Página 1 dos resultados de 148 itens digitais encontrados em 0.010 segundos

Análise do comportamento térmico de uma cobertura verde leve (CVL) e diferentes sistemas de cobertura; Analysis of the thermal behavior of an extensive green roof and different roof systems

Lopes, Daniela Arantes Rodrigues
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 10/09/2007 PT
Relevância na Pesquisa
37.81622%
A presente pesquisa teve como objetivo principal analisar experimentalmente o comportamento térmico de um sistema de cobertura verde leve (CVL) e, também, comparar o comportamento térmico entre os diferentes sistemas de cobertura, frente aos ganhos térmicos no período de transição entre as estações primavera-verão, na cidade de São Carlos-SP. Os sistemas de cobertura em análise foram: 1) aço galvanizado, 2) telha de fibrocimento, 3) laje pré-moldada cerâmica, 4) telha cerâmica e 5) cobertura verde leve (CVL). A CVL caracteriza-se por um sistema construtivo que possui laje pré-moldada cerâmica impermeabilizada com resina poliuretana vegetal, geomanta tridimensional leve e flexível para drenagem, camada reduzida de substrato e grama em sua superfície. As vantagens em relação à utilização das coberturas verdes, em geral, estão relacionadas à regulação de temperaturas, a melhora na eficiência energética das edificações, a capacidade de retenção das águas pluviais, ao aumento das áreas verdes, a atenuação dos efeitos das ilhas de calor, além da contribuição estética e social no ambiente urbano. A metodologia adotada baseou-se na definição do dia típico experimental e nos parâmetros da inércia térmica aplicados aos componentes construtivos da cobertura. As medições experimentais foram realizadas em células de teste no canteiro experimental da Universidade de São Paulo (USP)...

Modelos numéricos de pilares mistos curtos de seções circulares de aço preenchidos com concreto em situação de incêndio; Nonlinear numerical analysis of circular concrete filled steel short columns under fire condition

Santos, Rodrigo Tadeu dos
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 05/03/2009 PT
Relevância na Pesquisa
38.291877%
Os pilares mistos de aço preenchidos com concreto, quando submetidos a elevadas temperaturas, apresentam comportamento estrutural bastante satisfatório e reduzem no concreto o fenômeno denominado spalling, devido ao confinamento imposto pelo tubo de aço, mais pronunciado em seções tubulares circulares. Destaca-se ainda a reduzida taxa de aquecimento desse mesmo elemento misto em razão da baixa condutividade térmica do concreto, aspecto de grande interesse para fins de dimensionamento. O presente trabalho tem como principal objetivo modelar numericamente, em campo tridimensional, pilares mistos curtos com seções tubulares circulares de aço, preenchidos com concreto e submetidos ao incêndio-padrão prescrito pela ISO 834:1999. A modelagem se faz com vistas a simular o comportamento estrutural desse elemento em situação de incêndio, buscando avaliar a influência da elevação de temperatura na resistência do elemento e indicar para qual tempo e em que níveis de temperatura o acréscimo de resistência devido ao efeito do confinamento deixa de ser pronunciado. Para a modelagem numérica em campos térmico, estrutural e termo-estrutural, se utiliza o pacote comercial ANSYS ® V9.0, elaborado com base no método dos elementos finitos...

Modelos numéricos de pilares de aço em situação de incêndio considerando a influência da restrição axial; Numerical models of steel columns under fire condition considering the axial restraint

Dorr, Jonas Benedett
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 11/11/2010 PT
Relevância na Pesquisa
37.856187%
Dentro do conjunto de aspectos relacionados à elaboração de projetos em estruturas de aço e mistas de aço e concreto, destaca-se como de grande importância e interesse, para fins de dimensionamento, a consideração de elementos estruturais submetidos a temperaturas elevadas. Nesse sentido, o presente trabalho tem como objetivo principal propor a construção de modelos numéricos tridimensionais de pilares de aço pertencentes a sistemas estruturais correntes da construção civil, para análise em situação de incêndio, com vistas a simular numericamente a evolução dos níveis de temperatura ao longo do tempo com posterior acoplamento termoestrutural. Considera-se uma análise paramétrica com vista a variar as restrições axiais totais e parciais da barra, no referente aos deslocamentos axiais, contemplando desde a situação de extremidade livre até a restrição completa em resposta à consideração de apoio do tipo fixo, por exemplo. Os resultados numéricos são comparados a ensaios experimentais de outros autores, bem como com outros trabalhos numéricos já publicados. São obtidas respostas de deslocamentos axiais e laterais do modelo termoestrutural para diversas disposições de paredes em relação ao perfil...

Modelos numéricos de vigas mistas de aço e concreto pertencentes a sistemas de pisos mistos de pequena altura em situação de incêndio; Numerical modelling of composite slim floor beams in fire

Rocha, Fábio Martin
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 08/03/2012 PT
Relevância na Pesquisa
38.03121%
Os pisos mistos de baixa altura caracterizam um sistema estrutural em que há a incorporação, parcial ou completa, do perfil metálico (viga de aço) na laje de concreto, promovendo a redução da altura da seção e, consequentemente, o aumento da altura útil do pavimento. A incorporação do perfil de aço na laje de concreto garante revestimento ao aço contra o fogo, melhorando o desempenho da viga de aço frente às ações do fogo. Com a finalidade de avaliar o desempenho térmico e estrutural desta solução construtiva, foram desenvolvidos modelos numéricos das vigas parcialmente revestidas presentes nesse sistema estrutural em duas etapas distintas: Na primeira é realizada a análise térmica bidimensional no pacote computacional DIANA para a obtenção dos campos térmicos nas seções transversais das vigas em questão e, a partir daí, considerá-los em um processador de cálculo de momentos plásticos resistentes em todo o intervalo de tempo analisado, sendo então possível avaliar a perda da capacidade portante da seção em função do tempo de exposição ao fogo. A segunda etapa consiste na criação de modelos numéricos tridimensionais em elementos finitos no pacote computacional DIANA, com o qual é possível obter o comportamento estrutural da viga mista de aço e concreto quando exposta ao incêndio padrão...

Análise do comportamento a temperaturas elevadas de elementos de aço formados a frio comprimidos considerando restrição ao alongamento térmico; Analysis on the behaviour of cold formed steel columns under fire conditions with restrained thermal elongation

Almeida, Saulo José de Castro
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 26/10/2012 PT
Relevância na Pesquisa
38.68969%
No presente trabalho se desenvolve como proposta principal, uma investigação experimental sobre o comportamento de elementos de aço formados a frio comprimidos em temperaturas elevadas considerando a influência da restrição ao alongamento térmico. Nessa investigação foram avaliadas as distribuições de temperaturas no contorno da seção transversal e ao longo do comprimento dos elementos. Outrossim, avaliou-se a influência da restrição ao alongamento térmico sobre o comportamento mecânico dos elementos, em especial sobre o desenvolvimento das forças de restrição que surgem durante a fase de aquecimento dos mesmos. Concernente ao comportamento térmico, os resultados indicam que a temperatura resistente de elementos expostos ao calor por todos os lados deve ser determinada com base nas medições realizadas em seções a meia altura do elemento devido à distribuição não uniforme de temperatura ao longo do comprimento. Com relação ao comportamento mecânico, os resultados experimentais mostraram que a resistência pós-crítica em temperaturas elevadas desses elementos é pequena e nesse sentido é mais coerente considerar como temperatura resistente a temperatura correspondente ao momento da perda de estabilidade dos elementos. Em caráter complementar e exploratório foram realizadas análises numéricas para melhorar o entendimento do comportamento em temperaturas elevadas dos elementos de aço formados a frio investigados experimentalmente no presente trabalho. Nas análises numéricas foi avaliada uma estratégia de modelagem em elementos finitos para simular a restrição ao alongamento térmico axial em elementos comprimidos submetidos a temperaturas elevadas. Os resultados apontam que os modelos numéricos foram eficientes para prescrever força de compressão resistente em temperaturas elevadas e o tempo resistente. Por outro lado não foram eficientes para prescrever as temperaturas críticas. No âmbito normativo foram realizadas as avaliações do método de cálculo simplificado proposto na ABNT NBR 14323 (2012) e da possibilidade de adequar o método simplificado de cálculo do EUROCODE 3 parte 1.3 (2006) para o dimensionamento em temperaturas elevadas desses elementos. Os resultados sugerem que o método de cálculo simplificado da ABNT NBR 14323 (2012) foi capaz de fornecer satisfatoriamente a força de compressão resistente dos elementos investigados que se enquadravam nas exigências do método. Outrossim...

Simulação numérica do campo de tensões na microestrutura do aço ferramenta AISI H13 durante o forjamento a quente.; Numerical simulation of the stress field in the AISI H13 steel microstructure during hot forging.

Seriacopi, Vanessa
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 28/03/2013 PT
Relevância na Pesquisa
37.856187%
A falha devido à ocorrência de fadiga térmica de materiais utilizados como ferramentas para trabalho a quente é identificada durante serviço e ocorre devido ao acúmulo de dano localizado. O aço AISI H13 é comumente utilizado em ferramentas para a conformação a quente devido à sua boa tenacidade à fratura e resistência ao desgaste, e considerável resistência à perda de dureza a quente. Este trabalho teve como motivação estudar a relação entre a microestrutura do aço H13 e os carregamentos térmicos e mecânicos, que possam levar à falha de ferramentas para forjamento a quente. Para este estudo, fez-se uso de meios computacionais (simulação numérica) aliados aos conhecimentos de caracterização microestrutural e do comportamento mecânico dos materiais. Nesta abordagem, elabora-se uma malha na microestrutura do referido aço no software OOF2®, do NIST, e as análises são feitas a partir da aplicação do método dos elementos finitos com o emprego do software Abaqus®. Com isso, torna-se possível examinar o efeito de aspectos microestruturais, como a influência dos precipitados, na ocorrência de tensões e de deformações na microestrutura de forma a obter um mapeamento de regiões críticas ao dano e à falha na ferramenta de forjar a quente. Os estudos são baseados e comparados com trabalhos já publicados...

Simulação com programas computacionais de desempenho do combustível em regimes permanente e transiente de varetas combustíveis de aço inoxidável austenítico; Fuel performance computer code simulation of steady-state and transient regimes of the stainless steel fuel rods

Gomes, Daniel de Souza
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 19/02/2014 PT
Relevância na Pesquisa
38.001724%
A causa imediata do acidente na usina nuclear de Fukushima Daiichi de março de 2011 foi o derretimento do núcleo do reator. Durante este processo, o zircônio do revestimento do combustível reagiu com a água, produzindo uma grande quantidade de hidrogênio. Esse hidrogênio, combinado com os materiais radioativos voláteis, vazou do vaso de contenção e entrou no edifício de reator, resultando em explosões. No passado, o aço inoxidável foi utilizado como revestimento em muitos reatores de água pressurizada (PWR), e seu desempenho sob irradiação foi excelente; entretanto, o aço inoxidável foi substituído por uma liga à base de zircônio como material de revestimento, principalmente devido à sua mais baixa seção de choque de absorção de nêutrons. Hoje, o revestimento de aço inoxidável aparece novamente como uma possível solução para problemas de segurança relacionados a explosão e a produção de hidrogênio. O objetivo desta tese de doutorado é discutir o desempenho sob irradiação de varetas combustíveis usando aço inoxidável como material de revestimento. Os resultados mostram que varetas de aço inoxidável exibem temperaturas mais baixas no combustível e maiores larguras da folga pastilha-revestimento do que as varetas revestidas por Zircaloy e essa folga não fecha durante a irradiação. O desempenho térmico das duas varetas combustíveis é muito semelhante...

Melhorias no aquecimento de panelas de aço de uma aciaria elétrica

Christ, Fernando da Silva
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
38.42564%
Este trabalho apresenta uma metodologia para a avaliação de aquecedores de panela de aciaria e de práticas de movimentação de panelas em uma aciaria elétrica. O objetivo final é a redução da variabilidade do estado térmico da panela durante o vazamento do aço do forno elétrico. Neste estudo são investigados os aquecimentos realizados nos dois tipos de aquecedores existentes e as operações com as panelas durante a etapa sem aço do ciclo das panelas. A eficiência dos aquecedores são comparadas através de ensaios de aquecimento com panelas instrumentadas e a técnica de termografia. A análise da movimentação de panelas é realizada pelo levantamento dos dados operacionais diretamente na usina.Com a identificação dos problemas, são propostas soluções que minimizem seus efeitos sobre o estado térmico da panela. Finalmente, os resultados das soluções propostas, medidas diretamente na aciaria, comprovam que estas medidas contribuíram para melhorar o estado térmico da panela no vazamento e consequentemente o controle sobre as perdas térmicas do aço na panela.

Brasagem sem fluxo entre aço carbono e cobre com metais de adição convencionais à base de Ag e com revestimento metálico de Sn /

Okimoto, Paulo Cesar
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Tese de Doutorado Formato: xix, 173f.| il., grafs., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
38.14406%
Tese (Doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico.; Estudou-se a brasagem sem fluxo entre aço carbono e cobre buscando avaliar a influência dos materiais base, dos metais de adição, das atmosferas de brasagem e do ciclo térmico na qualidade final da junta brasada. As brasagens foram realizadas utilizando metais de adição convencionais contendo Ag-Cu, Ag-Cu-Sn e Ag-Cu-Zn-Sn na forma de arame, ou através de revestimento de Sn, pela técnica conhecida como união por fase líquida transiente. Alto vácuo, médio vácuo, nitrogênio e mistura argônio-hidrogênio serviram como atmosferas de brasagem. A qualidade da junta brasada com metais de adição convencionais pode ser avaliada pela presença de defeitos, tais como pequenos rechupes, falhas de enchimento e até mesmo a presença de trincas. A ocorrência destes defeitos depende da combinação metal de adição/atmosfera de brasagem e da temperatura de brasagem utilizadas. O alto vácuo mostrou-se como a melhor atmosfera de brasagem, proporcionando juntas sem falhas de enchimento. A correta temperatura de brasagem é fundamental para evitar o aparecimento de trincas.Comparando-se a brasagem com metais de adição convencionais sem fluco e com fluxo mineral...

Simulação do comportamento térmico e energético de passive houses em Portugal

Figueira, José Carlos Sousa
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
37.81622%
Devido à forma como a construção civil e obras públicas desenvolvem a sua actividade, as necessidades energéticas têm revelado um importante crescimento nos últimos anos. O setor dos edifícios representa cerca de 40% da energia consumida na União Europeia. A comissão Europeia estabeleceu uma diretiva para a sensibilização dos cidadãos sobre o preocupante fenómeno de aquecimento global. Com o objetivo da redução de emissão de gases para a atmosfera, segundo a EPBD 2010/31/EU, todos os edifícios construídos a partir de 2020, ou 2018 para edifícios públicos de serviços, deverão ser do tipo net zero energy buildings (NZEB), edifícios de baixíssimo consumo energético. Das diversas estratégias possíveis, considera-se que o conceito de Passive House (PH) é uma forte premissa para alcançar os objectivos traçados. No entanto, a sua implementação deverá ser adaptada e enquadrada com as soluções construtivas à realidade climática local. O conceito PH compreende 5 princípios básicos que o tornam energeticamente eficiente: excelente isolamento térmico, sistema de ventilação com recuperação de calor, correção e minimização de pontes térmicas, janelas eficientes e uma boa estanquidade. O estudo desenvolvido pretende contribuir para a implementação do conceito PH em Portugal...

Temperaturas superficiais de telhas e sua relação com o ambiente térmico

Sampaio,Carlos A. de P.; Cardoso,Célio O.; Souza,Geovani P. de
Fonte: Associação Brasileira de Engenharia Agrícola Publicador: Associação Brasileira de Engenharia Agrícola
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2011 PT
Relevância na Pesquisa
37.81622%
Este trabalho teve como objetivo a análise de temperaturas de telhas de barro, de fibrocimento com pintura branca na face superior e de aço zincado e sua relação com o ambiente térmico, quantificando também os Índices de Temperatura e Umidade (ITU), de Temperatura de Globo e Umidade (ITGU) e Carga Térmica de Radiação (CTR). As análises foram realizadas em modelos de edificações e na área não sombreada. Os resultados mostraram que as telhas cerâmicas e de fibrocimento apresentaram comportamentos térmicos semelhantes, sendo que a opção pela telha de fibrocimento de 5 mm, pintada de branca na sua face superior, é vantajosa economicamente. As telhas metálicas superaram os 53 °C na sua superfície e foram piores no conforto térmico comparado com as outras telhas. O ITGU foi superior na indicação do conforto térmico em relação ao ITU, principalmente no verão. Houve redução significativa da CTR pelas telhas em relação à área não sombreada.

Desenvolvimento e avaliação de calorímetros por nitrogênio líquido e fluxo contínuo para medição de aporte térmico

Arevalo,Hernán Dario Hernández; Vilarinho,Louriel Oliveira
Fonte: Associação Brasileira de Soldagem Publicador: Associação Brasileira de Soldagem
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2012 PT
Relevância na Pesquisa
37.954592%
Um dos parâmetros mais influentes no processo de soldagem a nível industrial e de pesquisa é o calor entregue à chapa (aporte térmico) devido a sua direta ligação com a mudança das características metalúrgicas e propriedades mecânicas da junta soldada. Para o estudo e quantificação do calor aportado na peça de trabalho, tem-se utilizado tanto métodos teóricos (analíticos e numéricos), quanto experimentais (calorimetria). Estas técnicas apresentam ampla dispersão dos resultados obtidos para o rendimento térmico. Desta forma, a proposta deste trabalho é apresentar o projeto, construção e avaliação de um calorímetro de nitrogênio líquido e fluxo contínuo (água) para a medição do aporte térmico e rendimento térmico de processos GTAW e GMAW. Para o processo GTAW, cordões sobre chapa foram realizados com Ar puro e chapas de aço ao carbono ASTM A36 e variou-se os parâmetros de soldagem como corrente, comprimento do arco, velocidade de soldagem e comprimento do cordão de solda. Foram também realizadas soldagens sobre chapa com o processo GMAW em transferência por curto-circuito e goticular (spray), onde o arame utilizado foi AWS ER70S-6 (1,2 mm de diâmetro)e gás de proteção Ar+25%CO2 (curto-circuito) e Ar+5%O2 (goticular). Para os processos derivativos (STT - Surface Tension Transfer...

Tamanho de grão do MgO e seus efeitos na resistência ao choque térmico de concretos refratários espinelizados in-situ

Cintra,G. B; Braulio,M. A. L; Bittencourt,L. R. M; Pandolfelli,V. C
Fonte: Associação Brasileira de Cerâmica Publicador: Associação Brasileira de Cerâmica
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2010 PT
Relevância na Pesquisa
38.12768%
Panelas de refino secundário do aço apresentam importante papel na cadeia produtiva da indústria siderúrgica. O adequado desempenho destas está atrelado ao seu revestimento refratário, composto em sua maior parte por concretos espinelizados que protegem a carcaça metálica do contato direto com o aço fundido. No entanto, o desgaste causado pela ciclagem térmica compromete a sua vida útil, aumentando a necessidade de parada para reparo e elevando os custos operacionais. A degradação por choque térmico pode ser minimizada por meio da incorporação de mecanismos de tenacificação que dificultam a propagação das trincas. O objetivo deste trabalho é incorporar estes mecanismos nesta classe de concretos, variando-se o tamanho e a pureza dos grãos de magnésia, que é uma das matérias-primas utilizadas na formação de espinélio in-situ em concretos aluminosos. Os resultados indicam que as diferenças microestruturais na porosidade e no microtrincamento causadas pelos distintos tamanhos e purezas de MgO alteraram o dano sofrido por choque térmico.

Análise estrutural e térmica de edificações em aço constituídas de perfis formados a frio

Freitas,Arlene Maria Sarmanho; Souza,Henor Artur de; Figueiredo,Marcelo Mendonça dos Santos
Fonte: Escola de Minas Publicador: Escola de Minas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2001 PT
Relevância na Pesquisa
37.81147%
Os perfis formados a frio (chapa dobrada) estão cada vez mais sendo utilizados no Brasil em função do seu baixo peso e versatilidade. O uso desses perfis em residências ainda não é muito difundido em função de poucos estudos desenvolvidos no país para esse tipo de aplicação. Nesse trabalho, a partir da industrialização da construção metálica, buscou-se utilizar lajes e fechamentos para acompanhar esse processo de industrialização. A análise estrutural baseou-se no projeto arquitetônico de um edifício de 4 pavimentos em chapa dobrada. A solução arquitetônica adotada foi avaliada estruturalmente com a proposição de solução não convencional em que os aspectos dimensionais e construtivos foram avaliados. Analisou-se a estrutura metálica utilizando os perfis formados a frio, as lajes em painéis de concreto celular autoclavado e as paredes em chapas de gesso acartonado e cimentícias. Os estudos de ligações seguiram o conceito de "luvas" e "nós" de aço e soldadas, de modo a tornar o processo de fabricação e montagem da estrutura mais prático e de baixo custo. Paralelamente ao estudo estrutural foram realizadas avaliações de conforto térmico da edificação, seguindo o projeto arquitetônico original.

Avaliação construtiva e de desempenho térmico do prédio da Escola de Minas da UFOP

Ribas,Rovadavia Aline de Jesus; Souza,Henor Artur de
Fonte: Escola de Minas Publicador: Escola de Minas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2007 PT
Relevância na Pesquisa
38.213108%
No Brasil, a construção em aço possui um grande espaço para desenvolvimento, prometendo racionalização e atendimento às exigências de conservação de energia e conforto humano, apontando para projetos que apresentem desempenho global adequado. Entretanto, nesse tipo de construção, ainda são utilizados sistemas de fechamentos convencionais, o que nem sempre é conveniente, pois são sistemas que demandam velocidades de execução diferentes e interfaces construtivas de soluções particulares. Nesse trabalho, estuda-se o prédio da Escola de Minas da Universidade Federal de Ouro Preto-MG, edificação estruturada em aço com sistema de fechamento externo convencional constituído por alvenaria e vidro. Avalia-se sua concepção estrutural e suas interferências no processo construtivo e na sua utilização. Por meio de uma investigação exploratória e coleta de dados, identificam-se os problemas que surgiram durante o uso, as patologias existentes e suas causas. Faz-se também uma avaliação do desempenho térmico da edificação, por meio de medições in loco. Com os resultados, tem-se uma avaliação qualitativa da construção, de sua condição de manutenção e das causas das patologias, propondo-se soluções para sua correção e uma melhor manutenção.

Estudo do comportamento mecânico de juntas do aço API 5L X80 soldadas com arames tubulares Undermatched e Evenmatched

de Aquino Filho, Adérito; Artur Sanguinetti Ferreira, Ricardo (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
38.14406%
As condições de soldagem undermatched e evenmatched no processo FCAW foram empregadas no aço API 5L X80. Neste estudo, foram utilizadas duas geometrias de juntas (bisel de 25 e de 35°) com diferentes parâmetros de processo. Cada tipo de junta foi soldada com os dois tipos de consumíveis: E71T1- C (undermatcheed) e E81T1-Ni1C (evenmatched), ambos com variação do aporte térmico, para isto manteve-se a tensão constante e variou-se a corrente. Durante a soldagem, a tensão e a corrente variaram numa faixa para preservar o modo de transferência por curto-circuito. Estas variações de condições operacionais influenciam consideravelmente nos resultados da soldagem. Para cada tipo de consumível, estudou-se a influência destes parâmetros na qualidade do metal de solda e, para cada ângulo de bisel, mediu-se a extensão das zonas termicamente afetadas e as propriedades mecânicas das juntas. As microestruturas foram caracterizadas por microscopia ótica e de varredura, onde foram feitas análises qualitativas dos microconstituintes, em seções transversais ao cordão de solda. As propriedades mecânicas para cada condição foram levantadas por ensaios de tração uniaxial, ensaios de dobramento e dureza que possibilitaram a comparação entre os diferentes parâmetros utilizados. Os resultados mostraram que o aporte térmico individual tem influência no tamanho das zonas termicamente afetadas. Os resultados obtidos com a geometria de junta com menor ângulo de bisel apresentaram resultados similares aos da junta de maior ângulo. Os consumíveis com resistência mecânica menor (E71T-1C) ou igual (E81T1-Ni1C) apresentaram desempenhos compatíveis com seus níveis de resistência e mostraram-se viáveis...

Estudo das transformações de fase em Pseudo ZTAs para aço API 5L X-70 visando desenvolvimento de dispositivo substrato

Silva Junior, Luiz Adeildo da; Ferreira, Ricardo Artur Sanguinetti (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
38.33981%
As transformações de fase de um aço estrutural foram estudadas a partir do resfriamento contínuo num substrato metálico capaz de simular as transformações microestruturais de diferentes pontos de uma ZTA (Zona Termicamente Afetada). O Material estudado foi o Aço API 5L Grau X-70, muito utilizado em tubulações nas Industriais Petroquímicas pela sua elevada resistência mecânica e baixo peso, constituindo-se num dos chamados aços ARBL (Alta Resistência e Baixa Liga). Neste contexto, o estudo térmico realizado simula as transformações microestruturais no metal de base nos processos de soldagem SMAW (Shield Metal Arc Welding) ou Eletrodo Revestido e GTAW (Gas Tungsten Arc Welding) ou TIG (Tungstem Insert Gas), assumindo por isso uma grande importância para levantamento das propriedades físicas e mecânicas de diferentes pontos da zona termicamente afetada. O Simulador Térmico de Soldas desenvolvido e aqui denominado de Gleeble mostrou-se capaz de reproduzir as diferentes condições termodinâmicas de pontos de uma ZTA, possibilitando o levantamento de curvas do ciclo térmico em função das condições impostas. Para o aquecimento dos corpos de prova foram utilizados dois fornos de resistência elétrica de alta potência para realização de aquecimento rápido e durante o resfriamento dos corpos de prova no Gleeble a temperatura era registrada por meio de termopar com registrador de temperatura digital gerando as curvas de resfriamento em microcomputador. Assim sendo...

Determinação do perfil térmico em amostras de aço AISI M35 imersas em plasma

Galvão, Nierlly Karinni de Almeida Maribondo
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Ciência e Engenharia de Materiais; Processamento de Materiais a partir do Pó; Polímeros e Compósitos; Processamento de Materiais a part Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Ciência e Engenharia de Materiais; Processamento de Materiais a partir do Pó; Polímeros e Compósitos; Processamento de Materiais a part
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
38.33357%
The heat transfer between plasma and a solid occurs mostly due the radiation and the collision of the particles on the material surface, heating the material from the surface to the bulk. The thermal gradient inside the sample depends of the rate of particles collisions and thermal conductivity of the solid. In order to study that effect, samples of AISI M35 steel, with 9,5 mm X 3,0 mm (diameter X thickness) were quenched in resistive furnace and tempereds in plasma using the plane configuration and hollow cathode, working with pressures of 4 and 10 mbar respectively. Analyzing the samples microstructure and measuring the hardness along the transversal profile, it was possible to associate the tempered temperature evaluating indirectly the thermal profile. This relation was obtained by microstructural analyzes and through the hardness curve x tempered sample temperature in resistive furnace, using temperatures of 500, 550, 600, 650 and 700°C. The microstructural characterization of the samples was obtained by the scanning electron microscopy, optic microscopy and X-ray diffraction. It was verified that all samples treated in plasma presented a superficial layer, denominated affected shelling zone, wich was not present in the samples treated in resistive furnace. Moreover...

Estudo das propriedades mecânicas do aço zincado por imersao r quente e a galvalume® produzidos na CSN-PR

Coni, Nicodemos Henrique da Silva
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
37.965044%
Resumo: Com início de operação em julho de 2003, a Linha de Galvanização Contínua nº5 - LGC#5 da Companhia Siderúrgica Nacional - CSN, localizada em Araucária -PR é do tipo "Dual Purpose" permitindo a produção de aço galvanizado com revestimentos convencionais (zinco puro) e de liga alumínio-zinco (Galvalume ), pelo processo de imersão à quente. Esta linha é a primeira no Brasil a produzir o Galvalume que é a chapa de aço revestida com uma liga contendo aproximadamente 55%Al, 43,5%Zn e 1,5%Si, especialmente concebida para atender principalmente os mercados de construção civil e linha branca. O Galvalume apresenta propriedades mecânicas diferentes do aço galvanizado, processados segundo o mesmo ciclo térmico, devido a maior temperatura do metal fundido no pote (465ºC para o zinco e 600ºC para a liga 55%Al-Zn) com conseqüente diferença nos teores de carbono em solução sólida no aço e também a maior resistência inerente ao revestimento 55%Al-Zn. Através de ensaios mecânicos de corpos de prova revestidos e decapados de diferentes espessuras produzidos na LGC#5, objetiva-se comparar e quantificar as diferenças de propriedades mecânicas (limite de escoamento, limite de resistência à tração, alongamento total...

Atenuar o deslocamento vertical em vigas de madeira utilizando cabo de aço

Cardoso, Rafael De Bona
Fonte: Universidade do Extremo Sul Catarinense Publicador: Universidade do Extremo Sul Catarinense
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso - TCC
PT_BR
Relevância na Pesquisa
37.856187%
Artigo submetido ao Curso de Engenharia Civil da UNESC - como requisito parcial para obtenção do Título de Engenheiro Civil.; O emprego da madeira na indústria da construção civil, como elemento estrutural, é vista como um material de uso secundário, desprezando sua potencialidade, muitas vezes pelo desconhecimento ou falta de estudo que favorecem sua aplicação de maneira a garantir a competitividade com outros materiais. A madeira tem características próprias difíceis de ser encontradas em outro material como ótima resistência mecânica a tração e compressão, resistência a altos impactos, isolamento térmico, absorção acústica, custo reduzido e renovável, infinidade de padrões estéticos entre outros, tanto que em países com alto desenvolvimento em construções como Estados Unidos, Japão e alguns países da Europa, o uso da madeira como elemento estrutural em construções é indispensável. Pode-se afirmar que o Brasil é um país rico e que não está sabendo explorar essa riqueza, já que grande parte de seu território contem reservas florestais legais para o corte e reflorestamento. O problema que a madeira traz é o deslocamento vertical máximo quando solicitada a esforços de flexão, fazendo que vigas tenham que ser redimensionadas para perfis maiores...