Página 1 dos resultados de 30 itens digitais encontrados em 0.006 segundos

Synthesis of azopolymers with controlled structure and photoinduced birefringence in their LB films

PAVINATTO, Felippe Jose; BARLETTA, Juliana Y.; SANFELICE, Rafaela C.; CARDOSO, Marcos Roberto; BALOGH, Debora Terezia; MENDONCA, Cleber Renato; OLIVEIRA JUNIOR., Osvaldo Novais de
Fonte: ELSEVIER SCI LTD Publicador: ELSEVIER SCI LTD
Tipo: Artigo de Revista Científica
ENG
Relevância na Pesquisa
16.787019%
The molecular architecture of azopolymers may be controlled via chemical synthesis and with selection of a suitable film-forming method, which is important for improving their properties for practical uses. Here we address the main challenge of combining the photoinduced birefringence features of azopolymers with the higher thermal and mechanical stabilities of poly(methyl methacrylate) (PMMA) using Atom Transfer Radical Polymerization (ATRP) to synthesize diblock- and triblock-copolymers of an azomonomer and the monomer methyl methacrylate. Langmuir-Blodgett (LB) films made with the copolymers mixed with cadmium stearate displayed essentially the same optically induced birefringence characteristics, in terms of maximum and residual birefringence and time for writing, as the mixed LB films with the homopolymer poly[4-(N-ethyl-N-(2-methacryloxyethyl))amino-2`-chloro-4`-nitroazobenzene] (HPDR13), also synthesized via ATRP. In fact, the controlled architecture of HPDR13 chains led to Langmuir films that could be more closely packed and reach higher collapse pressures than the corresponding films obtained with HPDR13-conv synthesized via conventional radicalar polymerization. This allowed LB films to be fabricated from neat HPDR13, which was not possible with HPDR13-conv. The enhanced organization in the LB films produced with controlled azopolymer chains...

Langmuir and Langmuir-Blodgett films of a quinoline-fluorene based copolymer

Correia, Fabio Conte; Wang, Shu H.; Peres, Laura O.; Caseli, Luciano
Fonte: ELSEVIER SCIENCE BV; AMSTERDAM Publicador: ELSEVIER SCIENCE BV; AMSTERDAM
Tipo: Artigo de Revista Científica
ENG
Relevância na Pesquisa
16.787019%
The fabrication of Langmuir-Blodgett (LB) films of synthetic polymers allows the control of molecular architecture in order to optimize physical properties. In this paper, the surface chemistry of a quinoline-fluorene based copolymer spread on the air-water interface is investigated. Surface pressure-area isotherms as well as Polarization-Modulation Infrared Reflection-Absorption Spectroscopy (PM-IRRAS) were employed to characterize the films, which could be transferred to solid supports by the LB technique. Atomic force microscopy as well as UV-Vis and fluorescence spectroscopies have shown a regular deposition of the polymers, and the luminescence properties could be controlled with the number of layers deposited on the solid support. As a result, the photoluminescence of the LB films was considerably higher than that observed for the spin coated film, and the maximum emission peak was shifted to higher energies, which is attributed to the molecular-level interactions within the layer-ordered structure of the LB film. The luminescence response would possibly be tuned to approach the highest level, which allows the films to be employed in future applications in efficient optical devices such as organic light-emitting diodes (OLEDs). (C) 2011 Elsevier B.V. All rights reserved.

Birefringent microstructures fabricated by two-photon polymerization containing an azopolymer

Tribuzi, Vinicius; Fonseca, Ruben Dario; Correa, Daniel Souza; Mendonça, Cleber Renato
Fonte: Optical Society of America - OSA; Washington Publicador: Optical Society of America - OSA; Washington
Tipo: Artigo de Revista Científica
ENG
Relevância na Pesquisa
27.45715%
Birefringent materials have many applications in optical devices. An approach to obtain optically induced birefringence is to employ a guesthost strategy, using a polymer matrix containing an azodye. However, such method normally leads to low residual birefringence. Therefore, methodologies to produce microstructures with optimized birefringence are still on demand. Here we report on the fabrication, using two-photon polymerization, and characterization of birefringent microstructures produced in a polymer blend containing an azopolymer. Such microstructures present good structural integrity and residual birefringence of approximately 35 percent, depending on the sample formulation used, which indicates this approach for the fabrication of microoptical devices.; FAPESP; CNPq; CAPES

Compósitos poliméricos nanoestruturados de azocorantes,ftalocianinas e polímeros luminescentes; Polymeric nanocomposites containing azodyes, phthalocyanines and luminescent polymers

Zucolotto, Valtencir
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 31/10/2003 PT
Relevância na Pesquisa
16.787019%
Esta tese descreve a fabricação, caracterização e possíveis aplicações de compósitos poliméricos nanoestruturados obtidos pela técnica de automontagem. Três sistemas distintos foram analisados: i) nanocompósitos contendo azopolímeros e azocorantes, ii) nanocompósitos contendo compostos de coordenação macrocíclicos (ftalocianinas), e iii) nanocompósitos contendo materiais do tipo doador-receptor, à base de poli(p-fenileno vinileno) (PPV) e azocorantes. Nos compósitos contendo azobenzeno, exploramos as propriedades de birrefringência e a formação de grades de relevo fotoinduzidas. Dois compostos contendo azobenzeno foram utilizados: um copolímero com cromóforos de azobenzeno ligados covalentemente à cadeia principal (Ma-co-DR13) e um azocorante comercial de baixo peso molecular, Brilliant Yellow (BY). Verificou-se através de experimentos de armazenamento óptico que o tempo de escrita até a saturação é muito maior (cerca de 30 min.) que em filmes de azopolímeros produzidos por outras técnicas como casting, em que este tempo é da ordem de dezenas de segundos. O longo tempo foi atribuído às fortes interações eletrostáticas entre as camadas dos filmes automontados, restringindo o processo de reorientação molecular...

Estudo de birrefrigência fotoinduzida em filmes automontados de azopolímeros e azocorantes; Study of photoinduced birefrigence, in layer-by-layer films containing azopolymer and azodye

Perinotto, Angelo Cesar
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 29/04/2005 PT
Relevância na Pesquisa
37.808174%
Neste trabalho foi estudada a influência da arquitetura molecular e das condições de fabricação de filmes sobre a birrefringência fotoinduzida em filmes automontados de um azopolímero comercial PS-119 ou do corante Brilliant Yellow (BY) como espécies fotorreativas. Os filmes automontados foram fabricados a partir de seis policátions, a saber, poli(alilamina hidroclorada) (PAH), poli(c1oreto de dodecildimetilamônio) (PDAC) (com 3 massas molares diferentes), poli(etileno imina) (PEI) e dendrímero poli(amidoamina) geração 4 (PAMAM-G4). No processo de fabricação o substrato era imerso alternadamente em solução aquosa de policátions e poliânions nos pHs 4, 6 e 8. O crescimento dos filmes foi monitorado por espectroscopia UV-VIS. após cada etapa de adsorção. Um aumento linear do pico em 480 nm, atribuído a transição , indicou que a mesma quantidade de material era adsorvida em cada passo de deposição. A birrefringência foi opticamente induzida usando-se um laser de 532 nm Nd-YAG. Dentre as propriedades dos filmes automontados, a que mais variou de um sistema para outro foi o tempo de escrita característico, definido como o tempo necessário para atingir 50% da birrefringência máxima. Este tempo dependia do polieletrólito e do pH da solução de partida. Os filmes PEI/PS-119 em pH 8 e PDAC(HMW)/PS-119...

Estudo das propriedades de armazenamento óptico e grades de relevo em poliuretano derivado de azo-benzeno; Information optically storage and relief gratings study in material derivative of azo-benzene polyrethane

Neves, Ubaldo Martins das
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 30/06/2003 PT
Relevância na Pesquisa
16.787019%
Polímeros contendo grupos azo-benzênicos têm sido estudados devido a sua capacidade para óptica não linear, formação de superfícies de relevo e de birrefringência fotoinduzida. O fator que possibilita essas aplicações é a propriedade de fotoisomerização reversível trans-cis-trans do grupo azo que produz a sua reorientação molecular. Neste trabalho foram produzidos filmes casting do poliuretano MDI-DR19 derivado de azo-benzeno. Estudou-se o crescimento e decaimento da birrefringência para diferentes valores de potência da luz de excitação da fotoisomerização. Os resultados experimentais do crescimento e decaimento foram analisados usando duas exponenciais e eles mostraram que o polímero MDI-DR19 apresenta boas características para utilização em armazenamento óptico pois cerca de 65% da birrefringência induzida no material permanece por longos intervalos de tempo. Ilustramos o processo de armazenamento de informação gravando uma imagem de birrefringência num filme de MDI-DR19. Foram também produzidas grades de relevo em filmes de MDI-DR19 utilizando franjas de interferência produzidas com luz de polarização P e S. Essas grades apresentaram alta uniformidade e características compatíveis com as mostradas na literatura.; Polymers containing azobenzenic groups have been studied due to their applications on non-linear optics...

Azopolímeros e aplicações em efeitos de competição de orientação de cristais líquidos; Azopolymers and Applications of Orientational Effects in Liquid Crystal

Honda, Bruno Silveira de Lima
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 20/10/2009 PT
Relevância na Pesquisa
27.808174%
Neste trabalho foi feito o estudo do efeito de orientação de moléculas de cristal líquido (5CB) em superfícies recobertas com fotopolímeros. Estudamos o processo de alinhamento fotoinduzido às moléculas de cristal líquido, de forma a caracterizar a intensidade de energia de ancoramento em função da energia de luz incidente e da concentração de cromóforos nos fotopolímeros. Foi realizado um estudo do efeito de competição entre duas direções distintas induzidas por fotoalinhamento, através da gravação de microtexturas periódicas. Neste trabalho, foi utilizado um modelo teórico para explicar como se dá a transição orientacional conforme se muda o período da textura periódica gravada. Foi feito também a gravação de grades de relevo nesses materiais, utilizando luz polarizada com alta potência incidente através da técnica de interferência de luz. O objetivo principal deste trabalho seria uma tentativa de se realizar o efeito de competição de alinhamento entre os processos fotoinduzidos: um efeito de fotoalinhamento, levando em conta a orientação das cadeias poliméricas, e outro de relevo, levando em conta a deformação da superfície tratada. Um resultado obtido foi a impossibilidade de se realizar este estudo...

Preparação de azopolímeros líquido-cristalinos para a fabricação de filmes nanoestruturados; Liquid-crystalline azopolymers for the fabrication of nanostructured films

Borges, Thiago Francisco Costa Carpes
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 28/04/2008 PT
Relevância na Pesquisa
28.024187%
A birrefringência fotoinduzida e a formação de grades de relevo vêm sendo extensivamente investigadas em filmes de azopolímeros, obtidos por diversas técnicas de fabricação. Embora para azopolímeros amorfos já haja modelos bem estabelecidos tanto para explicar a dinâmica de fotoindução da birrefringência quanto para o transporte de massa que leva à formação de grades de relevo, o mesmo não ocorre para os azopolímeros líquido-cristalinos. Numa tentativa de contribuir para dirimir dúvidas da literatura, nesta dissertação foi sintetizado um azopolímero com diferentes massas molares, depois empregado em medidas de armazenamento óptico e fotoinscrição de grades de relevo. A síntese dos polímeros foi feita a partir do 4,4-difenilmetano-diisocianato (MDI) e de um azomonômero, sintetizado em três etapas: síntese do azocorante, incorporação do segmento flexível e funcionalização do monômero. Os materiais foram caracterizados por espectroscopia ultravioleta-visível (UV-Vis), espectroscopia infravermelha (FTIR) e ressonância magnética nuclear de hidrogênio (1H-RMN). A massa molecular dos polímeros (Mn e Mw) foi determinada por cromatografia de exclusão de tamanha (HPSEC). Através de calorimetria diferencial exploratória (DSC)...

Síntese de azopolímero e preparação de misturas para aplicações em optoeletrônicos; Synthesis of an azopolymer and preparation of blends for applications in optoelectronic

Ceridório, Lucinéia Ferreira
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 13/04/2011 PT
Relevância na Pesquisa
38.170518%
Materiais poliméricos com propriedades de fotoisomerização, como os azopolímeros, apresentam grande potencial para aplicações em óptica não linear e dispositivos opto-eletrônicos. Entretanto há limitações para a aplicação dos azopolímeros devido à tendência à agregação dos cromóforos e dificuldade de formação de filmes. A mistura do azopolímero com polímeros metacrílicos e poli(3-alquiltiofenos) pode melhorar estas características sem acarretar prejuízos para a propriedade de isomerização fotoinduzida. Neste estudo o azopolímero foi sintetizado por ATRP usando o monômero DR1-MA, 4-[N-etil-N-(2-metacriloxietil)]-4- nitroazobenzeno, obtido a partir do corante Disperse Red 1 (DR1), os polímeros poli(metacrilato de hexila) (HPHex-MA) e poli(metacrilato de dodecila) (HPDod-MA) foram sintetizados por polimerização radicalar convencional a partir dos monômeros obtidos comercialmente e o poli(3-dodeciltiofeno) (HP3-DodT) obtido por polimerização oxidativa. As polimerizações foram bem sucedidas apresentando massas molares acima de 10.000 g/mol com polidispersividade relativamente baixa. As estruturas químicas foram confirmadas por espectroscopias UV-Vis, FTIR e RMN-H1. Misturas do azopolímero com os polímeros metacrílicos e o poli(3-alquiltiofeno) foram preparadas em diversas proporções e usadas na formação de filmes de Langmuir. Nestes filmes...

Fabricação de microestruturas poliméricas opticamente ativas integradas com nanofibras de vidro; Fabrication of optically active polymeric microstructures integrated with glass nanofibers

Gomes, Vinicius Tribuzi Rodrigues Pinheiro
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 19/04/2013 PT
Relevância na Pesquisa
16.787019%
Este trabalho demonstra o uso da fotopolimerização via absorção de dois fótons na produção de microestruturas dopadas com compostos orgânicos e nanopartículas de Au. A capacidade de produção de microestruturas com propriedades variadas é extremamente relevante, pois viabiliza o desenvolvimento de uma nova geração de dispositivos ópticos. Além disso, realizamos a conexão entre as microestruturas fabricadas e fontes de excitação, por meio de nanofibras de vidro. A integração entre essas estruturas, e destas com meios externos de excitação e detecção, é um passo essencial para o desenvolvimento de microcircuitos fotônicos, que podem representar uma nova revolução tecnológica, a exemplo do que foram os microcircuitos eletrônicos. Exploramos as possibilidades de dopagem da resina usando: (i) um composto fluorescente, (ii) um composto com birrefringência fotoinduzida e (iii) nanopartículas de ouro. Microestruturas contendo Rodamina B apresentaram boa integridade estrutural e fluorescência, tendo sido usadas para demonstrar a conexão dos microelementos com meios externos de excitação. Através de nanofibras e de micromanipuladores, comprovamos a capacidade de excitação seletiva de microestruturas através do guiamento da luz de um laser de Ar+. Estruturas birrefringentes foram obtidas pela dopagem com o azopolímero HEMA-DR13. Montamos um aparato que permite a observação da dinâmica de indução de birrefringência nas microestruturas...

Filmes automontados e Langmuir-Blodgett de compostos azoaromáticos; Layer-by-layer and Langmuir-Blodgett films of azoaromatic compounds

Santos Junior, David Sotero dos
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 23/05/2005 PT
Relevância na Pesquisa
17.457151%
Nesta tese foi explorado o controle de arquitetura molecular pelo uso das técnicas de Langmuir-Blodgett (LB) e automontagem (LBL) para produzir filmes nanoestruturados de azopolímeros e azocorantes de baixa massa molecular. A primeira contribuição foi a síntese química de azopolímeros, nos quais os grupos azo são ligados covalentemente a uma cadeia polimérica. Para produção de filmes LBL, que requer compostos solúveis em água, fez-se a sulfonação do PAZO (poli(p-azofenileno)) resultando no PAZOS (poli(p-azofenileno sulfonado)). Este azopolímero conjugado apresentou luminescência em solução, confirmando cálculos teóricos, mas não em filmes LBL com poli(alilamina) (PAH). Os filmes LBL são condutores elétricos quando dopados com iodo e têm propriedades de birrefringência opticamente induzida. A fotoindução da birrefringência com laser linearmente polarizado foi muito lenta, com tempos consideravelmente maiores que em outros filmes LBL, devido não só às interações eletrostáticas, mas também à rigidez da cadeia conjugada. Outro polímero sintetizado foi o DR19CL-IPDI, que é solúvel em clorofórmio e foi utilizado para fabricação de filmes de Langmuir e LB. Os filmes LB só puderam ser produzidos utilizando a estratégia de co-espalhamento com estearato de cádmio (CdSt). Os experimentos de birrefringência opticamente induzida indicaram que os filmes LB de DR19CL-IPDI/CdSt têm maior birrefringência que os outros azopolímeros derivados de poliuretanos...

Photoinduced phenomena in layer-by-layer films of poly(allylamine hydrochloride) and Brilliant Yellow azodye

Zucolotto, V; Neto, NMB; Rodrigues, J. J.; Constantino, CJL; Zilio, S. C.; Mendonca, C. R.; Aroca, R. F.; Oliveira, O. N.
Fonte: Amer Scientific Publishers Publicador: Amer Scientific Publishers
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 855-860
ENG
Relevância na Pesquisa
16.787019%
The nanoscale interactions between adjacent layers of layer-by-layer (LBL) films from poly(allylamine hydrochloride) (PAH) and azodye Brilliant Yellow (BY) have been investigated, with the films employed for optical storage and the formation of surface-relief gratings. Using Fourier transform infrared spectroscopy, we identified interactions involving SO3- groups from BY and NH3+ groups from PAH. These electrostatic interactions were responsible for the slow kinetics of writing in the optical storage experiments, due to a tendency to hinder photoisomerization and the subsequent reorientation of the azochromophores. The photoinduced birefringence did not saturate after one hour of exposure to the writing laser, whereas in azopolymer films, saturation is normally reached within a few minutes. on the other hand, the presence of such interactions prevented thermal relaxation of the chromophores after the writing laser was switched off, leading to a very stable written pattern. Moreover, the nanoscale interactions promoted mass transport for photoinscription of surface-relief gratings on PAH/BY LBL films, with the azochromophores being able to drag the inert PAH chains when undergoing the trans-cis-trans photoisomerization cycles. A low level of chromophore degradation was involved in the SRG photoinscription...

Molecular engineering strategies to control photo-induced birefringence and surface-relief gratings on layer-by-layer films from an azopolymer

Zucolotto, V; Strack, P. J.; Santos, F. R.; Balogh, D. T.; Constantino, CJL; Mendonca, C. R.; Oliveira, O. N.
Fonte: Elsevier B.V. Publicador: Elsevier B.V.
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 110-113
ENG
Relevância na Pesquisa
27.45715%
The interactions governing adsorption of layer-by-layer (LBL) films from an azopolymer, PS-119(R), and poly(allylamine hydrochloride) (PAH) have been controlled by modifying the pH of the solutions used to form the films. The thickness per bilayer was varied by one order of magnitude, from 10 to 240 A, as the pH changed from 4 to 10. Thick layers were formed at higher pHs because in this case the PAH is only partially charged adopting a loopy conformation. This change in molecular conformation caused the kinetics of isomerization and mass transport to be much slower than at lower pHs. The writing time defined as the time to achieve 50% of maximum birefringence dropped from 110 to 18 min for films prepared from solutions with pH 10 and pH 4, respectively. This decrease is probably due to the higher free volume for isomerization in the films prepared at lower pHs, in which PAH molecules are less coiled than at higher pHs. For the same reason, the rate of inscription of surface-relief gratings with an interference pattern of p-polarized light was also much slower at higher pHs. (C) 2003 Elsevier B.V. All rights reserved.

Analysis of the kinetics of phase and amplitude gratings recorded in azopolymer films

Freschi, A. A.; Cortes, A. D S; Donatti, D. A.; Frejlich, J.
Fonte: Universidade Estadual Paulista Publicador: Universidade Estadual Paulista
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência Formato: 356-360
ENG
Relevância na Pesquisa
16.787019%
In this work we use a stabilized holographic technique to study both refractive index and absorption gratings recorded in thin films made of Disperse Red 1 (DR1) embedded in an organic polymer matrix (PMMA) deposited on glass substrate. Gratings are recorded by linearly polarized illumination with the interference pattern of two crossing beams. One of the beams is phase modulated and the interference signals between the transmitted and diffracted waves are detected by a tuned lock-in amplifier. The technique allows measuring separately changes of the refractive index and the absorption coefficient during the course of the photoreaction process. The time evolution of the diffraction efficiencies during recording has shown bi-exponential kinetics for both gratings. © 2008 American Institute of Physics.

Running holograms in azopolymer films

Freschi, A. A.; De Vicente, F. S.; Mello, T. B.; Donatti, D. A.; Vollet, D. R.
Fonte: Universidade Estadual Paulista Publicador: Universidade Estadual Paulista
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 103-109
ENG
Relevância na Pesquisa
27.45715%
We report investigations on running holograms recorded in an azopolymer film made of a poly(methyl methacrylate) matrix doped with Disperse Red 1. Two-wave mixing experiments were carried out in the symmetrical transmission geometry. A stabilization technique was employed for active control of the phase shift between the real-time hologram and the interference pattern. Depending on the imposed phase shift, a running hologram propagates in the material in the form of an isomerization wave created by a continuous erasing-rewriting process. Diffraction efficiencies and the hologram velocities were measured as functions of the holographic phase shift at the wavelengths 515 and 488 nm. The experimental results were compared to theoretical curves obtained from a simplified model of the isomerization kinetics. The selective contributions of the phase and the amplitude gratings to the whole hologram were also determined. © 2013 Springer-Verlag Berlin Heidelberg.

Estudos de birrefringência fotoinduzida em filmes LB mistos do azopolímero poli (metacrilato de lauroila-co-metacrilato de DR1) com estearato de cádmio

Silva, Michel Lombarde da
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 78 f. : il.
POR
Relevância na Pesquisa
17.457151%
Pós-graduação em Ciência e Tecnologia de Materiais - FC; Neste trabalho investigaram-se a fabricação dos filmes de Langmuir e de filmes Langmuir-Blodgett (LB) mistos obtidos do azopolímero poli(metacrilato de lauroila-cometacrilato de DR1) com estearato de cádmio (StCd). A fabricação dos filmes LB desse azopolímero somente foi possível utilizando-se o StCd como suporte molecular. A caracterização espectroscópica dos filmes LB foi feita através de espectroscopia de absorção no UV-Visível e no infravermelho. As medidas de birrefringência fotoinduzida dos filmes LB mistos do azopolímero com StCd foram feitas em função do tempo durante a formação da birrefringência e no decaimento após a luz de excitação ter sido desligada. Os resultados experimentais obtidos nas medidas mostraram que a amplitude máxima da birrefringência obtida durante a excitação aumenta com a intensidade da luz de excitação e o número de camadas dos filmes LB. Foi também estudada a dinâmica da formação e do decaimento determinando-se as constantes de tempo dos processos de orientação usando funções biexponenciais do modelo de Sekkat; Fabrication of Langmuir and Langmuir-Blodgett (LB) mixed films of poly(lauroyl-methacrylate co-DR1 methacrylate) and cadmium stearate (CdSt) were investigated. The fabrication of LB films from this azopolymer was achieved only if CdSt molecular support is used. Spectroscopic characterization of films were performed by means of UV-Vis and infrared measurements. Photoinduced birefringence measurements of LB mixed films of azopolymer with CdSt were performed as function of time during the buildup of the birefringence and the decay after turning off the excitation light. Experimental results showed that the maximum birefringence achieved during the light excitation increased with the number of layers of the LB film and light intensity. Photoinduced birefringence dynamics was also investigated during the buildup and decay aiming to determine the time constants of bi-exponential functions given by the Sekkat model

Multifractal characteristics of optical turbulence measured through a single beam holographic process

Perez, Dario G.; Barille, Regis; Morille, Yohann; Zielinska, Sonia; Ortyl, Ewelina
Fonte: Universidade Cornell Publicador: Universidade Cornell
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em 13/09/2014
Relevância na Pesquisa
17.457151%
We have previously shown that azopolymer thin films exposed to coherent light that has travelled through a turbulent medium produces a surface relief grating containing information about the intensity of the turbulence; for instance, a relation between the refractive index structure constant C2 as a function of the surface parameters was obtained. In this work, we show that these films capture much more information about the turbulence dynamics. Multifractal detrended fluctuation and fractal dimension analysis from images of the surface roughness produced by the light on the azopolymer reveals scaling properties related to those of the optical turbulence.; Comment: 8 pages, 5 figures

Microstructure of Reflection Holographic Grating Inscribed in an Absorptive Azopolymer Film

Choi, Hyunhee
Fonte: Universidade Cornell Publicador: Universidade Cornell
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em 08/09/2015
Relevância na Pesquisa
27.45715%
Microstructure of reflection holographic grating fabricated via a photo-isomerization process in an absorptive azopolymer film is analyzed. A surface relief formation takes place on the film surface even in the reflection holographic configuration. The polarization-dependent diffraction efficiency and the polarization analysis reveal that the polarization grating structure inside the film strongly depends on the amount of optical absorption experienced by the two writing beams. Theoretical analysis shows that the reflection polarization grating, while mimicking a cholesteric liquid crystal structure, is composed of elliptic polarizations with the ellipticity going through a periodic modulation.; Comment: 12 pages, 4 figures

Photoinduced chiral nematic organization in an achiral glassy nematic azopolymer

Tejedor, Rosa M.; Oriol, Luis; Serrano, José Luis
Fonte: Wiley-VCH Publicador: Wiley-VCH
Tipo: Artículo Formato: 10752 bytes; application/octet-stream
ENG
Relevância na Pesquisa
28.024187%
7 pages, 8 figures, 1 table.-- et al.; A liquid crystalline homopolymer that has photoisomerizable methoxyazobenzene groups in the side chain has been synthesized and characterized. Thin films of the nematic glassy phase of this polymer have been processed in order to study the absorption spectra and the vibrational and electronic circular dichroism responses by irradiation with 488 nm circularly polarized light (CPL). Selective reflection of visible light demonstrates that the irradiation of this glassy nematic azopolymer induces a helix as a consequence of the chiral arrangement of the azobenzene units. Moreover, a wedge cell with an aligning layer for planar orientation was filled with the polymer with the aim of investigating the change in the macroscopic optical properties and optical textures of the azopolymer on irradiation with CPL. The transfer of chirality from CPL to azopolymer through chiral conformations is proposed as a model for explaining the supramolecular chirality.; Peer reviewed

Spectroscopic characterization and Langmuir-Blodgett films of a novel azopolymer material.

Haro, Marta; Ross, Daniel J.; Oriol, Luis; Gascón, Ignacio; Cea, Pilar; López, M. Carmen; Aroca, Ricardo F.
Fonte: American Chemical Society Publicador: American Chemical Society
Tipo: Artículo Formato: 10752 bytes; application/octet-stream
ENG
Relevância na Pesquisa
27.45715%
Spectroscopic characterization and fabrication of Langmuir and Langmuir−Blodgett (LB) films of an azopolymer−pyridine (PAzPy) are reported. UV−visible absorption and fluorescence spectra, Fourier transform infrared (FTIR) spectra, and Raman spectra were recorded. The vibrational assignment of the observed spectra is supported by a complete geometry optimization, followed by vibrational frequency and intensity computations of both the trans and cis forms of the monomer (AzPy) using density functional theory at the B3LYP 6-31G(d,p) level of theory. Langmuir monolayers of the polymer (PAzPy) were formed at the water−air interface, and LB films of high quality were formed onto solid substrates. The polymer LB films were investigated by surface-enhanced Raman scattering.; Peer reviewed