Página 1 dos resultados de 13 itens digitais encontrados em 0.000 segundos

Nanocompósitos orgânico-inorgânicos de polímero biodegradável e estruturas lamelares; Organic-inorganic nanocomposites based on biodegradable polymer and layered structures

Perotti, Gustavo Frigi
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 17/05/2013 PT
Relevância na Pesquisa
17.995835%
O presente trabalho de Doutorado tem como objetivo investigar a influência de materiais lamelares prístinos e modificados e a influência de diferentes rotas sintéticas nas propriedades físico-químicas do amido termoplástico, utilizando glicerol como plastificante. Para tanto, empregou-se para a produção dos materiais híbridos uma argila sintética da família das hectoritas (Laponita RD) na forma prístina e também modificada com íons berberine e carnosina, além de um hidróxido duplo lamelar (HDL) constituído por íons Zn2+/Al3+ intercalado com carboximetilcelulose (CMC). O amido e o material lamelar foram combinados, utilizando as metodologias de casting e extrusão, nas concentrações de 2,5 e 5,0 % (m/m) de argila ou HDL com relação ao polissacarídeo. Já quantidade de plastificante empregada foi variável, dependendo da rota de preparação empregada, sendo de aproximadamente 20 % (m/m) via casting e 30 % (m/m) via extrusão com relação ao amido. Conforme mostram os difratogramas de raios X dos filmes obtidos pelo método casting, todos os filmes contendo argila em sua composição exibem um sinal largo de difração na região de baixo ângulo de 2θ, embora pouco intenso, indica a existência de certa quantidade de nanocompósito do tipo intercalado. Já para os materiais obtidos via extrusão...

Materiais híbridos baseados em argilas catiônicas e espécies com potencial terapêutico; Hybrid materials based on cationic clays and species with therapeutic potential

Mangoni, Ana Paula
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 12/02/2014 PT
Relevância na Pesquisa
27.995835%
Os argilominerais são empregados na área farmacêutica e cosmética tanto como excipientes quanto ingredientes ativos. Esses compostos inorgânicos são inertes quimicamente, apresentam estruturas definidas e alta estabilidade térmica, o que contribui para o uso nessas áreas. Atualmente a indústria farmacêutica busca modificações no sistema de entrega de drogas (melhorias no tempo, local e taxa de liberação), objetivando um aumento na estabilidade das drogas e a prevenção e diminuição de efeitos colaterais. Nesse sentido, surge a necessidade de desenvolver novas formulações farmacêuticas, novos métodos de preparação e novos materiais. Considerando o fato dos argilominerais incorporarem espécies diversas entre suas lamelas, é interessante explorar a possibilidade de uso dessas matrizes inorgânicas como carregadores de espécies bioativas. O principal objetivo do presente trabalho foi preparar e caracterizar argilas de uso farmacêutico e/ou cosmético intercaladas com espécies que apresentam potencial terapêutico. Para tanto, usou-se duas argilas esmectitas naturais do tipo montmorilonita (Cloisita Sódica e Veegum HS) e uma esmectita sintética do tipo hectorita (Laponita RD). Os aminoácidos L-lisina, L-arginina e L-ornitina...

Influência do estado de treinamento sobre o desempenho físico em resposta à suplementação de beta-alanina; Influence of training status on physical performance in response to beta-alanine supplementation

Painelli, Vitor de Salles
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 29/04/2013 PT
Relevância na Pesquisa
27.995835%
Estudos recentes têm demonstrado que a suplementação de beta-alanina (BA) pode melhorar o desempenho físico. O mecanismo proposto para tal resultado envolve o aumento das concentrações intramusculares de carnosina, um dipeptídeo cuja função mais bem atribuída é a de manutenção do equilíbrio ácido-básico. Apesar do emergente corpo literário acerca dos efeitos ergogênicos da suplementação de BA, a maior parte das evidências provém de estudos conduzidos com indivíduos não treinados ou fisicamente ativos, enquanto os estudos com indivíduos treinados são escassos, e seus resultados, controversos. Tem sido especulado que a diferença na capacidade tamponante muscular entre indivíduos treinados e não treinados é um possível fator mascarando o efeito ergogênico da suplementação de BA em indivíduos treinados, já que têm sido demonstrado que este perfil de indivíduos possui maior capacidade tamponante e conteúdo muscular de carnosina. Assim, o objetivo do presente estudo foi investigar a influência do estado de treinamento sobre o desempenho físico intermitente de membros inferiores em resposta à suplementação de BA. Para tanto, 40 homens jovens e saudáveis foram recrutados para participar do estudo...

Avaliação do efeito radioprotetor da carnosina (Beta- alanil 1- histidina) na reparação tecidual em ratos

Rosana Aramaki Tanaka
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em //2002 PT
Relevância na Pesquisa
16.90644%
Não informado.

Efeitos do 2,4 dinitrofenol, carnosina e tiroxina sobre o desenvolvimento do tecido de granulação

Almir de Souza Maia
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em //1981 PT
Relevância na Pesquisa
28.382393%
O presente trabalho se propôs a estudar o desenvolvimento do tecido de granulação induzido artificialmente em ratos, bem como os efeitos de drogas anabolizantes (2,4 dinitrofenol, carnosina e tiroxina) na evolução do tecido,durante o periodo de 25 dias. Essas drogas foram injetadas subcutaneamente, diariamente, apos a implantação das esponjas de PVC, nas seguintes proporções: 2,4 dinitrofenol (5mg/100g/peso), carnosina (3mg!100g/peso) e tiroxina (5~g/100g/peso). Os animais foram sacrificados aos 5, 10, 15, 20 e 25 dias e forneceram material para observações microscopicas e fotomicrografias utilizadas para documentação dos resultados. Os resultados conferidos pelo presente trabalho permitem concluir que o 2,4 dinitrofenol é um potente inibidor da sintese do colãgeno. Constatou-se que essa droga reduz sensivelmente o numero de células mesenquimais e de caPilares. Como consequência. houve uma redução de desenvolvimento do tecido de granulação.A explicaçiopara tal fato deve-se ã propriedade do 2,4 dinitrofenol ser ativador das vias "catabõlicas, consequentemente, inibindo a sintese. A tiroxina acarretou ligeira queda da população de células mesenquimais e fibroblãsticas, reduzido fibrosamento, conseqüentemente uma evolução discretamente menor do tecido de granulação. Sugere-se que a tiroxina...

Resposta neuro-imuno-endocrinologica da pele relacionada ao fotoenvelhecimento : avaliação in vitro e clinica de um novo composto como alternativa terapeutica em dermatologia; Skin neuro-immuno-endocrinology response related to photoaging : in vitro and clinical assessment of a new compound as therapeutical alternative in dermatology

Gustavo de Campos Dieamant
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 21/08/2008 PT
Relevância na Pesquisa
16.90644%
O envelhecimento cutâneo é resultado de dois processos independentes, clinica e biologicamente distintos, que afetam a pele simultaneamente. Ao primeiro, conhecido como "relógio biológico", damos o nome de envelhecimento intrínseco, o qual afeta a pele na mesma proporção em que órgãos internos são afetados, como por exemplo, a lenta e irreversível degeneração tecidual. O segundo, denominado fotoenvelhecimento, é resultado da exposição da pele a agentes agressores ambientais, primeiramente radiação ultravioleta (RUV). Sobre o impacto da RUV, especialmente RUVA e RUVB, a pele passa por inúmeras alterações, incluindo hiperpigmentação, fotodano, alterações histológicas e imunológicas. Tendo em vista a complexidade do fotoenvelhecimento, podemos dividir este trabalho em duas partes, onde avaliamos em uma primeira etapa os efeitos da RUV sobre a resposta neuroimuno-endocrinológica da pele através da mensuração de parâmetros específicos em culturas de fibroblastos e queratinocitos humanos. Após a realização dos experimentos propostos para a primeira parte deste trabalho, passamos a considerar para a segunda etapa, a possível ação in vitro e in vivo do extrato de Rhodiola rosea (ERR) em associação com o dipeptídeo Lcarnosina (LC) sobre a reversão ou controle dos efeitos deletérios da RUV sobre a pele. Nossos resultados demonstram que durante a foto-exposição...

Síntese e caracterização estrutural de complexos metálicos com ligantes bioativos N,O-doadores e estudo de suas atividades biológicas in vitro; Synthesis and structural characterization of metal complexes with N,O-donor bioactive ligands, and biological study in vitro

Marcos Alberto de Carvalho
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 25/02/2015 PT
Relevância na Pesquisa
16.90644%
O uso de metais em medicina, no tratamento de doenças, data desde a antiguidade. Sais de prata são utilizados há séculos como agentes antimicrobianos, enquanto que, mais recentemente, complexos de Au(I) e Pt(II) tem sido pesquisados e utilizados como agentes antiartríticos e antitumorais, respectivamente. Nesta Tese, são apresentados estudos de síntese, caracterização estrutural e ensaios biológicos in vitro de novos complexos metálicos de Pt(II), Pd(II), Ag(I) e Au(III) com diferentes ligantes bioativos: triptofano (Trp), triptamina (tra), ácido mefenâmico (mef) e carnosina (car). Os complexos foram preparados a partir da reação em solução aquosa ou alcoólica dos ligantes e dos respectivos sais metálicos. As composições dos complexos foram determinadas por análise elementar, espectrometria de massas e por análise termogravimétrica. Estudos espectroscópicos e de modelagem molecular permitiram propor os modos de coordenação dos ligantes aos íons metálicos. Os complexos de Ag(I) e Pd(II) com Trp mostraram atividade sobre cepas bacterianas Gram-negativas e Gram-positivas. O complexo de Pd(II) com triptamina não apresentou atividade frente as cepas de Escherichia coli, Pseudomonas aeruginosa e Staphylococcus aureus. O complexo de Pd(II) com ácido mefenâmico e bipiridina mostrou atividade inibitória frente a cepas de S. aureus e não foi ativo sobre E. coli e P. aeruginosa. Estudos de citotoxicidade dos complexos de Ag(I)...

Avalia????o da influ??ncia do dipept??deo N-??-alanil-L-histidina (L- carnosina) sobre a cin??tica de expans??o de culturas de c??lulas dipl??ides humanas, estirpe MRC-5

Cunha, Luiz Ant??nio da
Fonte: Instituto de Tecnologia em Imunobiol??gicos Publicador: Instituto de Tecnologia em Imunobiol??gicos
Tipo: Dissertação
PT_BR
Relevância na Pesquisa
28.382393%
Um acordo internacional de transfer??ncia de tecnologia, firmado em 2003, entre a FIOCRUZ e a GlaxoSmithKline permitiu o acesso de Bio-Manguinhos a um moderno processo produtivo da vacina tr??plice viral (TVV) contra o sarampo, a caxumba e a rub??ola. A produ????o dessa vacina ?? parte do compromisso de Bio-Manguinhos com o programa nacional de auto-sufici??ncia em imunobiol??gicos, tido como uma meta priorit??ria da pol??tica de sa??de p??blica do governobrasileiro. A tecnologia aplicada para a produ????o da TVV envolve o uso de c??lulas MRC-5 como substrato celular para a produ????o de v??rus vacinais da rub??ola, particularmente da cepa Wistar RA27/3. A estirpe MRC-5 ?? reconhecida como um dos mais importantes substratos celulares para a produ????o de vacinas virais, e tamb??m tem sido adotada como modelo de estudo para senesc??ncia celular in vitro. A senesc??ncia celular ?? um est??gio fisiol??gico complexo pelo qual, invariavelmente, qualquer popula????o de c??lulas som??ticas normais passa ap??s atingir um determinado n??mero de mitoses. Esseest??gio fisiol??gico ?? caracterizado nas c??lulas dipl??ides pela conten????o da capacidade de se multiplicar e pelo desenvolvimento de altera????es morfol??gicas peculiares...

Efeito de quatro semanas de suplementação de β- alanina no desempenho anaeróbio de judocas treinados

Kratz, Caroline de Andrade
Fonte: Universidade Federal de Mato Grosso do Sul Publicador: Universidade Federal de Mato Grosso do Sul
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
27.995835%
A carnosina é um tampão intracelular e o aumento em seu conteúdo pode contribuir para um melhor desempenho em atividades de alta intensidade, especialmente naquelas limitadas pela acidose e a suplementação de β-alanina pode aumentar a quantidade desse dipeptídeo no tecido muscular. Assim, esportes com predominância anaeróbia, como o caso do judô, poderiam ser beneficiados com a suplementação de β-alanina. Desse modo, o objetivo desta pesquisa foi analisar o efeito de quatro semanas de suplementação de β-alanina no desempenho anaeróbio de judocas. Participaram do estudo 16 judocas treinados, que foram divididos em dois grupos suplementados durante quatro semanas com dosagem de 6,4 gdia-1 de β-alanina ou placebo. A análise de desempenho foi realizada pré e póssuplementação por meio de 3 séries do Special Judo Fitness Test, com uma luta prévia de 5 minutos (randori). Amostras de sangue venoso foram coletadas em três momento: repouso, imediatamente após o randori e aos SJFT para a análise da gasometria e amostras de sangue capilarizado foram coletadas para a mensuração de lactato na linha base, imediatamente após o randori, ao final das três séries do A carnosina é um tampão intracelular e o aumento em seu conteúdo pode contribuir para um melhor desempenho em atividades de alta intensidade...

Estudo da composição enzimatica dos coalhos comerciais brasileiros

Honorio Domingos Benedet
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 22/11/1985 PT
Relevância na Pesquisa
16.90644%
Dezesseis coalhos comerciais, obtidos nas regiões centro sul e sul do Brasil, foram estudados, objetivando caracterizar os mesmos em termos das enzimas coagulantes neles contidas. Perfis de aminoácidos livres nos soros resultantes da ação das diferentes enzimas (renina, pepsina bovina, pepsina porcina e dos fungos Endothia parasitica, Mucor miehei e Mucor pusillus) em leite desnatado mostraram diferenças quantitativas entre os mesmos. Não houve, porém, relação clara entre as atividades proteolíticas das enzimas e o nível de aminoácidos liberados. Todavia, foi observado que a enzima da Endothia parasitica liberou seis vezes mais fenilalanina que o encontrado no soro após precipitação ácida, enquanto que a enzima do Mucor pusillus promoveu a liberação de quantidade considerável de carnosina. A aplicação do método de difusão de enzimas coagulantes em gel de ágar-caseína, capaz de distinguir entre si os seis tipos de enzimas, revelou que a maioria dos coalhos amostrados possui atividade de pepsina bovina. 0 único coalho rotulado como sendo de vitelo apresentou a difusão característica da renina. As frações dos coalhos comerciais com atividade coagulante, obtidas por filtração era gel Sephadex G-1Q0, foram submetidas à eletroforese em gel normal de poliacrilamida e as bandas resultantes comparadas com as dos padrões. Todas as frações apresentaram uma banda principal...

Suplementa????o de C??rcuma e zincocarnosina no tratamento de ??lcera p??ptica por infec????o de Helicobacter pylori

Evangelista Neto, Thiago
Fonte: Centro Universitário de Brasília Publicador: Centro Universitário de Brasília
Tipo: Artigo de Revista Científica
PT_BR
Relevância na Pesquisa
28.226282%
A infec????o por helicobacter pylori afeta mais da metade da popula????o mundial. Nos ??ltimos anos, a efic??cia do tratamento para erradica????o da bact??ria e cicatriza????o da ??lcera p??ptica reduziu, devido ?? resist??ncia a antibi??ticos e ?? baixa complac??ncia dos pacientes. Tratamentos alternativos para a ??lcera p??ptica por infec????o de helicobacter pylori vem atraindo aten????o de diversos pesquisadores. O presente estudo tem como objetivo verificar na literatura, se a suplementa????o de c??rcuma e zinco-carnosina contribui para a cicatriza????o da ??lcera p??ptica e erradica????o da bact??ria Helicobacter pylori. Foi verificado por meio da revis??o da literatura, que c??rcuma inibe o crescimento do H.pylori por meio da inibi????o da via chiquimato. Apresenta atividade antiinflamat??ria e antioxidante, pois inibe NF-kB, prostaglandinas E2, a via do ??cido araquid??nico, peroxida????o lip??dica, iNOS, COXII, AP-1, MMP-3 e -9, al??m de bloquear receptores H2 e estimular a produ????o de mucina. A dosagem recomendada para fins terap??uticos ?? de 400-600mg, tr??s vezes ao dia. O zinco-carnosina apresenta atividade antiinflamat??ria inibindo NF-kB, AP-1, IL-8. Inibe o desenvolvimento da bact??ria por meio da inativa????o da urease. Estimula a prolifera????o celular auxiliando na cicatriza????o da ??lcera e protege o est??mago contra poss??veis les??es causadas pelo NH2Cl. A dosagem recomendada de zincocarnosina ?? de 150mg...

Evaluation of radioprotective effect of carnosine (beta- alanyl-1- histidine) on the wound healing in rats; Avaliação do efeito radioprotetor da carnosina (beta-alanil-1- histidina) no processo de cicatrização em ratos

Tanaka, Rosana Aramaki; Ramos, Flávia Maria de Moraes; Almeida, Solange Maria de; Vizioli, Mário Roberto; Bóscolo, Frab Norberto
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Odontologia de Bauru Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Odontologia de Bauru
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/09/2005 ENG
Relevância na Pesquisa
38.812878%
O objetivo deste estudo foi avaliar o efeito radioprotetor da carnosina (beta-alanil-1-histidina) no processo de cicatrização em ratos. Para isto, 48 ratos machos foram submetidos a um procedimento cirúrgico para realização de uma ferida retangular na região dorsal anterior. Os animais foram divididos aleatoriamente em 4 grupos experimentais: controle, irradiado, carnosina irradiado e carnosina. Os grupos carnosina e carnosina irradiado foram exposto a uma dose de corpo todo de 6 Gy de radiação gama, 72 horas após a cirurgia para confecção da ferida. O grupo carnosina e carnosina irradiado, adicionalmente, ao procedimento cirúrgico e a irradiação, receberam duas doses de solução aquosa de carnosina, a primeira sendo injetada 48 horas após a cirurgia, e a segunda 1 hora e 30 minutos antes da irradiação. A reparação tecidual nos 4 grupos foi avaliada 4, 7, 14 e 21 dias após a realização da ferida, por métodos morfológicos, histoquímicos e histofísicos. Em todos os períodos examinados, pode ser observado que os animais do grupo carnosina irradiado apresentaram um melhor desenvolvimento do tecido de granulação do que o grupo irradiado e muito similar ao do grupo controle. Logo, de acordo com as condições experimentais usadas...

Investigação dos mecanismos biológicos de detoxificação de aldeídos α,β- insaturados em ratos SODG93A modelo para ALS; Investigation of the α,β- unsaturated aldehydes biological detoxification mechanism in SODG93A rats model to ALS

Bispo, Vanderson da Silva
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 15/09/2015 PT
Relevância na Pesquisa
28.382393%
A lipoperoxidação gera diversas espécies carbonílicas altamente reativas dentre as quais se destacam acroleína (ACR), malondialdeído (MDA), 4-hidroxi-2-hexenal (HHE) e 4-hidroxi-2-nonenal (HNE). A principal via endógena de metabolização desses compostos é através de conjugação com glutationa por ação da glutationa-S-tranferase. Contudo, diversos trabalhos têm mostrado que dipeptídeos contendo histidina, tal como a carnosina (CAR), também podem formar conjugados com aldeídos e auxiliar na detoxificação desses compostos. Em nosso trabalho adutos de CAR com ACR, HHE, HHEd5, HNE e HNEd11 foram sintetizados, purificados e caracterizados. A reação da CAR com ACR foi estudada em detalhes. Resultados mostraram que a carnosina reage com acroleína formando 03 produtos principais: m/z = 265, m/z = 283 e m/z = 303, sendo este último mais estável e mais abundante. Dados de RMN H1, COSY e HSQC permitiram elucidar a estrutura dessa molécula (m/z = 303) e propor uma rota de reação. Em seguida, uma metodologia baseada em cromatografia líquida acoplada à espectrometria de massas do tipo \"Ion Trap\" (ESI+ HPLC/MS-MS) foi desenvolvida e validada para quantificação simultânea dos adutos sintetizados. Pelo método desenvolvido é possível quantificar com precisão 25 pmol de CAR-HHE...