Página 1 dos resultados de 4 itens digitais encontrados em 0.006 segundos

Síntese de manganita dopada com estrôncio e cobaltita dopada com antimônio e caracterização microestrutural

Tarragó, Diego Pereira
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
48.398315%
A grande variedade de propriedades dos óxidos com estrutura perovskita permite sua aplicação em diversas áreas da tecnologia. Em especial, as propriedades eletroquímicas e a estabilidade térmica de alguns destes compostos faz destes materiais os mais usados em cátodos de dispositivos para geração de energia como as células a combustível de óxido sólido (SOFC). As SOFC são dispositivos que podem atingir altas eficiências na conversão de energia elétrica e são passíveis de utilização na geração de energia sustentável e distribuída. Para estas células, as perovskitas compostas de manganita de lantânio dopada com estrôncio (LSM) preenche a maioria dos requisitos para aplicação como cátodos da SOFC. Nas células a combustível de óxido sólido de temperatura intermediária (IT-SOFC) há a possibilidade de construir a célula com filmes finos dos materiais cerâmicos suportados em um interconector metálico. No entanto, para os cátodos das IT-SOFC as manganitas não possuem bom desempenho eletroquímico devido à menor temperatura de operação do dispositivo, sendo necessário o desenvolvimento de condutores mistos para aumentar os sítios reativos para reação de redução do O2. Assim, o desenvolvimento de cátodos utilizando a perovskita cobaltita de estrôncio dopada com antimônio (SCS) tem sido proposto para esta aplicação. Portanto...

Estudo de multicamadas finas com propriedades multiferróicas

Alves, Cátia Alexandra Podence
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
69.35285%
O principal objectivo deste trabalho é estudar as propriedades estruturais, eléctricas e magnéticas de filmes multicamada de manganites de lantânio bário e titanato de bário. Para tal efeito foram depositados filmes multicamada de manganites de bário e de titanato de bário alternadamente sobre diferentes substratos. Foi feita uma análise estrutural, eléctrica e magnética aos filmes. Através da análise estrutural verifica-se o crescimento de ambos os materiais sobre os substratos e segundo a direcção dos mesmos. Verifica-se o comportamento ferromagnético dos filmes para temperaturas acima e abaixo da temperatura crítica dos mesmos. Os valores de magnetização de saturação variam de 383 e.m.u./cm3 a 842 e.m.u./cm3 para 50 K e de 8 e.m.u./cm3 a 152 e.m.u./cm3 para 300 K. Através das medidas de resistência em função da temperatura para a amostra LBMBT2C verifica-se a presença de um ciclo histerético térmico para uma gama de temperaturas próximas de 180 K, zona onde ocorre uma transição estrutural no BTO, de romboédrico para ortorrômbico. A análise de AFM e PFM a amostras de BTO e multicamada confirmam o comportamento piezoeléctrico e ferroeléctrico do BTO.; The main goal of this work is to study the structural...

Cerâmicos magnetoresistivos à base de manganês -La1-xSrxMnO3

Sousa, Patrick Manuel Fernandes de
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
58.870527%
Durante os últimos anos tem-se desenvolvido um interesse crescente em materiais capazes de apresentar várias ordens ferróicas, isto é, capazes de apresentar simultaneamente uma ordem ferro ou antiferroeléctrica e também ferro ou antiferromagnética. Estes materiais têm aplicações potencialmente muito interessantes na recente electrónica de spin, denominada de spintrónica, em dispositivos (filtros de spin e junções de efeito de túnel) para memórias magnéticas não-voláteis (MRAMs, do acrónimo em Inglês, Magnetoresistive Random Access Memory). As junções de efeito de túnel são constituídas por eléctrodos ferromagnéticos com comportamento metálico separados por uma barreira isoladora aplicada sob a forma de filmes finos em heteroestruturas epitaxiais. Por estes aspectos, uma investigação sistemática destes materiais quer como cerâmicos para posterior utilização como alvos para deposição de filmes, quer como filmes é necessária e oportuna. As perovesquites à base de manganês La1-xAxMnO3 (A = Ca, Ba, ou Sr) são importantes para uma variedade de aplicações industriais e atraem uma enorme atenção devido à muito elevada magnetoresistência, consequência da mudança de muitas ordens de magnitude da resistividade eléctrica com a aplicação de um pequeno campo magnético...

Espectroscopia óptica de emissão em plasmas frios aplicados à produção de materiais nanoestruturados

Martins, Jorge de Souto
Fonte: Faculdade de Ciências e Tecnologia Publicador: Faculdade de Ciências e Tecnologia
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2012 POR
Relevância na Pesquisa
88.48266%
Dissertação para obtenção do Grau de Mestre em Engenharia Física; Pretendeu-se com este programa de trabalhos a implementação de uma configuração experimental e de um método para o estudo espectroscópico da emissividade ótica de plasmas frios em cátodos magnetrão, nomeadamente para plasmas utilizados na produção de filmes de materiais nanoestruturados por pulverização catódica RF. Este projeto envolveu o desenvolvimento de um sistema ótico para coletar e transportar a luz emitida na descarga através de uma fibra ótica para um espectrómetro, AvaSpec-3648-USB2 7.0 da Avantes, bem como o desenvolvimento de uma ferramenta em LabVIEW (Versão 10.0, 32-bit) para controlo do espectrómetro e aquisição dos espectros de emissão. Esta técnica foi utilizada ao longo das séries de deposições de filmes de óxidos mistos do tipo (A=Ho, Sm e ), a partir de alvos de pós compactados, tendo os espectros obtidos sido analisados de forma a tentar relacionar a informação da emissão espectroscópica dos diferentes compostos em fase gasosa no plasma com a composição do alvo. A deposição desses materiais a partir de alvos de pós compactados é de carácter inovador; o cátodo utilizado na deposição dos filmes foi desenhado e implementado no LPA (Laboratório de Plasmas e Aplicações/Linha 2 do CEFITEC)...