Página 1 dos resultados de 3548 itens digitais encontrados em 0.004 segundos

"Identificação e quantificação de fotossensibilizador em tecido hepático por espectroscopia de fluorescência e sua importância na terapia fotodinâmica"; "Photosensitizer identification and quantification in liver tissue by fluorescence spectroscopy and its importance on photodinamic therapy"

Vollet Filho, José Dirceu
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 26/02/2007 PT
Relevância na Pesquisa
37.145815%
A Terapia Fotodinâmica (TFD) é uma técnica que provoca dano celular pela ação de um fotossensibilizador (FS), com seletividade de localização em tecido tumoral; a luz que, absorvida pelo FS, leva-o a um estado tripleto metaestável; e oxigênio molecular, o qual recebe a energia absorvida pelo FS, passando a um estado singleto de alta capacidade oxidativa. A técnica é bem sucedida no tratamento de lesões como câncer, mas enfrenta, entretanto, dificuldades para a determinação de sua dosimetria. Uma delas é a quantificação da distribuição do FS no tecido tratado. Este trabalho tem três objetivos: a obtenção de informação quantitativa por espectros de fluorescência de fluoróforos em meios turvos; a demonstração da distribuição do FS Photogem® em fígados sadios de ratos Wistar e suas implicações na dosimetria; e a melhoria de um dos modelos existentes para previsão da profundidade de necrose (Ynec), importante parâmetro no estudo da TFD. Realizaram-se os experimentos em três fases: na primeira, tentou-se reconstruir o espectro do fígado sadio a partir de uma composição de espectros isolados de fluoróforos endógenos do fígado. Na segunda, realizaram-se estudos com corantes alimentícios Coralim-Mix® nas cores azul...

Técnicas de fluorescência no monitoramento de membranas modelo; Fluorescence techniques to monitor model membranes

Marquezin, Cássia Alessandra
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 05/12/2008 PT
Relevância na Pesquisa
37.21084%
Apresentamos os resultados de estudos sobre a utilização de técnicas baseadas no fenômeno de fluorescência para a investigação de processos relacionados a membranas modelo. Nessa investigação, estão envolvidas medidas de propriedades espectrais de absorção e emissão de luz por cromóforos adequados, determinação xperimental de perfis de decaimento temporal da fluorescência e correlação temporal de emissão fluorescente, bem como a utilização apropriada de metodologias para análise e interpretação dos dados experimentais. Foram utilizados diversos compostos que apresentam absorção e emissão na região ultravioleta/visível, como as sondas lipofílicas 2-Amino-N-hexadecil-benzamida (Ahba), 6-lauryl-2-dimethylaminonaphthalene (Laurdan), N-(7-nitrobenz-2-oxa-1,3- diazol-4-yl) (NBD), em diferentes condições: meio aquoso homogêneo, suspensões de micelas de Sodium Dodecyl Sulfate (SDS), Cetyl-trimethyl-ammonium-bromide (CTAB) e 3-(Dodecyl-Dimethyl-Ammonio)-propane-sulfonate (DPS) e vesículas de fosfolipídios, como o 1,2-Dimyristoyl-sn-Glycero-3-Phosphocholine (DMPC), o 1,2-Dimyristoyl-sn-Glycero-3-[Phospho-rac-(1-glycerol)](Sodium Salt) (DMPG) e o 1-Palmitoyl-2-Oleoyl-sn-Glycero-3-Phosphocholine (POPC). Supressores alquilpiridínios de diferentes comprimentos da cadeia alquila e...

Espectroscopia da fluorescência na citricultura; Fluorescence spectroscopy in citrus

Lins, Emery Cleyton Cabral Correia
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 06/10/2009 PT
Relevância na Pesquisa
37.145815%
O cancro cítrico é uma das doenças mais temidas da citricultura devido ao seu poder de proli-feração nas fazendas, aos danos causados às plantas e aos frutos e à forma de combate adota-da pelos órgãos responsáveis através da erradicação das plantas contaminadas e de outras em sua vizinhança. No Brasil, um dos principais motivos que minimiza a eficiência da erradicação do cancro cítrico é a confirmação do diagnóstico, que necessita ser realizada em alguns laboratórios credenciados. A análise de muitas amostras em conjunto com o tempo gasto com o transporte aumenta a chance de proliferação da doença no campo. Neste trabalho aplicamos técnicas de espectroscopia da fluorescência em folhas de culturas cítricas na intenção de pro-por um método de diagnóstico do cancro cítrico a ser realizado na fazenda e com resposta em tempo real. As amostras experimentais são folhas de variedades cítricas sadias e contaminadas com cancro ou outras doenças. Iniciamos o trabalho aplicando espectroscopia da fluorescência no laboratório. Os resultados provaram a viabilidade do método, mas revelou uma enorme sobreposição de dados ao tentar discriminar o cancro de outra doença. Análises com-plementares nos revelaram que os experimentos deveriam ser feitos no campo...

Desenvolvimento de um sistema por imagem de fluorescência óptica para uso médico-odontológico; Development of an optical fluorescence imaging system for medical use

Costa, Mardoqueu Martins da
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 12/02/2010 PT
Relevância na Pesquisa
37.145815%
A técnica de fluorescência óptica tem sido aplicada em diversas áreas médicas, como no acompanhamento da degradação de drogas e na detecção de câncer, por apresentar alta sensibilidade, simplicidade e rapidez na obtenção de dados. A avaliação não-invasiva e não-destrutiva é um grande atrativo que esta técnica oferece para o diagnóstico clínico. Assim, o objetivo deste projeto consistiu no desenvolvimento de um sistema de fluorescência óptica por imagem de campo amplo e avaliação do sistema no monitoramento da fotodegradação da Protoporfirina XI, utilizada na Terapia Fotodinâmica (TFD), e na visualização da presença de microrganismos presentes na microbiota bucal. O sistema desenvolvido é constituído de um sistema óptico, mecânico, eletrônico e de detecção. O sistema óptico é composto por LEDs de alta intensidade, com emissão centrada em 405nm e 450nm e 3 filtros ópticos: 1. passa-banda: utilizado na excitação; 2. dicróico; e 3. passa-alta: utilizados para excitação e emissão da fluorescência. O sistema mecânico foi desenvolvido em alumínio, possuindo as funções de dissipação de calor do sistema de iluminação e estrutural. O sistema eletrônico possui a função de controle e fornecimento de energia ao sistema de iluminação. O sistema de detecção é composto por uma câmera CCD e fotográfica...

Utilização da espectroscopia de fluorescência para mensuramento de moléculas autoflurescentes em indivíduos diabéticos; Use of fluorescence spectroscopy to measure molecular autofluorescence in diabetic subjects

Gomes, Cinthia Zanini
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 27/04/2011 PT
Relevância na Pesquisa
37.114717%
Diabetes Mellitus (DM) é uma síndrome metabólica complexa, causada pela secreção diminuída ou ausente de insulina pelas células beta pancreáticas, levando a hiperglicemia. A hiperglicemia promove a glicação de proteínas e, conseqüentemente, o aparecimento de produtos finais da glicação avançada (AGEs). Atualmente, os pacientes diabéticos são monitorados pela determinação dos níveis de glicemia e hemoglobina glicada (HbA1c). As complicações geradas pela hiperglicemia podem ser divididas em micro e macrovasculares, representadas por retinopatias, nefropatias, neuropatias e doenças cardiovasculares. A albumina (HSA) é a proteína sérica mais abundante no organismo humano e está sujeita à glicação. A protoporfirina XI (PpIX) é a molécula precursora da síntese do heme, componente estrutural da hemoglobina. Ensaios in vitro e em animais indicaram que a hiperglicemia promove uma diminuição de sua concentração em eritrócitos. A espectroscopia de fluorescência é uma técnica bastante utilizada na área biomédica. A autofluorescência corresponde à fluorescência intrínseca presente em algumas moléculas, estando esta associada à estrutura das mesmas. O objetivo deste trabalho foi utilizar a técnica de espectroscopia de fluorescência para mensurar os níveis de autofluorescência da PpIX eritrocitária e AGE-HSA em pacientes diabéticos e indivíduos saudáveis e compará-los com os níveis de glicemia e HbA1c. Este estudo foi realizado com 151 indivíduos (58 controles e 93 diabéticos). Os dados epidemiológicos de pacientes e controles foram obtidos nos prontuários médicos. Para os indivíduos controle...

Associação entre fluorescência vermelha emitida pela placa bacteriana e atividade de cárie: estudo in situ; Association between red fluorescence emitted by bacterial plaque and caries activity: in situ study

Bittar, Daniela Gonçalves
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 08/03/2012 PT
Relevância na Pesquisa
37.145815%
O objetivo desse estudo in situ cruzado de duas fases foi avaliar a influência da presença de placa dentária fluorescente no vermelho na indução de lesões cariosas. Foram utilizados 272 blocos de esmalte bovino, que foram avaliados inicialmente em relação à microdureza superficial e quantificação da fluorescência verde com o QLF (Quantitative light-induced fluorescence). Dezessete voluntários utilizaram dispositivos palatais removíveis, com oito amostras cobertas com uma rede plástica para favorecer maior acúmulo de placa. No grupo experimental foi gotejada solução de sacarose a 20%, 8 X ao dia e no grupo controle, água destilada. Cada fase durou 14 dias com 7 dias de wash-out. Os blocos foram avaliados após 4, 7, 10 e 14 dias. Após cada período, a placa bacteriana presente sobre a superfície dos blocos foi analisada utilizando o QLF para a quantificação de fluorescência vermelha. Após cuidadosa limpeza da superfície, o bloco foi novamente avaliado para a perda de fluorescência verde (QLF) e perda de microdureza superficial. Foram realizadas análises de multinível para comparação entre os grupos, bem como análises de regressão linear de multinível entre as medidas de fluorescência vermelha e os desfechos relacionados à desmineralização. Em relação à microdureza de superfície...

Correlação entre a espectroscopia de fluorescência induzida pelo laser e as alterações histológicas na isquemia e reperfusão renal em ratos; Correlations between the laser-induced fluorescence spectroscopy and histological changes in kidney ischemia and reperfusion in rats.

Cassini, Marcelo Ferreira
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 21/09/2012 PT
Relevância na Pesquisa
37.114717%
Introdução: O transplante renal é amplamente reconhecido como a melhor forma de tratamento para os pacientes que necessitam de terapia de substituição renal. Frequentemente a equipe transplantadora se depara com a difícil questão de determinar se órgãos, provenientes de doadores falecidos e limítrofes ou em parada cardíaca, estão aptos para serem transplantados. É difícil quantificar a intensidade do dano provocado pela isquemia no enxerto a ser utilizado, especialmente se o doador apresentou quadro de instabilidade hemodinâmica com queda significativa da perfusão tecidual e aumento do risco de diminuir a função do enxerto e afetar adversamente sua sobrevida. Desta forma torna-se justificável a utilização da técnica de espectroscopia de fluorescência induzida pelo laser, na tentativa de se avaliar a correlação entre os seus achados e o grau de lesão histológica renal experimental, uma vez que se trata de um método objetivo, não invasivo, rápido e em tempo real que, futuramente, pode ser aplicada nos transplantes renais em humanos. Objetivos: Avaliar a correlação entre os dados da espectroscopia de fluorescência induzida pelo laser e alterações histológicas na isquemia e reperfusão renal em ratos...

Fluorescência dental: possível aplicação forense; Fluorescence dental: potential application in forensic science

Silva, Ricarda Duarte da
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 02/08/2012 PT
Relevância na Pesquisa
37.17136%
Nos casos de identificação de ossadas, segmentos do esqueleto ou ossos isolados, buscar o diagnóstico dos dados biotipológicos, como a idade do indivíduo, proporciona a possibilidade de estabelecer uma conexão com suspeitos desaparecidos. Em dentes naturais a fluorescência ocorre em dentina e também em esmalte, embora este apresente menor índice de fluorescência. É sabido que o esmalte, a dentina e polpa sofrem mudanças notáveis durante a vida do indivíduo. O esmalte torna-se mais mineralizado, liso e fino, sofre desgaste fisiológico e patológico o que pode causar áreas de exposição da dentina que altera a expressão cromática do dente natural. A polpa diminui em volume devido à deposição de dentina secundária, assim a dentina torna-se espessa com o tempo. Sendo o esmalte e a dentina responsáveis pelo fenômeno de fluorescência dental e estes elementos dentários sofrem alteração significativa durante a vida, sugere-se avaliar tal fenômeno sob a luz da odontologia legal com vista a desenvolver um método para se estimar a idade de um indivíduo. O presente estudo tem por propósito verificar a existência de correlação entre idade e alteração da fluorescência em dentes in vivo. A amostra foi constituída por 66 brasileiros...

Investigação da hidrólise enzimática de derivados da quinizarina por espectroscopia e microscopia de fluorescência; Enzymatic hydrolysis of quinizarin diester investigated by spectroscopy and microscopy fluorescence

Sabatini, Carolina Aparecida
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 13/09/2012 PT
Relevância na Pesquisa
37.17136%
A cinética enzimática dos derivados de quinizarina com cadeias homólogas por lipases imobilizadas foi investigada por espectroscopia de fluorescência. Este estudo foi realizado em nível macroscópico e microscópico. Para o estudo macroscópico, foi utilizada a lipase suportada CALB (Novozyme® 435) e para o estudo microscópico a lipase Rhizopus niveus imobilizada em nanopartículas de sílica. Os derivados de quinizarina são espécies que não apresentam fluorescência, porém, quando são hidrolisados, tornam-se fluorescentes (quinizarina). Com um modelo cinético considerando um mecanismo de dois processos sequenciais do tipo Michaelis-Menten, foi possível fazer uma descrição adequada da evolução temporal da formação da quinizarina. O tempo médio de reação da hidrólise enzimática, em nível macroscópico, foi determinado para os derivados diacetato, dibutirato, dihexanoato e dioctanoato de quinizarina nos solventes hexano, ciclo-hexano e decalina saturados com água. No estudo microscópico, a lipase de Rhizopus niveus foi incorporada em nanopartículas de sílica de 200nm. A hidrólise enzimática foi monitorada por imagens e pela flutuação da intensidade de fluorescência com o tempo, por meio da microscopia de fluorescência confocal. Os resultados mostraram que...

Utilização de métodos baseados em fluorescência para avaliação da atividade de lesoes de cárie oclusais em molares decíduos; Use of Fluorescence-based methods to assess the caries activity on occlusal surfaces of primary molars

Novaes, Tatiane Fernandes de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 04/06/2013 PT
Relevância na Pesquisa
37.17136%
O objetivo do presente estudo in vivo foi avaliar a associação de parâmetros obtidos por diferentes métodos baseados em fluorescência com a detecção da atividade de cárie em superfície oclusal de molares decíduos, incluindo a avaliação da fluorescência vermelha emitida pelo biofilme nesse processo diagnóstico. Para tanto, foram selecionadas 606 molares decíduos de 113 crianças entre 4 e 14 anos. As crianças foram avaliadas quanto à presença de biofilme, experiência de cárie e número de lesões ativas. A presença de biofilme fluorescente no vermelho foi também avaliada com um aparelho de quantificação da fluorescência induzida por luz (QLF do inglês, Quantitative Light-induced Fluorescence). Após profilaxia, também com o QLF, foram avaliados a fluorescência do dente no verde (F e Q) e no vermelho (R), além da avaliação com o DIAGNOdent pen. Para determinação do primeiro padrão de referência, todos os dentes foram avaliados por 2 examinadores utilizando o sistema ICDAS associado à avaliação da atividade de cárie baseado nas características clínicas das lesões. Para a segunda etapa da pesquisa, foram selecionados 50 molares decíduos exfoliados ou extraídos logo após os exames. Esse dentes foram seccionados e validados histologicamente por 2 examinadores de acordo com a profundidade e atividade das lesões...

Fluorescência no diagnóstico da cárie; Fluorescence for the caries diagnostics

Figueiredo, Augusto César Ribeiro
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 28/03/2003 PT
Relevância na Pesquisa
37.21084%
A incorporação de novas ferramentas na área de saúde tem promovido uma grande atividade interdisciplinar. A Odontologia tem sido uma dessas áreas beneficiadas com a incorporação de novas tecnologias, principalmente, na área de detecção de cáries. Atualmente, a tecnologia para uso da fluorescência no diagnóstico da cárie utiliza apenas um comprimento de onda no espectro da fluorescência, relacionando com a intensidade, para a determinação da presença ou ausência de tecido cariado. No entanto, deve ser analisado o espectro de fluorescência como um todo e não a fluorescência em um único ponto, pois todos os comprimentos de onda na fluorescência contêm a informação mais precisa sobre a existência ou não de cárie. Neste trabalho descrevemos uma maneira de processarmos a fluorescência para diagnosticar com mais precisão a existência de cárie, para isso, estudamos o comportamento da fluorescência do esmalte e dentina sadios e dentina cariada através de duas formas de processamento dessa fluorescência, sendo primeiramente através da razão do pico elástico pelo pico inelástico e a razão da área inelástica pela área elástica. Utilizamos dentes que apresentavam esmalte e dentina sem cárie e uma face com dentina cariada que foram excitados com três fontes de laser com 442nm...

Estudo da fluorescencia nativa de mucosa oral normal : busca de um padrão de normalidade

Renata Cristina Fiorotti
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 29/07/2005 PT
Relevância na Pesquisa
37.192717%
O fotodiagnóstico ou diagnóstico por fluorescência é um método complementar ao exame anátomo-patológico para detectar alterações morfológicas dos tecidos biológicos. A presente tese, apresentada segundo o formato alternativo estabelecido pela Comissão de pós-graduação da Unicamp, consta de três artigos e teve por objetivos: (1) estudar o efeito fotodinâmico, principalmente sob o ponto de vista diagnóstico, revendo a literatura sobre sua aplicação na cavidade bucal; (2) analisar através de estudo experimental em cães, a fluorescência nativa da mucosa oral avaliando a relação da mesma com diferentes sítios e estruturas; (3) desenvolver e validar um protótipo de fonte de luz e um método para estimulação e captação das fluorescências nativas em cavidade bucal de humanos; (4) avaliar os espectros de fluorescência assim obtidos , no sentido de determinar um padrão de fluorescência para mucosa oral normal. Para a elaboração desta tese foram utilizados 20 cães e 2 grupos de estudo compostos por 50 e 100 adultos normais, respectivamente. A revisão de literatura demonstrou que, embora exista grande quantidade de estudos sobre a fluorescência nativa, poucos se referem ao tecido normal, sem alterações patológicas. O projeto piloto (Capítulo 1) teve como objetivo principal estudar a fluorescência nativa produzida por radiação ultravioleta nos tecidos biológicos e desenvolver a metodologia necessária para realizar fotodiagnóstico...

Espectroscopia de fluorescencia como metodo para monitoramento de porfiria induzida por dieta de glicose; Fluorescence spectroscopy as a method for diagnosis of porphyria induced by glucose diet of 5%

João Wagner Rodrigues Hernandez
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 26/02/2009 PT
Relevância na Pesquisa
37.192717%
A pesquisa de fluorescência nativa em tecidos biológicos tem despertado grande interesse na Biologia e Medicina. A fluorescência óptica tornou-se instrumento indispensável aos diagnósticos, sendo um método eficiente e não invasivo. Neste trabalho investigamos a presença de fluorescência nativa em áreas corpóreas de ratos Wistar, subdivididos em dois grupos: um com alimentação normal e outro com dieta de glicose 5%. Em áreas internas (experimento 1), não ficou evidenciada a fluorescência nativa em animais com alimentação normal de água e ração. Nos animais submetidos à dieta de glicose, observamos a presença de fluorescência nativa vermelha, captada por espectroscopia, alcançando um pico máximo de emissão luminosa em 120 horas de dieta e retomando valores iniciais, quando sua dieta voltou ao normal. O conteúdo do lúmen intestinal foi analisado espectroscopicamente e por prova bioquímica. O gráfico obtido foi semelhante ao da PpIX e o teste bioquímico (Eales modificado ) resultou positivo à presença de substância porfirínica. A fluorescência em áreas externas, bolsa escrotal, focinho, pata e cauda, também foi pesquisada nas mesmas condições de dieta (normal e glicosada), evidenciando que animais com dieta normal...

System of fluorescence spectroscopy in the evaluation of surgical margins for squamous cell carcinoma of the oral cavity in moments in situ and ex vivo : Sistema de espectroscopia de fluorescência na avaliação de margens cirúrgicas de carcinoma de células escamonas da cavidade oral nos momentos in situ e ex vivo; Sistema de espectroscopia de fluorescência na avaliação de margens cirúrgicas de carcinoma de células escamonas da cavidade oral nos momentos in situ e ex vivo

Ana Lucia Noronha Francisco
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 06/08/2013 PT
Relevância na Pesquisa
37.145815%
O tratamento mais empregado para os carcinomas de células escamosas da boca é a ressecção cirúrgica, sendo ou não acompanhada de radio e/ou quimioterapia. O tratamento é simplificado, diminuindo número de recidivas e aumentando a sobrevida, quando as lesões encontram-se em estágios iniciais, conforme localização anatômica e diagnóstico de margens cirúrgicas livres. Frente a isto, o desenvolvimento e aperfeiçoamento de técnicas para um diagnóstico precoce, assim como de uma acurada definição das margens cirúrgicas livres e correta delimitação da extensão do câncer boca, com o intuito de melhorar a qualidade de vida e a taxa de sobrevida desses pacientes, tornam-se de grande importância. A espectroscopia de fluorescência é uma ferramenta diagnóstica não invasiva que pode auxiliar na detecção do câncer em tempo real, com o potencial de fornecer sensibilidade e especificidade semelhantes ao diagnóstico clínico de profissionais experientes. É uma técnica relativamente simples, rápida e acurada que consiste em avaliar a composição bioquímica e a estrutura do tecido pelo espectro de fluorescência emitido por ele, após aplicação de um feixe de luz. Quando há progressão de um estado normal para um estado alterado...

Estudos sobre a fluorescência do pireno: uma proposta pedagógica para disciplinas de físico-química experimental

Drews , Franciele
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: 82 f.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
37.192717%
TCC (graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Físicas e Matemáticas, Curso de Química.; Este trabalho trata do desenvolvimento de um novo experimento para disciplinas de Físico-Química Experimental de cursos de graduação em Química, abordando o fenômeno da fluorescência. Alguns aspectos teóricos relacionados à absorção de luz (radiação ultravioleta ou visível, especificamente) e aos processos de “eliminação” da energia absorvida pelas moléculas. Aborda os temas referentes à ABSORÇÃO E EMISSÃO DE LUZ; Absorção no UV-Vis e transições eletrônicas: excitação de Elétrons; Relaxações não-radioativas e luminescência: desexcitação de elétrons; Processos não-radioativos de decaimento de elétrons; Processos radioativos de decaimento de elétrons; FLUORESCÊNCIA; Fluoróforos e suas características químico-estruturais; Espectroscopia de emissão de fluorescência; Influência do solvente na fluorescência; FLUORESCÊNCIA DO PIRENO; EXPERIMENTAÇÃO EM FÍSICO-QUÍMICA; Como objetivo geral propõe um novo experimento didáticopedagógico envolvendo a espectroscopia de emissão de fluorescência do pireno e sua utilização para determinação de um parâmetro empírico de polaridade de solventes...

Análise exploratória de espécies de madeiras tropicais por medidas de fluorescência e resolução de curvas multivariadas

Moura, Natasha Neiva
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
37.145815%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Química, Programa de Pós-Graduação em Química, 2013. Texto parcialmente liberado pela autora. Conteúdo disponível: resumo, abstract.; A madeira é uma matéria prima utilizada para construir estruturas e para fins energéticos desde os primórdios da humanidade. Nesse sentido, a identificação e caracterização da madeira é de extrema importância, pois conforme suas características pode ser utilizada para diferentes fins. Os principais métodos de identificação e classificação são o anatômico convencional e os que utilizam métodos físico-químicos, tais como: determinação de propriedades físicas, espectroscopia no infravermelho ou fluorescência molecular. No entanto, os métodos tradicionais utilizam critérios subjetivos para avaliar a fluorescência. Medidas mais precisas para análises qualitativas e quantitativas da fluorescência molecular são pouco estudadas. Deste modo, esse trabalho teve como objetivo principal realizar um estudo exploratório de 16 espécies de madeiras tropicais através da fluorescência. A fluorescência foi adquirida em três diferentes condições: corpos-de-prova, serragem, e extrato de madeiras em diferentes solventes. Além da madeira...

Intensidade de fluorescência em resina composta: influência do polimento superficial e dos meios de armazenagem

Nora,Ângela Dalla; Bueno,Renata Plá Rizzolo; Pozzobon,Roselaine Terezinha
Fonte: Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho Publicador: Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2013 PT
Relevância na Pesquisa
37.145815%
INTRODUÇÃO: A resina composta é um material versátil em Odontologia Estética, principalmente por suas propriedades ópticas, dentre as quais a fluorescência. Poucos são os estudos que avaliaram esta propriedade e a comparação dos resultados encontrados torna-se difícil em função da inexistência de padronização nas metodologias na confecção e na armazenagem dos corpos de prova. OBJETIVO: Verificar a influência do polimento superficial e do meio de armazenagem, em estudos in vitro, em que se avalia a propriedade óptica de fluorescência em resinas compostas. MATERIAL E MÉTODO: Foram preparados 70 corpos de prova circulares (10 mm × 2 mm ) com resina composta microhíbrida (Opallis,- A2E - FGM.) Os meios de armazenagem foram: água deionizada, água da torneira e saliva artificial. Os protocolos de polimento superficial, realizados em politriz após a obtenção dos corpos de prova, utilizaram lixas de granulações 600, 1200 e 2500. Os valores de intensidade de fluorescência foram avaliados através do espectrofotômetro Cary Eclipse, após 1, 7 e 21 dias. RESULTADO: Não houve diferença estatisticamente significativa na Intensidade de Fluorescência entre os grupos submetidos aos diferentes protocolos de polimento. Quanto aos meios de armazenagem...

Evolução de fluorescência, cripsia e comportamentos em aranhas Thomisidae sobre flores; Fluorescence evolution, crypsis and behaviour in crab spiders

Camila Vieira
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 26/06/2015 PT
Relevância na Pesquisa
37.145815%
Aranhas Thomisidae possuem fotorreceptores sensíveis à radiação ultravioleta (UV). Quando os átomos desses fotorreceptores são expostos à UV, há uma absorção de UV e emissão de uma luz denominada fluorescência. Embora recentemente a fluorescência tenha sido descrita em diversos organismos como aves, crustáceos e escorpiões, pouco se sabe como esta propriedade evolui em aranhas. Em Thomisidae a evolução de colorações de camuflagem e reconhecimento de presas é um tema intrigante e ainda pouco explorado, principalmente em espécies tropicais. Várias espécies de aranhas Thomisidae forrageiam por emboscada (i.e., senta-e-espera) sobre flores e se não possuírem características comportamentais e/ou físicas que favoreçam camuflagem a presas e predadores, podem ter sua chance de sobrevivência reduzida. Em contraste, outras espécies de Thomisidae consideradas basais (e.g., Tmarus) geralmente não usam flores para forragear e sua coloração é pálida ou marrom. Até o momento nada se sabe sobre comportamentos, coloração e intensidade de fluorescência entre as espécies que forrageiam em flores e em outros tipos de substrato (folhas e ramos secos), nem tampouco como evoluíram estas características em Thomisidae. Neste trabalho foram investigados especificamente: (1) a variação da intensidade de fluorescência e reflexão de UV em Thomisidae estudando desde gêneros basais até os gêneros que divergiram mais recentemente...

Fluorescência nas Cerâmicas Odontológicas

Borges, Arthur
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: 50 f.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
37.145815%
TCC (graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina. Centro de Ciências da Saúde. Odontologia.; A cor dos dentes naturais é determinada pela interpretação e inter-relação das ondas de luz emitidas pelas diversas estruturas (esmalte, dentina e polpa), associadas ao ambiente em que se encontram inseridas, tais como gengiva, lábios e fundo escuro da boca. Assim, dependendo da forma como a luz incide com essas estruturas, os fatores intrínsecos e extrínsecos fazem com que os efeitos ópticos se diferenciem. Dentre esses efeitos, pode-se identificar a opacidade, opalescência, translucidez e fluorescência. Particularmente, a fluorescência é tratada como uma manifestação luminosa, na qual as moléculas, por meio da radiação eletromagnética, são excitadas e respondem emitindo luz. Em virtude disso, a fluorescência dental é um fenômeno bastante complexo de ser estudado e reproduzido, uma vez que o componente “energia luminosa invisível” dificulta o processo de estudo desse fenômeno. A fluorescência é encontrada tanto no esmalte, quanto na dentina, porém, devido ao seu maior conteúdo orgânico, aproximadamente três vezes mais, a fluorescência se mostra mais intensa na dentina, apresentando uma coloração branco-azulada. Sabe-se também que...

Estudo não invasivo da permeação de rodamina B em pele através do método de fluorescência

Ferreira, Maria João de Jesus Lopes
Fonte: Universidade de Coimbra Publicador: Universidade de Coimbra
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
37.192717%
A utilização de técnicas de fluorescência tem aumentado como uma ferramenta de diagnóstico não invasiva, sendo o exemplo com maior impacto a imagiologia de fluorescência. Apesar da utilidade desta técnica ainda não temos disponível metodologias que permitam estudos farmacodinâmicos in vivo. Em muitas circunstâncias a quantificação ou quantificação relativa de um fluoróforo ao penetrar na pele poderia ser empregue com vantagem neste tipo de estudos. Para esta finalidade podem ser utilizadas fibras ópticas especialmente conectadas para excitar e recolher fluorescência, permitindo medidas não invasivas. O presente estudo tem como objectivo optimizar o método de fluorescência usando fibras ópticas e fontes de luz LED para recolher a fluorescência na pele produzida pela permeação de um fluoróforo. Este estudo iniciou-se com a preparação de géis de rodamina B e posterior medição da permeação do fluoróforo na pele de porco ex vivo. A fluorescência será medida e o resultado comparado com outros métodos invasivos para de forma a validá-lo. Os métodos comparativos foram biópsia e extração para quantificação e células de Franz, que nos dão informações sobre a quantidade de composto activo que permeia a pele. Também se avaliou a profundidade de penetração pelo método de microscopia de fluorescência. Durante este estudo...