Página 1 dos resultados de 4 itens digitais encontrados em 0.002 segundos

Estudo estrutural e ótico de filmes de ZnO/MgO por RF-sputtering

Ramalhadeiro, Rui Miguel Martins
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
39.020396%
Este trabalho tem como objetivo o estudo estrutural e ótico de filmes de óxido de Zinco (ZnO) em substrato de óxido de Magnésio (MgO), em função das condições de crescimento por RF-sputtering (pulverização catódica de rádiofrequência). As condições de pressão parcial de O2 e temperatura do substrato são variáveis que influenciam bastante o crescimento de filmes finos de ZnO. A escolha do substrato cúbico de MgO, reside no facto deste material além de ser um óxido, possuir arranjo atómico não polar que poderá favorecer o crescimento de filmes finos de ZnO com orientações segundo o plano-m. Na análise estrutural foi usado difração de raio-X, mapas de espaço recíproco, figura de pólos por High Resolution X-Ray Difraction, “HRXRD” e espetroscopia de Raman permitindo observar a orientação dos planos de crescimento e a relação epitaxial entre o filme e o substrato. Na caracterização ótica é apresentada medidas de fotoluminescência em que se observa emissão excitónica para valores mais elevados de energia, assim como bandas largas não estruturadas para valores inferiores.; The aim of this work is the structural and optical characterization of samples of zinc oxide (ZnO) on substrates of magnesium oxide (MgO) in relation to growth conditions by RF-sputtering. The conditions for O2 partial pressure and substrate temperature are variables that influence the growth of ZnO thin films. The choice of cubic MgO substrates...

Caracterização de nanocristais de SnO2 e SnO2: Eu crescidos por LAFD

Sena, Ana Isabel da Costa Viegas
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
60.114834%
Neste trabalho foram crescidas amostras de SnO2 e SnO2:Eu pela técnica de deposição de fluxo assistida por laser. As amostras de SnO2 também foram posteriormente sujeitas a um tratamento térmico superficial com laser. Após o crescimento as amostras foram caracterizadas utilizando técnicas experimentais avançadas de modo a inferir sobre as suas propriedades estruturais, morfológicas e óticas. A caracterização por difração de raios-X complementada com a espetroscopia de Raman mostra que ambos os tipos de amostras se encontram na fase tetragonal do rútilo e que as amostras dopadas intencionalmente não apresentam fases secundárias associadas ao Eu2O3. Na análise por microscopia eletrónica de varrimento observa-se que as amostras são policristalinas com grãos de forma poliédrica, hábito bipiramidal, cujo tamanho aumenta quando se submete as amostras a um tratamento térmico superficial com laser. Na caracterização ótica, através de medidas de refletância difusa determinouse um hiato energético de 4,0 eV. Quando excitadas com 3,8 eV as amostras de SnO2 apresentam uma banda de emissão larga à temperatura ambiente centrada a 1,85 eV, Contudo a baixa temperatura, 14 K, observa-se um alargamento da emissão, sendo possível identificar que ocorre a sobreposição de dois centros óticos cujas bandas se centram a 2...

Espectroscopia óptica de emissão em plasmas frios aplicados à produção de materiais nanoestruturados

Martins, Jorge de Souto
Fonte: Faculdade de Ciências e Tecnologia Publicador: Faculdade de Ciências e Tecnologia
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2012 POR
Relevância na Pesquisa
120.74508%
Dissertação para obtenção do Grau de Mestre em Engenharia Física; Pretendeu-se com este programa de trabalhos a implementação de uma configuração experimental e de um método para o estudo espectroscópico da emissividade ótica de plasmas frios em cátodos magnetrão, nomeadamente para plasmas utilizados na produção de filmes de materiais nanoestruturados por pulverização catódica RF. Este projeto envolveu o desenvolvimento de um sistema ótico para coletar e transportar a luz emitida na descarga através de uma fibra ótica para um espectrómetro, AvaSpec-3648-USB2 7.0 da Avantes, bem como o desenvolvimento de uma ferramenta em LabVIEW (Versão 10.0, 32-bit) para controlo do espectrómetro e aquisição dos espectros de emissão. Esta técnica foi utilizada ao longo das séries de deposições de filmes de óxidos mistos do tipo (A=Ho, Sm e ), a partir de alvos de pós compactados, tendo os espectros obtidos sido analisados de forma a tentar relacionar a informação da emissão espectroscópica dos diferentes compostos em fase gasosa no plasma com a composição do alvo. A deposição desses materiais a partir de alvos de pós compactados é de carácter inovador; o cátodo utilizado na deposição dos filmes foi desenhado e implementado no LPA (Laboratório de Plasmas e Aplicações/Linha 2 do CEFITEC)...

Estudo de revestimentos híbridos de sol-gel na proteção de ligas de alumínio para a construção civil

Gouveia, Wilson Jesus Silva
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2013 POR
Relevância na Pesquisa
59.63033%
Tese de mestrado em Química Tecnológica, apresentada à Universidade de Lisboa, através da Faculdade de Ciências, 2013; Os revestimentos de conversão com Cr6+ para proteção anticorrosiva estão a ser banidos devido à sua elevada toxicidade, apelando a alternativas ecológicas. Neste trabalho desenvolveu-se para a liga de alumínio EN AW-6063 usada na construção civil os seguintes revestimentos de sol-gel: dois inorgânicos de ZrO2, um deles com inibidor de cério; três híbridos de mistura de ZrO2 (6, 20 e 50%) com organo-siloxano; dois híbridos de dupla-camada, ambos com ZrO2 (primeira camada) e organo-siloxano (segunda camada), um deles com inibidor de cério. A composição química com a profundidade e a espessura dos revestimentos foram estimadas por meio da espetroscopia de emissão ótica de descarga luminescente (GDOES). O comportamento à corrosão foi avaliado por meio da espetroscopia de impedância eletroquímica (EIS) e ensaio de nevoeiro salino neutro (NSS), a seguir do qual os revestimentos foram sujeitos ao teste de dobragem para avaliar a sua aderência e observados por micróscopia electrónica de varrimento (SEM). Os revestimentos de dupla-camada preparados correspondem na verdade a misturas. A presença do inibidor de cério levou à redução da espessura dos revestimentos. O inibidor de cério melhorou o desempenho anticorrosivo do revestimento de sol-gel inorgânico mas não a do revestimento híbrido de ‘dupla-camada’. Os revestimentos híbridos tiveram melhor desempenho anticorrosivo em relação aos revestimentos inorgânicos devido à redução da permeabilidade às espécies corrosivas proporcionada pelo caráter hidrofóbico do organo-siloxano. No entanto...