivo, bem como  estrutura química do tensoativo e suas concentrações. DOI: 10.5935/1984-6835.20130065; In the general industrial sector corrosion damage causes irreversible financial losses. As an example, in the petroleum refining industrialization process, in which electrochemical corrosive attack were correlated to several corrosive processes. Inhibitors are used in industrial scale and represent an alternative procedure to mitigate material deterioration. In this context...

A Corrosão e os Agentes Anticorrosivos; The Corrosion and the Anticorrosion Agents

Cristiane Frauches-Santos; Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro; Mariana A. Albuquerque; Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro; Márcia C. C. Oliveira; Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro; Aurea Echevarria; Universidade Federal Rur
Fonte: Revista Virtual de Química Publicador: Revista Virtual de Química
Tipo: ; Formato: application/pdf
Publicado em 28/02/2014 PT
Relevância na Pesquisa
99.14455%
A corrosão está presente nos materiais metálicos em geral e, em especial, envolvidos nas diversas atividades industriais. A deterioração destes é causada pela interação físico-química entre o material e o meio corrosivo, onde causa grandes problemas nas mais variadas atividades. Um dos setores que mais se prejudica com a corrosão é o petrolífero devido a influencia de constituintes dos fluidos de perfuração e da água de produção. Para evitar as perdas dos materiais de elevado uso industrial, são utilizadas técnicas anticorrosivas que incluem os revestimentos, as técnicas de modificação do meio, a proteção catódica e anódica e, os inibidores de corrosão como a utilização de compostos orgânicos. Este artigo descreve, em linhas gerais, as principais técnicas de proteção anticorrosiva, a corrosão na indústria do petróleo e os agentes anticorrosivos utilizadas no meio industrial. DOI: 10.5935/1984-6835.20140021; Corrosion is generally present in metal materials, especially when they are involved in several industrial activities. Their deterioration is induced by the physicochemical interaction between the metal and the corrosive environment, which causes great problems in several activities. The petrol sector is one of the most damaged as the constituents of perforation fluids and petroleum production water influence corrosion. Conventional anti-corrosion techniques are employed to prevent the loss of highly used industrial material; they include coatings...