Página 1 dos resultados de 4 itens digitais encontrados em 0.003 segundos

Caracterização morfológica do fruto, semente, plântula e planta jovem e germinação de Inga ingoides (Rich) Willd

Braz,Maria do Socorro Souto; Freitas,Suzana de Lourdes Sousa; Campos,Maria Auxiliadora Leal; Miranda,Diêgo Dourado Oliveira Amazonas de; Cosme,Michelle Cavalcanti
Fonte: UFLA - Universidade Federal de Lavras Publicador: UFLA - Universidade Federal de Lavras
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2012 PT
Relevância na Pesquisa
624.34555%
Nesta pesquisa, objetivou-se descrever e ilustrar as características morfológicas do fruto, semente, plântula e planta jovem e germinação da espécie Inga ingoides (Rich) Willd. Utilizaram-se 100 frutos para a descrição morfológica externa, no qual observou-se: tipo, forma, comprimento, superfície, cor, deiscência, tipo de pericarpo e número de sementes por frutos. Para o estudo das características morfológicas das sementes, foram utilizadas 100 amostras, observando: forma, comprimento, superfície da testa, cor e tipo de cotilédones, posição e descrição do embrião (tipo, forma do eixo hipocotiledonar). A descrição das características morfológicas da fase de germinação foi realizada em ambiente controlado (condições de laboratório) a uma temperatura ambiente de 28ºC e 70% umidade relativa do ar, quando acompanhou-se até o surgimento dos primeiros metáfilos, com posterior descarte. A fase de planta jovem foi analisada durante um período de 28 dias em condições de casa de vegetação, observando-se as seguintes características: tipo de emergência, tipo de raiz, hipocótilo, cotilédones, epicótilo e tipo de metáfilo. Diante dos resultados, constatou-se que os frutos de Inga ingoides (Rich) Willd. são do tipo legume...

Efeito da desidratação na germinação de sementes de Inga cf. ingoides (RlCH.) willd.

BUENO, P. C.; SALOMÃO, A. N.
Fonte: In: TALENTO Estudantil da Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia 1998: resumo dos trabalhos. Brasília, DF: Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia, 1998. Publicador: In: TALENTO Estudantil da Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia 1998: resumo dos trabalhos. Brasília, DF: Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia, 1998.
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE) Formato: p. 52.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
242.76535%
1998

Caracterização morfológica do fruto, semente, plântula e planta jovem e germinação de Inga ingoides (Rich) Willd; Morphological characterization of fruits, seeds, seedlings and saplings and germination of Inga ingoide (Rich) Willd

Fonte: UFLA - Universidade Federal de Lavras Publicador: UFLA - Universidade Federal de Lavras
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
PT
Relevância na Pesquisa
657.9814%
The aim of this research was to describe and illustrate the morphological characters of the fruits, seeds, seedling, sapling and phase of germination of Inga ingoides (Rich) Willd. For the description of the external morphological aspect 100 fruits were used and the following measurements were observed: type, shape, length, surface, color, dehiscence, pericarp type and number of seeds per fruit. The study of the morphological characteristics of the seeds used 100 seeds in order to observe the: shape, length, surface of the testa, color and cotyledons type, position and the embryo description (type and the form of the hypocotyls axis). The analysis of the morphological characterization of the germination phase was performed in a controlled environment (laboratory conditions),280 C ambient temperature and relative humidity of 70%, that was followed until the appearance of the first metaphylls, after that it was discarded. The sapling phase it was observed during a period of 28 days in ideal greenhouse conditions and the following measurements were observed: emergency type,root type, hypocotyls type, cotyledons, epicotyls and metaphylls type.Considering the results, were observed that the fruits of Inga ingoides (Rich) Willd, are a legume type...

RECUPERACION DE SILICA PARA CROMATOGRAFIA EN COLUMNA

Rendón P.,Willy J.
Fonte: Revista Boliviana de Química Publicador: Revista Boliviana de Química
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2005 ES
Relevância na Pesquisa
796.30234%
La recuperación de Sílica Gel (60-200 mesh) J.T.Baker para cromatografía en columna fue realizada por calcinación de residuos orgánicos, lavado con agua y activación final a 110ºC, luego de haber contaminado con extracto alcohólico de la especie botánica Inga ingoides Willd. Con este proceso se logró, la obtener capacidades de separación de hasta el 50 % respecto de una sílica gel nueva, esto es después de haber contaminado la Sílica con un 25 % de material orgánico.