Página 1 dos resultados de 6 itens digitais encontrados em 0.001 segundos

A mundialização da sociologia contemporânea: diálogos entre as sociologias na América Latina, na Índia e na China

Santos,José Vicente Tavares dos; Teixeira,Alex Niche; Fachinetto,Rochele Fellini; Ribeiro,Vitor Eduardo Alessandri
Fonte: Departamento de Sociologia da Universidade de Brasília Publicador: Departamento de Sociologia da Universidade de Brasília
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2015 PT
Relevância na Pesquisa
56.34%
O texto propõe uma reflexão acerca das contribuições que a sociologia na América Latina, China e Índia podem oferecer ao pensamento social na etapa da mundialização das conflitualidades sociais. Propomos uma interlocução múltipla, que tenha como base a historicidade dos diversos processos de construção da sociologia, evidenciando que os conceitos, assim como os percursos de construção do conhecimento, possuem uma história que não é universal nem homogênea, mas refletem as lutas sociais, as contradições locais e contextos heterogêneos. Essa reconstrução aproxima caminhos epistemológicos da sociologia na América Latina, China e Índia. Ao problematizar tal percurso a partir de uma "epistemologia do Sul", nos termos de Boaventura de Sousa Santos, colocamos em diálogo a diversidade das práticas e dos saberes mundiais sob a perspectiva de um diálogo horizontal entre estes conhecimentos.

A relação das famílias imigradas com a escolaridade: Comparando as famílias de origem cabo-verdiana e as de origem indiana.

Seabra, Teresa; Departamento de Sociologia do ISCTE; Centro de Investigação e Estudos de Sociologia (CIES)
Fonte: Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Santarém Publicador: Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Santarém
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
Publicado em 06/04/2012 POR
Relevância na Pesquisa
36.44%
No âmbito do estudo da relação das famílias imigradas de origem indiana e cabo verdiana com a escolaridade dos seus descendentes quando estes se encontram a frequentar a escolaridade obrigatória (2º ciclo do Ensino Básico), procura se apreender as práticas de suporte que implementam bem como a idealização que fazem do percurso escolar dos seus descendentes. Trata-se de uma abordagem exploratória da informação recolhida através de um inquérito por questionário a alunos de escolas públicas dos concelhos de Lisboa e Loures (IALL) – aquelas em que era maior o contingente de alunos com o perfil desejado – num total de 837 alunos e de algumas entrevistas a membros das suas famílias.Das conclusões desta análise destaca-se a relação investida que as famílias imigradas tanto de origem cabo-verdiana como de origem indiana desenvolvem na relação com a escolaridade dos seus progenitores, dadas as práticas de suporte à escola que desenvolvem, não se registando diferenciações significativas em relação as famílias autóctones. Salienta-se, ainda, a amplitude dos pontos de apoio à escolaridade que se traduz, especialmente no caso das famílias de origem indiana, no recurso a uma rede considerável de pessoas exteriores ao núcleo familiar (amigos...

Movimentos sociais, partidos políticos e análise de redes: uma entrevista com Ann Mische

Zambrano, Catalina González; Martins, Gabriela Pereira; Souza, Rafael de
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/06/2015 POR
Relevância na Pesquisa
16.33%
Ann Mische possui bacharelado em Filosofia pela Universidade de Yale, com Mestrado e Doutorado em Sociologia pela New School for Social Research. Suas áreas de interesse se concentram na Sociologia da Cultura e dos Movimentos Sociais. Seus trabalhos são referência para quem pesquisa a partir da Sociologia Relacional e da análise de redes. Atualmente, é professora de Sociologia e de estudos de conflito e paz no Kroc Institute for International Peace Studies e no Departamento de Sociologia da Universidade de Notre Dame, em South Bend, Indiana, nos Estados Unidos.A socióloga norte-americana desenvolveu sua tese doutoral que analisou a participação de movimentos sociais e redes de jovens na luta pelo impeachment, em 1992, com orientação do professor Charles Tilly. Depois, elaborou a tese em um livro mais extenso e detalhado sobre redes de movimentos juvenis no período da redemocratição, intitulado Partisan publics: communication and contention across Brazilian youth activist networks. Nessa obra, Mische trata da relação entre associações cívicas e partidárias entre jovens brasileiros, durante os anos de transição e reconstrução democrática, examinando, para tanto, as afiliações múltiplas de ativistas. Isso ajudou a entender os diversos tipos de lideranças políticas...

A poética do mercado público: gritos de vendedores no México e em Cuba

Bauman, Richard; Indiana University, Bloomington, EUA
Fonte: Programa de Pós-Graduação em Antropolgia Social da UFSC Publicador: Programa de Pós-Graduação em Antropolgia Social da UFSC
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 26/05/2009 POR
Relevância na Pesquisa
25.93%
http://dx.doi.org/10.5007/2175-8034.2009v11n1-2p17Neste ensaio, traço a trajetória de desenvolvimento da poética em ação através da análise da forma e da função dos chamados de vendedores de rua e de mercado. Começo com uma discussão sobre a função poética na produção e no uso dos chamados em sua utilização para agilizar a venda de mercadorias nos mercados mexicanos. A seguir, volto-me para a poética de uma forma cognata, o pregón, em Cuba, na qual a função poética atinge maior proeminência, sobrepujando a agenda pragmática de anunciar mercadorias à venda, aproximando-se de uma performance plena, ou seja, um display virtuoso. Finalmente, examino La caserita (A dona de casa), uma son-pregón divorciada completamente da venda de mercadorias nos espaços públicos do mercado e das ruas e enquadrada como uma forma de performance na qual a performance gravada torna-se, ela mesma, uma mercadoria à venda.

Transformation of social and ecological systems DOI:10.5007/2175-7984.2011v10n19p11

Moran, Emilio F.; Indiana University, Bloomington, Indiana, United States of America.
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC)
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 29/10/2011 POR
Relevância na Pesquisa
26.12%
The evolution of social ecological systems is characterized by a lengthy process of steady of slow population growth, appropriation of natural resources, and ever growing complexity. From hunter gatherers first, to extensive and then intensive farmers, to urban industrial aggregations has taken place worldwide in episodic and highly differentiated geographical distribution. It is in the last 50 years that this process has begun to go exponential and to have planetary significance. What used to be episodic periods of regional growth and expansion in the use of resources has grown into a cumulative process that now threatens the planet through the emission of global warming gases, climatic change, and the loss of cultural and biological diversity. The paper identifies some of the changes needed to begin to address this conundrum.

Entre o radicalismo e a resignação: teoria democrática em Direito e democracia, de Habermas

Scheuerman, William E.; Universidade de Indiana
Fonte: Revista Brasileira de Ciência Política Publicador: Revista Brasileira de Ciência Política
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf
Publicado em 24/03/2014 POR
Relevância na Pesquisa
25.93%
No artigo, William Scheuerman examina a grande contribuição de Habermas à teoria democrática, o livro publicado no Brasil como Direito e democracia. Ele sinaliza a virada “realista” e conservadora da obra, que nega o compromisso democrático radical que marcava seu pensamento anterior. Em particular, Habermas incorpora a sociologia política de Bernhard Peters. Com isso, a distinção crítica entre públicos fortes e públicos fracos, que Habermas busca trazer da leitura de Nancy Fraser sobre o conceito de esfera pública, une-se à ideia de uma distinção funcional do sistema político, em que o centro deve tomar as decisões e a influência da sociedade civil é sempre indireta e mediada.Palavras-chave: democracia deliberativa, sistema político, Habermas, Bernhard PetersAbstractIn this article, William Scheuerman examines Habermas’s greatest contribution to democratic theory, the book published in English as Between facts and norms. It signals a “realistic” and conservative turn in his work, which denies the radical democratic commitment that marked his previous thought. In particular, Habermas incorporates Bernhard Peters’s political sociology. Thus, the critical distinction between strong and weak public audiences...