Página 15 dos resultados de 356 itens digitais encontrados em 0.004 segundos

Múltiplas injeções de nanopartículas magnéticas a base de maguemita recobertas com ácidomeso -2,3- Dimercaptosuccínico em camundongos : biocompatibilidade e toxicidade

Moreira, Vanessa Carvalho
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
27.146787%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde, 2012.; A nanotecnologia representa, atualmente, uma área de grande interesse.Materiais nanoestruturados, como as nanopartículas magnéticas (NPMs) são uma ferramenta promissora para várias aplicações biomédicas como. por exemplo,sistemas entregadores de drogas, agente de contraste em imagem de tomografia computadorizada e ressonância magnética. No entanto, é necessário avaliar os efeitos causados por múltiplas administrações destas nanopartículas, para que estas possam se tornar uma ferramenta segura e amplamente utilizada. Desta forma, este trabalho tem o intuito de avaliar a biocompatibilidade e toxicidade de nanopartículas magnéticas a base de maguemita recobertas com ácido meso-2,3-dl mercaptosuccínico (NPMs-DMSA). Após múltiplas Injeções endovenosas, em camundongos Swiss macho. Para atingir este objetivo. 100 uL de NPMs-DMSA contendo cerca de 2,78x101E partículas/mL foram administrados a cada 15 dias até completar um período total de 45 dias, sendo eutanasiados 90 dias após o início da administração de NPMs-DMSA. Nos tempos de 30, 45, 60 e 90 dias os animais foram submetidos à microtomografia computadorizada. O tamanho e o potencial de carga de superfície das NPMs foram estudados e apresentaram diâmetro médio de8 nm e carga negativa (- 53.7 mV). A análise dos animais no microtomógrafo mostrou que as nanopartículas magnéticas não causaram alterações pulmonares visíveis e nem promoveram diferença significativa entre as densidades do pulmão. Após 90 dias do início da aplicação de múltiplas injeções de NPMs-DMSA testes hematológicos e bioquímicos realizados no sangue não mostraram alterações relevantes; a viabilidade de células da medula óssea e peritoneais não foi afetada ea análise histopatológica...

Avaliação da atividade antifúngica da anfotericina b conjugada com nanopartículas magnéticas estabilizadas com bicamada de ácido laurico no tratamento da paracoccidioidomicose

Saldanha, Camila de Arruda
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Tese
POR
Relevância na Pesquisa
27.146787%
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Instituto de Biologia, Programa de Pós-Graduação em Biologia Animal, 2012.; A paracoccidioidomicose, Pbmicose, é uma micose sistêmica autóctone da América central e do sul, de caráter endêmico entre as populações de zona rural. Dentre os fármacos mais utilizados no tratamento da Pbmicose destacam-se o Itraconazol e a Anfotericina B. Este último possui amplo espectro antifúngico e potente atividade fungicida. Apesar disso, induz em humanos diversos efeitos adversos, principalmente a nefrotoxicidade. Nesse contexto, novas estratégias tais como a ligação da Anfotericina B a estruturas biocompatíveis têm sido desenvolvidas para diminuir a sua concentração no plasma sanguíneo e aumentar nos órgãos alvos da terapia e, assim, reduzir os efeitos colaterais induzidos por esse fármaco. Dentre essas estruturas destacam-se os materiais nanoestruturados como as nanopartículas magnéticas. Entretanto, para serem utilizadas na biomedicina essas nanopartículas devem ser biodegradáveis, hemocompatíveis e não tóxicas ao organismo. Para tal, é importante que elas sejam recobertas por substâncias estabilizantes. Nesse sentido, a fim de desenvolver um sistema controlado de entrega de drogas e de reduzir os efeitos colaterais da Anfotericina B...

Estudo de nanocompósitos formados por partículas de óxidos de ferro e polímeros por meio da espectroscopia Raman

Letti, Camila Jéssica
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
27.146787%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Física, 2013.; O objetivo deste trabalho é estudar o processo de oxidação de nanopartículas de magnetita encapsuladas em matriz polimérica por meio da espectroscopia Raman. Os nanocompósitos híbridos formados por partículas de magnetita e polieletrólito poli(estireno sulfonato de sódio) foram depositados por meio da técnica de automontagem camada por camada. As nanopartículas de magnetita foram sintetizadas por meio da técnica de coprecipitação em meio aquoso e posteriormente estabilizadas como coloide magnético ácido. A dispersão coloidal foi empregada como fonte de nanopartículas para a fabricação dos nanocompósitos formados por multicamadas de nanopartículas de magnetita e de polieletrólito, com espessura na faixa de 20 a 200 nm. O monitoramento do crescimento dos filmes foi realizado por meio da espectrospia UV-vis, enquanto a morfologia da superfície dos nanocompósitos depositados foi investigada por meio da técnica de microscopia de força atômica. A análise dos espectros Raman mostrou que o processo de oxidação das nanopartículas de magnetita encapsuladas na matriz polimérica, provocado pelo laser incidente depende da morfologia da amostra. _______________________________________________________________________________________ ABSTRACT; The aim of this study is the preparation and characterization of hybrid nanocomposite films formed by magnetite nanoparticles and the polyelectrolyte sodium sulfonated polystyrene...

Estabilidade térmica de materiais nanoestruturados

Rúben Filipe da Silva Santos
Fonte: Universidade do Porto Publicador: Universidade do Porto
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
27.146787%

Ab-initio design of bulk materials assembled with silicon clusters

Reis, Carlos António Loia Santos, 1974-
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em //2011 ENG
Relevância na Pesquisa
27.146787%
Tese de doutoramento, Física, Universidade de Lisboa, Faculdade de Ciências, 2011; The fact that the founding papers of Density Functional Theory are among the most cited papers ever, testi es for the importance of Quantum Mechanics and its (often) counter intuitive features in characterizing many-particle systems at a nano and sub-nano scale. Density Functional Theory has enabled one to use the computer to predict quantitatively several of the properties of the aforementioned many-particle systems. The prediction of new materials, often exhibiting meta-stability, is one of its distinctive features. In this work we will discuss a new class of meta-materials which, being silicon based, exhibit properties which in no way resemble those of its main constituent. We investigate the feasibility of assembling the exceptionally stable isovalent X@Si16 (X=Ti, Zr and Hf) nanoparticles to form new bulk materials. We use rst principles density functional theory. Our results predict the formation of stable, wide band-gap materials crystallizing in HCP structures in which the cages bind weakly, similar to fullerite. The present study suggests new pathways through which endohedral cage clusters may constitute viable means toward the production of synthetic materials with pre-de ned physical and chemical properties. Within the same rst-principles framework we will investigate the vibrational modes and infrared spectra of the isovalent X@Si16 (X=Ti...

Desenvolvimento de nanocompósitos à base de amido de batata

Brito,Luciana Macedo; Tavares,Maria Inês Bruno
Fonte: Associação Brasileira de Polímeros Publicador: Associação Brasileira de Polímeros
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2013 PT
Relevância na Pesquisa
27.146787%
Nanocompósitos de amido de batata foram preparados pelo método de intercalação por solução, com a adição de argilas montmorilonita: organicamente modificada (Viscogel B8) e não modificada argila sódica (NT25) e de sílicas: modificada (R972) e não modificada (A200). Os nanocompósitos foram caracterizados pelas técnicas convencionais de difratometria de raios X e análise termogravimétrica. Foram caracterizados também por uma técnica denominada como não convencional, a ressonância magnética nuclear (RMN) de baixo campo, que é alternativa e efetiva na caracterização de nanocompósitos. Com ela, pode-se investigar a dispersão das nanocargas pelo grau de intercalação e/ou esfoliação, além de verificar a distribuição e modificações da mobilidade molecular da matriz polimérica. Os materiais nanoestruturados obtidos com as argilas apresentaram boa dispersão e formação de nanomateriais mistos, com diferentes graus de intercalação e esfoliação. Ao adicionar as sílicas na matriz de amido pode-se observar uma diminuição da mobilidade do material, este efeito foi observado para ambas às sílicas utilizadas. Utilizando a técnica de TGA verificou-se um ligeiro aumento na estabilidade térmica do material produzido em relação ao amido.

Dispersão de nanopartículas de ZrO2 visando produção de nanocompósitos de ZrO2 em matriz de Al2O3

Pierri,J. J.; Maestrelli,S. C.; Pallone,E. M. J. A.; Tomasi,R.
Fonte: Associação Brasileira de Cerâmica Publicador: Associação Brasileira de Cerâmica
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2005 PT
Relevância na Pesquisa
27.146787%
Sistemas de materiais nanoestruturados são mais comumente definidos como aqueles que contêm pelo menos uma característica microestrutural com dimensões nanométricas (até 150 nm). O interesse em nanocompósitos de matriz cerâmica está associado à melhoria nas propriedades mecânicas e ao desgaste. Dispersões de pequenas quantidades de inclusões de zircônia nanométrica em corpo cerâmico de matriz de alumina, propiciam pelo menos um efeito benéfico: inibir o crescimento de grãos durante a sinterização. Um problema enfrentado para essa dispersão é decorrente da tendência das partículas nanométricas formarem aglomerados. Neste trabalho foram utilizados dois procedimentos distintos de dispersão da zircônia na matriz de alumina. A zircônia foi adicionada nas proporções volumétricas de 1%, 3% e 5%. Amostras foram conformadas por prensagem uniaxial seguida de prensagem isostática. Após sinterização, foi determinada a densidade aparente e realizada a caracterização microestrutural das amostras. Os resultados mostram significativa diferença na dispersão das nanopartículas de ZrO2 resultante dos dois procedimentos empregados, sendo que a melhor dispersão aumenta o efeito de refino na microestrutura e permite a obtenção de maior densificação pelo processo de sinterização sem aplicação de pressão.

Aplicações biotecnológicas de membranas de alumina anódica

Bezerra de Oliveira, Givanildo; Bezerra de Carvalho Junior, Luiz (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
27.146787%
Na elaboração de materiais nanoestruturados, a anodização do alumínio para obtenção de membranas de alumina anódica auto-organizadas tem se revelado ferramenta útil. Elas apresentam elevado grau de ordenamento que se configuram em arranjo de células hexagonais, com poros centrais e individualizados, não interconectados. Este trabalho propôs-se empregar as membranas como parte de um compósito nanoestruturado com vistas ao seu emprego como matriz para imobilização de proteínas. As membranas foram sintetizadas pela anodização de fitas de alumínio de alta pureza, verificando-se que para sua obtenção com alto padrão de organização era necessário um controle rígido do acabamento superficial do alumínio e da temperatura de anodização. O polimento eletroquímico, em uma mistura de ácido perclórico/etanol, foi superior ao químico em relação ao desbastamento da superfície, dando um aspecto espelhado à fita de alumínio (eletrodo). Filmes com bom ordenamento foram obtidos empregando-se eletrodos polidos eletroquimicamente e anodizados a baixas temperaturas. Nanocompósitos de membranas de alumina anódica com polianilina (PANI) e polietilenimina (PEI) foram sintetizados e a eles foram covalentemente imobilizadas duas enzimas importantes biotecnologicamente: peroxidase e tripsina. O compósito com PANI foi obtido tratando-se a membrana com permanganato de potássio...

Aplicação de Pontos Quânticos de CdTe e Conjugados a Concanavalina A e Antigalectina-3 em Protocolos de Marcação Histoquímica de Lesões da Mama

Tenório, Denise
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Tese de Doutorado
BR
Relevância na Pesquisa
27.146787%
Pontos quânticos são nanocristais de semicondutores que apresentam diâmetro entre 1 – 10 nm. O confinamento quântico dos elétrons a espaços limitados faz com que as propriedades dos materiais nanoestruturados se tornem dependentes do tamanho do cristal, tornando as propriedades físicas e químicas apresentadas pelos nanocristais muito diferentes daquelas apresentadas por seus respectivos cristais macroscópicos, ou bulk; onde as propriedades ópticas recebem destaque particular. Neste trabalho, foram preparados pontos quânticos de CdTe conjugados a lectina concanavalina A, Con A, e ao anticorpo antigalectina-3, Antigal-3, objetivando sua ligação específica a tecidos de mama (normal, com fibroadenoma e com carcinoma ductal invasivo). Os pontos quânticos foram preparados com ácido 3-mercaptopropiônico, AMP, e ácido mercaptosuccínico, AMS, após 3 e 12 horas de aquecimento, respectivamente. A eficiência da conjugação foi superior a 180 % e as biomoléculas, conjugadas a CdTe, não apresentaram alteração estrutural. A lectina conjugada a CdTe/Con A não perdeu sua capacidade de ligação a carboidratos e foi utilizado com sucesso na marcação de Candida albicans (leveduras e biofilme). A marcação diferencial das lesões de mama...

Desenvolvimento de Novos Materiais Nanoestruturados e Nanoestruturas Híbridas para a Produção de Dispositivos Eletrônicos

Felix, Jorlandio
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Tese de Doutorado
BR
Relevância na Pesquisa
27.146787%
Neste trabalho, será apresentado um processo de baixo custo para deposição de filmes finos de óxido de zinco (ZnO) sobre substratos de carbeto de silício (SiC), o qual apresentou excelentes características elétricas/óticas. Discutiu-se o processo de fabricação, bem como as propriedades elétricas e microscópicas destes dispositivos. As características elétricas foram estudadas em nanoescala, usando microscópio de forca atômica (AFM) e, além disso, medidas de fotoluminescência (PL) e eletroluminescência (EL) foram realizadas. O espectro de EL, obtido aplicando uma injeção de corrente de 300 mA, consiste em dois picos largos de emissão em 605 nm e 640 nm e um terceiro pico na região de alta energia, centrado em 410 nm. Para altas correntes, essa emissão foi detectada a olho nu, apresentando coloração branco-amarelada. Esse comportamento indica que a heterojunção ZnO/n-SiC-4H exibe recombinação radiativa efetiva na borda da banda do UV. Com relação a heterojunções PANI/SiC, será apresentado o processo de fabricação bem como sua caracterização elétrica, onde filmes finos de PANI foram depositados usando a técnica de spin coating sobre substratos de SiC-4H e SiC-6H. As propriedades elétricas dessas heterojunções foram estudadas por meio de medidas de corrente...

Nanopartículas de níquel : síntese, caracterizaçăo, propriedades e estudo de sua utilizaçăo como catalisadores na obtençăo de nanotubos de carbono /

Couto, Giselle Giovanna do
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Formato: text
PO
Relevância na Pesquisa
27.146787%
Orientador: Aldo José Gorgatti Zarbin; Dissertaçăo (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Cięncias Exatas, Programa de Pós-Graduaçăo em Química. Defesa: Curitiba, 2006; Inclui bibliografia; Resumo: Materiais nanoestruturados tęm recebido bastante atençăo, pois apresentam propriedadesúnicas e diferentes tanto do átomo isolado como do material convencional (sólido bulk). Comoexemplos de nanomateriais podemos citar as nanopartículas metálicas e os nanotubos de carbono.Este trabalho objetivou a preparaçăo de nanopartículas de níquel obtidas através doprocesso poliol, sua caracterizaçăo e estudo de propriedades magnéticas, o estudo de suaestabilidade térmica e o uso dessas nanopartículas como catalisadores na síntese de nanotubos de carbono.A primeira parte do trabalho consistiu no estudo das variáveis de síntese para obtençăo denanopartículas de níquel, tais como, tipo de precursor metálico, temperatura, adiçăo de agenteredutor, adiçăo de passivante e pH do meio reacional. A rota de síntese empregada foi o chamadométodo poliol, que se baseia na reduçăo de cátions Ni2+ em um poliálcool, neste caso o etilenoglicol. Foram obtidas amostras a partir de dois precursores metálicos (NiCl2.6H2O eNi(CH3COO)2.4H2O)...

Nanocompósitos formados por Nanotubos de Carbono, Nanopartículas de Prata e Polianilina: síntese e caracterização.

Mehl, Hiany
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Teses e Dissertações Formato: application/pdf
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
27.146787%

Desenvolvimento, caracterização e funcionalização de nanofilmes a partir de galactomanana e alginato

Valenga, Francine
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Teses e Dissertações Formato: application/pdf
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
27.146787%
Resumo: As galactomananas (GM) podem modificar a viscosidade dos meios aquosos e o alginato (AL) em presenca de ions Ca2+ geleifica, apresenta varias aplicacoes, entre as quais, a formacao de filmes finos. As propriedades fisico quimicas desses dois polissacarideos em solucao, incluindo a interacao entre eles, foram estudadas, com o ob etivo de desenvolver materiais nanoestruturados na forma de filmes finos e utiliza-los para futuras aplicacoes biologicas. A GM empregada foi extraida de sementes de Leucaena leucocephala (GML) e, apos purificacao, apresentou um rendimento de 19,3% (m/m). O AL foi adquirido comercialmente. Ambos foram caracterizados como sendo homogeneos e com conformacao ao acaso (0,5<ƒ¿<0,8). Apresentaram razao molar Man/Gal 1,7 e M/G 1; e de 7,1x105 e 2,9x105g/mol, respectivamente, para a GML e o AL os quais, em analises de toxicidade, indicaram pouca alteracao na viabilidade celular. O comportamento de solucoes aquosas foi caracterizado por espectroscopia de fluorescencia (sonda de pireno) e forneceu os valores de CAC, 1,0 mg/mL para a GML e 0,57 mg/mL para o AL. Analises por dicroismo circular confirmaram a interacao da mistura GML-AL com albumina (ALB), atraves da alteracao nos espectros do arranjo das cadeias dos polimeros. A mistura GML-AL (15 mg/mL...

Síntese e caracterização de nanotubos de carbono utilizando precursores organometálicos

Schnitzler, Mariane Cristina
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Teses e Dissertações Formato: application/pdf
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
27.146787%
Resumo: Este trabalho teve como objetivo desenvolver novas rotas de síntese de nanotubos de carbono, através da utilização de compostos organometálicos como precursores, como ferroceno ou [Fe3(CO)12]. No decorrer do projeto fizemos uso de três métodos de síntese distintos. O primeiro deles consistiu na síntese template, através da utilização de vidro poroso Vycor (PVG) como matriz hospedeira e ferroceno como precursor de carbono. Neste sentido, placas de PVG foram imersas em solução de ferroceno formando compósitos do tipo PVG/Ferroceno, que foram caracterizados por diversas técnicas. Os resultados indicam que o ferroceno é oxidado ao ar para ferricínio após a impregnação no PVG. Estas amostras foram pirolisadas em atmosfera inerte, levando à formação de nanocompósitos PVG/carbono. A fração vítrea destes nanocompósitos foi extraída com HF, e o carbono resultante deste processo caracterizado por diversas técnicas. Detectou-se a ocorrência de nanotubos de carbono nas amostras pirolisadas a 1100 °C, enquanto que aquelas pirolisadas a 900 e 1000 °C produziram somente carbono amorfo. A segunda rota de síntese desenvolvida neste trabalho foi através do processo CVD, usando vapores de ferroceno e/ou de [Fe3(CO)12] como precursores. A pirólise foi conduzida em forno tubular...

Processamento de moldes micro- e nanoestruturados para o crescimento de nanofios por meio de litografia de varredura por sonda

Barbosa, Luiz Gustavo de Moura da Silva
Fonte: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre Publicador: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre
Tipo: Dissertação de Mestrado
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
27.146787%
Neste trabalho, foram estabelecidas rotinas reprodutíveis para o processamento de padrões regulares em escala submicrométrica em filmes finos poliméricos utilizando a litografia de varredura por sonda (um dos modos de operação de um microscópio de varredura por sonda – SPM). Foram utilizadas sondas de silício para realizar as matrizes de furos no modo de aragem dinâmica (dynamic plowing). Após, a ponta foi trocada para a visualização das matrizes no modo de contato intermitente. As rotinas de padronização foram aplicadas em filmes finos de PMMA de diferentes pesos moleculares e espessuras, depositados por spin coating, otimizando estes dois parâmetros para a formação de máscaras na forma de grade de furos. O diâmetro e a profundidade dos furos e também a altura e largura das deformações aos seus arredores foram investigados em função da força de interação e do tempo de ação da sonda, bem como da espessura dos filmes e peso molecular dos polímeros. Uma vez otimizados os procedimentos básicos, as rotinas desenvolvidas foram aplicadas no processamento de moldes para o crescimento de arranjos regulares de nanofios de ZnO.; In this work, were established reproducible routines for the processing of regular patterns in sub micrometric scale in polymers thin films by used of the scanning probe lithography (one mode of operation of a scanning probe microscope - SPM). Were used silicon probes to perform the matrices of holes in dynamic plowing mode. After...

Resonant properties, of modified triangular plasmonic nanoparticles with higher field concentration

COSTA, Karlo Queiroz da; DMITRIEV, Victor Alexandrovich
Fonte: Universidade Federal do Pará Publicador: Universidade Federal do Pará
Tipo: Artigo de Revista Científica
ENG
Relevância na Pesquisa
27.146787%
In this paper, we present an analysis of the resonant response of modified triangular metallic nanoparticles with polynomial sides. The particles are illuminated by an incident plane wave and the method of moments is used to solve numerically the electromagnetic scattering problem. We investigate spectral response and near field distribution in function of the length and polynomial order of the nanoparticles. Our results show that in the analyzed wavelength range (0.5-1.8) ?m these particles possess smaller number of resonances and their resonant wavelengths, near field enhancement and field confinement are higher than those of the conventional triangular particle with linear sides.

Development of computational 3D MoM algorithm for nanoplasmonics

SOUZA, Nadson Welkson Pereira de; COSTA, Karlo Queiroz da; DMITRIEV, Victor Alexandrovich
Fonte: Universidade Federal do Pará Publicador: Universidade Federal do Pará
Tipo: Artigo de Revista Científica
ENG
Relevância na Pesquisa
27.146787%
In this paper, we present an algorithm for full-wave electromagnetic analysis of nanoplasmonic structures. We use the three-dimensional Method of Moments to solve the electric field integral equation. The computational algorithm is developed in the language C. As examples of application of the code, the problems of scattering from a nanosphere and a rectangular nanorod are analyzed. The calculated characteristics are the near field distribution and the spectral response of these nanoparticles. The convergence of the method for different discretization sizes is also discussed.

Neoformação óssea e osteointegração de biomateriais micro e nanoestruturados em ovinos

Costa,Bruna D.; Camargo,Nelson H.; Oleskovicz,Nilson; Gava,Aldo; Dallabrida,Ademar L.; Regalin,Doughlas; Lima,Marcos P.A.; Moraes,Aury N.
Fonte: Colégio Brasileiro de Patologia Animal - CBPA; Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA) Publicador: Colégio Brasileiro de Patologia Animal - CBPA; Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA)
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/2015 PT
Relevância na Pesquisa
27.146787%
A substituição de parte do tecido ósseo se faz necessária muitas vezes na rotina cirúrgica, seja em função de fraturas, neoplasias ósseas ou enfermidades ortopédicas que acarretem em perda óssea. Neste sentido, têm se buscado biomateriais capazes de promover esta substituição, evitando o uso de enxertos ou transplantes ósseos. O objetivo deste trabalho foi avaliar a capacidade osteoregenerativa de biomateriais em diferentes composições, em tíbias de ovinos. Foram utilizadas oito ovelhas mestiças texel, com 12 meses de idade e peso médio de 28,5±7,4kg. Após adequada preparação anestésica e cirúrgica, foram produzidos três defeitos ósseos na diáfise das tíbias em sua face medial, totalizando seis defeitos de 6mm cada, sendo que quatro foram preenchidos por biomateriais, e dois por fragmentos ósseos retirados do próprio animal (autocontrole). Os materiais implantados foram: hidroxiapatita (HA), tricálcio fosfato-β (TCP-β), hidroxiapatita/tricálcio fosfato-b 60/40 (HA/TCP-b 60/40) e o nanocompósito hidroxiapatita/alumina a 5% (HA/Al2O3 a 5%). Os animais foram alocados em dois grupos: Grupo 60 (n=04)...

Sintese de materiais nanoestruturados 'MS IND. 2' (M = Mo, W) com alta pureza de fase e morfologia; Synthesis of 'MS IND. 2' (M = Mo, W) nanostructured materials with high purity of phase and morphology

Luciana Lima Vieira
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 02/09/2008 PT
Relevância na Pesquisa
27.146787%
Esta dissertação visa à obtenção de nanoestruturas de sulfeto de molibdênio e sulfeto de tungstênio partindo dos respectivos óxidos com morfologia de nanobastões. Os óxidos precursores foram preparados via rota hidrotérmica (MoO3 e W18O49) via rota térmica (WO3). Os sulfetos foram preparados a partir da reação sólido-gás dos óxidos em atmosfera de H2S. Os nanobastões de óxido de molibdênio foram preparados através do tratamento hidrotérmico do MoO3·2H2O em solução aquosa de ácido acético a 180 °C durante 7 dias. Os nanobastões de MoO3 com diâmetro médio de 150 nm foram submetidos à atmosfera de H2S e H2 5% / N2 95% a 800 °C, obtendo-se como produto nanobastões de sulfeto de molibdênio. Nanobastões de W18O49 foram preparados pelo tratamento hidrotérmico do ácido túngstico (WoO3·nH2O) na presença de sulfato de sódio (0-30 g) e possuem diâmetro de 5- 15 nm. Foi observado que o sulfato de sódio possui um papel importante como direcionador de fase e morfologia do óxido de tungstênio. A sulfidização dos nanobastões de W18O49 foi realizada na presença e na ausência de atmosfera redutora. Em ambos os casos foram obtidos como produto WS2 com morfologia de nanobastões e/ou nanopartículas. Por ser uma fase parcialmente reduzida...

Estudo das propriedades estruturais e magnéticas de nanopartículas de SnO2 dopadas com Ni, Co e Cr

Herrera Aragón, Fermín Fidel
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
27.146787%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Física, 2010.; Neste trabalho, pós nanopartículados de SnO2 contendo Ni, Co e Cr preparados pelo método de precursores poliméricos (método de Pechini) foram caracterizados estrutural e magneticamente. Através de um refinamento do Rietvel dos dados fornecidos por difração de raios-X, determinou-se a presença de uma única fase na amostra sem dopagem. Esta fase persistiu nas amostras dopadas com até 10% de metal. Nesta região de concentrações e nos três tipos de metais observou-se um decrescimento no tamanho da nanopartícula. Em amostras dopadas com concentrações de Ni e Co acima de 10%, observou-se a formação de duas fases: uma correspondente a SnO2 e outra ao composto NiO ou Co3O4, respectivamente. Medidas magnéticas na amostra de SnO2 não dopada indicaram a ocorrência de ordem magnético, a qual pode ter a sua origem na interação ferromagnética de elétrons armadilhados em vacâncias de oxigênio, cuja densidade é muito alta neste sistema nanoparticulado. O ingresso de Ni e Cr favorecem o ferromagnetismo na região de concentrações menores que ~3%. Já acima desta concentração, observou-se uma sinal paramagnética que cresce com a concentração de dopante. Nas amostras dopadas com Co...