Página 6 dos resultados de 4560 itens digitais encontrados em 0.056 segundos

Produção do conhecimento em enfermagem: a (in) visibilidade da atenção à saúde do idoso

Veiga,Kátia Conceição Guimarães; Menezes,Tânia Maria de Oliva
Fonte: Universidade de São Paulo, Escola de Enfermagem Publicador: Universidade de São Paulo, Escola de Enfermagem
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2008 PT
Relevância na Pesquisa
96.02%
Esta pesquisa bibliográfica, exploratória e descritiva, com abordagem quantitativa, objetivou identificar a ocorrência de estudos de enfermagem na atenção à saúde do idoso e analisar a produção deste conhecimento em cinco periódicos de enfermagem publicados em 2005. Os resultados demonstraram que o número de publicações nesta área é bastante limitado, 3,7%. Estas publicações estão concentradas nos estados de São Paulo, 40%, e Rio de Janeiro, 28%; predominou a abordagem qualitativa, 50%, sendo identificados vários referenciais teórico-metodológicos. Os objetos mais estudados foram as necessidades em saúde e o cuidador, com 33,3% cada; o docente esteve presente na autoria de todas as publicações. Concluiu-se que há necessidade de produção de conhecimento de Enfermagem em Atenção à Saúde do Idoso e, para dar visibilidade a esta temática, faz-se necessário o reconhecimento e a consolidação desta especialidade enquanto área de atuação profissional, pesquisadores competentes e política nacional de incentivo a pesquisa.

Envelhecimento e saúde da pessoa idosa

Antunes, Maria José Moraes; Universidade Aberta do SUS - UNASUS, Coordenação geral UNASUS/UFMA
Fonte: Universidade Aberta do SUS Publicador: Universidade Aberta do SUS
Publicado em // PT_BR
Relevância na Pesquisa
95.98%
Traça o perfil da população idosa do Brasil discutindo os programas e as organizações oficiais de atendimento deste público alvo, além de abordar o caráter legal de proteção ao idoso. O recurso é parte do módulo de Saúde do Idoso, do Curso de Especialização em Saúde da Família - Provab, da Universidade Federal do Maranhão

Envelhecimento e saúde da pessoa idosa: questões da prática assistencial para medicina

Universidade Aberta do SUS - UNASUS, Coordenação geral UNASUS/UFMA; Costa, Dayana Dourado de Oliveira; Moura, Germano Silva
Fonte: Universidade Aberta do SUS Publicador: Universidade Aberta do SUS
Publicado em // PT_BR
Relevância na Pesquisa
95.93%
Discute a atuação clínica no cuidado aos principais agravos da saúde do idoso, além de identificar as ações de saúde relacionadas à assistência à população idosa, no nível de atuação do médico clínico. O recurso é o Módulo 10: Envelhecimento e saúde da pessoa idosa: questões da prática assistencial para medicina, do Curso de Especialização em Saúde da Família - Provab, da Universidade Federal do Maranhão.

Saúde do idoso

Universidade Federal do Maranhão - UNA-SUS
Fonte: Universidade Aberta do SUS Publicador: Universidade Aberta do SUS
Publicado em // PT_BR
Relevância na Pesquisa
95.95%
A redução da mortalidade, a queda na fecundidade e o aumento da expectativa de vida são alguns dos processos incentivadores do envelhecimento da população, e isso tem criado novos desafios que exigem respostas urgentes. A atenção à saúde da pessoa idosa requer o desenvolvimento e o aperfeiçoamento da atenção básica em saúde no SUS, logo se percebe a importância das ações e estratégias a serem desenvolvidas no âmbito da atuação das equipes de Saúde da Família, envolvendo médicos, enfermeiros e dentistas que de forma integralizada devem compreender os principais agravos em saúde da pessoa idosa, reconhecendo situações de risco, além de identificar as ações de saúde relacionadas à pessoa idosa e assim favorecer a promoção de saúde

Especialização em Saúde da Família: Núcleo Profissional Enfermagem: Caso Agenor - Conteúdo: Promoção de práticas preventivas referentes à saúde do adulto Exercícios de Fixação dos conteúdos da Enfermagem

Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre, UFCSPA/UNA-SUS
Fonte: Universidade Aberta do SUS Publicador: Universidade Aberta do SUS
Publicado em // PT_BR
Relevância na Pesquisa
95.93%
Questões de múltipla escolha sobre práticas preventivas para a saúde do adulto.

Envelhecimento e Saúde da Pessoa Idosa: políticas, programas e rede de atenção à saúde do idoso

Universidade Aberta do SUS da Universidade Federal do Maranhão - UNA-SUS/UFMA
Fonte: Universidade Aberta do SUS Publicador: Universidade Aberta do SUS
Publicado em // PT_BR
Relevância na Pesquisa
95.94%
Unidade 1 do módulo de Envelhecimento e Saúde da Pessoa Idosa do curso de especialização em Saúde da Família produzido pela UNA-SUS/UFMA, com apresentação visual trabalhada para atender aos alunos participantes do programa Mais Médicos. Neste material apresenta-se políticas e programas importantes que visam garantir integralmente o direito à saúde para população idosa.

Envelhecimento e saúde da pessoa idosa: acompanhamento longitudinal do idoso

Universidade Aberta do SUS da Universidade Federal do Maranhão - UNA-SUS/UFMA
Fonte: Universidade Aberta do SUS Publicador: Universidade Aberta do SUS
Publicado em // PT_BR
Relevância na Pesquisa
95.98%
Unidade 2 do módulo de Envelhecimento e Saúde da Pessoa Idosa do curso de especialização em Saúde da Família produzido pela UNA-SUS/UFMA, com apresentação visual trabalhada para atender aos alunos participantes do programa Mais Médicos. Neste material apresenta-se a avaliação e diagnóstico multidimensional como processo essencial ao acompanhamento longitudinal do idoso.

Prevenção de quedas e fraturas na atenção à saúde do idoso no Rio Grande do Sul, Brasil

Caberlon, Iride Cristofoli
Fonte: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre Publicador: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre
Tipo: Dissertação de Mestrado
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
95.97%
Quedas e fraturas em pessoas idosas representam um problema de saúde pública relevante frente ao processo de longevidade da população brasileira. Estas estão associadas a elevados índices de morbimortalidade, redução da capacidade funcional, aumento da fragilização, de institucionalização do idoso e óbito precoce. A influência dos fatores ambientais no risco de quedas associa-se ao estado funcional e a mobilidade daquelas pessoas idosas com alterações de equilíbrio e marcha. Embora existam estudos científicos no Brasil que indicam que há associação das quedas e fraturas com o clima em idosos, no Rio Grande do Sul esta problemática ainda é pouco estudada. Frente a esta realidade o presente estudo teve como objetivo geral investigar quedas e fraturas em pessoas idosas (60 anos e mais), residentes em municípios da região metropolitana e da serra gaúcha do Estado do Rio Grande do Sul/Brasil. Caracterizou-se por ser um estudo transversal, retrospectivo, descritivo-analítico, quantitativo, de idosos atendidos por queda no ano de 2010. Os dados foram coletados a partir dos 6. 633 boletins de atendimentos de idosos de quatro Unidades de Urgência e Emergência (UAUEH) do SUS do RS/Brasil. A amostra final foi de 6. 556 idosos atendidos por queda...

A psicologia na assistência do idoso

Universidade Aberta do SUS da Universidade do Estado do Rio de Janeiro - UNA-SUS/UERJ
Fonte: Universidade Aberta do SUS Publicador: Universidade Aberta do SUS
Formato: Backup Moodle e pacote HTML contendo os arquivos do Módulo Eletivo 06 do Curso de Especialização em Saúde da Pessoa Idosa.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
95.98%
'A psicologia na assistência do idoso' é o Módulo Eletivo 06 do Curso de Especialização em Saúde da Pessoa Idosa da UNA-SUS/UERJ. Dividido em 03 unidades, o Módulo aborda o processo de envelhecimento como etapa do desenvolvimento humano, os aspectos relevantes em relação à qualidade de vida e às relações interpessoais na velhice e o projeto de vida, com ênfase na questão da aposentadoria.; 1.0; Ministério da Saúde do Brasil

Plano de trabalho e avaliação do idoso

Universidade Federal do Maranhão - UFMA, Coordenação UNA-SUS/UFMA; Rocha, Sebastião; Loyola, Cristina Maria Douat
Fonte: Universidade Aberta do SUS Publicador: Universidade Aberta do SUS
Formato: Recurso textual estruturado em formato de tabela
PT_BR
Relevância na Pesquisa
95.98%
Expõe indicadores relacionados ao Plano de Trabalho e avaliação do idoso.; 1.0

Envelhecimento e saúde da pessoa idosa

Universidade Aberta do SUS da Universidade Federal do Maranhão - UNA-SUS/UFMA
Fonte: Universidade Aberta do SUS Publicador: Universidade Aberta do SUS
Formato: Backup Moodle de módulo composto por 3 unidades que contém textos e livros online.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
96.02%
Módulo 10 do curso de especialização em Saúde da Família produzido pela UNA-SUS/UFMA, com apresentação visual trabalhada para atender aos alunos participantes do programa Mais Médicos. Este material aborda temas relacionados à saúde do idoso como o manejo clínico de síndromes geriátricas e peculiaridades das doenças crônicas, o papel do médico atuante na Atenção Básica ante esses casos, e a instituição de programas e políticas que visam garantir o direito à saúde para população idosa.; Ministério da Saúde

Envelhecimento e Saúde da Pessoa Idosa: políticas, programas e rede de atenção à saúde do idoso

Universidade Aberta do SUS da Universidade Federal do Maranhão - UNA-SUS/UFMA
Fonte: Universidade Aberta do SUS Publicador: Universidade Aberta do SUS
Tipo: Texto Formato: PDF de 42 páginas contendo textos e imagens.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
96.03%
Unidade 1 do módulo de Envelhecimento e Saúde da Pessoa Idosa do curso de especialização em Saúde da Família produzido pela UNA-SUS/UFMA, com apresentação visual trabalhada para atender aos alunos participantes do programa Mais Médicos. Neste material apresenta-se políticas e programas importantes que visam garantir integralmente o direito à saúde para população idosa.; Ministério da Saúde

Esquema sobre os direitos do idoso institucionalizado

Neto, José Martins Ferreira; Universidade Aberta do Sistema Único de Saúde - UNA-SUS; Universidade do Estado do Rio de Janeiro - UERJ
Fonte: Universidade Aberta do SUS Publicador: Universidade Aberta do SUS
Tipo: Imagem Formato: Ilustração estática colorida de diagrama em formato .jpg
PT_BR
Relevância na Pesquisa
96.02%
Ilustração de diagrama com esquema de conceitos relacionados aos Direitos do Idoso Institucionalizado.; 1.0; Ministério da Saúde do Brasil

O agente comunitário de saúde e as ações da Estratégia Saúde da Família

Universidade Aberta do SUS da Universidade Federal do Maranhão - UNA-SUS/UFMA
Fonte: Universidade Aberta do SUS Publicador: Universidade Aberta do SUS
Tipo: Texto Formato: Recurso textual no formato PDF contendo 19 páginas.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
95.97%
Módulo 10 do Curso de Capacitação em Saúde da Pessoa Idosa, produzido pela UNA-SUS/UFMA. Aborda os princípios de organização da Atenção Básica por meio da Estratégia Saúde da Família, com enfoque nas atribuições do agente comunitário de saúde no contexto da assistência multiprofissional. Apresenta também o conceito de Rede de Atenção à saúde do idoso e os estabelecimentos de saúde que a integram.; Ministério da Saúde

O processo de adaptação do idoso aos dispositivos desenvolvidos pelo terapeuta ocupacional

Universidade Aberta do SUS da Universidade Federal do Maranhão - UNA-SUS/UFMA
Fonte: Universidade Aberta do SUS Publicador: Universidade Aberta do SUS
Formato: Material interativo em formato HTML contendo imagens coloridas e botões de ação.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
95.97%
O material é componente do Curso de Especialização em Saúde da Pessoa Idosa da UNA-SUS/UFMA. Trata-se de um recurso educacional interativo que apresenta sete aspectos que envolvem o processo de adaptação do idoso à reestruturação da sua rotina diária de acordo com os dispositivos assistivos confeccionados ou prescritos pelo terapeuta ocupacional.; Ministério da Saúde

Saúde da pessoa idosa: rede de apoio social

Universidade Aberta do SUS da Universidade Federal do Maranhão - UNA-SUS/UFMA
Fonte: Universidade Aberta do SUS Publicador: Universidade Aberta do SUS
Formato: Material interativo em formato HTML contendo imagens coloridas e botões de ação.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
95.95%
Material que compõe a unidade 2 do módulo eletivo 4 “Terapia ocupacional na saúde da pessoa idosa” do curso de especialização em Saúde da Pessoa Idosa produzido pela UNA-SUS/UFMA. Apresenta a definição e o papel do terapeuta ocupacional em algumas instituições que fazem parte da rede de atenção à saúde do idoso.; Ministério da Saúde

Envelhecimento e saúde da pessoa idosa: questões da prática assistencial para medicina

Universidade Aberta do SUS - UNASUS, Coordenação geral UNASUS/UFMA; Costa, Dayana Dourado de Oliveira; Moura, Germano Silva
Fonte: Universidade Aberta do SUS Publicador: Universidade Aberta do SUS
Formato: Recurso contendo texto em formato pdf com 78 páginas e versão em html
PT_BR
Relevância na Pesquisa
96.02%
Discute a atuação clínica no cuidado aos principais agravos da saúde do idoso, além de identificar as ações de saúde relacionadas à assistência à população idosa, no nível de atuação do médico clínico. O recurso é o Módulo 10: Envelhecimento e saúde da pessoa idosa: questões da prática assistencial para medicina, do Curso de Especialização em Saúde da Família - Provab, da Universidade Federal do Maranhão.

Knowledge production in nursing: the (in)visibility of the attention to the health of the elderly; Producción del conocimiento en enfermería: la (in) visibilidad en la atención a la salud del anciano; Produção do conhecimento em enfermagem: a (in) visibilidade da atenção à saúde do idoso

Veiga, Kátia Conceição Guimarães; Menezes, Tânia Maria de Oliva
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf; application/pdf
Publicado em 01/12/2008 POR; ENG
Relevância na Pesquisa
96.02%
Bibliographical, exploratory and descriptive research, with a quantitative approach, aiming at identifying the occurrence of nursing studies about healthcare for the elderly and analyzing the production of this knowledge in five nursing journals published in 2005. The results show that the number of journals in this area is very limited, 3.7%. These journals are concentrated in the states of São Paulo, 40%, and Rio de Janeiro, 28%. Qualitative approaches were predominant, 50%, with several theoretical methodological references being identified. The objects most often studied were the healthcare necessities and the caretaker, with 33.3% each; the professor was present in every article published. It is concluded that there is a necessity for knowledge production in Nursing about health-care for elderly patients. In order to make this theme more visible, it is necessary to recognize and consolidate this specialty as a professional area, have competent researchers and a national policy of research incentives.; Esta investigación bibliográfica, exploratoria y descriptiva con enfoque cuantitativo, buscó identificar estudios de enfermería en la atención a la salud del anciano y analizar la producción de este conocimiento en cinco periódicos de enfermería publicados en 2005. Los resultados demostraron que el número de publicaciones en esta área es muy limitada (3.7%). Estando centralizada en los estados de São Paulo (40%) y Rio de Janeiro (28%)...

Tendência da mortalidade por doenças respiratórias em idosos do Estado de São Paulo, 1980 a 1998; Trends in mortality due to respiratory diseases in elderly, Brazil, 1980 to 1998

Francisco, Priscila Maria Stolses Bergamo; Donalisio, Maria Rita de Camargo; Lattorre, Maria do Rosário Dias de Oliveira
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/04/2003 POR
Relevância na Pesquisa
96.03%
INTRODUÇÃO: A maior expectativa de vida no País e a queda da mortalidade trazem desafios aos programas sociais de atenção ao idoso, em especial na área na saúde. O objetivo do estudo foi analisar a tendência da mortalidade por doenças do trato respiratório em idosos. MÉTODOS: O estudo foi realizado com dados de mortalidade em idosos no Estado de São Paulo, no período de 1980 a 1998. Os dados foram obtidos do Sistema de Informações de Mortalidade do Ministério da Saúde (SIM/MS/DATASUS). Trata-se de um estudo ecológico de séries temporais onde foram analisadas as tendências das taxas padronizadas de mortalidade por doenças do aparelho respiratório, segundo faixas etárias (60 a 69, 70 a 79 e 80 ou mais anos), utilizando modelos de regressão linear. Descreve-se a mortalidade proporcional das doenças respiratórias frente às demais causas. RESULTADOS: Observou-se, no período, tendência crescente das taxas de mortalidade para ambos os sexos, principalmente a partir da faixa etária de 80 anos ou mais, havendo aumento na proporção de óbitos por doenças respiratórias em relação às demais causas. CONCLUSÕES: As doenças respiratórias são causas preocupantes de hospitalização e morte, particularmente na população idosa. As ações de prevenção e assistência a estas causas...

Tendência da mortalidade por doenças respiratórias em idosos do Estado de São Paulo, 1980 a 1998

Francisco,Priscila Maria Stolses Bergamo; Donalisio,Maria Rita de Camargo; Lattorre,Maria do Rosário Dias de Oliveira
Fonte: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2003 PT
Relevância na Pesquisa
96.03%
INTRODUÇÃO: A maior expectativa de vida no País e a queda da mortalidade trazem desafios aos programas sociais de atenção ao idoso, em especial na área na saúde. O objetivo do estudo foi analisar a tendência da mortalidade por doenças do trato respiratório em idosos. MÉTODOS: O estudo foi realizado com dados de mortalidade em idosos no Estado de São Paulo, no período de 1980 a 1998. Os dados foram obtidos do Sistema de Informações de Mortalidade do Ministério da Saúde (SIM/MS/DATASUS). Trata-se de um estudo ecológico de séries temporais onde foram analisadas as tendências das taxas padronizadas de mortalidade por doenças do aparelho respiratório, segundo faixas etárias (60 a 69, 70 a 79 e 80 ou mais anos), utilizando modelos de regressão linear. Descreve-se a mortalidade proporcional das doenças respiratórias frente às demais causas. RESULTADOS: Observou-se, no período, tendência crescente das taxas de mortalidade para ambos os sexos, principalmente a partir da faixa etária de 80 anos ou mais, havendo aumento na proporção de óbitos por doenças respiratórias em relação às demais causas. CONCLUSÕES: As doenças respiratórias são causas preocupantes de hospitalização e morte, particularmente na população idosa. As ações de prevenção e assistência a estas causas...