Página 1 dos resultados de 569 itens digitais encontrados em 0.087 segundos

Uso do azul de metileno na reversão de vasoplegia refratária ao uso de catecolaminas após bypass aortobifemoral; Use of methylene blue in the reversal of vasoplegia refractory to the use of catecholamines after aortobifemoral bypass

SANTOS, Mariana Raphaela Garcia de Araújo dos; SILVA, Luis Gustavo Campos da; EVORA, Paulo Roberto Barbosa; PICCINATO, Carlos Eli; JOVILIANO, Edwaldo Edner
Fonte: Sociedade Brasileira de Angiologia e de Cirurgia Vascular (SBACV) Publicador: Sociedade Brasileira de Angiologia e de Cirurgia Vascular (SBACV)
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
129.54318%
Há evidências de que o óxido nítrico (NO) tem importância na vasodilatação associada a reações vasoplégicas. O objetivo deste relato de caso é documentar um caso de vasoplegia refratária ao uso de catecolaminas após bypass aortobifemoral revertida com o uso de azul de metileno. Mulher, 50 anos, submetida a bypass aortobifemoral. Sem comorbidades. Saiu de sala cirúrgica extubada, estável e com pulsos distais presentes. Duas horas após a cirurgia, evoluiu com choque circulatório. Iniciada noradrenalina e investigadas causas de choque. Manteve-se com necessidades crescentes de aminas e parâmetros estáveis. No sexto dia pós-operatório, com a hipótese de vasoplegia refratária, optou-se pelo uso do azul. Resposta imediata, com queda nos níveis de aminas, sendo desligada a noradrenalina no dia seguinte. O azul de metileno inibe a guanilato ciclase, produtora de guanosina monofosfato cíclico. Especula-se que haja um sinergismo entre essas drogas, já que a sua associação permite a atuação do sistema adenosina monofosfato.; There is evidence that the nitric oxide plays an important role in the vasodilation associated with vasoplegic reactions. The objective of this case report is to document a case of catecholamine-refractory shock after aortobifemoral bypass treated with methylene blue. A 50-year-old woman was admitted for aortobifemoral bypass graft surgery. She did not present with any comorbidities. At the end of the surgery...

Influência do Hidróxido de Cálcio e do EDTA na Marcação da Infiltração Marginal de Azul de Metileno em Obturações de Canais Radiculares.

Nunes, Eduardo
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 18/06/1999 PT
Relevância na Pesquisa
119.464795%
Com o objetivo de avaliar a influência do hidróxido de cálcio e do EDTA na marcação da infiltração marginal de corante azul de metileno a 2% em canais radiculares obturados pela técnica da condensação lateral, foram empregados 188 dentes incisivos centrais superiores humanos extraídos. Após serem instrumentados e impermeabilizados, foram divididos em 3 grupos de 60 elementos cada, sendo que outros 8 dentes foram utilizados como controle. Cada grupo foi dividido em 2 subgrupos, os quais, foram subdivididos em dois, totalizando 12 subgrupos com 15 elementos cada, dessa forma descritos: Grupo I – obturação imediata; em 30 dentes foi aplicado EDTA por 3 minutos antes da obturação; em 30 dentes a obturação foi feita sem a aplicação do EDTA; 30 dentes foram obturados com cimento de óxido de zinco e eugenol e 30 obturados com pasta de hidróxido de cálcio; Grupo II – aplicação de EDTA por 3 minutos e preenchimento de todos os canais com pasta de hidróxido de cálcio (curativo); em 30 dentes o EDTA foi reaplicado após a remoção do curativo, e nos outros 30 dentes não; 30 dentes foram obturados com cimento de óxido de zinco e eugenol e 30 obturados com pasta de hidróxido de cálcio; Grupo III – após a instrumentação...

Proposta de um método de ensaio para determinação do volume de azul de metileno adsorvido pela fração fina de solos tropicais ; Proposal of a test method for determination of the volume of methylene blue adsorbed by the fine fraction of tropical soils

Bonini, Andréa de Oliveira
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 25/11/2005 PT
Relevância na Pesquisa
119.99584%
No Brasil utiliza-se, como técnica de caracterização da fração fina dos solos tropicais, entre outras, o ensaio de adsorção de azul de metileno pelo método da mancha. No entanto, para alguns solos, há dificuldade na identificação do ponto de viragem, ou seja, quando há excesso de corante não adsorvido pelo solo. Assim, apresenta-se neste trabalho uma técnica alternativa para facilitar a determinação do volume de azul de metileno adsorvido por um solo, cujo método é baseado na adição em excesso de azul de metileno à amostra e na titulação de óxido-redução volumétrica (redox) do azul de metileno que não é adsorvido pelo solo. Para a avaliação do ensaio de adsorção de azul de metileno pelo método redox foram ensaiadas 85 amostras de solos e, a partir dos resultados, foram estabelecidos seus graus de atividade que, por sua vez, foram correlacionados com a previsão de comportamento dos solos dada pela MCT. Conclui-se que o procedimento de ensaio proposto é simples e a percepção do ponto de viragem na titulação do excesso de azul de metileno pelo agente oxidante permanganato de potássio é fácil para maioria dos solos, além de apresentar uma boa concordância com os resultados fornecidos pela classificação MCT...

Análise in vitro da penetração do corante azul-de-metileno na dentina radicular humana variando-se o método de impregnação .; An in vitro analysis of the methylene blue dye penetration in human radicular dentin with different methods of impregnation

Ferreira, Ronise
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 29/03/2006 PT
Relevância na Pesquisa
109.84697%
Frente às inúmeras críticas que as metodologias de infiltração que se valem do uso de corantes têm enfrentado nos últimos decênios, o presente estudo buscou avaliar se diferentes métodos de contato com a solução de azul-de-metileno a 0,5%, têm influência ou não, na leitura da marcação propiciada por esse agente traçador na dentina radicular de dentes humanos. Propusemo-nos a analisar 6 diferentes métodos: a agitação do corante com uso do ultra-som Gnatus, a agitação com o ultra-som de limpeza, a imersão passiva, o uso de vácuo calibrado para 25 mmHg por 10 minutos e a imersão passiva, vácuo calibrado para 30mmHg e o vácuo calibrado de 650 mmHg. Para tal, foram utilizadas 60 raízes de dentes unirradiculares infiltradas pela solução de azul-de-metileno a 0,5% com pH 7 por 24 horas. Os espécimes foram clivados no sentido apico-cervical em hemipartes e seu canal preenchido com pasta Lysanda. Utilizou-se um analisador do tipo Q 550 IW da marca Leica Qwin no qual se montou uma rotina para a aquisição das imagens. Na seqüência, montou-se uma segunda rotina trabalhando com a imagem já adquirida de forma a se detectar os diferentes níveis de azul constante na cor da amostra, editada pelo operador de forma a demarcar as projeções da área de infiltração em milímetros quadrados. Os resultados foram tratados estatisticamente e...

Propriedades fotoquímicas dos fotossensibilizadores cristais violeta e azul de metileno em sistemas microheterogêneos e em células cancerosas em cultura; Photochemical properties of the photosensitizers crystal violet and methylene blue in microheterogeneous systems and cancerous cells in culture

Oliveira, Carla Santos de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 20/12/2006 PT
Relevância na Pesquisa
119.17595%
As propriedades fotofísicas e fotoquímicas de cristal violeta (CV) foram investigadas em soluções isotrópicas e verificou-se que solventes com constante dielétrica pequena favorecem a formação do par iônico, já o aumento na viscosidade do meio restringe a movimentação rotacional dos anéis aromáticos, resultando em um aumento no tempo de vida de fluorescência e, portanto no rendimento quântico de fluorescência (Φf) (Oliveira 2002). Os experimentos com CV foram conduzidos em micelas reversas do tensoativo aniônico bis-2-etilhexil sulfoccinato de sódio (AOT) em isooctano. A localização interfacial do CV nas micelas reversas de AOT em valores da razão molar entre água e surfactante (W0)pequenos e grandes foram encontrados através da técnica de Ressonância Magnética Nuclear (RMN) de próton e de carbono 13. Utilizando-se espectroscopia UV-Vis identificou-se que pares iônicos de contato estão presentes a valores pequenos de W0 e com o aumento do W0 pares iônicos separados por solventes são as espécies que predominam em solução. A comparação da eficiência de fotodegradação de CV em micelas reversas de AOT em função do W0 indicou que a fotoreatividade é maior em baixos valores de W0 . Este efeito deve estar relacionado à restrição da movimentação dos anéis aromáticos de CV devido ao ambiente restrito no qual este se localiza na micela reversa de OAT a W0 pequenos. A formação de intermediários reativos foi verificada através de Fotólise de Relâmpago a Laser e Emissão no infra-vermelho próximo...

Avaliação comparativa do epitélio do esôfago de Barrett atráves da cápsula endoscópica do esôfago e endoscopia digestiva alta associada a cromoscopia com azul de metileno; Comparative evaluation of the epithelium of Barrett's esophagus through the esophageal capsule endoscopy and methylene blue chromoendoscopy

Domingos, Thiago Alonso
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 29/03/2011 PT
Relevância na Pesquisa
119.17374%
INTRODUÇÃO: O esôfago de Barrett (EB) é uma patologia que aumenta substancialmente o risco de adenocarcinoma esofágico. Os pacientes portadores de EB devem ser seguidos ao longo de toda a vida na tentativa da detecção de neoplasia em estágio precoce. A endoscopia digestiva alta (EDA) é, atualmente, o método de eleição. OBJETIVO: Avaliar a eficácia da cápsula endoscópica do esôfago (CEE) comparada à EDA com cromoscopia com azul de metileno para detecção de lesões suspeitas de neoplasia esofágica, avaliação da extensão e padrão do EB, e identificação da presença de hérnia de hiato; além de comparar a segurança e grau de desconforto dos dois métodos. MÉTODOS: Estudo de casos transversal, realizado em 22 pacientes sabidamente portadores de EB que foram submetidos à fundoplicatura à Nissen há mais de 5 anos. Os pacientes realizaram os exames de CEE e EDA com cromoscopia esofágica por médicos diferentes e desconhecedores dos achados do outro exame. Após a realização dos exames, foi aplicado um questionário onde foi anotado o grau de desconforto do paciente em cada exame e eventuais complicações. Foi avaliado o índice de concordância (kappa) entre os dois métodos para pesquisa de lesões suspeitas de neoplasia esofágica...

Caracterização da fração fina de solos tropicais através da adsorção de azul de metileno; The use of methylene blue for tropical soil fine fraction characterization

Fabbri, Glauco Tulio Pessa
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 13/04/1994 PT
Relevância na Pesquisa
109.90447%
Esta tese apresenta uma proposta para caracterização da fração fina de solos tropicais, baseada na superfície específica dos argilo-minerais nela presentes. A partir da superfície específica, determinada pela adsorção do corante azul de metileno, são estabelecidos graus de atividade para os solos analisados. Essa atividade é então comparada com a previsão de comportamento dos solos, obtida da classificação MCT (Miniatura, Compactado e Tropical). Para tanto, é feita uma avaliação dos fatores que influem nos ensaios de adsorção de azul de metileno (método da mancha) e, são comparados, exaustivamente, para 297 amostras de solos, os resultados da adsorção de azul de metileno com a previsão de comportamento dada pela MCT. Conclui-se que a utilização da adsorção de azul de metileno é promissora para a caracterização da fração fina de solos tropicais, permitindo estabelecer, com razoável segurança, a atividade dos argilo-minerais presentes e que existe uma boa concordância entre os resultados da adsorção de azul de metileno e os fornecidos pela classificação MCT.; A strategy to identify the thin fraction of tropical soils, based on the specific surfaces of its clay minerals, is presented in this work. The specific surface...

Geração de linhagens celulares HEK293 knockdown para as proteínas p53, ATM, mTOR e PGC1α e estudo do papel de p53 na resposta ao estresse oxidativo provocado por azul de metileno; Generation of HEK293 knockdown cell lines to the proteins p53, ATM, mTOR and PGC1α and study of the role of p53 during response to methylene blue-induced oxidative stress

Dias, Gustavo Carvalho
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 31/01/2014 PT
Relevância na Pesquisa
119.17096%
O DNA é um alvo constante de modificações químicas, as quais resultam na ativação dos programas de reparo de danos no DNA. O DNA mitocondrial (DNAmt), uma molécula circular contendo aproximadamente 16,6 kb de extensão, é constantemente exposto às espécies reativas de oxigênio (EROs) devido a sua proximidade da cadeia transportadora de elétrons, presente na membrana mitocondrial interna. Quase todas as vias de reparo de DNA presentes no núcleo atuam também na mitocôndria, entretanto, a regulação das vias mitocondriais não é bem compreendida. As proteínas p53, ATM, mTOR e PGC1α participam, dentre outros papéis, do controle do metabolismo energético e das respostas a lesões no DNA nuclear. Dessa forma, decidimos gerar linhagens celulares com níveis reduzidos dessas proteínas como uma ferramenta para o estudo dos seus papéis na manutenção do DNAmt. Para isso, foram geradas linhagens celulares de HEK293 expressando constitutivamente shRNAs alvo-específicos, cuja diminuição da expressão das proteínas alvo foi confirmada através de western blotting. Neste trabalho, também foi estudado o papel de p53 na resposta ao estresse oxidativo mitocondrial provocado por azul de metileno (AM). O AM é um corante fotoativo capaz de atravessar membranas biológicas e...

Influência da temperatura na adsorção do corante azul de metileno utilizando serragem de Pinus elliottii como um adsorvente alternativo: um modelo para o tratamento de efluentes têxteis

SILVA, Ariane Torquato da
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: 45 f.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
119.1689%
TCC (graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina. Centro de Ciências Físicas e Matemáticas. Curso de Química.; A técnica de adsorção sólido-líquido utilizando adsorventes de baixo custo vem mostrando resultados promissores na redução de substâncias coloridas em efluentes têxteis. Neste trabalho foi utilizada serragem de Pinus elliottii como adsorvente para o corante azul de metileno (AM). Os experimentos de adsorção foram estudados em três temperaturas (25°C, 35°C e 45°C), com cinco soluções de diferentes concentrações de AM (400, 600, 800, 1000 e 1200 mg dm-3) mantendo-se a mesma velocidade de agitação e pH. A cinética de adsorção foi estudada utilizando espectrofotometria UV-Vis para o cálculo das concentrações, e os dados foram ajustados de acordo com o modelo de pseudoprimeira ordem de Lagergren. Para o equilíbrio termodinâmico foram empregadas as equações de Langmuir e de Freundlich, sendo que os dados se ajustaram melhor ao modelo de Langmuir. A constante de velocidade de adsorção diminui com o aumento da concentração inicial e a adsorção exige tempos maiores para atingir o equilíbrio. O aumento da temperatura causou uma diminuição na quantidade máxima adsorvida, porém aumentou a velocidade de adsorção...

Efeito do lipopolissacarídio bacteriano sobre o esvaziamento gástrico de ratos: avaliação do pré-tratamento com dexametasona e azul de metileno

Collares,Edgard Ferro; Vinagre,Adriana Mendes
Fonte: Instituto Brasileiro de Estudos e Pesquisas de Gastroenterologia - IBEPEGE ; Colégio Brasileiro de Cirurgia Digestiva - CBCD ; Sociedade Brasileira de Motilidade Digestiva - SBMD ; Federação Brasileira de Gastroenterologia - FBG; Sociedade Brasileira de Hepatologia - SBH; Sociedade Brasileira de Endoscopia Digestiva - SOBED Publicador: Instituto Brasileiro de Estudos e Pesquisas de Gastroenterologia - IBEPEGE ; Colégio Brasileiro de Cirurgia Digestiva - CBCD ; Sociedade Brasileira de Motilidade Digestiva - SBMD ; Federação Brasileira de Gastroenterologia - FBG; Sociedade Brasileira de Hepatologia - SBH; Sociedade Brasileira de Endoscopia Digestiva - SOBED
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2003 PT
Relevância na Pesquisa
109.79875%
RACIONAL: O óxido nítrico pode estar envolvido no retardo do esvaziamento gástrico produzido pelo lipopolissacarídio bacteriano. OBJETIVO: Avaliar o efeito do pré-tratamento com a dexametasona, bloqueadora da indução do óxido nítrico-sintetase induzida e com o azul de metileno, que bloqueia a guanilato-ciclase, inibe as óxido nítrico-sintetases e inativa o óxido nítrico, sobre o retardo do esvaziamento gástrico determinado pelo lipopolissacarídio em ratos. MATERIAL E MÉTODOS: Foram utilizados ratos Wistar, machos, 'specific patogen free', após 24 horas de jejum alimentar. No pré-tratamento foram empregadas, via intravenosa, soluções de dexametasona (3 e 6 mg/kg), azul de metileno (2 mg/kg) e veículo estéril. O tratamento constou da administração, via intravenosa, de lipopolissacarídio (50 mig/kg) e veículo. O intervalo entre o pré-tratamento e o tratamento foi de 10 minutos, exceto no estudo com dexametasona 6 mg/kg, que foi de 1 hora. O intervalo entre a administração do lipopolissacarídio e a avaliação do esvaziamento gástrico foi de 1 hora, exceto nos dois estudos com dexametasona 3 mg/kg que foram de 2 e 8 horas. O esvaziamento gástrico foi avaliado, indiretamente, através da determinação da percentagem de retenção gástrica de solução salina marcada com fenol vermelho. RESULTADOS: Os valores de retenção gástrica...

Cromoendoscopia com azul de metileno para diagnóstico de esôfago de Barrett

Saporiti,Marcela Rocha Loures; Souza,Raquel Canzi de Almada e; Pisani,Júlio César; Amarante,Heda Maria Barska dos Santos; Carmes,Eliane Ribeiro; Sakamoto,Danielle Giacometti
Fonte: Instituto Brasileiro de Estudos e Pesquisas de Gastroenterologia - IBEPEGE ; Colégio Brasileiro de Cirurgia Digestiva - CBCD ; Sociedade Brasileira de Motilidade Digestiva - SBMD ; Federação Brasileira de Gastroenterologia - FBG; Sociedade Brasileira de Hepatologia - SBH; Sociedade Brasileira de Endoscopia Digestiva - SOBED Publicador: Instituto Brasileiro de Estudos e Pesquisas de Gastroenterologia - IBEPEGE ; Colégio Brasileiro de Cirurgia Digestiva - CBCD ; Sociedade Brasileira de Motilidade Digestiva - SBMD ; Federação Brasileira de Gastroenterologia - FBG; Sociedade Brasileira de Hepatologia - SBH; Sociedade Brasileira de Endoscopia Digestiva - SOBED
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2003 PT
Relevância na Pesquisa
119.46297%
RACIONAL: O esôfago de Barrett é uma condição na qual a mucosa escamosa esofágica é substituída por metaplasia intestinal especializada, que predispõe o paciente ao desenvolvimento de adenocarcinoma esofágico. Este é precedido por displasia e carcinoma precoce; o rastreamento dessas lesões faz-se através de endoscopias digestivas periódicas com biopsias randomizadas. A incidência aumentada desse, tem despertado interesse no desenvolvimento de novas técnicas endoscópicas, como a cromoendoscopia com azul de metileno, para melhorar a identificação do esôfago de Barrett e suas complicações. OBJETIVO: Determinar se as biopsias dirigidas pela cromoendoscopia com azul de metileno oferecem vantagem em relação ao método convencional na detecção do esôfago de Barrett. MATERIAL E MÉTODO: Estudaram-se 45 pacientes com diagnóstico prévio de esôfago de Barrett, todos submetidos a dois exames de endoscopia digestiva alta com biopsias, em intervalo de 4 semanas, um convencional e outro com aplicação do corante, no período entre abril e outubro de 2002. RESULTADOS: Os resultados histológicos das biopsias de todos os exames foram comparados. Observou-se sensibilidade de 62,5%, especificidade de 15,4%, valor preditivo positivo de 57...

Estudos hemodinâmicos e da função endotelial em porcas saudáveis após injeção em bolus endovenoso de azul de metileno

Menardi,Antonio Carlos; Viaro,Fernanda; Vicente,Walter Vilella de Andrade; Rodrigues,Alfredo José; Évora,Paulo Roberto Barbosa
Fonte: Sociedade Brasileira de Cardiologia - SBC Publicador: Sociedade Brasileira de Cardiologia - SBC
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/10/2006 PT
Relevância na Pesquisa
119.15825%
OBJETIVO: Benefícios clínicos obtidos pelo azul de metileno (AM) no tratamento da vasoplegia induzida pela ação do óxido nítrico (NO) têm sido relatados na sepse, na síndrome da resposta inflamatória sistêmica (SIRS) em cirurgia cardíaca e no choque anafilático, mas a sua segurança é muitas vezes questionada, principalmente relacionada aos seus efeitos hemodinâmicos e à possibilidade de causar disfunção endotelial. O objetivo deste estudo foi examinar os efeitos hemodinâmicos e a função endotelial da infusão endovenosa in vivo do AM em porcos. MÉTODOS: O protocolo de estudo incluiu dois grupos experimentais de porcas fêmeas: Grupo I (Controle) - os animais (n = 6) não receberam AM; Grupo II (AM) - os animais receberam 3 mg/kg de AM em forma de bolus endovenoso. Após quinze minutos de registro dos parâmetros hemodinâmicos os animais foram sacrificados por exsangüinação, e os estudos in vitro foram conduzidos usando segmentos de artérias coronária, hepática, mesentérica superior, renal, para determinar o efeito do AM na função endotelial relacionada com a liberação de NO. Mediu-se também o NO plasmático nos dois grupos experimentais. RESULTADOS: Os resultados obtidos no presente estudo foram: 1) a infusão endovenosa de AM (3...

Utilização do azul de metileno no tratamento da síndrome vasoplégica após cirurgia cardíaca

Andrade,José Carlos S. de; Batista Filho,Mário Lúcio; Évora,Paulo Roberto B; Tavares,José Roberto; Buffolo,Ênio; Ribeiro,Expedito E; Silva,Lélio A; Teles,Carlos A; Petrizzo,Antônia; Barata Filho,Vitor V; Duprat,Renato
Fonte: Sociedade Brasileira de Cirurgia Cardiovascular Publicador: Sociedade Brasileira de Cirurgia Cardiovascular
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/1996 PT
Relevância na Pesquisa
119.1532%
Relata-se a restauração da resistência vascular sistêmica com o uso do azul de metileno (AM) em pacientes submetidos a cirurgia cardíaca com e sem circulação extracorpórea. Todos os pacientes apresentaram no pós-operatório imediato quadro de taquicardia, oligúria, manutenção da perfusão periférica e importante hipotensão arterial sistêmica, retrataria a grandes doses de catecolaminas. As avaliações hemodinâmicas pela técnica de termodiluição com cateter de Swan-Ganz monstraram padrão compatível com síndrome vasoplégica, com índice de resistência vascular sistêmica média de 868 dina. s. cm5, sem resposta a drogas vasoativas. À semelhança do choque endotóxico, a síndrome foi interpretada como decorrente da estimulação da enzima óxido nítricosintetase com conseqüente formação de óxido nítrico (NO) pelas células endoteliais. Utilizou-se então AM, como bloqueador do NO no sistemaguanililciclase/guanino-monofosfatociclase, na dose de 1,5 mg/kg peso, em infusão intravenosa por uma hora. O restabelecimento do tônus vascular sistêmico (IRVS = 1693 dina. s. cm5) com normalização da pressão arterial e do quadro clínico, foi efetivo e rápido, mostrando ser o AM uma promissora droga na diminuição da morbi-mortalidade da síndrome vasoplégica.

Efeito do azul de metileno na resposta inflamatória e hemodinâmica em pacientes submetidos à cirurgia de revascularização miocárdica com circulação extracorpórea

Ribeiro,Nilzo Augusto Mendes; Stolf,Noedir Antônio Groppo; Silva Junior,Augusto Ferreira da; Viana,Valcellos José da Cruz; Carvalho,Eduardo Novaes de; Athanázio,Rodrigo; Reis,Mitermayer Galvão; Oliveira,Sérgio Almeida de
Fonte: Sociedade Brasileira de Cirurgia Cardiovascular Publicador: Sociedade Brasileira de Cirurgia Cardiovascular
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2004 PT
Relevância na Pesquisa
119.79555%
OBJETIVO: Estudar em pacientes submetidos à cirurgia de revascularização miocárdica com circulação extracorpórea os efeitos da infusão de azul de metileno na reação inflamatória sistêmica e nas condições hemodinâmica e laboratorial. MÉTODO: Foram estudados 60 pacientes randomizados em dois grupos, utilizando-se a infusão de azul de metileno em um dos dois grupos. Amostras de sangue foram colhidas antes da indução anestésica, 3, 6, 24 e 48 horas após o término da circulação extracorpórea para dosagens dos marcadores de inflamação (IL-1b, IL-6, IL-8, IL-10, IL-12p40 e TNFa), NO, gasometria e outras dosagens de rotina. RESULTADOS: O grupo que utilizou azul de metileno mostrou, em diferentes momentos das coletas, maior resistência vascular sistêmica, menor concentração de TNFa, menor número de leucócitos e neutrófilos e menor nível de óxido nítrico. Não ocorreram efeitos adversos importantes. CONCLUSÕES: A infusão de azul de metileno não evidenciou alterações clínicas ou pulmonares adversas, mostrando uma tendência menor à resposta inflamatória sistêmica, menores níveis de óxido nítrico e melhor estabilidade hemodinâmica.

Uso do azul de metileno na reversão de vasoplegia refratária ao uso de catecolaminas após bypass aortobifemoral

Santos,Mariana Raphaela Garcia de Araújo dos; Silva,Luis Gustavo Campos da; Evora,Paulo Roberto Barbosa; Piccinato,Carlos Eli; Joviliano,Edwaldo Edner
Fonte: Sociedade Brasileira de Angiologia e de Cirurgia Vascular (SBACV) Publicador: Sociedade Brasileira de Angiologia e de Cirurgia Vascular (SBACV)
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2010 PT
Relevância na Pesquisa
119.5422%
Há evidências de que o óxido nítrico (NO) tem importância na vasodilatação associada a reações vasoplégicas. O objetivo deste relato de caso é documentar um caso de vasoplegia refratária ao uso de catecolaminas após bypass aortobifemoral revertida com o uso de azul de metileno. Mulher, 50 anos, submetida a bypass aortobifemoral. Sem comorbidades. Saiu de sala cirúrgica extubada, estável e com pulsos distais presentes. Duas horas após a cirurgia, evoluiu com choque circulatório. Iniciada noradrenalina e investigadas causas de choque. Manteve-se com necessidades crescentes de aminas e parâmetros estáveis. No sexto dia pós-operatório, com a hipótese de vasoplegia refratária, optou-se pelo uso do azul. Resposta imediata, com queda nos níveis de aminas, sendo desligada a noradrenalina no dia seguinte. O azul de metileno inibe a guanilato ciclase, produtora de guanosina monofosfato cíclico. Especula-se que haja um sinergismo entre essas drogas, já que a sua associação permite a atuação do sistema adenosina monofosfato.

Modulação da expressão da proteína XPA em resposta ao tratamento com azul de metileno fotossensibilizado

Silva, Acarizia Eduardo da
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Bioquímica; Bioquímica; Biologia Molecular Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Bioquímica; Bioquímica; Biologia Molecular
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
119.170205%
Reactive oxygen species (ROS) are produced by aerobic metabolism and react with biomolecules, such as lipids, proteins and DNA. In high concentration, they lead to oxidative stress. Among ROS, singlet oxygen (1O2) is one of the main ROS involved in oxidative stress and is one of the most reactive forms of molecular oxygen. The exposure of some dyes, such as methylene blue (MB) to light (MB+VL), is able to generate 1O2 and it is the principle involved in photodynamic therapy (PDT). 1O2 e other ROS have caused toxic and carcinogenic effects and have been associated with ageing, neurodegenerative diseases and cancer. Oxidative DNA damage is mainly repaired by base excision repair (BER) pathway. However, recent studies have observed the involvement of nucleotide excision repair (NER) factors in the repair of this type of injury. One of these factors is the Xeroderma Pigmentosum Complementation Group A (XPA) protein, which acts with other proteins in DNA damage recognition and in the recruitment of other repair factors. Moreover, oxidative agents such as 1O2 can induce gene expression. In this context, this study aimed at evaluating the response of XPA-deficient cells after treatment with photosensitized MB. For this purpose, we analyzed the cell viability and occurrence of oxidative DNA damage in cells lines proficient and deficient in XPA after treatment with MB+VL...

Efeito in vitro da terapia fotodinâmica sobre bactérias orais em suspensão e na formação de biofilme : ensaio com azul de metileno e toluidina ativados por luz halógena

Dantas, Emanuelle Dayana Vieira
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Odontologia; Odontologia Preventiva e Social; Periodontia e Prótese Dentária Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Odontologia; Odontologia Preventiva e Social; Periodontia e Prótese Dentária
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
119.66772%
Photodynamic therapy (PDT) has been proposed as an alternative method for the treatment of biofilm-dependent oral diseases like dental caries. This therapy consists of simultaneous action of a visible light (L) and a photosensitizer (FS) in the presence of oxygen, which leads to production of different reactive oxygen species that can interact with the bacterial cell components, and promote cell death. This study aims to evaluate the antimicrobial action of PDT on oral bacteria in suspension, as well as the formation of mono and multi-species biofilms, in vitro, from a standard strain of Streptococcus mutans (ATCC 25175) and saliva samples, respectively. The dye methylene blue (MB) and toluidine blue (TB) were used at a concentration of 100 mg/ L and activated by halogen light (600 to 750 nm) from a modified hand held photopolymerizer (Ultralux ®, Dabi Atlante, Ribeirão Preto , São Paulo, Brazil.). Planktonic cultures were prepared and submitted to different experimental conditions: 1. PDT using TB 2. PDT using MB, 3. L+ FS- , 4. TB + L - ; 5. MB+ L-; 6. L- FS- (negative control) and 7. administration of 0.12% chlorhexidine digluconate (positive control) (Periogard ®, Colgate-Palmolive Company, New York, USA). The immediate and mediated action of PDT on bacterial suspensions...

Methylene blue for vasoplegic syndrome treatment in heart surgery: fifteen years of questions, answers, doubts and certainties; Azul de metileno no tratamento da síndrome vasoplégica em cirurgia cardíaca: quinze anos de perguntas, respostas, dúvidas e certezas

EVORA, Paulo Roberto Barbosa; RIBEIRO, Paulo José de Freitas; VICENTE, Walter Vilella de Andrade; REIS, Celso Luís dos; RODRIGUES, Alfredo José; MENARDI, Antonio Carlos; ALVES JUNIOR, Lafaiete; EVORA, Patrícia Martinez; BASSETTO, Solange
Fonte: Sociedade Brasileira de Cirurgia Cardiovascular Publicador: Sociedade Brasileira de Cirurgia Cardiovascular
Tipo: Artigo de Revista Científica
ENG
Relevância na Pesquisa
129.15825%
OBJECTIVE: There is strong evidence that methylene blue (MB), an inhibitor of guanylate cyclase, is an excellent therapeutic option for vasoplegic syndrome (VS) treatment in heart surgery. The aim of this article is to review the MB's therapeutic function in the vasoplegic syndrome treatment. METHODS: Fifteen years of literature review. RESULTS: 1) Heparin and ACE inhibitors are risk factors; 2) In the recommended doses it is safe (the lethal dose is 40 mg/kg); 3) The use of MB does not cause endothelial dysfunction; 4) The MB effect appears in cases of nitric oxide (NO) up-regulation; 5) MB is not a vasoconstrictor, by blocking of the GMPc system it releases the AMPc system, facilitating the norepinephrine vasoconstrictor effect; 6) The most used dosage is 2 mg/kg as IV bolus followed by the same continuous infusion because plasmatic concentrations strongly decays in the first 40 minutes; 7) There is a possible "window of opportunity" for the MB's effectiveness. CONCLUSIONS: Although there are no definitive multicentric studies, the MB used to treat heart surgery VS, at the present time, is the best, safest and cheapest option, being a Brazilian contribution for the heart surgery; OBJETIVO: Existem fortes evidências de que o azul de metileno (AM)...

Production, Characterization and Application of Activated Carbon from Nutshell for Adsorption of Methylene Blue; Produção, Caracterização e Aplicação de Carvão Ativado de Casca de Nozes para Adsorção de Azul de Metileno

Patrícia D. de Costa; Universidade do Extremo Sul Catarinense; Luana M. Furmanski; Universidade do Extremo Sul Catarinense; Lucas Dominguini; Instituto Federal de Santa Catarina
Fonte: Revista Virtual de Química Publicador: Revista Virtual de Química
Tipo: ; Formato: binary/octet-stream
Publicado em 08/07/2015 PT
Relevância na Pesquisa
119.46042%
In this paper is reported the preparation of an activated carbon from an agricultural waste, rich in carbon, the nutshell. Physical activation by pyrolysis and physic-chemical activation with pyrolysis and chemical treatment were used for the preparation of the activated carbon. The material was characterized in relation to amount of carbon and ash, thermogravimetric analysis (TGA), Fourier transform infrared spectroscopy (FTIR), scanning electron microscopy (SEM) and surface area (BET). The results showed that the coal produced had carbon content above 78 %, with a surface area around 400 m2.g-1 and high thermal stability and morphology honeycomb type. Tests for the adsorption capacity of methylene blue showed a capacity of 68 mg.g-1 for the activated carbon produced without chemical treatment and a capacity of 104 mg.g-1 for activated carbon treated with a chemical activation with ZnCl2. Thus, the material showed promise in the removal of methylene blue in aqueous solution.; Neste trabalho, foi preparado um carvão ativado a partir de um resíduo agrícola, rico em carbono, a casca de noz. Ativação física por pirólise e ativação físico-química foram usadas para a preparação dos carvões ativados. O material foi caracterizado em relação ao teor de carbono e cinzas...

Experiencia preliminar en el tratamiento de la vasoplejia post-circulación extracorpórea con azul de metileno

Sánchez Suen,Kwok Ho; Salazar Vargas,Carlos; Dobles Ramírez,Carlos
Fonte: Revista Costarricense de Cardiología Publicador: Revista Costarricense de Cardiología
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2003 ES
Relevância na Pesquisa
110.06301%
Justificación: La enfermedad coronaria, las valvulopatías y las cardiopatías congénitas constituyen un grave problema de la salud pública a nivel mundial. Muchas veces requieren de tratamiento quirúrgico. El éxito de este tipo de cirugía no fue posible hasta el desarrollo de la circulación extracorpórea (CEC), que sin embargo; puede generar un síndrome de reacción inflamatoria sistémica severa (SRIS) con vasoplejia. Cuando se presenta esta condición, se asocia con una alta morbimortalidad. Hasta donde sabemos, no hay ningún estudio publicado en la literatura nacional acerca del uso del azul de metileno para el manejo de la vasoplejia post-CEC. Objetivo: Reportar una serie consecutiva de los primeros cinco casos de vasoplejia post-CEC del Servicio de Cirugía Cardíaca del Hospital Dr. R.A. Calderón Guardia, manejados con azul de metileno. Materiales y métodos: Los pacientes con vasoplejia refractaria a epinefrina post-CEC fueron tratados con azul de metileno (2 mg/kg IV administrados en 20 minutos). Se evaluaron los efectos hemodinámicos y los resultados clínicos. Resultados: Entre marzo y agosto del 2003 se realizaron 52 cirugías cardíacas con CEC. Cinco pacientes desarrollaron el SRIS severo con vasoplejia refractaria a altas dosis de epinefrina. Un incremento clínicamente relevante en la resistencia vascular sistémica fue observado en 4 de los 5 pacientes a los 30 min y 120 min después de la infusión del azul de metileno (incremento del 4...