Página 1 dos resultados de 123 itens digitais encontrados em 0.008 segundos

The cation specific effects on the aqueous solubility of amino acids: experimental and molecular dynamics simulations contributions

Sousa, Cátia Sofia Ribeiro de
Fonte: Instituto Politécnico de Bragança Publicador: Instituto Politécnico de Bragança
Tipo: Dissertação de Mestrado
ENG
Relevância na Pesquisa
17.491537%
O estudo dos efeitos específicos dos iões na solubilidade de aminoácidos e proteínas, em soluções aquosas, é vital para o desenvolvimento de muitas áreas da bioquímica e da biotecnologia. Neste trabalho estudou-se o efeito dos iões de sais inorgânicos na solubilidade de aminoácidos, em soluções aquosas salinas, através de medições experimentais e simulações de dinâmica molecular. Foram selecionados três aminoácidos (DL-alanina, L-isoleucina e L-valina) como compostos modelo. Face à sua relevância biológica e escassa informação disponível na literatura, selecionaram-se ainda os seguintes catiões: K+, Li+, Ca2+ e Al3+, variando o anião entre Cl- ou . Recorrendo a um método analítico isotérmico mediu-se a solubilidade, a 298,15 K, da DL-alanina (Ala) em soluções aquosas contendo CaCl2 e K2SO4 e da L-isoleucina (Iso) e L-valina (Val), em soluções aquosas contendo CaCl2, K2SO4, LiCl, Li2SO4, Al2(SO4)3 e AlCl3. No caso de LiCl, o efeito observado na solubilidade de Val e Iso é praticamente inexistente enquanto Li2SO4 e K2SO4 induzem um efeito de salting-out. Por último, para CaCl2, Al2(SO4)3 e AlCl3 observou-se um efeito de salting-in bastante pronunciado, sendo mais forte no caso dos sais que contêm alumínio. Os resultados obtidos pelas simulações de dinâmica molecular sugerem que o efeito de salting-in na solubilidade é diferente entre catiões e aniões. Os catiões polivalentes fortemente hidratados (Ca2+ e Al3+) apresentam interações extremamente fortes com o grupo carboxílico dos aminoácidos...

Estudo de ligandos poliazamacrocíclicos e de seus complexos metálicos

Catarro, Maria Paula Matos Marques
Fonte: Universidade de Coimbra Publicador: Universidade de Coimbra
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
17.491537%
Os ligandos macrocíclicos polifuncionais, devido às suas características conformacionais e à eficiência de coordenação dos respectivos grupos ligantes, formam espécies complexas (de estrutura "em gaiola") de elevada estabilidade e apresentam-se muito selectivos para certos catiões metálicos. Os quelatos macrocíclicos de iões paramagnéticos comportam-se como boas sondas de desvio e/ou relaxação em solução aquosa, o que permite a sua utilização em estudos estruturais de biomoléculas ou ainda como agentes de contraste em diagnóstico médico, através de uma técnica radiológica específica (imagem por ressonância magnética, IRM). Neste trabalho foi levado a cabo o estudo de ligandos macrocíclicos poliaza-poli-carboxílicos/polimetilenofosfonados - comportamento ácido--base e conformacional - e dos respectivos complexos (com catiões alcalinos e alcalino-terrosos, com os iões de transição Mn2+, Ni2+, Cu2+, Zn2+ e Cd2+ e de pós-transição Al3+, e com os catiões trivalentes da série dos lantanídeos) - estrutura e cinética de formação. Foram utilizadas diferentes técnicas, com vista à compreensão das características químicas e conformacionais destes sistemas: Cálculos ab initio de orbitais moleculares. Potenciometria. Espectroscopia de ressonância magnética multinuclear (RMN de 1H...

Bases de Schiff Aromáticas como Sensores Óticos em Solução e em Sólidos Mesoporosos

Soares, André Filipe Beirão
Fonte: Universidade de Coimbra Publicador: Universidade de Coimbra
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
17.180095%
O presente estudo foi estruturado em duas partes. Na parte I, o objetivo consiste em avaliar as propriedades fotofísicas das bases de Schiff e testar potencias aplicações como sensores óticos para diferentes catiões metálicos (Zn(II), Cd(II), Hg(II), Mn(II), Pb(II)) quando em solução com uma base de Schiff. Verifica-se que o sistema torna-se mais estável relativamente à hidrólise, utilizando 95% de isopropanol para a formação dos complexos de metais luminescentes. Da primeira parte podem ser tiradas conclusões quanto à ocorrência de vários efeitos, tais como, os efeitos do metal e dos ligandos no sistema fotoluminescente e também a seletividade do sistema em relação aos vários metais estudados, sendo que à maior seletividade para o catião Zn(II) em relação aos outros catiões como pode ser visto mais à frente neste estudo. Devido à presença de limitações no sistema, mais propriamente em termos de desestabilização através da ocorrência de hidrólise dos ligandos, vai ser discutido na parte II, deste estudo a minimização deste efeito através da incorporação do sistema numa matriz porosa. Nesta parte, é descrita a formação de complexos de zinco (II) e cádmio (II) imobilizados no zeólito NaY. Os dois complexos sintetizados...

Caracterização de ácidos fúlvicos extraídos de resíduos reciclados para actividades agrícolas

Oliveira, César João dos Santos
Fonte: Universidade do Porto. Reitoria Publicador: Universidade do Porto. Reitoria
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
17.491537%
Caracterizaram-se duas amostras de ácidos fúlvicos (AF) antropogénicos extraídos de dois "compostos" obtidos a partir da reciclagem de lamas de uma estação de tratamento de águas residuais urbanas (AFLC) e de resíduos animais (AFRAC), que são utilizados como correctivos orgânicos em actividades agrícolas. Estas amostras de AF foram comparadas com duas outras amostras extraídas de solos naturais (solo de pinhal, AFS, e de um solo Laurentian, AFLau) quanto às suas propriedades. Efectuou-se uma caracterização geral das amostras de AF, tendo-se recorrido a análises elementares, estudos espectroscópicos (RMN de 13C, FT-IR, UV-Vis e fluorescência molecular síncrona), titulações potenciométricas com medição de pH e condutimétricas com base forte, e caracterização da distribuição de massas moleculares por cromatografia de alta pressão com exclusão por tamanhos. Esta caracterização geral mostrou que as amostras de AF antropogénicas, quando comparadas com as amostras de solo natural, apresentam maior abundância em azoto e enxofre, menor quantidade de estruturas aromáticas condensadas e maior quantidade de estruturas alifáticas, um número inferior de grupos carboxílicos ácidos mais fortes (pKa ¦ 3) e massas macro-moleculares ligeiramente menores...

Aplicações analíticas da voltametria com adsorção

Almeida, Paulo Joaquim Ferreira de
Fonte: Universidade do Porto. Reitoria Publicador: Universidade do Porto. Reitoria
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
17.491537%
O âmbito geral deste trabalho insere-se no domínio das aplicações analíticas da voltametria com adsorção, em sistemas estáticos e em sistemas de análise em fluxo com um electrodo de mercúrio de gota suspensa, tendo em vista a determinação de compostos orgânicos e de catiões metálicos. Os corantes antraquinónicos reactivos de clorotriazina podem ser reduzidos e adsorvidos no eléctrodo de mercúrio, sendo possível a determinação destes corantes por voltametria com adsorção. Utilizando técnicas de varrimento de potencial rápidas, estudou-se a importância de certas condições experimentais e operacionais, como a concentração do electrólito suporte, a presença de tensioactivos e o tempo de duração do impulso de potencial, na resposta voltamétrica de alguns corantes antraquinónicos. De entre os corantes antraquinónicos estudados, foi usado o Vermelho de Alizarina S, particularmente devido às suas propriedades complexantes, na determinação indirecta dos catiões Al(III) e Cu(II) por voltametria com adsorção, usando um eléctrodo de mercúrio de gota suspensa. Outro agente complexante que adsorve no HMDE, o 2,3-ditiolquinoxalina, foi utilizado na determinação indirecta dos catiões Ni(II) e Co(II). Em ambos os casos...

Captação de catiões orgânicos em células caco-2. Efeitos do vinho e do chá

Monteiro, Maria do Rosário Barbosa
Fonte: Porto : edição de autor Publicador: Porto : edição de autor
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 2 vols.(tese+relatório); 30 cm
POR
Relevância na Pesquisa
27.491538%
Resumo da tese: Nos últimos anos têm-se reunido dados epidemiológicos que sugerem um papel protector do consumo de vinho e de chá, especialmente vinho tinto e chá verde, para a saúde humana, nomeadamente no que diz respeito à doença coronária e a certos tipos de neoplasias. Tem sido recentemente descrito que o consumo destas bebidas poderá influenciar a eficácia terapêutica de muitos fármacos. Muitos metabolitos endógenos e medicamentos são, a pH fisiológico, catiões orgânicos. Assim, este trabalho foi realizado com o objectivo de esclarecer a possível influência destas bebidas na captação intestinal de catiões orgânicos. Como modelo de células intestinais usaram-se células Caco-2, células derivadas de carcinoma de cólon humano, com fenótipo enterocítico. A variação da entrada de MPP+-(3H) (1-metil-4-fenilpiridínio; 200 nM) foi determinada pela incubação destas células, durante 5 minutos, na presença de vinho tinto (VT), vinho branco (VB), vinho tinto desalcoolizado (VTD), vinho branco desalcoolizado (VBD), chá verde (CV) e chá preto (CP) (500 ul/ml), e VT, VB, CV e CP sujeitos a diálise. O VT,o VTD, o CV e o CP aumentaram de forma significativa a captação de MPP+-(3H), o VBD e os vinhos sujeitos a diálise diminuíram este transporte. O VB e os chás dialisados não tiveram qualquer efeitos sobre este parâmetro. É de realçar que o VTD e o CP tiveram um efeito menos acentuado que o verificado na presença de VT e de CV...

Clinopyroxene based glasses and glass-ceramics for functional applications

Goel, Ashutosh
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Tese de Doutorado
ENG
Relevância na Pesquisa
17.491537%
As piroxenas são um vasto grupo de silicatos minerais encontrados em muitas rochas ígneas e metamórficas. Na sua forma mais simples, estes silicatos são constituídas por cadeias de SiO3 ligando grupos tetrahédricos de SiO4. A fórmula química geral das piroxenas é M2M1T2O6, onde M2 se refere a catiões geralmente em uma coordenação octaédrica distorcida (Mg2+, Fe2+, Mn2+, Li+, Ca2+, Na+), M1 refere-se a catiões numa coordenação octaédrica regular (Al3+, Fe3+, Ti4+, Cr3+, V3+, Ti3+, Zr4+, Sc3+, Zn2+, Mg2+, Fe2+, Mn2+), e T a catiões em coordenação tetrahédrica (Si4+, Al3+, Fe3+). As piroxenas com estrutura monoclínica são designadas de clinopiroxenes. A estabilidade das clinopyroxenes num espectro de composições químicas amplo, em conjugação com a possibilidade de ajustar as suas propriedades físicas e químicas e a durabilidade química, têm gerado um interesse mundial devido a suas aplicações em ciência e tecnologia de materiais. Este trabalho trata do desenvolvimento de vidros e de vitro-cerâmicos baseadas de clinopiroxenas para aplicações funcionais. O estudo teve objectivos científicos e tecnológicos; nomeadamente, adquirir conhecimentos fundamentais sobre a formação de fases cristalinas e soluções sólidas em determinados sistemas vitro-cerâmicos...

Síntese e aplicações catalíticas na funcionalização de alcanos de novos compostos com polioxometalatos e catiões orgânicos

Sousa, Ana Cristina Estrada Morais Gonçalves de
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
27.180095%
A presente dissertação, que no seu conjunto se propõe apresentar o estudo de oxidação de compostos orgânicos com peróxido de hidrogénio na presença dos aniões do tipo Keggin, mono-substituídos por MnIII e FeIII, sob a forma de sais de tetra-n-butilamónio (TBA) e suportados em matriz de sílica funcionalizada, enquanto vital método de obtenção de importante precursores de síntese orgânica, tem na sua base o trabalho de Doutoramento desenvolvido no Departamento de Química da Universidade de Aveiro. Os compostos preparados e testados em sistema homogéneo foram os sais de TBA dos aniões de Keggin, de fórmula geral [XW11M(H2O)O39]n-, onde X = P, Si ou B e M = MnIII e FeIII. Em sistema heterogéneo foram testados diferentes materiais, que diferem entre si na matriz de sílica. Assim, fez-se a heterogeneização de [PW11Fe(H2O)O39]4- em sílica funcionalizada com catiões de césio e grupos propilamónio; [BW11Fe(H2O)O39]6- e [SiW11Fe(H2O)O39]5- foram imobilizados em sílica contendo grupos aminopropilo e o anião [PW11Mn(H2O)O39]4- foi suportado em sílica quimicamente modificada com grupos alquilamónio. Os substratos orgânicos estudados incluem o 1H-indeno, 1,2-di-hidronaftaleno, etilbenzeno, cumeno, p-cimeno, sec-butilbenzeno...

Estudo de NPE na recuperação química do processo kraft da Celbi

Migueis, Andreia Patrícia de Jesus
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
17.491537%
Com o projeto C09, que consistiu em implementar e desenvolver novas abordagens para redução do consumo de água, a Celbi teve necessidade de atualizar o balanço mássico aos elementos não processuais (NPE) na unidade de recuperação de químicos. Assim, este trabalho teve como principal objetivo a identificação e a quantificação dos NPE existentes na área da caustificação e do forno da cal. Para tal, foram recolhidas amostras em várias correntes do processo e principais pontos de acumulação ou purga. As amostras foram processadas por digestão ácida oxidante e, posteriormente, analisadas por espectrofotometria de absorção atómica (os catiões cálcio, ferro, manganês e magnésio), por fotometria de chama (os catiões potássio e sódio), por colorimetria (o ião fósforo) e por cromatografia iónica (os cloretos). Foram realizados balanços mássicos aos NPE, em estado estacionário, em cada área/equipamento identificada no ciclo de recuperação de químicos. No âmbito deste trabalho os NPE identificados como mais relevantes no processo de recuperação são os catiões cálcio, ferro, manganês, magnésio, potássio e sódio e os iões cloreto e fósforo. As principais consequências de acumulação destes elementos são: i) corrosão e formação de incrustações nos equipamentos; ii) formação de depósitos de cloretos/potássio nas caldeiras de recuperação; iii) diminuição da reactividade da cal e iv) formação de colagens de sódio/potássio no interior do forno da cal. Grande parte dos NPE presentes no ciclo de recuperação química entra no processo com a madeira e...

Metal-organic frameworks based on phosphonate linkers; Redes metalo-orgânicas baseadas em ligandos fosfonato

Vilela, Sérgio Manuel Felipe
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Tese de Doutorado
ENG
Relevância na Pesquisa
17.491537%
During the last few decades, Metal-Organic Frameworks (MOFs), also known as Coordination Polymers, have attracted worldwide research attentions due to their incremented fascinating architectures and unique properties. These multidimensional materials have been potential applications in distinct areas: gas storage and separation, ion exchange, catalysis, magnetism, in optical sensors, among several others. The MOF research group at the University of Aveiro has prepared MOFs from the combination of phosphonate organic primary building units (PBUs) with, mainly, lanthanides. This thesis documents the last findings in this area involving the synthesis of multidimensional MOFs based on four di- or tripodal phosphonates ligands. The organic PBUs were designed and prepared by selecting and optimizing the best reaction conditions and synthetic routes. The self-assembly between phosphonate PBUs and rare-earths cations led to the formation of several 1D, 2D and 3D families of isotypical MOFs. The preparation of these materials was achieved by using distinct synthetic approaches: hydro(solvo)thermal, microwave- and ultrasound-assisted, one-pot and ionothermal synthesis. The selection of the organic PBUs showed to have an important role in the final architectures: while flexible phosphonate ligands afforded 1D...

Novos materiais com polioxotungstatos substituídos com metais d e f

Santos, Filipe Miguel de Almeida Marques dos
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
17.813025%
The present work reports studies on the new compounds obtained by the combination of polyoxoanions derived from the Keggin and Lindquist structures with several cations. The studies were first focused on the monolacunary Keggin polyoxoanions [PW11O39M(H2O)]n- (M = FeIII, MnIII and n = 4; M = CoII and n = 5) and its combination with the organic cation 1-butyl-3-methylimidazolium (Bmim+). The association of Bmim+ cation with the polyoxoanion [PW11O39Fe(H2O)]4- allowed to isolate for the first time both the monomeric and the dimeric [PW11O39Fe)2O]10- anions, with the same cation and using simple bench techniques by pH manipulation. Studies regarding the stability of these inorganic species in solution indicated that both species are present in solution in equilibrium. However, the inability to up until now isolate the dimeric unit through simple bench methods, lead to the hypothesis that the cation had a role to play in the selective precipitation of either the monomer or the dimer. Repetition of the same procedures with the polyoxoanions [SiW11O39Fe(H2O)]5- and [PW11O39M(H2O)]n- (M = FeIII, MnIII and n = 4; M = Co and n = 5), afforded only the corresponding monomeric compounds, (Bmim)5[SiW11O39FeIII(H2O)]· 4H2O (3), (Bmim)5[PW11O39CoII(H2O)]· 0.5 H2O...

Materiais à base de óxidos com estrutura do tipo perovskite e compósitos como ânodos de PCES; Propriedades funcionais e comportamento eletroquímico em células com eletrólitos sólidos à base de galatos e silicatos

Kolotygin, Vladislav
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Tese de Doutorado
ENG
Relevância na Pesquisa
17.491537%
This work was focused on the analysis of transport, thermomechanical and electrochemical properties of a series of perovskite-like oxide materials and composites for potential applications as anodes of intermediate-temperature solid oxide fuel cells (SOFCs) with lanthanum gallate and silicate solid electrolytes. The primary attention was centered on A(Mn,Nb)O3-δ (A = Sr, Ca) and (La,Sr)(Mn,Ti)O3-based systems, lanthanum chromite substituted with acceptor-type and variable-valence cations, and various Ni-containing cermets. Emphasis was given to phase stability of the materials, their crystal structure, microstructure of porous electrode layers and dense ceramics, electronic conductivity, Seebeck coefficient, oxygen permeability, thermal and chemical induced expansion, and anodic overpotentials of the electrodes deposited onto (La,Sr)(Ga,Mg)O3- and La10(Si,Al)6O27- based electrolyte membranes. In selected cases, roles of oxygen diffusivity, states of the transition metal cations relevant for the electronic transport, catalytically active additives and doped ceria protective interlayers introduced in the model electrochemical cells were assessed. The correlations between transport properties of the electrode materials and electrochemical behavior of porous electrodes showed that the principal factors governing anode performance include...

A estabilização tartárica de vinhos

Simoes, Madalena; Catarino, Sofia; Cabrita, Maria Joao
Fonte: Universidade de Évora Publicador: Universidade de Évora
Tipo: Aula
POR
Relevância na Pesquisa
17.491537%
A estabilização tartárica é uma prática corrente em enologia para a estabilização de vinhos brancos e tintos. A precipitação de uma fracção do ácido tartárico é conseguida pela sua precipitação pelo frio, com intervenção dos catiões existentes, nomeadamente o potássio (K) e o cálcio (Ca). Actualmente existem resinas de troca iónica que ao remover os catiões K e Ca impedem a precipitação do ácido tartárico. O presente estudo pretende contribuir para a compreensão do fenómeno de precipitação do ácido tartárico na forma de tartarato de cálcio e bitartarato de potássio e das suas implicações na qualidade dos vinhos. Vários ensaios à escala industrial foram efectuados com diferentes vinhos e com um equipamento de troca iónica. Paralelamente cada um dos vinhos foi também sujeito as técnicas tradicionais de estabilização tartárica, por forma a obter diferentes vinhos mas todos estabilizados do ponto de vista da estabilização tartárica, embora com tecnologias diferentes. Foram efectuadas medições do teor em ácido tartárico por HPLC, dos catiões por espectrofotometria de chama e avaliada a instabilidade tartárica pelo método do mini contacto e da temperatura de saturação.

Influência de Sais de Tetra-Alquilamónio na Polarografia de Catiões Metálicos

Vaz, António Manuel Neto
Fonte: Universidade de Évora Publicador: Universidade de Évora
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
37.683193%
"Sem resumo feito pelo autor";- Os sais de tetra-alquilamónio são compostos surfactantes devido ao carácter hidrofilico da amina quaternária associado ao carácter hidrofóbico das cadeias carbonatadas. Este carácter hidrofóbico é tanto maior quanto mais longas forem as cadeias, bastando que, pelo menos uma delas tenha, pelo menos, quatro átomos de carbono. A presença destes sais em soluções, contendo catiões metálicos, provoca modificações na forma dos polarogramas. Estas modificações são, essencialmente, a redução da intensidade da corrente limite e o aparecimento de uma segunda onda polarográfica. A intensidade de a corrente limite sofre uma redução, mais ou menos acentuada, o que depende da concentração do ião de tetra-alquilamónio presente na solução. Tal pode ser observado na sequência de polarogramas obtidos com soluções em que a composição varia somente com a concentração do sal de tetra-alquilamónio. O valor de potencial onde se desenvolve a segunda onda polarográfica parece depender da dimensão e da concentração do catião tetra-alquilamónio, presente na solução. Quanto maior fora concentração ou a dimensão do ião de tetra-alquilamónio, assim a segunda onda polarográfica ocorrerá a um valor de potencial mais negativo. Pela soma da intensidade de corrente das duas ondas obtem-se um valor semelhante ao observado em soluções de catiões metálicos isentas de iões de tetra-alquilamónio. Quanto ao efeito dos aniões presentes no sal de tetra-alquilamónio...

Influência dos catiões de amónio e de fosfónio Tetra-n-Butílicos no comportamento electroquímico do par Tl(I)/Tl(Hg) em meio aquoso

Teixeira, Jorge Manuel Ginja
Fonte: Universidade de Évora Publicador: Universidade de Évora
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
38.21277%
No âmbito da electroquímica fundamental, de interfaces eléctrodo /solução, é estudado o comportamento não faradaico dos catiões orgânicos tetra-n-butilamónio e tetra-n-butilfosfónio na interface mercúrio /solução aquosa e a influência que daí resulta, sobre o comportamento electródico do par Tl(I)/Tl(Hg). Realizado com a intenção de contribuir para o conhecimento e compreensão geral, do comportamento desta classe de catiões orgânicos em interfaces polarizadas, bem como dos vários fenómenos fundamentais associados aos processos electródicos do par Tl(I)/Tl(Hg), este estudo baseia-se na variação sistemática e controlada da concentração dos catiões orgânicos, do catião metálico e dos parâmetros termodinâmicos (e.g., o potencial dc) e cinéticos (e.g., a frequência e/ou a velocidade de varrimento) da perturbação eléctrica imposta. Neste estudo, realizado à temperatura constante de 25°C, é utilizado um eléctrodo de mercúrio de gota suspensa e soluções aquosas de força fónica moderada (1M) de electrólitos com anões que possuem propriedades coordenantes e adsortivas diferentes (o NaCI e NaC104). Para estudar o comportamento, independente ou simultâneo, dos catiões orgânicos e das duas formas do par redox é utilizada a voltametria cíclica...

Desenvolvimento de membranas para aplicação em células de combustível a alta temperatura

Martins, Carla Maria Figueiredo
Fonte: Faculdade de Ciências e Tecnologia Publicador: Faculdade de Ciências e Tecnologia
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2011 POR
Relevância na Pesquisa
17.491537%
Dissertação para obtenção do grau de Mestre em Engenharia Química e Bioquímica; O trabalho desenvolvido nesta tese teve como objectivo o desenvolvimento de novas membranas para aplicação em células de combustível a alta temperatura. Foram testadas membranas de Nafion® na sua forma protonada com dois tipos de espessura diferentes, Nafion® - 117 e Nafion® - 212 com 183 μm e 51 μm de espessura, respectivamente. As membranas de Nafion® mencionadas anteriormente foram modificadas através da incorporação de catiões de líquidos iónicos (n-dodeciltrimetilamónia, DTA+; 1-butil-3-metilimidazólio, BMIM+; feniltrimetilamónia, TMPA+). Com o objectivo de verificar qual o efeito da presença do catião do líquido iónico, as membranas de Nafion® modificadas foram caracterizadas utilizando as seguintes técnicas: ensaios de propriedades mecânicas (extensão e perfuração), termogravimetria e H – NMR (Relaxação spin-rede do protão de hidrogénio). Adicionalmente, uma vez que este estudo visa a aplicação das membranas em células de combustível, foram também efectuados estudos de transporte de metanol, e de gases (N2, O2 e CO2) puros e humidificados. Comparando todos os resultados obtidos com os de uma membrana não modificada...

Síntese e potenciais aplicações de novas porfirinas β-funcionalizadas

Moura, Nuno Miguel Lalavado,
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
17.491537%
Neste trabalho é descrita a síntese de novos derivados porfirínicos com potencial aplicação em terapia fotodinâmica (PDT) e como quimiossensores para o reconhecimento molecular de catiões metálicos. Os novos compostos foram preparados usando como “template” 2-formil-5,10,15,20-tetrafenilporfirina através de diferentes abordagens sintéticas, tais como, reações de cicloadição 1,3-dipolar ou reações do tipo condensação aldólica. Depois de uma breve introdução sobre porfirinas segue-se no capítulo 2 a descrição dos estudos de formilação de Vilsmeier-Haack dos complexos de Ni(II) e Cu(II) de meso-tetra-arilporfirinas realizados usando irradiação de microondas. Utilizando os complexos de Ni(II) e Cu(II) da 5,10,15,20-tetrafenilporfirina foram considerados vários solventes, potências de irradiação e tempos de reação; as melhores condições encontradas foram aplicadas a outras mesotetra- arilporfirinas. Os derivados formilados resultantes da reação de formilação de Vilsmeier-Haack com irradiação de micro-ondas foram isolados em bons rendimentos e com significativa redução no tempo de reação, que passou de horas, em condiçoes clássicas de aquecimento, para minutos sob irradiação de micro-ondas. O “scale-up” da reação...

Estrutura e luminescência de materiais hídridos orgânicos-inorgânicos modificados por iões lantanídeos

André, Maria Rute de Amorim e Sá Ferreira
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
17.491537%
O presente trabalho propõe-se caracterizar a estrutura e as propriedades de luminescência de um conjunto de redes híbridas orgânicas-inorgânicas. Estes materiais, denominados por di-ureiasils (ou di-uretanosils) são compostos por uma rede siliciosa ligada covalentemente por pontes de ureia (ou uretano) a cadeias orgânicas de diferente peso molecular. A morfologia destes materiais é baseada numa estrutura bifásica, induzida pela separação local entre as regiões orgânicas e os domínios inorgânicos siliciosos de dimensões nanométricas. Os híbridos são emissores eficientes de luz branca, à temperatura ambiente, resultante da singular convolução da emissão azul originada nos grupos NH das pontes de ureia (ou uretano) com a luminescência azul-violeta proveniente dos domínios siliciosos. O mecanismo subjacente a ambas as emissões é do tipo par dador-aceitador. O valor relativamente elevado do rendimento quântico absoluto da luminescência (≈ 20 %), quando comparado com outros fósforos emissores de luz branca, e a fácil sintonização da cor da emissão ao longo do diagrama de cor definido pela Comission Internacionale d'Eclairage, CIE, através da variação de parâmetros físicos - comprimento de onda de excitação e temperatura - ou químicos - peso molecular e tipo de ligação entre os componentes orgânico e inorgânico - evidencia o potencial tecnológico destes materiais. Na rede di-ureiasil...

Estudo da eletrodiálise na composição catiónica de um vinho ao longo da vinificação

Mello, Vânia Sofia Alves de Sousa
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
27.906792%
A produção de um vinho espumante, segundo o método Champanhês, consiste na produção de um vinho base, a partir do qual se realiza uma segunda fermentação alcoólica em garrafa pela adição de leveduras e açúcar com produção de CO2. A eletrodiálise é um processo usado para a estabilização tartárica do vinho base, que consiste na remoção de iões, tais como potássio e hidrogeno tartarato, de forma a evitar a formação de precipitados, durante a vinificação e armazenamento do vinho. Porém, este processo pode levar à remoção de outros iões que são essenciais para o crescimento da levedura S. cerevisiae durante a segunda fermentação alcoólica, para a produção de vinho espumante. O primeiro objetivo deste trabalho consistiu em avaliar o impacto da eletrodiálise nos parâmetros enológicos nos vinhos base para espumante e na sua composição em catiões, tais como potássio, magnésio, manganês, cálcio, cobre, ferro, zinco, molibdénio e cobalto. O segundo objetivo do trabalho foi avaliara influência nas características físico-químicas e sensoriais do vinho da adição de produtos enológicos, constituídos por extratos de levedura inativa, como suplementos durante a primeira e segunda fermentação. Dois vinhos espumantes brancos...

Propriedades ópticas e estruturais de electrólitos poliméricos contendo catiões terras raras

Carlos, Luiz António Ferreira Martins Dias
Fonte: Universidade de Évora Publicador: Universidade de Évora
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
37.683193%
"Sem resumo feito pelo autor"; O estudo que se apresenta em seguida teve por objectivo a preparação e a correspondente caracterização da morfologia, da estrutura e da luminescência de um conjunto de electrólitos poliméricos contendo catiões lantanídeos. Pretendeu-se, ainda, relacionar a informação extraída dos espectros de luminescência com aspectos associados à coordenação local desses catiões nas matrizes poliméricas, bem como com a estrutura global destes electrólitos. Fez-se recair o estudo em electrólitos modificados por európio e neodímio por duas ordens de razões. Por um lado, os sais de európio e neodímio foram os que apresentaram melhor capacidade de dissolução nas matrizes poliméricas de POE e POP, simplificando, portanto, o processo de preparação, o que possibilitou a obtenção de filmes com maior homogeneidade. Por outro lado, estes dois elementos são, provavelmente, os lantanídeos sobre os quais recaiu maior volume de investigação em virtude das potencialidades tecnológicas que apresentam. É ainda de referir que, no caso do európio, em virtude da sua estrutura energética ser caracterizada por um hiato de energia elevado entre o último nível do septeto fundamental e o primeiro nível do primeiro quinteto excitado...