Página 1 dos resultados de 103 itens digitais encontrados em 0.005 segundos

Propriedades mecânicas e comportamento a emissões de voláteis de compósitos de polipropileno/fibras curtas de sílica; Mechanical properties and volatile emission behavior of short silica fibers/polypropylene composites

PIZZITOLA, Ivani C. dos P.; MACHADO, Mariana M.; WIEBECK, Hélio
Fonte: Associação Brasileira de Polímeros Publicador: Associação Brasileira de Polímeros
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
925.3216%
A proteção à saúde humana constitui um dos princípios estabelecidos pelas indústrias automotivas visando ao desenvolvimento e à produção sustentáveis de seus modelos. Desafios residem na redução nos níveis de emissões não só de combustíveis, mas também dos voláteis presentes no interior dos automóveis. A incorporação de fibras curtas de sílica natural amorfa em compósitos de polipropileno foi investigada como uma proposta de desenvolvimento de novos materiais, os quais permitam a redução de peso do veículo e consequente economia de combustível, além de atenderem aos níveis de emissões especificados para componentes internos. Com o objetivo de avaliar o efeito de reforço e a influência do conteúdo de compatibilizante na interface fibra-matriz, amostras com 0 e 20% em peso de fibra, bem como com variações do teor de PP-g-MAH (0, 1, 2 e 4% em peso), foram analisadas. Os resultados satisfatórios obtidos para as propriedades de tensão no escoamento, módulo de flexão, alongamento na ruptura, resistência ao impacto Charpy com entalhe e comportamento a emissões sugerem que a concentração ótima do compatibilizante é de 2%, acima da qual as alterações não foram significativas. Conclui-se que fibras curtas de sílica constituem uma alternativa potencial de reforço para materiais empregados em peças automotivas.; The protection to the human health is one of the most important principles guiding the automotive industries for a sustainable development and production of their cars. The challenges to be faced are not only in reducing fuel consumption but also in decreasing the emission from volatiles in the car interior. The incorporation of natural amorphous short silica fibers in polypropylene composites was investigated as a proposal for creating new materials...

Comportamento das fibras de vidro convencionais em matriz de cimento Portland modificada com látex e adição de sílica ativa.; Behavior of conventional glass fibers in matrix of Portland cement modified with latex and with the addition of silica fume.

Peruzzi, Antônio de Paulo
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 22/07/2002 PT
Relevância na Pesquisa
721.88%
As argamassas e concretos de cimento Portland são materiais de construção duráveis, relativamente baratos que, embora apresentem boa rigidez e adequada resistência à compressão, têm outras propriedades deficientes, tais como: resistência à tração, ao impacto, à fadiga, além de baixa tenacidade e ductilidade. Uma considerável melhora destas propriedades pode ser obtida com adição de fibras, em quantidades adequadas, na composição destes materiais. A utilização de fibra de vidro convencional (tipo E) no reforço das argamassas de cimento Portland, pode ser viável uma vez contornado o ataque do meio alcalino à fibra, principalmente o hidróxido de cálcio Ca(OH)2, produzido na hidratação do cimento. No presente trabalho foi obtida uma menor intensidade de ataque alcalino às fibras de vidro E, por meio da modificação com látex Estireno Butadieno, da adição de sílica ativa em substituição ao cimento Portland e da utilização de ambos concomitantemente. Outro procedimento utilizado, visando uma maior durabilidade das fibras de vidro, foi a proteção da superfície desta fibra com uma película de látex Estireno Butadieno e de uma mistura deste látex e sílica ativa. A eficiência de um e outro procedimento foi verificada por meio da comparação dos resultados de ensaio à tração e flexão...

Efeito da incorporação de fibras curtas de sílica amorfa em compósitos de polipropileno utilizados pela indústria automotiva nacional.; Effect of the incorporation of short amorphous silica fibers in polypropylene composites used by the national automotive industry.

Pizzitola, Ivani Caetano dos Passos
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 30/06/2011 PT
Relevância na Pesquisa
1035.9208%
A adição de fibras de sílica em compósitos de polipropileno (PP) foi investigada neste trabalho como uma proposta de desenvolvimento de novos materiais utilizados pela indústria automotiva, os quais permitam a redução de peso do veículo e a consequente economia de combustível. As fibras são leves, constituídas de sílica amorfa e tratadas com aminossilano para uma melhor interação com a matriz polimérica. Compósitos de PP homopolímero, bem como de compósitos de PP heterofásico modificados com o copolímero etileno e 1-octeno (POE), foram formulados utilizando-se 20% de fibras de sílica e com PP funcionalizado com anidrido maleico (PP-g-MAH) como compatibilizante. As amostras foram avaliadas quanto às propriedades mecânicas, térmicas, características morfológicas, anisotropia e quanto a requisitos específicos, como emissões de voláteis, odor e resistência a riscos. O compósito de PP homopolímero na presença de 2% de PP-g- MAH apresentou o melhor balanço de propriedades, porém com comprometimento quanto à tenacidade. A análise morfológica desta formulação indicou a presença de fibras descoladas, demonstrando que o tratamento das fibras com o aminossilano, não foi totalmente efetivo para a redução das tensões interfaciais. Os compósitos de PP heterofásico modificados com POE (5% em peso) e com fibras de sílica apresentaram boa dispersão...

Compositos elastomericos de fibras curtas de silica/silicona; Silica short fibers / silicone elastomeric composites

Viviane Pacheco e Silva
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 25/02/2005 PT
Relevância na Pesquisa
734.018%
Neste trabalho, avaliou-se o desempenho de fibras curtas de sílica, natural ou modificada com viniltrimetoxissilano, como cargas primárias ou secundárias em uma matriz elastomérica de poli(dimetilsiloxano), PDMS. Além disso, foram comparadas as propriedades dos compósitos contendo fibras curtas com aqueles contendo quartzo natural, o qual é usualmente empregado como carga com natureza predominante inerte e secundária em compósitos poliméricos. As fibras curtas de sílica empregadas são constituídas de sílica opalina biogênica, e são encontradas em algumas regiões do Brasil. A mistura dos componentes foi efetuada em um misturador de dois rolos, e a matriz de PDMS foi reticulada por reações radicalares induzidas por peróxido, através da técnica de moldagem por compressão. A caracterização das cargas foi efetuada por medidas de densidade e área superficial, espectro infravermelho, difratometria de raios-X, fluorescência de raios-X, termogravimetria e microscopia eletrônica de varredura com emissão de campo. Os compósitos foram caracterizados por termogravimetria, calorimetria diferencial de varredura, análise dinâmico-mecânica, microscopia eletrônica de varredura com emissão de campo, ensaios mecânicos de tração...

Avaliação das propriedades mecanicas e da morfologia de compositos ternarios de poliamida 6, borracha de etileno-propileno-dieno e fibras curtas de silica; Evaluation of the mechanical properties and the morphology of polyamide 6, ethylene-proyulene-diene rubber and short silica fibers ternary composites

Mariana Gava Segatelli
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 26/07/2005 PT
Relevância na Pesquisa
831.5972%
O objetivo principal deste trabalho foi avaliar a incorporação de fibras curtas de sílica (FS) e da borracha etileno-propileno-dieno funcionalizada com anidrido maleico (EPDM-g-AM) em polimérica de poliamida 6 (PA 6). A fibra utilizada como carga é um produto natural constituído de sílica amorfa proveniente da fossilização de animais multicelulares. Com a finalidade de promover a melhor adesão interfacial entre a fibra e a matriz polimérica, as fibras foram modificadas com aminopropiltrietoxissilano (APTS), um agente de acoplamento. Os materiais foram preparados em extrusoras monorosca e duplarosca e, submetidos a ensaios mecânicos de tração, flexão e de impacto Izod. Foram também avaliadas as características térmicas e morfológicas desses materiais. As fibras de sílica não alteraram a estabilidade térmica da PA 6 e apresentaram eficiência de reforço, dentro do intervalo de composição estudado; entretanto, o alongamento na ruptura foi comprometido. A resistência ao impacto do polímero não variou significativamente com a incorporação de FS. Por outro lado, o tipo de extrusora utilizada para processamento alterou a cristalinidade da PA 6 e, conseqüentemente, as propriedades mecânicas nos compósitos binários de PA 6/FS. A modificação da superfície da fibra com APTS não foi adequada para melhorar as propriedades mecânicas...

Estudo dos agregados de nano-partículas em preformas de sílica para fibras ópticas por microscopia eletrônica de varredura; Study of nano-particles agregates in sílica soot for optical fiber by scanning electron mycroscopy

Alberto Yassushi Shimahara
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 12/04/2002 PT
Relevância na Pesquisa
710.9296%
Neste trabalho estudou-se a morfologia e o tamanho dos agregados de sílica em preforma porosa preparadas pelo processo VAD por MEV em conjunto com um software analisador de imagens e suas relações com os parâmetros de deposição. As observações revelam que o tamanho dos agregados variam entre 0,06 à 0,30 ?m sendo influenciados principalmente pela temperatura, que é fortemente influenciada pela distância alvo/maçarico e pela razão H2/O2 empregado. No centro da preforma a dimensão média dos agregados é maior e se reduz ao longo do raio da preforma porosa, na qual ocorre uma tendência a uma distribuição bimodal na região externa da preforma e mono modal na direção central da preforma influenciada pelo movimento de rotação do alvo. Para distâncias alvo/maçarico pequenas nota-se que os agregados se pré-sinterizam, devido à alta temperatura da chama e para distâncias longas os agregados tendem a se aglomerar ligados fragilmente entre si, devido a pouca ação da chama sobre a superfície de deposição.; In this work we studied the morphology and size of silica aggregates in porous preform prepared by VAD with SEM in conjunction with a Image Analyzer software and the relations with the deposition parameters. The observations reveal that the size of aggregates vary between 0.06 to 0.30 ?m being mainly influenced by temperature...

Estudo das características ópticas de fibras de cristal fotônico (PCF) sob pressão hidrostática aplicada; Study of the optical properties of photonic crystal fibers (PCFs) under hydrostatic pressure

Yovanny Alexander Valenzuela Espinel
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 14/12/2011 PT
Relevância na Pesquisa
712.3416%
Foram realizados estudos sobre o controle de propriedades ópticas, por meio de pressão, e sensibilidade à pressão com fibras de cristal fotônico (PCF). No primeiro caso foi demonstrado por meio de simulações, uma nova forma para obter e sintonizar com pressão hidrostática externa o estado monomodo e única polarização em fibras PCF de polimetilmetacritalo (PMMA). Em relação à sensibilidade à pressão hidrostática, o comportamento espectral do coeficiente de sensibilidade de varias fibras PCF em sílica, Cs = (?? / ?P) (onde ?? é a variação num mínimo do espectro de transmissão de uma fibra PCF que acontece quando a pressão hidrostática externa muda em LlP), é calculado teoricamente e corroborado experimentalmente. Com a finalidade de estudar teoricamente o coeficiente Cs, a birrefringência de grupo e a sensibilidade da birrefringência modal de fase à pressão são simuladas para as fibras. Expressões analíticas do coeficiente Cs na aproximação de primeira e segunda ordem são calculadas. Nas duas aproximações é confirmado um aumento do Cs para comprimentos de onda no visível devido à birrefringência de grupo. Para baixas pressões, tal comportamento é corroborado experimentalmente. Segundo a literatura apresentada até agora a possibilidade de otimizar o coeficiente Cs...

Processamento e caracterização de filtros cerâmicos catalíticos obtidos a partir de fibras naturais de sílica amorfa

Donadel, Karina
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 1 v.| il., grafs.
POR
Relevância na Pesquisa
824.7111%
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico, Programa de Pós-Graduação em Ciência e Engenharia de Materiais, Florianópolis, 2010; Este trabalho de pesquisa teve como objetivo principal a investigação e a caracterização dos parâmetros de processamento para a obtenção de filtros catalíticos produzidos a partir de fibras naturais de sílica amorfa, FNSA (suporte/filtro) e Níquel (catalisador), por meio de uma nova rota de deposição denominada rota seca (in situ) na qual a redução do óxido de níquel (NiO) e a sinterização do suporte/filtro ocorrem em uma única etapa de tratamento térmico. Foram obtidos, também, filtros catalíticos pela rota úmida (impregnação), normalmente utilizada industrialmente. Em uma primeira etapa, foram preparadas suspensões aquosas contendo FNSA e bentonita (ligante). As suspensões foram homogeneizadas, secas e desagregadas. O material seco obtido foi umidificado (10%) e compactado (5,4 MPa), uniaxialmente, por meio de uma prensa hidráulica em matriz cilíndrica. Os suportes/filtros fibrosos cerâmicos obtidos foram tratados termicamente no intervalo de temperatura compreendido entre 900 e 1100oC por 30 min. As FNSA foram caracterizadas por fluorescência de raios X (FRX)...

Desenvolvimento de fibras de microextração em fase sólida com suporte de níquel-titânio eletrodepositado com polipirrol e sua aplicação na determinação de haloanisóis em água e vinho por cromatografia a gás

Roux, Kalya Cravo Di Petro
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: vii, 45 p.| il., grafs., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
708.033%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Físicas e Matemáticas, Programa de Pós-graduação em Química, Florianópolis, 2010; Neste estudo uma liga de NiTi foi utilizada como suporte da fase extratora da técnica de microextração em fase sólida (SPME) como substituto da tradicional e frágil sílica fundida, devido as suas notáveis características como memória de forma e superelasticidade. A liga de NiTi foi utilizada como suporte para eletrodeposição de polipirrol, que agiu como fase extratora. As condições de fabricação da fibra, tais como: tipo de dopante, potencial de eletrodeposição e quantidade de carga, foram otimizadas. A morfologia das diferentes fibras confeccionadas foi avaliada por microscopia eletrônica de varredura, demonstrando que as variáveis avaliadas influenciam na rugosidade, organização das partículas de polipirrol sobre o suporte e na espessura do filme formado. Uma metodologia para determinação de haloanisóis em amostras de água e vinho foi desenvolvida, sendo a separação e detecção realizadas por cromatografia a gás com detector por captura de elétrons (GC-ECD) e GC acoplada ao detector de massas (GC-MS). As principais variáveis que influenciam a eficiência de extração foram otimizadas utilizando planejamento fatorial completo e matriz Doehlert. Alguns parâmetros de mérito foram obtidos com o método otimizado: coeficientes de correlação maiores que 0...

Imobilização térmica de poli(butil acrilato) em suportes de vidro cerâmico e sílica fundida para aplicação em micro-extração em fase sólida (SPME)

SOUZA, Michele Matos de
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: 28 f.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
797.8516%
TCC (graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina. Centro de Ciências Físicas e Matemáticas. Curso de Química.; A micro-extração em fase sólida (SPME) é uma técnica simples e eficiente de pré-concentração de amostras que elimina o uso de solventes orgânicos e apresenta poucas etapas em seu procedimento. Neste trabalho foi comparada a eficiência de extração de uma fibra de poli(butil acrilato) imobilizada termicamente sobre uma superfície de vidro cerâmico e de sílica fundida. Para este estudo foram utilizados fenóis como analitos testes. Para a confecção de fibras, ambos suportes foram mergulhados em uma solução de poli(butil acrilato) e condicionadas a 300 °C por 2 horas. Neste estudo foram realizadas otimizações dos parâmetros de extração para alcançar o melhor rendimento possível para cada tipo de matriz. Desta forma as variáveis tempo de pré-equilíbrio, tempo de equilíbrio e concentração salina da amostra foram otimizadas. As performances analíticas para os dois tipos de suporte foram determinadas através de estudos de repetibilidade das extrações de fenóis, curva de calibração, coeficiente de correlação (r), limite de detecção (LD) e limite de quantificação (LQ). Para estes estudos foram realizados extrações utilizando o headspace da solução dos fenóis.

Síntese e caracterização de materiais híbridos do tipo orgânico/inorgânico com base em fibras de celulose

Sequeira, Sónia Maria dos Santos Carvalho
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
724.57086%
Desenvolveu-se e optimizou-se a síntese de novos materiais híbridos biodegradáveis, do tipo orgânico/inorgânico, preparados com base em fibras de celulose e alcóxidos de silício por processos sol-gel. Como fonte de celulose testaram-se pastas kraft de Eucalyptus globulus, numa perspectiva de criação de produtos de maior valor acrescentado, e resíduos fibrosos das indústrias de produção de pasta de papel (lamas do tratamento primário de efluentes), numa perspectiva de valorização de resíduos sólidos. Como fonte de silício utilizou-se TEOS. Analisou-se a influência dos parâmetros processuais mais importantes, nomeadamente a razão H2O:TEOS, o tipo de catalisador, o pH e a temperatura, na velocidade de reacção e na composição e estrutura dos materiais híbridos. A utilização de heteropoliácidos como catalisador constitui uma abordagem inovadora com resultados muito promissores e com vantagens acrescidas face aos ácidos minerais mais comuns (concretamente não são voláteis). O material híbrido preparado a partir da pasta branca refinada, sintetizado à temperatura ambiente, é o que incorpora quantidades superiores de SiO2 (~50% m/m); as condições experimentais que maximizam o teor de sílica correspondem a uma razão H2O/TEOS de 4.4...

Avaliação do desempenho de fibras óticas de plástico

Soares, Pedro Miguel Fernandes
Fonte: Instituto Politécnico de Lisboa Publicador: Instituto Politécnico de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /12/2012 POR
Relevância na Pesquisa
785.8702%
A fibra ótica de plástico (POF) tem despertado um grande interesse nas comunicações de banda larga em curtas distâncias, devido à sua simplicidade de instalação, grande flexibilidade e custo reduzido. Por estas razões consiste numa boa alternativa ao cabo coaxial, de par entrelaçado ou mesmo à fibra ótica de sílica (GOF) multimodo. As POFs trabalham na região do visível do espectro eletromagnético ao contrário das GOFs que operam no infravermelho. O valor do índice de refração do núcleo de uma POF depende do tipo de material constituinte, em que o mais comum é o polimetilmetacrilato (PMMA) e o polímero de flúor (PF). O perfil do índice de refração do núcleo pode ser índice em degrau (SI) ou índice gradual (GI). Por serem constituídas por materiais poliméricos, a atenuação e dispersão do sinal é muito maior do que nas GOFs, levando a que só possam ser utilizadas em ligações de distâncias inferiores a 1 km. De forma a fazer a análise do desempenho de sistemas de comunicação ótica com POF, foi utilizado o software de simulação VPIphotonics™ com o qual se fez a parametrização dos componentes, nomeadamente a fonte ótica, a fibra e o fotodetetor. A qualidade do sinal foi analisada através de figuras de mérito como o BER...

Fibras óticas de plástico em redes de acesso

Rodrigues, Marino Oliveira
Fonte: Instituto Politécnico de Lisboa Publicador: Instituto Politécnico de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /11/2013 POR
Relevância na Pesquisa
807.924%
O aumento crescente da largura de banda necessária por parte dos utilizadores residenciais e empresariais tem sido um desafio nos últimos anos para os operadores de telecomunicações. Por esse motivo, a fibra ótica tornou-se uma fortíssima candidata às redes de acesso, permitindo débitos binários muitos superiores quando comparado com as infraestruturas até então existentes, nomeadamente o par de cobre e cabo coaxial ou mesmo com os sistemas de comunicação sem fios. As fibras óticas podem existir em diferentes materiais: fibra ótica de sílica (GOF) e fibra ótica de plástico (POF). As primeiras possuem baixas atenuações permitindo transmissões de longa distância, mas são frágeis. As de plástico neste momento têm atenuações mais altas, no entanto são de menor custo, mais flexíveis e robustas. Pretende-se com esta dissertação estudar a viabilidade da utilização da fibra ótica de plástico numa rede de acesso garantindo os requisitos mínimos especificados pelas normas das tecnologias. Para tal, utilizou-se o programa VPIphotonicsTM de modo a simular uma rede de acesso com vários tipos de fibras. Elaboraram-se dois cenários: o primeiro consiste na implementação de uma rede GPON com POF e GOF na rede de acesso e o segundo na análise do desempenho da POF num cenário onde a tecnologia GPON e 10G-PON coexistem na mesma rede de distribuição ótica (ODN). Efetuou-se o cálculo teórico do power budget do sistema...

Propriedades mecânicas e comportamento a emissões de voláteis de compósitos de polipropileno/fibras curtas de sílica

Pizzitola,Ivani C. dos P.; Machado,Mariana M.; Wiebeck,Hélio
Fonte: Associação Brasileira de Polímeros Publicador: Associação Brasileira de Polímeros
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2011 PT
Relevância na Pesquisa
817.6595%
A proteção à saúde humana constitui um dos princípios estabelecidos pelas indústrias automotivas visando ao desenvolvimento e à produção sustentáveis de seus modelos. Desafios residem na redução nos níveis de emissões não só de combustíveis, mas também dos voláteis presentes no interior dos automóveis. A incorporação de fibras curtas de sílica natural amorfa em compósitos de polipropileno foi investigada como uma proposta de desenvolvimento de novos materiais, os quais permitam a redução de peso do veículo e consequente economia de combustível, além de atenderem aos níveis de emissões especificados para componentes internos. Com o objetivo de avaliar o efeito de reforço e a influência do conteúdo de compatibilizante na interface fibra-matriz, amostras com 0 e 20% em peso de fibra, bem como com variações do teor de PP-g-MAH (0, 1, 2 e 4% em peso), foram analisadas. Os resultados satisfatórios obtidos para as propriedades de tensão no escoamento, módulo de flexão, alongamento na ruptura, resistência ao impacto Charpy com entalhe e comportamento a emissões sugerem que a concentração ótima do compatibilizante é de 2%, acima da qual as alterações não foram significativas. Conclui-se que fibras curtas de sílica constituem uma alternativa potencial de reforço para materiais empregados em peças automotivas.

Efeito da modificação de superfície de fibras nas propriedades mecânicas de compósitos a base de poli (tereftalato de butileno) reforçado por fibras naturais inorgânicas

Rzatki,Felipe Darabas; Barra,Guilherme Mariz de Oliveira
Fonte: Associação Brasileira de Polímeros Publicador: Associação Brasileira de Polímeros
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2014 PT
Relevância na Pesquisa
814.8353%
O presente trabalho visa investigar a viabilidade de utilização de fibras naturais de sílica amorfa (FNSA) como agente de reforço em polímeros de engenharia, assim como avaliar o seu potencial como alternativa às fibras de vidro curtas em aplicações industriais. Diferentes modificações na química de superfície dessas fibras foram avaliadas buscando melhorar a adesão na interface entre fibras e matriz, e consequentemente, melhorar as propriedades mecânicas do compósito. As modificações superficiais das FNSA foram realizadas através de agentes de acoplamento do tipo silano, providos com funções orgânicas distintas. O PBT foi selecionado como matriz devido a sua conhecida facilidade de processamento, mesmo após a incorporação de grandes quantidades de aditivos. A modificação das FNSA foi avaliada a partir da análise termogravimétrica acoplada à espectroscopia no infravermelho com transformada de Fourier. A resistência mecânica e fratura dos compósitos foi investigada por ensaios de tração e microscopia eletrônica de varredura. Finalmente, obtiveram-se compósitos com fibras modificadas com resistência à tração 40% superior ao material base puro.

Estudo da viabilidade de utilização de fibras naturais curtas em matrizes de resina epóxi

Martins,R.R.; Pires,A.T.N.; Al-Qureshi,H.A.; Barra,G.M.O.
Fonte: Rede Latino-Americana de Materiais Publicador: Rede Latino-Americana de Materiais
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2008 PT
Relevância na Pesquisa
827.923%
Fibras curtas de origem mineral, constituídas, predominantemente, de sílica amorfa, foram caracterizadas e avaliadas quanto a sua viabilidade de utilização como agente de reforço em matrizes de resina epóxi. As fibras naturais de sílica amorfa, denotadas por FNSA, foram incorporadas em matrizes de resina epóxi e as propriedades mecânicas avaliadas através de ensaios de tração. Foi estudada a influência do tratamento superficial da FNSA com agente aminossilano (AS), nas propriedades micro e macroscópicas dos compósitos, e comparado o comportamento mecânico dos compósitos obtidos com fibras naturais de sílica amorfa e fibras de vidro moídas (FV) comerciais. Os resultados sugerem que as fibras de sílica amorfa podem substituir fibras de vidro moídas, as quais vêm sendo utilizadas como agente de reforço em matriz de resina epóxi, uma vez que as propriedades mecânicas dos compósitos foram comparáveis ou superiores aos compósitos reforçados com fibras de vidro moídas.

Influência das fibras de aço e das adições minerais na fissuração de tirantes de concreto armado

Oliveira Júnior,L. A.; Araújo,D. L.; Tolêdo Filho,R. D.; Fairbairn,E. M. R.; Andrade,M. A. S.
Fonte: IBRACON - Instituto Brasileiro do Concreto Publicador: IBRACON - Instituto Brasileiro do Concreto
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2009 PT
Relevância na Pesquisa
712.1682%
Neste trabalho é investigada a influência das fibras de aço e das adições minerais (sílica ativa e cinza volante) na fissuração de tirantes de concreto armado. Fibras de aço com gancho nas extremidades e relação de aspecto igual a 65 foram usadas nas frações volumétricas de 0,75%, 1,00% e 1,50%. Dezesseis tirantes de 800 mm de comprimento e seção transversal quadrada de 150 mm de lado reforçados com uma barra de aço CA-50 de 20 mm de diâmetro foram submetidos à tração axial para determinação das aberturas das fissuras. Os resultados mostraram que as fibras reduziram a abertura média de fissuras em até 75% e que as adições minerais melhoraram o comportamento do concreto na fissuração. As aberturas de fissuras foram comparadas aos valores sugeridos pelas recomendações das normas brasileira, americana e européia, que se mostraram inadequadas para estimar a abertura de fissuras em concretos reforçados com fibras.

Estudo de um composito de matriz de aluminio reforçado copm fibras de 'AL/AL IND.2''O IND.3' obtido pela reação entre o aluminio e fibras silicosas

Elvio de Napole Gregolin
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 21/02/2000 PT
Relevância na Pesquisa
831.9497%
Neste trabalho investigou-se um processo de obtenção de um compósito de matriz de alumínio reforçado com fibras de sílica ou sílico-aluminosas, utilizando-se uma variação na técnica conhecida como Infiltração Reativa. As fibras foram incorporadas à matriz de alumínio pela utilização de processos de compactação uniaxial a frio ou extrusão à quente de uma mistura de partículas de alumínio e fibras. Após a fabricação dos compósitos a técnica de infiltração reativa foi aplicada pelo tratamento térmico (para as amostras obtidas por extrusão à quente) ou sinterização (para as amostras obtidas por compactação uniaxial a frio) na temperatura de 600°C. Pela utilização desta técnica, a sílica presente nas composições fibrosas é forçada a reagir com o alumínio da matriz provocando uma transformação na morfologia das fibras. Suas composições cerâmicas densas originais são substituídas por uma estrutura de alumina porosa, infiltrada por uma composição líquida AI-Si formada pelo alumínio da matriz e o silício liberado pela reação entre a sílica e o alumínio. Com isto, elimina-se a interface discreta metaJ/cerâmica original e cria-se uma interface contínua entre os materiais pela continuidade existente entre o metal intiltrado nas fibras e a própria matriz. Análises de fratura e ensaios mecânicos nos corpos de prova obtidos por extrusão à quente e tratados térmicamente demonstraram a existência de uma alta energia de ligação entre reforço e matriz...

Modificação de superfície de fibra natural inorgânica para utilização como reforço em poli(tereftalato de butileno)

Rzatki, Felipe Darabas
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 80 p.| il., grafs., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
712.49836%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico, Programa de Pós-Graduação em Ciência e Engenharia de Materiais, Florianópolis, 2012.; As inovações na engenharia de superfície/interface são as vertentes mais promissoras no mercado de materiais compósitos. Adicionalmente, seguindo a tendência global pela busca incessante de sustentabilidade, a indústria tem investido intensamente em pesquisas e desenvolvimento (P&D) de novas matérias-primas provenientes de fontes naturais e renováveis, com grande potencial econômico para serem utilizadas como cargas de reforço em matrizes poliméricas destinadas às aplicações de engenharia. As fibras naturais de sílica amorfa (FNSA) inserem-se neste contexto sob todos os pontos de vista, seja econômico ou técnico, uma vez que alia versatilidade de processo, estabilidade termoquímica, baixa toxicidade e capacidade de reforço em matrizes poliméricas, bem como ser proveniente de uma fonte renovável e abundante em território nacional. O presente trabalho visa investigar a viabilidade de utilização das FNSA como agente de reforço de matrizes de polímeros de engenharia através de modificações na química de superfície dessas fibras...

Contribuição ao estudo das propriedades dos materiais cimentícios reforçados com fibras de vidro (Glass Fibre Reinforced Cement - GRC); Contribution to the study of properties of glass fibre reinforced cement - GRC

Lameiras, Rodrigo de Melo
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
817.63945%
Os materiais cimentícios são materiais frágeis que apresentam resistências à tração e capacidades de deformação muito baixas. Uma das formas de contornar a fragilidade destes materiais é a utilização de fibras curtas, descontínuas e dispersas. Um exemplo destes materiais cimentícios são os produzidos com fibras de vidro, comumente denominados pela sigla GRC. Apesar dos diversos avanços apresentados na tecnologia do GRC, ele ainda apresenta uma degradação significativa das suas propriedades ao longo do seu envelhecimento. Além disso, por ser um material que começou a ser produzido em escala industrial há pouco tempo no Brasil, há uma carência de pesquisas que caracterizem os GRCs produzidos com materiais locais. Portanto, esta pesquisa veio com o objetivo geral de avaliar o GRC produzido com fibras de vidro álcali-resistente (tipo AR) e com os materiais disponíveis comercialmente na cidade de Porto Alegre com relação as suas propriedades mecânicas e durabilidade. Mais especificamente, estudou-se a influência do tamanho das fibras (35mm e 17,5mm), da adição de sílica ativa (5%) e metacaulim (5%, 10% e 15%), da relação agregado/cimento (1,00 e 1,10) e da idade (28, 42, 49 e 56 dias). As propriedades estudadas foram: limite de proporcionalidade (PEL)...