Página 1 dos resultados de 6431 itens digitais encontrados em 0.013 segundos

Characterization and quantification of phenolic compounds in four tomato (Lycopersicon esculentum L.) farmer’ varieties in Northeastern Portugal homegardens.

Barros, Lillian; Dueñas, Montserrat; Pinela, José; Carvalho, Ana Maria; Ferreira, Isabel C.F.R.
Fonte: Springer Publicador: Springer
Tipo: Artigo de Revista Científica
ENG
Relevância na Pesquisa
36.95%
Tomato (Lycopersicon esculentum L.) is one of the most widely consumed fresh and processed vegetables in the world, and contains bioactive key components. Phenolic compounds are one of those components and, according to the present study, farmers’ varieties of tomato cultivated in homegardens from the northeastern Portuguese region are a source of phenolic compounds, mainly phenolic acid derivatives. Using HPLC-DAD-ESI/MS, it was concluded that a cis p-coumaric acid derivative was the most abundant compound in yellow (Amarelo) and round (Batateiro) tomato varieties, while 4-O-caffeolyquinic acid was the most abundant in long (Comprido) and heart (Coração) varieties. The most abundant flavonoid was quercetin pentosylrutinoside in the four tomato varieties. Yellow tomato presented the highest levels of phenolic compounds (54.23 μg/g fw), including phenolic acids (43.30 μg/g fw) and flavonoids (10.93 μg/g fw). The phenolic compounds profile obtained for the studied varieties is different from other tomato varieties available in different countries, which is certainly related to genetic features, cultivation conditions, and handling and storage methods associated to each sample.

Desempenho de cultivares de tomate (Lycopersicon esculentum Mill.) sob sistemas orgânicos em cultivo protegido.; Performance of tomato cultivars (Lycopersicon esculentum Mill.) organically-grown under greenhouse conditions.

Tamiso, Luciano Grassi
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 25/05/2005 PT
Relevância na Pesquisa
36.98%
A Agricultura Orgânica no Brasil cresce a taxas superiores a 30 % ao ano, devido, principalmente, a uma maior conscientização dos consumidores, que buscam hábitos alimentares mais saudáveis. Dentre as hortaliças, o tomate orgânico representa uma boa oportunidade de investimento para o produtor. No entanto, não existem recomendações técnicas ou genótipos desenvolvidos exclusivamente para esse sistema de produção, o que dificulta a expansão da área sob manejo orgânico. Diante disso, o presente trabalho teve como objetivo avaliar o desempenho de 11 cultivares de tomate (Avalon, Colibri, HTX – 5415, HTX – 8027, Sahel, San Marzano, San Vito, Júpiter, Raminho, Saladete DRW 3410 e Jane) sob dois sistemas orgânicos distintos em ambiente protegido, de março a outubro de 2004, nos municípios de Ibiúna, SP (experimento I) e Araraquara, SP (experimento II). Os experimentos foram conduzidos em propriedades que produzem tomate orgânico em escala comercial. No experimento I, as plantas foram conduzidas em linhas simples, com uma haste e com poda apical drástica, realizada acima do terceiro racemo. As estufas eram conjugadas, e a irrigação realizada por gotejo, utilizado também para a fertiirrigação com biofertilizantes. O espaçamento adotado foi de 1...

Avaliação do potencial antioxidante e de algumas características físico-químicas do tomate (Lycopersicon esculentum) orgânico em comparação ao convencional ; Antioxidant potential and physical-chemical characteristics of organic tomato (Lycopersicon esculentum) in comparison with conventional tomato

Borguini, Renata Galhardo
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 28/06/2006 PT
Relevância na Pesquisa
37.07%
Objetivo: O principal objetivo desta pesquisa foi comparar os efeitos dos cultivos orgânico e convencional sobre as características físico-químicas, o teor de compostos antioxidantes, a atividade antioxidante e os resíduos de pesticidas de tomates cultivar Carmem. Considerando-se que o preparo doméstico de alimentos exerce efeitos expressivos sobre o nível de nutrientes em relação ao alimento in natura, particularmente no que tange ao teor de compostos antioxidantes e, conseqüentemente, na atividade antioxidante destes compostos, verificou-se também a influência de diversas formas de preparo doméstico para o consumo de tomates. Métodos: Os tomates foram submetidos aos seguintes tratamentos: inteiro, sem pele, sem semente, molho e purê de tomate. As amostras foram avaliadas físico-quimicamente quanto à atividade de água, sólidos solúveis totais, umidade, pH, cor, teor de ácido ascórbico, de fenólicos totais e de licopeno. As amostras foram liofilizadas e, posteriormente, submetidas ao processo de extração seqüencial para frutos, dando origem aos extratos etéreo, etanólico e aquoso. Aos extratos foram aplicados o teste do 1,1-difenil-2-picrilhidrazil (DPPH) e o sistema beta-caroteno/ácido linoléico para avaliação da atividade antioxidante in vitro. As amostras foram ainda submetidas à análise multirresíduos de pesticidas. Para análise estatística dos resultados utilizou-se análise univariada e o teste de Tukey...

Indução de resistência em plantas de berinjela e tomate por Lentinula edodes e Agaricus blazei contra bactérias causadoras de murcha (Ralstonia solanacearum) e cancro (Clavibacter michiganensis subsp. michiganensis); Induced resistance by Lentinula edodes and Agaricus blazei in tomato plant and eggplant against bacterial wilt (Ralstonia solanacearum) solanacearum) and bacterial canker (Clavibacter michiganensis subsp. michiganensis)

Silva, Ricardo Ferrari
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 20/04/2007 PT
Relevância na Pesquisa
36.95%
Devido ao aumento da preocupação com o impacto dos agrotóxicos no meio ambiente e na saúde humana, busca-se uma agricultura sustentável. É no âmbito dessa questão que a resistência induzida torna-se uma ferramenta fundamental no manejo integrado de doenças e indispensável para uma nova agricultura, mais racional e sustentável. Dentre os diversos agentes bióticos e abióticos, utilizados em trabalhos de indução de resistência de plantas a patógenos, os cogumelos Lentinula edodes e Agaricus blazei vem sendo pesquisados. Desse modo, este trabalho teve como objetivos avaliar o efeito de diferentes isolados de L. edodes e A. blazei e do acibenzolar-S-metil (aSm) in vitro contra as bactérias e o controle de doenças de importância econômica para as culturas do tomate e da berinjela, em casa-de-vegetação. Depois de obtida a proteção, estudar os possíveis mecanismos bioquímicos ativados nas plantas através do uso dos extratos dos cogumelos e buscar a purificação parcial destes extratos, a fim de identificar o(s) princípio(s) ativo(s). No patossistema berinjela/Ralstonia, os extratos aquosos dos cogumelos não exerceram nenhum efeito direto sobre o patógeno, sendo que os isolados Abl-11 e Abl-28 de de A. blazei reduziram significativamente a ocorrência de folhas murchas das plantas em casa-devegetação...

Controle hormonal da defesa à herbivoria em tomateiro; Hormonal control of herbivory defense in tomato

Campos, Marcelo Lattarulo
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 09/04/2009 PT
Relevância na Pesquisa
36.98%
Apesar de sua elevada importância econômica mundial, o cultivo do tomateiro é classificado como de alto risco devido à infestação da cultura por um grande número de pragas e doenças. Esse problema leva tal cultura a depender amplamente da aplicação de agroquímicos que, além de elevaram o custo de produção, são potenciais causadores de danos ambientais e do aparecimento de outras pragas e doenças. Observando o problema mais detalhadamente, pode-se perceber que uma grande parcela das perdas advém dos danos causados por artrópodes herbívoros, os quais são capazes de se alimentar de diversas partes da planta, causando, geralmente, perda de produtividade. Apesar disso, o tomateiro apresenta mecanismos de defesa naturais contra tais pragas, como tricomas e aleloquímicos, que agem intoxicando os artrópodes, dificultando sua movimentação e/ou alterando varias fases de seu desenvolvimento. A busca por genótipos de tomateiro com maior densidade de tricomas e elevado teor de aleloquímicos é hoje considerado um hot spot de pesquisa, devido ao benefício que trariam como redução do custo de produção e maior produtividade. Sabese que vários hormônios vegetais estão ligados a geração de caracteres anti-herbivoria...

Relações entre termoterapia, germinação, vigor e sanidade de sementes de tomate; Relationship between thermotherapy, germination, vigor and health of tomato seeds

Braga, Marcia Provinzano
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 19/08/2009 PT
Relevância na Pesquisa
36.95%
O presente trabalho objetivou estudar a relação da termoterapia com o potencial fisiológico e sanidade de sementes de tomate, imediatamente após o tratamento e durante o armazenamento, identificando combinações eficientes de temperatura e período de exposição através do teste de sanidade e testes de vigor. O trabalho, dividido em dois experimentos diferenciados pelos tratamentos e métodos de secagem, foi realizado nos laboratórios de Análise de Sementes do Departamento de Produção Vegetal e Patologia de Sementes do Departamento de Fitopatologia da USP-ESALQ e no Centro de Pesquisa Mokiti Okada M.O.A. No experimento I, sementes de dois lotes dos cultivares de tomate UC-82 e Rio Grande foram submetidas à termoterapia úmida com diferentes combinações de tempo e temperatura (52, 53, 54, 55 e 60°C/30 e 60 min), além das testemunhas (sementes tratadas com fungicida e não tratadas) e secadas ao ar livre por 72 horas. Após o tratamento as sementes tiveram seus desempenhos e sanidades avaliados em duas épocas, após a secagem e após 90 dias de armazenamento, através dos testes de porcentagem e primeira contagem de germinação, velocidade e porcentagem de emergência de plântulas, lixiviação de potássio, envelhecimento acelerado e sanidade. No experimento II...

Tomato severe rugose virus (ToSRV) e Tomato chlorosis virus (ToCV): relações com a Bemisia tabaci biótipo B e eficiência de um inseticida no controle da transmissão do ToSRV; Tomato severe rugose virus (ToSRV) and Tomato chlorosis virus (ToCV): relashionship with Bemisia tabaci biotype B and efficiency of an insecticide to control the transmission of ToSRV

Freitas, Debora Maria Sansini
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 28/09/2012 PT
Relevância na Pesquisa
37.09%
A cultura do tomateiro (Solanum lycopersicum L.) é importante mundialmente devido ao alto consumo de seus frutos. Nos últimos anos surgiram nesta cultura no Brasil alguns vírus emergentes com altas taxas de disseminação, como begomovírus e crinivírus, transmitidos pela Bemisia tabaci biótipo B, que podem causar danos à produção do tomateiro. A espécie de begomovírus atualmente mais encontrada no Brasil, em plantios de tomateiro, é o Tomato severe rugose virus (ToSRV). De 2002 a 2004, pesquisadores relataram incidências desse vírus em mais da metade das amostras com sintomas de geminiviroses coletadas em vários estados brasileiros e sua presença continua sendo verificada frequentemente. No ano de 2006, um crinivírus, o Tomato chlorosis virus (ToCV), foi relatado no Brasil, infectando plantas de tomate no Estado de São Paulo e atualmente encontra-se presente em diveros estados brasileiros. Os objetivos desse trabalho foram: determinar os períodos mínimos de acesso à aquisição e à inoculação do ToSRV e do ToCV pela B. tabaci biótipo B; identificar o período de retenção do ToSRV no inseto e a interação do ToSRV e do ToCV na aquisição e na transmissão por esse aleirodídeo. Também foi avaliada a eficiência do inseticida cloridrato de cartape no controle da disseminação primária e secundária do ToSRV pela B. tabaci biótipo B em tomateiros em gaiolas em casa de vegetação. Finalmente avaliou-se a eficiência do aleirodídeo Trialeurodes vaporariorum na transmissão de um isolado brasileiro do ToCV. Os períodos mínimos de acesso à aquisição e à inoculação de ambos os vírus pela B. tabaci biótipo B foram de cinco minutos. O tempo de retenção do ToSRV em B. tabaci biótipo B foi de 25 dias. A eficiência de um único adulto de B. tabaci na transmissão simultânea do ToSRV e do ToCV para tomateiros foi de 44...

Estudo de regiões genômicas envolvidas no metabolismo de aminoácidos e na determinação da estrutura da parede celular no tomateiro; Study of genomic regions involved in the metabolism of amino acids and in determining cell wall structure in tomato

Godoy, Fabiana de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 07/06/2013 PT
Relevância na Pesquisa
36.95%
Embora o cultivo de tomate seja muito antigo e amplamente distribuído, ainda enfrenta desafios para o melhoramento dos níveis de produção e, da qualidade para o processamento e consumo fresco. A grande maioria das características de interesse agronômico está determinada por loci de caracteres quantitativos (QTL), dificultando ainda mais a identificação e transferência gênica. Diversas características tornam o tomateiro um bom modelo para estudos de dissecação dos determinantes genéticos de QTL. Primeiro, a disponibilidade de fontes de germoplasma selvagens ainda inexploradas que podem aumentar a variabilidade genética, somada à possibilidade de cruzamento entre espécies não simpátricas e à autogamia. Segundo, a grande quantidade de informação genética como mapas, coleções de ESTs, QTL, e populações de mapeamento. Terceiro, o genoma de S. lycopersicum está completamente sequenciado. Por fim, devido a suas diferenças morfogenéticas em relação à espécie modelo Arabidopsis thaliana, o tomate se torna uma alternativa para estudos de eudicotiledonias, principalmente em estudos relacionadas a metabolismo de frutos carnosos. A partir da abundante plataforma de dados disponível e por meio de ferramentas de genômica...

Resistência de genótipos de tomateiro à infecção com o Tomato chlorosis virus e tolerância à doença; Resistance of tomato genotypes to infection with Tomato chlorosis virus and tolerance to the disease

Córdova, Pedro Javier Mansilla
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 02/03/2015 PT
Relevância na Pesquisa
37%
O Tomato chlorosis virus (ToCV), família Closteroviridae, gênero Crinivirus é um vírus de RNA de fita simples, senso positivo, transmitido de maneira semi-persistente por espécies da família Aleyrodidae, dos gêneros Bemisia e Trialeurodes. Possui uma gama de hospedeiros considerável que inclui plantas domesticadas e ervas daninhas das famílias Alzoaceae, Amaranthaceae, Apiaceae, Apocynaceae, Asteraceae, Plumbaginaceae, e Solanaceae. No estado de São Paulo, Brasil, foi relatado pela primeira vez em 2008, causando clorose internerval nas folhas de tomateiros. A importância desta doença emergente tem incrementado nos últimos anos e, no entanto, até o momento não existem estimativas dos danos causados nem alternativas adequadas para o manejo da doença no campo. Diante disso, esse trabalho teve como objetivos (i) avaliar a resistência de genótipos de tomateiro à infecção com o ToCV, (ii) avaliar a tolerância de alguns dos genótipos à doença e (iii) estimar o dano produzido em campo protegido. Para isso, 57 genótipos, incluindo espécies selvagens, linhagens avançadas e cultivares comerciais de tomateiro foram inicialmente avaliados quanto à resistência à infecção. Plantas jovens, produzidas em bandejas de poliestireno expandido...

Effect of the consumption of tomato paste on plasma prostate-specific antigen levels in patients with benign prostate hyperplasia

Souza, Magda Edinger de; Koff, Walter Jose
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
ENG
Relevância na Pesquisa
37%
The consumption of tomatoes and tomato products has been associated with a reduced risk of prostate cancer. We observed a decrease of 10.77% in prostate-specific antigen (PSA) levels in patients with benign prostate hyperplasia who were submitted to daily ingestion of tomato paste. This was an experimental rather than a controlled study with a sample of 43 men ranging in age from 45 to 75 years, all with histological diagnoses of benign prostate hyperplasia and plasma PSA levels of 4-10 ng/mL. All patients received 50 g of tomato paste once a day for 10 consecutive weeks and PSA levels were analyzed before, during and after the consumption of tomato paste. ANOVA for repeated measures was used to compare PSA levels before, during and after the consumption of tomato paste. The mean ± SD PSA level was 6.51 ± 1.48 ng/mL at baseline and 5.81 ± 1.58 ng/mL (P = 0.005) after 10 weeks. Acceptance was good in 88.3, regular in 9.3, and poor in 2.3% of the patients. Dietary ingestion of 50 g of tomato paste per day for 10 weeks significantly reduced mean plasma PSA levels in patients with benign prostate hyperplasia, probably as a result of the high amount of lycopene in tomato paste. This was not a prostate cancer prevention study, but showed some action of tomato paste in prostate biology. The development of prostate cancer is typically accompanied by an increase in plasma PSA levels...

Compostos antioxidantes em polpa de tomte : efeito do processamento e da estocagem; Antioxidant compounds in tomato paste : effect of processing and storage

Adriana Barreto Alves
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 28/08/2009 PT
Relevância na Pesquisa
37.05%
Estudos epidemiológicos têm demonstrado que o consumo de frutas e vegetais tem um efeito benéfico na redução da incidência de várias doenças como o câncer e doenças cardiovasculares. Esse efeito tem sido relacionado com a presença de compostos antioxidantes nesses alimentos, sobretudo os flavonóides. O tomate (Lycopersicum esculentum Mill.) é um dos vegetais mais consumidos no mundo, in natura ou processado, e também é rico em compostos antioxidantes como carotenóides, vitaminas e flavonóides. Os alimentos processados, frequentemente, são tidos como menos nutritivos que os alimentos in natura, devido, principalmente, ao fato de que alguns nutrientes são degradados pelas altas temperaturas empregadas. Assim, torna-se importante avaliar o efeito do processamento e da estocagem sobre os compostos antioxidantes do tomate e também sobre sua atividade antioxidante. Um planejamento experimental foi realizado para otimizar as condições de extração dos compostos fenólicos e concentração dos flavonóides em polpa de tomate concentrada. O método otimizado foi validado para as determinações de compostos fenólicos totais e flavonóides totais por espectrofotometria e também para a determinação de flavonóides por cromatografia líquida de alta eficiência (CLAE). Os métodos espectrofotométricos foram validados nos parâmetros repetibilidade e exatidão. A determinação de flavonóides por CLAE foi validada nos parâmetros seletividade...

Obtenção de tomate em pó por atomização : influencia das variaveis de processo na qualidade do produto; Obtention of tomato powder by spray drying : influence of process variables on the quality product

Vanessa Goulart Machado
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 22/03/2010 PT
Relevância na Pesquisa
36.98%
Este trabalho teve como objetivo a obtenção de tomate em pó através do processo de secagem por atomização da polpa de tomate. Os experimentos foram conduzidos utilizando um atomizador de bancada e maltodextrina 10DE foi empregada como agente carreador. Foi utilizado um delineamento central composto rotacional (DCCR) para estudar a influência das seguintes variáveis independentes: temperatura do ar de secagem (153 a 187 °C), vazão de alimentação (0,57 a 0,83 l/h) e concentração de maltodextrina (3,3 a 11,7%). As variáveis de resposta foram o rendimento de produto e as seguintes características do tomate em pó: diâmetro médio de partícula, conteúdo de umidade, atividade de água, densidade do leito, higroscopicidade, solubilidade, tempo de instantaneização, retenção de carotenóides e retenção de ácido ascórbico. Os pós de tomate também foram caracterizados quanto à distribuição de tamanho de partículas e cor. Todas as variáveis mostraram influência significativa sobre as características do produto em pó, sendo que a concentração de maltodextrina foi a variável com efeito significativo sobre a maioria das respostas (rendimento, diâmetro médio de partícula, umidade, densidade do leito, higroscopicidade...

Preservation technologies towards improvement of fresh whole tomato fruits quality

Pinheiro, Maria Joaquina da Cunha
Fonte: Universidade Católica Portuguesa Publicador: Universidade Católica Portuguesa
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em 10/11/2014 ENG
Relevância na Pesquisa
37.1%
O tomate (Solanum lycopersicum) é um dos frutos mais consumidos no mundo e com um papel relevante na saúde do consumidor devido à sua riqueza em vitaminas, licopeno, fibras e compostos fenólicos. Os desafios que se colocam aos produtores e indústria de tomate em fresco são o de manter a qualidade e prolongar o seu período de vida útil. Tecnologias de pós-colheita alternativas e emergentes, tais como o tratamento térmico (WHT), ultrassons (US), termossonicação (TS) e radiação ultravioleta (UV-C), têm sido testados em diferentes frutos e vegetais de forma a minimizar as perdas de qualidade sensorial e nutricional com reduzida utilização de aditivos químicos. Nesta dissertação, foram demonstradas as vantagens da aplicação destas tecnologias alternativas na manutenção da qualidade do tomate em fresco (cv. Zinac) durante o período logístico de armazenamento. A avaliação da qualidade do tomate foi realizada através de parâmetros físico-químicos (cor CIELab, textura, pH, teor de sólidos solúveis, perda de peso), sensoriais (cor, índice de deterioração e aceitabilidade global), bioquímicos (atividade enzimática da peroxidase: POD, e pectinametilesterase: PME), bioativos (conteúdo fenólico total e capacidade antioxidante)...

Development of a tomato spotted wilt virus (TSWV) risk evaluation methology for a processing tomato region

Mateus, C.; Pequito, A.; Teixeira, S.; Queirós, R.; Godinho, M.C.; Figueiredo, E.; Amaro, F.; Lacasa, A.; Mexia, A.
Fonte: INIA (Es) Publicador: INIA (Es)
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2012 ENG
Relevância na Pesquisa
36.98%
A risk map for the Tomato spotted wilt virus (TSWV) was elaborated for the main Portuguese processing tomato producing region, the “Ribatejo e Península de Setúbal” region, where periodically this virus causes severe losses. Forty nine tomato fields were monitored. Risk factors for TSWV infection were identified and quantified according to their relative importance in TSWV incidence. The risk factors considered for each field were: (1) presence of TSWV in tomato plants; (2) presence of TSWV in weeds which are hosts of TSWV vectors; (3) presence of TSWV vector thrips; (4) presence of TSWV host crops previously (in the two years before), namely, tomato, potato and sweet pepper; and (5) presence of greenhouses, urban areas or TSWV host crops next to the field (up to about 100m from its borders). A risk estimator was calculated for each field. Among the thrips (Thysanoptera) identified, belonging to 11 genera, four vector thrips species were detected: Frankliniella occidentalis (Pergande) and Thrips tabaci Lindman, the two most abundant ones, and F. intonsa (Trybom) and F. schultzei (Trybom). Blue sticky traps placed up to about 75 cm above the crop canopy caught F. occidentalis and T. tabaci more efficiently than the beating technique. The weeds Datura stramonium L....

Tomato and garlic by gavage modulate 7,12-dimethylbenz[a]anthracene-induced genotoxicity and oxidative stress in mice

Bhuvaneswari,V.; Velmurugan,B.; Abraham,S.K.; Nagini,S.
Fonte: Associação Brasileira de Divulgação Científica Publicador: Associação Brasileira de Divulgação Científica
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/07/2004 EN
Relevância na Pesquisa
37.02%
Chemoprotection by dietary agents is a promising strategy for cancer prevention. The aim of the present study was to evaluate the combined effect of tomato and garlic against 7,12-dimethylbenz- [a]anthracene (DMBA)-induced genetic damage and oxidative stress in 12-14-week-old male Swiss albino mice. The animals were randomized into experimental and control groups and divided into eight groups of five animals each. Group 1 animals were injected intraperitoneally with 35 mg/kg body weight DMBA suspended in peanut oil as a single dose. Groups 2-4 animals received tomato (500 mg/kg body weight), garlic (125 mg/kg body weight) and a combination of tomato and garlic for 5 days by gavage, respectively, followed by DMBA 1.5 h after the final feeding. The doses of tomato and garlic correspond to the average human daily consumption. Animals in groups 5, 6 and 7 received tomato alone, garlic alone and tomato + garlic combination, respectively, for 5 days. Group 8 animals received the same volume of water and served as control. The incidence of bone marrow micronuclei and the extent of lipid peroxidation and the concentrations of antioxidants glutathione, glutathione peroxidase and glutathione-S-transferase were measured in the liver, 48 h after DMBA exposure. Increased frequency of micronuclei and enhanced lipid peroxidation accompanied by compromised antioxidant defenses were observed in DMBA-treated animals. Although pretreatment with tomato or garlic significantly reduced the frequency of DMBA-induced bone marrow micronuclei...

Effect of the consumption of tomato paste on plasma prostate-specific antigen levels in patients with benign prostate hyperplasia

Edinger,M.S.; Koff,W.J.
Fonte: Associação Brasileira de Divulgação Científica Publicador: Associação Brasileira de Divulgação Científica
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2006 EN
Relevância na Pesquisa
37%
The consumption of tomatoes and tomato products has been associated with a reduced risk of prostate cancer. We observed a decrease of 10.77% in prostate-specific antigen (PSA) levels in patients with benign prostate hyperplasia who were submitted to daily ingestion of tomato paste. This was an experimental rather than a controlled study with a sample of 43 men ranging in age from 45 to 75 years, all with histological diagnoses of benign prostate hyperplasia and plasma PSA levels of 4-10 ng/mL. All patients received 50 g of tomato paste once a day for 10 consecutive weeks and PSA levels were analyzed before, during and after the consumption of tomato paste. ANOVA for repeated measures was used to compare PSA levels before, during and after the consumption of tomato paste. The mean ± SD PSA level was 6.51 ± 1.48 ng/mL at baseline and 5.81 ± 1.58 ng/mL (P = 0.005) after 10 weeks. Acceptance was good in 88.3, regular in 9.3, and poor in 2.3% of the patients. Dietary ingestion of 50 g of tomato paste per day for 10 weeks significantly reduced mean plasma PSA levels in patients with benign prostate hyperplasia, probably as a result of the high amount of lycopene in tomato paste. This was not a prostate cancer prevention study, but showed some action of tomato paste in prostate biology. The development of prostate cancer is typically accompanied by an increase in plasma PSA levels...

The role of arbuscular mycorrhizal fungi in sustainable tomato production.

Martin, Ashley William
Fonte: Universidade de Adelaide Publicador: Universidade de Adelaide
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em //2007
Relevância na Pesquisa
37.17%
The work in this thesis aimed to demonstrate the contribution of arbuscular mycorrhizal (AM) fungi to the yield and fruit quality of field-grown processing tomatoes, and the potential to increase the sustainability of tomato production through greater fertiliser use efficiency by inoculating tomato seedlings with beneficial AM fungi. Previously, the conclusion that tomato growth is unresponsive to AM colonisation, particularly in high-P soils, has often been based on only a part of the tomato life-cycle. However, there is increasing evidence that that positive AM yield responses can occur in soils with relatively high plant-available P, and that AM responsiveness of tomato during vegetative growth may be a poor predictor of reproductive growth. A preceding industry study found that AM colonisation of field-grown processing tomatoes was very low, mostly less than 5%. The reason for the low colonisation was unclear since previous studies have shown that tomato can become relatively highly colonised by AM fungi. It was not known if farm practices, such as soil cultivation and chemical sterilisation, which have been shown to decrease AM colonisation of tomato and other crops, could have contributed to the low colonisation. Furthermore...

'BRS Tospodoro': a high lycopene processing tomato cultivar adapted to organic cropping systems and with multiple resistance to pathogens

Giordano,Leonardo de B; Boiteux,Leonardo S; Quezado-Duval,Alice M; Fonseca,Maria Esther de N; Resende,Francisco V; Reis,Ailton; González,Matías; Nascimento,Warley Marcos; Mendonça,José L
Fonte: Associação Brasileira de Horticultura Publicador: Associação Brasileira de Horticultura
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2010 EN
Relevância na Pesquisa
36.98%
'BRS Tospodoro' is a high lycopene tomato cultivar, which combines multiple disease resistance genes and desirable processing traits. This cultivar was found to be suitable for both conventional and organic crop systems. 'BRS Tospodoro' was obtained via backcross breeding using 'Viradoro' as recurrent parent and the inbred line 'CNPH 1306' as the donor of the Pto gene (resistance to Pseudomonas syringae pv. tomato race 0). 'BRS Tospodoro' has the Mi1-2 gene that controls resistance to root-knot nematodes (Meloidogyne incognita, M. javanica, and M. arenaria) as well as tolerance to populations of the aphid Macrosiphum euphorbiae (vector of Potyvirus species), and to whiteflies (Bemisia tabaci). 'BRS Tospodoro' has also the Sw-5b gene, which controls resistance to major Tospovirus species (Groundnut ringspotirus, Tomato chlorotic spot virus, Chrysanthemum stem necrosis virus, and Tomato spotted wilt virus). This cultivar is also resistant to Stemphylium solani and S. lycopersici (Sm gene), Fusarium oxysporum f. sp. lycopersici race 1 (I-1 gene) and Verticillium dahlie race 1 (Ve gene). 'BRS Tospodoro' presents uniform fruit ripening, with the first harvest being done around 110 to 120 days after plant emergence. The fruits are firm, square-shaped...

Características físicas, químicas e atividade antioxidante "in vitro" de tomate submetido à desidratação; Physical and chemical characteristics and antioxidant activity "in vitro" of tomato submitted the dehydration

Abreu, Wilson César de
Fonte: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS; DCA - Programa de Pós-graduação; UFLA; BRASIL Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS; DCA - Programa de Pós-graduação; UFLA; BRASIL
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em //2014 PT_BR
Relevância na Pesquisa
36.98%
A produção e o consumo de tomate seco vêm crescendo no Brasil nos últimos anos, sendo considerada uma alternativa importante para reduzir as perdas pós-colheita e agregar valor ao tomate. Porém, não há padronização das técnicas de obtenção do tomate seco, o que pode gerar produtos com características químicas e físicas distintas. Este estudo foi realizado com o objetivo de avaliar os efeitos da secagem osmo-convectiva e convectiva sobre as características físicas, químicas e atividade antioxidante de tomates, bem como caracterizar física e quimicamente tomates secos adquiridos no comércio varejista. Foram utilizadas seis soluções osmóticas com as seguintes concentrações: NaCl 5%, NaCl 10%, NaCl 5% + sacarose 10%, NaCl 10% + sacarose 5%, sacarose 5%, sacarose 10% (p/v), e foi também realizada desidratação osmótica com aplicação direta dos solutos (NaCl ou mistura NaCl + sacarose). A secagem foi realizada em estufa com circulação de ar a 65°C. Foram determinados pH, acidez titulável (AT), teor de sólidos solúveis (SS), relação SS/AT, licopeno, β-caroteno, compostos fenólicos, vitamina C e atividade antioxidante pelos métodos do DPPH e sistema β-caroteno/ácido linoleico. Para caracterizar os tomates secos (oito produtos) adquiridos no comércio varejista foi icluída a determinação da composição centesimal e de minerais. A desidratação osmótica seguida de secagem promoveu aumento do teor de sólidos solúveis...

Increase of Antioxidant Activity of Tomato Juice Upon Functionalisation with Vegetable Byproduct Extracts

Larrosa, Mar; Llorach, Rafael; Espín de Gea, Juan Carlos; Tomás Barberán, Francisco
Fonte: Elsevier Publicador: Elsevier
Tipo: Artículo Formato: 259768 bytes; application/pdf
ENG
Relevância na Pesquisa
36.98%
11 pages, 3 figures, 5 tables.; Phenolic-enriched extracts from blanched artichoke (BA), artichoke blanching waters (ABW), cauliflower (CA), carrot (CR), celery (CE) and onion (ON) byproducts were used to ‘functionalise’ tomato juice. The antioxidant activity of functional tomato juice significantly increased over control juice according to a set of in vitro antioxidant assays (i.e. inhibition of lipid peroxidation determined by the ferric thiocyanate method and scavenging of both ABTS•+ and DPPH• free radicals). A trained sensory evaluation panel determined the maximal allowed byproduct extract concentration in the functionalisation of tomato juice without modifying its natural sensory properties (mg extract/mL tomato juice): 2.5, 5, 10, 10, 10 and 20 for CA, ON, BA, ABW, CE and CR, respectively. The maximum antioxidant activity (within consumers' acceptance limits and measured by the ABTS•+ method) was increased 5.4-, 3.4-, 2.5-, 1.7-, 1.5- and 0.6-fold over the control when functional tomato juice was assayed after modification with ABW, BA, CR, ON, CE and CA, respectively. A serving of functional tomato juice (250 mL) containing vegetable extracts (within consumers' acceptance limits) provides an additional intake of phenolic compounds which can range from 22 mg (when functionalised with CA extract) to 300 mg (with BA extract). In the light of the above investigations...