Página 1 dos resultados de 7691 itens digitais encontrados em 0.005 segundos

Sensores em fibra óptica para monitorização ambiental

Gouveia, Carlos Avelino De Jesus
Fonte: Universidade da Madeira Publicador: Universidade da Madeira
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2008 POR
Relevância na Pesquisa
36.931348%
Fruto da crescente preocupação face à bioacumulação e bioconcentração de poluentes e conscientização dos efeitos do aquecimento global, nos últimos anos têm sido adoptadas inúmeras acções e medidas que visam o controlo de parâmetros indicadores da qualidade do meio, a detecção de substâncias potencialmente perigosas e a promoção/utilização de energias alternativas não poluentes. Neste âmbito, a monitorização em tempo real revela-se fundamental para a análise contínua do equilíbrio dos ecossistemas. Neste contexto, os sensores de fibra óptica, mais concretamente os sensores químicos em fibra óptica possuem um conjunto de características, como por exemplo a miniaturização, baixo custo, versatilidade, biocompatibilidade, capacidade de monitorização remota, que representam uma alternativa tecnológica e economicamente viável. Por outro lado, a utilização de redes de difracção em sensores de fibra óptica, é em adição uma mais-valia para este tipo de sistemas, as redes de período longo pela sua sensibilidade intrínseca ao índice de refracção, e as redes de Bragg pela sua facilidade de interrogação e facilidade de multiplexagem. A presente dissertação tem por objectivo o estudo, desenvolvimento e análise de sensores em fibra óptica para monitorização de espaços ambientais. O presente documento encontra-se organizado em cinco capítulos. O capítulo 1 faz um enquadramento dos sensores de fibra óptica para monitorização ambiental dando relevo aos sensores químicos em fibra óptica. No capítulo 2 expõe-se o conjunto de conceitos necessários para a compreensão do trabalho. A começar pelas redes de difracção em fibra óptica e a suas potencialidades como elementos sensores. Algumas configurações foram detalhadas assim como alguns princípios para interrogação das mesmas. A medição multi-parâmetro e o fabrico de membranas de sensibilidade selectiva são também abordados. O Capitulo 3 refere a primeira configuração desenvolvida...

Comparison between retinal nerve fiber layer and macular thickness measured with OCT detecting progressive axonal loss following traumatic optic neuropathy; Comparação entre as medidas da espessura da camada de fibras nervosas da retina e da mácula pela tomografia de coerência óptica na detecção da perda axonal progressiva decorrente à neuropatia óptica traumática

CUNHA, Leonardo Provetti; COSTA-CUNHA, Luciana Virginia Ferreira; MALTA, Roberto Freire Santiago; MONTEIRO, Mário Luiz Ribeiro
Fonte: Conselho Brasileiro de Oftalmologia Publicador: Conselho Brasileiro de Oftalmologia
Tipo: Artigo de Revista Científica
ENG
Relevância na Pesquisa
36.903357%
PURPOSE: To compare the optical coherence tomography retinal nerve fiber layer and macular thickness measurements for detection of progressive axonal loss following acute traumatic optic neuropathy in a longitudinal study. METHODS: Three patients with unilateral traumatic optic neuropathy were evaluated sequentially after trauma. Macular and retinal nerve fiber layer thickness measurements were obtained using optical coherence tomography weekly for five weeks and around the twelfth week after trauma. RESULTS: All patients showed progressive macular and retinal nerve fiber layer thickness reduction. The mean retinal nerve fiber layer thickness on the first week was 114 μm and reduced sequentially over the first five weeks and was 46 μm on the twelfth week. For macular parameters, the mean average thickness on the first week was 248 μm and also reduced over the first five weeks and was 218 μm on the twelfth week. When compared to the initial measurement, macular thickness average reduction rate at the 12th week was 14% while peripapillary retinal nerve fiber layer thickness average reduction rate was 59%. CONCLUSIONS: Although both measurements reduce significantly after trauma, retinal nerve fiber layer thickness measurements show greater and faster retinal neural reduction if compared to macular thickness measurements in traumatic optic neuropathy.; OBJETIVO: Comparar as medidas da espessura da camada de fibras nervosas da retina e macular obtidas pela tomografia de coerência óptica na detecção da perda axonal progressiva após neuropatia óptica traumática aguda e durante o seguimento clínico. MÉTODOS: Três pacientes com neuropatia óptica traumática unilateral aguda foram avaliados sequencialmente após o trauma. Medidas da espessura macular e da camada de fibras nervosas da retina foram obtidas pela tomografia de coerência óptica semanalmente por 5 semanas consecutivas e ao redor da décima segunda semana após o trauma. RESULTADOS: Todos os pacientes apresentaram redução progressiva dos valores da espessura macular e da camada de fibras nervosas da retina. A espessura média da camada de fibras nervosas da retina foi de 114 μm na primeira semana e reduziu sequencialmente ao longo das primeiras cinco semanas e foi de 46 μm na décima segunda semana. Para parâmetros macular...

The expanded spectrum of neuromyelitis optica - evidences for a new definition; O espectro expandido da neuromielite óptica – as evidências para nova definição

Lana-Peixoto, Marco Aurélio; Callegaro, Dagoberto
Fonte: ASSOC ARQUIVOS NEURO- PSIQUIATRIA; SAO PAULO SP Publicador: ASSOC ARQUIVOS NEURO- PSIQUIATRIA; SAO PAULO SP
Tipo: Artigo de Revista Científica
ENG
Relevância na Pesquisa
36.954338%
Neuromyelitis optica (NMO) has been traditionally described as the association of recurrent or bilateral optic neuritis and longitudinally extensive transverse myelitis (LETM). Identification of aquaporin-4 antibody (AQP4-IgG) has deeply changed the concept of NMO. A spectrum of NMO disorders (NMOSD) has been formulated comprising conditions which include both AQP4-IgG seropositivity and one of the index events of the disease (recurrent or bilateral optic neuritis and LETM). Most NMO patients harbor asymptomatic brain MRI lesions, some of them considered as typical of NMO. Some patients with aquaporin-4 autoimmunity present brainstem, hypothalamic or encephalopathy symptoms either preceding an index event or occurring isolatedly with no evidence of optic nerve or spinal involvement. On the opposite way, other patients have optic neuritis or LETM in association with typical lesions of NMO on brain MRI and yet are AQP4-IgG seronegative. An expanded spectrum of NMO disorders is proposed to include these cases.; Neuromielite óptica (NMO) tem sido tradicionalmente caracterizada como associação de neurite óptica recorrente ou bilateral e mielite tranversa longitudinalmente extensa (MTLE). O conceito de NMO tem mudado desde a identificação do anticorpo antiaquaporina-4. A NMO é atualmente considerada como um espectro de condições contendo pelo menos um dos eventos índices da doença (neurite óptica recorrente ou bilateral e MTLE) e soropositividade para AQP4-IgG. A maioria dos pacientes apresenta lesões cerebrais à imagem por ressonância magnética (IRM)...

Crescimento e caracterização óptica de cristais de L-treonina e L-lisina-HCL; Growth and optical characterization of L-threonine and L-lysine-HCI crystals

Rodrigues Junior, Jose Joatan
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 15/03/1999 PT
Relevância na Pesquisa
36.86854%
Neste trabalho nós crescemos e caracterizamos oticamente cristais de L-treonina e L-lisina-HCl. Esses materiais pertencem a uma família de cristais orgânicos que tem demonstrado potencial para uso como dispositivos ópticos não lineares. Os cristais foram crescidos em solução aquosa pelos métodos de evaporação lenta do solvente e abaixamento controlado da temperatura. Realizamos medidas de óptica linear, índices de refração e a absorção óptica, e de óptica não linear, a geração de segundo harmônico (GSH). Essa nova classe de materiais não linear é de fácil crescimento e apresentam uma boa qualidade óptica e propriedades não lineares comparáveis as dos cristais de KDP.; In this work we grew and optically characterized L-threonine and L-lysine-HCL crystals. These materials belong to a family of organic crystals that have a potential application in nonlinear optical devices. The crystals were grown in aqueous solution by slow solvent evaporation and controlled cooling techniques. We characterized the linear and nonlinear optical properties of these materials, for exarnple, the index of refi-action, optical absorption and second harmonic generation (SHG). This new class of nonlinear medium is easy to grow and present good optical quality and nonlinear properties comparable to KDP crystals.

Correlação entre o eletrorretinograma de padrão reverso, a tomografia de coerência óptica e a perimetria automatizada na detecção da perda neural na atrofia em banda do nervo óptico; Relationship between pattern electroretinogram, optical coherence tomography and automated perimetry for detection of neural loss in eyes with band atrophy of the optic nerve

Cunha, Leonardo Provetti
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 09/08/2010 PT
Relevância na Pesquisa
36.973562%
OBJETIVO: Avaliar a capacidade dos parâmetros do eletrorretinograma de padrão reverso de campo total e hemianópico em diferenciar olhos com atrofia em banda do nervo óptico e, a correlação entre as amplitudes do eletrorretinograma de padrão reverso, a espessura da camada de fibras nervosas da retina e macular obtidas pela tomografia de coerência óptica e a perda de campo visual nestes pacientes. MÉTODOS: Quarenta e um olhos de 41 pacientes com perda de campo visual temporal permanente por compressão do quiasma óptico e 41 controles normais foram submetidos ao eletrorretinograma de padrão reverso de estimulação de campo total e hemianópicos (temporal e nasal), a tomografia de coerência óptica, para avaliação das medidas da espessura da camada de fibras nervosas da retina e macular e, ao exame de campo visual, pela perimetria automatizada padrão. O desvio do normal da sensibilidade dos 18º centrais do campo visual foram expressos em decibéis e unidades 1/Lambert. As comparações foram feitas pelo teste t de Student. A correlação entre os parâmetros do campo visual central, do eletrorretinograma de padrão reverso e da tomografia de coerência óptica foi avaliada pela correlação de Pearson e análise de regressão linear. RESULTADOS: Os valores das amplitudes P50...

Neuromielite óptica recorrente - aspectos clínicos, imunológicos e imagenológicos; Recurrent neuromyelitis optica in brazilian patients: clinical, immunological, and neuroimaging characteristics

Adoni, Tarso
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 15/02/2011 PT
Relevância na Pesquisa
36.954338%
INTRODUÇÃO: A neuromielite óptica (NMO) recorrente não foi completamente estudada em pacientes brasileiros após a descoberta do autoanticorpo sérico NMO-IgG e seu antígeno específico aquaporina-4. Neste trabalho, descrevemos os aspectos clínicos, imunológicos e de ressonância magnética (RM) de pacientes portadores de NMO recorrente. MÉTODOS: Foram estudados retrospectivamente vinte e oito pacientes portadores de NMO recorrente regularmente acompanhados no Ambulatório de Doenças Desmielinizantes do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo e que preenchiam os critérios diagnósticos originalmente propostos em 1999. Foram analisados os dados relativos ao resultado da pesquisa sérica do NMO-IgG, características clínicas e de RM. RESULTADOS: Três homens e 25 mulheres foram estudados. A mediana de idade de instalação da doença foi 26 anos (intervalo: 755); a mediana do tempo de seguimento foi de sete anos (intervalo: 214). O tempo médio decorrido entre o primeiro e o segundo episódios clínicos foi de 17 meses (mediana: 8,5; intervalo 288). A mediana da Escala Expandida do Estado de Incapacidade (EDSS) na última avaliação foi de 5,5 (intervalo de 2 a 10). Não houve diferença estatística entre o resultado do NMO-IgG e o grau de incapacidade medido pela EDSS (p = 0...

Problemática da correção óptica em escolares: acesso, comparecimento, necessidade e uso de óculos; Optical correction issue in schoolchildren: access, attendance, need and use of spectacles

Noma, Regina Kazumi
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 26/08/2011 PT
Relevância na Pesquisa
36.931348%
INTRODUÇÃO: A falta da correção óptica recentemente foi reconhecida como importante causa de baixa visão e parece ser um problema fácil de ser resolvido com o uso de óculos. No entanto, a falta da correção óptica é um problema complexo do seu diagnóstico ao tratamento, envolvendo a procura e alcance da assistência médica, além da confecção e uso dos óculos. OBJETIVOS: Determinar a frequência da necessidade de correção óptica em escolares; determinar a influência do absenteísmo no estudo da frequência da necessidade de correção óptica e suas causas; determinar o impacto da reconvocação dos faltosos na cobertura do atendimento oftalmológico; verificar cobertura oftalmológica prévia; verificar uso da correção óptica prescrita e causas de abandono de óculos. MÉTODO: Foi realizado um estudo transversal analítico. Escolares de 7 a 10 anos do ensino público de Guarulhos foram triados e encaminhados para exame oftalmológico na Campanha Olho no Olho 2006 e 2007. RESULTADOS: Foram triados 40.197 escolares e encaminhados 11.741 escolares com suspeita de problemas visuais. O absenteísmo na primeira convocação foi 42.5% e na reconvocação foi 62.2%. A Campanha alcançou 73.6% dos escolares encaminhados. A reconvocação ampliou a cobertura do projeto em 16.1%. A falta de orientação (não ter recebido aviso ou guia de encaminhamento) foi a razão mais frequente (35.6%) alegada para o não comparecimento...

Detecção da neuropatia óptica distireoidiana pela quantificação dos músculos extra-oculares e da gordura orbitária na tomografia computadorizada; Predicting dysthyroid optic neuropathy using computed tomography quantitative analysis of extraocular muscles and orbital fat

Gonçalves, Allan Christian Pieroni
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 21/09/2012 PT
Relevância na Pesquisa
36.903357%
OBJETIVO: avaliar a capacidade de índices de preenchimento muscular da órbita, calculados a partir de medidas na tomografia computadorizada de multidetectores, detectar a neuropatia óptica distireoidiana em pacientes com orbitopatia de Graves. MÉTODOS: noventa e três pacientes com diagnóstico de orbitopatia de Graves foram prospectivamente estudados. Todos os pacientes foram submetidos a um exame oftalmológico completo e à tomografia computadorizada de multidetectores. Na estação de trabalho do tomógrafo foram calculados índices baseados em medidas lineares, de área e de volume de preenchimento muscular da órbita. O índice linear de Barrett, foi calculado a partir da relação entre a medida dos músculos extra-oculares em cortes coronais no ponto médio do nervo óptico orbitário e o diâmetro da órbita na mesma posição. Nesse mesmo corte coronal uma escala de 0 a 3 foi utilizada para categorizar o grau do preenchimento muscular e de compressão do nervo óptico segundo método descrito por Nugent e colaboradores. Medidas de área foram realizadas de cortes coronais a 12, 18 e 24 mm da linha interzigomática. Três índices de área foram calculados estimando-se a razão entre a área dos músculos extraoculares e a do continente ósseo medidas. Herniação de gordura orbitária pela fissura orbitária superior foi registrada como presente ou ausente conforme método descrito por Birchall e colaboradores. Dois índices volumétricos foram calculados...

Quantificação da perda neural retiniana na esclerose múltipla e na neuromielite óptica com a tomografia de coerência óptica de domínio Fourier; Quantification of retinal neural loss in multiple sclerosis or neuromyelitis optica using Fourier domain optical coherence tomography

Fernandes, Danilo Botelho
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 01/07/2013 PT
Relevância na Pesquisa
37.003887%
OBJETIVO: Utilizar a tomografia de coerência óptica (TCO) de domínio Fourier para avaliar as camadas internas da retina de olhos de pacientes com esclerose múltipla (EM) ou neuromielite óptica (NMO), com ou sem história de neurite óptica (NO), e compará-los entre si e com os olhos de controles normais. Investigar a correlação entre os achados da TCO e os achados do campo visual nesse grupo de pacientes. MÉTODOS: Cento e oitenta e dois indivíduos foram estudados incluindo 74 com diagnóstico de EM, 33 com NMO, 30 com mielite transversa aguda longitudinal extensa (MTALE) e 45 controles normais. Todos os indivíduos foram submetidos a exame oftalmológico completo incluindo a perimetria computadorizada e a TCO de domínio Fourier. Os olhos estudados foram divididos em 5 grupos: olhos de pacientes com EM e episódio prévio de neurite óptica (EM-NO) olhos de pacientes com EM sem episódio prévio de neurite óptica (EM-sNO), olhos de pacientes com NMO e história de neurite olhos de pacientes com MTALE e olhos de controles normais. Foram analisadas as seguintes medidas obtidas pela TCO: a espessura da camada de fibras nervosas retiniana (CFNR) peri-papilar, a espessura macular total (EMT) avaliada em 8 setores de acordo com o mapa do "Early Treatment Diabetes Retinopathy Treatment Trial" e medidas segmentadas da CFNR na mácula...

Estudo experimental do processo de oxidação utilizando a técnica de correlação óptica Speckle.; Experimental study oxidation process utilizing technique "speckle" optical correlation

Guedes, Guelton Hirano
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 21/09/1990 PT
Relevância na Pesquisa
36.86854%
Quando um objeto, capaz de difundir luz, e iluminado por uma frente de onda coerente, por exemplo, um feixe laser, da origem a uma estrutura granular que recebe o nome de granulado óptico ou padrão de speckle. Este padrão está diretamente ligado a estrutura microscópica do objeto espalhador. Neste trabalho e descrito o estudo experimental do fenômeno de oxidação metálica utilizando a técnica de correlação óptica de speckle em tempo real. Este trabalho apresenta as seguintes partes: - descrição do fenômeno de speckle. Um objeto difusor, ao ser iluminado por uma luz coerente, gera ondas secundarias de fases aleatórias em sua superfície. Estas ondas interferem entre si, produzindo um aspecto granular no espaço livre, com propriedades estatísticas bem definidas. Faz-se uma descrição do fenômeno de granulado óptico e de suas propriedades estatísticas. - Técnica de correlação óptica de speckle. Variações físicas de uma amostra resultam em alterações no seu padrão de speckle. Ao comparar os padrões em instantes distintos, pode-se detectar tais variações e quantifica-las. Descreve-se o método de correlação óptica utilizando o registro de um padrão em uma placa fotográfica de alta resolução...

Eletrorretinograma de padrão reverso (PERG) de campo total na esclerose múltipla e na neuromielite óptica e PERG multifocal na atrofia em banda do nervo óptico: correlação com os achados da tomografia de coerência óptica e da perimetria c; Pattern-reversal electroretinogram (PERG) full field in multiple sclerosis and optic neuromyelitis and multifocal PERG in band atrophy of the optic nerve: correlation with the findings of optical coherence tomography and computerized perimetry

Hokazono, Kenzo
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 25/04/2014 PT
Relevância na Pesquisa
36.989873%
OBJETIVO: avaliar a capacidade do eletrorretinograma de padrão reverso de campo total (PERG) e multifocal (PERGmf) de detectar alterações funcionais da retina em pacientes com afecções desmielinizantes e compressivas da via óptica anterior; estudar a correlação entre as amplitudes do PERG e PERGmf com as espessuras das camadas internas da retina obtidas pela tomografia de coerência óptica (TCO) e com a perda de campo visual avaliada pela perimetria computadorizada padrão (PCP). MÉTODOS: cento e cinquenta e dois olhos de 28 pacientes com esclerose múltipla (EM), 38 com espectro da neuromielite óptica (NMO) com ou sem neurite óptica (NO) prévia e 30 olhos de 26 controles normais foram submetidos ao PERG, à TCO para avaliação da camada de fibras nervosas da retina (CFNR) peripapilar e camadas internas da retina na mácula e à PCP. Os olhos estudados foram divididos em 4 grupos: grupo 1. EM com NO; grupo 2. EM sem NO; grupo 3. NMO; grupo 4. Mielite transversa longitudinal extensa. Os achados foram comparados utilizando-se as equações de estimativas generalizadas. As correlações entre os achados do PERG, da TCO e da PCP foram avaliadas pela correlação de Pearson ou Spearman e pela análise de regressão linear. Para avaliação dos pacientes com doenças compressivas da via óptica anterior...

Espectro da neuromielite óptica : estudo clínico, imunológico e de neuroimagem; Neuromyelitis optica spectrum disorders : study of the clinical, immunological and neuroimaging aspects

Felipe von Glehn Silva
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 15/05/2013 PT
Relevância na Pesquisa
36.973562%
A Neuromielite óptica (NMO) é uma doença inflamatória e desmielinizante do SNC, de natureza autoimune, caracterizada por surtos graves de neurite óptica e mielite transversa, de evolução mais freqüente na forma recidivante-remitente, com pouca remissão dos déficits entre as crises, altamente incapacitante. A presença do anticorpo anti-aquaporina 4 (anti-AQP4) foi descrito em 73% a 91% dos pacientes com diagnóstico de NMO. Doenças autoimunes podem frequentemente ser desencadeadas após infecções por micro-organismos, como agentes virais. A NMO e a infecção pelo HTLV-1 possuem prevalência coincidentemente elevada em certas áreas do globo, como o Brasil. Com o objetivo de avaliar a associação do HTLV-1 com a NMO, foi pesquisada a presença de anti-AQP4 e anti-HTLV-1 em 34 pacientes com DENMO, 43 pacientes infectados com HTLV-1, assintomáticos ou com a doença mielopatia associada ao HTLV-1 (HAM/TSP) e 23 controles sadios. Nenhum paciente com DENMO apresentou sorologia positiva para HTLV-1. Nenhum paciente infectado pelo HTLV-1 apresentou soropositividade para anti-AQP4. 60% dos casos de DENMO foram positivos para anti-AQP4. Esses resultados sugerem que a mielopatia associada à variante aguda da HAM/TSP e aquela associada ao anticorpo anti-AQP4 são entidades clínicas distintas...

Análise comparativa clínica e molecular da neuropatia óptica hereditária de Leber (LHON); Clinical and molecular comparative analysis of Leber hereditary optic neuropathy (LHON)

Marcela Scabello Amaral Fernandes
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 14/08/2013 PT
Relevância na Pesquisa
36.931348%
A neuropatia óptica hereditária de Leber (LHON) é uma doença mitocondrial, com herança materna, caracterizada pela perda (sub) aguda, indolor e bilateral da visão, escotoma central ou cecocentral e discromatopsia, devido à degeneração do nervo óptico por apoptose das células parvo ganglionares da retina. As três mutações primárias G11778A, T14484C e G3460A são responsáveis por 90 a 95% dos casos da LHON e acometem subunidades dos genes MT-ND4, MT-ND6 e MT-ND1, respectivamente, que codificam proteínas para o complexo I da cadeia respiratória. Somente 5% dos pacientes possuem uma das demais mutações secundárias. A presença da mutação é fundamental para que LHON ocorra, no entanto, a penetrância incompleta e predileção pelo gênero masculino sugerem que fatores genéticos, epigenéticos e ambientais possam modular a expressão fenotípica da doença. O objetivo deste estudo foi analisar clínica e molecularmente para LHON 63 pacientes com neuropatia óptica, sendo 25 com quadro clínico típico de Leber (grupo I) e 38 com neuropatia óptica de etiologia a esclarecer (grupo II), assim como verificar a relação entre os agentes tóxicos tabaco e álcool e uma possível suscetibilidade genética entre os pacientes que faziam uso abusivo destes agentes. Estes pacientes foram submetidos à avaliação oftalmológica completa no ambulatório de neuroftalmologia do HC-UNICAMP e tiveram suas amostras de sangue coletadas e analisadas no CBMEG. A pesquisa das três mutações primárias foi realizada pelas técnicas de restrição enzimática e sequenciamento direto...

Heterogeneidade genética em atrofia óptica autossômica dominante

Sallum,Juliana Maria Ferraz; Farah,Michel Eid; Maumenee,Irene Hussels
Fonte: Conselho Brasileiro de Oftalmologia Publicador: Conselho Brasileiro de Oftalmologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2002 PT
Relevância na Pesquisa
36.903357%
Objetivos: A atrofia óptica autossômica dominante, tipo Kjer ou juvenil, é neuropatia óptica hereditária que causa perda de acuidade visual, anormalidades da visão de cores e defeitos do campo visual, caracterizada por palidez do disco óptico. O gene desta doença foi mapeado por análise de ligação genética em um intervalo de 1,4 cM no cromossomo 3q28-29 entre os marcadores microssatélites D3S3669 e D3S3562. Embora a maioria das famílias estudadas tenha mostrado ligação para a região cromossômica 3q28-29, uma família foi mapeada no cromossomo 18q12.2-12.3. Este trabalho analisa a ligação da atrofia óptica em três famílias com marcadores polimórficos para os cromossomos 3q28-29 e 18q12.2-12.3. Métodos: Cinqüenta e sete indivíduos de três famílias foram submetidos a exame oftalmológico e coleta de sangue. O DNA foi extraído e amplificado em reações de polimerase em cadeia (PCR) com marcadores polimórficos para os cromossomos 3q28-29 e 18q12.2-12.3. Os fragmentos de PCR foram mensurados em seqüenciador automático (373 DNA sequencer). Estes números foram utilizados como alelos para análise de haplótipos. Os "lod scores" foram calculados pelo programa MLINK. Resultados: Na primeira família houve suspeita da atrofia óptica mapear para o cromossomo 3q28-29...

Hemianopsia por lesão no corpo geniculado lateral. Importância diagnóstica da análise da camada de fibras nervosas pela tomografia por coerência óptica: relato de caso

Moura,Frederico Castelo; Lunardelli,Patrícia; Leite,Cláudia Costa; Monteiro,Mário Luiz Ribeiro
Fonte: Conselho Brasileiro de Oftalmologia Publicador: Conselho Brasileiro de Oftalmologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2005 PT
Relevância na Pesquisa
36.903357%
Lesões que acometem o corpo geniculado lateral (CGL) são as mais raras entre as afecções da via óptica. Os exames de neuro-imagem têm a importante função de identificar tais lesões. Entretanto, devido a seus tamanho e localização, a demonstração neuro-radiológica do corpo geniculado lateral e de suas lesões, podem eventualmente, ser dificultadas levando a confusão diagnóstica. O objetivo desse relato é documentar um caso raro de acometimento do corpo geniculado lateral e em que tomografia por coerência óptica teve participação relevante na confirmação do diagnóstico anatômico de lesão do corpo geniculado lateral. Paciente feminina de 39 anos, com diagnóstico prévio de uveíte e vasculite de sistema nervoso central por doença de Behçet, apresentou-se para a investigação de quadrantopsia temporal à direita. A imagem por ressonância magnética não mostrava lesão na via óptica. Evidenciou-se à oftalmoscopia, perda da camada de fibras nervosas retinianas peripapilar "em banda", que foi confirmada pela tomografia por coerência óptica. Esta observação, associada aos achados do exame neurológico levaram à forte suspeita de lesão no corpo geniculado lateral sendo então solicitada nova imagem por ressonância magnética...

Técnicas de Interferometria óptica aplicada à medicina, odontologia e comunicações ópticas

Torres Carvalho, Mariana; Stevens Leonidas Gomes, Anderson (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
36.989873%
No trabalho descrito nessa tese, utilizamos duas técnicas interferométricas. A refletometria óptica coerente no domínio das freqüências (COFDR, sigla para coherent optical frequency domain reflectometry ) e a tomografia por coerência óptica (TCO), cuja sigla em inglês é OCT para optical coherence tomography , ambas baseadas no interferômetro de Michelson. Essas técnicas foram utilizadas para aplicações em comunicações ópticas e na geração de imagens médicas e odontológicas. Faremos uma descrição geral sobre as técnicas de interferometria óptica. Discorremos um pouco sobre o desenvolvimento da interferometria na história da ciência e sobre alguns interferômetros e suas aplicações principais. As diferentes fontes de luz que podem ser utilizadas também serão discutidas. Descreveremos os princípios da técnica de COFDR e sua aplicação em comunicações ópticas, especialmente na caracterização de amplificadores ópticos. Iremos também descrever sobre o amplificador baseado em fibra dopada com túlio (AFDT) que foi desenvolvido em nossos laboratórios e as diferentes formas de bombeamento que podem ser empregadas. Mostraremos como a técnica de COFDR é eficiente, não só para otimizar o comprimento da fibra dos amplificadores...

Seroprevalence of NMO-IgG antibody in Brazilian patients with neuromyelitis optica; Soroprevalência do anticorpo NMO-IgG em pacientes brasileiros com neuromielite óptica

ADONI, Tarso; LINO, Angelina Maria Martins; MARCHIORI, Paulo Eurípedes; KOK, Fernando; CALLEGARO, Dagoberto
Fonte: Academia Brasileira de Neurologia - ABNEURO Publicador: Academia Brasileira de Neurologia - ABNEURO
Tipo: Artigo de Revista Científica
ENG
Relevância na Pesquisa
36.903357%
OBJECTIVE: To determine the seroprevalence of neuromyelitis optica antibody (NMO)-IgG in Brazilian patients with clinical diagnosis of relapsing neuromyelitis optica, also known as Devic's disease. METHOD: We determined NMO-IgG titers in 28 patients (25 of them females) that fulfilled the 1999 NMO diagnostic criteria proposed by Wingerchuk et al. RESULTS: NMO-IgG was detected in 18 NMO patients (64.3%). CONCLUSION: Our results showed that seroprevalence of NMO-IgG in Brazilian NMO patients was similar to the observed in other studies.; OBJETIVO: Determinar a soroprevalência do anticorpo neuromielite óptica (NMO)-IgG em pacientes brasileiros com diagnóstico de neuromielite óptica recorrente, também conhecida como doença de Devic. MÉTODO: Nós pesquisamos a presença do anticorpo NMO-IgG em 28 pacientes (25 do sexo feminino) que preenchiam os critérios diagnósticos para NMO propostos por Wingerchuk et al. em 1999. RESULTADOS: Dezoito pacientes (64,3%) apresentaram a pesquisa positiva do NMO-IgG. CONCLUSÃO: Nossos resultados demonstraram que a soroprevalência do anticorpo NMO-IgG em pacientes brasileiros com NMO é semelhante àquela encontrada em outros estudos.

Investigación en Optica Fisiologica en España: Un repaso a los orígenes; Research in Physiological Optics in Spain: A historical revision

Marcos, Susana; Artal, Pablo; Santamaría, Javier; Aguilar, Mariano; Plaza, Lorenzo
Fonte: Sociedad Española de Óptica Publicador: Sociedad Española de Óptica
Tipo: Artículo Formato: 645095 bytes; application/pdf
SPA
Relevância na Pesquisa
46.68374%
[ES]Se hace una revisión, no exhaustiva, de la historia de la investigación en Óptica Fisiológica que se desarrollo en España desde los años 40 a los primeros 80. El vigor actual de la investigación en este campo descansa en parte en la labor pionera reflejada en este artículo.; [EN]A non complete historical revision of the research activities in Physiological Optics in Spain is presented. In particular, some of the early accomplishments for the 40’s to the 80’s are revised. The successful current situation of the research in this field is in part due to the early work described in this article; Peer reviewed

Diferenciación de piel sana y lesiones cutáneas pigmentadas mediante espectroscopía de reflectancia óptica difusa; Discrimination among healthy skin and cutaneous pigmented lesions by diffuse reflectance optical spectroscopy

López Silva, Sonnia María; Cordo, M.; Sendra, J. R.; Viera, A.; Santana, A.
Fonte: Sociedad Española de Óptica Publicador: Sociedad Española de Óptica
Tipo: Artículo Formato: 708068 bytes; application/pdf
SPA
Relevância na Pesquisa
46.68374%
[ES]El diagnóstico diferencial de lesiones de piel pigmentadas puede resultar una labor difícil, incluso para dermatólogos experimentados. Una de las iniciativas encaminadas hacia el desarrollo de sistemas de diagnóstico fiables es la aplicación de técnicas espectroscópicas al estudio de patologías cutáneas. Hemos aplicado la espectroscopía de reflectancia óptica difusa en la región del visible hasta el infrarrojo cercano al estudio de piel sana y diferentes lesiones cutáneas pigmentadas. Presentamos el análisis de los espectros medidos en 550-1000 nm, y las características distintivas derivadas para la diferenciación de ambos grupos.; [EN]Differential clinical diagnosis of pigmented skin lesions may be a difficult problem, even for experienced clinicians. One of the initiatives toward the development of a more reliable dermatological diagnosis tool is the application of spectroscopy techniques to study skin pathologies. We have applied visible-near-infrared diffuse reflectance spectroscopy to study different healthy skins and cutaneous pigmented lesions. Here we present the analysis of the spectra recorded (550-1000 nm) in both skin groups, from which a new set of features has been derived to discriminate among them.; Este trabajo ha sido parcialmente financiado por los proyectos españoles FIS 01/0046-01...

Neuropatía óptica autoinmune recidivante bilateral en la infancia

García-Gómez,P.J.; Belzunce,A.; Salinas Alamán,A.; Heras,H.; Sádaba,L.M.
Fonte: Archivos de la Sociedad Española de Oftalmología Publicador: Archivos de la Sociedad Española de Oftalmología
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; journal article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion Formato: text/html; application/pdf
Publicado em 01/10/2006 SPA
Relevância na Pesquisa
36.903357%
Caso clínico: Niña de 10 años, que tras gastroenteritis por Yersinia debuta con neuritis óptica en ojo izquierdo. No recibe tratamiento y evoluciona a atrofia óptica. A los 6 meses presentó un episodio en el ojo contralateral, instaurándose tratamiento corticoideo. Durante su disminución progresiva sufre tres recaídas. Se decide instaurar tratamiento con inmunosupresores, manteniéndose estable desde entonces sin efectos secundarios. Discusión: Tras descartar las múltiples causas de neuritis óptica bilateral recidivante en una niña, se concluye que la etiología era autoinmune. Valorando los beneficios y riesgos del tratamiento con inmunosupresores creemos que permiten el control de la enfermedad y el ahorro corticoideo.