Página 1 dos resultados de 72 itens digitais encontrados em 0.001 segundos

Sobre o conceito de Museologia Social

Moutinho, Mário Caneva
Fonte: Edições Universitárias Lusófonas Publicador: Edições Universitárias Lusófonas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 23386 bytes; application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
27.61%
Cadernos de Sociomuseologia Centro de Estudos de Sociomuseologia

Novas estruturas/novos Museus

Ribeiro, Agostinho
Fonte: Edições Universitárias Lusófonas Publicador: Edições Universitárias Lusófonas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 35369 bytes; application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
27.61%
Cadernos de Sociomuseologia Centro de Estudos de Sociomuseologia

Novos Museus novos perfis profissionais

Cordovil, Maria Madalena
Fonte: Edições Universitárias Lusófonas Publicador: Edições Universitárias Lusófonas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 52022 bytes; application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
27.61%
Cadernos de Sociomuseologia Centro de Estudos de Sociomuseologia

O primado do discurso sobre o efeito decorativo

Menezes, Luís
Fonte: Edições Universitárias Lusófonas Publicador: Edições Universitárias Lusófonas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 35015 bytes; application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
27.61%
Cadernos de Sociomuseologia Centro de Estudos de Sociomuseologia

Conservador e Museólogo: Abordagem de conceitos (texto1)

Brandão, José Manuel
Fonte: Edições Universitárias Lusófonas Publicador: Edições Universitárias Lusófonas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 32062 bytes; application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
27.61%
Cadernos de Sociomuseologia Centro de Estudos de Sociomuseologia

Conservador e Museólogo: Abordagem de Conceitos (texto2)

Lousada, Ana Maria
Fonte: Edições Universitárias Lusófonas Publicador: Edições Universitárias Lusófonas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 35329 bytes; application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
27.61%
Cadernos de Sociomuseologia Centro de Estudos de Sociomuseologia

Museologia e Comunicação (texto1)

Sousa, Francisco Clode
Fonte: Edições Universitárias Lusófonas Publicador: Edições Universitárias Lusófonas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 41498 bytes; application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
27.61%
Cadernos de Sociomuseologia Centro de Estudos de Sociomuseologia

Museologia e Comunicação (texto2)

Pais, Teresa Azeredo
Fonte: Edições Universitárias Lusófonas Publicador: Edições Universitárias Lusófonas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 73988 bytes; application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
27.61%
Cadernos de Sociomuseologia Centro de Estudos de Sociomuseologia

A evolução de conceitos entre as declarações de Santiago e de Caracas (texto1)

Menezes, Luís
Fonte: Edições Universitárias Lusófonas Publicador: Edições Universitárias Lusófonas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 32631 bytes; application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
27.61%
Cadernos de Sociomuseologia Centro de Estudos de Sociomuseologia

A evolução de conceitos entre as declarações de Santiago e de Caracas (texto3)

Constancia, João Paulo Medeiros
Fonte: Edições Universitárias Lusófonas Publicador: Edições Universitárias Lusófonas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 34682 bytes; application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
27.61%
Cadernos de Sociomuseologia Centro de Estudos de Sociomuseologia

A evolução de conceitos entre as declarações de Santiago e de Caracas (texto4)

Jorge, Otília Morgado F.
Fonte: Edições Universitárias Lusófonas Publicador: Edições Universitárias Lusófonas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 29965 bytes; application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
27.61%
Cadernos de Sociomuseologia Centro de Estudos de Sociomuseologia

International Summer School of Museology

Brandão, José Manuel
Fonte: Edições Universitárias Lusófonas Publicador: Edições Universitárias Lusófonas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 65313 bytes; application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
27.61%
Cadernos de Sociomuseologia Centro de Estudos de Sociomuseologia

Seminário Novos rumos da Museologia

Chagas, Mário de Souza
Fonte: Edições Universitárias Lusófonas Publicador: Edições Universitárias Lusófonas
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência Formato: 292628 bytes; application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
27.61%
Cadernos de Sociomuseologia Centro de Estudos de Sociomuseologia

Sociomuseologia y Globaización

Leite, Pedro Pereira
Fonte: Revista de Moseología Publicador: Revista de Moseología
Tipo: Artigo de Revista Científica
SPA
Relevância na Pesquisa
38.04%
Todos sentimos que el mundo está cambiando de forma muy rápida. Nuestras instituciones dedicadas a la memoria se enfrentan a importantes desafíos en un mundo globalizado. Este artículo tiene como objetivo situar la problemática de la sociomuseología frente a la globalización. Después de reflexionar sobre la evolución de la globalización y la sociomuseología, vamos a problematizar algunas de las cuestiones que emergen como desafíos en la sociomuseología contemporánea y que han sido respondidas de diferentes maneras. Finalmente ilustraremos los problemas abordados con tres ejemplos que consideramos significativos de una sociomuseología en tiempos de globalización; Artigo

Museu da cidade de São Paulo: um novo olhar da sociomuseologia para uma megacidade

Franco, Maria Ignez Mantovani 
Fonte: Repositório Científico Lusófona Publicador: Repositório Científico Lusófona
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
37.81%
Este estudo preocupa-se em discutir como a Sociomuseologia poderá se apropriar de um objeto de musealização mais amplo e abrangente, como o território de uma megacidade – no caso, São Paulo, Brasil. O Museu da Cidade de São Paulo, como objeto de estudo e de problematização museológica, busca explicitar uma metodologia interdisciplinar que enuncia a concepção de um novo modelo de museu de cidade, que tem como objeto de análise a grande metrópole, que se articula sobre as premissas de coleta contemporânea de acervo, empreendida por meio de métodos de mobilização social, em interlocução com as lógicas próprias do mundo globalizado, porém canonicamente erigida sobre os preceitos fundadores da Sociomuseologia. No cenário dos museus de território, este modelo busca fomentar um caminho novo e alternativo, que observa e interage em relação a uma realidade inerente à contemporaneidade, às megacidades, na medida em que busca problematizar e compreender as dinâmicas próprias da vida humana nestes imensos e complexos territórios. No século XXI, eleito como o ‘século das cidades’, abre-se, portanto, um novo campo teórico para a Museologia; como exercício fundador para este pretendido diálogo interdisciplinar...

El Patrimonio Cultural Inmaterial y la Sociomuseología: un estudio sobre inventarios

Sancho Querol, Mª Lorena
Fonte: Repositório Científico Lusófona Publicador: Repositório Científico Lusófona
Tipo: Tese de Doutorado
SPA
Relevância na Pesquisa
27.61%
A tese que defendo inscreve-se no âmbito da Sociomuseología e tem como eixo central de referência o conceito de Património Cultural Imaterial definido pela UNESCO em 2003: um conceito onde as dimensões material e imaterial do nosso Património coexistem e são trabalhadas de forma indissociável. Tomando como ponto de partida o panorama museológico português, realizo um estudo em torno da função do inventário, tendo como objectivo demonstrar a forma como lhe é atribuído um lugar central na construção social da nossa herança cultural e da nossa memória colectiva. De acordo com esta perspectiva, abordo a história e o processo de evolução do conceito de inventário desde o século XIV até à atualidade; descrevo a experiência de um projecto internacional de desenvolvimento cultural centrado no inventário participativo e na intervenção das comunidades locais; analiso os procedimentos de elaboração do inventário, a figura do inventariante e o circuito de inventariação em onze museus portugueses. Finalmente, procedo a uma reflexão de carácter essencialmente teórico acerca do papel e da dimensão da participação local enquanto eixo de construção do inventário museológico e cenário de democratização da memória.; Esta tesis se desarrolla en el ámbito de la Sociomuseología tomando como eje central de referencia el concepto de Patrimonio Cultural Inmaterial definido por la UNESCO en 2003: un concepto moderno en el que lo material y lo inmaterial se manifiestan y abordan de forma indisociable. Partiendo del panorama museológico portugués...

Sustentabilidade transdisciplinar-inteira como sociomuseologia. A tensão na urbanização/remoção na favela de Santa Marta, Rio de Janeiro

Oliveira, Delambre Ramos de
Fonte: Repositório Científico Lusófona Publicador: Repositório Científico Lusófona
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
37.61%
A pesquisa analisa o processo de Urbanização/Remoção na favela de Santa Marta, Botafogo, Rio de Janeiro, a partir da ‘Sustentabilidade Transdisciplinar-Inteira (STI)’ em diálogo com a Sociomuseologia. Construímos o referencial, mostrando a ‘tensão criativa de sentido’ na História Oral, Memória, Ecomuseologia e Nova Museologia. Essa abordagem teórica foi importante porque a urbanização/remoção revelou semelhante tensão na relação entre a comunidade local e governo. Os moradores reivindicavam participação e preservação da identidade, construída na relação com o significado do território. Com um laudo de área de risco, o governo propunha um modelo de urbanização vigente na cidade, que incluía a remoção dos moradores de um local histórico da favela. Portanto, na primeira parte, pesquisamos os contextos de tensão em História Oral, Memória, Ecomuseologia e Nova Museologia. Assim construímos a ‘Sustentabilidade Transdisciplinar-Inteira’. Na segunda parte, apresentamos os testemunhos dos moradores e os argumentos do governo sobre a urbanização/remoção. No final, mostramos como a participação poderia ser uma nova forma de construção equitativa da cidade que uniria os interesses da comunidade local e os objetivos do governo. Na favela Santa Marta...

Estratégias museológicas participativas: refletindo e atuando em sociomuseologia

Janeirinho, Raquel
Fonte: Edições Universitárias Lusófonas Publicador: Edições Universitárias Lusófonas
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
27.61%
O presente texto baseia-se nas conclusões da dissertação de Mestrado em Museologia que teve como enfoque o trabalho de campo desenvolvido numa freguesia do concelho de Peniche, Portugal, com base num projeto designado ‘Inventário Participativo do Património Cultural de Atouguia da Baleia’ (IP), associado a um polo museológico então em fase de implementação. Nesse projeto de investigação-ação, diferentes perspetivas de áreas disciplinares distintas contribuíram, com o seu enquadramento teórico e as suas metodologias de ação, para a seleção de estratégias e direcionamento dos trabalhos desenvolvidos no terreno. Reflete-se, neste artigo, sobre a importância do princípio da participação em Sociomuseologia; sobre a ação museológica de inventariação, com destaque para o Inventário Participativo, considerando o necessário reconhecimento e apropriação das referências patrimoniais por parte da comunidade; sobre a premência de uma reflexão dialógica, onde teoria e prática se interligam e consubstanciam; sobre a mais-valia que a interdisciplinaridade tem para a Sociomuseologia; sobre a forma como sequências de métodos participativos contribuem para um maior conhecimento do terreno em causa e para o fortalecimento da ligação museu-comunidade-território; e sobre a educação patrimonial como esteio de cidadania...

Arte em vitrais: a salvaguarda, a extroversão e a sociomuseologia

Michelotti, Denise Serra
Fonte: Repositório Científico Lusófona Publicador: Repositório Científico Lusófona
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
37.81%
O presente estudo tem por objetivo analisar como uma cadeia operatória museológica se aplicaria na musealização de objetos realizados em vitral, e também, como seria essa cadeia operatória se concebida de acordo com os conceitos da sociomuseologia. O estudo parte da observação da necessidade premente de um processo de sistematização preservacional aplicado à salvaguarda de vitrais. Fatores como o desconhecimento do trato a esse tipo de acervo, ou até um equivoco de julgamento frente à sua indiscutível função como coadjuvante arquitetônico, provavelmente foram decisivos para que, historicamente, muito poucas iniciativas tenham sido implementadas para a salvaguarda de vitrais em solos brasileiros. Ao longo dos capítulos deste estudo, são apresentados os principais conceitos da sociomuseologia, desde os seus primeiros documentos até sua aplicação às principais etapas da cadeia operatória de um museu – Documentação, Conservação, Exposição e Ação Educativa –, complementando-se, por fim, com a hipótese da sua atuação na musealização de vitrais. Pelo estudo, é possível constatar que o potencial dos resultados alcançados a partir do tratamento sociomuseológico a vitrais é muito grande, extremamente significativo e muito necessário. É possível...

O signo da participação: museu e educação na perspectiva da sociomuseologia

Siqueira, Juliana Maria de
Fonte: Revista Arqueologia Pública Publicador: Revista Arqueologia Pública
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf
Publicado em 02/06/2015 POR
Relevância na Pesquisa
37.61%
O artigo aborda a consolidação da Museologia como campo disciplinar transversal das ciências sociais, num contexto histórico em que se atribui uma função social aos museus e do qual deriva uma nova visão museológica, a Sociomuseologia. Sob esse prisma, exploramos os desafios para a consolidação teórico-prática da educação museal, a partir da análise de uma experiência concreta, desenvolvida no Museu da Imagem e do Som de Campinas, entre os anos de 2007 e 2012, nos bairros Gênesis, Jardim Nilópolis e São Quirino, Leste da cidade.