Página 1 dos resultados de 97 itens digitais encontrados em 0.097 segundos

Reservas legais: critérios para localização e aspectos de gestão; Legal reserves: allocation criteria and management aspects

Ranieri, Victor Eduardo Lima
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 30/06/2004 PT
Relevância na Pesquisa
65.81%
A destruição de ambientes naturais é um dos mais reconhecidos problemas ambientais de âmbito global que, entre outras conseqüências, provoca impactos como perda de biodiversidade e degradação dos solos e da água. Tais impactos se refletem nos sistemas econômicos e sociais, o que tem conduzindo a discussão das estratégias de conservação da natureza por rumos que incluem, não somente questões técnicas, como também aspectos políticos. Além das estratégias de proteção baseadas em terras públicas, a conservação da biodiversidade e dos recursos hídricos em áreas sob domínio privado, é uma necessidade amplamente reconhecida. Seja em terras públicas ou particulares, a conservação de áreas naturais implica na imposição de limites às ações humanas, o que tende a gerar conflito de interesses. No Brasil, a chamada reserva legal - instrumento estabelecido pelo Código Florestal, Lei no. 7.441 de 1965, com a finalidade de garantir o uso sustentável dos recursos naturais, conservar biodiversidade e processos ecológicos limita o uso da propriedade rural e é foco de discussão entre proprietários, governos e setores da sociedade ligados à área ambiental. O presente trabalho analisa e propõe estratégias para a conservação da biodiversidade e dos recursos hídricos por meio do instrumento reserva legal...

Modificações esqueletais e apendiculares torácicas para captação de água do solo em caranguejos semiterrestres (Crustacea: Brachyura: Grapsoidea:Ocypodoidea); Thoracic appendicular and skeletal modifications to capture soil water in semi-terrestrial crabs (Crustacea:Brachyura:Grapsoidea:Ocypodoidea)

Oliveira, Tainá Stauffer de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 10/10/2014 PT
Relevância na Pesquisa
95.8%
A conquista do ambiente terrestre por caranguejos Brachyura é dependente da obtenção e reserva de água na câmara branquial durante o período de emersão. Uma maneira de se obter água do meio é através de tufos de cerdas hidrofílicas, capazes de captar água do solo por capilaridade. Sabe-se que essas cerdas hidrofílicas estão associadas à abertura de Müller e que a água captada é admitida na câmara branquial graças à diferença de pressão entre a câmara branquial e o meio externo, produzida pelos batimentos do escafognatito. Contudo, as modificações morfológicas esqueletais e apendiculares para a formação da abertura de Müller e a composição das cerdas do tufo não são conhecidos. Com o intuito de elucidar tais lacunas, foram estudados o esqueleto axial, apendicular e a quetotaxia de 22 espécies de caranguejos semiterrestres pertencentes às superfamílias Grapsoidea (Grapsidae, Sesarmidae, Varunidae e Gecarcinidae) e Ocypoidea (Ocypodidae e Ucididae). O estudo do esqueleto axial e apendicular revelou que a abertura de Müller é, na verdade, um canal complexo que pode ser composto por três componentes: o canal pleural, a calha apendicular e o tufo de cerdas. A água presente no substrato é captada pelo tufo de cerdas...

Fluxos de agua em especie de citro (citrus sinensis L. Osbeck - laranja pera) - Campinas - São Paulo; Water flows in species of citrus (citrus sinensis L. Osbeck - Orange pear) - Campinas - São Paulo - Brazil

Aristoteles de Jesus Teixeira Filho
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 07/04/2005 PT
Relevância na Pesquisa
95.73%
As variáveis ecofisiológicas exercem grande influência, não somente no comportamento vegetativo das plantas cultivadas, mas, sobretudo no seu desempenho em relação às características produtivas. Os estudos sobre trocas gasosas têm-se ampliado desde a década de oitenta, dada a sua importância em cultivos tropicais, tal qual, em variedades de citros. Tem-se investigado que os estômatos são o principal ponto de controle do fluxo de água, sendo o déficit de pressão hídrica do ar apontada como a força motora para a transpiração, e a quantidade de água no solo é o fator decisivo para o abastecimento hídrico da planta. Dessa forma, a eficiência do uso da água pela cultura pode ser considerada como uma relação custo-benefício para o aumento da produção dos citros, com o mínimo impacto na reserva hídrica do ecossistema, haja vista que no Brasil, apesar da incidência de períodos de déficits hídricos temporários em várias regiões citrícolas, predomina o cultivo sem irrigação. O Brasil é um dos maiores produtores mundiais de frutas cítricas, destacando-se os Estados: Bahia, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro, São Paulo e Sergipe. Com plantios acima de 1.100.000 hectares, os citros têm grande importância comercial no Brasil...

Avaliação hidrológica preliminar para subsidiar a construção de cenários sobre o futuro da ocupação humana na Bacia Hidrográfica do Ribeirão do Gama e do Córrego Cabeça de Veado - Distrito Federal

Fonseca, Maria Rita Souza
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
75.78%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Departamento de Geografia, 2008.; Um dos maiores problemas ambientais é a redução dos recursos naturais. A principal causa para a ocorrência dessa redução é a forma como se dá a ocupação humana em decorrência dos usos múltiplos da terra. Neste sentido, é observada uma desconexão entre padrão de ocupação e ambiente físico. Esta pesquisa tem como foco a Bacia do Ribeirão do Gama e do Córrego Cabeça de Veado, situa-se na Bacia Hidrográfica do Lago Paranoá, parte central do Distrito Federal. Encontrasem inseridas nesta bacia: - ocupação urbana Park Way, quadras 15, 16, 18, 19, 20, 21 e 23; a Agrovila Vargem Bonita; a Reserva Ecológica e Científica da Fazenda Água Limpa – Universidade de Brasília; a Estação Ecológica do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE; e a Reserva Biológica do Jardim Botânico. No contexto em que é necessário usar os recursos hídricos de maneira sustentável, esta dissertação tem como objetivo geral construir cenários descritivos: exploratório extrapolativo e exploratório alternativo e, normativo ou desejado. O caminho escolhido para a construção destes cenários fundamentou-se na análise das alterações ambientais...

Avaliação geotécnica de poços de infiltração de águas pluviais

Carvalho, Eufrosina Terezinha Leão
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Tese
POR
Relevância na Pesquisa
65.85%
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Departamento de Engenharia Civil e Ambiental, 2013.; O manejo de águas pluviais tem sido um dos grandes desafios enfrentados no planejamento urbano de cidades mais densamente povoadas. A ocupação do solo e sua consequente impermeabilização promove o desequilíbrio do ciclo hidrológico local e, a parcela mais afetada é a infiltração. Nesse caso a água que deixa de ser infiltrada contribui no aumento do escoamento superficial, contribuindo para as enchentes. Equacionar o crescimento urbano e as intervenções no meio ambiente é um desafio para a engenharia, para a Administração Pública (nas esferas federais, estaduais e municipais) e para a sociedade. Atuar na fonte é a proposta desta pesquisa. Buscou-se avaliar poços de infiltração como técnica para controle de fluxos de águas pluviais superficiais locais, oferecer soluções que minimizem os impactos da impermeabilização nas cidades e o aumento do fluxo de água à jusante, priorizando ações sustentáveis. O objetivo da pesquisa foi buscar explicação detalhada do processo de infiltração da água em poços sob diferentes perfis de solo e relacioná-lo com a aplicação em sistemas da drenagem urbana. Isso se justifica porque órgãos reguladores têm procurado restabelecer a infiltração do solo como forma de mitigar problemas nas áreas urbanizadas. Duas são as vantagens principais para o uso do poço de infiltração: é um sistema pontual que utiliza pequenas áreas superficiais e conta com a infiltração das laterais do perfil mais a área do fundo...

Da “política de solos” a uma política de protecção do solo.

Alexandre, Carlos
Fonte: Associação Portuguesa de Engenharia do Ambiente Publicador: Associação Portuguesa de Engenharia do Ambiente
Tipo: Parte de Livro
POR
Relevância na Pesquisa
66.05%
O solo é um recurso vital para o meio ambiente e para as sociedades humanas A urbanização crescente e a evolução tecnológica das sociedades desenvolvidas tendem a induzir no cidadão comum um certo alheamento acerca da nossa dependência do solo. No entanto, 99% da biomassa para alimentação e para outros fins básicos provém do solo (estatísticas da FAO, 2004) o que mostra como este é um recurso vital para a humanidade, praticamente tanto como o ar e a água. Neste texto, entende-se por ‘solo’ a camada superficial da crosta terrestre constituída por partículas minerais, matéria orgânica, água, ar e organismos vivos (def. ISO 11074-1 de 1/08/1996). Mais importante do que a definição adoptada são as funções ecológicas do solo, essenciais ao meio ambiente e às sociedades humanas, o solo é: a) O meio natural para o crescimento das plantas que sustenta a alimentação humana e animal, a produção de madeira e outras fibras, bioenergia, etc.; b) Um regulador ambiental, participando no ciclo hidrológico e outros ciclos biogeoquímicos, como acumulador, filtro e transformador, por ex., é um reservatório de água e um “reactor” da decomposição e reciclagem de compostos orgânicos; c) Uma reserva genética de biodiversidade...

Índices de vulnerabilidade à contaminação de massas de água subterrânea: aplicação à delimitação da Rede Ecológica Nacional no Concelho de Almada (Portugal)

Simas, Laura Sofia Barradas
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2014 POR
Relevância na Pesquisa
65.77%
Tese de mestrado em Geologia Aplicada, apresentada à Universidade de Lisboa, através da Faculdade de Ciências, 2014; A Reserva Ecológica Nacional (REN) é um instrumento de gestão territorial que permite salvaguardar a estrutura ecológica de uma região. Uma das tipologias a incluir em REN são as “áreas estratégicas de protecção e recarga de aquíferos” que são definidas a partir de índices de vulnerabilidade à contaminação, como o índice de susceptibilidade, existindo, no entanto outros índices para avaliação da vulnerabilidade dos aquíferos á contaminação. Partindo da definição da REN para a tipologia “áreas estratégicas de protecção e recarga de aquíferos” para o Concelho de Almada efectuou-se uma comparação dos métodos de avaliação da vulnerabilidade à contaminação de massas de água subterrânea (DRASTIC (Aller, L., 1987), IS (Ribeiro, L., 2005) e IS segundo a Resolução de Conselho de Ministros 81/2012). O estudo envolveu a recolha de dados para os vários parâmetros dos índices estudados (geologia da formação aquífera, profundidade do nível da água, recarga, topografia, tipo de solo, influência da zona vadosa, condutividade hidráulica e uso do solo) bem como o seu tratamento utilizando um programa de tratamento de dados geográficos (ESRI ArcGIS versão 10.1...

Coeficientes culturais da casta Touriga Nacional na região do Dão

Rodrigues, P.; Pedroso, V.; Gouveia, J.P.; Martins, S.; Lopes, C.; Alves, I.
Fonte: Universidade Técnica de Lisboa Publicador: Universidade Técnica de Lisboa
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Publicado em /09/2011 POR
Relevância na Pesquisa
115.88%
Com o objectivo de estudar o efeito da rega e do regime hídrico no comportamento da casta Touriga Nacional foi instalado um ensaio de rega numa vinha do Centro de Estudos Vitivinícolas do Dão, em Nelas. A transpiração da sebe de vinha foi estimada a partir dos registos de temperatura radiativa da sua superfície, recorrendo a um modelo bi-camada que tem por base o princípio da partição do balanço energético entre os componentes do coberto vegetal (videiras, solo e subcoberto herbáceo) admitindo que, do ponto de vista energético, a sebe e o substrato (solo+subcoberto) actuam separadamente e em paralelo. Os fluxos de calor latente da sebe de videiras são determinados a partir dos fluxos de calor sensível e do balanço de radiação. A evolução temporal de Ec/ETo na modalidade de rega plena (FI) permite identificar três fases e corresponde à forma geral da curva de Kcb indicada para a generalidade das culturas. A relação entre o coeficiente de secura (Ks) e fracção de água utilizável do solo até 130 cm de profundidade (FTSW130) é bifásica. Para valores de FTSW130 superiores a 40-50%, o Ks é aproximadamente constante, registando valores em torno de 1, correspondente a condições de conforto hídrico. Com valores de FTSW130 inferiores...

Determinação do índice de qualidade subsuperficial em um Latossolo Amarelo Coeso dos Tabuleiros Costeiros, sob floresta natural

Melo Filho,José Fernandes de; Souza,André Leonardo Vasconcelos; Souza,Luciano da Silva
Fonte: Sociedade Brasileira de Ciência do Solo Publicador: Sociedade Brasileira de Ciência do Solo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2007 PT
Relevância na Pesquisa
95.85%
O solo é um recurso natural fundamental para a vida. Sua capacidade para funcionar como substrato para vegetais, filtro ambiental, regulador de fluxo de gases, água e energia é definida como qualidade do solo, cuja quantificação pode ser feita via estabelecimento de um índice numérico, que permite monitorar os efeitos do uso agrícola nos atributos e propriedades do solo. O objetivo do presente trabalho foi determinar o índice de qualidade do solo (IQS) para os horizontes subsuperficiais em um Latossolo Amarelo coeso argissólico (LAx) dos Tabuleiros Costeiros, sob floresta natural. A área estudada localiza-se em uma reserva de Mata Atlântica situada no município de Cruz das Almas-BA, e as amostras foram coletadas em um grid de 18 x 8 m, com espaçamento regular de 2 m, resultando em 50 repetições. Para determinação do índice de qualidade do solo, foram avaliados 11 indicadores de qualidade: macroporosidade, densidade do solo, condutividade hidráulica saturada, retenção de água a -33 kPa (Uv33/PT), relação de disponibilidade de água no solo (AD/PT), pH, resistência à penetração (RP), capacidade de troca catiônica (CTC), percentagem de saturação por bases (V), percentagem de saturação por alumínio (m) e teor de matéria orgânica (MO)...

Fluxos de calor no dossel vegetativo e infiltração de água no solo, em floresta tropical

Dantas,Vanessa de A.; Silva,Vicente de P. R. da; Costa,Antonio C. L. da; Chagas,Glayson F. B. das
Fonte: Departamento de Engenharia Agrícola - UFCG Publicador: Departamento de Engenharia Agrícola - UFCG
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2011 PT
Relevância na Pesquisa
125.88%
Este estudo analisou as variações sazonais e anuais dos fluxos de calor sensível e latente, armazenados pelo dossel vegetativo de floresta tropical úmida, bem como a taxa de infiltração de água no solo em duas parcelas experimentais, uma com exclusáo de chuva e outra submetida às condições reais de precipitação pluvial. Os dados aqui usados foram obtidos do projeto 'Estudo da Seca da Floresta (ESECAFLOR), subprojeto do Experimento de Grande Escala da Biosfera-Atmosfera na Amazônia (LBA), conduzido na reserva florestal de terra firme em Caxiuaná, PA. Os dados de temperatura e umidade relativa do ar foram coletados no perfil da floresta amazônica, em intervalos de 8 m, deSd e a superfície até 32 m, durante o ano de 2008, em intervalos horários, para se determinar os fluxos de calor sensível e latente armazenados nos período chuvoso (fevereiro, março e abril) e menos chuvoso (setembro, outubro e novembro). Os resultados indicaram que o fluxo de calor sensível armazenado no dossel da floresta no ano de 2008, foi 167,93 W m-2 e o fluxo de calor latente armazenado foi de 5184,38 W m-2. A taxa de infiltração de água do solo na floresta foi reduzida drasticamente nos primeiros minutos do início do experimento, independentemente das condições de umidade do solo e...

Degradação de trilhas na Reserva Ecológica da Juatinga em Paraty - Rio de Janeiro

Rangel,Luana de Almeida; Guerra,Antonio José Teixeira
Fonte: Instituto de Pesquisas Ambientais em Bacias Hidrográficas Publicador: Instituto de Pesquisas Ambientais em Bacias Hidrográficas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2014 PT
Relevância na Pesquisa
65.78%
A utilização de trilhas em áreas de reserva ecológica pode acarretar diversos impactos, quando não for feito planejamento e implementação adequados. Diante disso, o presente trabalho teve como objetivo avaliar os impactos e a degradação de duas trilhas (Laranjeiras-Praia do Sono e Praia do Sono-Praia de Antigos) no sul da Reserva Ecológica da Juatinga (REJ), em Paraty (RJ). Foram analisados os índices de agregação e os teores de matéria orgânica do solo, bem como, foram observadas a presença de áreas degradadas. Os resultados obtidos mostram que a trilha Praia do Sono-Praia de Antigos está muito degradada, pois apresenta índice de agregação do solo inferior a 1 mm, e teores de matéria orgânica menores que a 3,5%. Além disso, a presença de ravinas é constante. Conclui-se que deve ser feita a recuperação dessas áreas mais impactadas com a utilização de técnicas de manejo adequadas, como canaletas de drenagem para orientar o fluxo de água e a aplicação de geotêxteis para recuperar o talude e a vegetação.

Perdas de solo, água e nutrientes em sistemas agroflorestais no município de Sobral, CE.

AGUIAR, M. I. de; MAIA, S. M. F.; OLIVEIRA, T. S. de; MENDONÇA, E. S.; ARAÚJO FILHO, J. A. de
Fonte: Revista Ciência Agronômica, Fortaleza, v. 37, n. 3, p.270-278, 2006. Publicador: Revista Ciência Agronômica, Fortaleza, v. 37, n. 3, p.270-278, 2006.
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
65.98%
As condições edafoclimáticas do semi-árido brasileiro, associadas a sistemas agrícolas totalmente extrativista, o tornam um ambiente extremamente frágil e de alta susceptibilidade aos processos erosivos, sugerindo que outras alternativas de uso agrícola devem ser adotadas. Com o objetivo de testar a hipótese que os sistemas agroflorestais reduzem a intensidade da ação dos agentes erosivos, foram avaliados os seguintes sistemas agrícolas: agrossilvipastoril (AGP), silvipastoril (SILV), tradicional cultivado em 1998 e 1999 (TR98), tradicional cultivado em 2002 e 2003 (TR02), cultivo intensivo (CI), reserva legal 1 (RL1) e reserva legal 2 (RL2). A coleta de solo e água foi realizada através de estruturas instaladas na área da pesquisa no período chuvoso de 2003. Posteriormente, esses solos foram quantificados e analisados quanto aos teores totais de P, Na, K, Ca, Mg, Fe, Cu, Zn, Mn e carbono orgânico. Os resultados indicam que as maiores perdas de solo e de água ocorreram respectivamente, na área de reserva legal 1 e no tratamento TR98. Entre os tratamentos agroflorestais e o convencional, observou-se maiores perdas de solo e/ou água naqueles em que houve uma maior mobilização de solo, como nos tratamentos AGP, TR98 e CI. Os teores totais de nutrientes e carbono orgânico perdidos foram proporcionais aos de solo e água.; 2006

Produção animal do bioma caatinga: paradigmas dos "pulsos - reservas".

ANDRADE, A. P. de; SOUZA, E. S. de; SILVA, D. S. da; SILVA, I. D. F. da; LIMA, J. R. S.
Fonte: In: REUNIÃO ANUAL DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE ZOOTECNIA, 43., 2006, João Pessoa. Produção animal em biomas tropicais: anais dos simpósios. João Pessoa: Sociedade Brasileira de Zootecnia, 2006. 15 f. 1 CD-ROM. Publicador: In: REUNIÃO ANUAL DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE ZOOTECNIA, 43., 2006, João Pessoa. Produção animal em biomas tropicais: anais dos simpósios. João Pessoa: Sociedade Brasileira de Zootecnia, 2006. 15 f. 1 CD-ROM.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
75.6%
A produção animal nos ecossistemas do semi-árido é influenciada pela variabilidade espacial e interanual da oferta quantitativa e qualitativa de recursos forrageiros. A dinâmica da acumulação de fitomassa para a maioria das diferentes espécies da caatinga é pouco conhecida, o que certamente tem dificultado maiores avanços no cultivo de forrageiras nessa região. Estudos têm comprovado que algumas atividades relacionadas com a dinâmica dos ecossistemas do semiárido se dão em formas de ?pulsos?, seja de chuvas, reservas de água no solo e de crescimento da vegetação. Discute-se nesta revisão o modelo de "pulso de reserva" desenvolvido por Mark Westoby & Ken Bridges (Noy-Meir, 1973), que descreve uma relação simples e direta entre os eventos de chuvas, os que provocam "um pulso" e a produção primária. O modelo conceitual de "pulsos - reservas", ainda é considerado um paradigma nos estudos ecológicos em regiões áridas e semi-áridas. O cultivo de forrageiras nativas do semi-árido como lavoura xerófila regular é uma prática agrícola que pode reduzir os riscos de perda da produção decorrentes das flutuações sazonais da precipitação. Alternativas de armazenamento da fitomassa acumulada na estação chuvosa...

Influência da adubação verde em aspectos físicos, químicos e biológicos do solo.

SOUZA, L. da S.; BORGES, A. L.; SOUZA, L. D.
Fonte: In: TOFANELLI, M. B. D.; SILVA, T. O. da (Ed.). Manejo ecológico e conservação dos solos e da água no Estado de Sergipe. São Cristovão: Editora UFS, 2011. 358 p. Publicador: In: TOFANELLI, M. B. D.; SILVA, T. O. da (Ed.). Manejo ecológico e conservação dos solos e da água no Estado de Sergipe. São Cristovão: Editora UFS, 2011. 358 p.
Tipo: Capítulo em livro técnico-científico (ALICE) Formato: p. 115-142
PT_BR
Relevância na Pesquisa
65.8%
A fertilidade do solo pode ser definida como a capacidade deste de manter, de modo satisfatório, o desenvolvimento das plantas a médio e a longo prazo, disponibilizando água, ar e nutrientes na quantidade e no momento que as plantas necessitam (MARCOS, 1982). Isso é determinado por um conjunto de interações entre o sistema físico e químico e as atividades biológicas do solo, o que está diretamente ligado à matéria orgânica (MO), em função da sua importância na manutenção e melhoria da estrutura, dinâmica da água e aeração do solo. Constitui-se, ainda, de grande reserva de nutrientes.; 2011

Aspectos ecofisiológicos de Vochysia thyrsoidea POHL. em Cerrado Rupestre no sul de Minas Gerais; Ecophysiological aspects of Vochysia thyrsoidea Pohl. in a "Cerrado Rupestre" in the South of Minas Gerais

Melo, Nayara Cristina de
Fonte: Universidade Federal de Lavras; Programa de Pós-Graduação em Botânica Aplicada; UFLA; brasil; Departamento de Biologia Publicador: Universidade Federal de Lavras; Programa de Pós-Graduação em Botânica Aplicada; UFLA; brasil; Departamento de Biologia
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em 19/10/2015 POR
Relevância na Pesquisa
75.7%
The Cerrado domain covered an area of approximately 2 million km 2 in the center of Brazil. However, due to the severe conversion of natural areas into anthropic areas it has been described as a hotspot for the conservation of the biodiversity. Cerrado is characterized by a well-defined dry season with acidic and nutrient-poor soils. Moreover, fire is a common disturbance affecting the growth and distribution of species. Within the different domain phytophysiognomies, there is the rocky cerrado, defined by long periods with low water availability, high luminous intensity, high altitudes, and vegetation on rocky outcrops. Among species, Vochysia thyrsoidea stands out for its high ability to adapt to the environment. Thus, this work aimed to evaluate the physiological and growth responses of V. thyrsoidea individuals in two rocky cerrado areas located in Parque Ecológico Quedas doRio Bonito (PEQRB) and in Reserva Biológica Unilavras-Boqueirão (RBUB). Ineach area, we selected 30 medium to high individuals (>2.50 m and DAP ≥5 cm) and 30 short individuals (<1.70 m and DAS < 3 cm). The radial growth, height, growth of branches...

Avaliação espacial de indicadores de qualidade de água do córrego Bom Jardim, Brasilândia/MS

Maciel, Agnes Cássia Dias Moraes
Fonte: Universidade Federal de Mato Grosso do Sul Publicador: Universidade Federal de Mato Grosso do Sul
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
65.9%
A qualidade da água dos rios é o resultado da interação entre o clima, a geologia, o solo e a vegetação da bacia hidrográfica. A bacia do Córrego Bom Jardim foi escolhida devido à sua localização no município de Brasilândia/MS, ameaçada pelos assentamentos da Companhia Energética de São Paulo (CESP), que não tiveram rigorosa fiscalização do cumprimento da legislação ambiental, encontrando-se sob acelerada erosão, pondo em risco a cidade de Brasilândia.O objetivo deste trabalho foi identificar problemas na bacia hidrografica do córrego Bom Jardim, apontar possíveis soluções para proteção e vazão da nascente, para a melhora da qualidade da água, reverter processos de degradação ambiental, e contribuir para a preservação da biodiversidade. O trabalho de campo constou de coleta trimestral de água, amostragem de vegetação e fotografia de aspectos vegetais e fisicos do canal principal e afluente do córrego Bom Jardim, em oito pontos entre o trecho superior e a Reserva Cisalpina. Os parâmetros de análise de água foram OD, CE, turbidez, pH e temperatura, e foi medida a velocidade. Foram feitas análises de cartas topográficas e confecção de mapas temáticos para auxilio na interpretação e visualização dos problemas da área de estudo...

Efeitos da predação, sazonalidade climática e tipo de habitat no estabelecimento e desenvolvimento das lenhosas kielmeyera Coriacea (Sreng.) Mart. e Qualea Grandiflora Mart.; Effects of predation, seasonal climate and habitat type in the establishment and development of the woody species Kielmeyera Coriacea (Spreng.) Mart. and Qualea grandiflora Mart.

Faria, Iubatã Rogerio Paula de
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
65.79%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Biológicas, Programa de Pós-Graduação em Ecologia, 2004.; O bioma Cerrado, típico do Brasil Central, é caracterizado por diversos tipos de vegetação savânica e por apresentar duas estações bem definidas, uma chuvosa (outubro a abril) e outra seca (maio a setembro). O campo sujo, uma formação campestre e o cerradão, em que predomina o estrato arbóreo são duas fitofisionomias típicas do Cerrado. O objetivo deste estudo foi determinar o efeito da predação de sementes, da sazonalidade climática e do tipo de fitofisionomia no estabelecimento e desenvolvimento das lenhosas Kielmeyera coriacea (Guttiferae) e Qualea grandiflora (Vochysiaceae) em uma área de campo sujo (CS) e de cerradão (CD) na reserva ecológica da Fazenda Água Limpa pertencente à Universidade de Brasília, Distrito Federal, Brasil. Além disso, comparou-se os padrões fenológicos de indivíduos adultos, dessas duas espécies, que foram encontrados nestas duas fitofisionomias. No primeiro capítulo, faz-se uma caracterização do ambiente luminoso no CS e CD. Foram realizadas seis curvas diárias em diferentes épocas do ano, entre 1999 e 2003. Foi medida a Densidade de Fluxo de Fótons (DFF) na faixa de 400 a 700 nm...

A necessidade da reserva de área para o armazenamento de água no início do crescimento urbano

Juchem, José Ricardo
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
65.8%
Atualmente, o desenho urbano tem sido realizado dentro de um âmbito restrito do conhecimento. Este não tem considerado aspectos de drenagem da água que trazem grandes transtornos e custos para a sociedade e o ambiente. O desenvolvimento urbano brasileiro tem produzido um aumento significativo na freqüência de inundações, na produção de sedimentos e na deterioração da qualidade da água. Tal situação é decorrente, na maioria dos casos, da ocupação intensiva do solo urbano. Assim, essa abordagem demonstra, inicialmente, uma visão sobre o desenho urbano e suas interfaces; particularmente as relacionadas com a geografia, o ambiente natural e o construído. Na seqüência, pretendendo atingir o enfoque interdisciplinar, aponta vínculos entre o desenho urbano e a hidrologia através de uma análise ambiental de bairros dos municípios de Porto Alegre e Lindolfo Collor, de modo a identificar relações com a utilização de uma variável - a superfície impermeável, procurando descrever o comportamento ambiental de bacias hidrográficas urbanizadas bem como mostrar a necessidade da reserva de área para armazenar água no início do crescimento urbano. Finalizando, apresenta os principais parâmetros ou características de desenho que deverão garantir a sustentabilidade urbana e hidrológica. Apesar de prematuro...

Aspectos da ciclagem de nutrientes em função do gradiente topográfico, em uma Mata de Galeria no Distrito Federal.

PARRON, L. M.
Fonte: 2004. Publicador: 2004.
Tipo: Teses/dissertações (ALICE) Formato: 181 f.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
75.82%
A compreensao dos processos de ciclagem biogeoquímica nas Matas de Galeria pode ter implicações importantes na orientação de práticas de manejo e de políticas de conservação desses ecossistemas. Em função do gradiente de umidade na topografia do terreno e de diferenças entre estações seca e chuvosa, o presente trabalho teve como objetivos, estabelecer relações entre umidade e ciclagem de nutrientes, quantificar os estoques e caracterizar os fluxos de nutrientes em diversos compartimentos e propor modelos de funcionamento do ecossistema Mata de Galeria. O experimento foi estabelecido numa área de 100x100 m da Mata de Galeria do Córrego Pitoco, na Reserva Ecológica do IBGE, DF (15o56'41"S e 47o56'07"W). Como delineamento experimental foram estabelecidas três linhas de amostragem, paralelas ao córrego, distante 45m entre si denominadas, respectivamente, comunidade úmida (na margem do córrego), intermediária e seca (adjacente a uma área de Cerrado Típico). A disponibilidade de nutrientes (C orgânico, N total, N orgânico, NH4+, NO3-, P total, P orgânico, PO4 2-, K+, Ca2+, Mg2+, SO4 2-, Na+ e CI-) foi determinada na decomposição atmosférica, em três estágios, a saber, antes de atingir o dossel da vegetação...

DESARROLLO DE UN MODELO DE GESTIÓN DE CUENCAS Y FORTALECIMIENTO DE CAPACIDADES, PARA ASEGURAR Y AUMENTAR EL ABASTECIMIENTO DE AGUA POTABLE EN AREAS RURALES CON POTENCIAL TURÍSTICO, DE LA REGIÓN DE LOS RÍOS

Corporacion Nacional Forestal; Cámara de Turismo de Valdivia; Fundacion Centro de los Bosques Nativos Forecos; I Municipalidad de Casablanca; Ministerio de Obras Publicas-direccion de Obras Hidraulicas; Universidad Austral de Chile; ROBERTO ACUÑA GALLEG
Fonte: Corporação de Fomento da Produção Publicador: Corporação de Fomento da Produção
Tipo: proyecto
Publicado em 25/06/2009
Relevância na Pesquisa
85.86%
En muchas localidades rurales de la región de los Ríos el abastecimiento de agua potable es un problema cada vez más recurrente que impacta la calidad de vida de las personas y el desarrollo y emprendimiento de numerosas actividades productivas. Existen diversas razones que originan esta problemática y pese a que tiene una importancia socioeconómica trascendental no existe suficiente demanda para que a las empresas sanitarias responsables del manejo y distribución de este recurso les resulte rentable económicamente desarrollar proyectos en estas áreas. Es por esto que la responsabilidad de abastecimiento de agua en áreas rurales ha quedado en manos de los Comités de Agua Potable Rural (CAPR) los cuales operan con el apoyo del la Dirección de Obras Hidráulicas del Ministerio de Obras Públicas y son actores claves para el bienestar de la población y el desarrollo de todas las actividades productivas que dependen del uso de agua potable entre las cuales destaca el turismo y las actividades asociadas a este sector como la producción agropecuaria y los servicios entre otras. Una de las áreas priorizadas por INDAP para el desarrollo del mundo rural en la Región de los Ríos es el turismo rural. Ejemplo de esto son Niebla (Valdivia) con el turismo de playa Liquiñe (Panguipulli) con el turismo termal Chaihuín (Valdivia) con el turismo de intereses especiales asociados a la Reserva Costera Valdiviana Mehuín (San José de la Mariquina) o Curiñanco (Valdivia) con el turismo de playa y pesca deportiva entre otros. Para el desarrollo de actividades turísticas en estas localidades el abastecimiento de agua potable en cantidad suficiente cumple las características de Plataforma Transversal de Infraestructura y es fundamental para satisfacer las necesidades de la población local y para abastecer la demanda creciente por los distintos servicios turísticos que se ofrecen (ej: hosterías restaurantes cabañas camping piscinas etc.).La escasez de agua ocurre principalmente en verano afectando directamente a los habitantes locales y generando consecuencias negativas sobre las actividades productivas. Esta escasez creciente se debe a las siguientes causas: disminución de las precipitaciones...