Página 22 dos resultados de 9459 itens digitais encontrados em 0.007 segundos
Resultados filtrados por Publicador: Universidade Federal de Pernambuco

Instrumentação para espectroscopia de modos ópticos com alto fator de qualidade em microesferas de sílica

Lucas Siqueira de Lima e Silva, Rodolfo; de Souza Menezes, Leonardo (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
36.633733%
Neste trabalho, realizou-se a instrumentação eletrônica de um laser de diodo sintonizável com cavidade estendida para espectroscopia no visível dos automodos de microesferas de sílica. Para isto, é desejável desenvolver uma fonte de luz sintonizável por alguns GHz, apresentando uma largura de linha máxima de 1 MHz, já que o intervalo espectral livre das microcavidades de interesse é de poucas centenas de GHz e as suas ressonâncias ópticas são muito estreitas ( 10 MHz). Esta ferramenta é um laser de diodo sintonizável, montado com uma cavidade externa, em uma configuração tipo Littrow. Foi necessário construir um circuito eletrônico para estabilizar a corrente e a temperatura do laser de diodo e instalá-lo em uma montagem mecânica que permite o estreitamento da largura de linha do laser, assim como a varredura do seu comprimento de onda, sem salto de modos, no maior intervalo possível. Para realizar a caracterização do laser, foi projetado e construído um interferômetro Fabry-Perot confocal. Para fabricar as microesferas, é utilizado um laser de CO2 para derreter um pedaço de fibra óptica de telecomunicações, colado dentro de um túbulo de cobre. Ao absorver a energia do laser, a sílica derrete e...

Éteres coroa com íons lantanídeos: de compostos de coordenação a novos materiais nanoestruturados de sílica

Freire Belian, Mônica; Alves Junior, Severino (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
36.633733%
Com o objetivo de desenvolver novos materiais e ligantes, baseados em éteres coroa, capazes de coordenarem um ou mais íons lantanídeos, o presente trabalho mostra a síntese de compostos de coordenação mono e binucleares, livres ou ligados às matrizes de sílica. As caracterizações foram realizadas via análise elementar, análise termogravimétrica, espectroscopia na região do infravermelho e ultravioleta, ressonância magnética nuclear de 1H e 13C. Um estudo minucioso, acerca dos compostos inéditos sintetizados, mostrou a necessidade da substituição das moléculas de água (1a esfera de coordenação) por ligantes heterobi(tri)aris (bipiridina, fenantrolina e terpiridina); esses bem descritos na literatura, geralmente otimizam o processo de luminescência. Os dados de análise elementar (experimentais e teóricos) dos compostos sintetizados apresentaram boa concordância; confirmando assim, as fórmulas mínimas propostas. Os dados da espectroscopia na região do ultravioleta e infravermelho corroboraram para intuir que os ligantes encontram-se coordenados aos íons lantanídeos. A espectroscopia de luminescência, para os compostos de coordenação, mostrou que os sistemas mononucleares apresentam maior intensidade de luminescência quando comparados aos binucleares e às matrizes de sílica. Apenas o sistema NanoSilTb apresentou intensa luminescência...