Página 1 dos resultados de 56 itens digitais encontrados em 0.000 segundos

As propriedades terapêutico-cosméticas do vinho do Porto

Sousa, Mariana Esteves Marcos Pinto de
Fonte: [s.n.] Publicador: [s.n.]
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2014 POR
Relevância na Pesquisa
27.334595%
Projeto de Pós-Graduação/Dissertação apresentado à Universidade Fernando Pessoa como parte dos requisitos para obtenção do grau de Mestre em Ciências Farmacêuticas; Numa época em que as fronteiras físicas se esbatem e os negócios assumem uma natureza cada vez mais global, não são raros os casos de empresas que partindo de uma base regional limitada conseguiram impor-se nos mercados internacionais. No contexto dos produtos portugueses de origem protegida, o vinho do Porto surge como um exemplo de um produto regional, que conseguiu impor-se pela sua inovação. O consumo do vinho provém desde a antiguidade, no entanto, com o aparecimento do “Paradoxo Francês”, passou a ser consumido com maior regularidade, uma vez que este está permanentemente associado com a redução da morbilidade e mortalidade, aumentando deste modo a esperança média de vida. Esta revisão bibliográfica foca-se nos compostos bioativos do vinho, os polifenóis. O resveratrol e a viniferina são compostos promissores graças às suas propriedades antioxidantes e efeitos terapêuticos contra o fotoenvelhecimento e doenças de pele, incluindo o cancro. Por estas razões, esta dissertação é um incentivo ao desenvolvimento de novos produtos cosméticos através do vinho do Porto...

Fotoenvelhecimento da pele

Carvalho, Mariana Francisca Simões
Fonte: [s.n.] Publicador: [s.n.]
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2014 POR
Relevância na Pesquisa
37.668108%
Projeto de Pós-Graduação/Dissertação apresentado à Universidade Fernando Pessoa como parte dos requisitos para obtenção do grau de Mestre em Ciências Farmacêuticas; A pele sofre modificações morfológicas e fisiológicas com o avançar do tempo que podem ser causadas por fatores extrínsecos ao organismo, tais como a exposição à radiação solar, poluição do ar e hábitos tabágicos, e fatores intrínsecos de natureza genómica, bioquímica e celular. Coletivamente, estes fatores contribuem para envelhecimento celular e organismal, incluindo o envelhecimento da pele, podendo também desempenhar um importante papel no processo de envelhecimento prematuro. Ao envelhecimento da pele induzido pela radiação solar foi atribuído um termo próprio, o fotoenvelhecimento. Clinicamente, a pele torna-se mais flácida, mais espessa, hiperpigmentada, e nas áreas mais expostas à radiação solar, como a face e as mãos, observa-se o aparecimento precoce de rugas e outras alterações cutâneas, eventualmente mais graves como o cancro de pele. A prevenção pode ser inicialmente efetuada através da utilização regular de protetor solar e vestuário adequado e, numa idade mais avançada, com cremes que contenham filtros solares e substâncias retardadoras do envelhecimento...

Estudo da pele humana fotoenvelhecida após tratamento com terapia fotodinâmica associada ao ácido 5-delta-aminolevulínico tópíco: avaliação imunoistoquímica, do colágeno e do tecido elástico; Study of photo aged human skin after photodynamic therapy treatment with topic 5 delta aminolevulinic acid: immunohistochemical, colagenous and elastic fibre analysis.

Ferolla, Ana Carolina Junqueira
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 19/04/2007 PT
Relevância na Pesquisa
17.334595%
A terapia fotodinâmica (TFD) atualmente é considerada uma modalidade terapêutica no fotoenvelhecimento, pois apresenta resposta satisfatória tanto no resultado estético como no tratamento e prevenção das lesões pré-malignas que geralmente acompanham a pele fotoenvelhecida. A destruição seletiva do tecido alvo ocorre através de uma reação química, onde se utiliza um agente fotossensibilizante que é exposto a uma determinada luz com comprimento de onda e na presença de oxigênio produz oxigênio "singlet" que é responsável pela citotoxicidade das células proliferativas e conseqüente morte celular. Foram estudadas 13 pacientes com fotoenvelhecimanto clínico que foram submetidas a três sessões de TFD-ALA tópico associado à luz vermelha (630nm) com intervalo quinzenal. Após 21 dias da ultima aplicação 12 pacientes apresentaram melhora do fotonvelhecimento; principalmente na coloração e textura da pele, clareamento das lesões de melanose solar, regressão da queratose actinica e melhora da flacidez. Houve também aumento do tecido colágeno e fibra elástica nas colorações de picrosirius e Weigert-oxona respectivamente. Em relação a modulação do sistema imune houve diminuição da população de linfócitos CD4 e CD8...

Estudo comparativo pré e pós luz intensa pulsada no tratamento do fotoenvelhecimento cutâneo: avaliação clínica, histopatológica e imunoistoquímica; Comparative study of pre and post pulsed intense light in the treatment of skin photoaging: clinical evaluation, histopathologic and immunohistochemistry

Patriota, Regia Celli Ribeiro
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 14/05/2009 PT
Relevância na Pesquisa
38.01238%
Introdução: A luz intensa pulsada(LIP) tem sido muito utilizada no tratamento do fotoenvelhecimento sem completo conhecimento de seu mecanismo de ação. Métodos: Foram acompanhados 26 pacientes apresentando fotoenvelhecimento grau II-III (GLOGAU, 1994), os quais foram submetidas à avaliação clínica , histológica e imunoistoquímica 6 e 12 meses após o término do tratamento com LIP. Foram realizadas cinco sessões com intervalos de trinta dias. Além da quantificação histomorfométrica das fibras colágenas e elásticas na derme, foram avaliados CD1, CD4, CD8 e ICAM-1. Resultados: Após 6 meses houve melhora clínica moderada e intensa em 76,92% dos casos e a nota média de satisfação foi 8,57 correspondendo à melhora moderada. Após 12 meses do término do tratamento observou-se que 51,52% das pacientes apresentaram uma melhora clínica moderada em relação à clínica inicial. Os efeitos colaterais foram eritema (11/26), edema (10/26), ardência (7/26) e crostas (8/26). A quantificação das fibras colágenas mostrou aumento médio de 51,33% proporção média de fibra colágena na derme após 6 meses de tratamento e o aumento em relação a 12 meses do término do tratamento foi 30,17%; as fibras elásticas mostraram aumento de 44...

Avaliação dos efeitos proliferativos e de síntese induzidos pela luz intensa pulsada em fibroblastos e células endoteliais humanas; Evaluation of the proliferative and synthesis effects induced by intense pulsed light in human fibroblasts and endothelial cells

Faucz, Luciana Rodrigues Lisboa
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 25/03/2011 PT
Relevância na Pesquisa
27.334595%
A luz intensa pulsada é amplamente utilizada para o tratamento do fotoenvelhecimento e de lesões vasculares congênitas e adquiridas, porém, seus efeitos biológicos ainda não são completamente esclarecidos. Neste estudo, foram avaliadas as respostas proliferativas e de síntese em fibroblastos e células endoteliais humanas após a irradiação com a luz intensa pulsada. As culturas de fibroblastos e células endoteliais foram irradiadas com luz intensa pulsada com variação de comprimento de onda entre 420 e 1110 nm e fluências de 10, 16 e 20 J/cm2. Os experimentos foram realizados após 24 e 48 horas da irradiação e analisados os seguintes parâmetros: 1-alterações morfológicas; 2- determinação da capacidade proliferativa e citotóxica; 3- produção de radicais livres; 4- fases do ciclo celular; 5- expressão dos marcadores do ciclo celular e apoptose; 6- avaliação do potencial elétrico da membrana mitocondrial; 7- análise da atividade mitocondrial por microscopia confocal; 8- biossíntese de colágeno e 9- microscopia eletrônica de varredura dos fibroblastos e matriz extracelular. Os resultados demonstraram que, nos fibroblastos, a luz intensa pulsada promoveu aumento da densidade celular e da capacidade proliferativa; aumento na produção de radicais livres diretamente proporcional à intensidade de energia; estímulo na fase de síntese; estímulo na síntese de colágeno mais significativo em 10 e 16 J/cm²; induziu apoptose pela via extrínseca...

Estudo da pele do campo cancerizável antes e após a terapia fotodinâmica através dos métodos clínicos, histopatológicos e imunohistoquímicos; Clinical, histopathological and immunohistochemical assessment of human skin field cancerization before and after photodynamic therapy

Torezan, Luís Antonio Ribeiro
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 16/11/2011 PT
Relevância na Pesquisa
27.334595%
O conceito de campo de cancerização, em dermatologia, sugere que a pele fotodanificada tem maior potencial para o desenvolvimento de neoplasias cutâneas. A terapia fotodinâmica (TFD) é um método não invasivo para o tratamento de queratoses actínicas (QA) múltiplas, possibilitando a abordagem de todo o campo. Vinte e seis pacientes com múltiplas QAs na face foram submetidos a três sessões de TFD com metilaminolevulinato 16% (MAL) e luz vermelha, com intervalo de um mês. Biópsias foram realizadas antes e após três meses da última sessão e o material corado para hematoxilina-eosina e Weigert. O estudo imunohistoquímico foi feito para os marcadores: TP-53, pró-colageno I, Metaloproteinase-1 e Tenascina-C. A avaliação do fotoenvelhecimento global melhorou consideravelmente (p < 0,001) e a cura clínica das QAs foi de 89,5% ao final do estudo. Duas sessões mostraram ser equivalentes a três sessões de TFD. Diminuição significante do grau e extensão da atipia celular (p < 0,001), aumento das fibras colágenas (p = 0,001) e melhora do grau de elastose (p = 0,002) foram observadas. O estudo imunohistoquímico mostrou diminuição da expressão da TP-53 (p = 0,580), aumento de pró-colágeno I (p = 0,477) e de MMP-1 (p = 0...

Estudo do laser Erbium Glass fracionado não ablativo no tratamento do fotoenvelhecimento cutâneo: avaliação clínica, histopatológica, microscopia eletrônica e imuno-histoquímica; Study of Erbium Glass Laser Fractional non-ablative treatment of photoaging: clinical evaluation, histophatology, electron microscopy and immunohistochemistry

Patriota, Regina Celli Ribeiro
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 22/10/2013 PT
Relevância na Pesquisa
37.873347%
Introdução: Os lasers fracionados não ablativos são efetivamente utilizados no rejuvenescimento da pele. As novas tecnologias a laser permitem uma remodelação dérmica seletiva, sem ablação da epiderme. Objetivo: Avaliar a eficácia do laser Erbium Glass (Sellas Evo) fracionado não ablativo 1550nm no rejuvenescimento facial através do estudo da quantificação histomorfométrica de fibras colágenas e elásticas, a expressão da molécula de adesão intercelular 1 (ICAM-1) por imuno-histoquímica , a análise das fases do ciclo celular, o potencial elétrico da membrana mitocondrial, a expressão de interleucina-1 (IL-1), o marcador celular endotelial CD34, o receptor do fator transformador de crescimento beta (TGF-beta), atividade da caspase-3 por citometria de fluxo e as alterações ultraestruturais na pele por microscopia eletrônica de varredura, 4 meses após o tratamento com laser. Materiais e Métodos: Quinze indivíduos (média de 56,4 anos, fototipo II-IV), com fotoenvelhecimento cutâneo na face fizeram 3 tratamentos com laser Erbium Glass fracionado não ablativo 1550nm usando uma fluência de 70 mJ e uma densidade de 100 cm2. Foram avaliados biópsias na região pré-auricular em 15 pacientes no início e 4 semanas após o tratamento final. Os níveis de expressão dos receptores e a atividade do potencial elétrico mitocondrial foram analisados na suspensão de células da derme obtida a partir da digestão por colagenase. A avaliação clínica e fotográfica foi analisada quatro semanas após o final do tratamento. Resultados: Após 4 meses do início do tratamento foi observada melhora clínica moderada...

Terapia fotodinâmica em pele fotoenvelhecida de camundongo hairless: avaliação por técnicas óptica e histopatológica; Photodynamic therapy on photoaged skin of hairless mouse: optical and histopathologic assessments

Jorge, Ana Elisa Serafim
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 02/06/2014 PT
Relevância na Pesquisa
27.668108%
A exposição crônica à radiação ultravioleta (UV) resulta no fotoenvelhecimento da pele humana. A fim de tratá-lo, a terapia fotodinâmica (TFD) - técnica que utiliza luz, um fotossensibilizador (FS) e oxigênio molecular - tem sido utilizada em ambientes clínicos, no entanto são escassas as investigações que revelam os achados histopatológicos desse tratamento na pele fotoenvelhecida. Com isso, o objetivo deste trabalho foi analisar experimentalmente os efeitos da TFD na pele fotoenvelhecida de camundongos por meio de técnicas ópticas e histológicas. Portanto, foram utilizados camundongos hairless (sem pelo) distribuídos aleatoriamente em diferentes grupos, tais como: Controle, animais de pele sadia envelhecida intrinsecamente, não irradiados com luz UV e não tratados; UV, animais irradiados com luz UV e não tratados; UV/Luz, animais irradiados com luz UV e tratados com fototerapia; UV/TFD, animais fotoenvelhecidos (irradiados com luz UV) e tratados com a TFD; e Controle/TFD, animais de pele sadia envelhecida intrinsecamente e tratados com TFD. A indução do fotoenvelhecimento foi realizada por diferentes fontes de luz contendo, principalmente, a banda espectral UV; para a TFD, foram utilizadas fontes de luz com comprimento de onda de 415...

Estudo da pele fotoenvelhecida antes e após esfoliação química com o ácido pirúvico a 80%: análise clínica, histopatológica e imunohistoquímica da proliferação celular; Study of the photodamage skin before and after chemical exfoliation with pyruvic acid at 80% : clinical, anatomical and immunohistochemical analyses of cellular proliferation

Ferolla, Ana Carolina Junqueira
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 17/11/2003 PT
Relevância na Pesquisa
17.334595%
Neste estudo foi avaliado o fotoenvelhecimento cutâneo dos membros superiores clinica, anatomo e imunohistoquimicamente, em 22 pacientes do sexo feminino, com idade acima de 50 anos, antes e após quatro sessões de esfoliação química com ácido pirúvico 80% com intervalo quinzenal. Clinicamente foram avaliados o envelhecimento cutâneo por meio da elastose clínica, rugas profundas e superficiais; lesões de queratose actinica e melanose solar. As biópsias foram avaliadas pela coloração hematoxilina-eosina e posteriormente coradas pelo marcador imunohistoquímico Ki-67, marcador de proliferação celular. A avaliação anatomopatológica foi embasada no estudo das alterações epidérmicas (hiperqueratose, presença de acantose ou atrofia, atipia celular e retificação da epiderme), enquanto a alteração dérmica foi avaliada pela degeneração basofílica do colágeno. As células coradas pelo marcador imunohistoquímico de proliferação celular, o Ki-67, foram contadas e comparadas antes e após as quatro esfoliações. Concluímos que o ácido pirúvico 80% se mostrou eficaz no tratamento clínico do fotoenvelhecimento (77,3%) e na queratose actinica (72,7%); resultados estatisticamente significantes, porém tanto a avaliação das lesões de melanose solar quanto a avaliação histopatológica epidérmica e dérmica não foram estatisticamente significantes. O Ki-67...

Terapia fotodinâmica na pele fotoenvelhecida de camundongos hairless: iluminação única e fracionada; Photodynamic Therapy on hairless mice photoaged skin: single and fractionated illumination

Campos, Carolina de Paula
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 14/07/2015 PT
Relevância na Pesquisa
27.668108%
O fotoenvelhecimento é uma condição dérmica decorrente da sobreposição do envelhecimento cronológico e dos efeitos da exposição crônica à radiação ultravioleta (UV) solar. A pele fotodanificada é um local propício para o desenvolvimento de lesões pré-cancerosas que podem evoluir para casos de câncer de pele. Logo, o tratamento dessa condição não é apenas de cunho estético, mas também preventivo. A Terapia Fotodinâmica (TFD) é uma técnica que se baseia na fotoativação de uma molécula fotossensível, que na presença de oxigênio, produz espécies citotóxicas que levam à morte da célula e tecido alvo. Esta técnica tem sido utilizada em estudos clínicos para o tratamento da pele fotoenvelhecida, e tem apresentado bons resultados funcionais e cosméticos. São muitas as variações em parâmetros como fonte de luz, dose e tipo de fotossensibilizador. A TFD fracionada utiliza um tempo de escuro entre frações da dose total e mostra-se mais eficiente que a iluminação em uma única dose, porém seu efeito no tratamento da pele fotoenvelhecida ainda é desconhecido. Neste trabalho, um protocolo de TFD foi desenvolvido para comparar o resultado da terapia com iluminação dose única e fracionada aplicada no fotoenvelhecimento. A avaliação foi através de histologia e espectroscopia de fluorescência e tempo de vida de fluorescência. Camundongos hairless foram fotoenvelhecidos e tratados com luz LED violeta (404 nm) e creme 20% ALA (1h de incubação) com dose única (1 J.cm-2) e fracionada (duas frações de 0...

Expressão da proteína p53 em diferentes níveis de fotoenvelhecimento da pele

Castro, Inês Alencar de
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
28.188716%
Este estudo se propõe a avaliar a expressão da proteína p53 em queratinócitos de antebraços de indivíduos com níveis diferentes de fotoenvelhecimento. O fotoenvelhecimento é um processo crônico definido por alterações fisiológicas, histológicas e clínicas, induzidas pela radiação ultravioleta. A radiação solar é considerada o mais importante carcinógeno em humanos, induzindo e promovendo alteração de DNA nos queratinócitos até a conversão maligna. A expressão do p53, gene supressor de tumores, seria o grande marcador genético da tendência à malignização induzida pela radiação ultravioleta. As mutações no gene p53 precedem o câncer de pele, mas não está determinado em que momento. A importância da avaliação desta proteína no fotoenvelhecimento, seria para avaliar um indicador de mutação no gene p53 precocemente às lesões malignas, e, portanto, melhor compreender e prevenir o câncer de pele não-melanoma. Sessenta pacientes com fototipo II e fotoenvelhecimento cutâneo foram avaliados segundo dois critérios: quanto à presença de ceratoses actínicas, grupo A, e quanto à presença de atrofia cutânea associada à elastose ou ao intenso ressecamento, grupo B. Ambos os grupos, com 60 pacientes...

Avaliação do potencial de carreadores lipídicos nanoestruturados para a administração cutânea de trans-resveratrol

Fachinetti, Naiara
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: 77 f.
POR
Relevância na Pesquisa
17.334595%
Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP); A exposição à radiação solar ultravioleta pode induzir a formação de radicais livres na superfície da pele humana, acelerando o processo de envelhecimento cutâneo, o qual pode ser evidenciado por hiperpigmentação, que traz como consequências aumento na atividade das enzimas melanogênicas, além da liberação de mediadores pró-inflamatórios produzidos pelos queratinócitos, como a interleucina-1α e a endotelina-1 (ET-1). Estudos recentes têm demonstrado que o trans-resveratrol (RES), devido às suas propriedades antioxidantes, despigmentantes e anti-inflamatórias, pode ser um importante aliado no tratamento das alterações decorrentes do fotoenvelhecimento. Dessa forma, sua administração cutânea seria conveniente a fim de localizá-lo no seu sítio de ação. No entanto, algumas de suas propriedades físico-químicas, como limitada solubilidade aquosa e, principalmente, sua alta capacidade de reagir com espécies reativas de oxigênio, dificultam sua eficiência terapêutica tópica, uma vez que possui baixa penetração na pele. Uma alternativa é a sua incorporação em sistemas nanoestruturados, como os carreadores lipídicos nanoestruturados (CLN)...

Resposta neuro-imuno-endocrinologica da pele relacionada ao fotoenvelhecimento : avaliação in vitro e clinica de um novo composto como alternativa terapeutica em dermatologia; Skin neuro-immuno-endocrinology response related to photoaging : in vitro and clinical assessment of a new compound as therapeutical alternative in dermatology

Gustavo de Campos Dieamant
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 21/08/2008 PT
Relevância na Pesquisa
28.01238%
O envelhecimento cutâneo é resultado de dois processos independentes, clinica e biologicamente distintos, que afetam a pele simultaneamente. Ao primeiro, conhecido como "relógio biológico", damos o nome de envelhecimento intrínseco, o qual afeta a pele na mesma proporção em que órgãos internos são afetados, como por exemplo, a lenta e irreversível degeneração tecidual. O segundo, denominado fotoenvelhecimento, é resultado da exposição da pele a agentes agressores ambientais, primeiramente radiação ultravioleta (RUV). Sobre o impacto da RUV, especialmente RUVA e RUVB, a pele passa por inúmeras alterações, incluindo hiperpigmentação, fotodano, alterações histológicas e imunológicas. Tendo em vista a complexidade do fotoenvelhecimento, podemos dividir este trabalho em duas partes, onde avaliamos em uma primeira etapa os efeitos da RUV sobre a resposta neuroimuno-endocrinológica da pele através da mensuração de parâmetros específicos em culturas de fibroblastos e queratinocitos humanos. Após a realização dos experimentos propostos para a primeira parte deste trabalho, passamos a considerar para a segunda etapa, a possível ação in vitro e in vivo do extrato de Rhodiola rosea (ERR) em associação com o dipeptídeo Lcarnosina (LC) sobre a reversão ou controle dos efeitos deletérios da RUV sobre a pele. Nossos resultados demonstram que durante a foto-exposição...

Caracterização de tintas alquídicas por THM-GC-MS, FTIR in situ e FTIR-μS: estudo da obra "Francisco de Assis" de Álvaro Lapa

Rodrigues, Denis Manuel de Castro Fernandes dos Santos, 1989-
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2012 POR
Relevância na Pesquisa
27.334595%
Tese de mestrado em Química Tecnológica, apresentada à Universidade de Lisboa, através da Faculdade de Ciências, 2012; O objetivo deste trabalho consistiu na caracterização de tintas alquídicas de qualidade artística de uma marca comercial, identificando-se as suas cargas, pigmentos, e acima de tudo o tipo de resina alquídica, ao mesmo tempo que se pretendia estudar o efeito que cada pigmento tem no envelhecimento geral da tinta. Para tal, recorreu-se a diversas técnicas analíticas, nomeadamente FTIR in situ, FTIR-μS e THM-GC-MS, assim como a ensaios de colorimetria. No fim do trabalho, realizou-se ainda o estudo da obra “Francisco de Assis”, de Álvaro Lapa, com o intuito de se aplicarem essas técnicas analíticas, assim como os conhecimentos adquiridos na caracterização das tintas alquídicas a um caso real. As técnicas analíticas utilizadas permitiram caracterizar todas as tintas analisadas, identificando-as como resinas alquídicas modificadas por óleo (umas curtas e outras médias em óleo), maioritariamente formadas por anidrido ftálico e pentaritritol, o único óleo encontrado confirmado na resina é o óleo de rícino hidrogenado, contudo a sua utilização comum como aditivo, não permite dizer se é este o óleo utilizado na resina ou se será haverá ainda outro óleo. Foi ainda possível identificar os pigmentos presentes. Após 8 semanas de fotoenvelhecimento...

Carrier-mediated dermal delivery for prevention or treatment of skin disorders

Ascenso, Andreia Patrícia Henriques, 1979-
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em //2013 ENG
Relevância na Pesquisa
17.668108%
Tese de doutoramento, Farmácia (Tecnologia Farmacêutica), Universidade de Lisboa, Faculdade de Farmácia, 2013; The effects of solar ultraviolet radiation that reaches the Earth surface can be beneficial but also harmful depending on the circumstances. The recent search for new chemical entities against photo-induced skin disorders has received particular focus on phytocompounds investigation. The use of natural compounds, working through different pathways in the cell, in both skin care products and therapeutic purposes may be an effective approach for reducing UV-B generated reactive oxygen species (ROS) mediated photoaging and photocarcinogenesis. In this work, the role of two active molecules is presented and discussed: tretinoin (the acid form of vitamin A) and lycopene (a carotenoid without vitamin A activity) in the context of photoaging and photocarcinogenesis, respectively. Tretinoin is involved in the control of cell differentiation and proliferation in several tissues, particularly in the skin epithelium. It has been demonstrated that photoaging can be ameliorated by topical retinoids, such as tretinoin, and long term effects of their topical application on the skin can be the reduction and redistribution of epidermal melanin...

Bases biomoleculares do fotoenvelhecimento

Montagner,Suelen; Costa,Adilson
Fonte: Sociedade Brasileira de Dermatologia Publicador: Sociedade Brasileira de Dermatologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/07/2009 PT
Relevância na Pesquisa
27.668108%
Com o aumento da expectativa de vida, o estudo do processo de envelhecimento orgânico tem sido estimulado. O envelhecimento da pele, órgão que espelha os sinais do tempo, é processo de deterioração progressiva, tempo-dependente, e pode ser intensificado pela exposição solar, então designado fotoenvelhecimento. O dano das radiações sobre diversas estruturas celulares e cutâneas leva a alterações morfológicas nesses componentes, fruto de modificações biomoleculares. Muitas pesquisas são desenvolvidas com o intuito de combater ou minimizar os efeitos do fotoenvelhecimento, porém a principal estratégia nesse sentido continua sendo a prevenção, só conseguida pelo progressivo desvendar dos mecanismos fisiopatogênicos envolvidos nesse processo.

Luz intensa pulsada no fotoenvelhecimento: avaliação clínica, histopatológica e imuno-histoquímica

Patriota,Régia Celli Ribeiro; Rodrigues,Consuelo Junqueira; Cucé,Luiz Carlos
Fonte: Sociedade Brasileira de Dermatologia Publicador: Sociedade Brasileira de Dermatologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2011 PT
Relevância na Pesquisa
28.01238%
FUNDAMENTOS: A luz intensa pulsada tem sido muito utilizada no tratamento do fotoenvelhecimento sem completo conhecimento de seu mecanismo de ação. OBJETIVO: Estudar a ação da luz intensa pulsada no fotoenvelhecimento e na resposta imunológica cutânea por meio de estudo clínico, histopatológico, avaliando células de Langerhans (CD1), expressão da molécula de adesão intercelular, de linfócitos CD4 e CD8 e quantificação de colágeno e fibras elásticas. MÉTODOS: Um total de 26 pacientes, com idades entre 40 e 65 anos, com fototipos II a III de Fitzpatrick, foram tratadas do fotoenvelhecimento usando LIP, em 5 sessões, com intervalo mensal, durante o ano de 2006. Todas as pacientes foram submetidas à avaliação histológica e imuno-histoquímica 6 meses após o tratamento. RESULTADOS: Ao término do tratamento, houve melhora clínica em 76,92% dos casos, estando relacionada ao aumento significante de fibras colágenas (51,33%) e elásticas (44,13%). O tratamento com luz intensa pulsada promoveu redução de linfócitos CD4 e não alterou a intensidade de linfócitos CD8. Além disso, promoveu aumento significante de pequenos vasos sanguíneos, não ectásicos, molécula de adesão intercelular positivos. CONCLUSÃO: O tratamento facial com luz intensa pulsada promoveu intensa melhora clínica que foi comprovada pelo estudo histopatológico da pele...

Qualidade de vida de mulheres com fotoenvelhecimento facial grau II submetidas à intervenção miofuncional estética; Quality of life in women with facial photoaging level II submitted to aesthetics myofunctional intervention

SOUZA, Cejana Baiocchi
Fonte: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Doutorado em Ciencias da Saude; Ciencias da Saude Publicador: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Doutorado em Ciencias da Saude; Ciencias da Saude
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
27.668108%
In the search for muscle and function balance, aesthetic myofunctional intervention promotes better health conditions to the individual, by taking into account aesthetic, functional, emotional and social aspects. Besides the physical gains, this study contributes to improved well-being and vitality, compromised in aging. The general objective of this study was to analyze the quality of life of 39 women, between 30 and 45 years, with facial photoaging grade II, submitted to myofunctional aesthetic intervention, comparing the pre and post intervention. This is a clinical trial, experimental, self-controlled, conducted at the Service of Dermatology Dr. Aiçar Chaul of Clinics Hospital - HC, of Federal University of Goiás - UFG. The intervention period was 17 weeks, and weekly individual meetings, including 10 therapeutic sessions. In evaluating of the quality of life was applied the instrument Medical Outcomes Studies 36 - item Short-Form (SF-36) and the myofunctional aesthetics evaluation were used the anamneses protocol a Muscle Improving Program in Facial Aesthetic Speech, Language and Hearing Sciences - MIPFAP, a standardized protocol of aesthetic evaluation, beside protocol of photographic record of the patients, created for this study. A socio-demographic questionnaire was given...

Avaliação do efeito fotoprotetor de compostos fenólicos sobre culturas de células da pele irradiadas por UVA e UVB; Photoprotective effect evaluation phenolic compounds on skin cell cultures irradiated with UVA and UVB

Fruet, Andrea Costa
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 14/04/2015 PT
Relevância na Pesquisa
27.334595%
A exposição excessiva à radiação Ultravioleta (UV) resulta em manifestações clínicas à pele humana como queimaduras, fotoenvelhecimento e câncer. A radiação UVA, preferencialmente, induz à formação de espécies reativas de oxigênio, enquanto que a radiação UVB é absorvida diretamente pelo DNA. Apesar de mecanismos endógenos auxiliarem na prevenção/reparação dos danos causados pela radiação UV, quando o dano excede a capacidade de reparação celular, diversos efeitos lesivos ocorrem na pele como alterações da matriz dérmica, resposta inflamatória e desidratação do estrato córneo. O uso de compostos fenólicos com atividade antioxidante pode auxiliar na prevenção das consequências patológicas da exposição à radiação UV. O presente trabalho teve como objetivo estudar em cultura de células da pele (HaCaT -queratinócito humano imortalizado e FHPD - fibroblasto humano primário dermal) exposta às radiações UVA e UVB a atividade fotoprotetora de 3 compostos fenólicos, ácido cafeico (AC), clorogênico (ACG) e rosmarínico (AR). Inicialmente, células HaCaT e FHPD cultivadas em monocamada foram expostas às doses crescentes de radiação UVA ou UVB e, após 24 horas, foram analisadas quanto a viabilidade...

Prevenção do dano fotooxidativo à pele por tratamento tópico com extrato da raiz de Pothomorphe umbellata L. Miq; Prevention of photo-oxidative damage to the skin for topical treatment with root extract of Phothomorphe umbellata L. Miq

Ropke, Cristina Dislich
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 29/05/2003 PT
Relevância na Pesquisa
27.334595%
Entre as estratégias de fotoproteção encontra-se a inibição da formação e/ou o seqüestro de radicais livres e espécies reativas de oxigênio geradas em conseqüência da exposição à radiação UV, mediante aplicação tópica de antioxidantes. No presente trabalho avaliou-se a permeação cutânea e o efeito da aplicação tópica de um extrato de Pothomorphe umbellata nos efeitos da exposição aguda e crônica à radiação ultravioleta, na pele de camundongos sem pêlo. No estudo de permeação cutânea foram testadas três formulações (gel, gel-creme e creme) contendo o princípio ativo do extrato (4-nerolidilcatecol) isolado. Também foram testadas duas formulações (gel, e gel-creme) contendo o extrato hidroalcoólico liofilizado de Pothomorphe umbellata, quanto à permeação do princípio ativo 4-nerolidilcatecol. A formulação gel tanto para o princípio ativo isolado, quanto para o princípio ativo presente no extrato, apresentou o melhor desempenho, sendo o gel o veículo escolhido para preparação da formulação utilizada nos ensaios de exposição crônica e aguda à radiação ultravioleta. Nos estudos de exposição aguda à radiação UVB não foram observadas alterações significativas nos níveis de ácido ascórbico e na atividade enzimática...