Página 1 dos resultados de 181 itens digitais encontrados em 0.015 segundos

Modelos de regeneração hepática em animais em crescimento: estudos histológicos, moleculares e avaliação de efeitos de imunossupressores; Experimental models of liver regeneration in growing animals. Histological and molecular studies, and evaluation of the effects of immunosuppressants

Tannuri, Ana Cristina Aoun
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 14/06/2007 PT
Relevância na Pesquisa
76.86%
INTRODUÇÃO: Transplantes parciais de fígado em crianças têm sido realizados com maior freqüência, enfatizando a importância do estudo da regeneração hepática, bem como dos efeitos de drogas imunossupressoras sobre a mesma. A regeneração do parênquima é o resultado do balanço entre multiplicação celular e apoptose, esta última definida como morte celular programada. Neste processo, estão envolvidas expressões de genes pró-apoptóticos (Bak e Bax) e anti-apoptóticos (Bcl-XL e Bcl-2). Dentre as proteínas relacionadas à proliferação hepatocitária, destaca-se a interleucina-6 (IL-6). Embora o modelo de ressecção de 70% da massa hepática de ratos adultos seja amplamente utilizado para estudos de regeneração, não há trabalhos com animais em crescimento. MÉTODOS: Na presente pesquisa, foi padronizado o modelo de hepatectomia parcial em ratos recém-nascidos e em recém-desmamados: realizou-se ligadura com fio de algodão do pedículo dos lobos esquerdo lateral, esquerdo medial e direito medial, seguida da ressecção do parênquima desses lobos. Os fígados remanescentes foram imediatamente pesados e comparados com os pesos dos fígados de animais controles. Para caracterização dos modelos de regeneração...

Efeitos da adição de polietilenoglicol ao surfactante exógeno no tratamento da síndrome de aspiração de mecônio em coelhos recém-nascidos; Effects of polyethylene glycol added to exogenous surfactant for meconium aspiration syndrome treatment in newborn rabbits

Lyra, João Cesar
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 06/03/2007 PT
Relevância na Pesquisa
56.54%
O mecônio é um potente inativador da função do surfactante pulmonar, porém a reposição de surfactante exógeno para tratamento da síndrome de aspiração de mecônio em recém-nascidos tem efeito limitado e não diminui a mortalidade. Estudos mostram que a adição de polímeros como o polietilenoglicol (PEG) ao surfactante melhora sua atividade "in vitro" mantendo baixa tensão superficial. No presente estudo, avaliamos os efeitos da adição de PEG ao surfactante exógeno sobre a mecânica pulmonar e sobre a regularidade da expansão do parênquima pulmonar em coelhos recém-nascidos. Coelhos da raça New-Zealand-White, nascidos de parto cesáreo aos 30 dias de gestação, foram submetidos a traqueostomia e randomizados em 3 grupos de estudo de acordo com o tipo de tratamento administrado no décimo minuto de ventilação: grupo com aspiração de mecônio, sem tratamento com surfactante exógeno (MEC); grupo com aspiração de mecônio e tratamento com surfactante -100 mg/kg (S100); e grupo com aspiração de mecônio e tratamento com surfactante - 100 mg/kg adicionado de PEG -5% / 15 kDa (PEG). Mecônio humano foi administrado via traqueostomia na dose de 6 ml/kg e concentração de 65 mg/ml. Os animais dos três grupos foram submetidos à ventilação mecânica com pressão positiva no final da expiração de 3 cmH2O; freqüência respiratória de 60 incursões por minuto...

Estudo da flutuação sérica de anticorpos maternos nos períodos pré e pós-parto e transferência de imunidade passiva em cabritos recém-nascidos utilizando colostro bovino e caprino; Study of maternal serum antibodies fluctuation in pre and post partum period and passive immunity transfer in newborn goat kids using bovine and caprine colostrum

Lima, Anali Linhares
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 08/05/2008 PT
Relevância na Pesquisa
46.41%
O objetivo deste trabalho foi avaliar a flutuação de anticorpos séricos em cabras no período pré e imediatamente pós-parto e a eficiência do processo de aquisição de imunidade passiva em cabritos recém-nascidos utilizando colostro caprino e bovino, contribuindo para a avaliação de uma alternativa de manejo de colostro e o melhor conhecimento do mecanismo de formação e transferência de imunidade passiva. Foram utilizadas 18 cabras e suas respectivas crias, 33 animais, sendo 19 fêmeas e 14 machos. Os animais foram distribuídos ao acaso em dois grupos que receberam às 0, 12, 24 e 36 horas de vida colostro caprino (grupo A) e colostro bovino (grupo B). As coletas de sangue das cabras foram iniciadas 45 dias antes da data prevista para o parto, em intervalos de 5 dias, até o 5o dia após o parto. Amostras de sangue dos cabritos foram coletadas às 0, 12, 24 e 48 horas, e aos 5, 10, 15, 20, 25, 30, 35, 40, 50 e 60 dias de idade. As variáveis séricas analisadas foram proteína total (PT), através do método do biureto, e imunoglobulinas (Ig) através dos métodos de imunodifusão radial (IDR) e turvação por sulfato de zinco (ZST). O delineamento experimental utilizado foi o inteiramente casualizado e as variáveis séricas analisadas como medidas repetidas no tempo. A ausência de queda significativa na concentração sérica de PT e Ig no período pré-parto indica que a mobilidade destes componentes séricos para a glândula mamária ocorre em concentrações que permitem que o animal mantenha esses valores estáveis. O grupo A apresentou valores máximos de PT e Ig séricas mais tardiamente aos 20...

Atividade de células entéricas de cordeiros recém-nascidos aleitados com colostro bovino e ovino; Enteric cell activity in newborn lambs fed bovine and ovine colostrum

Moretti, Débora Botéquio
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 07/10/2008 PT
Relevância na Pesquisa
46.63%
O objetivo deste estudo foi avaliar o processo de aquisição de anticorpos em cordeiros recém-nascidos aleitados com colostro bovino e ovino, bem como a taxa de proliferação celular no epitélio intestinal. Este estudo contribui com informações sobre a aquisição de imunidade passiva nesta espécie, com o conhecimento do desenvolvimento e maturação do trato gastrintestinal no período neonatal, e para a avaliação de uma alternativa de manejo de colostro para estes pequenos ruminantes. Foram utilizados 30 cordeiros recém-nascidos. Às 0 e 6 horas de vida, 12 animais receberam 250 mL de colostro bovino (grupo CB) e outros 12 animais receberam 250 mL de colostro ovino (grupo CO). Amostras de sangue foram coletadas às 0, 6, 24, e 72 horas de vida para quantificação de imunoglobulina G (IgG) e proteína total sérica (PT). Seis animais foram sacrificados aleatoriamente, logo após o nascimento, sem ingestão de colostro, constituindo o grupo controle. Os demais grupos foram abatido às 24 e 72 horas. Amostras do intestino delgado foram coletadas para a quantificação da taxa de divisão celular nas criptas intestinais. O delineamento experimental adotado foi inteiramente casualizado, sendo as variáveis séricas analisadas como medidas repetidas no tempo. Para a variável histológica foi considerado um arranjo fatorial 2 X 2 + 1...

Efeito do fornecimento de colostro bovino liofilizado e caprino sobre o epitélio intestinal de caprinos recém-nascidos; Effects of feeding lyophilized bovine colostrum and caprine colostrum on the intestinal epithelium of newborn goat kids

Nordi, Wiolene Montanari
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 02/02/2011 PT
Relevância na Pesquisa
46.46%
Foi avaliado o fornecimento do colostro bovino liofilizado como alternativa de fonte inicial de imunoglobulinas para caprinos recém-nascidos bem como as características histológicas, considerando avaliações histomorfométricas, estereológicas, imunohistoquímicas e o número de células caliciformes no epitélio intestinal destes animais. Foram utilizados dois grupos de 15 cabritos, que receberam 5% do peso vivo de colostro bovino liofilizado (CBL) ou colostro caprino (CC), com 55 mg/mL de imunoglobulina G, às 0, 7 e 14 horas de vida. Amostras do duodeno, jejuno médio e íleo foram coletadas às 18, 36 e 96 horas de vida para análises histológica e imunohistoquímica. Três animais foram sacrificados logo após o nascimento, constituindo o grupo zero hora. O delineamento experimental foi inteiramente casualizado, sendo as variáveis morfométricas consideradas em arranjo fatorial 2x3+1, tendo como efeitos principais os dois tipos de colostro, os três horários de abate e o grupo zero hora. A concentração de IGF-I no colostro bovino liofilizado e colostro caprino foi de 158,71 e 356,32 ng/mL, respectivamente. A altura das vilosidades no jejuno mostrou-se superior (P<0,05), apresentando vilosidades 30,7% e 24,2% mais altas do que o duodeno e o íleo às 36h...

Efeito da inoculação de lipopolissacarídeo em ratos recém-nascidos sobre o comportamento exploratório na adolescência; Effect of lipopolysaccharide inoculation in newborn rats on exploratory behavior in adolescence

Rodriguez, Javier Leonardo Rico
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 28/01/2011 PT
Relevância na Pesquisa
46.36%
A administração do componente bacteriano lipopolissacarídeo (LPS) durante o início de vida é um modelo animal comumente utilizado de infecção precoce. Os efeitos desse tratamento sobre o comportamento exploratório têm sido geralmente observados em ratos adultos. Contudo, sabe-se pouco sobre esses efeitos em etapas importantes do desenvolvimento como a adolescência. O presente trabalho analisou o efeito da inoculação repetida de LPS em ratos recém-nascidos, sobre o comportamento exploratório. No primeiro experimento, filhotes machos de ratos Wistar foram distribuídos em três grupos (N = 12) e receberam injeções intraperitoneais de solução veículo (PBS) ou de LPS (E. coli; 0,05 mg/kg), ou foram mantidos sem tratamento, nos dias 3 e 5 de vida. Na adolescência, entre os dias 40 e 46 de vida, os animais foram expostos aos seguintes testes comportamentais: labirinto em cruz elevado, campo aberto, reconhecimento de objeto novo, tábua de buracos, gradiente de aversão elevado e nado forçado. Os resultados mostraram que ratos adolescentes expostos a esse paradigma de inoculação exibiram um perfil de comportamento impulsivo caracterizado pelo aumento de locomoção, exploração de áreas abertas e baixa neofobia, quando comparados com os animais dos grupos controle. Esses animais exibiram também um estilo ativo de lidar com o estresse na primeira sessão do nado forçado. Semelhante ao procedimento utilizado no primeiro experimento...

Características estruturais e ultraestruturais da junção miotendínea do músculo esternomastóideo de ratos Wistar recém-nascidos, adultos e idosos; Structural and ultrastructural features of myotendinous junction of the sternomastoid muscle of newborns, adults and aged Wistar rats

Ciena, Adriano Polican
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 25/07/2013 PT
Relevância na Pesquisa
46.47%
A junção miotendínea (JMT) é a principal área de transmissão de força e de lesões do sistema muscular esquelético, atuando no posicionamento e estabilização articular. O estudo morfológico das estruturas e ultraestruturas da JMT do músculo esternomastóideo (EM) demonstrará as características desde o nascimento, ao revelar os esboços iniciais do desenvolvimento, sua completa formação na fase adulta e possíveis alterações e comprometimentos morfofuncionais em decorrência do processo fisiológico do envelhecimento. O objetivo do presente estudo consiste em descrever as características estruturais e ultraestruturais da JMT do músculo EM de ratos Wistar recém-nascidos, adultos e idosos empregando os métodos de microscopia de luz, microscopia eletrônica de varredura e microscopia eletrônica de transmissão. Foram utilizados 45 ratos Wistar, em três grupos (n=15): Grupo Recém-nascido: animais com 5 dias de vida; Grupo Adulto: animais com 4 meses de idade; Grupo Idoso: animais com 24 meses de idade. Os animais, após anestesia, foram dissecados os músculos EM e as JMT destes foram processadas de acordo com os métodos empregados. As características morfológicas da JMT do Grupo Recém-nascido revelaram o seu esboço durante o desenvolvimento...

Oferta de minerais a partir do leite materno e níveis séricos de cálcio e fósforo em recém-nascidos de termo: influência do retardo de crescimento intra-uterino; Nutritional restriction and hyperoxia effects on lung development in preterm rabbits

Mataloun, Marta Maria Galli Bozzo
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 08/09/1997 PT
Relevância na Pesquisa
56.36%
Os recém-nascidos pré-termo extremos, por estarem ainda em uma fase do desenvolvimento pulmonar anterior à alveolização, estão mais vulneráveis a fatores como a hiperoxia, o barotrauma, o volutrauma e, o uso de medicações como os corticosteróides. A ação destes fatores, associada à imaturidade pulmonar, pode alterar a organização estrutural pulmonar, interferindo na alveolização e na organização de fibras elásticas e de colágeno. Estas alterações são comuns à "nova" displasia broncopulmonar, patologia freqüente entre os recém-nascidos pré-termo, especialmente os extremos. Criou-se um modelo experimental de restrição nutricional e hiperoxia, em coelhos pré-termo, com o objetivo de analisar os efeitos da restrição nutricional e da hiperoxia sobre a arquitetura pulmonar (número de alvéolos, intercepto linear médio(ILm), área de superfície interna(ASI), espessura de septo interalveolar), especialmente em relação à deposição de fibras elásticas e de colágeno. Após a realização de cesárea, em coelhas New Zealand White, com idade gestacional de 28 dias, seus filhotes foram divididos em 4 grupos, de acordo com a dieta e a concentração de oxigênio administradas: GIA (dieta padrão e FiO2=0...

Respostas pulmonares à restrição nutricional e hiperoxia em coelhos pré-termo; Nutritional restriction and hyperoxia effects on lung development in preterm rabbits

Mataloun, Marta Maria Galli Bozzo
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 01/09/2003 PT
Relevância na Pesquisa
56.41%
Os recém-nascidos pré-termo extremos, por estarem ainda em uma fase do desenvolvimento pulmonar anterior à alveolização, estão mais vulneráveis a fatores como a hiperoxia, o barotrauma, o volutrauma e, o uso de medicações como os corticosteróides. A ação destes fatores, associada à imaturidade pulmonar, pode alterar a organização estrutural pulmonar, interferindo na alveolização e na organização de fibras elásticas e de colágeno. Estas alterações são comuns à "nova" displasia broncopulmonar, patologia freqüente entre os recém-nascidos pré-termo, especialmente os extremos. Criou-se um modelo experimental de restrição nutricional e hiperoxia, em coelhos pré-termo, com o objetivo de analisar os efeitos da restrição nutricional e da hiperoxia sobre a arquitetura pulmonar (número de alvéolos, intercepto linear médio(ILm), área de superfície interna(ASI), espessura de septo interalveolar), especialmente em relação à deposição de fibras elásticas e de colágeno. Após a realização de cesárea, em coelhas New Zealand White, com idade gestacional de 28 dias, seus filhotes foram divididos em 4 grupos, de acordo com a dieta e a concentração de oxigênio administradas: GIA (dieta padrão e FiO2=0...

Percepção de faces e imitação por recém-nascidos; Face perception and early imitation by newborns

Faria, Ana Carolina de Oliveira
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 31/10/2014 PT
Relevância na Pesquisa
66.52%
Desde a segunda metade do século XX, pesquisadores relatam que bebês olham preferencialmente para faces humanas em comparação a outros estímulos visuais. Estudos sugerem que essa preferência já pode ser encontrada nos recém-nascidos, indicando a possibilidade de algum mecanismo inato de direcionamento do olhar para os co-específicos, ou seja, para outros indivíduos pertencentes à mesma espécie. Porém, as teorias construídas para explicar esse fenômeno propuseram modelos que não se aplicam exclusivamente ao ser humano, como o padrão CONSPEC (Morton & Johnson, 1991), no qual três pontos de contraste (correspondentes aos olhos e à boca) seriam o elemento atrativo das faces humanas. Contudo, esse padrão não é exclusivo da face humana, mas também está presente nas faces de outros animais. Em estudo anterior (Faria, 2009), comparando faces bidimensionais de diferentes espécies, não se verificou preferência pela face humana. Nesse contexto, o objetivo desta pesquisa é aprofundar o estudo da preferência visual de faces pelos recém-nascidos por meio da utilização de estímulos tridimensionais de diferentes espécies, bem como verificar a capacidade dos recém-nascidos em imitar movimentos de objetos inanimados...

Frutose, sorbitol e glicose em sangue de mãe, cordão umbilical e recém-nascido de termo com 48 horas de vida

Barreiros, Rodrigo Crespo
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 97 f.
POR
Relevância na Pesquisa
56.33%
Pós-graduação em Pediatria - FMB; A frutose é um açúcar derivado da glicose pela via do sorbitol presente em placentas de animais ungulados. Em humanos existem poucos relatos sobre a produção de frutose e de polióis pela unidade feto-placentária. Determinar a relação entre os níveis sangüíneos de frutose, sorbitol e glicose em mães, em veia de cordão umbilical e em recém-nascidos de termo em aleitamento materno exclusivo. As concentrações de frutose mais elevadas no cordão umbilical e no recém-nascido em relação às maternas sugerem que a produção de frutose à partir da glicose esteja presente na unidade feto-placentária e no recém-nascido. As concentrações de sorbitol mais elevadas no cordão em relação à mãe e no recém-nascido sugerem que as vias de produção de sorbitol estejam ativas na unidade feto-placentária.; Placenta from ungulates produce fructose from glucose by the sorbitol pathway using glucose as a substrate. In humans there are only few reports about the production of fructose and polyols by the fetal-placental unity. To determine the relationship between fructose, sorbitol and glucose blood levels from mothers, cord vein and breast-fed full-term newborns at 48 hours after delivery. Fructose concentrations in cord blood and newborn blood higher than maternal levels suggest that fructose production from glucose is active in fetal-placental unity and in the newborn. Sorbitol concentrations in cord blood higher than in mother and newborn blood suggest that the sorbitol pathway is active in fetal-placental unity.

Regulação das junções comunicantes (GAP junctions) em cultura de ilhotas pancreaticas de ratos recem-nascidos

Adriana Ribeiro Leite
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 06/08/2002 PT
Relevância na Pesquisa
46.4%
As junções comunicantes (JCs) ou gap junctions são canais intercelulares formados pela união de dois hemicanais ou conexons, os quais são formados por proteínas integrais pertencentes à família das conexinas (Cx). Estudos em ilhotas pancreáticas têm demonstrado que a comunicação intercelular, via junções comunicantes, é fundamental para adequada biossíntese, estoque e liberação de insulina pelas células b pancreáticas. Condições que promovem a formação de JCs aumentam a secreção e biossíntese deste hormônio. Por outro lado, o bloqueio dos canais ou ruptura das JCs na célula 13 resultam em comprometimento do processo secretório. Ilhotas pancreáticas de fetos e recém-nascidos de ratos exibem uma resposta secretória de insulina reduzida em comparação às ilhotas de animais adultos. Cultivo prolongado de ilhotas pancreáticas, bem como o tratamento in vitro com hormônios somatotróficos, como a prolactina, induzem maturação deste processo de acoplamento estímulo-secreção. Esta tese teve como objetivo investigar os possíveis mecanismos intracelulares de regulação das JCs pela cultura prolongada e pelo tratamento in vitro com prolactina em ilhotas pancreáticas de ratos recém-nascidos. Para tal...

Proteção do recém-nascido contra o tétano pela imunização ativa da gestante com antitoxina tetânica: estudo original de 1953

Mattos,Augusto Gomes; Lacaz,Carlos da Silva; Zacchi,Maria Aparecida S.; Gorga,Paulo
Fonte: Sociedade de Pediatria de São Paulo Publicador: Sociedade de Pediatria de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2008 PT
Relevância na Pesquisa
46.46%
OBJETIVO: Determinar, em cobaias prenhes e em gestantes, a produção de antitoxina tetânica induzida pela aplicação da anatoxina tetânica e estudar a sua passagem para o recém-nascido. MÉTODOS: Na primeira fase, em estudo experimental, cobaias prenhes foram vacinadas com duas doses de toxóide tetânico em um intervalo de 15 dias, seguida da dosagem de anticorpos na cobaia imunizada, na prole ao nascer e 15 dias após o nascimento. Outro grupo de animais previamente vacinado recebeu uma dose de reforço 30 dias antes do parto, medindo-se o nível de anticorpos na cobaia e na prole. Na segunda fase, em ensaio clínico, as gestantes humanas foram vacinadas com três injeções de anatoxina tetânica, com um intervalo de 30 dias, em qualquer período da gravidez, medindo-se, a seguir, a antitoxina tetânica. Nos recém-nascidos, os anticorpos foram medidos ao nascer e aos 15 dias de vida. RESULTADOS: O título de antitoxina no sangue da prole de cobaias vacinadas com anatoxina tetânica foi elevado ao nascimento e aos 15 dias de vida. A dose de reforço provocou elevação do título basal. Nas gestantes, a aplicação de três doses de toxóide antitetânico conferiu imunidade a 95% dos recém-nascidos estudados. Os recém-nascidos de mães vacinadas apresentaram títulos elevados de antitoxina que persistiram por mais de 15 dias de vida. CONCLUSÕES: A vacinação durante a gestação foi acompanhada de títulos protetores de antitoxina contra o tétano tanto nos filhotes de cobaias quanto nos recém-nascidos humanos.

Niveis Sericos de Triiodotironina (T3) e Tiroxina (T4) em Bezerros Bubalinos Recem-Nascidos.

SILVA, A.O.A.; LAU,H.D.; SOUSA, J.S. de; SILVA, M.C. da; RIBEIRO, M.J.S.; VALE, W.G.
Fonte: Pesquisa Agropecuaria Brasileira, Brasilia, v.27, n.1, p.73-78,jan.1992 Publicador: Pesquisa Agropecuaria Brasileira, Brasilia, v.27, n.1, p.73-78,jan.1992
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
56.33%
O presente trabalho apresenta resultados referentes a determinacao de Triiodotironina (T3) e Tiroxina (T4) atraves do metodo do Radioimunoteste (RIA) em bezerros bubalinos entre 0 e 96 horas apos o nascimento. Verificou-se que os niveis sericos de ambos os hormonios nos animais recem-nascidos sao bastante elevados, quando comparados com os de animais adultos, variando entre 211,22 ± 0,90 a 265,62 ± 0,96 ng/dL para T3, e 5,97 ± 3,21 a 11,62 ± 3,04 mg/dL para T4, entre 0 e 96 horas, respectivamente. Registrou-se um pique maximo nos niveis de T3 e T4 em torno da terceira hora apos o nascimento, declinando significativamente no decorrer das 96 horas seguintes. O fator sexo exerceu influencia significativa sobre os niveis circulantes de ambos os hormonios, com estes niveis, sendo sensivelmente superiores nos animais do sexo feminino.; 1992

Desenvolvimento de um modelo experimental de hemorragia subependimária-intraventricular em ratos recém-nascidos

Alles, Yanet Chong Juárez
Fonte: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre Publicador: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre
Tipo: Dissertação de Mestrado
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
56.36%
Introdução: A hemorragia subependimária-intraventricular, também chamada de hemorragia da matriz germinativa, ocorre, em pré-termos com menos de 34 semanas e/ou abaixo de 1500 gramas. O desenvolvimento de modelos para entender a evolução da lesão cerebral antes e depois da hemorragia é importante para determinar estratégias de tratamento da doença. Objetivo: desenvolver um modelo experimental neonatal de hemorragia subependimária-intraventricular em ratos recém-nascidos, através da colagenase tipo VII e avaliar os desfechos da lesão através de testes neuromotores, cognitivos e avaliação macroscópica e microscópica dos subgrupos: controle negativo, grupo salina e colagenase. Método: Ratos Wistar no P6 foram submetidos à hemorragia pela técnica da mão livre (freehand) através de uma injeção intracraniana com colaganese tipo VII. Num grupo foi provocada hemorragia unilateral, e, em outro, hemorragia bilateral. Os mesmos foram avaliados com testes neuromotores e cognitivos (P7, P11, P15 e P30). Após os testes neuromotores e cognitivos, foram realizadas as avaliações macroscópicas e histológicas. Um grupo de animais também foi avaliado histologicamente no P7 após a lesão hemorrágica.Resultados: Foi possível provocar lesão na matriz germinativa com colagenase tipo VII...

Avaliação de técnicas de fisioterapia respiratória em modelo experimental de atelectasia em suínos recém-nascidos

Padoin, Priscila Gularte
Fonte: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre Publicador: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre
Tipo: Dissertação de Mestrado
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
56.25%
Objetivo : comparar a eficácia de duas técnicas de fisioterapia respiratória, em modelo experimental de atelectasia, por obstrução brônquica em suínos recém-nascidos.Métodos : 24 suínos foram analgesiados, sedados, traqueostomizados e ventilados mecanicamente. Para a indução da atelectasia, foi infundido muco artificial Poli (oxido de etileno), (Sigma- Aldrich™, Estados Unidos), com bomba de infusão, através do tubo traqueal ,com os suínos posicionados em decúbito lateral, com inclinação de 30o. A produção de atelectasia foi confirmada através de radiologia torácica. Para tanto, os animais foram divididos em 3 grupos: o grupo 1 recebeu apenas aspiração traqueal após 20 minutos da confirmação da atelectasia; o grupo 2 foi submetido à técnica de bag squeezing seguida de aspiração traqueal; e o grupo 3 recebeu vibração torácica seguida de aspiração traqueal. A eficácia das técnicas foi avaliada através de exame radiológico, feito por dois radiologistas independentes. Para avaliar as alterações durante os procedimentos, foram feitas gasometria arterial e avaliação da mecânica pulmonar antes e depois da indução de atelectasia, bem como imediatamente e 30 minutos após os procedimentos.Resultados : a média da variação percentual da PO2 foi estatisticamente significante entre os grupos (controle: 97...

Modelo experimental de atelectasia em suínos recém-nascidos

Comaru, Talitha
Fonte: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre Publicador: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre
Tipo: Tese de Doutorado
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
56.57%
Introdução: existem poucos estudos utilizando modelos animais em fisioterapia respiratória. Além disso, não existem modelos para avaliar esses efeitos em recémnascidos. O objetivo deste estudo foi desenvolver um modelo de atelectasia por obstrução brônquica em porcos recém-nascidos, para o estudo das técnicas de fisioterapia respiratória neonatal.Métodos: foram utilizados 30 leitões recém-nascidos, originários de um cruzamento entre as raças Large-White e Landrace devidamente sedados, anestesiados, traqueostomizados, paralisados e colocados sob ventilação mecânica. Quinze minutos após a instrumentação, os animais receberam infusão de muco artificial através de bomba de infusão. Transcorridos 30 minutos da infusão de muco artificial os animais foram submetidos à avaliação radiológica do tórax (em posição supina) e gasometria arterial para confirmar a produção de atelectasia.Resultados: as imagens radiológicas foram analisadas por dois radiologistas não envolvidos no estudo. O modelo apresentado mostrou consistência de resultados entre os parâmetros de oxigenação e a análise radiológica. O modelo de atelectasia foi desenvolvido com sucesso em mais de 70% dos casos, ultrapassando 90% das tentativas na fase final do estudo.Conclusões: este modelo de atelectasia apresentou resultados suficientemente consistentes para que possa ser testado em estudos sobre técnicas de fisioterapia respiratória em recém-nascidos.; Background: there are few studies using animal models in chest physical therapy. However...

Modelos experimentais de hepatectomia e regeneração hepática em ratos recém-nascidos e recém-desmamados; Experimental models of hepatectomy and liver regeneration using newborn and weaning rats

Tannuri, Ana Cristina Aoun; Tannuri, Uenis; Coelho, Maria Cecília; Santos, Neide Aparecida dos; Mello, Evandro Sobroza de
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/2007 ENG
Relevância na Pesquisa
86.8%
OBJETIVOS: A regeneração hepática é um processo complexo não completamente elucidado. O modelo mais utilizado para o estudo desse fenômeno é a hepatectomia a 70% em ratos adultos. Não há trabalhos utilizando modelos em animais em crescimento. Desta forma, os objetivos deste estudo foram: 1. padronizar dois modelos de hepatectomia parcial e regeneração hepática utilizando ratos recém-nascidos e recém-desmamados; 2. estudar a evolução do peso do fígado remanescente e as alterações histológicas do parênquima hepático nos dias subseqüentes à hepatectomia parcial. MÉTODOS: Cinqüenta ratos recém-nascidos e quarenta e quatro ratos recém-desmamados foram submetidos à hepatectomia a 70%. Após laparotomia mediana, foi realizada compressão bilateral no abdome superior do animal, levando à exteriorização dos lobos hepáticos direito medial, esquerdo medial e esquerdo lateral, que foram ligados na base e ressecados em bloco. Os animais foram sacrificados logo após a hepatectomia e no 1º,2º,3º,4º, e 7º dias após a cirurgia. O peso corpóreo e do fígado foram determinados, e o parênquima hepático submetido à análise histológica. RESULTADOS: Os índices de mortalidade dos animais recém-nascidos e recém-desmamados foram 30% e 0% respectivamente. Em ambos os grupos...

Enzimas eritrocitárias dependentes das vitaminas B2 e B6, em cavalos recém-nascidos e adultos Puro-Sangue Inglês; Erythrocyte vitamin B, and B6 dependent enzymes in adult and newborn Thoroughbred horses

Matos, Maria de Fátima Cepa; Medeiros, Lucila Freire; Medeiros, Luiz Otavio; Barretto, Orlando Cesar de Oliveira
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/1996 ENG
Relevância na Pesquisa
46.46%
Com o propósito de determinar o estado nutricional de cavalos Puro-Sangue Inglês (PSI) em relação à riboflavina (vitamina B2) e à piridoxina (vitamina B6), 10 animais adultos e 30 recém-nascidos foram investigados. Foi observado um bom estado nutricional quanto à riboflavina, notando-se moderada deficiência de piridoxina nos animais adultos, mas não nos recém-nascidos. Estes fatos sugerem que os animais adultos devam receber suplementação com piridoxina.; In order to assess the Thoroughbred horses nutritional status as to riboflavin and pyridoxine, 10 adults and 30 newborns were investigated. In both adults and newborns, riboflavin intake was sufficient to meet their nutritionalneeds; however, a moderate pyridoxine deficiency was detected amongst the adult horses, but not in the newborns. This findings suggests that a pyridoxine supplementation to adult horses may be necessary to keep their nutritional poise.

Estudo dos efeitos de diferentes doses de surfactante exógeno para o tratamento da síndrome de aspiração de mecônio em coelhos recém-nascidos; Different doses of exogenous surfactant for treatment of meconium aspiration syndrome in newborn rabbits

Lyra, João Cesar; Mascaretti, Renata S.; Precioso, Alexander Roberto; Chang, Yin Chia; Costa, Maria Tereza Zulini da; Vaz, Flávio Adolfo Costa; Okay, Yassuhiko; Rebello, Celso Moura
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/2004 ENG
Relevância na Pesquisa
56.5%
OBJETIVO: Avaliar os efeitos de duas diferentes doses de surfactante exógeno sobre a mecânica pulmonar e sobre a regularidade da expansão do parênquima pulmonar em coelhos recém-nascidos. MÉTODO: Coelhos recém-nascidos foram traqueostomizados e randomizados em quatro grupos de estudo: grupo-Controle, sem aspiração de mecônio; grupo MEC, com aspiração de mecônio e sem tratamento com surfactante exógeno; grupos S100 e S200, ambos com aspiração de mecônio e tratados respectivamente com 100 e 200 mg/kg de surfactante exógeno (produzido e fornecido pelo Instituto Butantan). Os animais dos 4 grupos foram ventilados por 25 minutos. A mecânica pulmonar foi avaliada a partir dos valores de complacência dinâmica, pressão ventilatória, volume-corrente e volume pulmonar máximo (curva P-V). A análise histológica foi feita calculando-se o diâmetro alveolar médio (Lm) e o índice de distorção através do desvio padrão do Lm. Utilizou-se ANOVA One Way com a = 0,05. RESULTADOS: Após 25 minutos de ventilação, os valores de complacência dinâmica (ml/cm H2O.kg) foram: 0,87± 0,07 (Controle); 0,49±0,04 (MEC*); 0,67±0,06 (S100) e 0,67±0,08 (S200) e de pressão ventilatória (cm H2O): 9,0± 0,9 (Controle); 16,5±1,7 (MEC*); 12...