Página 1 dos resultados de 23011 itens digitais encontrados em 0.024 segundos

Ateliê de vídeo e cultura juvenil: um estudo de caso sobre aprendizagem e socialização de jovens urbanos de segmentos populares através das tecnologias do vídeo digital; Video atelier and youth culture: a case study on the learning and socialization of urban young people from poor social segments through digital video technologies

Rosatelli, Luiz Andre Carrieri
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 17/05/2007 PT
Relevância na Pesquisa
36.73%
O objetivo deste estudo é investigar como as tecnologias do vídeo podem ser mediadoras de novas formas de aprendizagem e socialização. A pergunta central que procura responder é como e por que razões o ateliê de vídeo, utilizando-se de estratégias de criação e produção, contribui para a formação de jovens de segmentos populares, moradores de bairros periféricos da Grande São Paulo. Neste processo de investigação procuramos: a) verificar a importância do audiovisual no contexto sócio-cultural juvenil e identificar tendências, temas e processos educativos; b) verificar em que medida a mediação através das práticas e procedimentos da produção de vídeo é um ato educativo. Convivemos durante 10 meses com 18 jovens inscritos em um programa de formação de uma organização não governamental, cujo objetivo era desenvolver conhecimentos sobre as tecnologias do vídeo digital para apoiar a ação coletiva e fortalecer a expressão juvenil. Realizamos uma pesquisa qualitativa, pois é um estudo de caso sobre um grupo de contornos bem definidos. As técnicas de cunho etnográfico nos aproximaram do contexto social e cultural que nos interessava observar e nos auxiliaram na tradução da linguagem do sujeito na sua forma mais espontânea ao explicitar o seu universo cultural durante um percurso de aprendizagem. Concentramos a análise da pesquisa nas falas dos jovens em três momentos específicos: nas redações do processo seletivo ao entrar no projeto; nos espaços de reflexão durante as atividades de criação; e...

Avaliação objetiva e subjetiva de qualidade de vídeo via rede IP com variação de atraso.; Objective and subjective assessment of video quality over IP network with packet delay variation.

Coaquira Begazo, Dante
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 04/10/2012 PT
Relevância na Pesquisa
36.73%
Atualmente existe uma grande variedade de serviços de telecomunicações focados na transmissão de voz, vídeo e dados através de redes complexas, embora, em muitos casos, o usuário final não seja atendido com um nível de qualidade aceitável. Neste trabalho, se avalia como o serviço de streaming de vídeo em uma rede com protocolo Internet (IP) pode ser afetado por uma condição adversa da rede, tal como a variação de atraso (jitter). São mostrados os resultados de avaliações objetivas e subjetivas de streaming de vídeo que indicam que a qualidade de vídeo é diretamente afetada por fatores de degradação da rede IP como a variação de atraso de pacotes. Além disso, se verifica que cenas de maior movimento também são mais afetadas pela variação de atraso. Para a realização dos testes, utiliza-se um cenário de emulação de rede isolado, no qual são parametrizadas diferentes condições de rede. Assim, no canal de transmissão são configurados diversos valores de variação de atraso, obtendo-se uma Base de Dados de vídeos com diferentes graus de degradação de qualidade. Estes vídeos são avaliados utilizando métodos subjetivos: Índice por Categorias Absolutas (ACR - Absolute Category Rating) e Índice por Categorias de Degradação (DCR - Degradation Category Rating) e métricas objetivas: Relação Sinal-Ruído de Pico (PSNR - Peak Signal to Noise Ratio)...

Proposta da métrica eVSQM para avaliação de QoE no serviço de streaming de vídeo sobre TCP.; The proposed eVSQM metric for assessing QoE in video streaming over TCP.

Zegarra Rodríguez, Demóstenes
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 12/12/2013 PT
Relevância na Pesquisa
36.77%
Atualmente existem inúmeros serviços multimídia que são transportados através da rede IP, dos quais, o tráfego dos serviços de vídeo experimentou um maior crescimento nos últimos anos. O sucesso de aplicações de streaming de vídeo é um dos fatores pelo qual, este tráfego se incrementou. Alguns recentes estudos projetam que este tipo de serviços no ano 2016, alcançará aproximadamente o 55% do tráfego total da Internet. Considerando a importância que os serviços de vídeo alcançarão nos próximos anos, este trabalho foca-se na avaliação da qualidade de experiência (QoE) dos usuários ao utilizar estes serviços. Assim, nesta tese é proposta uma métrica de avaliação de vídeo denominada eVsQM, do inglês enhanced Video streaming Quality Metric, a qual é baseada principalmente no número, duração e localização temporal dos congelamentos de imagens (pausas) durante uma transmissão de vídeo, considerando também o tipo de conteúdo do vídeo transmitido. Esta métrica foi determinada a partir de um modelo matemático que utilizou os resultados de testes subjetivos de avaliação de vídeo, pois, este tipo de testes são os que melhor se aproximam da QoE real do usuário. Cabe destacar, que na realização dos testes subjetivos foi utilizada uma metodologia concordante com o tipo de degradação que o vídeo possui...

Compactação de vídeo escalável; Scalable Compression

Soler, Luciano
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.72%
A codificação de vídeo é um problema cuja solução deve ser projetada de acordo com as necessidades da aplicação desejada. Neste trabalho, um método de compressão de vídeo com escalabilidade é apresentado, apresentando melhorias dos formatos de compressão atuais. A escalabilidade corresponde a capacidade de extrair do bitstream completo, conjuntos eficientes de bits que são decodificados oferecendo imagens ou vídeos decodificados com uma variação (escala) segundo uma dada característica da imagem ou vídeo. O número de conjuntos que podem ser extraídos do bitstream completo definem a granularidade da escalabilidade fornecida, que pode ser muito fina ou com passos grossos. Muitas das técnicas de codificação escalável utilizam uma camada base que deve ser sempre decodificada e uma ou mais camadas superiores que permitem uma melhoria em termos de qualidade (SNR), resolução espacial e/ou resolução temporal. O esquema de codificação escalável final presente na norma MPEG-4 é uma das técnicas mais promissoras, pois pode adaptar-se às características dos canais (Internet) ou terminais que apresentam um comportamento variável ou desconhecido, como velocidade maxima de acesso, variações de largura de banda...

Modelagem de hardware para codificação de vídeo e arquitetura de compensação de movimento segundo o padrão H.264/AVC; Hardware modeling for video coding and motion compensation architecture for the H.264/AVC standard

Zatt, Bruno
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.73%
Esta dissertação é composta de duas partes principais em que apresenta, em sua primeira parte, o desenvolvimento de uma arquitetura de hardware para compensação de movimento para decodificadores de vídeo segundo o padrão H.264/AVC. A segunda parte apresenta a modelagem de uma arquitetura de hardware para codificação de vídeo segundo o mesmo padrão. Também são apresentados os conceitos básicos da codificação e decodificação de vídeo digital segundo o padrão H.264/AVC. A arquitetura desenvolvida para compensação de movimento, denominada HP422- MoCHA (High Profile 4:2:2 Motion Compensation Hardware Architecture) (ZATT, 2008), baseada na arquitetura MoCHA (Motion Compensator Hardware Architecture) (AZEVEDO, 2007), suporta o conjunto de ferramentas da compensação de movimento para o perfil High 4:2:2 do H.264/AVC. Esta arquitetura está particionada em três blocos principais: Preditor de Vetores de Movimento, Acesso à Memória e Processador de Amostras. Esses blocos funcionam na forma de um pipeline, existindo buffers entre os mesmos para armazenar os resultados intermediários. A descrição foi desenvolvida com a linguagem VHDL e alcança desempenho para decodificar, em tempo real, vídeos HDTV 1920x1080 a 30 quadros por segundo. Na literatura atual não foi encontrada nenhuma solução detalhada para a compensação de movimento no perfil High 4:2:2 do padrão H.264/AVC. Uma nova estrutura para interpolação de amostra na compensação de movimento foi proposta...

Arquitetura de hardware dedicada para a predição intra-quadro em codificadores do padrão H.264/AVC de compressão de vídeo; Intra-frame prediction dedicated hardware architecture for encoders of the H.264/AVC video coding standard

Diniz, Claudio Machado
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.75%
A compressão de vídeo é essencial para aplicações de vídeo digital. Devido ao elevado volume de informações contidas em um vídeo digital, um processo de compressão é aplicado antes de ser armazenado ou transmitido. O padrão H.264/AVC é considerado o estado-da-arte em termos de compressão de vídeo, introduzindo um conjunto de ferramentas inovadoras em relação a padrões anteriores. Tais ferramentas possibilitam um ganho significativo em compressão, ao preço de um aumento na complexidade. A predição intra-quadro é uma das ferramentas inovadoras do padrão H.264/AVC, responsável por reduzir a redundância espacial do vídeo utilizando informações contidas em um único quadro para predição. A predição intra-quadro do H.264/AVC possibilita ganhos de compressão em comparação com os mais usados padrões de compressão de imagens estáticas, o JPEG e JPEG 2000, mas introduz complexidade no projeto do codificador de vídeo, especialmente quando se torna necessário atingir o desempenho para codificar vídeos de alta definição em tempo-real. Neste contexto, a presente dissertação apresenta a proposta e o desenvolvimento de uma arquitetura de hardware dedicada para a predição intra-quadro, presente nos codificadores compatíveis com o padrão H.264/AVC de compressão de vídeo. A arquitetura desenvolvida codifica vídeos de alta definição em tempo-real utilizando uma frequência de operação 46% menor que o melhor trabalho encontrado na literatura. A arquitetura desenvolvida será integrada...

Vídeo digital : imagem, tecnologia e informação

Semeler, Alexandre Ribas
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.74%
Aborda conceitos a respeito de tecnologias da imagem. Delimita o estudo do vídeo enquanto imagem, tecnologia e informação. Justifica-se como um estudo a respeito das tecnologias da imagem, no contexto da Comunicação e Informação. Tem por objetivo geral identificar o vídeo digital enquanto imagem, tecnologia e informação. Os principais autores da fundamentação teórica são: Abraham Moles, Arlindo Machado, Fhilippe Dubois, Lev Manovich, Lucia Santaella, Yves-François Le Coadic, Silvia Martin e Vilém Flusser, os quais abordam temas sobre informação estética, filosofia da imagem técnica, máquinas de imagens (fotografia, cinema, televisão, vídeo e computador), territórios da Comunicação que permeiam as Ciências da Informação e as suas relações com a linguagem do vídeo. Apresenta na metodologia a análise de um método videográfico através da exploração de softwares de edição digital de vídeo para web e desktop. Utiliza-se da pesquisa bibliográfica para garantir os preceitos teóricos do vídeo. Busca subsídios metodológicos para compreensão da produção, edição e montagem de imagens técnicas em suporte digital – um modo de se escrever com imagens e sons – vídeografia. Como resultado técnico da exploração prática com a vídeografia obtevese os vídeos: A Civilização das Imagens; As Imagens Técnicas; e Os Aparelhos de Flusser. Conclui que: as distintas mensagens videográficas constituem-se de elementos semânticos e estéticos...

Implementação física de arquiteturas de hardware para a decodificação de vídeo digital segundo o padrão H.264/AVC; Physical implementation of hardware architectures for video decoding according to the H.264/AVC standard

Silva, Leandro Max de Lima
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.72%
Recentemente, o Brasil adotou o padrão SBTVD (Sistema Brasileiro de TV Digital) para transmissão de TV digital. Este utiliza o CODEC (codificador e decodificador) de vídeo H.264/AVC, que é considerado o estado-da-arte no contexto de compressão de vídeo digital. Esta transição para o SBTVD requer o desenvolvimento de tecnologia para transmissão, recepção e decodificação de sinais, assim, o projeto Rede H.264 SBTVD foi iniciado e tem como um dos objetivos a produção de componentes de hardware para construção de um set-top box SoC (System on Chip) compatível com o SBTVD. No sentido de produzir IPs (Intellectual Property) para codificação e decodificação de vídeo digital segundo o padrão H.264/AVC, várias arquiteturas de hardware vêm sendo desenvolvidas no âmbito do projeto. Assim, o objetivo deste trabalho consiste na realização da implementação física em ASIC (Application-Specific Integrated Circuit) de algumas destas arquiteturas de hardware para decodificação de vídeo H.264/AVC, entre elas as arquiteturas parser e decodificação de entropia, predição intra-quadro e, por fim, quantização e transformadas inversas, que juntas formam uma versão funcional de um decodificador de vídeo H.264 chamado de decodificador intra-only. Além destas...

Arquiteturas de hardware dedicadas para codificadores de vídeo H.264 : filtragem de efeitos de bloco e codificação aritmética binária adaptativa a contexto; Dedicated hardware architectures for h.64 video encoders – deblocking filter and context adaptive binary arithmetic coding

Rosa, Vagner Santos da
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.73%
Novas arquiteturas de hardware desenvolvidas para blocos chave do padrão de codificação de vídeo ISO/IEC 14496-10 são discutidas, propostas, implementadas e validades nesta tese. Também chamado de H.264, AVC (Advanced Video Coder) ou MPEG-4 parte 10, o padrão é o estado da arte em codificação de vídeo, apresentando as mais altas taxas de compressão possíveis por um compressor de vídeo padronizado por organismos internacionais (ISO/IEC e ITU-T). O H.264 já passou por três revisões importantes: na primeira foram incluídos novos perfis, voltados para a extensão da fidelidade e aplicações profissionais, na segunda veio o suporte a escalabilidade (SVC – Scalable Video Coder). Uma terceira revisão suporta fontes de vídeo com múltiplas vistas (MVC – Multi-view Video Coder). Nesta tese são apresentadas arquiteturas para dois módulos do codificador H.264: o CABAC e o Filtro de Deblocagem (Deblocking Filter). O CABAC (Context-Adaptive Binary Arithmetic Coder) possui desafios importantes devido às dependências de dados de natureza bit-a-bit. Uma revisão das alternativas arquiteturais e uma solução específica para a codificação CABAC é apresentada nesta tese. O filtro de deblocagem também apresenta diversos desafios importantes para seu desenvolvimento e foi alvo de uma proposta arquitetural apresentada neste trabalho. Finalmente a arquitetura de uma plataforma de validação genérica para validar módulos desenvolvidos para o codificador e decodificador H.264 também é apresentada. Os módulos escolhidos estão de acordo com os demais trabalhos realizados pelo grupo de pesquisa da UFRGS...

O vídeo institucional como forma de promover a biblioteca universitária

Irala, Márcia Petinga
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.72%
Mostra o Marketing Institucional como ferramenta que permite dar visibilidade às bibliotecas, usando o vídeo como objeto executor deste tipo de Marketing. Tem como objetivo final propor um roteiro que permita incentivar e desmistificar o desenvolvimento de vídeos institucionais para bibliotecas. A proposta fundamenta-se teoricamente nos temas: Marketing, Marketing Institucional, Web Marketing, Marketing Viral, Vídeo focando a questão do Vídeo Institucional, e Bibliotecas Universitárias. A metodologia utilizada para fundamentar a proposta do vídeo foi retirada do livro de Floriano Serra, A arte e a técnica do vídeo: do roteiro a edição, adaptada para a utilização em bibliotecas. As técnicas de produção de vídeo foram aplicadas na biblioteca da Faculdade de Biblioteconomia e Comunicação para dar origem a um relato de experiência que compõem este trabalho. Especificamente com relação à implementação do vídeo proposto à biblioteca da FABICO, se recomendaria que fosse feito o mais breve possível para que o projeto não deixe de ser executado. Para âmbito geral recomenda-se ampliar a utilização deste trabalho para outros tipos de bibliotecas, como escolar, pública e comunitária.; Shows the Institutional Marketing as a tool that can give visibility to libraries...

Vídeo digital : análise de sua aplicação como objeto de aprendizagem

Souza, Adriano Dias de
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.76%
O vídeo digital vem se inserindo gradativamente no contexto da educação presencial e a distância. Neste sentido, a presente pesquisa objetiva analisar, dentre as propostas contempladas nos 15 editais propostos pela SEAD/UFRGS, e que cobrem o período de 2001 a 2011, aquelas que tenham este tipo de Objeto de Aprendizagem na sua concepção, bem como seus espaços de armazenamento e disseminação, com vistas a verificar sua funcionalidade. O referencial teórico contextualiza os temas: imagem digital; vídeo e vídeo digital – evolução, armazenamento e disseminação; vídeo educativo; repositórios de vídeo; Objetos de Aprendizagem; além de abordar a SEAD/UFRGS, enquanto órgão responsável pelos editais. O estudo tem caráter exploratório com abordagem quantitativa e qualitativa utilizando questionário para a coleta de dados. Os sujeitos da pesquisa detêm-se em quatro projetos contemplados pelos editais da SEAD/UFRGS. Levanta dados sobre aspectos da produção, da disponibilização e do uso do vídeo criado/desenvolvido. Busca entender como se deu a participação da SEAD no processo de produção, armazenamento e disponibilização. Como resultado estabelece que o uso do vídeo digital ainda não é uma prática constante entre os docentes...

Proposta de arquitetura adaptativa para transmissão multidestinatária e ao vivo de vídeo escalável em rede par-a-par; An adaptive architecture for live streaming of scalable video over p2p network

Dias, Bernardo Vergne
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
36.77%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Tecnologia, Departamento de Engenharia Elétrica, 2012.; A distribuição de fluxo contínuo de vídeo (video streaming) é, atualmente, uma das aplicações de maior sucesso na Internet, sendo as redes par-a-par (P2P, Peer-to-Peer), baseadas em princípios como a escalabilidade e o compartilhamento de recursos, uma das opções importantes para contribuir para a solução de diversos gargalos decorrentes do emprego da tradicional arquitetura cliente-servidor, comumente presente na Internet. Por outro lado, esquemas de codificação de vídeo têm sido recentemente propostos, que permitem o ajuste entre a disponibilidade de recursos (banda) de rede e a quantidade de informação (camadas) sendo enviada para transmissão. Dentre tais esquemas, destaca-se o H.264 SVC (Scalable Video Coding), normatizado pela ITU-T (International Telecommunication Union). Dessa forma, o trabalho inicia-se com a apresentação de conceitos relativos à codificação escalável de vídeo bem como sobre alternativas relativas à distribuição de vídeo sobre redes P2P. Adicionalmente, o trabalho discute alternativas de protocolos de controle de congestionamento multidestinatário...

Edição e visualização criativa de vídeo

Martinho, João David Pina
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2009 POR
Relevância na Pesquisa
36.73%
Tese de mestrado, Engenharia Informática (Arquitectura, Sistemas e Redes de Computadores), Universidade de Lisboa, Faculdade de Ciências, 2009; Este trabalho pretende contribuir para as áreas da visualização e edição criativa de vídeo, criando novas formas de visualização de vídeos. Os vídeos são constituídos por imagens, texto e áudio que variam ao longo do tempo, constituindo informação muito rica mas que ao mesmo tempo é muito complexa. Esta complexidade oferece um desafio a explorar, e a visualização surge como uma forma de exploração e ajuda para simplificar o acesso à informação contida nos vídeos. Com essa informação podem ser criados espaços de vídeo que podem ser usados como plataforma de suporte à expressão da criatividade e como suporte a tarefas de edição, através de funcionalidades como pesquisa e organização de vídeos. Nesse sentido foi desenvolvido um ambiente interactivo para visualizar e explorar espaços de vídeo com ênfase em aspectos da cor e movimento dos vídeos, por serem propriedades visuais importantes, tanto a um nível individual como colectivo – o ColorsInMotion. Este sistema é constituído por dois módulos: o Video Analyzer e o Viewer. No Video Analyzer são postas em prática técnicas de processamento e análise de vídeo e são criadas visualizações em diferentes espaços de cor...

Video browsing and soundtrack labelling based on human computation

Gomes, Jorge Miguel Correia Antunes
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2013 ENG
Relevância na Pesquisa
36.73%
Tese de mestrado em Engenharia Informática, apresentada à Universidade de Lisboa, através da Faculdade de Ciências, 2013; A rápida expansão dos meios de comunicação permitiu a criação de enormes e complexas colecções multimédia acessíveis através da Internet e media sociais. Essas colecções exigem novos mecanismos de busca, que irão beneficiar de novas técnicas de classificação e análise automática de conteúdo de áudio e vídeo, e de relações entre os documentos multimédia e os seus conteúdos. O vídeo é um meio muito rico, combinando imagem e som e proporcionando assim uma enorme quantidade de informação e uma excelente plataforma para a criatividade ser expressa e explorada. A riqueza do vídeo e multimédia permite a extracção de propriedades interessantes que podem ser úteis em sistemas de pesquisa exploratória. No entanto, toda esta riqueza que torna tão interessantes os espaços de informação de áudio e vídeo, traz consigo uma complexidade com que é difícil lidar. Eventos sonoros, emoções expressas e sentidas, estados de espírito, cores e ritmo sonoro são exemplos de propriedades multimédia interessantes a serem exploradas. Alguns investigadores apontaram a importância para o desenvolvimento de métodos para extrair características interessantes e significativas em vídeos para efectivamente resumi-los e indexá-los ao nível das legendas...

Demolishing the Competition: The Association between Competitive Video Game Play and Aggression among Adolescents and Young Adults

Adachi, Paul
Fonte: Brock University Publicador: Brock University
Tipo: Electronic Thesis or Dissertation
ENG
Relevância na Pesquisa
36.75%
The link between video game play and aggression is an important issue as video games The link between video game play and aggression is an important issue as video games are the fastest growing form of entertainment in the world. Past research on this association has been focused primarily on the link between video game violence and aggression; however, this research has confounded the effect of video game violence versus competition on aggression. The main goal of the current dissertation, therefore, was to examine the short- and long-term associations between competitive video game play and aggression. In addition, the longitudinal work on this association to date has been limited to adolescent samples, but not young adults. Thus, the second goal of the dissertation research was to investigate whether video game play predicts aggression in the long-term among young adults in addition to adolescents. To address these goals, three studies were conducted. Study 1 consisted of a series of experiments examining the short-term effect of video game violence versus competition on aggression. Study 2 examined the long-term association between competitive video game play and aggression among adolescents...

Pour une esthétique du cinéma transludique : figures du jeu vidéo et de l'animation dans le cinéma d'effets visuels du tournant du XXIe siècle

Picard, Martin
Fonte: Université de Montréal Publicador: Université de Montréal
Tipo: Thèse ou Mémoire numérique / Electronic Thesis or Dissertation
FR
Relevância na Pesquisa
36.74%
Cette thèse propose une analyse croisée du cinéma et du jeu vidéo sous un angle interdisciplinaire afin de montrer la réappropriation et le remédiatisation des structures narratives et formelles du jeu vidéo dans le cinéma d’effets visuels du tournant du XXIe siècle. Plus spécifiquement, la thèse porte sur l’analyse de trois figures majeures du jeu vidéo et de l’animation dans la trilogie Matrix (Larry et Andy Wachowski, 1999-2003), dans Avalon (Mamoru Oshii, 2001) et dans Kung-Fu Hustle (Stephen Chow, 2004). La première section de la thèse consiste en une mise en place théorique par la présentation de certains paramètres esthétiques du cinéma d’effets visuels et du jeu vidéo. Quelques réflexions préliminaires sur l’esthétique du cinéma d’effets visuels sont d’abord esquissées avant de présenter les principales relations transmédiales entre le cinéma et le jeu vidéo. Ensuite, c’est le cinéma transludique qui est défini alors que le terme découle de la synergie singulière entre le cinéma et le jeu vidéo. Puisque le cinéma transludique concerne spécifiquement la récupération de l’esthétique du jeu vidéo dans le cinéma contemporain, les prémisses d’une esthétique du jeu vidéo sont alors établies. Dans la deuxième section...

Contribuições em codificação de imagens e vídeo = : Contributions in image and video coding; Contributions in image and video coding

Vanessa Testoni
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 25/11/2011 PT
Relevância na Pesquisa
36.74%
A comunidade de codificação de imagens e vídeo vem também trabalhando em inovações que vão além das tradicionais técnicas de codificação de imagens e vídeo. Este trabalho é um conjunto de contribuições a vários tópicos que têm recebido crescente interesse de pesquisadores na comunidade, nominalmente, codificação escalável, codificação de baixa complexidade para dispositivos móveis, codificação de vídeo de múltiplas vistas e codificação adaptativa em tempo real. A primeira contribuição estuda o desempenho de três transformadas 3-D rápidas por blocos em um codificador de vídeo de baixa complexidade. O codificador recebeu o nome de Fast Embedded Video Codec (FEVC). Novos métodos de implementação e ordens de varredura são propostos para as transformadas. Os coeficiente 3-D são codificados por planos de bits pelos codificadores de entropia, produzindo um fluxo de bits (bitstream) de saída totalmente embutida. Todas as implementações são feitas usando arquitetura com aritmética inteira de 16 bits. Somente adições e deslocamentos de bits são necessários, o que reduz a complexidade computacional. Mesmo com essas restrições, um bom desempenho em termos de taxa de bits versus distorção pôde ser obtido e os tempos de codificação são significativamente menores (em torno de 160 vezes) quando comparados ao padrão H.264/AVC. A segunda contribuição é a otimização de uma recente abordagem proposta para codificação de vídeo de múltiplas vistas em aplicações de video-conferência e outras aplicações do tipo "unicast" similares. O cenário alvo nessa abordagem é fornecer vídeo com percepção real em 3-D e ponto de vista livre a boas taxas de compressão. Para atingir tal objetivo...

Multiple feature temporal models for the semantic characterization of video contents

Sánchez Secades, Juan María
Fonte: Bellaterra : Universitat Autònoma de Barcelona, Publicador: Bellaterra : Universitat Autònoma de Barcelona,
Tipo: Tesis i dissertacions electròniques; info:eu-repo/semantics/doctoralThesis Formato: application/pdf; application/pdf; application/pdf; application/pdf
Publicado em //2004 ENG; ENG
Relevância na Pesquisa
36.74%
Consultable des del TDX; Títol obtingut de la portada digitalitzada; La estructura de alto nivel del vídeo se puede obtener a partir de conocimiento sobre el dominio más una representación de los contenidos que proporcione información semántica. En este contexto, las representaciones de la semántica de nivel medio vienen dadas en términos de características de bajo nivel y de la información que expresan acerca de los contenidos del vídeo. Las representaciones de nivel medio permiten obtener de forma automática agrupamientos semánticamente significativos de los shots, que son posteriormente utilizados conjuntamente con conocimientos de alto nivel específicos del dominio para obtener la estructura del vídeo. En general, las representaciones de nivel medio también dependen del dominio. Los descriptores que forman parte de la representación están específicamente diseñados para una aplicación concreta, teniendo en cuenta los requisitos del dominio y el conocimiento que tenemos del mismo. En esta tesis se propone una representación de nivel medio de los contenidos videográficos que permite obtener agrupamientos de shots que son semánticamente significativos. Esta representación no depende del dominio, y sin embargo aporta la información necesaria para obtener la estructura de alto nivel del vídeo...

Un sistema de vídeo bajo demanda a gran escala tolerante a fallos de red

Balladini, Javier Aldo
Fonte: Bellaterra : Universitat Autònoma de Barcelona, Publicador: Bellaterra : Universitat Autònoma de Barcelona,
Tipo: Tesis i dissertacions electròniques; info:eu-repo/semantics/doctoralThesis Formato: application/pdf
Publicado em //2008 SPA; SPA
Relevância na Pesquisa
36.75%
Consultable des del TDX; Títol obtingut de la portada digitalitzada; Un sistema de vídeo bajo demanda a gran escala (LVoD, Large-Scale Video-on-Demand) brinda un servicio de visualización de vídeos a una gran cantidad de usuarios dispersos geográficamente. El tipo de servicio de vídeo bajo demanda (VoD, Video-on-Demand) más completo permite al usuario solicitar su vídeo preferido y reproducirlo casi instantáneamente, con la posibilidad de utilizar comandos interactivos (congelado de imagen, retroceso y avance lento/rápido, etc.) tal como si estuviese visualizando el vídeo con un reproductor de VHS o DVD. A este tipo de servicio se lo conoce como vídeo bajo demanda verdadero (T-VoD, True Video-on-Demand), e implica un diseño y desarrollo de elevada complejidad. La mayoría de los sistemas de VoD fueron diseñados para trabajar en redes dedicadas o que permiten hacer reserva de recursos. Sin embargo, las arquitecturas de estos sistemas no son aplicables a entornos LVoD, fundamentalmente debido a los nuevos requerimientos de escalabilidad, costo del sistema y tolerancia a fallos. Cuando el entorno de red pasa de ser de una red local a una red de área amplia (como Internet), aumenta la probabilidad de fallos, disminuye el ancho de banda...

Video adaptation over heterogeneous networks

Pimentel Niño, Maria Alejandra
Fonte: [Barcelona] : Universitat Autònoma de Barcelona, Publicador: [Barcelona] : Universitat Autònoma de Barcelona,
Tipo: Tesis i dissertacions electròniques; info:eu-repo/semantics/doctoralThesis; info:eu-repo/semantics/publishedVersion Formato: application/pdf
Publicado em //2014 ENG
Relevância na Pesquisa
36.73%
Los servicios de video hoy en día hacen parte de nuestras interacciones cotidianas y aportan la mayor parte del tráfico en la red. Su uso más amplio incluye escenarios fuera de lo común como lo son la ayuda en emergencias o en telemedicina. Por otra parte, las demandas de los usuarios de tales servicios, en términos de experiencia usuario, sigue en aumento, llevando a requerimientos más especializados de Calidad de Experiencia ( QoE en ínglés). Garantizar cierto nivel de satisfacción de usuario en escenarios exigentes donde las redes a disposición son heterogéneas continua siendo in problema abierto. Los objetivos principales de esta tesis han sido: 1) proponer un marco de trabajo para networking heterogéneo que permita la transmisión de video de manera impecable a través de redes heterogéneas, 2) proponer un marco centrado en el usuario, para transmitir video que sea coherente con el networking heterogéneo, y 3) diseñar un modelo y solución completos para ofrecer video adaptativo tal que se cumplan los requerimientos de satisfacción de usuario. A continuación se presentan las contribuciones de esta tesis que cumplen los tres objetivos trazados. Primero, proponemos modelar las redes heterogéneas desde un ángulo holístico. La metodología de este diseño holístico de sistema está basado en dos conceptos novedosos. En primer lugar...