Página 1 dos resultados de 1516 itens digitais encontrados em 0.008 segundos

Optimization of amaranth flour films plasticized with glycerol and sorbitol by multi-response analysis

TAPIA-BLACIDO, D. R.; SOBRAL, P. J. do Amaral; MENEGALLI, F. C.
Fonte: ELSEVIER SCIENCE BV Publicador: ELSEVIER SCIENCE BV
Tipo: Artigo de Revista Científica
ENG
Relevância na Pesquisa
37.24%
The optimal formulation for the preparation of amaranth flour films plasticized with glycerol and sorbitol was obtained by a multi-response analysis. The optimization aimed to achieve films with higher resistance to break, moderate elongation and lower solubility in water. The influence of plasticizer concentration (Cg, glycerol or Cs, sorbitol) and process temperature (Tp) on the mechanical properties and solubility of the amaranth flour films was initially studied by response surface methodology (RSM). The optimized conditions obtained were Cg 20.02 g glycerol/100 g flour and Tp 75 degrees C, and Cs 29.6 g sorbitol/100 g flour and Tp 75 degrees C. Characterization of the films prepared with these formulations revealed that the optimization methodology employed in this work was satisfactory. Sorbitol was the most suitable plasticizer. It furnished amaranth flour films that were more resistant to break and less permeable to oxygen, due to its greater miscibility with the biopolymers present in the flour and its lower affinity for water. (C) 2011 Elsevier Ltd. All rights reserved.; Fundacao de Amparo a Pesquisa do Estado de Sao Paulo (Sao Paulo Research Support Foundation -FAPESP)

Produção de sorbitol e ácidos orgânicos por Zymomonas mobilis

Malvessi, Eloane
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.24%
Sorbitol e ácido glucônico são obtidos equimolarmente em reação catalisada por glicose-frutose oxidorredutase (GFOR) e glucono-δ-lactonase (GL), enzimas periplasmáticas de Zymomonas mobilis. Visto que a demanda comercial do sorbitol é muito superior à do ácido glucônico, este trabalho objetivou aprofundar o conhecimento sobre a capacidade do complexo GFOR/GL de oxidar outras aldoses a seus respectivos ácidos orgânicos. O cultivo de Z. mobilis foi analisado visando a obtenção de biomassa, GFOR/GL e etanol. Em cultivo descontínuo em meio com 7,5 a 10,0 g/L de extrato de levedura bruto, obtiveramse cerca de 24 unidades de GFOR/GL por grama de células secas (U/g). Em regime descontínuo alimentado, atividade de 27 U/g e rendimento em etanol de 95% foram atingidos. A ação de GFOR/GL sobre diferentes pares frutose/aldoses foi avaliada com células permeabilizadas livres ou imobilizadas em alginato de cálcio. Com 0,7 mol/L de frutose/glicose, em sistema imobilizado, as mais altas atividades foram medidas entre 47 e 50°C com pH de 7,8 a 8,2, constatando-se que um valor de pH mais alto no meio permite a ocorrência de um pH próximo ao ideal (6,4) no interior das esferas de alginato. Conforme os substratos são consumidos...

Utilização de diferentes substratos para a produção de etanol, levana e sorbitol por Zymomonas mobilis

Ernandes, Fernanda Maria Pagane Guereschi
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 145 f. : il. color.
POR
Relevância na Pesquisa
37.38%
Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP); Pós-graduação em Engenharia e Ciência de Alimentos - IBILCE; O principal produto da fermentação de açúcares por Zymomonas mobilis é o etanol quando glicose e frutose são utilizadas como fontes de carbono. Entretanto, quando sacarose é empregada na fermentação, o rendimento do etanol diminui devido à formação de subprodutos como levana, sorbitol, acetaldeído, ácido acético, pequenas quantidades de alguns álcoois superiores e fenol. A utilização de produtos agroindustriais, como o caldo e melaço de cana-deaçúcar, é uma alternativa para reduzir o custo final dos produtos de fermentação devido à disponibilidade de aquisição e composição química desses substratos. Este trabalho teve como objetivo utilizar substratos alternativos e otimizar as condições de fermentação para a produção de etanol, levana e sorbitol por Zymomonas mobilis CCT 4494. Também foi considerado o efeito da variação do substrato e de sais minerais adicionados nos meios de produção (sintético, caldo e melaços de cana-de-açúcar). Para a obtenção dos produtos de fermentação, foi aplicada a metodologia de superfície de resposta, seguindo um planejamento fatorial do tipo 27-2...

Frutose, sorbitol e glicose em sangue de mãe, cordão umbilical e recém-nascido de termo com 48 horas de vida

Barreiros, Rodrigo Crespo
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 97 f.
POR
Relevância na Pesquisa
37.4%
Pós-graduação em Pediatria - FMB; A frutose é um açúcar derivado da glicose pela via do sorbitol presente em placentas de animais ungulados. Em humanos existem poucos relatos sobre a produção de frutose e de polióis pela unidade feto-placentária. Determinar a relação entre os níveis sangüíneos de frutose, sorbitol e glicose em mães, em veia de cordão umbilical e em recém-nascidos de termo em aleitamento materno exclusivo. As concentrações de frutose mais elevadas no cordão umbilical e no recém-nascido em relação às maternas sugerem que a produção de frutose à partir da glicose esteja presente na unidade feto-placentária e no recém-nascido. As concentrações de sorbitol mais elevadas no cordão em relação à mãe e no recém-nascido sugerem que as vias de produção de sorbitol estejam ativas na unidade feto-placentária.; Placenta from ungulates produce fructose from glucose by the sorbitol pathway using glucose as a substrate. In humans there are only few reports about the production of fructose and polyols by the fetal-placental unity. To determine the relationship between fructose, sorbitol and glucose blood levels from mothers, cord vein and breast-fed full-term newborns at 48 hours after delivery. Fructose concentrations in cord blood and newborn blood higher than maternal levels suggest that fructose production from glucose is active in fetal-placental unity and in the newborn. Sorbitol concentrations in cord blood higher than in mother and newborn blood suggest that the sorbitol pathway is active in fetal-placental unity.

Hidrogenólise do sorbitol com catalisadores de rutênio: influência das condições de reação e da preparação dos sólidos sobre a formação de glicóis; Hydrogenolysis of sorbitol with catalysts of ruthenium: influence of reaction conditions and preparation of solids on the glycols production

Carla Moreira Santos Queiroz
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 15/08/2014 PT
Relevância na Pesquisa
37.4%
Com foco na sustentabilidade alinhada à obtenção de produtos de maior valor agregado, as indústrias químicas vêm investindo em pesquisas que viabilizem o processamento de matérias primas renováveis. Em particular, o sorbitol é um poliálcool proveniente da glicose, que pode ser convertido a etileno glicol e propileno glicol, derivados químicos de forte demanda industrial. Nesse contexto, o presente trabalho tem por objetivo estudar os efeitos dos suportes SiO2 kieselguhr, γ-Al2O3 e carvão ativado, assim como do método de impregnação, sobre o desempenho de catalisadores de Ru, destinados à hidrogenólise do sorbitol. Para tanto, catalisadores com uma fração mássica de 5 % de metal foram preparados através de impregnação incipiente ou úmida, a partir do precursor RuCl3.xH2O. Os sólidos preparados por impregnação incipiente foram submetidos a uma redução direta a 473 K (200 °C), sob fluxo de H2. A impregnação úmida foi realizada a 273 K (0 ºC), utilizando-se formaldeído como agente redutor. Suportes e catalisadores foram caracterizados através de técnicas para determinação da distribuição granulométrica, de titulação potenciométrica, adsorção de N2, porosimetria de Hg, microscopia eletrônica de varredura e redução à temperatura programada. Os desempenhos dos catalisadores foram avaliados na reação de hidrogenólise do sorbitol...

Optimization of amaranth flour films plasticized with glycerol and sorbitol by multi-response analysis

TAPIA-BLACIDO, D. R.; SOBRAL, P. J. do Amaral; MENEGALLI, F. C.
Fonte: ELSEVIER SCIENCE BV Publicador: ELSEVIER SCIENCE BV
Tipo: Artigo de Revista Científica
ENG
Relevância na Pesquisa
37.24%
The optimal formulation for the preparation of amaranth flour films plasticized with glycerol and sorbitol was obtained by a multi-response analysis. The optimization aimed to achieve films with higher resistance to break, moderate elongation and lower solubility in water. The influence of plasticizer concentration (Cg, glycerol or Cs, sorbitol) and process temperature (Tp) on the mechanical properties and solubility of the amaranth flour films was initially studied by response surface methodology (RSM). The optimized conditions obtained were Cg 20.02 g glycerol/100 g flour and Tp 75 degrees C, and Cs 29.6 g sorbitol/100 g flour and Tp 75 degrees C. Characterization of the films prepared with these formulations revealed that the optimization methodology employed in this work was satisfactory. Sorbitol was the most suitable plasticizer. It furnished amaranth flour films that were more resistant to break and less permeable to oxygen, due to its greater miscibility with the biopolymers present in the flour and its lower affinity for water. (C) 2011 Elsevier Ltd. All rights reserved.; Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP)

Hybrid neural network model for simulating sorbitol synthesis by glucose-fructose oxidoreductase in Zymomonas mobilis CP4

Bravo,S.; Diez,M. C.; Shene,C.
Fonte: Brazilian Society of Chemical Engineering Publicador: Brazilian Society of Chemical Engineering
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2004 EN
Relevância na Pesquisa
37.24%
A hybrid neural network model for simulating the process of enzymatic reduction of fructose to sorbitol process catalyzed by glucose-fructose oxidoreductase in Zymomonas mobilis CP4 is presented. Data used to derive and validate the model was obtained from experiments carried out under different conditions of pH, temperature and concentrations of both substrates (glucose and fructose) involved in the reaction. Sonicated and lyophilized cells were used as source of the enzyme. The optimal pH for sorbitol synthesis at 30º C is 6.5. For a value of pH of 6, the optimal temperature is 35º C. The neural network in the model computes the value of the kinetic relationship. The hybrid neural network model is able to simulate changes in the substrates and product concentrations during sorbitol synthesis under pH and temperature conditions ranging between 5 and 7.5 and 25 and 40º C, respectively. Under these conditions the rate of sorbitol synthesis shows important differences. Values computed using the hybrid neural network model have an average error of 1.7·10-3 mole.

Influence of ultrasound on sorbitol release by Zymomonas mobilis grown on high sucrose concentration

Barros,Márcio de; Celligoi,Maria Antonia P. Colabone; Vignoli,Josiane Alessandra; Vargas,Lucia Helena Mendonça
Fonte: Instituto de Tecnologia do Paraná - Tecpar Publicador: Instituto de Tecnologia do Paraná - Tecpar
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/05/2006 EN
Relevância na Pesquisa
37.17%
This work investigated the effect of applying low intensity ultrasound on sorbitol release by Z.mobilis cultures grown on 200 g/L sucrose medium up to 48 h. The best sorbitol production was 36.09 g/L in 36 h culture. Ultrasound irradiation did not alter the sorbitol values detected after disrupting the cells with 20 minutes treatment.

Influence of high osmotic pressure on sorbitol production by Zymomonas mobilis

Vignoli,Josiane Alessandra; Cazetta,Marcia Luciana; Silva,Rui Sérgio Santos; Celligoi,Maria Antonia Pedrine Colabone
Fonte: Instituto de Tecnologia do Paraná - Tecpar Publicador: Instituto de Tecnologia do Paraná - Tecpar
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/10/2010 EN
Relevância na Pesquisa
37.24%
The objective of the present work was to study the variation on the sorbitol production in relation to the concentration of sugars, (metabolizable or not) and the cultivation time. A full factorial design was used considering the factors such as sucrose and maltose concentration and cultivation time. The addition of sugars caused increases on the sorbitol production up to the concentration of 300g/L however, decreases on the sorbitol production were observed when the concentration reached values above this. Increasing the time of fermentation was statistically significant to sorbitol production, however, little increase the production was noticed after 36h.

Cloning, expression, purification and assay of sorbitol dehydrogenase from "Feicheng" peach fruit (Prunus persica)

Sun,Zhen; Ma,Chunmei; Zhou,Jie; Zhu,Shuhua
Fonte: Instituto de Tecnologia do Paraná - Tecpar Publicador: Instituto de Tecnologia do Paraná - Tecpar
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2013 EN
Relevância na Pesquisa
37.07%
A gene encoding NAD+-dependent sorbitol dehydrogenase (SDH) in peach fruit was cloned and expressed in Escherichia coli. Recombinant SDH protein with 6×His-tagged was localized exclusively in the cytoplasmic soluble fraction of E. coli when the strains were grown for 4-5 h at 37 ºC. Highly pure protein was isolated by Ni2+-resin chromatography with 150 mM imidazole in 50 mM Tris, pH 8.0, by elution. In order to ensure that the recombinant SDH could be used for further study, the fluorescence and ultraviolet spectrum of the recombinant SDH were detected. Recombinant SDH was confirmed to be capable of oxidizing sorbitol by enzymatic activity assay. The activity of the recombinant SDH was 2.73 U mg-1min-1, which was similar with that directly extracted from peach fruits. The activities of SDH extracted from the fruits in different periods (30, 60, 90 days after flowing) were 7.75, 5.95, 3.26 U mg-1min-1, respectively.

Synthesis of sorbitol by Zymomonas mobilis under high osmotic pressure

Barros,Márcio de; Celligoi,Maria Antonia Pedrine Colabone
Fonte: Sociedade Brasileira de Microbiologia Publicador: Sociedade Brasileira de Microbiologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2006 EN
Relevância na Pesquisa
37.3%
The bacterium Zymomonas mobilis presents potential for sorbitol production when grown in culture medium with high sugar concentration. Sorbitol is produced and accumulated in the periplasma of the bacterium to protect the cells from the harmful effects of high osmotic pressure that results from the action of invertase on sucrose. The conversion of sucrose into glucose and fructose increases the osmolarity of the medium. However, an excessive increase in the osmotic pressure may decrease the sorbitol production. In this work Saccharomyces cerevisiae invertase was added two media containing sucrose 200 and 300 g.L-1. Sorbitol production in sucrose at 200 g.L-1 was 42.35 and 38.42 g.L-1, with and without the invertase treatment, respectively. In the culture medium with 300 g.L-1 sucrose, production reached 60.4 g.L-1 and with invertase treatment was 19.14 g.L-1. These results indicated that the excessive rise in osmotic pressure led to a significant decrease in sorbitol production by the Zymomonas mobilis bacterium in the sucrose medium treated with invertase.

Origem da estabilização de eritrócitos por sorbitol

Bernardino Neto, Morun
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
37.53%
CAPITULO I Na tentativa de garantir a estabilidade dos complexos organizacionais biológicos, a natureza emprega vários mecanismos, como o controle do pH, da temperatura e da concentração de solutos no meio interno. O controle da concentração de solutos contribui para o que podemos chamar de osmoestabilização. Esse trabalho procura aplicar teorias conhecidas para a estabilização de proteínas agora sobre as membranas biológicas. Os solutos osmoestabilzadores, também chamados de osmólitos, aumentam a energia livre do estado nativo (N), mas aumentam muito mais a energia livre do estado desenovelado (D) de uma proteína, de tal forma que os osmólitos estabilizam o estado N de uma proteína pelo aumento da barreira de energia livre entre eles, o que torna menos provável o desenovelamento e a perda de função da proteína. A razão dessa diferença estaria na interação preferencial da água com a proteína. A proteína prefere ligar-se à água do que ao osmólito, que é então excluído da esfera de hidratação mais próxima à superfície da proteína, segundo um efeito que foi denominado de solvofóbico ou de osmofóbico. A maior superfície de contato do estado D exige um maior investimento de energia livre para sua hidratação...

Efeito do pH da carga reacional na reforma em fase líquida do sorbitol em catalisador Pt-Re suportado em carbono

Carvalho, Wender Santana
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
37.4%
Com o crescimento econômico mundial e a grande preocupação com a qualidade de vida da sociedade e do planeta, é necessário a busca por novas tecnologias para a geração de energia, que façam uso dos recursos naturais renováveis de forma eficiente. Apontado como uma das 12 moléculas-chaves mais promissoras a serem usadas em futuras biorrefinarias, o sorbitol aparece como uma alternativa para geração de produtos de maior valor agregado, como combustíveis líquidos, gás de síntese, alcanos leves e insumos químicos. Neste sentido, este trabalho teve como objetivo principal contribuir para um melhor entendimento da reação de reforma em fase líquida do sorbitol a altas pressões utilizando catalisadores metálicos. Primeiramente foi realizada a redução do catalisador, na qual se utilizou uma rampa de temperatura iniciando à temperatura ambiente até atingir 400ºC em um período de 10 horas, permanecendo nesta temperatura por 2 horas e diminuindo em 15 minutos para a temperatura de reação. Utilizou-se fluxo de hidrogênio de vazão igual a 30 ml.min-1 na ausência de pressão. Para a reação, foi utilizada uma solução de alimentação de 20% de sorbitol em água nos pHs 6,5, 10 e 3, um fluxo de argônio, utilizado como gás de arraste...

New insights into the evolutionary history of plant sorbitol dehydrogenase

Jia, Y.; Wong, D.C.J.; Sweetman, C.; Bruning, J.B.; Ford, C.M.
Fonte: BioMed Central Publicador: BioMed Central
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2015 EN
Relevância na Pesquisa
37.07%
Background: Sorbitol dehydrogenase (SDH, EC 1.1.1.14) is the key enzyme involved in sorbitol metabolism in higher plants. SDH genes in some Rosaceae species could be divided into two groups. L-idonate-5-dehydrogenase (LIDH, EC 1.1.1.264) is involved in tartaric acid (TA) synthesis in Vitis vinifera and is highly homologous to plant SDHs. Despite efforts to understand the biological functions of plant SDH, the evolutionary history of plant SDH genes and their phylogenetic relationship with the V. vinifera LIDH gene have not been characterized. Results: A total of 92 SDH genes were identified from 42 angiosperm species. SDH genes have been highly duplicated within the Rosaceae family while monocot, Brassicaceae and most Asterid species exhibit singleton SDH genes. Core Eudicot SDHs have diverged into two phylogenetic lineages, now classified as SDH Class I and SDH Class II. V. vinifera LIDH was identified as a Class II SDH. Tandem duplication played a dominant role in the expansion of plant SDH family and Class II SDH genes were positioned in tandem with Class I SDH genes in several plant genomes. Protein modelling analyses of V. vinifera SDHs revealed 19 putative active site residues, three of which exhibited amino acid substitutions between Class I and Class II SDHs and were influenced by positive natural selection in the SDH Class II lineage. Gene expression analyses also demonstrated a clear transcriptional divergence between Class I and Class II SDH genes in V. vinifera and Citrus sinensis (orange. Conclusions: Phylogenetic...

Herstellung und Charakterisierung von Kombinationen aus Mannit und Sorbit durch Sprühtrocknung und Co-Granulation; Production and Characterisation of combinations of mannitol and sorbitol by means of spray-drying and co-granulation

Bauer, Heike
Fonte: Universidade de Tubinga Publicador: Universidade de Tubinga
Tipo: Dissertação
DE_DE
Relevância na Pesquisa
37.4%
Ziel der Arbeit ist es, eine Polyolkombination aus Mannit und Sorbit herzustellen und die Parameter für den Granulationsprozess festzulegen, unter denen eine nadelförmige Struktur auf der Partikeloberfläche entsteht. Eine gegenseitige Beeinflussung der beiden Komponenten sowie auftretende Polymorphie wird an physikalischen Mischungen und co-sprühgetrockneten Produkten untersucht. Es entstehen weder Co-Kristalle noch ein Eutektikum. Die Polyole kristallisieren nebeneinander aus. Sorbit fällt hauptsächlich in Form einer erstarrten Schmelze an, neben amorphen Anteilen, die sich während der Lagerung in kristalline Formen umwandeln. Mannit kristallisiert als beta-Form, gemischt mit geringen Anteilen der alpha-Modifikation. Diese Zusammensetzung erweist sich als stabil. Das Sprühprodukt reagiert bei Stabilitätsuntersuchungen bei zwei verschiedenen relativen Feuchten auf erhöhte Feuchten sensibel. Im Hauptteil der Arbeit wird die Wirbelschichtgranulation eingesetzt. In einem Modellversuch werden im bottom spray Verfahren Granulate auf der Basis eines Fremdkorns mit glatter Oberfläche hergestellt. Durch gezielte Variation der Prozessparameter wird gezeigt, dass die Feuchtigkeit der Prozessluft den größten Einfluss auf die Ausbildung der Oberflächenstruktur ausübt...

Sorbitol-Plasticized and Neutralized Chitosan Membranes as Skin Substitutes

Campos,Maria Gabriela Nogueira; Mei,Lucia Helena Innocentini; Santos Jr,Arnaldo Rodrigues
Fonte: ABM, ABC, ABPol Publicador: ABM, ABC, ABPol
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2015 EN
Relevância na Pesquisa
37.07%
Chitosan is soluble in diluted acid solutions and can easily form films by casting. However, residual acid neutralization should be performed for biomedical applications what may compromise physical and mechanical properties of the films. Thus, plasticizers can be added to improve these properties. The aim of this study was to characterize morphological, barrier and mechanical properties, besides evaluate the in vitro cytotoxicity of sorbitol-plasticized and NaOH-Na2CO3 neutralized chitosan membranes for skin substitute application. Scanning electron microscopy, X-ray diffraction, water vapor permeability and mechanical tests were carried out to characterize the obtained membranes. Moreover, Vero cells were used for in vitro cytotoxicity evaluation. In this paper, we report a non-cytotoxic sorbitol-plasticized chitosan membrane with desirable properties for skin substitution, such as flexibility, water vapor permeability and high percentage of elongation.

Caracterização do gene que codifica a enzima sorbitol desidrogenase em milho; Characterization of maize sorbitol dehydrogenase

Sylvia Morais de Sousa
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 17/03/2006 PT
Relevância na Pesquisa
37.6%
A análise do banco de ESTs de endosperma de milho (MAIZEST) revelou que o gene da sorbitol desidrogenase (SDH) é o transcrito mais abundante no início do desenvolvimento da semente (aos 10 dias após a polinização - DAP). A SDH cataliza a redução NADH-dependente da frutose em sorbitol ou a oxidação do sorbitol em frutose. Em Rosaceae esta enzima tem um importante papel na translocação do sorbitol das folhas para os frutos e no armazenamento da frutose nos frutos. A semente de milho, todavia, não acumula frutose nem sorbitol, que portanto, deve ser um metabólito intermediário. A atividade bioquímica da SDH de milho já havia sido caracterizada, porém não havia informações sobre sua estrutura genômica. Visando estudar o gene da SDH, a seqüência genômica completa foi seqüenciada. A região codificante da SDH mostrou-se muito conservada, o que não ocorre com as regiões não codificantes. Inclusive, ocorrendo uma perda de introns entre as diferentes espécies de plantas. Análises de Southem blot e isoenzima indicaram que há apenas um loeus de SDH em milho. As análises de Northem blot e atividade enzimática confirmaram que a expressão está restrita ao endosperma, e que começa logo após a polinização, I atingindo o ápice aos 15 DAP e caindo a níveis baixos aos 25 DAP. A localização enzimática in situ mostrou que a atividade está restrita ao endosperma amiláceo...

Engineering sorbitol-6-phosphate Dehydrogenase encoding gene in the lactose operon of Lactobacillus casei.

Nissen, Lorenzo; Yebra, María Jesús; Sgobarti, Barbara; Pérez Martínez, Gaspar
Fonte: Associazione Nazionale Biotecnologi Italiani Publicador: Associazione Nazionale Biotecnologi Italiani
Tipo: Presentación Formato: 213952 bytes; 2459 bytes; application/pdf; text/plain
ENG
Relevância na Pesquisa
37.38%
Sorbitol is a sugar polyol claimed to have health-promoting properties. D-sorbitol-6-phosphate dehydrogeanse (StolPDh) is required for sorbose and sorbitol metabolism in Lactobacillus casei. StolPDh catalyzes the oxidation of Sorbitol-6-phosphate and also the reverse reaction, or reather, the reduction of fructose-6-phosphate with NAD+ regeneration. In order to test this function in vivo, a new food grade recombinant strain of L. casei was constructed by the integration of a StolPDh-encoding gene (gutF) in the chromosomal lactose operon. Lactose induction of gutF expression was achieved and sorbitol production could be detected by 13C-nuclear magnetic resonance analys, upon addiction of glucose to resting cells. Additional inactivationn of L-lactate dehydrogenase led to higher sorbitol production. These outcomes indicates that the accumulation of the glycolytic precursor, fructose-6-phosphate and an high NAD+/NADH ratio were the limiting factors for sorbitol accumulation.

Colonic necrosis due to calcium polystyrene sulfonate (Kalimate) not suspended in sorbitol

Castillo-Cejas,María Dolores; Torres-Ramírez,Inés de; Alonso-Cotoner,Carmen
Fonte: Revista Española de Enfermedades Digestivas Publicador: Revista Española de Enfermedades Digestivas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; journal article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion Formato: text/html; application/pdf
Publicado em 01/04/2013 ENG
Relevância na Pesquisa
37.07%
Cation-exchange resins are used in the management of hyperkalemia, particularly in patients with end-stage renal disease. These resins were associated with gastrointestinal tract lesions, especially sodium polystyrene sulfonate (Kayexalate) mixed with sorbitol. We present a case of colonic necrosis after the administration of calcium polystyrene sulfonate (Kalimate) not suspended in sorbitol.

Electrochemical Oxidation of D-Sorbitol and D-Manitol on Platinum Monocrystalline Surfaces

Proença,L.; Silva,A.J.; Lopes,M.I.S.; Fonseca,I.T.E.; Rodes,A.; Aldaz,A.
Fonte: Sociedade Portuguesa de Electroquímica Publicador: Sociedade Portuguesa de Electroquímica
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2003 PT
Relevância na Pesquisa
37.07%
A oxidação electroquímica do D-sorbitol e D-manitol foi estudada para dois conjuntos de superfícies monocristalinas de platina, com degraus monoatómicos, vicinais ao plano basal (111) e ainda para um conjunto de superfícies com degraus monoatómicos vicinais à superfície Pt(100). Este estudo, por voltametria cíclica, teve por objectivo obter informação sobre a influência da geometria de sítios superfíciais (tanto da orientação dos degraus quanto da dos terraços) no processo de oxidação electroquímica dos dois polióis em platina. A reacção de oxidação electroquímica do D-sorbitol e D-manitol é sensível à simetria dos domínios bidimensionais, bem como à distribuição dos defeitos orientados (degraus monoatómicos) nas superfícies de platina. A introdução de defeitos ordenados leva a uma redução geral das densidades de corrente de pico a par de um aumento de actividade aos potenciais menos positivos. A largura dos terraços é claramente decisiva para o processo de oxidação nas superfícies pertencentes à série Pt(S) [(n-1) (111) × (110)].