Página 1 dos resultados de 35 itens digitais encontrados em 0.001 segundos

Estudo genético da qualidade de carne em linhagem macho de frangos de corte; Genetic study of meat quality traits in a male broiler line

Gaya, Leila de Genova
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 01/09/2006 PT
Relevância na Pesquisa
26.25%
O presente trabalho teve como objetivo estimar os parâmetros genéticos e fenotípicos das características de qualidade de carne e de características de desempenho, carcaça e composição corporal em uma linhagem macho de frangos fornecida pela Agroceres Ross Melhoramento Genético de Aves S. A. As aves faziam parte do programa denominado sib test, ou teste de irmãos, aonde são coletadas informações de carcaça dos irmãos dos indivíduos a serem selecionados na referida linhagem, estes chamados de rebanho elite. As características de desempenho analisadas foram peso à seleção (PS), peso ao abate (PA) e medidas de ultra-sonografia de músculo peitoral (US). As características de carcaça analisadas foram o peso de peito (PPEI), o peso eviscerado (PE) e o peso de pernas (PPER) e as características de composição corporal analisadas foram o peso da gordura abdominal (GOR), o peso do fígado (FIG) e o peso do coração (COR). As características de qualidade de carne analisadas foram: medida de pH inicial (pHi), medida de pH em 6 horas após o abate (pH6), medida de pH final (pHf), amplitude inicial de queda de pH (AMi), amplitude final de queda de pH (AMf), teor de luminosidade (L*), teor de vermelho (a*), teor de amarelo (b*)...

Aspectos genéticos e fenotípicos de características produtivas, temperamento e repelência em bovinos da raça Nelore; Phenotypic and genetic aspects to productive traits, temperament and resistance in Nelore beef cattle

Balieiro, Cristiano de Carvalho
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 14/03/2008 PT
Relevância na Pesquisa
46.67%
O objetivo geral deste trabalho foi avaliar aspectos fenotípicos e genéticos de características de crescimento, temperamento e repelência em bovinos da raça Nelore. As características analisadas neste trabalho foram peso ao nascer (PN, N=13.374), peso a desmama (PD, N=19.835), peso ao sobreano (P18M, N=15.291), ganho de peso da desmama ao sobreano (GP345, N=12.873), ganho de peso da desmama ao sobreano diferenciado (GP345DIF, N=12.873), temperamento (TEMP, N=13.253) e repelência (REP, N=1.859). O arquivo de pedigree foi constituído por 30.233 animais. Os componentes de variância, (co)variância, parâmetros genéticos, bem como as predições dos valores genéticos foram estimados por máxima verossimilhança restrita (REML). As estimativas de herdabilidade observadas para PN, PD, P198M, GP345, GP345DIF, TEMP e REP foram 0,22, 0,34, 0,34, 0,12, 0,12, 0,15 e 0,18, respectivamente. As estimativas de correlação genéticas verificadas foram 0,50 (PD e PN), 0,96 (PD e P18M), 0,49 (PD e GP345), 0,55 (PD e GP345DIF), 0,41 (PD e TEMP) e 0,20(PD e REP). As tendências fenotípicas para as características avaliadas foram todas negativas (P<0,01), a exceção de PD (P>0,05). As tendências genéticas para as características avaliadas foram todas positivas (P<0...

Caracterização fenotípica e genética da produção de leite e do intervalo entre partos em bubalinos da raça Murrah

Ramos, Alcides de Amorim; Malhado, Carlos Henrique Mendes; Carneiro, Paulo Luiz Souza; Gonçalves, Heraldo Cesar; Azevedo, Danielle Maria Machado Ribeiro
Fonte: Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA) Publicador: Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA)
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 1261-1267
POR
Relevância na Pesquisa
26.76%
O objetivo deste trabalho foi estimar as correlações, herdabilidades, repetibilidades, tendências genéticas e fenotípicas, e avaliar as distribuições univariada e bivariada da produção de leite e do intervalo entre partos, em fêmeas bubalinas da raça Murrah, paridas no período de 1982 a 2003. As tendências genéticas e fenotípicas foram estimadas pelas regressões das variáveis dependentes sobre o ano de parto, pelos métodos: regressão linear e regressão não paramétrica, utilizando-se a função de alisamento Spline. As herdabilidades estimadas foram 0,21 e 0,02, e as repetibilidades, 0,32 e 0,06, para a produção de leite e intervalo entre partos, respectivamente. As correlações genética, fenotípica e ambiental foram -0,22, 0,01 e 0,03, respectivamente. As tendências genéticas (regressão linear) foram significativas e iguais a 1,57 kg por ano e 0,085 dia por ano, e as tendências fenotípicas foram 27,74 kg por ano e 0,647 dia por ano, para a produção de leite e intervalo entre partos, respectivamente, tendo sido significativa apenas para a produção de leite. A correlação negativa sugere a existência de antagonismo favorável entre produção de leite e intervalo entre partos; assim é possível selecionar animais com altos valores genéticos para a produção de leite e com menores valores para o intervalo entre partos.; The objective of this work was to estimate the correlations...

Tendência genética em pesos e ganhos em peso de bovinos da raça Guzerá

deOliveira, J. A.; Lobo, R. B.; deOliveira, H. N.
Fonte: Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA) Publicador: Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA)
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 1355-1360
POR
Relevância na Pesquisa
26.49%
The main objective of this study was to estimate genetic and phenotypic trends in weights at birth (BW), 8 (W8) and 12 months (W12) of age; and also in the daily gains from birth to 8 months (G8) and from birth to 12 months (G12) for the 'Guzera' cattle herd from the 'Fazenda de Ensino e Pesquisa do Campus de Ilha Solteira', UNESP, at Selviria, MS, in the Central-West region of Brazil. The data were collected between 1979 and 1984 from 842 calves, sired by 22 sires. Genetic trends were estimated by three alternative procedures, two of them were based on the methodology of repeated use of sires and the other procedure on the differences in the average genetic values of sires in the different years. The phenotypic annual changes estimated were -0.232 kg, -8.278 kg, -0.033 kg, -8.498 kg e -0.023 kg, for BW, W8, G8, W12 and G12, respectively. The estimates of genetic trends, obtained by the three procedures were different, but showed that genetic changes for all analised traits were little.; Objetivou-se, neste estudo, estimar as tendências fenotípicas e genéticas observadas nos pesos ao nascer (PN), aos oito (P8) e aos 12 meses (P 12) de idade e nos ganhos diários de peso do nascimento aos oito (G8) e aos 12 (G12) meses, em uma amostra de 842 animais Guzerá nascidos na Fazenda de Ensino e Pesquisa do Campus de Ilha Solteira...

Caracterização fenotípica e genética da produção de leite e do intervalo entre partos em bubalinos da raça Murrah

Ramos,Alcides de Amorim; Malhado,Carlos Henrique Mendes; Carneiro,Paulo Luiz Souza; Gonçalves,Heraldo César; Azevedo,Danielle Maria Machado Ribeiro
Fonte: Embrapa Informação Tecnológica; Pesquisa Agropecuária Brasileira Publicador: Embrapa Informação Tecnológica; Pesquisa Agropecuária Brasileira
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2006 PT
Relevância na Pesquisa
26.76%
O objetivo deste trabalho foi estimar as correlações, herdabilidades, repetibilidades, tendências genéticas e fenotípicas, e avaliar as distribuições univariada e bivariada da produção de leite e do intervalo entre partos, em fêmeas bubalinas da raça Murrah, paridas no período de 1982 a 2003. As tendências genéticas e fenotípicas foram estimadas pelas regressões das variáveis dependentes sobre o ano de parto, pelos métodos: regressão linear e regressão não paramétrica, utilizando-se a função de alisamento Spline. As herdabilidades estimadas foram 0,21 e 0,02, e as repetibilidades, 0,32 e 0,06, para a produção de leite e intervalo entre partos, respectivamente. As correlações genética, fenotípica e ambiental foram -0,22, 0,01 e 0,03, respectivamente. As tendências genéticas (regressão linear) foram significativas e iguais a 1,57 kg por ano e 0,085 dia por ano, e as tendências fenotípicas foram 27,74 kg por ano e 0,647 dia por ano, para a produção de leite e intervalo entre partos, respectivamente, tendo sido significativa apenas para a produção de leite. A correlação negativa sugere a existência de antagonismo favorável entre produção de leite e intervalo entre partos; assim é possível selecionar animais com altos valores genéticos para a produção de leite e com menores valores para o intervalo entre partos.

Estimativas de parâmetros genéticos e de tendências fenotípica , genética e de ambiente de algumas características produtivas da raça Gir Leiteiro

Balieiro,E.S.; Pereira,J.C.C.; Valente,J.; Verneque,R.S.; Balieiro,J.C.C.; Ferreira,W.J.
Fonte: Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Veterinária Publicador: Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Veterinária
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2000 PT
Relevância na Pesquisa
26.25%
Os objetivos do estudo foram estimar os parâmetros genéticos e as tendências fenotípica, genética e de ambiente para produção de leite (PL), duração da lactação (DL), produção de gordura (PG) e porcentagem de gordura (CG) no leite, na raça Gir, utilizando análises uni e bivariadas sob o método da máxima verossimilhança restrita, por meio de algorítmo livre de derivadas (MTDFREML), ajustando modelos-animal. O modelo matemático adotado para as quatro características produtivas incluiu os efeitos fixos de rebanho-ano de parto, época de parto e idade ao parto como covariável (linear e quadrática) e, além do resíduo, os efeitos aleatórios de animal e ambiente permanente. Por meio de análises bivariadas, as estimativas de herdabilidade foram, respectivamente: PL e DL, 0,21 e 0,11; PL e PG, 0,22 e 0,21; PL e CG, 0,19 e 0,12. As estimativas de repetibilidade foram PL, 0,51; DL, 0,32; PG, 0,47; e CG, 0,13. As correlações fenotípicas, genéticas e de ambiente foram, respectivamente: para PL e DL, 0,62, 0,76 e 0,57; para PL e PG, 0,93, 0,97 e 0,91; para PL e CG, -0,02, -0,11 e -0,01. As estimativas das mudanças anuais fenotípica, genética e de ambiente para as características produtivas estudadas foram, respectivamente: para PL...

Parâmetros genéticos e tendências genéticas e fenotípicas para escores visuais na fase pós-desmama de bovinos da raça Aberdeen Angus

Weber,Tomás; Rorato,Paulo Roberto Nogara; Lopes,Jader Silva; Comin,Juliana Grigoletto; Dornelles,Mariana de Almeida; Araújo,Ronyere Olegário de
Fonte: Universidade Federal de Santa Maria Publicador: Universidade Federal de Santa Maria
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2009 PT
Relevância na Pesquisa
36.76%
Neste trabalho, foram avaliados, na fase de pós-desmama, 28.349 animais da raça Aberdeen Angus, nascidos entre os anos de 1993 e 2003 e criados em 141 fazendas. Os objetivos deste trabalho foram estimar parâmetros genéticos e avaliar a tendência genética e a fenotípica para os escores de avaliação visual (EVs), conformação (C), precocidade (P), musculatura (M) e tamanho (T). Os componentes de (co)variância foram estimados por REML, utilizando um modelo animal. As estimativas de herdabilidade foram: 0,13; 0,11; 0,16 e 0,13 para C, P, M e T, respectivamente. As correlações genéticas obtidas entre os escores visuais variaram de 0,01 a 0,92. As tendências genéticas e fenotípicas para C, P, M e T (pontos/ano) foram: 0,0054 e 0,0189; 0,0035 e -0,0013; 0,0057 e 0,0217 e 0,0026 e -0,0016, respectivamente. As herdabilidades estimadas sugerem baixa resposta à seleção direta. As correlações genéticas entre os EVs foram altas entre C, P e M (0,79 a 0,92) e foram baixas entre estes e T (0,01 a 0,30). As tendências genéticas mostram que a seleção está promovendo ganho genético de pequena magnitude, porém, as tendências fenotípicas, com valores negativos para algumas características, indicam que deve ser dada mais atenção para as condições ambientais.

Estimativa de parâmetros genéticos, componentes de (co)variância e tendências genéticas e fenotípicas para características produtivas pré-desmama em bovinos Devon no Rio Grande do Sul

Corrêa,Marcela Bicca Bragança; Dionello,Nelson José Laurino; Cardoso,Fernando Flores
Fonte: Sociedade Brasileira de Zootecnia Publicador: Sociedade Brasileira de Zootecnia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2006 PT
Relevância na Pesquisa
26.7%
Os objetivos neste estudo foram estimar componentes de (co)variância e parâmetros genéticos, como herdabilidades e correlações, e verificar as tendências genéticas e fenotípicas para os pesos ao nascer (PN) e à desmama (PD) e o ganho do nascimento à desmama ajustado para 205 dias (GNDA). Foram utilizados registros de 23.369 animais da raça Devon, coletados pelo PROMEBO - Programa de Melhoramento de Bovinos de Carne, conduzido pela Associação Nacional de Criadores - "Herd Book Collares", nascidos entre 1980 e 2000. Desses animais, 16.593 tinham dados de PN, 22.530 tinham registros de PD e 22.259 possuíam dados de GNDA. As análises foram realizadas pelo método da máxima verossimilhança restrita, pelo programa MTDFREML. Inicialmente, foram realizadas análises univariadas de cada característica e, posteriormente, análises bivariadas relacionando os pesos, tanto ao nascer quanto à desmama, ao ganho de peso pré-desmama. As herdabilidades e os erros-padrão obtidos das análises univariadas foram de 0,32 ± 0,03 para PN, 0,17 ± 0,01 para GNDA e de 0,12 ± 0,01 para PD. Nas análises bivariadas do PN com GNDA e do PD com GNDA, as herdabilidades obtidas foram de 0,35 e 0,17 e de 0,32 e 0,42, respectivamente. Os resultados demonstram...

Parâmetros genéticos e tendências genéticas e fenotípicas para características produtivas e de conformação na fase pré-desmama em uma população da raça Aberdeen Angus

Weber,Tomás; Rorato,Paulo Roberto Nogara; Lopes,Jader Silva; Comin,Juliana Grigolleto; Dornelles,Mariana de Almeida; Araújo,Ronyere Olegário de
Fonte: Sociedade Brasileira de Zootecnia Publicador: Sociedade Brasileira de Zootecnia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/05/2009 PT
Relevância na Pesquisa
26.76%
Com os objetivos de estimar parâmetros genéticos e avaliar a tendência genética e a fenotípica para as características peso ao nascer (PN), ganho médio diário do nascimento à desmama (GMDND), peso à desmama ajustado para 205 dias (P205) e para os escores visuais de conformação, precocidade, musculatura e tamanho, na fase pré-desmama, foram utilizados 23.176 registros de animais da raça Aberdeen Angus, nascidos entre 1994 e 2004. Os componentes de (co)variância foram estimados pelo REML, utilizando-se um modelo animal. As herdabilidades diretas variaram de 0,10 (musculatura) a 0,27 (PN) e as maternas, de 0,07 (GMDND) a 0,21(P205). As correlações genéticas entre GMDND e os escores visuais variaram de 0,55 a 0,66 e para os escores visuais entre si, de 0,50 a 0,92. As tendências genéticas para PN, GMDND, P205 foram 17,5; 1,1 e 220,9 (g/ano) e para os escores visuais as tendências genéticas foram próximas de zero; as fenotípicas foram 29,8; -3,3 e 467,9 (g/ano). As herdabilidades diretas estimadas sugerem ser possível obter ganho genético por meio da seleção, embora com pequeno ganho para os escores visuais. As correlações genéticas entre GMDND e os escores visuais indicam que a seleção para a primeira promove melhoria nos escores visuais e vice versa. As tendências genéticas indicam progresso genético...

Parâmetros e tendências genéticas para características de crescimento em bovinos da raça Nelore no Estado da Bahia utilizando inferência bayesiana

Lacerda,Júlio Jaat Dias; Carneiro,Paulo Luiz Souza; Martins Filho,Raimundo; Malhado,Carlos Herinque Mendes
Fonte: UFBA - Universidade Federal da Bahia Publicador: UFBA - Universidade Federal da Bahia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2014 PT
Relevância na Pesquisa
26.63%
O objetivo com esta pesquisa foi estimar parâmetros genéticos e predizer tendências genéticas e fenotípicas para pesos aos 205 (P205), 365 (P365) e 550 (P550) dias de idade, em animais da raça Nelore nascidos no período de 1975 a 2011 no Estado da Bahia. Os dados foram analisados através de modelos bayesianos uni e bicaracterísticos com o programa GIBBS3F90. Os modelos utilizados para as três características incluíram os efeitos aleatórios genéticos (direto e materno), de ambiente permanente maternal, a covariável idade da vaca ao parto (efeito linear e quadrático), além do efeito fixo de grupo de contemporâneos. As herdabilidades (direta) para P205, P365 e P550 apresentaram valores inferiores aos relatados na literatura, contudo, existe possibilidade de ganho genético por meio da seleção. As predições de tendências genéticas e fenotípicas para as características foram obtidas pela regressão linear ponderada da média da variável dependente (valores genéticos e pesos observados) sobre o ano de nascimento. As tendências para P365 e P550 preditas demonstram que houve algum progresso genético para estas duas características, porém, inferiores ao peso aos 205 de idade. Os valores observados indicam pequeno...

Tendencia genetica em pesos e ganhos em peso de bovinos da raca guzera.

OLIVEIRA, J.A. de; LOBO, R.B.; OLIVEIRA, H.N. de
Fonte: Pesquisa Agropecuaria Brasileira, Brasilia, v.30, n.11, p.1355-1360,nov.1995. Publicador: Pesquisa Agropecuaria Brasileira, Brasilia, v.30, n.11, p.1355-1360,nov.1995.
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
26.49%
Objetivou-se, neste estudo, estimar as tendencias fenotipicas e geneticas observadas nos pesos ao nascer (PN), aos oito (P8) e as 12 meses (P12) de idade e nos ganhos diarios de peso do nascimento aos oito (G8) e as 12 (G12) meses, em uma amostra de 842 animais Guzera nascidos na Fazenda de Ensino e Pesquisa do Campus de Ilha Solteira, UNESP, no periodo de 1979 a 1984. As mudancas geneticas foram estimadas por tres procedimentos alternativos, dois deles baseados no metodo do uso repetido de touros em anos sucessivos, e o terceiro procedimento nas diferencas entre os valores geneticos medios anuais de touros. As mudancas fenotipicas anuais foram de -0,232kg, -8,278kg, 0,033kg, -8,498kg e 0,023kg, respectivamente para PN, P8, G8, P12 e G12. As estimativas das tendencias geneticas anuais obtidas pelos tres procedimentos diferiram entre si, mas indicaram que as mudancas geneticas em todas as caracteristicas estudadas foram de pequena magnitude.; 1995

Caracterização fenotípica e genética da produção de leite e do intervalo entre partos em bubalinos da raça Murrah.

RAMOS, A. de A.; MALHADO, C.H.M.; CARNEIRO, P.L.S.; GONÇALVES, H.C.; AZEVEDO, D.M.M.R.
Fonte: Pesquisa Agropecuária Brasileira, Brasília, v.41, n. 8, p.1261-1267, ago. 2006. Publicador: Pesquisa Agropecuária Brasileira, Brasília, v.41, n. 8, p.1261-1267, ago. 2006.
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
26.76%
O objetivo deste trabalho foi estimar as correlações, herdabilidades, repetibilidades, tendências genéticas e fenotípicas, e avaliar as distribuições univariada e bivariada da produção de leite e do intervalo entre partos, em fêmeas bubalinas da raça Murrah, paridas no período de 1982 a 2003. As tendências genéticas e fenotípicas foram estimadas pelas regressões das variáveis dependentes sobre o ano de parto, pelos métodos: regressão linear e regressão não paramétrica, utilizando-se a função de alisamento Spline. As herdabilidades estimadas foram 0,21 e 0,02, e as repetibilidades, 0,32 e 0,06, para a produção de leite e intervalo entre partos, respectivamente. As correlações genética, fenotípica e ambiental foram -0,22, 0,01 e 0,03, respectivamente. As tendências genéticas (regressão linear) foram significativas e iguais a 1,57 kg por ano e 0,085 dia por ano, e as tendências fenotípicas foram 27,74 kg por ano e 0,647 dia por ano, para a produção de leite e intervalo entre partos, respectivamente, tendo sido significativa apenas para a produção de leite. A correlação negativa sugere a existência de antagonismo favorável entre produção de leite e intervalo entre partos; assim é possível selecionar animais com altos valores genéticos para a produção de leite e com menores valores para o intervalo entre partos.; 2006

Parâmetros e tendências genéticas do peso de bovinos criados à pasto no Brasil.

SOUZA, J. C.; SILVA, L. O. C. da; GONDO, A.; FREITAS, J. A.; MALHADO, C. H. M.; FERRAR FILHO, P. B.; SERENO, J. R. B.; LAMBERSON, W. R.
Fonte: Archivos de Zootecnia, v. 60, n. 231, p. 457-465, 2011. Publicador: Archivos de Zootecnia, v. 60, n. 231, p. 457-465, 2011.
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
26.4%
Parâmetros e tendências genéticas para os pesos aos 120 (P120: n= 86 852), 205 (P205: n= 86 852), 365 (P365: n= 61 637) e 550 (P550: n= 36 187) dias de idade foram estimados para animais da raça Nelore criados a campo nas regiões Centro-Oeste e Sudeste no Brasil. Os dados são provenientes da ABCZ/EMBRAPA e foram obtidos no período entre 1975 a 2001. Os parâmetros foram obtidos utilizando o programa MTDFREML, em análise unicaracterística. Os efeitos fixos foram grupo de contemporâneos (combinação de estação (água e seca), ano, sexo e fazenda) e a covariável idade da vaca ao parto (linear e quadratico). Como efeito aleatório utilizou-se o efeito aditivo direto, aditivo materno, e de ambiente permanente. As estimativas das variâncias genéticas, direta e materna, ambientais e fenotípicas e as covariâncias entre o efeito direto e materno foram 51,1; 17,9; 190,5; 280,4 e -12,0 para P120; 128,6; 47,2; 695,7; 932,4 e -25,9 para P205; 435,9; 32,2; 2934,0; 3604,9 e -27,4 para P365; 607,9; 177,7; 5637,7; 6602,5 e -117,6 para P550. Os valores de herdabilidades direta encontram-se na faixa de 0,09 a 0,18; herdabilidade materna variaram de 0,01 a 0,06, correlação direta materna entre -0,23 a -0,36 e o efeito de ambiente permanente igual a 0...

Tendências genéticas e fenotípicas para características produtivas e reprodutivas para fêmeas da raça Nelore.

RORATO, P. R. N.; ARAÚJO, R. O. de; MARCONDES, C. R.; EVERLING, D. M.; BRESOLIN, T.; WEBER, T.
Fonte: In: SIMPÓSIO BRASILEIRO DE MELHORAMENTO ANIMAL, 9., 2012, João Pessoa. Anais... João Pessoa. SBMA, 2012. Publicador: In: SIMPÓSIO BRASILEIRO DE MELHORAMENTO ANIMAL, 9., 2012, João Pessoa. Anais... João Pessoa. SBMA, 2012.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
36.79%
Objetivou-se estimar as tendências genéticas e fenotípicas, utilizando Inferência Bayesiana, para um indicador de produtividade e para características reprodutiva e produtivas para fêmeas da raça Nelore. O arquivo de trabalho estava constituído de 3.029 registros de animais, filhas de 357 touros e 3.029 vacas. Foi adotado um modelo animal tetracaracterística, considerando como aleatórios os efeitos genéticos aditivos diretos e os residuais e como fixos o efeitos do ano de nascimento e do grupo de contemporâneos. As tendências genéticas diretas para o peso aos 365 e aos 550 dias de idade, para a idade da vaca ao parto e para o indicador de produtividade total, foram: 101,1 e 126,2 g/ano; -1,10 dias/ano e 116,2 g/bezerro desmamado/ano, respectivamente. As tendências fenotípicas foram desfavoráveis para todas as características avaliadas. As tendências genéticas obtidas para as características avaliadas indicam que a seleção realizada vem promovendo progresso genético; contudo, melhorias nas condições de ambiente devem ser implementadas, para que o genótipo dos indivíduos se expresse com maior eficiência.; 2012

Tendências genéticas e fenotípicas para características produtivas e reprodutivas para fêmeas da raça Nelore.

RORATO, P. R. N.; ARAÚJO, R. O. de; MARCONDES, C. R.; EVERLING, D. M.; BRESOLIN, T.; WEBER, T.
Fonte: In: SIMPÓSIO BRASILEIRO DE MELHORAMENTO ANIMAL, 9., 2012, João Pessoa. Anais... João Pessoa: SBMA, 2012. Publicador: In: SIMPÓSIO BRASILEIRO DE MELHORAMENTO ANIMAL, 9., 2012, João Pessoa. Anais... João Pessoa: SBMA, 2012.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Formato: 1 CD-ROM
PT_BR
Relevância na Pesquisa
36.79%
Objetivou-se estimar as tendências genéticas e fenotípicas, utilizando Inferência Bayesiana, para um indicador de produtividade e para características reprodutiva e produtivas para fêmeas da raça Nelore. O arquivo de trabalho estava constituído de 3.029 registros de animais, filhas de 357 touros e 3.029 vacas. Foi adotado um modelo animal tetracaracterística, considerando como aleatórios os efeitos genéticos aditivos diretos e os residuais e como fixos o efeitos do ano de nascimento e do grupo de contemporâneos. As tendências genéticas diretas para o peso aos 365 e aos 550 dias de idade, para a idade da vaca ao parto e para o indicador de produtividade total, foram: 101,1 e 126,2 g/ano; -1,10 dias/ano e 116,2 g/bezerro desmamado/ano, respectivamente. As tendências fenotípicas foram desfavoráveis para todas as características avaliadas. As tendências genéticas obtidas para as características avaliadas indicam que a seleção realizada vem promovendo progresso genético; contudo, melhorias nas condições de ambiente devem ser implementadas, para que o genótipo dos indivíduos se expresse com maior eficiência.; 2012

Caracterização fenotípica e genética da produção de leite e do intervalo entre partos em bubalinos da raça Murrah.

RAMOS, A. de A.; MALHADO, C.H.M.; CARNEIRO, P.L.S.; GONÇALVES, H.C.; AZEVEDO, D.M.M.R.
Fonte: Pesquisa Agropecuária Brasileira, Brasília, v.41, n. 8, p.1261-1267, ago. 2006. Publicador: Pesquisa Agropecuária Brasileira, Brasília, v.41, n. 8, p.1261-1267, ago. 2006.
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
26.76%
O objetivo deste trabalho foi estimar as correlações, herdabilidades, repetibilidades, tendências genéticas e fenotípicas, e avaliar as distribuições univariada e bivariada da produção de leite e do intervalo entre partos, em fêmeas bubalinas da raça Murrah, paridas no período de 1982 a 2003. As tendências genéticas e fenotípicas foram estimadas pelas regressões das variáveis dependentes sobre o ano de parto, pelos métodos: regressão linear e regressão não paramétrica, utilizando-se a função de alisamento Spline. As herdabilidades estimadas foram 0,21 e 0,02, e as repetibilidades, 0,32 e 0,06, para a produção de leite e intervalo entre partos, respectivamente. As correlações genética, fenotípica e ambiental foram -0,22, 0,01 e 0,03, respectivamente. As tendências genéticas (regressão linear) foram significativas e iguais a 1,57 kg por ano e 0,085 dia por ano, e as tendências fenotípicas foram 27,74 kg por ano e 0,647 dia por ano, para a produção de leite e intervalo entre partos, respectivamente, tendo sido significativa apenas para a produção de leite. A correlação negativa sugere a existência de antagonismo favorável entre produção de leite e intervalo entre partos; assim é possível selecionar animais com altos valores genéticos para a produção de leite e com menores valores para o intervalo entre partos.; 2006

Tendencias genéticas y fenotípicas para producción de leche de ganado Holstein en dos modalidades de control de producción

Toledo Alvarado,Hugo O.; Ruiz López,Felipe de Jesús; Vázquez Peláez,Carlos G.; Berruecos Villalobos,José M.; Elzo,Mauricio A.
Fonte: Instituto Nacional de Investigaciones Forestales, Agrícolas y Pecuarias Publicador: Instituto Nacional de Investigaciones Forestales, Agrícolas y Pecuarias
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2014 ES
Relevância na Pesquisa
46.63%
Se utilizaron registros de producción de leche ajustada a 305 días, equivalente edad adulta y dos ordeñas de la primera lactancia, del Programa Nacional de Mejoramiento Genético en México PNMG (n= 163,885), que incluye a la Asociación Holstein de México (AHM) (n= 43,668) y al Banco Nacional de Información Lechera (BNIL) (n= 120,217). El objetivo del estudio fue el análisis de las tendencias genéticas de poblaciones Holstein en México. Se utilizó el método del Mejor Predictor Lineal Insesgado para predecir los valores genéticos (VG) de los animales con un modelo animal usando el programa ASREML, el modelo incluyó el grupo hato-año-estación de parto como efecto fijo, y animal y residuo como aleatorios. Se estimaron los promedios de los VG de los sementales ponderados por el número de hijas y no ponderados del PNMG, AHM y BNIL. Así como los promedios ponderados de los VG de los sementales del PNMG de acuerdo a su país de origen (EUA, Canadá, México y Otros). También se estimaron los promedios de VG y valores fenotípicos (VF) para las vacas en producción. Los VG y VF promedios de las vacas del PNMG, AHM y BNIL aumentaron entre el 2007 y el 2011. Ganaderos de la AHM escogieron sementales con mayores VG que los del BNIL. Sin embargo...

Tendencias genéticas y fenotípicas para características de producción y composición de la leche en cabras Saanen de México

Torres-Vázquez,José Antonio; Valencia-Posadas,Mauricio; Castillo-Juárez,Héctor; Montaldo,Hugo H
Fonte: Instituto Nacional de Investigaciones Forestales, Agrícolas y Pecuarias Publicador: Instituto Nacional de Investigaciones Forestales, Agrícolas y Pecuarias
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2010 ES
Relevância na Pesquisa
36.82%
Con el objetivo de estimar las tendencias genéticas y fenotípicas, se analizaron registros de primera lactancia estandarizados a 305 días para producción de leche (MILK, n = 1041), producción de grasa (FAT, n = 487), producción de proteína (PROT, n = 477), producción de lactosa (LACT, n = 401), contenido de grasa (%FAT, n = 487), contenido de proteína (%PROT, n = 477) y contenido de lactosa (%LACT, n = 401), obtenidos entre 2000 y 2006 en 10 rebaños de cabras Saanen de Guanajuato, México. Los valores genéticos aditivos predichos (VGP) se obtuvieron mediante modelos animales univariados que incluyeron grupos genéticos de progenitores fantasmas. Las tendencias genéticas se estimaron a partir de la regresión de los VGP en el año de nacimiento. Las tendencias fenotípicas se estimaron a partir de la regresión de los registros en el año de nacimiento. Las tendencias genéticas anuales para MILK, FAT, PROT y LACT fueron de 2.99 ± 1.06 kg, -0.21 ± 0.09 kg, -0.10 ± 0.04 kg y -0.19 ± 0.09 kg, respectivamente (P<0.05). Las tendencias genéticas anuales para %FAT, %PROT y %LACT fueron cercanas a cero (P>0.05). La tendencia genética anual para MILK fue de 0.32 % de la media fenotípica. Estos resultados indican que es preciso usar criterios más adecuados de selección...

Parámetros genéticos para sobrevivencia al nacer en porcinos

Galíndez¹,Rafael; Verde²,Omar; Martínez¹,Gonzalo
Fonte: Instituto Nacional de Investigaciones Agricolas INIA, Maracay, Venezuela. Publicador: Instituto Nacional de Investigaciones Agricolas INIA, Maracay, Venezuela.
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2004 ES
Relevância na Pesquisa
36.34%
Con la finalidad de estimar índices de herencia directos (h²d) y maternos (h²m), correlaciones genéticas entre efectos directos y maternos (r dm), heterosis y tendencias fenotípicas (Tf), genéticas (Tg) y ambientales (Ta), se analizaron 15308 registros de sobrevivencia de lechigadas al nacer, utilizando modelos lineales a través de dos metodologías: cuadrados mínimos (CM) y máxima verosimilitud restringida (REML). El modelo incluyó los efectos fijos: año y época de nacimiento, granja, número de parto, grupo racial de camada, las covariables: lechones nacidos vivos y peso de la camada al nacer, además de los efectos aleatorios de padre para CM y camada (directo) y madre (materno) para REML. Los análisis se realizaron por separado para razas blancas (RB = Large White, LW y Landrace, L) y razas de color (RC = Duroc, D y Hampshire, H). Los promedios no ajustados y ajustados resultaron en 94,53%, 93.54% para RB y 93.53%, 95.65% para RC. Los h²d utilizando CM y REML: 0.010 y 0.010; 0.004 y 0.010; 0.062 y 0.020; no estimable y 0.010 para LW, L, D y H, los h²m y r dm: 0.030 y 0.980; 0.020 y 0.950; 0.040 y 1.000, 0.070 y 1.000. La heterosis resultó estadísticamente no significativa (NS). Las Tg y Ta (P<0.01) corresponden a (0.580 y 0.684 en LW) y (-1.111 y 1.230 en L)...

Tendencias Genéticas y Fenotípicas de Características de Crecimiento en el Ganado Brahman de Registro de México.

Parra-Bracamonte,Gaspar Manuel; Martínez-González,Juan Carlos; García-Esquivel,Francisco Javier; González-Reyna,Arnoldo; Briones-Encinia,Florencio; Cienfuegos-Rivas,Eugenia Guadalupe
Fonte: UNIVERSIDAD DEL ZULIA Publicador: UNIVERSIDAD DEL ZULIA
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/05/2007 ES
Relevância na Pesquisa
56.92%
El objetivo de este estudio fue estimar las tendencias fenotípicas y genéticas para las características de crecimiento: peso al nacimiento (PN), peso al destete (P205), peso al año (P365) y peso a los 550 días (P550), en ganado Brahman de registro de México. Los datos correspondieron a 23.570 registros de pesos de becerros que se encontraban en el Programa de Control de Desarrollo Ponderal (PCDP) de la Asociación Mexicana de Criadores de Cebú (AMCC). Para las tendencias fenotípicas se utilizaron los promedios ajustados de las variables por el año de nacimiento; y para las tendencias genéticas fueron ajustadas las medias de los valores genéticos predichos (VGP) por año de nacimiento. Los períodos ajustados fueron de 1993 a 2003. Los VGP se estimaron mediante las diferencias esperadas de progenie (DEP’s) obtenidas en un estudio previo. Todos los ajustes de cambio fenotípico fueron significativos (P<0,05), resultando de 0,142; 2,134; 8,570 y 12,820 kg/año para PN, P205, P365 y P550, respectivamente. Para las tendencias genéticas directas, se obtuvieron cambios significativos para P205 y P550 (P<0,05); y las estimaciones fueron, 1 g/año para PN; 191 g/año para P205; 262 g/año para P365; y 608 g/año para P550, respectivamente. Para el cambio genético materno...