Página 4 dos resultados de 250 itens digitais encontrados em 0.001 segundos
Resultados filtrados por Publicador: Universidade Federal de Pernambuco

Estrutura eletrônica e propriedades espectroscópicas de compósitos polianilina/ouro: uma investigação ab initio

Vinicius Almeida Fernandes de Figueirêdo, Marcus; Pinto de Melo, Celso (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
27.511782%
Este trabalho teve como propósito investigar, com base em métodos teóricos de química quântica a nível ab initio, a possível influência que um número pequeno de átomos de ouro possa ter sobre o espectro de absorção e fluorescência de oligômeros de polianilina. Para tal, fizemos uso do método Hartree-Fock para otimização de geometria do estado fundamental e o método CIS (interação de configuração simples) para otimização do primeiro estado excitado e obtenção do espectro eletrônico. Além de considerarmos diferentes estados de oxidação da polianilina, também variamos o tamanho do aglomerado de ouro (considerando 1, 3 e 5 átomos de ouro) ligado a cada extremidade do oligômero. Além dos espectros de absorção e fluorescência, analisamos também os diagramas de energia e o comportamento da localização espacial dos orbitais moleculares de fronteira. Uma regra geral importante pode ser identificada: qualquer transição observada no espectro do nanocompósito deve corresponder à interação entre dois orbitais moleculares com localização espacial em uma mesma região do sistema Aun-S-polianilina-S-Aun. Observamos também uma tendência em surgirem transições na região do visível quando o oligômero está sob a influência do aglomerado de ouro...

Aplicação de géis de polifosfatos à construção de dispositivos eletroquímicos

Skovroinski, Euzébio; Galembeck, André (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
27.63332%
Materiais híbridos entre géis de polifosfato de alumínio e ferro, polianilina e materiais carbonáceos, foram sintetizados e utilizados como materiais para eletrodos na construção de dispositivos eletroquímicos. Os géis de polifosfato de alumínio e ferro, os materiais carbonáceos, bem como os híbridos formados entre estes materiais e a polianilina, foram caracterizados por diversas técnicas, tais como, análise termogravimétrica, espectroscopia Raman, espectroscopia de UV-vis, espectroscopia de IV, espectroscopia de impedância, difratometria de raios-X, microscopia eletrônica de transmissão e medidas de área superficial BET. Com os materiais de eletrodos sintetizados, foram montados dois tipos de dispositivos eletroquímicos: baterias e capacitores. As baterias foram montadas com os materiais híbridos sendo utilizados como catodos, zinco como anodo e, como eletrólito, NH4Cl e ZnCl2 aquosos e caracterizadas por descarga a corrente constante. A bateria construída com o carbono grafite foi a que apresentou o melhor desempenho. Duas séries de capacitores foram montadas utilizando-se os materiais sintetizados como eletrodos: uma das séries com a presença do polímero condutor e a outra sem o polímero. Os capacitores foram caracterizados por espectroscopia de impedância eletroquímica...

Desenvolvimento de biossensores para detecção de infecções virais baseados em eletrodos quimicamente modificados

Souza, Paula Virgínia de Vasconcelos; Carvalho Júnior, Luiz Bezerra de (Orientador); Nascimento, Gustavo Alves do (Coorientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Tese de Doutorado
BR
Relevância na Pesquisa
27.511782%
Os métodos de diagnósticos clínicos convencionais, para detecção de infecções virais, geralmente demandam tempo, alto custo, reagentes e equipamentos laboratoriais. Os biossensores voltamétricos são excelentes alternativas de detecção viral, pois apresentam grande praticidade, rapidez, portabilidade, baixo custo e alta sensibilidade. Eletrodos quimicamente modificados (EQM) por polímeros condutores (poliacetileno, polianilina, polipirrol e politiofeno), são bastante sensíveis, com grande potencial de aplicação, constituindo excelentes alternativas para melhorar o desempenho de um sensor. Tais polímeros são constituídos por ligações duplas conjugadas que são responsáveis pelo aumento de condutividade. O objetivo deste estudo foi o desenvolver métodos diagnósticos label-free para detecção dos vírus papilomavírus bovino (BPV) e dengue (DENV), fabricados em eletrodos quimicamente modificados por Polianilina (PANI) e polipirrol (PPy) respectivamente. Foi utilizado como método para detecção viral de BPV um sistema genossensor elaborado a partir de eletrodos baseados em membranas de alumina anódica (AAO), polimerizadas quimicamente por Polianilina. Sondas de oligonucleotídeos de alta seletividade...