Página 1 dos resultados de 47074 itens digitais encontrados em 0.036 segundos

Uma digressão sobre o programa de subvenção ao prêmio do seguro rural e as implicações para o futuro deste mercado

OZAKI, Vitor
Fonte: Sociedade Brasileira de Economia e Sociologia Rural Publicador: Sociedade Brasileira de Economia e Sociologia Rural
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
46.34%
Nos últimos anos, o governo federal tem incentivado o mercado de seguro rural por meio de medidas pontuais que visam o aumento da demanda e o estabelecimento de condições adequadas para as seguradoras ofertarem seus produtos. Uma dessas medidas foi o Programa de Subvenção ao Prêmio do Seguro Rural (PSP), que apresentou grande crescimento desde 2005, quando o programa começou. Entretanto, este crescimento tem se concentrado apenas no estado do Paraná. O artigo mostra que o entrave para expandir o seguro rural para outros estados não se restringe apenas ao risco relativo, mas à inexistência de uma base consolidada de dados nos municípios analisados.; Over the last years, the federal government has been stimulating the crop insurance market through a few measures that aim to increase the demand and support insurance companies to offer their products. One of these measures was the Insurance Premium Subsidy Program (PSP) that registered an increase since the beginning of the program. However, this expressive growth has been concentrating only in the Paraná state. This article states that one of the main obstacles to expand the agricultural insurance to other states is not restricted only to the relative risk, but to the inexistence of a consolidated database in several cities.

Tourist Utopias in Rural Spaces

Rego, Patricia; Andre, Isabel
Fonte: International Rural Sociology Association; ISA-UTL; ISCSP Publicador: International Rural Sociology Association; ISA-UTL; ISCSP
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
56.38%
We focus on the ingredients supporting new paradise like tourist experiments taking place in the rural space of Alentejo. The hosts’ vision is valued and broadcast in the promotion of these recent and selected ventures. The environmental and landscape qualification, the organic agriculture in favor of sustainability, the experimentation of farming activities such as wine and olive oil production and gastronomy based on local products are recurrent examples in the tourist promotion. What are the creative ingredients which can render feasible these tourist “utopias” in vulnerable rural spaces? How do these strategic ingredients appear associated in different locations? How is this association achieved? Since their differentiating value is recognized, how can these ingredients be the vehicles of innovation and development in the rural spaces? What does each initiative offer to the location they belong in, with its original association of tourist experiments? What does each location bring to the tourist endeavour?

The effects of non-agricultural activities on income distribution in rural Brazil

Neder,Henrique D.
Fonte: Sociedade Brasileira de Economia e Sociologia Rural Publicador: Sociedade Brasileira de Economia e Sociologia Rural
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2003 EN
Relevância na Pesquisa
46.4%
The growth of non-agricultural activity since the 1980s has reconfigured the economic and social dynamic in Brazil’s rural areas. Our paper intends to describe the impact of this growth on income distribution in rural Brazil. We made use of a method of decomposition of two indicators of income distribution applied to1992 and 1999 Brazilian National Household Sample Survey (PNAD) data: the variation coefficient and the Gini index. It was observed that non-agricultural activities have increased the concentration of rural income and that this phenomenon is more prominent in Region I (states of Brazil’s Northeast and the state of Tocantins) and Region IV (states of São Paulo and Mato Grosso do Sul and the Distrito Federal). It was found that the income concentrating effect of each non-agricultural activity branch (commerce, transformation industry, administration, service) differed by region. In Region I, income from the "Social/Public Administration and Other Activities branch " (a PNAD designation) presents a coefficient of relative concentration greater than a unit, which indicates that income from this activities branch acts to increase the concentration of non-agricultural income in this region. In Region IV, income from industrial activities and from Social/ Public Administration and Other Activities both present coefficients of relative concentration greater than a unit; therefore...

A indústria rural no Brasil

Fernandes Filho,J. F; Campos,F. R
Fonte: Sociedade Brasileira de Economia e Sociologia Rural Publicador: Sociedade Brasileira de Economia e Sociologia Rural
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2003 PT
Relevância na Pesquisa
46.44%
Nos últimos anos o debate sobre desenvolvimento do espaço rural recebeu significativas contribuições que apontam para a crescente importância das atividades rurais não-agrícolas em relação às atividades agrícolas, para os estabelecimentos da agricultura brasileira, em particular, a chamada agricultura familiar. Com o objetivo de contribuir para este debate analisamos as informações disponíveis relativas à chamada indústria rural artesanal, uma atividade rural nãoagrícola. Este estudo pioneiro mostrou, entre outros fatos: que as atividades relacionadas à indústria rural artesanal são importantes para o abastecimento do mercado interno no que tange a muitos produtos; que estão fortemente presentes nas unidades de produção agrícolas, particularmente naquelas de base familiar; que a contribuição média destas atividades para a geração de emprego e receita monetária é significativamente superior àquela proporcionada pelos produtos da agricultura tradicional. Estes fatos indicam que o fomento de atividades relacionadas à indústria rural artesanal pode ter importante contribuição no desenvolvimento do espaço rural brasileiro.

Influência do capital social no mercado de crédito rural

Lima,Roberto Arruda de Souza; Shirota,Ricardo
Fonte: Sociedade Brasileira de Economia e Sociologia Rural Publicador: Sociedade Brasileira de Economia e Sociologia Rural
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2005 PT
Relevância na Pesquisa
46.38%
O trabalho analisa o efeito do capital social sobre o volume de negócios no mercado de crédito rural. No caso do crédito rural, o intermediário financeiro maximizador de lucro depara com uma importante restrição a este objetivo: historicamente, a taxa de juros nesse mercado tem sido fixada, pelo governo, abaixo do equilíbrio de mercado. Assim, o problema relevante para o intermediário financeiro é a minimização do seu custo. A hipótese, que foi verificada econometricamente (utilizando, para isso, um modelo de lógite), é que, ao contribuir para a redução dos custos transacionais, o nível de capital social afeta o volume de crédito rural. Assim, incentivos, em especial com apoio do setor público, para formação e manutenção de capital social permitiriam aumento da eficiência da intermediação financeira e, em conseqüência, maior desenvolvimento do setor rural.

Avaliação da eqüidade da Previdência no meio rural do Brasil

Kreter,Ana Cecília; Bacha,Carlos José Caetano
Fonte: Sociedade Brasileira de Economia e Sociologia Rural Publicador: Sociedade Brasileira de Economia e Sociologia Rural
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2006 PT
Relevância na Pesquisa
46.38%
Este trabalho avalia a eqüidade do sistema brasileiro de aposentadorias pagas no meio rural, dando ênfase à década de 1990. Entende-se como eqüidade a distribuição de aposentadorias sem viés de cor (ou raça), sexo e nível de educação. Motivado pela Constituição Federal de 1988, as Leis nº 8.212 e nº 8.213, de 1991 permitiram que homens (com 60 anos de idade ou mais) e mulheres (com 55 anos de idade ou mais) que tivessem comprovado exercício da atividade rural pudessem obter aposentadoria de um salário mínimo, mesmo não tendo contribuído com o sistema previdenciário. Tais mudanças foram significativas, pois igualaram os direitos de mulheres e homens e fixaram um valor mínimo das aposentadorias. Usando a análise tabular de microdados da PNAD (para os anos de 1992, 1996 e 1999) o trabalho comprova que essa nova sistemática previdenciária permitiu o aumento da renda per capita dos aposentados no meio rural, sem causar aumento da desigualdade da distribuição de renda. A mesma análise tabular dos dados sugere a presença de vieses na concessão das aposentadorias em favor de homens (em relação às mulheres), dos brancos (em relação aos negros) e dos mais instruídos (em relação aos menos instruídos), o que foi estatisticamente comprovado através da estimativa do modelo próbite. O trabalho se encerra sugerindo algumas medidas que possam minimizar essa ineqüidade na distribuição das aposentadorias pagas no meio rural.

Índice de desenvolvimento rural dos municípios paranaenses: determinantes e hierarquização

Melo,Cármem Ozana de; Parré,José Luiz
Fonte: Sociedade Brasileira de Economia e Sociologia Rural Publicador: Sociedade Brasileira de Economia e Sociologia Rural
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2007 PT
Relevância na Pesquisa
46.4%
A implementação do modelo produtivista na agricultura brasileira provocou importantes alterações no espaço rural, afetando o seu desenvolvimento. O setor agrícola paranaense inseriu-se nesse processo, apresentando mudanças significativas na sua estrutura produtiva, com reflexos econômicos e sociais importantes no meio rural. Neste sentido, este trabalho objetivou mensurar o índice de desenvolvimento rural dos municípios paranaenses, identificando os fatores determinantes. Os resultados mostraram que, numa escala de zero a 100, o índice médio de desenvolvimento rural situou-se em 43,63, resultando num total de 179 municípios (44,86%) acima deste valor e 220 municípios (55,14%) abaixo deste índice. A ordenação de acordo com o grau de desenvolvimento evidenciou que mais da metade dos municípios se encontra nos níveis baixo, muito baixo e muitíssimo baixo de desenvolvimento rural sugerindo a necessidade de medidas no sentido de minimizar os efeitos gerados pelos aspectos que devem ser trabalhados de forma mais intensa, no sentido de melhorar a vida no campo e, por conseguinte, a situação dos municípios.

Análise do impacto econômico do crédito rural na microrregião de Pirapora

Capobiango,Ronan Pereira; Braga,Marcelo José; Silveira,Suely de Fátima Ramos; Costa,Caio César Medeiros
Fonte: Sociedade Brasileira de Economia e Sociologia Rural Publicador: Sociedade Brasileira de Economia e Sociologia Rural
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2012 PT
Relevância na Pesquisa
46.44%
O crédito é um instrumento que fornece aos empreendedores os meios para desempenhar um papel ativo na economia. O presente trabalho tem o objetivo de analisar os impactos econômicos do crédito rural na microrregião de Pirapora, sendo esta uma das sete microrregiões do norte de Minas Gerais. Os impactos das operações de crédito rural em relação ao PIB Total per capita e aos PIBs setoriais per capita foram identificados e analisados, além do seu possível efeito sobre o índice Mineiro de Responsabilidade Social (IMRS). Para tanto, foi utilizada a metodologia de dados em painel, considerando-se o período de 2000 a 2004. Foi possível perceber os impactos positivos do crédito rural sobre as atividades econômicas do setor agropecuário, principal beneficiado pelo crédito rural. Dado que o crédito rural proporciona liquidez na economia local, foi possível observar, ainda, os efeitos do crédito rural sobre outros setores. Os resultados indicam possível restrição no acesso ao crédito, ao serem verificados os efeitos diretos do crédito rural sobre o IMRS.

Determinantes da demanda de crédito rural por pecuaristas de corte no estado de São Paulo

Carrer,Marcelo José; Souza Filho,Hildo Meirelles de; Vinholis,Marcela de Mello Brandão
Fonte: Sociedade Brasileira de Economia e Sociologia Rural Publicador: Sociedade Brasileira de Economia e Sociologia Rural
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2013 PT
Relevância na Pesquisa
46.4%
Este trabalho tem o objetivo principal de identificar os determinantes da demanda e do acesso ao crédito rural por bovinocultores de corte no estado de São Paulo. Para atingir tal objetivo, foram coletados dados primários por meio de entrevistas presenciais junto a uma amostra de 86 pecuaristas. Os dados foram analisados por meio de um modelo logit. Constatou-se que todos os pecuaristas que demandaram crédito rural obtiveram acesso a pelo menos um contrato. Os resultados mostraram que pecuaristas que têm maior número de propriedades rurais, maior intensidade em tecnologia na produção, fontes de renda oriunda de atividades não rurais, são mais novos, adotam gestão de risco de preço e participam de organizações associativas relacionadas à produção rural possuem maior probabilidade de demandar e acessar o crédito rural. Por fim, foram apresentadas algumas sugestões para a política de crédito rural para a pecuária de corte no estado de São Paulo.

Efeitos do Pronaf sobre a pobreza rural no Brasil (2001-2009)

Batista,Henrique Rogê; Neder,Henrique Dantas
Fonte: Sociedade Brasileira de Economia e Sociologia Rural Publicador: Sociedade Brasileira de Economia e Sociologia Rural
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2014 PT
Relevância na Pesquisa
46.38%
O objetivo deste trabalho é analisar os efeitos do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) sobre a pobreza rural (Índice FGT) no Brasil no período de 2001-2009. Para isto, são geradas estimativas das elasticidades (modelo de painel dinâmico: GMM-Sistema) Pronaf-renda e Pronaf-desigualdade. O trabalho parte do pressuposto que a variável Pronaf não afeta diretamente a pobreza rural e o faz a partir da variação da renda e/ou da variação na desigualdade de renda. A revisão da literatura indica que o aumento na renda per capita ou o decréscimo no Índice de Gini levam a uma redução da pobreza e, além disto, não há um consenso entre o efeito da variação nos repasses do Pronaf sobre a renda, desigualdade e pobreza rural. Os resultados das estimativas para o rural brasileiro indicam que: i) a elevação da renda per capita ou o decréscimo da desigualdade de renda tendem a reduzir a pobreza; ii) o efeito do Pronaf sobre a renda per capita média e a desigualdade de renda está condicionado às especificidades socioeconômicas das unidades de observação e iii) os gastos do Pronaf tendem a reduzir indiretamente a pobreza via elevação da renda média e da redução da concentração de renda.

Establishment and Management of Community Sanitary Complexes in Rural Areas : A Handbook

Ministry of Rural Development; World Bank
Fonte: New Delhi Publicador: New Delhi
EN_US
Relevância na Pesquisa
46.47%
Indian remains one of the countries wherein a lot of efforts are still required to eliminate the practice of open defecation. In rural areas, open defecation though reduced in scale continues to be a socially and culturally accepted traditional behavior largely. Low awareness of the potential health and economic benefits of better sanitation and hygiene practices, perception of high costs of having a toilet, the perceived convenience of open defecation are some of the other bottlenecks towards achievement of the goal of open defecation free India. Lack of priority to safe confinement and disposal of human excreta poses significant health risks manifest in the sanitation challenge facing the nation today. However, the Total Sanitation Campaign (TSC) launched by Government of India in 1999 has gone a long way in achieving and sustaining the status of open defecation free Gram Panchayats in rural India and ensuring healthy and hygienic environment. The vigorous efforts made under this Campaign have helped to achieve rural sanitation coverage to an estimated 70 per cent as of March 2011. The campaign has proved to be one of the most effective programs for its focus on community-led...

A database to record, track and report health student rural placements (Preliminary report)

Whitrow, Melissa Jayne; McKenzie, Warren
Fonte: Australian Rural Health Education Network Publicador: Australian Rural Health Education Network
Tipo: Relatório
Publicado em //2005 EN
Relevância na Pesquisa
46.47%
The Spencer Gulf Rural Health School (SGRHS), South Australia, is funded by the Australian Commonwealth Government to deliver health education in the rural setting. The SGRHS required a database to record, track and report on student rural placements to satisfy Commonwealth reporting requirements, and for internal academic and administration staff use. Staff in widely separate rural locations needed to be able to access the database. A web-based relational database was created using Microsoft Access. The student rural placement database has been successfully utilised as the primary tool to record and track student placements in the SGRHS for 2 years, and has generated data for eight Commonwealth reports in this time. Future database developments include student accessible sections. With few alterations the database could be utilised by other Australian Rural Clinical Schools and University Departments of Rural Health; Whitrow M.J. and McKenzie W.

Degradação Ambiental nos Municípios do Rio Grande do Sul e Relação com os Fatores de Desenvolvimento Rural

Pinto,Nelson Guilherme Machado; Coronel,Daniel Arruda
Fonte: Sociedade Brasileira de Economia e Sociologia Rural Publicador: Sociedade Brasileira de Economia e Sociologia Rural
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2015 PT
Relevância na Pesquisa
46.4%
Resumo:O objetivo deste trabalho foi analisar o padrão de degradação ambiental agropecuário dos municípios gaúchos e verificar como esse padrão é impactado pelos fatores de desenvolvimento rural desses mesmos municípios em dois períodos distintos de tempo. Neste sentido, foi utilizada a metodologia do Índice de Degradação Ambiental Agropecuária (IDAA) como proxy para a degradação ambiental agropecuária e a técnica de análise fatorial para encontrar os fatores determinantes do desenvolvimento rural. A fim de estudar o impacto desses fatores na degradação ambiental agropecuária do Rio Grande do Sul, foi estimado um modelo de regressão com dados em painel por meio do método de Efeitos Fixos. Os valores de degradação ambiental agropecuária para as mesorregiões gaúchas mostraram-se elevados, e a mesorregião Centro Oriental apresentou as maiores médias de degradação. Nas relações entre o IDAA e os fatores, todos os coeficientes demonstraram significância estatística. Os fatores Condições de Moradia e Educação Rurais, Alavancagem e Corretivos da Produção Rural e Energia Elétrica Rural apresentaram relação positiva com a degradação, e os fatores Estrutura e Desempenho do Setor Agropecuário, Área de Produção Agropecuária e Econômico e Financeiro Rural apresentaram relação negativa. Isso demonstra efeitos divergentes entre os aspectos estudados.

Evolução da Ocupação e do Rendimento das Pessoas no Espaço Rural Brasileiro no Período de 2001 a 2009

Laurenti,Antonio Carlos; Pellini,Tiago; Telles,Tiago Santos
Fonte: Sociedade Brasileira de Economia e Sociologia Rural Publicador: Sociedade Brasileira de Economia e Sociologia Rural
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2015 PT
Relevância na Pesquisa
46.44%
Resumo:Na última década do século XX constatou-se uma crescente diversificação na composição ocupacional e um lento crescimento da população rural brasileira em idade ativa. O objetivo deste estudo é apresentar, para o período de 2001 a 2009, as principais tendências de ocupação e rendimento das pessoas residentes no meio rural brasileiro. A partir dos microdados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) e com base em um modelo de regressãolog-linear, foram analisadas as variações na população, no rendimento, no rendimento médio e no índice de Gini. Constatou-se que, não obstante o declínio na PEA rural ocupada na agricultura mercantil, a população rural brasileira se manteve estável devido, principalmente, à expansão da PEA com ocupação não agrícola. A mudança no perfil do meio rural brasileiro foi mais evidente no âmbito do rendimento das pessoas. Tais tendências se associaram à diversificação da composição ocupacional, ao aumento do poder aquisitivo, à redução na desigualdade econômica e da informalidade na relação de emprego. A continuidade dessas tendências pode fazer com que, na área rural, a ocupação e renda das atividades agrícolas sejam superadas pelas oriundas de atividades não agrícolas. Portanto...

Da Regulamentação à Promoção - o rural nos planos nacionais de turismo (1985-2011)

Carneiro,Maria João; Silva,Diogo Soares da; Brandão,Vítor; Figueiredo,Elisabete
Fonte: Sociedade Brasileira de Economia e Sociologia Rural Publicador: Sociedade Brasileira de Economia e Sociologia Rural
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2015 PT
Relevância na Pesquisa
46.47%
Os Planos Nacionais de Turismo (PNT) constituem documentos importantes para uma melhor compreensão das representações e dos significados sociais do rural e do turismo rural em Portugal. O presente artigo, procurando debater estas questões, tem por base a análise de conteúdo detalhada dos PNT ao longo dos últimos 30 anos, designadamente, os PNT dos períodos de 1985-1988 e 1989-1992 e o Plano Estratégico Nacional do Turismo (PENT) dos períodos de 2007-2010 e 2011-2015. A análise de conteúdo efetuada teve como suporte uma grelha de análise exaustiva, contendo múltiplas categorias (e valores correspondentes) identificadas a partir da revisão da literatura nacional e internacional sobre o mundo rural, as suas representações e significados, assim como sobre o turismo rural e as políticas e estratégias implementadas no âmbito da União Europeia (UE) e aplicadas em Portugal. A escolha deste período temporal toma como referência a data do primeiro PNT (1985) e da entrada de Portugal na Comunidade Económica Europeia (CEE) (1986). Da análise de conteúdo, identificámos as principais definições, características e produtos de Turismo em Espaço Rural (TER) associadas a cada um dos PNT...

Práticas de assistência técnica em dois projetos de assentamento rural no Noroeste de Minas Gerais

Lisita, Frederico Olivieri
Fonte: Mestrado em Administração Rural; UFLA; brasil; Departamento de Administração e Economia Publicador: Mestrado em Administração Rural; UFLA; brasil; Departamento de Administração e Economia
Tipo: Dissertação
Publicado em 02/09/2015 POR
Relevância na Pesquisa
46.4%
The present dissertation aimed to evaluete and compare the working practices oftwo "Rural Technical Assistance" (RTA) providers, in two farmer placement projects ofland reform in the North Western Minas Gerais and its effects upon the personal satisfaction and income generation ofthose family farmers. To carry this out, a type ofqualitative methodology was used: the case study, in a multi-case type. Were interviewed: people placed in both placement projects (Mamoneiras and Aliança e Progresso), technicians ofthe involved organizations (EMATER ofNatalândia and Cáritas Diocesana de Paracatu), besides the INCRA supervisors who worked in the "Lumiar Project", also data/about the milk trade four March though July 2001, from both placement projects; the techniques used in the interviews were "semi-structured" and "focused-interview". The information's collected showed that the placed farmers who had the Cáritas assistance, received the RTA with "participatory conception", on the other hand, those who had EMATER's assistance received a RTA guided by a 'tutorial conception"; the first group had better results than the second group, in turns ofincome generation and personal satisfaction. Since it's a case study, it was not aimed to take defínitive conclusions...

Experiencias redes público - privadas: desarrollo turismo rural comunitario y sustentable Costa Rica

Sergio Aguilar Silva; María Angélica Cárdenas García; Consejo de Pescadores Artesanales Litoral de Osorno; Roberto Coronado Coronado; Corporación de Desarrollo Social del Sector Rural; Ricardo Hellwing Sundt; Juan Trujillo Riffo; Comunidad Indígena
Fonte: Corporação de Fomento da Produção Publicador: Corporação de Fomento da Produção
Tipo: proyecto
Publicado em 16/08/2007
Relevância na Pesquisa
46.38%
El presente informe da a conocer los resultados obtenidos a través de la misión de prospección tecnológica a Costa Rica. El grupo de empresarios estuvo formado por 12 empresas pertenecientes al sector turístico de la provincia de Osorno, representando a distintos actores dentro de toda la cadena de servicios turísticos. El objetivo de la misión fue prospectar la experiencia de redes públicas y privadas costarricenses en el desarrollo del turismo rural comunitario y sustentable para conocer, fomentar y transferir nuevas herramientas de asociatividad, gestión y responsabilidad social, que permitieran al grupo, construir e integrar una oferta turística atractiva, sostenible y sustentable para el desarrollo del sector en la Provincia de Osorno. El turismo rural comunitario se compone de experiencias turísticas planificadas e integradas sosteniblemente al medio rural y desarrolladas por los pobladores locales organizados para beneficio de la comunidad. El principal aporte del turismo rural comunitario es el involucramiento de las comunidades rurales como gestoras de pequeñas empresas turísticas, obteniendo beneficios directos producto de la distribución del ingreso turístico. Es un turismo distinto, con sabor a pueblo, que rescata las tradiciones...

A Gestão do Empreendimento Rural: um estudo a partir de um programa de transferência de tecnologia a pequenos produtores

Borges, Marcio Silva; Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro; Guedes, Cezar Augusto Miranda; Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro; e Castro, Maria Cristina Drumond; Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Estudo de Caso Formato: application/pdf
Publicado em 16/12/2015 POR
Relevância na Pesquisa
46.38%
http://dx.doi.org/10.5007/2175-8077.2015v17n43p141A abertura do mercado lácteo nacional na década de 1990 expuseram os baixos índices de eficiência técnica e de gestão, demonstrando a necessidade de ações para melhorias nesse sentido. Além disso, existem dois processos convergentes que corroboram com os fatores citados: o primeiro internalizando índices tais como capacidade de fornecimento, produção em escala e nível de tecnologia empregada, e um segundo processo, que caracteriza a adoção de um sistema de gestão eficiente, capaz de capacitar os produtores na utilização de tecnologias apropriadas resultando ganhos de produtividade e rentabilidade para a toda a cadeia. O objetivo deste trabalho consistiu em analisar em que medida o Balde Cheio, programa criado pela EMBRAPA Pecuária Sudeste em 1999, pode funcionar como vetor de capacitação para o gerenciamento de pequenas propriedades leiteiras a partir da transferência de tecnologia. Os cinco meses de entrevistas in loco, na cidade de Valença – RJ permitiu concluir que o Balde Cheio possibilitou uma transferência de tecnologia eficiente um sistema de gestão da propriedade compartilhada com extensionista rural evidenciando vantagens e desvantagens neste processo.

Abordagens educativas, extensão rural e agricultura familiar em Biguaçu-SC; Abordajes educativos, extensión rural y agricultura familiar en Biguaçu, SC; Educational approaches, rural extension and family farm in Biguaçu, SC

Uller-Gómez, Cíntia; Fundação de Meio Ambiente, Florianópolis, SC; Dorow, Reney; Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina, Florianópolis, SC; Elias, Lilian de Pellegrini; Universidade Federal de Santa Catarina, Florianó
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Pesquisa empírica de campo; ; Formato: application/pdf
Publicado em 19/06/2013 POR
Relevância na Pesquisa
46.49%
http://dx.doi.org/10.5007/1807-1384.2013v10n1p287O artigo apresenta o esforço de adaptação, aplicação e descrição do processo de “Investigação Temática” (FREIRE, 1975) associado aos Momentos Pedagógicos (DELIZOICOV, 1991) como base para a elaboração de programas de extensão rural – uma conjugação até então usada apenas na área de ensino de ciências. O trabalho foi realizado com comunidades rurais de Biguaçu, no litoral de Santa Catarina, tendo como objetivo inicial compreender os motivos da pouca participação da população nas atividades propostas pelos agentes de extensão rural e dos conflitos entre famílias. Apontamos o “mercado” como tema unificador, que sintetiza um conjunto de “temas geradores”: a) áreas de preservação permanente e floresta – inclui a produção clandestina de carvão vegetal até então ignorada pelos órgãos de assistência técnica; b) o uso intenso de agrotóxicos em alguns cultivos; c) a segurança alimentar; d) a assistência técnica. Concluímos que o fato de não se abordar os temas da população é uma das principais causas da pouca participação e sugerimos um exemplo de programa para iniciar o trabalho a partir do tema gerador relacionado à floresta. Com base nas discussões geradas durante a pesquisa e nos desdobramentos do tema proposto em atividades que incluem experimentos a campo com floresta e com aipins...

Two worlds, two languages: processes of social mediation and knowledge diversity in the construction of projects for rural development; Dos mundos, dos lenguajes: los procesos de mediación social y la diversidad de conocimientos en la construcción de proyectos para el desarrollo rural; Dois mundos, duas linguagens: os processos de mediação social e a diversidade de conhecimentos na construção de projetos para o desenvolvimento rural

Medeiros, Monique; Universidade Federal do Rio Grande do Sul - Programa de Pós-graduação em Desenvolvimento Rural; Marques, Flávia Charão; Doutora em Desenvolvimento Rural, professora e pesquisadora do Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Revisão de literatura; contribuição conceitual.; ; Formato: application/pdf
Publicado em 22/07/2012 POR
Relevância na Pesquisa
46.47%
In face of construction of rural development patterns, intentional projects, plans and programs are put into practice by certain social actors responsible for mediating between the local and technical-scientific knowledge. The formation of these actors has been organized linked to a reallocation of political and moral principles, which make the term mediation miss the allusion to dialectical social processes; it highlights mechanistic aspects instead. Thus, there are efforts in thinking about social change among farmers and about proposals for an alternative agriculture, less subordinated to the market and less dependent on technological packages. This requires changes in way of thinking of the researchers, development agencies and farmers. In light of a recent theoretical debate, this article presents some consistencies and inconsistencies identified in social mediation process involving farmers and technicians, showing the possibility of analyzing interface situations as a way to avoid simplifications in understanding the process.; Ante la construcción de estándares para el desarrollo rural, proyectos intencionales o planes y programas son puestos en marcha por ciertos actores sociales responsables por la mediación entre el conocimiento local y el conocimiento técnico-científico. La formación de esos actores ha sido organizada en gran parte vinculada a un reemplazamiento de principios políticos y morales...