Página 1 dos resultados de 36523 itens digitais encontrados em 0.020 segundos

Testes Fisiológicos Laboratoriais a Futebolistas de Elite: uma Perspectiva Metodológica

André, Diogo Filipe Coelho
Fonte: Universidade de Coimbra Publicador: Universidade de Coimbra
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
POR
Relevância na Pesquisa
36.54%
O Futebol atingiu na actualidade um notório nível de competição, tendo como consequência primordial, a necessidade de tornar o treino desportivo mais eficaz. Para que isto seja possível, surge a preocupação de existir um conhecimento exacto da realidade competitiva do jogo de Futebol a diferentes níveis: ao nível intrínseco (leis de jogo, sistemas tácticos, etc.) e ao nível extrínseco (Fisiologia, Metodologia do Treino, Biomecânica, Pedagogia, etc.). Este estudo debruça-se apenas sobre a análise e avaliação dos parâmetros fisiológicos no Futebol. Os testes desenvolvidos para a caracterização dos aspectos fisiológicos podem ser caracterizados com base no local da sua realização (neste caso apenas se mencionam os testes de laboratório pois é esse o objectivo), na sua intensidade (máximos e submáximos), na sua continuidade (contínuos ou descontínuos) e na forma de recolher os dados (directa e indirecta). Neste estudo podemos encontrar reunidos, os testes fisiológicos laboratoriais com maior relevância. Fornecemos assim, de uma forma sintética, as metodologias dos testes considerados como os mais utilizados. A avaliação da Força é contemplada pelos testes de Força Máxima, testes de Potência Muscular e testes de Resistência Muscular. A avaliação da Flexibilidade é efectuada pelos testes indirectos e directos considerados no trabalho. Por fim a avaliação das funções cardio-respiratória e metabólica é contemplada pelos testes de Potência Aeróbia Máxima e testes da Capacidade Anaeróbia que podemos analisar no estudo. Através da informação fornecida por este artigo...

Modifications for the tukey test procedure and evaluation of the power and efficiency of multiple comparison procedures; Modificações no procedimento para o teste de tukey e poder e eficiência de testes de comparações múltiplas

CONAGIN, Armando; BARBIN, Décio; DEMÉTRIO, Clarice Garcia Borges
Fonte: São Paulo - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz Publicador: São Paulo - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz
Tipo: Artigo de Revista Científica
ENG
Relevância na Pesquisa
36.53%
Multiple pairwise comparison tests of treatment means are of great interest in applied research. Two modifications for the Tukey test were proposed. The power of unilateral and bilateral Student, Waller-Duncan, Duncan, SNK, REGWF, REGWQ, Tukey, Bonferroni, Sidak, unilateral Dunnet statistical tests and the modified tests, Sidak, Bonferroni 1 and 2, Tukey 1 and 2, has been compared using the Monte Carlo method. Data were generated for 600 experiments with eight treatments in a randomized block design, of which 400 had four and 200 eight blocks. The differences between the treatment means in relation to the control were 30%, 20%, 15%, 10%, 5%. Two extra treatments did not differ from the control. A coefficient of variation of 10% and a probability Type I error of α = 0.05 were adopted. The power of all the tests decreased when the differences to the control, decreased. The unilateral and bilateral Student t, Waller-Duncan and Duncan tests showed greater number of significative differences, followed by unilateral Dunnett, modified Sidak, modified Bonferroni 1 and 2, modified Tukey 1, SNK, REGWF, REGWQ, modified Tukey 2, Tukey, Sidak and Bonferroni. There is great loss of efficiency for all tests in relation to the unilateral Student t test for each difference of the treatment to the control...

Correlação entre testes de cabeceira e testes de função pulmonar em quatro grupos: controle, gestante, obeso e idoso; Correlation between bed side tests and pulmonary function tests in four groups: control, pregnant, obese and elderly.

Silva, Elaine Caetano
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 27/06/2008 PT
Relevância na Pesquisa
36.53%
O objetivo deste estudo foi investigar o grau de correlação entre testes de cabeceira e testes de função pulmonar em quatro grupos de indivíduos: sadios, gestantes (36ª semana), obesos (IMC 40 Kg/m2) e idosos ( 60 anos). Foram estudados 20 indivíduos por grupo. Os testes realizados foram: Teste de ventilação (ventilometria, VVM, Espirometria, Medidas de Pimax e Pemáx) e Testes de Cabeceira (Teste da Vela, Teste de Apnéia, Cirtometrias torácica e abdominal). Para a medida de ventilometria e VVM foi utilizado um ventilômetro e para as medidas de CVF, VEF1, VEF1/CVF% e PFE utilizou-se um espirômetro portátil. Para as medidas de Pimax e Pemáx utilizou-se um manovacuômetro analógico. No Teste da vela considerou-se a distância em que a chama foi apagada. A distância inicial foi de 60 cm e esta foi diminuída de 10 em 10 centímetros até que o sucesso fosse atingido. No teste de apnéia, após 3 testes, foi considerado o maior tempo. No grupo obeso, as correlações do Teste de Apnéia com a VVM, CVF, VEF1, PFE e Pemáx foram estatisticamente significantes. Houve correlação significante do Teste da Apnéia com a VVM, CVF, VEF1, PFE e Pemáx. No teste da vela, os coeficientes foram todos positivos, com exceção do grupo gestante no qual eles foram negativos. Houve correlação significante do torácico inspiratório em quase todos os grupos. Houve correlação do torácico expiratório com a VVM apenas no grupo obeso. No abdominal inspiratório...

Testes de contato em crianças com eczema; Patch tests in children with eczema

Kobata, Clarice Marie
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 31/08/2010 PT
Relevância na Pesquisa
36.59%
Introdução: Eczemas são manifestações inflamatórias da pele. Na infância se destacam a dermatite atópica (DA) e a dermatite de contato (DC). Os testes de contato correspondem a um método auxiliar para diferenciar a dermatite de contato por irritante primário (DCIP) da dermatite de contato alérgica (DCA) e definir a etiologia da DCA. Nos pacientes com DA, têm a faculdade de também auxiliar na identificação de substâncias que possam estar contribuindo para a piora do quadro. Objetivos: verificar a frequência de testes de contato positivos em crianças com hipóteses diagnósticas de DC e de DA associada ou não à DC; obter os principais sensibilizantes nessa faixa etária e comparar os dados obtidos entre os grupos de pacientes com DC e DA. Métodos: Durante o período entre julho de 2007 e agosto de 2009, 62 crianças com idades entre 2 e 12 anos foram submetidas aos testes de contato com a bateria padrão e/ou bateria de cosméticos de testes de contato padronizadas pelo Grupo Brasileiro de Estudos em Dermatite de Contato. As leituras foram realizadas em 48 e 96 horas. Resultados: Entre os 62 pacientes submetidos aos testes de contato, 38 pacientes apresentaram pelo menos um teste de contato positivo e 24, todos negativos. Entre os 44 pacientes com hipótese diagnóstica inicial de DA...

Padrões de testes automatizados; Automated Test Patterns

Bernardo, Paulo Cheque
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 04/07/2011 PT
Relevância na Pesquisa
36.54%
A qualidade dos sistemas de software é uma preocupação de todo bom projeto e muito tem se estudado para melhorar tanto a qualidade do produto final quanto do processo de desenvolvimento. Teste de Software é uma área de estudo que tem crescido significativamente nos últimos tempos, em especial a automação de testes que está cada vez mais em evidência devido à agilidade e qualidade que pode trazer para o desenvolvimento de sistemas de software. Os testes automatizados podem ser eficazes e de baixo custo de implementação e manutenção e funcionam como um bom mecanismo para controlar a qualidade de sistemas. No entanto, pouco conhecimento sobre a área e erros comuns na escrita e manutenção dos testes podem trazer dificuldades adicionais aos projetos de software. Testes automatizados de baixa qualidade não contribuem efetivamente com o controle de qualidade dos sistemas e ainda demandam muito tempo do desenvolvimento. Para evitar esses problemas, esta dissertação apresenta de forma crítica e sistemática as principais práticas, padrões e técnicas para guiar o processo da criação, manutenção e gerenciamento dos casos de testes automatizados. Inicialmente, são feitas comparações entre a automação de testes e outras práticas de controle e garantia de qualidade. Em seguida...

Comparação entre testes químico (o-toluidina) e imunoquímico de pesquisa de sangue oculto nas fezes e correlação com os achados colonoscópicos; Comparison between chemical (toluidine) and immunochemical faecal occult blood tests and correlation with the colonoscopic findings

Borges, Luana Vilarinho
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 24/04/2013 PT
Relevância na Pesquisa
36.56%
Introdução: O sangramento colorretal é considerado um sinal de alarme e não deve ser ignorado. A perda de sangue pode não ser identificada pelo paciente, o que caracteriza a presença de sangue oculto. Este diagnóstico pode ser confirmado por testes de Pesquisa de Sangue Oculto nas Fezes (PSOF), através de métodos químicos ou imunoquímicos de identificação da hemoglobina. O resultado positivo de um teste de PSOF requer investigação complementar com colonoscopia, exame invasivo, de alto custo e que exige preparo intestinal. Justifica-se, portanto, a aplicação de um teste diagnóstico mais sensível e específico. No presente estudo, foram avaliados quatro diferentes testes de PSOF em 176 pacientes submetidos à colonoscopia e seus resultados foram comparados. Objetivos: 1) avaliar o grau de concordância entre os testes de PSOF e a colonoscopia. 2) avaliar a sensibilidade, a especificidade e os valores de predição dos testes químico e imunoquímico de PSOF, em pacientes submetidos à colonoscopia. Métodos: Pacientes com indicação de realizar colonoscopia foram submetidos também à PSOF pelo método químico (o-toluidina) e pelo método imunoquímico, empregando três kits comerciais disponíveis no mercado. Os pacientes foram avaliados quanto à indicação do exame colonoscópico...

Proposta e verificação da validade de testes de limiar anaerobico para natação do nado crawl; Proposal and verification of the validity of anaerobic threshold tests for swimming in crawl swin

Rafael Carvalho de Moraes
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 01/02/2008 PT
Relevância na Pesquisa
36.55%
No esporte de rendimento a elaboração de testes coerentes para controle do treinamento é fundamental. O objetivo deste trabalho foi propor e validar testes de Limiar Anaeróbio (LAn) para o nado crawl. Para isso 14 nadadores competitivos em nível estadual (7 Homens e 7 Mulheres) foram selecionados para o estudo. Cada atleta realizou 5 testes de LAn com dois dias de recuperação entre testes, sendo 4 deles consolidados na literatura: testes de 30, 12, 10 minutos (T30’, T12’e T10’respectivamente), um teste de Lactato Mínimo (LACmin) adaptado de Tegtbur et al. (1993), e um teste elaborado e proposto que consistia em oito minutos nadando (T8’) a uma velocidade máxima e constante. Foram coletadas amostras de sangue para medida da concentração de lactato sanguíneo ([LAC]), freqüência cardíaca (FC), velocidade (Vel) e variação de ritmo durante os percursos. As amostras de sangue foram coletadas antes e em momentos pós testes para verificação da cinética do lactato sanguíneo. A partir dos dados obtidos verificou-se para todos os testes de tempo que não houve variação de ritmo durante o percurso nadado. Para ambos os grupos a velocidade do T30’ (1,27 m/s ± 0,046 para o Grupo Homens (GH) e 1,10 m/s ± 0,07 para o Grupo Mulheres (GM)) não apresentou diferenças significativas em relação à velocidade do LACmin (1...

Geração automática de casos de testes para máquinas de estados finitos; Automatic test case generation for finite state machines

Lehilton Lelis Chaves Pedrosa
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 01/09/2010 PT
Relevância na Pesquisa
36.54%
Métodos formais são amplamente utilizados para modelar especificações e gerar casos de testes, imprescindíveis para validação de sistemas críticos. As Máquinas de Estados Finitos (MEFs) compõem um dos formalismos adotados, com várias aplicações em testes de sistemas aéreos e espaciais, além de sistemas médicos, entre vários outros. O objetivo de um método de geração automática de casos de testes é obter um conjunto de casos de testes, com o qual é possível verificar se uma dada implementação contém falhas. Um problema importante em métodos de geração de casos de teste com cobertura completa de falhas é o tamanho dos conjuntos de testes, que normalmente é exponencial no número de estados da MEF que está sendo testada. Para minimizar esse problema, diversas abordagens são adotadas, envolvendo melhorias nos métodos existentes, restrições do modelo de falhas e o uso de novas estratégias de teste. Esta dissertação estuda métodos automáticos para geração de casos de testes com cobertura completa de falhas e propõe dois novos métodos, que permitem reduzir o tamanho dos conjuntos de testes gerados. Primeiro, combinamos ideias do método Wp e do método G, visando usufruir as vantagens de ambos e obtendo um novo método...

Lourenço Filho e a matematização da pedagogia: dos testes psicológicos para os testes pedagógicos

Bassinello, Ieda
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
PT_BR
Relevância na Pesquisa
36.56%
Bassinello, Ieda Lourenço Filho e a matematização da pedagogia: dos testes psicológicos para os testes pedagógicos / Ieda Bassinello. Guarulhos, 2014. 116 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de São Paulo, Programa de Pós-Graduação stricto sensu em Educação e Saúde na Infância e na Adolescência, 2014. Orientador: Wagner Rodrigues Valente Título em inglês: Lourenço Filho and mathematization of pedagogy: psychological testing for educational testing 1. Educação matemática 2. Pedagogia científica 3. Escola Nova 4. Teste ABC 5. Testes pedagógicos 6. Testes psicológicos. I. Título; Esta pesquisa tem por objetivo analisar as transformações ocorridas no cotidiano escolar e à matemática, especialmente, a partir da aplicação de testes psicológicos no período conhecido na história da educação como movimento da Escola Nova. Aponta Manoel Bergström Lourenço Filho como protagonista de uma pedagogia científica, ao desenvolver os Testes ABC: para verificação da maturidade necessária à aprendizagem da leitura e da escrita. A obra orientou a organização das turmas escolares em classes homogêneas e permitiu pensar em novas práticas pedagógicas. Dos Testes ABC, passou-se aos testes pedagógicos no meio escolar. Esse processo evidenciou a matematização da pedagogia. Tal transformação é caracterizada pela técnica de mensuração; de avalições escolares estandardizadas; de dados quantitativos ou estatísticos...

Automatização de testes de mutação em Java

Simões, Sheilla Cristina Fernandes
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2014 POR
Relevância na Pesquisa
36.53%
Projeto de mestrado em Engenharia Informática, apresentada à Universidade de Lisboa, através da Faculdade de Ciências, 2014; A importância da execução de testes durante o processo de desenvolvimento de software tem vindo a crescer, uma vez que estes são cruciais para garantir a qualidade do software desenvolvido, representando o principal método para a redução de ocorrência de erros. Isto tem um carater fundamental, pois no nosso dia-a-dia o software é ubíquo, e indispensável à tecnologia que dependemos. É, pois, fundamental garantir que o software possua um nível de qualidade elevado, pois uma falha poderá causar graves consequências a nível financeiro ou até mesmo ao nível humano. Torna-se assim imprescindível que os engenheiros de software dominem as técnicas de testes de software. O presente trabalho tem como objetivo construir uma ferramenta para apoiar o ensino de testes de mutação. Esta tem sido muito explorada recentemente e tem uma eficácia comprovada na atividade de testes. Os testes de mutação são uma técnica baseada em faltas e são utilizados para testar a robustez de um conjunto de casos de teste, com base no número de falhas identificadas. Cada uma das faltas produzidas por esta técnica representa um requisito de teste...

Testes de hipóteses: uma abordagem não paramétrica

Firmino, Maria José de Almeida Caetano de Sousa
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2015 POR
Relevância na Pesquisa
36.54%
Tese de mestrado, Matemática para Professores, Universidade de Lisboa, Faculdade de Ciências, 2015; A Estatística é, hoje em dia, crucial para o desenvolvimento da sociedade em problemas tão diversos como o combate a doenças epidémicas variadas, a implementação de novos fármacos, o estudo de risco ambiental, o controlo de qualidade na indústria, estudos em ciências sociais, o desenvolvimento de modelos económicos apropriados, a disseminação da informação feita pela comunicação social. A intervenção da Estatística em cada uma destas áreas requer, hoje em dia, uma formação exigente, que permita aos profissionais terem um papel pró-ativo junto dos diversos agentes. Os testes estatísticos são fundamentalmente utilizados em pesquisas que têm por objectivo comparar condições experimentais. Os testes podem ser divididos em paramétricos e não paramétricos. Uma justificação para o uso de métodos não paramétricos é a simplicidade. Em certos casos, até mesmo quando o uso de métodos paramétricos é justificado, os métodos não paramétricos são mais fáceis de usar. Devido tanto à simplicidade quanto à maior robustez, os métodos não paramétricos são vistos por algumas pessoas da área da estatística como o método que deixa menos espaço para usos indevidos e mal-entendidos. A maior aplicabilidade e a maior robustez dos testes não paramétricos têm um custo: em alguns casos onde os testes paramétricos seriam apropriados...

Influência de paradigmas temporais em testes de processamento temporal auditivo

Murphy,Cristina Ferraz Borges; Schochat,Eliane
Fonte: Pró-Fono Produtos Especializados para Fonoaudiologia Ltda. Publicador: Pró-Fono Produtos Especializados para Fonoaudiologia Ltda.
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2007 PT
Relevância na Pesquisa
36.54%
TEMA: processamento temporal auditivo. OBJETIVO: comparar o desempenho de crianças, em testes de processamento temporal auditivo de acordo com diferentes paradigmas temporais como intervalo inter-estímulos, duração do estímulo e tipo de tarefa solicitada (discriminação ou ordenação). MÉTODO: foram avaliadas 27 crianças de 9 a 12 anos. Para analisar o efeito de cada variável temporal, foi desenvolvida e aplicada uma adaptação do teste americano "Repetition Test", contendo quatro testes de discriminação e de ordenação de frequência, e quatro testes de discriminação e de ordenação de duração. Para investigar a variável "tipo de tarefa solicitada", foram elaborados testes envolvendo discriminação e ordenação de frequência e discriminação e ordenação de duração. Para investigar a variável "duração do estímulo", foram elaborados testes de discriminação e ordenação de freqüência com estímulos de 200ms e 100ms e testes de discriminação e ordenação de duração com estímulos de 200/400ms e 300/600ms. Para investigar a variável "intervalo inter-estímulos", foram elaborados testes com intervalos inter-estímulos variáveis aleatoriamente entre 50ms e 250ms. RESULTADOS: em relação à variável intervalo inter-estímulos...

Comparação entre testes de equilíbrio de campo e plataforma de força

Sabchuk,Renata Alyne Czajka; Bento,Paulo Cesar Barauce; Rodacki,André Luiz Félix
Fonte: Sociedade Brasileira de Medicina do Exercício e do Esporte Publicador: Sociedade Brasileira de Medicina do Exercício e do Esporte
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2012 PT
Relevância na Pesquisa
36.53%
Vários testes de equilíbrio têm sido utilizados para identificar o controle postural e o risco de quedas em idosos. Entretanto, não se sabe quais testes refletem mais efetivamente a capacidade em manter o equilíbrio. O objetivo deste estudo foi comparar um conjunto de testes de campo de equilíbrio (TC) com os testes de posturografia em plataforma de força (PF) e verificar se esses testes são capazes de discriminar diferenças no equilíbrio entre jovens e idosos. Participaram do estudo 21 jovens (21,7 ± 2,0 anos) e 18 idosos (69,3 ± 7,0 anos) de ambos os gêneros. Os TC foram: escala de equilíbrio de Berg (BBS), escala de equilíbrio orientado pelo desempenho, (POMA), alcance funcional (AF) e levantar e caminhar cronometrado (TUGT). As variáveis analisadas na PF foram: amplitude de deslocamento nas direções anteroposterior (AMP-AP) e médio-lateral (AMP-ML) e trajetória do centro de pressão (TRAJ-CP). Os sujeitos foram avaliados em cinco condições durante 60s cada. Uma ANOVA one-way foi aplicada para determinar diferenças nos testes de equilíbrio entre grupos (jovens x idosos). Além disso, o teste de correlação de Spearman foi aplicado para identificar a associação entre os TC e PF. Os TC foram capazes de diferenciar jovens de idosos (p < 0...

Balanced testing scorecard: um modelo para avaliação e melhoria de desempenho de equipes de testes de software

Oliveira Nóbrega, Rafael; Marcos Lins de Vasconcelos, Alexandre (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
36.53%
A realização de testes é uma atividade vital para o desenvolvimento de software com qualidade. Muitas empresas têm investido alto visando a melhoria do desempenho das equipes de testes. Para ajudar na satisfação deste objetivo, os modelos de maturidade de testes são ferramentas bastante utilizadas atualmente. Porém, segundo James Bach (1994), estes modelos não são populares entre empresas desenvolvedoras de software altamente competitivas e inovadoras porque, entre outros motivos, encorajam as organizações a utilizarem objetivos que realizam uma missão fictícia de "atingir um maior nível de maturidade", ao invés de realizar a missão definida pela própria organização. O que, segundo ele, geralmente impede que a empresa utilize seus recursos da melhor maneira possível. Desta forma, esta dissertação propõe o modelo Balanced Testing Scorecard (BTSC) para avaliação e melhoria do desempenho de equipes de testes, que usa como base o Balanced Scorecard (KAPLAN & NORTON, 2004) e modelos de maturidade de testes (ERICSON et al., 1998) (SOGETI, 2008) (BURNSTEIN et al., 1996a, 1996b). O BTSC é capaz de alinhar os objetivos da organização e dos seus clientes, com os objetivos dos modelos de maturidade de testes...

Proposta de processo para testes exploratórios aderente ao TMMI nível 2

Rúbia Rodrigues Ricardo, Diana; Marcos Lins de Vasconcelos, Alexandre (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
36.53%
No mercado atual torna-se cada vez mais necessário um software com um alto nível de qualidade e que satisfaça o cliente. Para que os produtos sejam entregues com mais qualidade é vital a realização de testes de software. Há empresas que não investem adequadamente na área de testes. Não existe uma equipe dedicada apenas às atividades de testes de software, não há um processo definido para Teste de Software. Nessas empresas a principal técnica de teste utilizada é a execução de Testes Exploratórios. Neste cenário, na maioria das vezes os testes exploratórios são realizados de maneira informal, se baseiam na intuição e dependem da habilidade e experiência do testador. Este trabalho propõe boas práticas e um processo para testes exploratórios com o intuito de melhorar os resultados obtidos com a utilização desta técnica. O intuito é ajudar empresas que executam testes exploratórios a elevar o nível de qualidade dos testes realizados e dos softwares produzidos. Assim, a ideia é propor um processo que possa ser seguido por essas empresas e que atenda a padrões já conhecidos e respeitados no mercado. Foi realizado um experimento, no qual o processo proposto foi aplicado em uma célula de uma empresa por dois meses. A aplicação do mesmo apresentou vários benefícios e pretende-se adotá-lo formalmente

Um framework de conceitos autonômicos para o controle de testes de dispositivos móveis

de Lyra Lino, Nancy; Cabral de Azevedo Restelli Tedesco, Patrícia (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
36.53%
Diante do dinamismo do mercado de telefonia, fabricantes de dispositivos móveis junto com operadoras vêm buscando acelerar o processo de entrada de novas tecnologias que possibilitem ao usuário final explorar o melhor uso da infra-estrutura. Até bem pouco tempo atrás, um telefone celular tinha como propósito fim a realização apenas de chamadas de voz. Hoje, direcionado pela convergência digital, o próprio mercado visa à miniaturização e uma gama sem fim de novos serviços que podem ser oferecidos, possibilitando que a conexão com a rede esteja sempre online. No entanto, para que a rede e os serviços atendam satisfatoriamente às necessidades dos usuários finais, várias etapas de testes precisam ser feitas, desde a conformidade com a infra-estrutura da rede, interoperabilidade com outras operadoras, funcionamento adequado dos serviços oferecidos, até testes de usabilidade do sistema. Isto faz com que não seja mais viável adotar a prática de testar manualmente todos os casos de testes. Além de custosos, eles demandam tempo e estão vulneráveis a erros humanos. Nesta direção, centros de testes em todo o mundo vêm investindo em ferramentas para tornar o processo mais rápido, dinâmico e automático. Resultados recentes apontam para uma necessidade que possa potencializar a automação...

Um método para seleção de testes de regressão para automação

Viana, Virginia Maria Araújo
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Dissertação
PT_BR
Relevância na Pesquisa
36.55%
A realização de testes é vital para o desenvolvimento de software com qualidade e demanda grande esforço e tempo de projeto. Muitas empresas têm investido pesado no processo de testes visando a prevenção e detecção eficiente de defeitos. Durante os ciclos de desenvolvimento e manutenção do software, testes de regressão são realizados com o objetivo de garantir que manutenções realizadas no software ou a integração de novas funcionalidades não inseriram novos erros em áreas do sistema anteriormente testadas. Testes de regressão são normalmente muito repetitivos e demandam um esforço considerável de tempo quando realizados manualmente. A realização de testes de regressão automáticos, além de possibilitar a redução do ciclo de testes, aumento da cobertura do software e, conseqüentemente, da sua qualidade, permite que os testadores foquem seus esforços em outros tipos de teste ou em testes que não possam ser automatizados. Por isso, muitas empresas têm investido em projetos de automação de testes. Um problema clássico no caso de automação de testes de regressão é identificar que casos de teste devem ser automatizados para que seja possível obter bons resultados dos testes automatizados. Este trabalho estabelece um método para apoiar a seleção de testes de regressão para automação...

Modelo de maturidade em testes com foco em ambientes de testes heterogêneos

de Souza Alves, Gustavo; Marcos Lins de Vasconcelos, Alexandre (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
36.53%
No passado as grandes empresas confiavam a qualidade dos seus sistemas aos seus fornecedores (sejam internos ou externos). Novas tecnologias estão surgindo, processos de desenvolvimento estão mais maduros, mas os fornecedores ainda pecam na qualidade do produto. Falhas no desenvolvimento dos sistemas, cronogramas estourados e defeitos em produção são os principais problemas que prejudicam todo o planejamento financeiro e estratégico de uma organização [TER_01]. Boas práticas em testes de software contribuem para a melhoria da qualidade e redução dos custos dos produtos finais, pela diminuição de retrabalho nos estágios posteriores de testes, durante a implantação e na manutenção. Modelos de maturidade para o desenvolvimento de software, como CMMi vêm sendo utilizados em larga escala para amenizar estes problemas, entretanto esses modelos não tratam com grande atenção as atividades relacionadas a testes. Em resposta a esta deficiência foram criados modelos de maturidade para os processos de testes. Entre eles, o TMM, Testing Maturity Model [TMM_01], o TIM, Test Improvement Model [TIM_01] e o TPI, Test Process Improvement [TPI_01]. Um novo modelo de maturidade em teste, fruto deste trabalho tem como objetivo cobrir as ausências dos modelos citados. A principal delas é falta de detalhes sobre ambientes de teste. O TMM-e (enviroment) como será chamado é adequado para empresas de grande porte onde encontramos uma variedade de plataformas...

Uma ferramenta de análise automatizada de técnicas de seleção de testes de regressão baseada em mineração de repositórios de software

Cruz Júnior, João Maria Guedes da
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Sistemas e Computação; Ciência da Computação Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Sistemas e Computação; Ciência da Computação
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.55%
The main goal of Regression Test (RT) is to reuse the test suite of the latest version of a software in its current version, in order to maximize the value of the tests already developed and ensure that old features continue working after the new changes. Even with reuse, it is common that not all tests need to be executed again. Because of that, it is encouraged to use Regression Tests Selection (RTS) techniques, which aims to select from all tests, only those that reveal faults, this reduces costs and makes this an interesting practice for the testing teams. Several recent research works evaluate the quality of the selections performed by RTS techniques, identifying which one presents the best results, measured by metrics such as inclusion and precision. The RTS techniques should seek in the System Under Test (SUT) for tests that reveal faults. However, because this is a problem without a viable solution, they alternatively seek for tests that reveal changes, where faults may occur. Nevertheless, these changes may modify the execution flow of the algorithm itself, leading some tests no longer exercise the same stretch. In this context, this dissertation investigates whether changes performed in a SUT would affect the quality of the selection of tests performed by an RTS...

Envelhecimento, linguagem e mem?ria visuo-espacial: um estudo comparativo explorat?rio do desempenho humano em testes neuropsicol?gicos selecionados

SOARES, Fernanda Cabral
Fonte: Universidade Federal do Pará Publicador: Universidade Federal do Pará
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
36.57%
O reconhecimento dos limites entre o envelhecimento normal e o patol?gico ? essencial para a ado??o de pol?ticas de sa?de baseadas em evid?ncias para o grupo et?rio acima de 65 anos. Este estudo ? parte de um esfor?o sistem?tico que o grupo de pesquisa do Laborat?rio de Investiga??es em Neurodegenera??o e Infec??o da Universidade Federal do Par? tem feito para fornecer informa??es translacionais sobre a neurobiologia do envelhecimento normal e alterada. A meta principal em longo prazo ? permitir pol?ticas p?blicas para o envelhecimento saud?vel na Regi?o Amaz?nica. No presente trabalho investigamos os efeitos do envelhecimento sobre os desempenhos em testes neuropsicol?gicos selecionados para avaliar aprendizagem, mem?ria e altera??es de linguagem. 29 adultos jovens (29,9 ? 1,06 anos) e 31 idosos (74,1 ? 1,15 anos) saud?veis foram submetidos aos testes e os resultados de seus desempenhos foram comparados por testes param?tricos e estat?stica multivariada. Uma anamnese e uma variedade de testes cognitivos, incluindo Mini Exame do Estado Mental, tarefas visuo-espaciais de aprendizagem e de mem?ria da bateria de testes neuropsicol?gicos automatizados - CANTAB e testes de linguagem incluindo flu?ncia verbal sem?ntica e fonol?gica, teste de nomea??o de Boston reduzido...