Página 1 dos resultados de 115 itens digitais encontrados em 0.002 segundos

Do down ao up… : contributos do envolvimento familiar na estimulação precoce de uma criança com Trissomia 21

Morgado, Paulo Jorge Monteiro
Fonte: Repositório Científico Lusófona Publicador: Repositório Científico Lusófona
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
26.37%
Do Down ao UP… Percurso de sentimentos, emoções, procuras e certezas, por vezes, incertas mas alegre e esperançosamente desafiantes… O itinerário de investigação, e consequente formação, que foi encetado procurou, com o envolvimento familiar, as estratégias e dinâmicas mais eficazes para a promoção de aquisições relevantes e significativas para uma criança, filha do próprio investigador, com necessidades educativas especiais decorrentes do quadro de Trissomia 21. Através da procura objectiva de dados contextualizadores, foi delineado um programa de estimulação precoce aplicado nas rotinas familiares, as quais se constituíram como reais oportunidades/meios de um envolvimento familiar participante e corresponsável, facilitador e promotor de desenvolvimento das potencialidades e capacidades da própria criança. Com esta investigação pretendeu-se destacar a importância da intervenção/estimulação nas rotinas familiares constituídas ou a potencializar, como forma de obtenção de prometedores resultados em todas as áreas de desenvolvimento, veiculando os princípios da normalização, da funcionalidade, da contextualização e do envolvimento convergente de todo o agregado familiar.; Orientador: Jorge Serrano

Práticas familiares e o apoio à amamentação: revisão sistemática e metassíntese; Familys practices and the breastfeeding support: systematic review and metasynteses

Sousa, Alder Mourão de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 16/12/2010 PT
Relevância na Pesquisa
36.34%
A amamentação (AM) é uma prática diretamente relacionada com a promoção da saúde infantil. A família e a rede social podem ser determinantes na ocorrência e na manutenção da amamentação. Com o objetivo de identificar as práticas familiares relacionadas à manutenção da AM, realizou-se uma revisão sistemática de literatura seguida de síntese dos resultados dos artigos selecionados. A metodologia baseou-se na busca de artigos publicados em inglês, espanhol e português, entre 1989 e 2009, nas bases de dados: SCOPUS, PubMed, Web of Science®, PsycINFO, Biblioteca Cochrane, Science Direct, CINAHL, EMBASE, LILACS, BDENF e ADOLEC. Tal busca guiou-se pela pergunta: Quais são as práticas familiares que favorecem a manutenção da amamentação? Como resultado da busca foram selecionados 14 artigos no formato de relatos de pesquisa. Estes foram submetidos à leitura criteriosa da metodologia utilizada, dos sujeitos investigados, dos resultados obtidos e das conclusões. As sínteses foram construídas a partir da análise temática dos resultados e discursos dos sujeitos das pesquisas, de onde emergiram novos discursos que identificavam práticas da mãe, do pai, da avó e da rede social que foram agrupadas em 5 categorias-sínteses: 1) apoio emocional...

Fatores associados à acomodação familiar em pacientes com transtorno obsessivo-compulsivo

Gomes, Juliana Braga
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
26.39%
O Transtorno Obsessivo-Compulsivo (TOC) é um transtorno crônico que causa prejuízos significativos tanto para o paciente como para os seus familiares. De um modo geral, interfere no funcionamento familiar, pois muitas vezes leva os membros de uma família a modificar suas rotinas em função dos sintomas do paciente. As mudanças de comportamentos dos familiares em decorrência desses sintomas são chamadas de Acomodação Familiar (AF). O presente estudo teve como objetivos: primeiramente traduzir e adaptar para o português a Family Accommodation Scale for Obsessive-Compulsive Disorder: Interviewer-Rated (FAS-IR) e, em segundo lugar, examinar se fatores sociodemográficos e clínicos estão ou não associados à AF. Após realizada a tradução e adaptação da escala, foi realizada a segunda etapa do trabalho com uma amostra ambulatorial constituída de 114 pacientes com TOC e seus respectivos familiares. Para avaliação dos sintomas obsessivo-compulsivos (OC) nos pacientes, foram aplicadas as seguintes escalas: DY-BOCS, Y-BOCS e CGI. Para analisar sintomas de depressão e ansiedade, foram aplicados o BDI e o BAI, e para a verificação de possíveis comorbidades, o SCID. Nos familiares, para avaliar a AF foi aplicada a FAS-IR...

Avaliação da sobrecarga e do ambiente familiar de pacientes com transtorno de pânico

Silva, Tatiana Detzel da
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
26.64%
A presença de doença crônica pode ser determinante de sobrecarga familiar e interferir no ambiente. Por outro lado, os aspectos familiares podem contribuir como um fator protetor ou de risco na evolução da doença. Estudos têm avaliado a sobrecarga familiar em transtornos mentais maiores, como a esquizofrenia, mas ainda não há estudos que avaliem a sobrecarga e o ambiente familiar em relação ao transtorno de pânico (TP). O objetivo deste estudo foi comparar a sobrecarga e o ambiente de familiares de pacientes com TP e de familiares de pacientes com doenças clínicas. Também pretendeu verificar a relação da sobrecarga e do ambiente familiar com as características sociodemográficas dos familiares e com a gravidade do TP. Trata-se de um estudo transversal com familiares e pacientes com TP e familiares de pacientes com doenças clínicas, como hipertensão arterial sistêmica (HAS), diabete melito tipo 2 (DM 2) e cardiopatias. A sobrecarga foi mensurada através do Family Burden Interview Schedule (FBIS-BR) e, para avaliar o ambiente familiar, foi utilizada a Family Environment Scale (FES). Para verificar a gravidade dos sintomas do TP, foi utilizada a Panic Disorder Severity Scale (PDSS). A pesquisa foi desenvolvida em ambulatório de hospital geral e aprovada pelo Comitê de Ética em Pesquisa do Hospital de Clínicas de Porto Alegre (nº 110109). Foram incluídos no grupo do TP 67 familiares com seus respectivos pacientes e 66 familiares de pacientes com doenças clínicas. Observou-se que existem diferenças significativas entre as características sociodemográficas dos grupos. Entre os familiares de pacientes com TP...

Famílias com gêmeos: um estudo sobre o relacionamento fraterno e a dinâmica das relações familiares

Teixeira, Renata Balieiro Diniz
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 206 f. :
POR
Relevância na Pesquisa
36.23%
Pós-graduação em Psicologia do Desenvolvimento e Aprendizagem - FC; O fenômeno da gemelaridade é permeado por peculiaridades que despertam a curiosidade e diversos questionamentos. Tais questões são, normalmente, respondidas por meio de estereótipos amplamente divulgados tanto na sociedade como dentro das próprias famílias. Constata-se, entretanto que estudos científicos sobre a temática podem contribuir para romper com pressupostos que afetam negativamente o desenvolvimento de crianças gêmeas e suas famílias, dando lugar à construção de um conhecimento que retrate a realidade vivenciada por esses indivíduos e amplie as possibilidades de desenvolvimento saudável e bem estar individual e familiar. Assim, adotando a Teoria Familiar Sistêmica, buscou-se como objetivos do estudo a caracterização de familias com crianças gêmeas e a análise da percepção das próprias crianças sobre sua vivência familiar e relacional. Participaram da pesquisa 11 famílias com configurações diversas, mas que tinham com filhos mais novos um par de gêmeo, monozigóticos ou dizigóticos de ambos os gêneros, com idades entre seis e 12 anos. Por meio de um questionário preenchido pelas mães, um inventário respondido, separadamente...

Rotinas e rituais de cuidado nas famílias rurais em transição inesperada do pós-desastre

Fernandes, Gisele Cristina Manfrini
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 244 p.| il., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
36.81%
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Saúde. Programa de Pós-Graduação em Enfermagem; O objetivo desta tese foi de compreender como são interpretadas as rotinas e os rituais de cuidado para a promoção da saúde, nas famílias rurais em transição inesperada do pós-desastre. Trata-se de um estudo de múltiplos casos, de abordagem qualitativa. Os casos consistiram em seis núcleos de famílias com crianças que residiam em uma localidade rural do Vale do Itajaí/SC, atingida no desastre natural ocorrido em 2008. O referencial analítico da presente pesquisa foi o interpretativismo de Geertz, que norteou o olhar da pesquisadora para buscar a compreensão acerca das interpretações das famílias, sustentando-se também no referencial teórico das Rotinas e Rituais Familiares e na Teoria do Desenvolvimento da Família. A coleta de dados se deu mediante a observação participante, gradativa à entrada no trabalho de campo da pesquisa, com a realização de entrevistas narrativas no domicílio de cada família, após um ano da tragédia. As narrativas das famílias foram complementadas com a elaboração do genograma, o ecomapa e o calendário de rotinas. Todos os encontros foram registrados em diário de campo e transcritos...

Rotinas familiares

Jorge, Camila Stefanes Goulart
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 180 f.| il.
POR
Relevância na Pesquisa
46.66%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Saúde. Programa de Pós-graduação em Enfermagem; Os fatores condicionantes da desnutrição infantil permeiam, além do contexto social amplo, o ambiente familiar onde a relação entre a estrutura física e a organização diária dos membros afeta, de forma positiva ou negativa, a saúde da criança e da família. Em função disso, desenvolveu-se um estudo de múltiplos casos, de abordagem qualitativa, com quatro famílias de crianças participantes de um programa de suplementação alimentar, num bairro do município de Florianópolis/SC. O objetivo foi de conhecer, na perspectiva do referencial teórico de Rotinas Familiares, as rotinas das famílias com crianças desnutridas ou em risco nutricional. A investigação ocorreu através da observação direta em campo e de entrevistas gravadas com a mãe ou outro membro responsável pelos cuidados da criança, no domicílio dos sujeitos, estendendo-se à Unidade de Saúde e ao Centro Comunitário Local, no período de outubro de 2006 a agosto de 2007. Procedeu-se a categorização dos dados de cada família apoiada no método de análise de conteúdo de Bardin, seguida de uma análise comparativa à luz do referencial teórico. Como resultados emergiram as seguintes categorias: #Os breves encontros no ambiente familiar#; #As dificuldades enfrentadas#; #Ela desnutriu...

Rotinas de cuidado das famílias de crianças com paralisia cerebral

Rocha, Patrícia Fernandes Albeirice da
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: [134] p.| il.
POR
Relevância na Pesquisa
36.81%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Enfermagem, Florianópolis, 2013.; Trata-se de uma pesquisa descritiva de abordagem qualitativa, que teve como objetivo conhecer as rotinas de cuidado das famílias com crianças com paralisia cerebral. O referencial teórico adotado foi a abordagem das Rotinas Familiares. Os participantes do estudo foram 12 famílias, representadas por 10 mães e 02 pais, que estavam acompanhando seus filhos com paralisia cerebral nas terapias de reabilitação em uma instituição do sul do Brasil. A coleta de dados ocorreu no período de maio a julho de 2013, por meio de entrevistas realizadas através de um instrumento de coleta de dados constituído por um roteiro semi-estruturado composto por construção de um genograma e de um ecomapa da família e questões abertas. Para a análise dos dados referentes ao genograma, examinou-se a composição e a estrutura familiar, e no ecomapa as redes de relações mais amplas estabelecidas pelos membros da família. Para a análise das entrevistas foi utilizada como base a categorização, agrupando as respostas de cada pergunta por semelhanças e contrastes de onde emergiram categorias e sub categorias. Os resultados foram apresentados e discutidos em dois artigos: O primeiro é "O cuidado da família da criança com paralisia cerebral: revisão integrativa de literatura"...

Há festa na família…: contributos da psicologia para o estudo de rotinas, tradições, celebrações e rituais familiares

Pinto, Helena Rebelo; Ribeiro, Maria Teresa
Fonte: Bond Publicador: Bond
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2010 POR
Relevância na Pesquisa
36.48%
Apresenta-se uma revisão da literatura respeitante ao estudo de rotinas, tradições, celebrações e rituais, tomando a Família como enquadramento sociológico e os modelos de funcionamento familiar como referência conceptual. Nomeadamente, o paradigma do Ciclo de Vida Familiar (Carter & McGoldrick, 2001), através dos seus conceitos fundamentais, proporciona uma fundamentação teórica adequada à análise do tema Festa, às suas tipologias, bem como à sua natureza e significado para a Família. Do percurso conceptual seguido ressalta a importância do grupo familiar como referencial situacional adequado e útil para a compreensão do conceito de Festa, facilitando também a análise das suas múltiplas formas de expressão, culturalmente enraizadas. Por fim, emerge a importância da função desenvolvimental da Festa para a Família e para cada um dos seus membros, constituindo-se, por isso, como um desafio à acção educativa, social e terapêutica.; This paper includes a review of the literature on routines, traditions, celebrations and rituals and adopts the family as a sociological background and a family psychological model as a conceptual reference. In particular, the Family Life Cycle (Carter & McGoldrick, 2001) and concepts are deployed as a theoretical framework to analyse types...

A família na Unidade de Pediatria: convivendo com normas e rotinas hospitalares

Xavier,Daiani Modernel; Gomes,Giovana Calcagno; Santos,Silvana Sidney Costa; Lunardi,Valéria Lerch; Pintanel,Aline Campelo; Erdmann,Alacoque Lorenzini
Fonte: Associação Brasileira de Enfermagem Publicador: Associação Brasileira de Enfermagem
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2014 PT
Relevância na Pesquisa
26.4%
Objetivou-se conhecer, na visão foucaultiana, como o familiar cuidador da criança convive com as normas e rotinas no hospital. Estudo descritivo com abordagem qualitativa, realizado no segundo semestre de 2011. Teve como referencial metodológico a Teoria Fundamentada nos Dados. Foi desenvolvido na Unidade de Pediatria de um Hospital Universitário no sul do Brasil, com dezoito familiares cuidadores. A coleta de dados foi realizada por entrevistas semiestruturadas e a análise, através da codificação aberta, axial e seletiva. Percebeu-se que a família tende a submeter-se às normas e rotinas no hospital, mas reconhece a importância de sua flexibilização, exercendo resistência, seja dialogando, seja transgredindo, em busca de autonomia, quando percebem que essas não contemplam suas necessidades. Torna-se importante o uso de normas e rotinas que possibilitem à família práticas e espaços de liberdade, autonomia e resistência.

Rotinas familiares de ribeirinhos amazônicos: uma possibilidade de investigação

Silva,Simone Souza da Costa; Pontes,Fernando Augusto Ramos; Santos,Thamyris Maués dos; Maluschke,Julia Bucher; Mendes,Leila Said Assef; Reis,Daniela Castro dos; Silva,Sarah Danielle Baia da
Fonte: Instituto de Psicologia, Universidade de Brasília Publicador: Instituto de Psicologia, Universidade de Brasília
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2010 PT
Relevância na Pesquisa
66.73%
A rotina das famílias tem se revelado uma estratégia interessante que permite conhecer não apenas seu funcionamento, mas também o desenvolvimento de seus membros. Todavia, investigar rotinas constitui um desafio para os pesquisadores interessados nessa temática, principalmente quando se trata de grupos inseridos em contextos culturais diferenciados. Com o intuito de contribuir metodologicamente, o presente trabalho descreve um instrumento de investigação qualitativo (Questionário de Rotinas Familiares - QRF), utilizado para coletar dados de rotinas de famílias que vivem em uma comunidade ribeirinha amazônica, cuja característica principal é o isolamento geográfico e social. São apresentadas as etapas de construção do instrumento, as adaptações necessárias e o modo de organização dos resultados (Diagrama de Atividades Familiares - DAF), ilustrados a partir de um caso investigado.

Mudanças das rotinas familiares na transição inesperada por desastre natural

Fernandes,Gisele Cristina Manfrini; Boehs,Astrid Eggert
Fonte: Universidade Federal do Rio de Janeiro Publicador: Universidade Federal do Rio de Janeiro
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2013 PT
Relevância na Pesquisa
46.68%
Desastres naturais são eventos disruptivos às rotinas e rituais familiares e promovem mudanças significativas na vida e na saúde. O objetivo deste artigo foi discutir as rotinas diárias ao longo das trajetórias na transição familiar pela ocorrência de um desastre natural ocorrido em uma área rural. Trata-se de um estudo qualitativo de múltiplos casos, realizado com seis famílias com crianças. Os dados foram coletados em 2010, com técnicas de observação participante, entrevista narrativa, genograma, ecomapa e o calendário de rotinas familiares. Foi feita a análise das narrativas, e os resultados revelaram a mudança nas rotinas e rituais nas trajetórias entre o pré, o pós-desastre e atualidade. A transição abrupta gerou reações estressantes, afetando a saúde dos membros. São necessários mais estudos sobre a saúde no pós-desastre que contribuam ao conhecimento, ao ensino e à prática do cuidado de enfermagem, especialmente na estratégia de saúde da família.

O familiar cuidador durante a hospitalização da criança: convivendo com normas e rotinas

Xavier,Daiani Modernel; Gomes,Giovana Calcagno; Salvador,Marli dos Santos
Fonte: Universidade Federal do Rio de Janeiro Publicador: Universidade Federal do Rio de Janeiro
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2014 PT
Relevância na Pesquisa
26.4%
Este estudo objetivou conhecer como o familiar cuidador da criança convive com as normas e rotinas no hospital. Métodos: Pesquisa descritiva de abordagem qualitativa realizada no segundo semestre de 2011. Teve como referencial metodológico a Teoria Fundamentada nos Dados. Foi desenvolvida na Unidade de Pediatria de um Hospital Universitário do sul do Brasil, com 18 familiares cuidadores, divididos em três grupos amostrais. A coleta de dados foi realizada por entrevistas semiestruturadas, e a análise deu-se por meio da codificação aberta, axial e seletiva. Resultados: Constatou-se que a família convive com as normas e rotinas do hospital quando reconhece sua necessidade e a importância na sua flexibilização, sendo que algumas famílias não aceitam a rigidez destas. Conclusão: Acredita-se que seja necessário possibilitar que a família conviva harmoniosamente com as normas e rotinas, flexibilizando-as, a fim de possibilitar a humanização do cuidado prestado no setor.

Rotinas Familiares de Crianças com Necessidades Especiais em Família Adotiva

Silva,Fabíola Helena Oliveira Brandão; Cavalcante,Lilia Iêda Chaves
Fonte: Instituto de Psicologia, Universidade de Brasília Publicador: Instituto de Psicologia, Universidade de Brasília
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2015 PT
Relevância na Pesquisa
56.68%
RESUMOObjetivou-se descrever as rotinas de três famílias, que adotaram crianças com necessidades especiais ,que tinham conhecimento prévio dessa condição infantil. Utilizou-se o método de Estudo de Casos Múltiplos. Os dados foram obtidos por meio de Entrevista Semiestruturada (ES), do Inventário de Rotina (IR) e do Diário de Campo (DC). Quanto às semelhanças entre os grupos familiares, identificou-se que são comuns as atividades de alimentação/higiene, descanso e lazer, envolvendo a participação dos pais, irmãs e babás, geralmente nos ambientes domésticos da família. Observou-se diferenças importantes nos padrões de atividades, companhias e ambientes onde as rotinas ocorriam. Conclui-se que as variações nas rotinas estão relacionadas às particularidades de cada criança, à estrutura e nível socioeconômico de cada família participante.

Rotinas familiares de ribeirinhos amaz?nicos: uma possibilidade de investiga??o

SILVA, Simone Souza da Costa; PONTES, Fernando Augusto Ramos; SANTOS, Thamyris Mau?s dos; BUCHER- MALUSCHKE, Julia Sursis Nobre Ferro; MENDES, Leila Said Assef; REIS, Daniela Castro dos; SILVA, Sarah Danielle Baia da
Fonte: Universidade Federal do Pará Publicador: Universidade Federal do Pará
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
46.63%
A rotina das fam?lias tem se revelado uma estrat?gia interessante que permite conhecer n?o apenas seu funcionamento, mas tamb?m o desenvolvimento de seus membros. Todavia, investigar rotinas constitui um desafio para os pesquisadores interessados nessa tem?tica, principalmente quando se trata de grupos inseridos em contextos culturais diferenciados. Com o intuito de contribuir metodologicamente, o presente trabalho descreve um instrumento de investiga??o qualitativo (Question?rio de Rotinas Familiares ? QRF), utilizado para coletar dados de rotinas de fam?lias que vivem em uma comunidade ribeirinha amaz?nica, cuja caracter?stica principal ? o isolamento geogr?fico e social. S?o apresentadas as etapas de constru??o do instrumento, as adapta??es necess?rias e o modo de organiza??o dos resultados (Diagrama de Atividades Familiares ? DAF), ilustrados a partir de um caso investigado.; ABSTRACT: Family routines have been revealed as an interesting strategy that allows the knowledge not only of its operation, but also the development of its members. Nevertheless, investigating routines constitutes a challenge to researchers interested in this subject, mainly when it is about groups inserted in differentiated cultural contexts. In order to provide a methodological contribution...

O Impacto da hospitalização infantil nas rotinas de cuidado das famílias monoparentais

Rumor, Pamela Camila Fernandes
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 150 p.| il.
POR
Relevância na Pesquisa
36.76%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Saúde. Programa de Pós-Graduação em Enfermagem.; Trata-se de uma pesquisa descritiva de abordagem qualitativa, que teve como objetivo compreender o impacto da hospitalização infantil nas rotinas de cuidado das famílias monoparentais. O referencial teórico adotado foi a abordagem das Rotinas Familiares. As participantes do estudo foram 12 famílias monoparentais, representadas pelas mães, que estavam acompanhando seus filhos menores de 06 anos, hospitalizados por causa aguda, em uma unidade de internação pediátrica de um hospital universitário do sul do país. A coleta de dados ocorreu no período compreendido entre março a outubro de 2011, por meio de entrevistas, utilizando um formulário dividido em duas partes: construção do genograma e ecomapa e questões semiestruturadas. Para a análise dos dados referentes ao genograma examinou-se a composição e a estrutura familiar e, ao ecomapa, verificaram-se as redes de relações mais amplas estabelecidas pelos membros da família. Os dados qualitativos foram analisados de acordo com as fases propostas pela análise de conteúdo: organização, codificação, categorização, interpretação e foram discutidos à luz do referencial teórico e de literatura atual relacionada à problemática do estudo. Os resultados foram apresentados e discutidos em dois manuscritos: "Rotinas das famílias monoparentais e os cuidados à saúde das crianças antes da hospitalização infantil" e "Rotinas de famílias monoparentais durante a hospitalização infantil". O primeiro artigo trouxe como resultado o fato...

Rituais familiares e saúde mental:comparação do grau de ritualização em amostras de famílias clínicas e não clínicas

Semblano, Catarina Rosa das Neves
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em //2009 POR
Relevância na Pesquisa
36.28%
Tese de mestrado, Psicologia (Secção de Psicologia Clínica e da Saúde - Núcleo de Psicologia Clínica Sistémica), 2009, Universidade de Lisboa, Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação; Rituais Familiares e Saúde Mental: comparação do grau de ritualização em amostras de famílias clínicas e não clínicas. Existem diversos estudos acerca da influência dos rituais no bem-estar familiar e individual. Porém, sabemos ainda pouco acerca dos padrões e grau de ritualização das famílias clínicas. Tendo em conta a desorganização característica desta família, seria de esperar encontrar um menor grau de ritualização na amostra clínica, mas é também plausível considerar-se o resultado oposto, dada a tendência para a manutenção de rotinas e homesotase face à mudança. Este estudo é um contributo importante para colmatar a necessidade de maior conhecimento acerca dos rituais familiares no contexto da saúde mental. Aplicamos o Family Ritual Questionnaire (FRQ) a duas amostras de 50 famílias (com e sem familiar com doença mental). Conforme esperado, encontraramse diferenças entre as amostras, que apontam para um menor grau de ritualização nas famílias clínicas. Foram ainda encontradas tendências de resposta face a algumas variáveis demográficas como o Diagnóstico Psiquiátrico e o Internamento...

Rotinas de cuidado em relação à saúde de famílias em transição após um desastre natural; Rutinas de cuidado de la salud de familias después de un desastre natural; Routine healthcare for families in transition after a natural disaster

Fernandes, Gisele Cristina Manfrini; Boehs, Astrid Eggert
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf; application/pdf; application/pdf
Publicado em 01/07/2013 ENG; POR; SPA
Relevância na Pesquisa
26.72%
OBJETIVO: apresentar as rotinas de cuidado com a saúde de famílias na transição pós-desastre natural, com base no referencial teórico das rotinas e rituais familiares. MÉTODO: estudo qualitativo, de múltiplos casos, desenvolvido com seis famílias rurais do Sul do Brasil, passados dois anos de um desastre natural. Os dados foram coletados com observação participante, entrevistas narrativas, genograma, ecomapa e o calendário de rotinas, prosseguindo-se com a análise das narrativas. RESULTADOS E DISCUSSÃO: nas rotinas de cuidado com a saúde das famílias, têm relevância os episódios de doença e a necessidade do atendimento profissional no pós-desastre, os cuidados na rotina diária e rotinas próprias dos serviços de saúde. CONCLUSÃO: os resultados contribuem para que a enfermagem preste atenção às experiências familiares nas transições por desastres naturais, tornando-se preparada para as mudanças e as necessidades de cuidado e promoção da saúde.; OBJETIVO: presentar las rutinas de cuidado de la salud de familias en situación de transición después de un desastre natural, con base en el marco teórico de las Rutinas y Rituales Familiares. MÉTODO: estudio cualitativo de casos múltiples realizado con seis familias rurales del sur de Brasil...

The routine of families with nursing infants; Rutinas familiares con lactantes; Rotinas das famílias com crianças lactentes

Boehs, Astrid Eggert; Grisotti, Márcia; Aquino, Marly Denise Wuerges de
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf; application/pdf; application/pdf
Publicado em 01/10/2007 ENG; POR; SPA
Relevância na Pesquisa
36.81%
This descriptive study investigates the routine of families with nursing infants ages between six months and two years old, involving working mothers users of a Basic Health Unit in a city in the South of Brazil. The theoretical discussion is based on the families' routine approach. A total of 25 mothers were interviewed through a semi-structured questionnaire. The qualitative data analysis followed the phases of organization, codification, categorization and interpretation. The findings suggest that childcare routines vary according to the periodicity, schedule and occupation of the mother. Different alternatives to childcare were identified, and although most of the women interviewed reported to be married, they almost did not mention the husband's participation in the routine. The investigation based on family routines allows the identification of family roles, the social relations and the health care organization.; Por medio de este estudio descriptivo, con enfoque cualitativo se investigó las rutinas de familias con niños lactantes entre 06 meses a 02 años de edad, cuyas madres trabajaban y tenían como referencia un Servicio Básico de Salud de un municipio del sur del Brasil. Como fundamento teórico fueron utilizadas las rutinas familiares. Siendo entrevistadas 25 madres...

FAMÍLIAS DE CRIANÇAS QUE NECESSITAM DE CUIDADOS ESPECIAIS: O IMPACTO SOBRE A VIDA FAMILIAR; FAMILIES OF CHILDREN THAT DEMAND SPECIAL CARE: THE IMPACT ON FAMILY LIFE; FAMILIAS DE NIÑOS QUE NECESITAN CUIDADOS ESPECIALES: EL IMPACTO SOBRE LA VIDA FAMILIA

Althoff, Coleta Rinaldi; Renck, Lauri Iva; Sakae, Salete Virgínia S. S.
Fonte: UFPR Publicador: UFPR
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 28/05/2007 POR
Relevância na Pesquisa
26.56%
This is a qualitative study and with to identify the impact that special care demands on families by children health problems. This research was based on 16 families who were interviewed, eight of them with children who had diabetes mellitus and 8 with children who had suffered burns. The comparative analysis of the data revealed that due the children’s situation families have rebuild their way of living and have become agents in providing them care. The families reveal anguish, sadness, blame, rage, fear and express concern regarding the care and the consequences as the problems get aggravated. This entails consequences such as altering family routines and providing special care which demand close supervision and surveillance, increasing the families’ responsibilities. Family relationships become modified and it becomes necessary to adjust how to relate with each other. Families try to adapt themselves to the new situation by restructuring values, and altering roles and family routines.; Se trata de un estudio de naturaleza cualitativa con el objetivo de identificar el impacto que tienen sobre las familias los problemas de salud de los niños que necesitan cuidados especiales. Se realizaron entrevistas con 16 familias...