Página 1 dos resultados de 5849 itens digitais encontrados em 0.013 segundos

Representações sociais sobre as crianças negras na educação infantil: mudanças e permanências a partir da prática pedagógica de uma professora; Social representation of black children in primary school: changes and maintenance of practices from the perspective of a teachers teaching practices

Teles, Carolina de Paula
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 12/04/2010 PT
Relevância na Pesquisa
66.52%
A presente pesquisa pretende contribuir para que as professoras da educação infantil possam refletir sobre as representações sociais que possuem a respeito das crianças negras e a partir disso, pensar em transformações tanto nas relações sociais estabelecidas com essas crianças quanto na prática pedagógica, de modo que essas possam se configurar como promotoras da reeducação das relações raciais no ambiente escolar. A intenção de articular representações sociais e relações raciais é que as professoras compreendam quão significativas são suas ações cotidianas e práticas e os possíveis efeitos que elas têm sob as crianças, tanto negras quanto brancas. Nesse contexto, o objetivo do estudo foi o de apreender e interpretar as representações sociais sobre as crianças negras na perspectiva de uma professora de educação infantil bem como analisar como essas refletem em sua prática pedagógica. A fim de cumprir o objetivo mencionado, optamos por realizar uma pesquisa qualitativa na perspectiva etnográfica, sendo esta desenvolvida em uma Escola Municipal de educação infantil (Emei) na cidade de São Paulo com uma turma de crianças de cinco anos. Os dados foram coletados por meio da pesquisa de campo, entrevista com a professora observada e análise de documentos institucionais dando ênfase ao o que e como abordavam a temática racial e das diferenças como um todo. O referencial teórico-metodológico adotado para a análise foi da teoria das representações sociais cunhada por Moscovici (1978). Para o referido autor...

Representações sociais de conceitos de física moderna e contemporânea

Hilger, Thaís Rafaela
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
66.52%
Na perspectiva da aprendizagem significativa, o conhecimento prévio, ou subsunçor, do aprendiz é imprescindível para que ocorra a ancoragem cognitiva. As representações sociais, juntamente com outras ideias que compõem a ecologia representacional mental do aprendiz, podem ser relevantes em relação ao que se pretende aprender, pois atuam como subsunçores. Algumas dessas ideias podem ter sofrido a influência de meios de divulgação, que auxiliam na difusão de conceitos científicos – ou quase científicos – e podem influenciar o conhecimento das pessoas, por isso se faz necessário investigar qual o significado atribuído a tais conceitos na elaboração de representações sociais. À luz dos referenciais teóricos da aprendizagem significativa e das representações sociais, é apresentado um estudo, cujos objetivos são: 1) a partir das representações em relação à Física Quântica, identificadas no trabalho de mestrado, propor uma Unidade de Ensino Potencialmente Significativo (UEPS) para tratar deste tema a fim de investigar a possibilidade de modificação nessas representações; e 2) identificar possíveis representações sociais sobre outros conceitos de Física Moderna e Contemporânea que possam atuar como subsunçores no processo de aprendizagem significativa. Para alcançar os objetivos...

Representações sociais da condição de estar estomizado por câncer

Cascais, Ana Filipa Marques Vieira
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 1 v.| il.
POR
Relevância na Pesquisa
66.52%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Saúde. Programa de Pós-Graduação em Enfermagem.; A realização de uma estomia produz alterações na vida cotidiana da pessoa, em nível físico, psicológico e social. Este estudo teve como objetivo compreender as representações sociais de estar portador de um estoma em decorrência de câncer. O referencial teórico adotado foram as Representações Sociais de Serge Moscovici. Para tal foi realizada uma pesquisa qualitativa, com 14 pessoas estomizadas em decorrência de câncer intestinal, inscritas no Programa de Assistência ao Ostomizado, pertencentes à Gerência Regional de Saúde de São José. A coleta de dados compreendeu a realização de entrevistas semi-estruturadas e a realização de uma oficina. Para a análise dos dados recorreu-se à Análise Temática. A partir da análise de dados pode-se compor duas categorias: Representações Sociais sobre o Câncer e as Representações Sociais do viver com Estomia. Na primeira categoria são discutidas as imagens que os sujeitos possuem sobre o câncer. Na segunda categoria, são analisadas as representações que a pessoa estomizada possui no decorrer de sua vida cotidiana, destacando-se cinco representações que compõem as subcategorias. Na primeira subcategoria...

Representações sociais de familiares de pessoas com diabetes mellitus sobre essa condição crônica

Coelho, Maria Seloi
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Tese de Doutorado Formato: x, 176 f.| tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
66.57%
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Saúde. Programa de Pós-Graduação em Enfermagem; O presente estudo teve como objetivo compreender as representações sociais dos familiares de pessoas com Diabetes Mellitus (DM) sobre essa condição crônica, fundamentado na teoria das representações sociais, proposta por Serge Moscovici (1961). Para chegar à compreensão das representações sociais utilizaram-se, como técnicas de coleta de dados, a evocação livre de palavras, com 100 participantes, dos quais, 22 responderam às entrevistas semi-estruturadas. A análise dos dados das entrevistas foi feita através da análise de conteúdo categorial-temática, que seguiu três etapas: pré-análise, exploração do material e tratamento dos resultados obtidos e interpretação. A análise das evocações livres foi realizada com auxílio do software Ensemble de Programmes Permettant l# Analyse des Evocations (EVOC) e resultou no diagrama de quatro quadrantes, com a identificação do núcleo central e dos elementos periféricos da representação social. A partir dos dados das entrevistas, foram identificados os seguintes itens: o contexto dos familiares, a dimensão informação e conhecimentos e a dimensão comportamento ações dos familiares de pessoas com DM. O contexto dos familiares incluiu...

O abandono do tratamento e suas representações sociais para profissionais da saúde e pessoas com tuberculose

Chirinos, Narda Estela Calsin
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 173 p.| tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
66.55%
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Enfermagem, Florianópolis, 2013.; Trata-se de uma pesquisa com abordagem qualitativa, do tipo exploratório-descritiva, com o objetivo de compreender as representações sociais das pessoas com tuberculose e dos profissionais de saúde sobre o abandono de tratamento, num Programa de Controle da Tuberculose, a partir do referencial teórico da teoria de representações sociais. Foi realizada em quatro Centros de Saúde, em Lima, Peru, com 20 sujeitos, dos quais 12 profissionais da saúde e 8 pessoas com tuberculose. A coleta de dados foi através de entrevistas semiestruturadas, realizadas de junho a novembro de 2012. A análise de dados orientou-se pela análise de conteúdo do tipo categorial temática. Os resultados originaram três manuscritos abordando: representações sociais dos profissionais da saúde sobre o abandono do tratamento, representações sociais das pessoas com tuberculose sobre o abandono do tratamento e as relações entre as representações desses dois atores. Nos resultados do primeiro manuscrito, constam três categorias relacionadas ao abandono de tratamento da tuberculose: "ser pobre dificulta a adesão ao tratamento"...

Conhecimento em Enfermagem: Representações Sociais construídas por estudantes de Enfermagem

Fonseca, Ana; Lopes, M. J.; Sebastião, Luís
Fonte: Universidade de Évora Publicador: Universidade de Évora
Tipo: Aula
POR
Relevância na Pesquisa
66.56%
TÍTULO DA COMUNICAÇÃO - Conhecimento em Enfermagem: representações sociais construídas por estudantes de enfermagem TEMA E O REFERENCIAL TEÓRICO: Aprender Enfermagem, enquanto disciplina e profissão, inscreve-se num processo onde a construção de conhecimento e o desenvolvimento de competências são um desafio permanente. Partindo da questão “quais as representações sociais do conhecimento em enfermagem elaboradas por estudantes de enfermagem?” realizou-se um estudo exploratório, no qual se usou a Teoria das Representações Sociais como referencial teórico-metodológico. OBJETIVOS: Apreender a estrutura das representações sociais de conhecimento em enfermagem elaboradas por estudantes de enfermagem. Identificar o campo das representações sociais de conhecimento em enfermagem, na perspectiva dos estudantes. DESCRIÇÃO DOS PROCEDIMENTOS, INCLUINDO OS PARTICIPANTES E MÉTODO: A amostra foi constituída por 33 estudantes do 1º ano, 1º ciclo de Enfermagem, recém-admitidos na escola. A recolha dos dados foi realizada em Fevereiro 2011, através de questionário com questões que visavam a caracterização sociodemográfica e um estímulo indutor (conhecimento em enfermagem). Foram cumpridos procedimentos ético-legais...

Velhice: Representações Sociais construídas por Estudantes de Enfermagem e Idosos

Fonseca, Ana; Batanete, Ermelinda Caldeira; Lopes, M. J.; Casas-Novas, Maria Vitória; Marques, Maria do Céu
Fonte: Unidade de Investigação em Ciências da Saúde - Enfermagem Publicador: Unidade de Investigação em Ciências da Saúde - Enfermagem
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
66.56%
VELHICE-Resumo CIRS2012 Título: Velhice: Representações Sociais construídas por Estudantes de Enfermagem e Idosos Autores: Ana Maria Leitão Pinto da Fonseca, Ermelinda do Carmo Valente Caldeira Batanete, Manuel José Lopes, Maria do Céu Mendes Pinto Marques, Maria Vitória Glórias Almeida Casas-Novas Introdução: A velhice é hoje um fenómeno socialmente construído derivando dos conceitos sociais e dos estereótipos de idoso. É prática comum considerar as pessoas idosas com idade igual ou superior a 65 anos, constituindo a idade da reforma uma referência para a velhice (Spar e La Rue, 2005). Como as representações sociais precisam de tempo para se adequarem às transformações que vão ocorrendo nas sociedades, ao continuarmos a utilizar conceitos como, actividade, reforma, velhice, podemos não nos aperceber que o seu conteúdo pode ter mudado. Objetivos: Identificar as representações sociais de velhice, construídas por estudantes e idosos. Analisar a relação entre os componentes da estrutura das representações sociais na perspectiva de estudantes e de idosos. Metodologia: Estudo exploratório, no qual se usou a Teoria das Representações Sociais como referencial teórico-metodológico. A foi amostra constituída por três grupos: 24 estudantes 1º ano do 1º ciclo de Enfermagem; 35 estudantes 4º ano do 1º ciclo de Enfermagem e 24 idosos que frequentam universidade sénior. A recolha dos dados foi realizada através de questionário...

CONHECIMENTO EM ENFERMAGEM: REPRESENTAÇÕES SOCIAIS CONSTRUÍDAS POR ESTUDANTES DE FORMAÇÃO INICIAL

Fonseca, Ana; Lopes, Manuel José; Sebastião, Luís; Magalhães, Dulce
Fonte: Universidade de Évora Publicador: Universidade de Évora
Tipo: Parte de Livro
POR
Relevância na Pesquisa
66.61%
CONHECIMENTO EM ENFERMAGEM: REPRESENTAÇÕES SOCIAIS CONSTRUÍDAS POR ESTUDANTES DE FORMAÇÃO INICIAL Fonseca, A.; Lopes, M. J.; Sebastião, L., & Magalhães, D. (2013). Conhecimento em enfermagem: representações sociais construídas por estudantes de formação inicial. In Mendes, F; Gemito, L; Cruz, D., & Lopes, M. (org). Enfermagem Contemporânea. Dez Temas, Dez Debates. (pp 30-43), Nº 1. Coleção E-books. Oficinas Temáticas. ISBN:978-989-20-4162-9. Palavras chave: enfermagem; conhecimento; representações sociais; formação inicial. A aquisição e a construção pessoal do conhecimento em enfermagem resultam de processos complexos de compreensão das situações, nas quais, experiência e saber são estruturados e alvo de reflexão. O conhecimento em enfermagem que o estudante constrói ao longo do tempo, consciente da sua responsabilidade pela própria aprendizagem e num processo contínuo de desenvolvimento, há de possibilitar-lhe o desempenho profissional, pois será mobilizável, nas diversas situações, para dar resposta às necessidades de cuidados de enfermagem. A forma como os estudantes se apropriam dos saberes, como se relacionam com eles e como constroem o seu conhecimento em enfermagem está vinculada à representação que têm deste...

Burnout profissional em professores portugueses : representações sociais, incidência e preditores

Pinto, Alexandra Marques, 1963-
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em //2000 POR
Relevância na Pesquisa
66.54%
Tese de doutoramento em Psicologia (Psicologia da Educação), apresentada à Universidade de Lisboa, através da Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação, 2001; Os professores encontram-se entre os profissionais sujeitos a níveis mais elevados de stress, sendo igualmente o seu grupo profissional aquele em que os sintomas de exaustão emocional e de despersonalização, próprios do síndroma de burnout, se revelam mais frequentes em alguns países. Com este trabalho procuramos dar um contributo para o estudo do burnout profissional dos professores portugueses, da sua incidência e desenvolvimento ao longo da carreira docente, e da sua compreensão num quadro transacional em que se destacam as variáveis de stress e coping e se propõe uma articulação com as representações sociais que os docentes constroem do burnout na sua profissão (capítulos dois e três). Pretendendo afirmar a relevância de uma abordagem societal do burnout, começamos por analisar o fenómeno do burnout profissional dos professores no quadro da teoria das representações sociais. Os dois estudos empíricos desenvolvidos (capítulo três), envolvendo mais de 900 professores portugueses, permitiram-nos reconstruir e caracterizar três grandes representações sociais do burnout na docência - burnout como doença...

Representações sociais da gravidez:a experiência da maternidade em instituição

Mota, Mara Rute Rebola Pereira da
Fonte: Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas Publicador: Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 07/04/2011 POR
Relevância na Pesquisa
76.27%
Dissertação de Mestrado em Política Social; A gravidez é vista como um período de experiências ricas, cheio de expectativas e simbolismos e, potencialmente, crítico ou de crise, e de maior vulnerabilidade pessoal. Se por um lado, a gravidez corresponde a uma fase feliz da vida da mulher e do homem, através da qual ambos ascendem a uma desejada parentalidade, muitas outras são caracterizadas por vivências ou acontecimentos de vida que as marcam como períodos complexos e difíceis. Embora os conceitos de gravidez e maternidade se encontrem tendencialmente associados, representam realidades distintas e, do ponto de vista psicológico, a possibilidade de divergência nas suas vivências pode facilmente ocorrer. Várias são as situações em que o desejo de ter um filho e o desejo de ser mãe, não são coincidentes, não existindo sequer um projecto de maternidade definido. Este estudo pretende analisar de que modo as representações sociais, inerentes à gravidez, podem determinar ou condicionar um projecto de maternidade, tendo como base oito mulheres que viveram a gravidez e pós-parto em acolhimento institucional. São explorados os significados e impactos da gravidez e, em particular, a forma como estas mulheres se posicionam perante critérios e condutas valorizados...

Representações sociais sobre a delinquência juvenil: estudo comparativo entre duas amostras de estudantes pós-graduados

Vieira, Sandra Maria Nogueira
Fonte: Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas Publicador: Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 14/02/2014 POR
Relevância na Pesquisa
76.32%
Tese de Mestrado em Antropologia; O presente estudo pretende compreender as representações sociais da delinquência juvenil sob a perspetiva de duas amostras distintas de estudantes pós-graduados: os alunos da Pós- Graduação em Antropologia Biológica e Forense (ABF) e os alunos da Pós-Graduação em Criminologia e Reinserção Social (CRS), da Universidade de Lisboa - Instituto Superior de Ciências Sociais e Politicas (UL-ISCSP), no ano letivo 2011/2012. O nosso universo foi constituído pelos estudantes das duas Pós-Graduações já mencionadas (N(ABF)= 09 e N(CRS)=06). Enquanto no primeiro caso (ABF) foi possível trabalhar com o universo (N=09/09), no segundo (CRS) apenas uma amostra respondeu ao questionário em questão (N=05/06). Com a aplicação do questionário pretendemos compreender qual a imagem que os estudantes constroem sobre a delinquência juvenil, isto é, sobre a prática de factos antissociais na fase da adolescência. Na generalidade a amostra dos estudantes da PG-CRS revelou ser menos tolerante comparativamente à amostra de estudantes da PG-ABF, no que respeita aos comportamentos dos adolescentes que transgridem as normas sociais. Ambas demonstram estar conscientes da gravidade que a delinquência representa na adolescência...

Identidades sociais e representações sociais dos adolescentes acerca da SIDA

Pereira, Maria Gouveia; Amaral, Virgílio Ribeiro; Soares, Susana
Fonte: Instituto Superior de Psicologia Aplicada Publicador: Instituto Superior de Psicologia Aplicada
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //1997 POR
Relevância na Pesquisa
66.57%
O objectivo desta investigação é estudar as representações sociais dos adolescentes acerca da sida e a maneira como as referidas representações são influenciadas pela identificação social dos adolescentes. Relativamente as representações sociais estuda-se a ancoragem sociológica (na variável sexo), seguindo as ideias de Doise (1992), segundo o qual as posições que os sujeitos ocupam nas relações sociais que partilham influenciam a formação de representações. Estuda-se também a ancoragem psicossociológica: nas representações das relações intergrupais pela activação das categorias: heterossexuais, homossexuais e toxicodependentes, em consignes apropriadas. Induzindo-se assim, a evocação da relação seja com um grupo não considerado de risco - heterossexuais, seja com grupos considerados de risco - homossexuais e toxicodependenjes. E objectivo deste trabalho estudar a influência das identidades nas representações sociais, de acordo com Vala (1990) as identidades sociais condicionam e explicam as representações sociais que os indivíduos formam sobre determinado objecto, investiga-se que variáveis (sexo, distâncias aos grupos - ingroup (amigos) e outgroups (homossexuais e toxicodependentes)) são preditoras das representações dos adolescentes acerca da sida...

O bom aluno nas representações sociais de professoras da rede municipal de ensino do Recife.

Maria de Lima, Andreza; Bezerra Machado, Laêda (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
66.58%
O objetivo desta pesquisa foi analisar as representações sociais do bom aluno construídas por professoras dos anos iniciais do Ensino Fundamental da Rede Municipal da cidade do Recife/PE. Partimos do pressuposto de que novas práticas sociais educacionais estariam interferindo nessas representações. Auxiliaram-nos na leitura do nosso objeto de pesquisa autores como Freire (1988; 2006), Libâneo (2006), Saviani (2005; 2005a) e Patto (1993). O referencial teórico-metodológico da investigação foi a Teoria das Representações Sociais originada por Serge Moscovici e a Teoria do Núcleo Central iniciada por Jean-Claude Abric. A metodologia adotada circunscreve-se na abordagem de natureza qualitativa. Segundo Abric, o conteúdo das representações sociais se estrutura internamente em um sistema central, de caráter estável, rígido e consensual e um periférico, de caráter mutável, flexível e individual. Por isso, a análise das representações sociais exige que sejam conhecidos seus três componentes: conteúdo, estrutura interna e núcleo central. Para conhecê-los realizamos dois estudos, sendo que o segundo foi desenvolvido em duas fases. Participaram do primeiro estudo duzentas professoras. Deste grupo foram selecionadas vinte para participar do segundo. No primeiro estudo utilizamos como procedimento de coleta a Associação Livre de Palavras e...

A construção das representações sociais na relação da polícia militar e a sociedade Aracajuana

Mendonça, Rildo César Menezes
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais; Desenvolvimento Regional; Cultura e Representações Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais; Desenvolvimento Regional; Cultura e Representações
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
76.46%
In recent years, issues involving public safety have gained more prominence in scientific debates, the media, and common sense, because undoubtedly the feeling of fear and insecurity caused by the increase in violence overall, has spread like construction element of social representations, both in individual levels, as well as collectively. Violence is a social phenomenon existing in human manifestations, from the older societies, ie it was present in all historical periods, but in different ways in the subjective and objective, having had the task of being the central element in modeling process for the formation of individual behavior, both in older societies as in modern society. However, it has a peculiar feature of acquiring new contours to the extent that the individual and collective behaviors are modified in relation individual-violence. In this sense, the institutions that establish the order from the control of violence, have their social representations in the context of social relationships permeated by elements of violence, fear and insecurity, that shift the subjective feeling of insecurity, or existential, for a concrete plan and goal, namely to the level of physical insecurity in daily life in the modern world. The objective of this study was to capture the construction of social representations of the population in Aracaju on the police institution and the figure of the policeman in the contemporary context. We focus our attention only to the institutions of order...

Ambiente pesqueiro e saúde: representações sociais sobre saúde e doença de pescadores e marisqueiras nos distritos de Diogo Lopes, Barreiras e Sertãozinho Macau RN

Silva, Arkeley Xenia Souza da
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais; Desenvolvimento Regional; Cultura e Representações Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais; Desenvolvimento Regional; Cultura e Representações
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
76.46%
According to Brazil s Ministry of Fisheries and Aquaculture, artisanal fishermen are responsible for a significant fish production at national level, highlighting the importance of this activity. In Rio Grande do Norte State, Brazil, fishing has become an important part of economic and social processes. In this context, there are many inland fishing communities such as Barreiras, Diogo Lopes and Sertãozinho, which are part of Ponta do Tubarão State Reserve of Sustainable Development (RDSEPT), located in Macau and Guamaré, Rio Grande do Norte coastline cities. Fishermen and women, the last ones known as marisqueiras who work alongside the menfolk at sea, especially in the shellfish harvest, have been developing narrow relationships with nature, mainly with the sea, from where they extract their families subsistence. However, those communities have been facing several issues related to living conditions, health and diseases. Social representations have been analyzed in the speeches of fishermen/women who were registered active members in a fishermen association named Associação Colônia de Pescadores Z-41, regarding the period from 2008 to 2011. The analysis involved socio-economic profiles verification, identification and analysis of the group s main representative diseases and representations related to health and illness. This study searched for elements in order to provide the comprehension of the relationships among people s social representations and the fishing environment in which they live.. This qualiquantitative study was performed using recordings and transcriptions of structured and open-question interviews. The Collective Subject Speech tecnique proposed by Lefevre & Lefevre (2002) was applied to perform the interviews analysis using QualiQuantiSoft® software. The results showed that health and illness phenomena as well as social representations related to them in the fishing environment are not only abstract states but also physical ones...

Representações sociais da escola em produções de alunos do Ensino Fundamental; School's social representations based on elementary school student's activities

Cinthia Vieira Brum Lima
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 17/12/2014 PT
Relevância na Pesquisa
66.53%
Este estudo investiga as representações sociais de escola em produções de alunos do Ensino Fundamental de uma escola pública municipal em Campinas, SP. Está ancorado na Teoria das Representações Sociais (TRS), do franco-romeno Serge Moscovici, que parte dos estudos sobre Representações Coletivas de Durkheim para elaborar o conceito de representações sociais. Moscovici elege a TRS como o cerne da Psicologia Social. Está relacionada ao conhecimento do/elaborado pelo senso comum, com a finalidade de comunicação e orientação de comportamentos. Sendo a escola uma das instituições marcantes na vida do sujeito social, investigar as representações ali formadas sobre a própria instituição torna-se relevante. Inúmeros são os trabalhos que abordam as representações sociais sobre a escola ou elementos do universo escolar, formadas por educadores, no exercício da profissão, ou por estudantes universitários. Porém, os trabalhos que versam sobre as ideias, concepções, discursos e representações das crianças, "usuárias" diretas desta instituição aqui problematizada, são em menor quantidade, conforme se constata na literatura; neste cenário, dar voz aos alunos torna-se relevante. Foram então analisadas produções "livres" e direcionadas de alunos do 5º ano do Ensino Fundamental. A análise foi baseada nos pressupostos da pesquisa de cunho qualitativo...

Representações sociais do diabetes e do cuido de mulheres na gestação

Dias, Heloisa Helena Zimmer Ribas
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 259 p.| il.
POR
Relevância na Pesquisa
66.54%
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Enfermagem, Florianópolis, 2015.; Estudo exploratório-descritivo, com abordagem qualitativa, com o objetivo de conhecer as representações sociais do diabetes para mulheres que o vivenciam na gestação e suas contribuições para o cuidado em Enfermagem e Saúde. A fundamentação teórica baseia-se na Teoria das Representações Sociais na perspectiva de Moscovici. Foi desenvolvido com 30 gestantes, sendo 18 diagnosticadas com diabetes gestacional e 12 com diabetes pré-existente à gestação. Os dados foram coletados em uma maternidade pública de referência terciária para atenção obstétrica no Sul do Brasil, no período de março a setembro de 2014, com utilização de técnica de entrevista semiestruturada em profundidade, gravadas em mídia digital e transcritas. Como procedimento analítico, adotou-se a análise de conteúdo de Bardin, compreendendo as seguintes etapas: pré-análise, exploração do material ou codificação, tratamento dos resultados obtidos e interpretação. O projeto de pesquisa foi aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa com Seres Humanos da Universidade Federal de Santa Catarina (Parecer nº 550.604) e da instituição onde o estudo foi realizado (Parecer nº 605.218-0). A tese resultou em três manuscritos. O primeiro constituiu-se numa revisão integrativa de literatura que objetivou identificar contribuição de pesquisas em âmbito nacional e internacional sobre representações sociais do diabetes de mulheres que o vivenciam a gestação...

Representações sociais de ciclos de aprendizagem entre estudantes de pedagogia; SALIÊNCIA DAS REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DE CICLOS DE APRENDIZAGEM ENTRE ESTUDANTES DE PEDAGOGIA; Social representations of learning cycles among undergraduates in education

Machado, Laeda Bezerra; UFPE; Freire, Suelen Batista; UFPE
Fonte: Linhas Críticas; Critical Lines Publicador: Linhas Críticas; Critical Lines
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 25/09/2013 POR
Relevância na Pesquisa
66.54%
Este artigo tem como objetivo delinear o possível núcleo central das representações sociais de ciclos de aprendizagem entre estudantes de Pedagogia. O referencial de base foi a teoria das representações sociais, particularmente a abordagem estrutural proposta por Abric (1998). Realizouse a pesquisa com 200 estudantes em diferentes estágios de formação na Universidade Federal de Pernambuco. O procedimento de coleta foi a técnica de associação livre, cujas palavras resultantes foram tratadas com o software EVOC. Os resultados sugerem que os estudantes estão construindo representações sociais que se distanciam dos princípios norteadores da proposta dos ciclos de aprendizagem.; Este artigo tem como objetivo delinear o possível núcleo central das representações sociais de ciclos de aprendizagem entre estudantes de Pedagogia. O referencial de base para o estudo foi a Teoria das Representações Sociais, particularmente a abordagem estrutural proposta por Abric (1998). A pesquisa foi realizada junto a 200 estudantes em diferentes estágios de formação no curso de Pedagogia da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). O procedimento de coleta foi a técnica de associação livre de palavras. Tratamos o material com o suporte do software EVOC...

Representações sociais da Matemática: A bela ou o monstro?

Ramos,Madalena
Fonte: Editora Mundos Sociais Publicador: Editora Mundos Sociais
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2004 PT
Relevância na Pesquisa
76.27%
Quer seja nos meios de comunicação social, quer seja em conversas ouvidas entre amigos, todos os dias deparamos com referências à matemática, em particular ao insucesso escolar que aí se regista e à "aversão" que um conjunto bastante vasto de pessoas sente por ela. Na tentativa de perceber como se constrói esta valorização negativa da disciplina surge como imperioso o conhecimento das representações sociais da matemática. Um inquérito por questionário, aplicado a uma amostra de alunos do 9.º ano do concelho de Lisboa, permitiu concluir que aquilo que mais sobressai na sua relação com a matemática é o sentimento de insegurança face ao seu elevado nível de dificuldade, que coexiste com o reconhecimento da sua importância e utilidade.

Identidades sociais e representações sociais dos adolescentes acerca da SIDA

Pereira,Maria Gouveia; Amaral,Virgílio; Soares,Susana
Fonte: Instituto Superior de Psicologia Aplicada Publicador: Instituto Superior de Psicologia Aplicada
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/1997 PT
Relevância na Pesquisa
66.57%
O objectivo desta investigação é estudar as representações sociais dos adolescentes acerca da sida e a maneira como as referidas representações são influenciadas pela identificação social dos adolescentes. Relativamente às representações sociais estuda-se a ancoragem sociológica (na variável sexo), seguindo as ideias de Doise (1992), segundo o qual as posições que os sujeitos ocupam nas relações sociais que partilham influenciam a formação de representações. Estuda-se também a ancoragem psicossociológica: nas representações das relações intergrupais pela activação das categorias: heterossexuais, homossexuais e toxicodependentes, em consignes apropriadas. Induzindo-se assim, à evocação da relação seja com um grupo não considerado de risco - heterossexuais, seja com grupos considerados de risco - homossexuais e toxicodependentes. É objectivo deste trabalho estudar a influência das identidades nas representações sociais, de acordo com Vala (1990) as identidades sociais condicionam e explicam as representações sociais que os indivíduos formam sobre determinado objecto, investiga-se que variáveis (sexo, distâncias aos grupos - ingroup (amigos) e outgroups (homossexuais e toxicodependentes)) são preditoras das representações dos adolescentes acerca da sida...