Página 1 dos resultados de 961 itens digitais encontrados em 0.009 segundos

Optimização Tridimensional de Sistemas Urbanos de Drenagem

Diogo, António Manuel Abreu Freire
Fonte: Universidade de Coimbra Publicador: Universidade de Coimbra
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
46.21%
Desenvolve-se neste trabalho um modelo matemático global de optimização simultânea do traçado em planta e do dimensionamento em perfil dos sistemas urbanos de drenagem de águas residuais comunitárias e pluviais. O modelo admite a consideração de qualquer tipo de rede de drenagem, incluindo as redes paralelas, a selecção dos sistemas elevatórios e dos locais das estações de tratamento de águas residuais ou das descargas, definindo as bacias e sub-bacias drenadas, e a presença, quer de estruturas especiais, quer de subsistemas existentes com vista à sua expansão ou remodelação tridimensional optimizadas. A formulação e implementação do modelo tiveram como princípios orientadores fundamentais a objectividade e rigor nos procedimentos de optimização e a aplicação prática e universalidade no domínio da concepção e dimensionamento económicos destas infra-estruturas de saneamento básico. Os sistemas são modelados com base na consideração de um complexo sistema combinatório discreto, onde existe um gigantesco, mas finito, conjunto de soluções admissíveis que satisfazem as restrições, das quais se pretende seleccionar aquela que minimiza globalmente o seu custo. Para o efeito, o problema inicial é subdividido em vários subproblemas...

Otimização multiobjetivo para a operação de sistemas urbanos de abastecimento de agua

Alberto Luiz Francato
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 25/02/2002 PT
Relevância na Pesquisa
46.25%
A operação adequada dos sistemas urbanos de abastecimento de água está diretamente relacionada à qualidade da oferta do produto água à população. A otimização desses sistemas surge como alternativa para buscar soluções eficientes e também eficazes e garantindo assim a gestão dos sistemas. Na literatura relacionada ao assunto, verifica-se o desenvolvimento de muitos trabalhos com a aplicação e o desenvolvimento de rotinas computacionais de otimização específicas para redes hidráulicas. Contudo, observam-se dificuldades nas ações dos decisores dos sistemas, pois, na realidade, existem objetivos operacionais conflitantes e que merecem atenção. Diante desse quadro, desenvolveu-se uma metodologia para aplicação de otimização multiobjetivo ao problema da operação de redes hidráulicas. A metodologia utiliza o software de programação linear GAMS/CONOPT com recursos iterativos e a abordagem multiobjetivo do problema se faz com a aplicação do Método dos Pesos. O estudo de caso é feito sobre o setor alça leste do sistema adutor metropolitano da grande São Paulo. Como resultados, apresentam-se curvas de soluções nãodominadas para as funções objetivo aplicadas aos sistemas de abastecimento em estudo; The proper operation of the urban water supply systems has a direct impact on the water to be provided to the quality consumers. The optimization of these systems appears as an alternative to search efficient and also efficient solutions...

Sistematização para a gestão de abastecimentos urbanos de agua com o auxilio do SIG

Oswaldo Buzolin Junior
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 19/02/2001 PT
Relevância na Pesquisa
46.21%
A gestão eficiente de sistemas urbanos de abastecimento de água fundamenta-se no manuseio de grande quantidade de informações disponíveis sob várias mídias. Os Sistemas de Informações Geográficas são uma forma eficaz de interligar estas informações a uma base espacial (geo-referenciada), tornando-os uma ferramenta desejável dentro de uma gestão moderna. A presente investigação objetiva o desenvolvimento de uma sistemática de implantação do SIG a sistemas de abastecimento de água em cidades de pequeno e médio porte, associando-o a um modelo hidráulico de simulação (SPERTS). Tal acoplamento, objetiva a criação de uma ferramenta de baixo custo, para análises gerenciais com objetivos de planejamento, definição de regras de operação, programa de redução de perdas e redução de custos operacionais inerentes à exploração do sistema; The efficient management of urban systems of water supply is based in using great amount of available information under several media. The Geographical Information Systems are an effective form of attaching these information to a space base, what turns them a desirable tool inside a modern management. This present investigation objectifies the development of a systematic to implant the GIS to systems of water supply of small and medium cities...

Analise de risco aplicada a sistemas urbanos de abastecimento de agua com suporte na teoria das opções reais; Risk analysis of urban water supplying systems based on real options theory

Luiz Carlos Alves de Souza
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 30/03/2010 PT
Relevância na Pesquisa
46.35%
Os sistemas urbanos de abastecimento de água são fundamentais para a qualidade de vida de milhões de pessoas que habitam os grandes centros urbanos. Portanto, a gestão e o planejamento para implantação e expansão desses sistemas, requerem cada vez mais uma abordagem dinâmica, tendo em vista que são limitados os recursos financeiros disponíveis para investimentos nesse setor. Para superar as dificuldades que se apresentam, é primordial que sejam consideradas e, na medida do possível, aplicadas técnicas gerenciais que permitam lidar com as variáveis intervenientes na avaliação das opções mais adequadas para implantação ou expansão dos sistemas de abastecimento de água potável. Os tomadores de decisão precisam se orientar em análises que possibilitam apresentar um panorama mais abrangente sobre o presente, assim como cenários futuros que podem influenciar as decisões sobre quando e como investir nos sistemas de abastecimento de água. Na literatura relacionada ao assunto, há muitas técnicas que visam estabelecer o nível de risco associado aos sistemas de abastecimento assim como são propostos métodos para mensuração dos riscos. A metodologia proposta aborda um aprimoramento na maneira de avaliar como podem ser implantados os projetos e analisa os riscos físicos e econômicos que incidem sobre o investimento. O processo de tomada de decisão incorpora o gerenciamento dinâmico sobre as incertezas que atuam sobre o investimento a realizar...

Estimação de poluentes em sistemas urbanos de drenagem de águas pluviais

Costa, Diana Freitas da
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
Publicado em //2012 POR
Relevância na Pesquisa
56.17%
Dissertação de mestrado integrado em Engenharia Civil; O crescimento urbano verificado nas últimas décadas tem contribuído para a degradação da qualidade da água em cursos naturais. As superfícies impermeáveis, características de áreas urbanas, impedem em larga escala a infiltração da precipitação no solo e, durante o período seco, estão sujeitas à acumulação de poluentes, devido à concentração de atividades antropogénicas. A ocorrência de precipitação conduz à lixiviação de poluentes pelas escorrências geradas, contribuindo assim para a degradação da qualidade da água do meio recetor. A poluição por escorrências urbanas tem origem fundamentalmente em fontes difusas, que apresentam um comportamento variável no tempo e no espaço. Tendo ainda em conta a natureza estocástica da precipitação, estes aspetos resultam num incremento da variedade de poluentes descarregados nos meios hídricos recetores. Atendendo à importância desta problemática, o objetivo geral do presente trabalho é a estimação de poluentes em sistemas urbanos de drenagem de águas pluviais. Com vista a atingir o objetivo, foi definido e monitorizado um caso de estudo, na cidade de Guimarães. A utilização de um amostrador automático permitiu recolher amostras de água e obter os hidrogramas das escorrências. A temperatura...

Adaptação das obras hidráulicas às alterações climáticas

Moreira, Madalena; Corte-Real, João
Fonte: CRIA Publicador: CRIA
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
46.23%
O aumento da temperatura média, a variação da precipitação média e o aumento da frequência de eventos extremos de precipitação são as projecções mais importantes das alterações climáticas (AC) globais. Na região do Mediterrâneo projecta-se um decréscimo significativo da precipitação. As previsões dos impactes das AC nas massas de água são de redução da água disponível e aumento da frequência e intensidade de eventos de situações extremas (secas e cheias), com importantes impactes ao nível ambiental. Do ponto de vista da Engenharia Hidráulica é importante ter consciência dos potenciais impactes das AC nos recursos hídricos, tendo em conta que no dimensionamento e gestão das obras hidráulicas, quer à escala da bacia hidrográfica quer à escala dos sistemas urbanos de água, não têm sido tomadas em consideração as previsões das alterações dos caudais de dimensionamento e a variação dos consumos ou condições de funcionamento, consequência dos projecções das AC. Este artigo pretende apresentar um conjunto de medidas de adaptação, que é necessário implementar no dimensionamento, exploração e gestão dos sistemas de água. É justificada a necessidade de introdução de um coeficiente de segurança para o dimensionamento de sistemas resistentes às alterações climáticas e a necessidade de rever as regras de exploração e índices de desempenho usados na avaliação dos sistemas de água...

Adaptação dos sistemas urbanos de água às alterações climáticas

Moreira, Madalena; Corte-Real, João
Fonte: Universidade de Évora Publicador: Universidade de Évora
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
66.41%
As projecções dos impactes das alterações climáticas (ACs) mais importantes, à escala global, são o aumento da temperatura média, a variação da precipitação média e o aumento da frequência de eventos de precipitação extremos. Na região do Mediterrâneo projecta-se um decréscimo significativo da precipitação. As previsões dos impactes das ACs nas massas de água são de redução da água disponível e aumento da frequência e intensidade de eventos de situações hidrológicas extremas (secas e cheias), com importantes consequências ao nível ambiental. Do ponto de vista da Engenharia Hidráulica Urbana é importante ter consciência dos potenciais impactes das ACs nas disponibilidades hídricas para abastecimento e nas características do meio receptor das águas residuais tratadas, tendo em conta que no dimensionamento e gestão das obras hidráulicas, à escala dos sistemas urbanos de água, não têm sido tomadas em consideração as previsões das alterações dos caudais de dimensionamento e a variação dos consumos ou condições de funcionamento, consequência dos projecções das ACs. Este artigo pretende apresentar um conjunto de medidas de adaptação, que é necessário implementar no dimensionamento...

Resilência, sustentabilidade e qualidade de vida em sistemas urbanos : efeitos da crise (pós-2008) em Portugal e no sistema urbano do oeste

Gonçalves, Carlos Jorge de Almeida, 1975-
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em //2014 POR
Relevância na Pesquisa
46.3%
Tese de doutoramento, Geografia (Planeamento Regional e Urbano), Universidade de Lisboa, Instituto de Geografia e Ordenamento do Território, 2014; A resiliência urbana assinala o progresso continuado. O desenvolvimento urbano, visto pelo paradigma da resiliência evolutiva, permite que se equacionem fatores que reduzem (ou que ampliam) os períodos de crises. Crise, resiliência e sustentabilidade quando diluídos num quadro teórico, evidenciam o aumento da recorrência e da magnitude destes fenómenos, que impõem recuos na qualidade de vida das comunidades. Preso numa teia de equilíbrios “automáticos” (resgatadores de condições passadas ou projetadores das atuais, por vezes, indesejadas, para as futuras gerações), não será o conceito de sustentabilidade insuficiente para concretizar trajetórias duradouras de desenvolvimento urbano? Eis o núcleo da reflexão aqui proposta. Resultante da síntese de métodos similares, o Modelo de Avaliação da Resiliência e da Sustentabilidade em Sistemas Urbanos (MARSSU), mede a intensidade do estrangulamento do potencial de desenvolvimento do país. A crise (pós-2008), para além de penalizar as regiões mais frágeis, erodiu a capacidade de sustentar desenvolvimento nas primeiras coroas das áreas metropolitanas...

Aplicação da perspectiva ecológica na gestão da complexidade e diversidade urbana

Fernandes, Anabela de Carvalho Martins
Fonte: Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro Publicador: Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
46.43%
Dissertação de Mestrado em Gestão de Ecossistemas; O presente trabalho resultou de um processo de colaboração entre o Laboratório de Ecologia Aplicada do Departamento de Engenharia Biológica e Ambiental da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro, da Agência de Ecologia Urbana de Barcelona e da Câmara Municipal de Vila Real. O conceito de ecologia urbana nasce em Chicago após a I Guerra Mundial, tendo conhecido o seu verdadeiro desenvolvimento em Metz, França. A promoção da ecologia urbana deve-se a um investigador, Roger Klaine que propôs conceber “ordenamentos urbanos de modo a favorecer a eclosão das potencialidades de cada um, satisfazendo as suas necessidades não expressas”, oferecendo “ordenamentos – sobretudo micro ordenamentos que permitissem aos habitantes encontrar o contacto directo com a Natureza”. A ecologia urbana não diz apenas respeito aos imóveis, à água e às árvores, é também uma gestão prudente das energias e um tratamento adequado dos resíduos (Paul & Steffan, 2001). A maioria dos nossos meios urbanos são áreas, por vezes caóticas, que carecem de planeamento e de orientação na sua fase de desenvolvimento. Tornaram-se sistemas complexos com uma enorme multiplicidade de usos e funções. A complexidade encontra-se assim ligada a um misto de ordem e desordem...

O uso da Deteção Remota para a extração de Indicadores Urbanos

Pedro, Inês de Castro Silva Miranda
Fonte: Universidade Nova de Lisboa Publicador: Universidade Nova de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /10/2014 POR
Relevância na Pesquisa
46.41%
Nas últimas décadas o aumento da expansão das áreas urbanas conduziu a rápidas mudanças nos ambientes urbanos. Estas mudanças necessitam de uma observação e compreensão, por forma a permitir a monitorização e avaliação do processo de planeamento urbano. A utilização de dados obtidos por Deteção Remota (DR), aliada aos Sistemas de Informação Geográfica (SIG), surge como uma fonte de informação válida para modelar, recolher, armazenar, exibir e analisar os sistemas urbanos. Neste contexto, a informação planimétrica e altimétrica recolhida por sensores remotos pode ser explorada por forma a extrair informação acerca do uso e ocupação do solo, e apresenta-la sob a forma de indicadores para apoio à decisão. Um sistema de indicadores urbanos baseados em dados obtidos por DR constitui uma ferramenta para as cidades transmitirem os diferentes riscos urbanos bem como na promoção de medidas e estratégias para um eficiente planeamento urbano. A dissertação de mestrado proposta tem como principal objetivo a criação de um sistema de indicadores urbanos que caracterize a cidade de Lisboa ao nível das áreas verdes e do volume construído. Assim, de forma a atingir o objetivo principal é desenvolvida uma metodologia baseada em informação altimétrica e planimétrica que permite analisar as áreas verdes da cidade de Lisboa bem como o volume construído. A informação altimétrica urbana (3D) é derivada de dados cartográficos oficiais (curvas de nível que originam um Modelo Digital de Terreno) e informação recolhida por LiDAR (Light Detection And Ranging) (que representa o Modelo Digital de Superfície). A informação 2D é extraída de uma imagem do satélite de alta resolução Worldview-2 de 2010...

Indicadores para o monitoramento da sustentabilidade em sistemas urbanos de abastecimento de água e esgotamento sanitário

Miranda,Aline Branco de; Teixeira,Bernardo Arantes do Nascimento
Fonte: Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental - ABES Publicador: Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental - ABES
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2004 PT
Relevância na Pesquisa
66.33%
Uma gestão adequada dos sistemas urbanos de abastecimento e esgotamento pode reduzir uma série de impactos negativos, além de trazer resultados positivos para o ambiente, a sociedade e a economia. O conceito de sustentabilidade procura incorporar estas preocupações. Para que ele possa ser efetivamente aplicado, é preciso uma mudança na percepção sobre os referidos sistemas, acompanhada pela adoção de instrumentos de monitoramento. No presente trabalho, procurou-se estabelecer princípios específicos de sustentabilidade que possam ser aplicáveis àqueles sistemas, bem como foram propostos indicadores a serem utilizados como instrumentos de monitoramento, permitindo assim, orientar políticas públicas para o setor.

Geotecnologias aplicadas ao planejamentode sistemas de abastecimento de agua urbanos:uma proposta metodologica

Cordao,Maria Jose de Sousa; Rufino,Iana Alexandra Alves; Araujo,Ester Luiz de
Fonte: Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental - ABES Publicador: Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental - ABES
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2013 PT
Relevância na Pesquisa
46.33%
A modelagem e otimização da disposição espacial de unidades de reservação que constituem os Sistemas Urbanos de Distribuição de Água (SUDA) são abordadas neste estudo sob a perspectiva do apoio à decisão no planejamento desses sistemas. Tendo em vista os avanços e técnicas encontrados nos Sistemas de Informação Geográfica (SIG) e a possibilidade de utilizá-los como Sistema de Apoio a Decisão Espacial (SADE), este trabalho apresenta uma metodologia que viabiliza a tomada de decisão em planejamento de SUDA. Utilizando critérios espacializados, são gerados mapas de riscos de desabastecimento em lotes urbanos que podem servir como indicadores em ações de planejamento e gestão, assim como são mapeadas zonas consideradas como ótimas para a localização de novas unidades de reservação, as quais constituem diretrizes no planejamento para expansão dos SUDA

Análise da salubridade do meio urbano com base na utilização de índices ambientais: aplicação na bacia de drenagem XII da cidade do Natal-RN

Figueiredo, Lucia Mara
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-graduação em Engenharia Sanitária; Saneamento Ambiental; Meio Ambiente; Recursos Hídricos e Hidráulica Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-graduação em Engenharia Sanitária; Saneamento Ambiental; Meio Ambiente; Recursos Hídricos e Hidráulica
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
46.26%
The growing accumulation of people in urban centers caused chronic problems of the cities to begin to take an increasingly unsustainable. Primarily related to lack of infrastructure coupled with sanitation and lack of investment in critical sectors such as health, education, housing and transportation, these problems start to deteriorate markedly the quality of life of city dwellers and put into test management policies of the spaces urbanized. To reverse this situation, shows is essential to the use of tools (highlighting this harvest rates and environmental indicators) that help in assessing the current conditions and may assist in predicting future scenarios. From the information listed above, now put the research seeks to present an index called ISBA Environmental (Sanitation Index) which looks at the four urban systems (water, sewer, solid waste and urban drainage) from the viewpoint of application in a geographical cutout specific - in this case the Drainage Basin XII, defined by the Plan of Urban Drainage Stormwater in the city of Natal, capital of Rio Grande do Norte. This index, together with analysis of other factors sought to trace the current conditions of the basin and thus, assist in proposing the best solutions. For the preparation of the index was applied a questionnaire with a sample of 384 (three hundred eighty-four) households that aimed to study two variables: access to services and satisfaction of the population in relation to these. The ISBA has shown that the system is the most deficient collection and disposal of effluents (ICE = 47.66%)...

Techos verdes como sistemas urbanos de drenaje sostenible

Marchena Ávila, Diana Cecilia
Fonte: Pontifícia Universidade Javeriana Publicador: Pontifícia Universidade Javeriana
Tipo: bachelorThesis; Trabajo de Grado Pregrado Formato: pdf
Relevância na Pesquisa
66.33%
Inicialmente se definen de manera general los Sistemas urbanos de drenaje sostenible, se describen sus características y se establece una clasificación dentro de la cual se catalogan los techos verdes como sistemas de control de superficies. Posteriormente se exponen las generalidades de los techos verdes, su definición, las ventajas y desventajas de su implementación, sus componentes, y las diferentes maneras de clasificarlos. Seguido a esto se realiza un análisis sobre las diferentes políticas para el fomento de la instalación de techos verdes alrededor del mundo, y se desarrolla lo relacionado con el punto de vista arquitectónico, donde se abordan temas como los factores de los techos verdes que condicionan el diseño de las edificaciones, y la influencia de estos sobre las condiciones de confort de la edificación, como lo son el aislamiento térmico y acústico. Después se aborda lo relacionado con la ingeniería ambiental donde se desarrollan los temas de impacto ambiental a escala global, como el incremento de zonas verdes y la generación de habitad, la reducción del efecto isla de calor y el efecto invernadero, y un análisis del impacto ambiental de los materiales que componen los techos verdes. Además se desarrolla también lo relacionado con el impacto ambiental a escala local con temas como calidad del aire y del agua...

Datos perceptuales e individuales y el empleo de un S.I.G. en el estudio de problemas sociales. Su aplicación en la localización de equipamientos urbanos

Escobar Martínez, Francisco Javier; Bosque Sendra, Joaquín; Chicharro Fernández, Elena; Díaz Muñoz, María de los Ángeles; Galve Martín, Amelia
Fonte: Asociación Española de Sistemas de información Geográfica y Territorial (AESIGYT) Publicador: Asociación Española de Sistemas de información Geográfica y Territorial (AESIGYT)
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência Formato: application/pdf
SPA
Relevância na Pesquisa
46.17%
Los Sistemas de Información Geográfica constituyen potentes herramientas para la resolución de muchos tipos de problemas, entre los que también se pueden incluir las cuestiones sociales que tengan un reflejo espacial, como, por ejemplo, la localización óptima de los equipamientos sociales (escuelas, hospitales, oficinas de correos, etc). No obstante, hasta el momento el uso de un SIG en estas tareas se ha realizado olvidando algunas de las más importantes cuestiones planteadas por las teorías sociales recientes. Así, la información perceptual y los comportamientos individuales no son tenidos en cuenta en las aplicaciones usuales de los SIGs a estas cuestiones. El objetivo de esta comunicación es analizar las dificultades que este tipo de datos ofrece a su incorporación en un SIG insistiendo en su utilidad e importancia en el estudio de muchas y variadas cuestiones sociales con relevancia geográfica. Se analiza en especial el papel de las distancias cognitivas y del uso del tiempo por la población.

Sistemas urbanos de drenagem de águas residuais e pluviais: contributo para a análise da problemática da interferência dos dois tipos de sistemas - caso de estudo: cidade de Olhão

Albino, Clarisse Isabel Cristovão
Fonte: Universidade do Algarve Publicador: Universidade do Algarve
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2013 POR
Relevância na Pesquisa
56.28%
Diversas cidades no mundo inteiro sofrem com problemas relacionados com drenagem urbana de águas pluviais e residuais, refletindo-se estes problemas, na maioria dos casos, em impactes significativos no ambiente (ao nível qualidade da água e dos solos, bem como ao nível da fauna e da flora dos meios recetores naturais) e, consequentemente, nos sistemas naturais e sociedades nele inseridas. Estes impactes originam vários problemas socioeconómicos e ambientais, tais como degradação da qualidade da água, solos e sedimentos e decréscimo da produtividade das atividades produtivas que dependem dos ecossistemas naturais. Ao nível dos sistemas de drenagem urbana, verificam-se interferências quer nos sistemas de águas pluviais (afluência e ligações indevidas de águas residuais), quer nos sistemas de águas residuais (infiltração e afluência de águas pluviais, águas do mar e do nível freático). Estes dois tipos de interferências têm consequências significativas, em termos ambientais, económicos e sociais, tema que é desenvolvido no presente trabalho, através da apresentação do caso-estudo da cidade de Olhão. Assim, são identificadas e descritas as diferentes metodologias utilizadas (inspeção visual direta...

Análisis de entornos urbanos de tráfico y estimación del movimiento del vehículo para el desarrollo de sistemas avanzados de ayuda a la conducción

Musleh Lancis, Basam
Fonte: Universidade Carlos III de Madrid Publicador: Universidade Carlos III de Madrid
Tipo: Tese de Doutorado
SPA
Relevância na Pesquisa
46.35%
Los entornos urbanos de tráfico representan, por su alta complejidad, un desafío para los sistemas inteligentes de transporte, debido a la gran variedad de situaciones y elementos diferentes que pueden acontecer en estos entornos y que deben ser manejadas por estos sistemas. A este respecto, las soluciones presentadas hasta el momento son variadas en lo concerniente a sensores y métodos, obteniendo estos trabajos resultados muy dispares de precisión, complejidad, coste o carga computacional. El trabajo presentado en esta disertación, desarrolla un conjunto de algoritmos y métodos para dar soporte a la implementación de una gran variedad de sistemas avanzados de ayuda a la conducción o navegación autónoma en estos entornos. El sistema descrito se basa en el análisis del entorno del vehículo y la estimación del movimiento del mismo mediante el empleo de un sistema de visión estereoscópica, donde se ha prestado una especial atención, a la hora de definir las características del desarrollo, a posibilitar su implementación en tiempo real. Se ha hecho hincapié tanto en la justificación matemática de los algoritmos presentados, como en la evaluación del efecto de la variación de los valores de configuración de funcionamiento del sistema...

Sistemas urbanos: Amplio campo para la investigación

Eduardo Enrique Zurek; Universidad del Norte
Fonte: Universidad del Norte Publicador: Universidad del Norte
Tipo: article; publishedVersion Formato: application/pdf
SPA
Relevância na Pesquisa
46.3%
La descripción de sistemas por medio de modelos matemáticos es una herramienta fundamental para el desarrollo de la ciencia y la tecnología. Por tal razón, los modelos de ingeniería, y dentro de esta área los modelos urbanos, cobran vital importancia en la planeación y la evolución de nuestros sistemas urbanos (es decir, ciudades, países, etc.), ya que dichos sistemas en la actualidad se encuentran en crisis debido a su desmesurado y desordenado crecimiento.

Análise do comportamento de sistemas urbanos por meio de componentes de sistemas hidrológicos; Urban systems behavior analysis through components of hydrological systems

Rafaeli Neto, Sílvio Luís; Cordeiro, Marcos Tadeu Andrade
Fonte: Programa de Pós-Graduação em Geografia Humana. Universidade de São Paulo. Publicador: Programa de Pós-Graduação em Geografia Humana. Universidade de São Paulo.
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 03/04/2015 POR
Relevância na Pesquisa
46.17%
Este trabalho teve por objetivo avaliar sistemas urbanos utilizando como base conceitual o enfoque sistêmico. Foi realizada a análise de freqüência de entidades morfológicas deste sistema (edificações) em relação a componentes morfológicas do sistema hidrológico (talvegues e respectivas faixas de entorno). O espaço geográfico foi delimitado por componentes morfológicas deste último (bacias hidrográficas). Os resultados apontaram que o comportamento do sistema urbano seria distinto nas três bacias avaliadas; This work presents the analysis technique of buildings frequency as a formal ins- trument for assessment of urban systems behavior, with reference to spatial pat- terns of hydrological systems. The conceptual basis of the study is grounded on the systemic approach applied on the level of river basins. Three representative, contiguous and independent basins were selected for the study. The watercour- ses of these basins were extracted from an MDT at 1:2.000 scale. The frequency analysis was parameterized by the Density of Buildings (De) and Urban Occupa- tion Index (IOU) in various bands around the watercourses. The urban occupation process of geographical space of the three basins reveals distinct patterns. In two basins the IOU was statistically similar. 

Movilidad cotidiana por trabajo en el análisis de la estructura territorial: Andalucía y centro de México

Susino,Joaquín; Martínez-Reséndiz,Juana
Fonte: Universidad Autónoma del Estado de México, Centro de Investigación y Estudios Avanzados de la Población Publicador: Universidad Autónoma del Estado de México, Centro de Investigación y Estudios Avanzados de la Población
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2010 ES
Relevância na Pesquisa
46.3%
La movilidad cotidiana por razón de trabajo es, desde hace tiempo, reconocida como una variable fundamental para el análisis de la organización del territorio y de los sistemas urbanos a escala intermedia. Sin embargo, muchos sistemas estadísticos nacionales no han contado con datos de tipo censal sobre esta cuestión hasta hace poco tiempo, como son los casos de España y México. El objetivo de este trabajo es ilustrar el potencial que tiene el análisis de tales datos en sistemas territoriales y urbanos muy diferentes, como los de Andalucía y la región centro de México. No se trata de comparar ambas realidades regionales, sino de utilizar la metodología anteriormente ensayada en Andalucía en otros trabajos, para poner de manifiesto ese potencial analítico. En primer lugar, para identificar jerarquías y dependencias urbanas; en segundo, para reconocer y delimitar áreas metropolitanas.