Página 1 dos resultados de 261 itens digitais encontrados em 0.031 segundos

Determinação de Tensões Residuais por Difracção de Raios X em Incidência Pseudo-Rasante; Determination of Residual Stresses by Pseudo-Granzing Incidence X-Ray Diffraction

Marques, Maria José Fernandes Vaz Lourenço
Fonte: Universidade de Coimbra Publicador: Universidade de Coimbra
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
100.19138%
Neste trabalho é proposta uma metodologia de determinação de gradientes, em profundidade, de tensões residuais na extrema superfície de materiais tratados superficialmente, denominada por difracção de raios X em incidência pseudo-rasante, DRX-IPR. A motivação para este estudo está assente na necessidade de analisar a extrema superfície dos materiais. Uma primeira fase do trabalho interessou-se pela dedução das relações matemáticas que permitem calcular as tensões residuais existentes nos materiais, através das deformações avaliadas por difracção de raios X na montagem difractométrica DRX-IPR. Uma segunda fase consistiu na aferição experimental da metodologia. Para isso, o método foi testado nos diferentes goniómetros de raios X existentes nos laboratórios GTR (Grupo de Tensões Residuais da FCTUC) e LM3 (Laboratoire de Mécanique et Microstrutures des Matériaux, ENSAM, Paris). Saliente-se que, apesar da técnica proposta ter sido desenvolvida para utilização futura com os meios existentes nesses laboratórios, foram também realizadas experiências com radiação de sincrotrão, no LURE (Laboratoire pour l’Utilisation du Rayonnement Électromagnétique, Orsay, França), dadas as características óptimas deste tipo de feixe para a análise em questão. A influência da rugosidade das superfícies na aplicação da técnica DRX-IPR foi verificada em estudos experimentais realizados em superfícies com diferentes acabamentos. Os resultados revelaram que a aplicação da técnica deve ser restringida...

Transformações induzidas por longos períodos de moagem sob vácuo em ligas FeCr equiatómicas nas fases alfa e sigma

Loureiro, João Carlos de Matos
Fonte: Universidade de Coimbra Publicador: Universidade de Coimbra
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
119.97812%
Neste trabalho, procedeu-se ao estudo do efeito da moagem de alta energia sob vácuo em ligas de Fe-Cr aproximadamente equiatómicas nas fases σ e a. Uma vez que este vem na continuidade de um estudo semelhante para ligas de Fe-Cr equiatómicas na fase σ sob uma atmosfera de árgon, procedeu-se também ao estudo de uma liga de Fe-Cr equiatómica na fase a sob uma atmosfera de árgon, de modo a ser possível uma confrontação de resultados mais abrangente. Para o efeito, as amostras foram processadas num moinho do tipo contentor vibrante, Fritsch P0 ball mill. A composição das ligas foi determinada por microssonda electrónica. A monitorização do estado destas ligas nos vários estágios de moagem foi efectuada com recurso às técnicas de difracção de raios X e espectroscopia de Mössbauer, tendo sido, todavia, atribuído um maior destaque a esta última, devido às particularidades deste tipo de ligas. Para a liga Fe-Cr na fase σ, foi ainda possível efectuar análises de magnetização. Em alguns estágios de moagem, considerados mais relevantes, procedeu-se ao recozimento das ligas às temperaturas sugeridas por análise de calorimetria diferencial. Posteriormente a estes recozimentos, as ligas processadas foram novamente analisadas por difracção de raios X e espectroscopia de Mössbauer. Para além dos capítulos referentes aos resultados e conclusões...

Estudo de revestimentos por soldadura em equipamentos de processo

Martins, Ricardo Jorge Dias
Fonte: Universidade de Coimbra Publicador: Universidade de Coimbra
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
110.44603%
Com a presente dissertação pretende-se estudar a distribuição das tensões residuais e a resistência à corrosão em amostras revestidas por soldadura. Estas amostras foram elaboradas a partir de placas de aço carbono, sendo uma das faces, revestida com três camadas de um aço inoxidável através de soldadura por arco submerso. Após o processo de revestimento por soldadura, algumas das amostras foram submetidas a tratamentos térmicos com diferentes parâmetros: um mantendo uma temperatura de 620oC durante uma hora e outro mantendo uma temperatura de 540oC durante um período de dez horas. As tensões residuais nas camadas superficiais foram determinados por difracção de raios-X e pela técnica do furo incremental. A resistência à corrosão foi avaliada por técnicas electroquímicas, como a medição do potencial em circuito aberto, curvas de polarização e espectroscopia de impedância electroquímica, juntamente com uma análise morfológica da superfície das amostras corroídas. Enquanto as técnicas de difracção de raios-X na determinação de tensões residuais se mostraram ineficientes, a técnica do furo incremental aparenta indicar que a amostra com tratamento térmico de 620oC apresenta as tensões de compressão mais intensas nas camadas superficiais. Todas as amostras exibem elevada resistência à corrosão. Contudo...

Análise de pigmentos por técnicas de espectroscopia e difracção de raios X

Fernandes, Ana Carina Pereira
Fonte: Universidade de Coimbra Publicador: Universidade de Coimbra
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
150.15393%
Para o desenvolvimento das áreas de restauro e conservação tornou-se de extrema importância a análise das obras de arte com recurso a técnicas de análise diferentes e complementares. O estudo de pigmentos veio-se a revelar um instrumento de valor na caracterização de obras de arte, sendo uma mais-valia para a história da arte, uma vez que fornece informações relevantes sobre as obras. Neste trabalho, foram feitos estudos de pigmentos e de algumas amostras de obras de arte com recurso a técnicas de análise não destrutivas (Espectroscopia micro-Raman e Fluorescência de raios-X) e destrutivas (Difracção de raios-X) para se obterem resultados sólidos. O objectivo principal deste trabalho é a realização de uma base de dados para a aparelhagem de espectroscopia micro-Raman, de baixa resolução (cerca de 50 cm-1), com base nos pigmentos comprados para mais tarde, ao analisar obras de arte, ser possível obter a sua composição.

Shot Peening Control Process

Araújo, Mariana Coelho Tenreiro
Fonte: Universidade de Coimbra Publicador: Universidade de Coimbra
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
99.69002%
O trabalho que se apresenta nesta tese foi realizado âmbito do comportamento mecânico de materiais e superfícies, nomeadamente na determinação de tensões residuais induzidas por tratamentos mecânicos superficiais, como é o caso da grenalhagem de pré-tensão. O objectivo principal do trabalho realizado foi a análise estatística dos resultados das medições obtidas com a técnica de difração de raios-X em dentes de engrenagens tratadas por grenalhagem para aferir da homogeneidade do tratamento em toda a engrenagem. Assim, no futuro, será possível diminuir o trabalho de medida necessário à análise das tensões residuais introduzidas na superfície dos dentados, tratados por este tipo de tratamento mecânico de superfícies. Estes tratamentos são usualmente usados pelos fabricantes de forma a aumentar a resistência à fadiga superficial dos dentes das engrenagens e, por essa via, aumentar o seu desempenho e tempo de vida. Para cumprir o objectivo do trabalho, foram retirados dentes de rodas dentadas de posições distintas e as tensões residuais foram medidas por difracção de raios-X, tanto à superfície, como em profundidade. Além disso, a microestrutura do material foi analisada em pontos equivalentes e a dureza foi medida de forma a avaliar-se a profundidade afectada pelo tratamento de grenalhagem. Os resultados obtidos foram tratados estatisticamente através de quatro processos distintos e os resultados parecem indicar que futuramente se poderá reduzir significativamente o tempo e os custos de medida. Este trabalho foi realizado no laboratório de análise de tensões residuais da Universidade de Kassel no âmbito de um trabalho para a indústria. No presente caso...

Câmara para análise por difracção de raios-x de hidretos metálicos activados. Aplicação ao LaNi5.

Perdiz, João Bernardo de Azeredo Keating
Fonte: Universidade de Coimbra Publicador: Universidade de Coimbra
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
149.88113%
A utilização de hidrogénio como meio de armazenamento de energia é um dos campos mais promissores para a disseminação de formas alternativas de energia, e a utilização de hidretos para armazenar aquele gás uma das suas áreas mais activas. A análise destes hidretos é essencial para o desenho de contentores de armazenamento optimizados. Nesta tese descreve-se o processo de design que levou à construção de uma câmara para o estudo destes hidretos por difracção de raios-X in situ em função da pressão de equilíbrio de hidrogénio gasoso, utilizando como interface da radiação uma janela de polímero. Uma câmara de alumínio, com janela de Kapton e duas juntas de vedação, foi projectada para ser utilizada num difractómetro Seifert PTS 3000, do tipo Bragg-Brentano, à temperatura ambiente, e testada a uma pressão de 25bar. Na operação da câmara foi testada uma amostra de LaNi5, cujo hidreto é bastante estudado, e analisados os difractogramas característicos em diferentes estágios de concentração de hidrogénio na rede cristalina. Em concreto foram estudadas e calculados os parâmetros de rede das fases α e β às pressões de equilíbrio de 0, 1,25, 2,5 e 10bar, tendo concluído que a estrutura de fases se divide desigualmente entre fases α e β para valores de concentração dentro do patamar de absorção isotérmica do material.

Desenvolvimento de caracterização de cristais líquidos termotrópicos

Miranda, Micael Dias
Fonte: Universidade de Coimbra Publicador: Universidade de Coimbra
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
109.97521%
Os derivados dos ácidos benzóico constituem uma família de compostos com caracter ísticas estruturais tais que os tornam excelentes candidatos para desenvolver o mais variado tipo de estruturas, a partir de ligações intermoleculares de hidrogénio. Algumas destas estruturas moleculares permitem desenvolver conformações tais que quando sujeitos a variações de temperatura revelam fases de cristal líquido. As por rinas, enquanto estruturas discóticas, também se enquadram num grupo molecular capaz de exibir este tipo de comportamento quando sujeito as variações de temperatura.Neste trabalho são sintetizadas e caracterizadas novas série homólogas de co-cristais a partir dos ácidos 4-alquil benzóico e 4-alcóxido benzóico que exibem fase cristal líquido, nomeadamente as séries 8BAO + mBA, 44bipy + mBA e 44bipy + nBAO. Nesta investiga ção recorre-se ao método de análise térmica, nomeadamente calorimetria diferencial de varrimento complementada com informação obtida por termomicroscopia de luz polarizada. É feita uma análise estrutural por difracção de raios-X de pó e por espectroscopia de infravermelho. Finalmente, recorreu-se à relaxometria de RMN para se estudar a dinâ- mica molecular e, ainda, se zeram medidas electro-ópticas. Mereceu também a atenção neste trabalho o estudo estrutural por difracção de raios-X de monocristal e térmico de uma por rina. Estes co-cristais formam-se a partir de ligações intermoleculares de hidrogénio e os elementos de cada série revelam características semelhantes entre si tanto a nível estrutural como a nível térmico. A característica principal comum partilhada é o aparecimento de uma fase nemática e esmética nos co-cristais das séries 8BAO + mBA e 44bipy + mBA respectivamente...

Estudos de sinterização de cerâmicos de titanato de estrôncio não estequiométrico

Amaral, Luís Miguel de Almeida
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
ENG
Relevância na Pesquisa
98.49295%
O titanato de estrôncio (ST) é um material com potencial interesse para aplicações em microelectrónica, nomeadamente dispositivos sintonizáveis na gama de frequências das microondas, devido à sua resposta dieléctrica sintonizável e baixas perdas. As propriedades eléctricas requeridas para este tipo de aplicações são fortemente dependentes das características das fronteiras de grão e influenciadas directamente pelo tamanho de gão e pela sua distribuição. O efeito de dopantes nas propriedades eléctricas do ST é razoavelmente conhecido, mas a influência dos defeitos da rede, bem como da relação Sr/Ti ou da deficiência de oxigênio, na cinética de sinterização e na relação com as propriedades eléctricas, ainda não é suficientemente compreendida. Neste estudo, o efeito da não estequiometria (Sr/Ti de 0.997 a 1.02) na densificação e no crescimento de grão de cerâmicos de ST foi abordado sistematicamente. Foram preparadas composições com razões Sr/Ti de 0.997 a 1.02. A cinética de densificação foi estudada através da análise dilatométrica. Difracção de raios-X (DRX) e microscopias electrónicas de varrimento (SEM) e de transmissão (TEM) foram usadas para a caracterização cristalográfica e da microstructura. A incorporação na rede do excesso de TiO2 ou SrO usado nas várias composições parece ter sido predominante. A DRX não detectou segundas fases em qualquer das composições antes e após a sinterização e a variação do parâmetro de rede com a razão Sr/Ti é indicativa de efeitos de solução sólida. A observação em SEM de amostras sinterizadas também não revelou a presença de segundas fases e a observação em TEM é coerente com efeitos de solução sólida predominante am todas as composições. O excesso de Ti aumentou o transporte de matéria durante a sinterização enquanto o excesso de Sr o diminuiu. Foi observado um aumento da velocidade de retracção e do tamanho médio de grão com a diminuição da razão Sr/Ti. Valores de energia de activação próximos foram determinados (534 ≤ Qd ≤ 663 kJ/mol) para o estágio inicial...

Quantificação de fases por difração de raios X dum cerâmico

Fonseca, Hugo Tiago Carolo
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
129.5001%
O desenvolvimento de métodos rápidos e eficazes de análise de fases para a caracterização dos materiais e a compreensão do seu desempenho é uma tarefa necessária e importante. A difractometria de raios X é um método direto de análise qualitativa e quantitativa de fases de materiais policristalinos. A sua aplicação na análise qualitativa é muito diversificada; a sua aplicação como técnica quantitativa é, no entanto, pouco comum, dadas as dificuldades envolvidas no desenvolvimento de métodos quantitativos. O presente trabalho teve por objetivo quantificar as fases cristalinas presentes num cerâmico tradicional aplicando a análise difractométrica de raios X em conjunto com o método de padrão interno. Prepararam-se várias amostras a partir de misturas com diferentes frações ponderais de cada uma das fases puras estudadas (sílica, mulite e uma fase vítrea apropriada). A cada uma das misturas preparadas (de massa 2 g) adicionou-se 1 g de padrão interno, tendo sido utilizado para o efeito o fluoreto de cálcio, CaF2. As curvas de calibração foram utilizadas para quantificar uma amostra de argila queimada (chamote), Posteriormente o valor desses resultados forma comparados com a quantificação de quartzo obtida por dilatometria e da fase vítrea pela da análise microestrutura obtida por microscopia eletrónica de varrimento e espectroscopia por dispersão de energia de raios X.; The development of rapid and effective methods in the analysis phase for material characterization and understanding in their performance is a necessary and important task. The X-ray diffraction is a direct method for qualitative and quantitative phases of polycrystalline material. Their application in qualitative analysis is a very diverse...

Manganites modificadas por iões Terra-Rara e crescidas por LFZ

Sousa, Marta Gomes dos Santos
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
109.9795%
Este trabalho consistiu no crescimento de fibras de manganites com composição La0,7-x(Eu,Y)xCa0,3MnO3 pela Técnica de Fusão de Zona com Laser (LFZ) e consequente estudo das propriedades magnéticas e estruturais. Seleccionaram-se velocidades de crescimento lentas (2,5 e 5mm/h) com o intuito de se obter fibras monocristalinas. A caracterização das fibras por Microscopia Electrónica de Varrimento (SEM), Espectroscopia de Raios-X por Dispersão de Energia (EDS) e Difracção de Raios-X (DRX), permitiu mostrar que a aplicação da técnica de LFZ permite o crescimento de fibras monofásicas e monocristalinas de elevada qualidade. Um estudo detalhado das propriedades magnéticas e estruturais dos sistemas em análise permitiu interpretar a influência da velocidade de crescimento, da dopagem e do tratamento térmico nos resultados obtidos. No caso das composições em estudo, os valores para a temperatura de transição paramagnética-ferromagnética são ~251K para La0,7Ca0,3MnO3 (5mm/h) e ~246K para La0,7Ca0,3MnO3 (2,5mm/h). Ao modificar o composto, por troca de iões de Lantânio por iões de Európio e Ítrio, ocorre uma diminuição do TC em ambos os sistemas. O valor de TC pode, desde modo, ser controlado por substituição química. Como propriedade estrutural relevante...

Caracterização de Y3Fe5O12 preparado por sinterização e micro-ondas

Picado, Gabriel Martins
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
98.93815%
Foram preparadas amostras de Y3Fe5O12, sintetizadas por dois métodos: sinterização convencional (forno) e usando um forno de micro-ondas. Foram utilizados, como precursores, a hematite (Fe2O3) e a ítria (Y2O3). Após moagem, as misturas obtidas foram sujeitas pelos dois métodos, a diferentes temperaturas e tempos de sinterização. Foram sintetizados no forno entre os 1350 ºC e os 1450 ºC, e tempos de sinterização de 4 h e 6 h. Em micro-ondas o intervalo de temperaturas utilizado situou-se entre 600 ºC e os 900 ºC, com tempo de sinterização de 15 minutos. Posteriormente realizaram-se as caracterizações estruturais por difração de Raios-X (DRX), as quais revelaram a presença maioritária das fases da granada de YIG. As amostras obtidas por sinterização convencional apresentaram uma maior cristalinidade. A cristalinidade aumentou para temperaturas de sinterização mais elevadas. Procedeu-se também à caracterização magnética e elétrica das amostras obtidas. Obteve-se para as amostras em estudo, a 300 K e 1 MHz, uma constante dielétrica entre 8,3 e 12,5 com perdas dielétricas menores que 1,6 × 10-1. Relativamente à magnetização obteve-se um valor máximo 40,32 emu/g, registado para a amostra sinterizada a 1450º C/ 6 h e o valor mais baixo foi registado para a amostra sinterizada a 900 ºC...

Crescimento e caracterização de fibras de TiO2 e nano/microcristais de ZnO

Rodrigues, Joana Catarina Ferreira
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
120.076%
Neste trabalho foram crescidas fibras de dióxido de titânio, através da técnica de fusão de zona com laser, bem como nano e microcristais de óxido de zinco, através do método de deposição de fluxo assistido por laser. Ambos os materiais foram crescidos em atmosfera não controlada. Estas amostras foram caracterizadas óptica e estruturalmente. A caracterização englobou técnicas como a microscopia electrónica de varrimento, a difracção de raios X, a espectroscopia Raman e a fotoluminescência. Foram ainda efectuados cálculos teóricos para duas das fases estruturais do dióxido de titânio: rutilo e anatase. A partir desses cálculos foram obtidas as respectivas estruturas de bandas, bem como algumas propriedades estruturais, elásticas e ópticas destes materiais. Através de microscopia electrónica de varrimento foi observada a morfologia das fibras de TiO2 e dos cristais de ZnO e recorrendo à difracção de raios X foram identificadas as suas fases cristalinas. A espectroscopia Raman foi utilizada de forma confirmar a identificação da estrutura cristalina das amostras através dos seus modos normais de vibração. Para a caracterização óptica foi utilizada a técnica de fotoluminescência em estado estacionário. As fibras de TiO2 correspondem à fase rutilo e...

MPGDs based radiation imaging devices and applications; Desenvolvimento de detetores para imagiologia baseados em MPGDs e suas aplicações

Silva, Ana Luísa Monteiro da
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Tese de Doutorado
ENG
Relevância na Pesquisa
99.6335%
Este trabalho descreve o desenvolvimento e aplicação de sistemas baseados em detetores gasosos microestruturados, para imagiologia de fluorescência de raios-X por dispersão em energia (EDXRF). A técnica de imagiologia por fluorescência de raios-X assume-se como uma técnica poderosa, não-destrutiva, em análises da distribuição espacial de elementos em materiais. Os sistemas para imagiologia de EDXRF desenvolvidos são constituídos por: um tubo de raios-X, usado para excitar os elementos da amostra; um detetor gasoso microestruturado; e uma lente pinhole que foca a radiação de fluorescência no plano do detetor formando assim a imagem e permitindo a sua ampliação. Por outro lado é estudada a influência do diâmetro da abertura do pinhole bem como do fator de ampliação obtido para a imagem, na resolução em posição do sistema. Foram usados dois conceitos diferentes de detetores gasosos microestruturados. O primeiro, baseado na microestrutura designada por 2D-Micro-Hole & Strip Plate (2D-MHSP) com uma área ativa de 3 3 cm2, enquanto que o segundo, baseado na estrutura 2D-Thick-COBRA (2D-THCOBRA) apresenta uma área ativa de deteção de 10 10 cm2. Estes detetores de raios-X de baixo custo têm a particularidade de funcionar em regime de fotão único permitindo a determinação da energia e posição de interação de cada fotão que chega ao detetor. Deste modo permitem detetar a energia dos fotões X de fluorescência...

Caracterização de nanocristais de SnO2 e SnO2: Eu crescidos por LAFD

Sena, Ana Isabel da Costa Viegas
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
98.95591%
Neste trabalho foram crescidas amostras de SnO2 e SnO2:Eu pela técnica de deposição de fluxo assistida por laser. As amostras de SnO2 também foram posteriormente sujeitas a um tratamento térmico superficial com laser. Após o crescimento as amostras foram caracterizadas utilizando técnicas experimentais avançadas de modo a inferir sobre as suas propriedades estruturais, morfológicas e óticas. A caracterização por difração de raios-X complementada com a espetroscopia de Raman mostra que ambos os tipos de amostras se encontram na fase tetragonal do rútilo e que as amostras dopadas intencionalmente não apresentam fases secundárias associadas ao Eu2O3. Na análise por microscopia eletrónica de varrimento observa-se que as amostras são policristalinas com grãos de forma poliédrica, hábito bipiramidal, cujo tamanho aumenta quando se submete as amostras a um tratamento térmico superficial com laser. Na caracterização ótica, através de medidas de refletância difusa determinouse um hiato energético de 4,0 eV. Quando excitadas com 3,8 eV as amostras de SnO2 apresentam uma banda de emissão larga à temperatura ambiente centrada a 1,85 eV, Contudo a baixa temperatura, 14 K, observa-se um alargamento da emissão, sendo possível identificar que ocorre a sobreposição de dois centros óticos cujas bandas se centram a 2...

Efeito do envelhecimento acelerado em materiais à base de zircónia: resistência flexural bi-axial, difracção de raios X e fluorescência de raios X

Laranjeira, Pedro Miguel Freire de Carvalho Pimentel e
Fonte: Instituto Superior de Ciências da Saúde Egas Moniz Publicador: Instituto Superior de Ciências da Saúde Egas Moniz
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /02/2014 POR
Relevância na Pesquisa
109.86653%
Dissertação para obtenção de grau de Mestre em Dentisteria Restauradora e Estética; Em Medicina Dentária, o interesse por restaurações cerâmicas tem sido crescente. As inovações têm sido constantes, tanto nos materiais como nas técnicas. A sua elevada resistência, aliada a uma estética imbativel, estão no centro deste interesse. Os materiais à base de zircónia lideram esta tendência. A sua natureza refractária, estabilidade química, dureza elevada e estética superior, tornam estes materiais muito apelativos para a confecção de restaurações duradouras e estéticas. Este projecto pretendeu caracterizar e avaliar as propriedades mecânicas de três materiais à base de zircónia, antes e após serem submetidos a processos de envelhecimento acelerado.; Dos materiais utilizados neste estudo, dois são óxidos de zircónia estabilizados por Ítria, o material Lava (3M ESPE, St Paul, MN, EUA) e o material IPS e.max® ZirCAD (Ivoclar Vivadent, Schaan, Liechtenstein). O terceiro material é o NanoZr (Matsushita Electric Works Co., Shinbashi, Toquio, Japão), um óxido de zircónia estabilizado por Céria.; Todos os materiais utilizados são comercializados para uso em Medicina Dentária. Os materiais foram submetidos a três tipos de envelhecimento artificial: durante 5 horas a 2 bar e 134ºC; durante 30000 ciclos em solução de saliva artificial...

Estudos de datação de peças de ferro arqueológias por técnicas espectroscópicas

Matos, Rita Pereira de, 1975-
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2010 POR
Relevância na Pesquisa
98.95931%
Tese de mestrado em Química Aplicada ao Património Cultural, apresentada à Universidade de Lisboa, através da Faculdade de Ciências, 2010; A datação de objectos arqueológicos de ferro é crucial na arqueologia mas também na conservação, na medida em que permite enquadrá-los como objectos representativos, a preservar. Essa datação tem sido feita om base no contexto arqueológico e pelo estudo de amostras, por métodos metalográficos e de radiocarbono. No presente estudo é empregue uma metodologia usando técnicas espectroscópicas para analisar e quantificar os diferentes produtos de corrosão, removidos do exterior para o interior de cada objecto estudado. Estudaram-se comparativamente pregos de dois sítios arqueológicos representativos, respectivamente, da artesania do ferro romana e da artesania indígena, pré-romana: Torre de Palma, uma villa romana ocupada durante os séc. I a IV d.C. e Cabeça de Vaiamonte, um povoado fortificado da II Idade do Ferro (1000-550 a.C.) intermitentemente ocupado até ao séc. I d.C. As amostras de pregos recolhidas foram analisadas por difracção de raios-X (DRX) de pós para identificação das fases cristalinas presentes em cada camada. Foram igualmente analisadas por microanálise de raios-X (SEM-EDS)...

Caracterização de danos e activação óptica de európio implantado em nitreto de gálio polar e não-polar

Catarino, Norberto José Sobral, 1979-
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2011 POR
Relevância na Pesquisa
109.49268%
Tese de mestrado em Física, apresentada à Universidade de Lisboa, através da Faculdade de Ciências, 2011; O nitreto de gálio (GaN) dopado com Európio (Eu) está a emergir como um novo material para LEDs que emitem na região vermelha do espectro onde os LEDs convencionais baseado nas ligas ternárias de InGaN mostram muito baixa eficiência. Ao mesmo tempo os nitretos não-polares são amplamente estudados para evitar a polarização. Neste trabalho foi comparar a dopagem com Eu por implantação iónica em filmes de GaN crescido segundo as direcções cristalinas [11-20] (plano-a) e [0001] (plano-c) crescidos sobre o plano-r e plano-c de safira, respectivamente. A fluência variou de 1x1014 a 4x1015 cm-2 a temperatura ambiente (RT) e 500 º C. A caracterização estrutural e óptica das amostras implantadas foi realizada utilizando espectrometria de retrodispersão de Rutherford e canalização (RBS/C), a difracção de raios-X (XRD) e a espectroscopia por catodoluminescência (CL). A acumulação de danos causados pela implantação mostra semelhanças em ambos os materiais revelando a formação de dois picos de danos, um na superfície e uma mais profunda no “bulk”. Além disso, os defeitos de implantação causam uma expansão ao longo da normal à superfície nos dois materiais. Curiosamente...

Caracterização das argamassas antigas da Igreja do Colégio de Portimão

Falcão, Sílvia Liem Tchum de Gouvêa
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2010 POR
Relevância na Pesquisa
129.49268%
Tese de mestrado em Química Aplicada ao Património Cultural, apresentada à Universidade de Lisboa, através da Faculdade de Ciências, 2010; Este trabalho apresenta o estudo de sete amostras de argamassas do interior da Igreja do Colégio em Portimão, com localização e funções distintas. Pretendeu-se, com este estudo, perceber qual a extensão dos efeitos destruidores do terramoto de 1755 nesta igreja, partindo dos relatos existentes que referem que apenas parte da cúpula terá cedido juntamente com uma cruz que figurava no frontispício desta igreja, sendo um dos objectivos do trabalho esclarecer questões relacionadas com as prováveis fases de construção e/ou reconstrução. Do mesmo modo, pretendeu-se caracterizar as argamassas do ponto de vista químico e mineralógico fornecendo informações que se espera poderem vir a ser relevantes em futuros trabalhos de conservação e/ou restauro das alvenarias interiores da igreja. A metodologia escolhida para este trabalho baseou-se em diversas técnicas analíticas, designadamente a análise química por via húmida, análise química por espectrometria de absorção atómica, análise gravimétrica e análise mineralógica por difracção de raios X. Os resultados obtidos permitiram verificar que as argamassas antigas da Igreja do Colégio foram executadas com cal aérea...

Mapas por microscopia de Raman caso de estudo: cerâmicas arqueológicas portuguesas da idade do ferro provenientes do Castro de Azougada

Niessen, Ana Marijke Alves
Fonte: Faculdade de Ciências e Tecnologia Publicador: Faculdade de Ciências e Tecnologia
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2010 POR
Relevância na Pesquisa
109.87325%
Dissertação de Mestrado em Conservação e Restauro área de Especialização de Cerâmica e Vidro; A microscopia de Raman (µ-Raman) tem desempenhado um papel muito importante no estudo do património cultural, particularmente devido à sua índole não destrutiva. A aquisição de mapas de distribuição química por esta técnica espectroscópica apresenta escassos exemplos na área do património cultural. Neste sentido, o trabalho desenvolvido assentou na obtenção de mapas de exemplos de cerâmicas arqueológicas portuguesas da Idade do Ferro, que identificam a composição mineralógica das amostras e representam a distribuição dessa mesma composição. As cerâmicas arqueológicas portuguesas datadas da Idade do Ferro (inicio ca.600 a.C.), são provenientes da estação arqueológica de Castro da Azougada, e pertencentes ao acervo do Museu Nacional de Arqueologia. Como procedimento pouco usual compararam-se primeiro os resultados com a abordagem tradicional, por análises pontuais. Verificou-se que os mapas forneceram mais informação mineralógica do que a abordagem tradicional. Outro objectivo importante do trabalho desenvolvido foi pesquisar a hipótese de adquirir os mapas com as amostras in situ, ao invés de retirar microamostras. Esta situação seria deveras vantajosa no estudo do património cultural. No entanto...

Caracterização de uma moeda portuguesa proveniente da Villa Romana de São Pedro, em fronteira (Alentejo, Portugal)

Mata,A. L.; Salta,M. M. L.; Neto,M. M. M.; Mendonça,M. H.; Fonseca,I. T. E.
Fonte: LNEG - Laboratório Nacional de Energia e Geologia, I.P. Publicador: LNEG - Laboratório Nacional de Energia e Geologia, I.P.
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2009 PT
Relevância na Pesquisa
109.85704%
O presente artigo reporta um estudo sobre uma moeda portuguesa, o Real Branco de D. João I, datável entre 1415 e 1433, encontrada durante as escavações arqueológicas na villa romana de São Pedro, em Fronteira (Alentejo, Portugal). A composição e morfologia das patinas, bem como a composição da liga utilizada no fabrico da moeda, foram analisadas utilizando apenas técnicas não destrutivas, nomeadamente, microscopia óptica (MO), microscopia electrónica de varrimento (MEV), espectroscopia de energia dispersiva de raios-X (EDX) e difracção de raios-X de pós (DRX). Os resultados foram coerentes com a informação histórica.