Página 1 dos resultados de 117 itens digitais encontrados em 0.063 segundos

Seletividade do pirofosfato de sódio e de cloretos não tamponados (CuCl2 e LaCl3) como extratores de alumínio associado à matéria orgânica em solos de restinga do estado de São Paulo; Selectivity of sodium pyrophosphate and unbuffered chlorides (CuCl2 and LaCl3) as extractants of aluminum bound to soil organic matter in soils of the sandy coastal plain in São Paulo state

COELHO, Maurício Rizzato; VIDAL-TORRADO, Pablo; PÉREZ, Xosé Luis Otero; MARTINS, Vanda Moreira; VÁZQUEZ, Felipe Macías
Fonte: Sociedade Brasileira de Ciência do Solo Publicador: Sociedade Brasileira de Ciência do Solo
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
56.28%
O Al em complexos com matéria orgânica do solo é comumente determinado por técnicas de dissolução seletiva. Um extrator comum para essa forma do elemento é o pirofosfato de sódio. Devido à sua falta de seletividade para algumas amostras de solos, extratores não tamponados de Al, como CuCl2 e LaCl3, têm sido recomendados. A seletividade do pirofosfato de sódio (Al p) e dos cloretos não tamponados de cobre (AlCu) e de lantânio (AlLa) como extratores de Al ligado à matéria orgânica foi avaliada em 31 perfis de solos (Espodossolos e Neossolos Quartzarênicos), representativos das áreas sob vegetação de restinga do litoral paulista. Os resultados foram comparados aos obtidos com oxalato de amônio e KCl, seguindo-se as interpretações comumente observadas na literatura quanto à capacidade extratora e seletividade dos reagentes utilizados. Pirofosfato careceu de total seletividade para amostras que apresentaram formas inorgânicas de Al. Os reagentes CuCl2 e LaCl3, por sua vez, foram mais seletivos para as formas de Al orgânico nas mesmas amostras, cuja ordem de extractabilidade foi: Al p>AlCu>AlLa . As diferentes habilidades extratoras e as relações entre os reagentes utilizados possibilitaram convergir evidências analíticas a fim de analisar e interpretar algumas determinações...

Efeito da irrigação com efluente de esgoto rico em sódio em propriedades químicas e físico-hídricas de um Argissolo e produtividade de capim Tifton 85 no município de Lins; Effect of irrigation with sodium rich sewage effluent in chemical, physical and hydraulic properties of an Ultisol and productivity of Tifton 85 Bermudagrass at Lins municipality-SP-Brasil

Silva, Aijânio Gomes de Brito
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 30/04/2013 PT
Relevância na Pesquisa
36.47%
O uso de efluente de estação de tratamento de esgoto (EETE) na agricultura irrigada pode ser uma estratégia alternativa de fornecimento de água e nutrientes para culturas agrícolas. Entretanto se realizado por longos períodos pode adicionar grandes quantidades de sódio ao solo o que poderia levar a degradação de suas propriedades e impacto em aspectos agronômicos de capim Tifton 85. Esse trabalho consistiu de dois objetivos: i) avaliar os efeitos da irrigação com efluente rico em sódio durante mais de oito anos em propriedades químicas e físico-hídricas de um Argissolo Vermelho. Para isso foram estabelecidos três tratamentos avaliados nas profundidades de 0,05-0,15 (P1), 0,25-0,35 (P2) e 0,70-0,80 m (P3): SI - cultivo de capim sem adubação e sem irrigação; A100 - cultivo irrigado com água de abastecimento sódica e adubado com 520,0 kg ha-1 ano-1 de nitrogênio; E66 - cultivo irrigado com EETE e adubado com 343,2 kg ha-1 ano-1 de nitrogênio. Foram determinados: pH do solo (em água e CaCl2), condutividade elétrica do extrato aquoso do solo (CE1:1), concentração de sódio (Na+), potássio (K+), cálcio (Ca2+), magnésio (Mg2+), alumínio (Al3+), carbono (C) e nitrogênio (N) do solo, com posterior cálculo de soma de bases (SB)...

Efeitos da redução da concentração de sódio na solução de hemodiálise e no conteúdo de sódio da dieta sobre a resposta inflamatória de pacientes com doença renal crônica

Telini, Lidiane Silva Rodrigues
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 56 f.
POR
Relevância na Pesquisa
36.1%
Pós-graduação em Fisiopatologia em Clínica Médica - FMB; The prognosis of chronic kidney disease patients is strongly influenced by cardiovascular complications. Inflammation is known to be one of the risk factors for these complications, occurring in about 30% of dialysis patients. Increasing evidences have suggested that the volume overload is one of the causes of inflammation in these patients. In a previous study in our center, we found that reducing the sodium content (Na) in the diet and in dialysis solution were associated with reduced concentrations of inflammatory markers in patients on hemodialysis (HD). However, in both studies a reduction in markers of body water volume was not found. These results could be due to the low sensitivity of the volume markers used or suggest a direct role of Na as an inflammatory inducer independent of the volume. The present study aims to confirm the hypothesis that the mobilization of sodium reduces the body water volume and attenuates the inflammatory state in HD patients, using a more sensitive volume marker as the type B atrial - natriuretic peptide (BNP). Ninety-eighty patients were included and randomly allocated into three groups: diet, treated with reduction of 2 g/day of dietary Na intake; dialysate...

Hidrólise ácida de acetais em misturas formadas por albumina do soro bovino e dodecilsulfato de sódio (DSD) e poli(oxietileno) e SDS

Santos, Sonia de Fatima
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Tese de Doutorado Formato: xiii, 148 f.| il., grafs., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
46.37%
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Físicas e Matemáticas. Programa de Pós-Graduação em Química; A reação de hidrólise do 2-Naftaleno-1,3-dioxolano (2-ND) e do di-terc-butil benzaldeído (BTBA) foram investigadas em solução contendo albumina do soro bovino (BSA) e dodecilsulfato de sódio (SDS). A hidrólise do 2-ND foi seguida em tampão succinato pH 5,40, próximo do ponto isoelétrico da proteína. Por comparação, a hidrólise foi também monitorada na presença de um polímero hidrofílico, poli(oxietileno) (PEO). O perfil da constante de velocidade de primeira ordem versus [SDS] foi obtida em diferentes concentrações de BSA e PEO. Foi observado que ambos polímeros inibem fortemente a reação e a inibição dependia da concentração de polímero e de SDS. Esta inibição foi interpretada pelos valores de pH aparente obtidos com o indicador piridina-2-azo-dimetilanilina (PADA) nas mesmas condições experimentais em que foram feitas as medidas cinéticas. O efeito da concentração de BSA na velocidade foi interpretada assumindo uma diminuição da concentração de interfacial, um fato suportado pelo modelo de pseudofase de troca iônica (PIE) aplicado para as reações bimoleculares. Por outro lado...

Crescimento dos agregados micelares em complexos de albumina do soro bovino - dodecilsulfato de sódio controlado pela proteína

Schvweitzer, Bianca
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: xi, 55 f.| il., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
36.35%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Físicas e Matemáticas. Programa de Pós-Graduação em Química.; Surfactantes aniônicos, como o dodecilsulfato de sódio (SDS), ligam-se fortemente em proteínas induzindo desnaturação. Com a proposta de melhor entender as características dos complexos BSA-SDS na saturação, nós acompanhamos o efeito da força iônica na saturação via variação da concentração do tampão. A premissa desta proposta está baseada no fato de que, se os agregados estão sujeitos a efeitos por mudanças de força iônica, necessariamente espera-se mudanças na saturação da BSA por SDS. Os perfis de tensão superficial apresentam dois pontos de descontinuidade, usualmente denominados de concentração crítica de agregação, cac, e ponto de saturação, psp. Contrariamente ao esperado, observou-se que, tanto a cac como o psp não são, rigorosamente, afetados por aumento da força iônica. As curvas de SAXS, executadas no Laboratório Nacional de Luz Síncroton, foram obtidas variando a intensidade do espalhamento de raio-X, de l igual a 1,608 Å, em 1% de BSA. Os resultados de número de agregação indicam que os agregados micelares no complexo não são afetados por efeitos de força iônica em concentrações de SDS até na saturação e a proteína...

Auto-associação do colato de sódio (NaC) em misturas com o surfactante aniônico dodecil sulfato de sódio (SDS) e o polímero neutro hidrossolúvel poli(óxido de etileno) (PEO)

Felippe, Arlindo Cristiano
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: xii, 72 f.| il., grafs., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
36.08%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Físicas e Matemáticas. Programa de Pós-Graduação em Química; As propriedades de misturas de poli(óxido de etileno) (PEO) e colato de sódio (NaC) em solução tampão tris/HCl, pH 9,00, foram aqui investigadas por meio de medidas de condutividade elétrica, tensão superficial e fluorescência estacionária. Experimentos paralelos com misturas de PEO e dodecil sulfato de sódio (SDS) foram executados. Também foi investigada a formação de micelas mistas do sal de bílis com o SDS na ausência e em presença de PEO. Os perfis da razão I1/I3 dos espectros de fluorescência do pireno versus a concentração de surfactante foram usados para distinguir a micropolaridade das micelas mistas SDS-NaC e de complexos mistos PEO-SDS-NaC. Foram analisados parâmetros de associação como concentração micelar crítica (cmc), concentração de agregação crítica (cac), ponto de saturação do polímero (psp) e o efeito da concentração do polímero nos parâmetros cac e psp. Os resultados levaram à conclusão de que não existe a convencional interação entre polímero-surfactante para o sistema PEO-NaC. No entanto, a adição de SDS a mistura regenera o processo cooperativo de associação formando complexos mistos PEO-SDS-NaC em altas frações molares de SDS. Observou-se que...

Complexos supramoleculares formados por associação do biossurfactante colato de sódio e do surfactante dodecil sulfato de sódio com o polímero neutro poli(óxido de etileno) e o polieletrólito poli(etilenoimina)

Felippe, Arlindo Cristiano
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 156 p.| il., grafs., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
36.12%
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciencias Fisicas e Matematicas, Programa de Pós-Graduação em Química; A formação de complexos supramoleculares em solução aquosa pela associação do polímero neutro hidrossolúvel poli(óxido de etileno) (PEO) e do polieletrólito poli(etilenoimina) (PEI) com misturas do biossurfactante colato de sódio (NaC) com o surfactante aniônico dodecil sulfato de sódio (SDS) foi aqui investigada usando as técnicas de condutivimetria, tensiometria, fluorimetria, espalhamento de raios-X a baixos ângulos (SAXS) e medidas de pH. Parâmetros de associação como concentração micelar crítica (cmc), concentração de agregação crítica (cac) e ponto de saturação do polímero (psp), além da morfologia dos complexos supramoleculares foram determinados. Contrariamente à afinidade que o SDS apresenta quando em presença do polímero PEO, os resultados indicaram que o biossurfactante NaC tem pouca tendência em associar-se cooperativamente com PEO. A formação de micelas mistas de SDS e NaC foi investigada e os resultados levaram à conclusão de que a adição de SDS a soluções contendo NaC e PEO regenera o processo cooperativo de associação formando complexos supramoleculares do tipo PEO-SDS-NaC em altas ?SDS. Observou-se ainda que...

Variações hemodinâmicas expectáveis após a administração de nitroprussiato de sódio em emergências hipertensivas e regurgitação mitral

Lopes, Nuno José Tavares
Fonte: Universidade da Beira Interior Publicador: Universidade da Beira Interior
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /05/2013 POR
Relevância na Pesquisa
36.12%
Embora um equipamento médico não possa jamais subjugar para segundo plano a observação clínica médica, os sistemas de administração automática de fármacos permitem melhorar a prestação de cuidados tornando mais assertiva e segura a intervenção terapêutica. Estes equipamentos exigem complexas construções algorítmicas e modelos matemáticos, tendo por base protocolos de atuação médica. No entanto, a aplicação de um sistema automático de controlo de administração/infusão coloca várias dificuldades. Um dos maiores problemas relacionados com os sistemas de administração automática de fármacos é o hiato entre aquele que é o diminuto conhecimento médico presente no modelo e a complexidade inerente ao doente. Atualmente o modelo circulatório desenvolvido por Guyton e Coleman, que tenta explicar o controlo da pressão arterial, é um dos mais aceites pela comunidade científica. No entanto, não contempla a visão holística de todos os processos fisiológicos e patológicos inerentes a cada doente. O presente trabalho tem como objetivo a compreensão dos processos que permitem melhorar os sistemas existentes e incrementar a robustez dos algoritmos dos sistemas automáticos. Esta melhoria pretende ser obtida através do estudo das variações que serão expectáveis nas diferentes variáveis co-dependentes dos valores da pressão arterial em adultos saudáveis...

Elaboração de zoneamentos agropedoclimáticos por geoprocessamento: soja em municípios do Rio Grande do Sul

Carvalho Junior,W.; Chagas,C. S.; Pereira,N. R.; Strauch,J. C. M.
Fonte: Sociedade Brasileira de Ciência do Solo Publicador: Sociedade Brasileira de Ciência do Solo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2003 PT
Relevância na Pesquisa
45.87%
Os zoneamentos agropedoclimáticos fazem uso de banco de dados ambientais e apresentam uma classificação que integra diversas variáveis por meio das operações de geoprocessamento. Neste trabalho, foi realizado um estudo de caso da soja no Rio Grande do Sul. Os aplicativos PC-ArcInfo, Arcview e SGI VGA foram empregados para as operações de entrada, de geoprocessamento dos dados e de apresentação dos resultados alcançados. O geoprocessamento envolveu a reclassificação e cruzamentos dos planos de informação e operações com tabelas associadas aos planos de informação. As características dos solos, tais como: fertilidade natural, textura, relevo, profundidade efetiva, susceptibilidade à erosão, drenagem, pedregosidade/rochosidade e saturação por sódio, foram avaliadas para a cultura da soja em todos os componentes das unidades de mapeamento de solos do estado do Rio Grande do Sul, gerando um plano de informação de aptidão pedológica para essa cultura que, depois de cruzado com o de época de semeadura por municípios, gerou o plano de informação final do zoneamento agropedoclimático. A utilização desse método permitiu fazer uma avaliação: (a) de cada um dos componentes das unidades de mapeamento, e (b) dos resultados obtidos de acordo com a percentagem de ocorrência de cada componente dentro da unidade de mapeamento.

Propriedades químicas do solo aluvial da Ilha de Assunção - Cabrobó (Pernambuco)

Chaves,L. H. G.; Tito,G. A.; Chaves,I. B.; Luna,J. G.; Silva,P. C. M.
Fonte: Sociedade Brasileira de Ciência do Solo Publicador: Sociedade Brasileira de Ciência do Solo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2004 PT
Relevância na Pesquisa
36.14%
O solo aluvial da Ilha de Assunção, localizada no Rio São Francisco, em Cabrobó (PE), tem sido intensamente cultivado com culturas anuais sob irrigação. O nível de produtividade atual não é satisfatório em razão do uso de práticas agrícolas inadequadas para a continuidade da atividade agrícola. Objetivou-se realizar um levantamento das propriedades químicas dos solos numa área de 1.131 ha, por meio da coleta de 1.053 amostras de solo, na profundidade de 0-30 cm. As amostras foram caracterizadas quimicamente e os dados analisados por técnicas estatísticas descritivas. Os resultados obtidos indicaram haver maior variabilidade para os teores de alumínio, potássio, fósforo e para a percentagem de saturação por sódio e menor variabilidade para pH, não havendo distribuição normal dos dados. As amostras de solo apresentaram, em sua maioria, baixos teores de alumínio, de matéria orgânica e de fósforo; valores de pH e CTC e teores de cálcio + magnésio e potássio adequados para a maioria das culturas e foram classificadas como normais em relação à percentagem de saturação por sódio.

Estabelecimento do arroz irrigado e absorção de cátions em função do manejo da adubação potássica e do nível de salinidade no solo

Carmona,Felipe de Campos; Anghinoni,Ibanor; Meurer,Egon José; Holzschuh,Marquel Jonas; Fraga,Thiago Isquierdo
Fonte: Sociedade Brasileira de Ciência do Solo Publicador: Sociedade Brasileira de Ciência do Solo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2009 PT
Relevância na Pesquisa
56.08%
O uso da água para a irrigação do arroz no Rio Grande do Sul, cujos mananciais hídricos têm ligação com o mar, pode ocasionar acúmulo de sais no solo em concentrações prejudiciais ao estabelecimento da cultura nos anos subsequentes, especialmente quando são aplicadas altas doses de fertilizante potássico na linha de semeadura. Este trabalho foi realizado com o objetivo de avaliar o efeito do manejo da adubação potássica sobre o estabelecimento e a absorção de cátions pelo arroz (cultivar IRGA 417) em um solo com diferentes níveis de saturação por Na. Foram utilizados um Planossolo Háplico com saturações por Na na troca de 5, 10 e 20 %; três manejos da adubação com cloreto de K equivalentes a 120 kg ha-1 de K2O a lanço; 120 kg ha-1 de K2O na linha de semeadura e 60 kg ha-1 de K2O na linha de semeadura, além de uma testemunha, sem adição de sal e de fertilizante, fatorial (3 x 3) + 1. O estande de plântulas não foi afetado pelos níveis de salinidade do solo e manejo da adubação potássica. A ontogenia da planta foi afetada pela salinidade, com atraso na emergência das plântulas. A salinidade do solo, a partir de 10 % de saturação por Na no complexo de troca, inibiu a absorção de K e reduziu o crescimento das plântulas de arroz...

Seletividade do pirofosfato de sódio e de cloretos não tamponados (CuCl2 e LaCl3) como extratores de alumínio associado à matéria orgânica em solos de restinga do estado de São Paulo

Coelho,Maurício Rizzato; Vidal-Torrado,Pablo; Pérez,Xosé Luis Otero; Martins,Vanda Moreira; Vázquez,Felipe Macías
Fonte: Sociedade Brasileira de Ciência do Solo Publicador: Sociedade Brasileira de Ciência do Solo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/10/2010 PT
Relevância na Pesquisa
56.28%
O Al em complexos com matéria orgânica do solo é comumente determinado por técnicas de dissolução seletiva. Um extrator comum para essa forma do elemento é o pirofosfato de sódio. Devido à sua falta de seletividade para algumas amostras de solos, extratores não tamponados de Al, como CuCl2 e LaCl3, têm sido recomendados. A seletividade do pirofosfato de sódio (Al p) e dos cloretos não tamponados de cobre (AlCu) e de lantânio (AlLa) como extratores de Al ligado à matéria orgânica foi avaliada em 31 perfis de solos (Espodossolos e Neossolos Quartzarênicos), representativos das áreas sob vegetação de restinga do litoral paulista. Os resultados foram comparados aos obtidos com oxalato de amônio e KCl, seguindo-se as interpretações comumente observadas na literatura quanto à capacidade extratora e seletividade dos reagentes utilizados. Pirofosfato careceu de total seletividade para amostras que apresentaram formas inorgânicas de Al. Os reagentes CuCl2 e LaCl3, por sua vez, foram mais seletivos para as formas de Al orgânico nas mesmas amostras, cuja ordem de extractabilidade foi: Al p>AlCu>AlLa . As diferentes habilidades extratoras e as relações entre os reagentes utilizados possibilitaram convergir evidências analíticas a fim de analisar e interpretar algumas determinações...

Cátions trocáveis, capacidade de troca de cátions e saturação por bases em solos brasileiros adubados com composto de lixo urbano

Abreu Jr.,Cassio Hamilton; Muraoka,Takashi; Oliveira,Fernando Carvalho
Fonte: São Paulo - Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz" Publicador: São Paulo - Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz"
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2001 PT
Relevância na Pesquisa
46%
O uso agrícola do composto de lixo, como fertilizante orgânico, além de melhorar as propriedades do solo, representa uma alternativa importante para gestão de resíduos sólidos domiciliares. Foram estudados os efeitos da aplicação do composto de lixo, proveniente da cidade de São Paulo (Usina de compostagem São Matheus), na dose de 30 g dm-3 (60 t ha-1), na presença e ausência de calcário dolomítico e adubos minerais, sobre os teores de cátions trocáveis (K+, Ca2+, Mg2+ e Na+); a capacidade de troca de cátions (CTC) e a saturação por bases (V%) de 21 solos ácidos e 5 solos alcalinos. Nos solos alcalinos o calcário foi substituído por gesso. O experimento foi conduzido em condições de casa de vegetação em delineamento em blocos ao acaso, com parcelas em faixas e três repetições. Nos solos ácidos, a aplicação do composto de lixo promoveu aumentos nos teores trocáveis de potássio, cálcio, magnésio e sódio, em média, de 195%, 200%, 86% e 1200%, e elevação da CTC em 42%, refletindo na V%, com aumento médio de 39%. Nos solos alcalinos, esses efeitos foram menos pronunciados, refletindo porém, em média, em aumentos da CTC em 8,4% e da V% em 2%. Os maiores efeitos sobre as propriedades químicas avaliadas foram conseqüências das aplicações do composto + adubo + calcário...

Alterações físicas e químicas de um Argissolo pela aplicação de água residuária de bovinocultura

Erthal,Virgílio J. T.; Ferreira,Paulo A.; Matos,Antônio T. de; Pereira,Odilon G.
Fonte: Departamento de Engenharia Agrícola - UFCG Publicador: Departamento de Engenharia Agrícola - UFCG
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/05/2010 PT
Relevância na Pesquisa
36.08%
Se bem planejada, a disposição de águas residuárias no sistema solo-planta poderá trazer benefícios, tais como fonte de nutrientes e água para as plantas, redução do uso de fertilizantes e de seu potencial poluidor. O solo apresenta grande capacidade de decompor ou inativar materiais potencialmente prejudiciais ao ambiente, através de reações químicas e por processos microbiológicos. Com o objetivo de avaliar os efeitos da aplicação da água residuária de bovinocultura (ARB) sobre as propriedades físicas e químicas de um Argissolo Vermelho Eutrófico, realizou-se um experimento utilizando-se quatro taxas de aplicação da ARB (25, 50, 75 e 100 kg ha-1 de K), em condições de lisímetros de drenagem e em ambiente protegido. Avaliaram-se: condutividade elétrica da solução do solo; argila dispersa em água; índice de saturação por sódio; pH; CTC; saturação por bases e os teores de P, K, Ca, Mg e Na. Os valores de pH, CTC, saturação por bases e concentrações de P, K, Ca e Mg, aumentaram com acréscimos nas taxas de aplicação da ARB, nas camadas superficiais do solo. Não ocorreu salinização do perfil do solo embora a porcentagem de argila dispersa em água tenha aumentado, indicando que a aplicação permanente da ARB pode propiciar riscos de redução da permeabilidade do solo.

Dispersão de argilas em solos afetados por sais

Paes,Jefferson L. de A.; Ruiz,Hugo A.; Fernandes,Raphael B. A.; Freire,Maria B. G. dos S.; Barros,Maria de F. C.; Rocha,Genelício C.
Fonte: Departamento de Engenharia Agrícola - UFCG Publicador: Departamento de Engenharia Agrícola - UFCG
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/11/2013 PT
Relevância na Pesquisa
46.28%
Para estimar a dispersão de argilas determina-se, em laboratório, a argila dispersa em água. Esta análise pode não corresponder à realidade em solos salinos e salino-sódicos com concentrações elevadas de sais na sua solução. Neste contexto determinou-se a argila dispersa utilizando soluções de diferentes condutividades elétricas (0; 0,3; 0,6, 0,9 e 1,2 dS m-1) em sete solos representativos do Estado de Pernambuco com percentagem de saturação de sódio ajustada no intervalo de 5-30%. Os resultados evidenciaram que houve incremento nos valores da argila dispersa diretamente relacionado com o aumento da percentagem de saturação de sódio e com a diminuição da condutividade elétrica na solução de trabalho. A resposta aos tratamentos foi mais acentuada nos solos com maiores proporções de argilas mais ativas frente àqueles com mais óxidos de ferro. As determinações da argila dispersa em água são realizadas com água deionizada ou destilada; no entanto concluiu-se, para solos afetados por sais, que as análises deveriam ser realizadas com soluções de condutividade elétrica diferente de 0 dS m-1, utilizando-se valores próximos aos do extrato da pasta de saturação.

Saturação do complexo de troca de solos oxídicos com sódio

Matos,Antonio T. de; Almeida Neto,Onofre B.; Matos,Mateus P. de
Fonte: Departamento de Engenharia Agrícola - UFCG Publicador: Departamento de Engenharia Agrícola - UFCG
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/05/2014 PT
Relevância na Pesquisa
36.09%
Propôs-se, neste trabalho, avaliar a influência de características físicas, químicas e mineralógicas de três solos oxídicos no potencial de sua sodificação. Nesta avaliação foram utilizadas amostras coletadas no horizonte B, de um Latossolo Vermelho-Amarelo, Latossolo Vermelho e um Argissolo Vermelho, que apresentavam, respectivamente, presença marcante dos minerais caulinita, hematita e gibbsita. As amostras foram caracterizadas em termos físicos, químicos e mineralógicos e, após seu acondicionamento em colunas de solo, submetidas à percolação de soluções com condutividade elétrica (CE) de 8,0 dS m-1 e relação de adsorção do sódio (RAS) de 0, 10, 20, 30, 40 e 50 (mmol c L-1)0,5, em três repetições. A porcentagem de sódio trocável (PST) e a relação de sódio trocável (RST) foram obtidas por cálculo a partir dos valores de concentração trocável de sódio nos solos. O aumento na RAS da solução de percolação proporcionou aumento nas RST e PST em todos os solos e foi influenciado pela mineralogia, grau de intemperismo e conteúdo de argila. Os solos analisados podem receber águas com RAS e CE altas sem sofrer sodificação expressiva.

Tolerância à salinidade e capacidade de absorção de potássio de genótipos de arroz irrigado.; Tolerance to the salinity and capacity of potassium uptake genotypes irrigated rice.

SANES, Fernanda San Martins
Fonte: Universidade Federal de Pelotas; Agronomia; Programa de Pós-Graduação em Solos; UFPel; BR Publicador: Universidade Federal de Pelotas; Agronomia; Programa de Pós-Graduação em Solos; UFPel; BR
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.12%
The rice is the cultivated and consumed cereals more in Brazil. In the coastal region, the adverse effect of salinity can cause decrease in plant growth and nutrients uptake, being that the absorption capacity, mainly of K, that is one of the main nutrients for the culture of the rice irrigated, is the result of the tax of absorption for unit of length of roots, as well as its morphology. With the objective of this study was to evaluate rice genotypes with respect to salts tolerance in irrigation water and with different K uptake, two studies, being one experiment was developed in an experimental area of Embrapa Clima Temperado, Capão do Leão, RS, in tanks of masonry, where a surface layer of an Albaqualf soil was deposited. The treatments applied from the time of differentiation panicle to physiological maturity: plant irrigation with drinking water, water with 0.25% NaCl and water with 0.5% NaCl, arranged in a completely randomized design, with three replications. There were evaluated twelve rice genotypes: BRS Querência, BRS Atalanta, BRS Bojuru, BRS Fronteira, CNA 10754, CNA 10756, CNA 10757, BRA 1455, BRA 1024, BRA 1073, Avaxi. The Inov hybrid was only evaluated in the salinity experiment. In the first study. To the ending of the cycle of each genotype...

Efeito salino na saturação da albumina do soro bovino (B0SA) por dodecilsulfato de sódio (SDS)

Schweitzer, Bianca
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: 29 f.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
36.12%
TCC (graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Físicas e Matemáticas, Curso de Química.; Este trabalho apresenta uma pesquisa sobre os agentes tensoativos conhecidos popularmente como sabões e detergentes. São moléculas anfifilicas de dois radicais gregos que significam não ter certeza do que gostam), em cuja estrutura molecular existem duas regiões distintas, uma hidrofilica (polar que tem afinidade com moléculas de água e uma outra parte hidrofóbica (apoiar), que tem afinidade com moléculas de gordura 1'2. Os surfactantes são classificados conforme a natureza do grupo hidrofilico em: a) Cationicos: possuem a parte hidrofilica da molécula constituída por um átomo ou grupo carregado positivamente; b) AniOnicos: apresentam na parte hidrofilica da molécula um átomo ou grupo carregado negativamente; c) ZwitteriOnicos: possuem grupamentos com características ácida ou básica e passam a ter o comportamento aniônico ou catianico dependendo do pH do meio no qual se encontram; d) Não-iônicos: apresentam na estrutura molecular uma estrutura polar que interage fortemente com a água, principalmente por pontes de hidrogénio.

Variações hemodinâmicas expectáveis após a administração de nitroprussiato de sódio em emergências hipertensivas e regurgitação mitral

Lopes, Nuno José Tavares
Fonte: Universidade da Beira Interior Publicador: Universidade da Beira Interior
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /05/2013 POR
Relevância na Pesquisa
36.12%
Embora um equipamento médico não possa jamais subjugar para segundo plano a observação clínica médica, os sistemas de administração automática de fármacos permitem melhorar a prestação de cuidados tornando mais assertiva e segura a intervenção terapêutica. Estes equipamentos exigem complexas construções algorítmicas e modelos matemáticos, tendo por base protocolos de atuação médica. No entanto, a aplicação de um sistema automático de controlo de administração/infusão coloca várias dificuldades. Um dos maiores problemas relacionados com os sistemas de administração automática de fármacos é o hiato entre aquele que é o diminuto conhecimento médico presente no modelo e a complexidade inerente ao doente. Atualmente o modelo circulatório desenvolvido por Guyton e Coleman, que tenta explicar o controlo da pressão arterial, é um dos mais aceites pela comunidade científica. No entanto, não contempla a visão holística de todos os processos fisiológicos e patológicos inerentes a cada doente. O presente trabalho tem como objetivo a compreensão dos processos que permitem melhorar os sistemas existentes e incrementar a robustez dos algoritmos dos sistemas automáticos. Esta melhoria pretende ser obtida através do estudo das variações que serão expectáveis nas diferentes variáveis co-dependentes dos valores da pressão arterial em adultos saudáveis...

Cátions trocáveis, capacidade de troca de cátions e saturação por bases em solos brasileiros adubados com composto de lixo urbano; Exchangeable cations, cation exchange capacity and base saturation in Brazilian soils amended with urban waste compost

Abreu Jr., Cassio Hamilton; Muraoka, Takashi; Oliveira, Fernando Carvalho
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz Publicador: Universidade de São Paulo. Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/12/2001 POR
Relevância na Pesquisa
46%
O uso agrícola do composto de lixo, como fertilizante orgânico, além de melhorar as propriedades do solo, representa uma alternativa importante para gestão de resíduos sólidos domiciliares. Foram estudados os efeitos da aplicação do composto de lixo, proveniente da cidade de São Paulo (Usina de compostagem São Matheus), na dose de 30 g dm-3 (60 t ha-1), na presença e ausência de calcário dolomítico e adubos minerais, sobre os teores de cátions trocáveis (K+, Ca2+, Mg2+ e Na+); a capacidade de troca de cátions (CTC) e a saturação por bases (V%) de 21 solos ácidos e 5 solos alcalinos. Nos solos alcalinos o calcário foi substituído por gesso. O experimento foi conduzido em condições de casa de vegetação em delineamento em blocos ao acaso, com parcelas em faixas e três repetições. Nos solos ácidos, a aplicação do composto de lixo promoveu aumentos nos teores trocáveis de potássio, cálcio, magnésio e sódio, em média, de 195%, 200%, 86% e 1200%, e elevação da CTC em 42%, refletindo na V%, com aumento médio de 39%. Nos solos alcalinos, esses efeitos foram menos pronunciados, refletindo porém, em média, em aumentos da CTC em 8,4% e da V% em 2%. Os maiores efeitos sobre as propriedades químicas avaliadas foram conseqüências das aplicações do composto + adubo + calcário...