Página 1 dos resultados de 1857 itens digitais encontrados em 0.004 segundos

Psicoterapia breve de problemas conjugais : informatização de registros na clínica institucional; Brief psychotherapy of marital conflict : informatization of reports in institutional clinic

Dantas, Martha Serôdio
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 31/08/2007 PT
Relevância na Pesquisa
37.29%
A pesquisa tem como objetivo reformular uma base de dados, desenvolvida e utilizada pela equipe do Laboratório de Estudos da Conjugalidade (LEC): atendimento em Psicoterapia Breve. Esta base de dados informatizada é um instrumento que visa aprimorar a forma de registro de material clínico de atendimentos em psicoterapia breve para fins clínico-institucionais e de pesquisa o que, como decorrência, contribuirá também com o serviço de psicoterapia na clínica institucional. O projeto de pesquisa foi elaborado a partir da experiência da autora nas atividades clínicas que desenvolve como psicóloga na Clínica Psicológica do Instituto Sedes Sapientiae (ISS), mais especificamente no LEC. A autora realiza atendimentos em psicoterapia breve nas modalidades individual e casal, participa das supervisões e discussões de caso em grupo e de grupos de estudos com a equipe do referido Laboratório. Os atendimentos clínicos seguem a fundamentação teórica e técnica baseada principalmente nos autores: Winnicott, Malan, Gilliéron, Bergeret e Hegenberg. Utilizando como metodologia qualitativa a análise de conteúdo proposta por Bardin e Turato, e tendo como documentos para análise os registros realizados pelos psicoterapeutas no período de outubro de 1999 a julho de 2004...

Psicoterapia: possibilidades de depreensão da imagem do sujeito discursivo; Psicoterapia: possibilidades de depreensão da imagem do sujeito discursivo

Moraes, Luciana Soman
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 14/05/2010 PT
Relevância na Pesquisa
37.29%
A Semiótica greimasiana é formulada como uma teoria da significação, cuja preocupação principal é explicitar as condições de apreensão e da produção do sentido, sob a forma de construção conceitual. Partimos do postulado saussuriano segundo o qual a significação é entendida como a criação e/ou apreensão das diferenças. A busca do sentido partiu, na presente pesquisa, de um objeto empírico, entendido como o enunciado da sessão de psicoterapia. Utilizamos o percurso gerativo de sentido como instrumento teórico-metodológico, que possibilitou a depreensão do estilo; a) gênero sessão de psicoterapia; b) do psicoterapeuta de uma das sessões. Outros três pilares teóricos empregados foram o conceito de gênero discursivo de Bakhtin, o conceito de éthos da Análise do Discurso de linha francesa e o estudo da prosódia, tal como encontrado em Carmo Jr. Pela análise do gênero discursivo, sugerimos que o diálogo da psicoterapia tem como característica principal o embasamento científico. Ter a "Análise do Comportamento" de base skinneriana como discurso fundador é um dos principais quesitos que torna o gênero psicoterapia diferente de outro gênero conversacional. A esfera de circulação do gênero engloba o discurso enquanto ciência do comportamento humano...

Delineamento experimental de caso único: a psicoterapia analítica funcional com dois clientes difíceis; Single-case experimental design: Functional Analytic Psychotherapy with two difficult clients

Oshiro, Claudia Kami Bastos
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 01/08/2011 PT
Relevância na Pesquisa
37.29%
A psicoterapia analítica funcional (FAP) foi criada no final da década de oitenta por Kohlenberg e Tsai como uma tentativa de explicar em termos analítico-comportamentais a interação terapêutica como instrumento capaz de promover mudanças comportamentais. Atualmente, este tipo de psicoterapia vem obtendo validação empírica e está se consolidando com uma psicoterapia eficaz para os casos clínicos considerados difíceis, que geralmente são aqueles que apresentam algum tipo de dificuldade nos relacionamentos interpessoais. Entretanto, há escassez de trabalhos que mostram as variáveis do processo terapêutico, ou seja, variáveis do terapeuta e do cliente que favorecem e/ou dificultam o andamento da terapia e os processos e procedimentos responsáveis pela mudança comportamental do cliente. Diante deste cenário, o presente trabalho teve como objetivo avaliar os efeitos de introdução e retirada das intervenções FAP sobre as seguintes categorias criadas a partir de observações clínicas da pesquisadora de alguns comportamentos em sessão (comportamentos clinicamente relevantes, CCRs) que estariam dificultando o andamento da psicoterapia com clientes difíceis: 1) verborragia, 2) falta de correspondência com a fala do terapeuta...

Avaliação de resultados da psicoterapia psicanalítica em um serviço de atendimento de Porto Alegre

Jung, Simone Isabel
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.32%
Introdução: A avaliação da efetividade das psicoterapias teve seu início com o próprio Freud, através do estudo de caso único, no seu trabalho Estudos sobre a Histeria. Desde esta época até nossos dias, a pesquisa psicanalítica tem aprimorado sua metodologia e ampliado, significativamente, o número de estudos. No entanto, o número de pesquisas de resultados ainda é reduzido, principalmente na América Latina. Objetivos: Esta dissertação tem como objetivo geral avaliar a efetividade da psicoterapia psicanalítica, em pacientes adultos, que realizaram psicoterapia em um serviço de atendimento comunitário de Porto Alegre, através da opinião de experts e a dos próprios pacientes. Examinar a correlação entre a duração do tratamento e o resultado e entre a opinião dos pacientes e a de experts em psicoterapia psicanalítica, foram os objetivos específicos. Metodologia: A amostra foi constituída por 34 pacientes que terminaram seus tratamentos entre dezembro de 1999 e julho de 2005 e, no mínimo, seis meses antes da inclusão na pesquisa: Grupo 1- 17 pacientes que realizaram tratamento por até 11 meses e Grupo 2- 17 pacientes com um ano ou mais de psicoterapia. Os instrumentos utilizados foram: entrevista semiestruturada...

Contribuições da psicoterapia breve pais-bebê para a conjugalidade e para a parentalidade em contexto de depressão pós-parto; Contributions of a brief parent-infant psychotherapy to conjugality and parenthood in the context of postpartum depression

Frizzo, Giana Bitencourt
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.35%
O presente estudo investigou a conjugalidade e a parentalidade durante uma psicoterapia breve pais-bebê, em famílias em que a mãe apresentava depressão pós-parto. Participaram do estudo duas famílias com mães deprimidas, com base no Inventário Beck de Depressão e em uma entrevista diagnóstica. Os pais não apresentavam depressão. Foi utilizado um delineamento de estudo de casos, a fim de se analisar o processo de mudança ao longo de três momentos da psicoterapia: entrevistas iniciais, sessões de psicoterapia e avaliação final. Ao todo foram realizados 14 encontros com a primeira família atendida e 18 com a segunda. Todos os encontros foram filmados e transcritos para fins de análise, que foi baseada em duas categorias: conjugalidade e parentalidade. Os resultados revelaram que a conjugalidade e a parentalidade estavam sendo experienciadas com dificuldades pelas famílias atendidas. No entanto, isso não se traduziu necessariamente em interações disfuncionais entre a mãe e o bebê. Apesar das particularidades de cada família atendida, os resultados da psicoterapia foram bastante positivos, com relatos de mudanças tanto na conjugalidade como na parentalidade, já a partir da quarta sessão de psicoterapia. Nos dois casos também se observou que eventos significativos na história de vida das mães estavam intimamente relacionadas com as dificuldades após o nascimento do bebê...

Abandono em Psicoterapia Psicanalítica : estudo qualitativo

Jung, Simone Isabel
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.37%
Esta tese teve como objetivo geral analisar o fenômeno do abandono em psicoterapia psicanalítica (PP) através de metodologia qualitativa. Para tanto, três artigos foram realizados identificando características de inicio e término de tratamento de pacientes adultos classificados por seus psicoterapeutas como pacientes que abandonaram a PP, em um serviço de atendimento da cidade de Porto Alegre/Brasil, cujo objetivo principal é a formação de especialistas em PP. Foi utilizado em todos os estudos o método de Bardin (1995) para analisar o conteúdo das entrevistas iniciais de tratamento, encontradas no arquivo do serviço de atendimento, e das entrevistas pós-tratamento realizadas pela autora da tese. O primeiro artigo apresenta a análise do tratamento de seis mulheres que abandonaram a PP. Objetivos pouco claros de tratamento, fraca disposição para mudar, sinais precoces de transferência negativa e resistência, e ausência de reconhecimento da própria participação nos problemas são fatores que surgiram no início da psicoterapia. Ganhos terapêuticos, insatisfação e resistência durante o processo psicoterapêutico pareceram estar associados ao abandono. O segundo artigo revela os achados dos tratamentos de cinco pacientes que abandonaram a PP e de cinco que a completaram. Pacientes que abandonaram a PP apresentaram no início do tratamento: objetivos e expectativas focalizadas...

Discussão dos principais livros-textos que influenciaram a pratica clinica dos grupos de psicoterapia de criança no setor de saude mental infantil da UNICAMP

Regina Celia Ciriano Calil
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 22/11/1996 PT
Relevância na Pesquisa
37.29%
Os grupos de psicoterapia de criança desenvolvidos no ambulatório do Setor de Saúde Mental Infantil, ligado ao Departamento de Psiquiatria e Psicologia Médica da Faculdade de Ciências Médicas da Unicamp, originaram-se da necessidade da prática clínica e de estudos teóricos concernentes à psicoterapia de grupo de adultos, à psicoterapia de grupo de criança e à psicoterapia infantil individual - em especial, à técnica de ludoterapia - apoiando-se na linha de pensamento psicodinâmico e psicanalítico. A presente dissertação, teve como objetivo realizar um estudo teórico-crítico dos principais livros textos que influenciaram o desenvolvimento dos grupos de psicoterapia de criança no Setor Infantil, usando, como fonte primária para reflexão, os pontos teóricos e técnicos de maior importância abordados pelos autores desses livros. Após ter sido realizada a introdução, enfocando o tema proposto, os objetivos e os caminhos metodológicos percorridos nessa dissertação, no segundo capítulo foi descrito, de modo sucinto, o contexto ambulatorial do Setor Infantil e as bases teóricas mais gerais utilizadas em seu funcionamento clínico, bem como um pequeno histórico dos grupos de psicoterapia infantil desenvolvidos pelo Setor de 1987 a 1990. Posteriormente...

Narrative change in psychotherapy; Mudança narrativa em psicoterapia

Ferreira, Tiago Bento da Silva
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Tese de Doutorado
ENG
Relevância na Pesquisa
37.29%
This thesis focuses on the processes of narrative change in psychotherapy. Previous reviews of the processes of narrative change in psychotherapy concluded that a general theory that details narrative concepts appropriate to understand psychotherapy processes, explains the dynamic processes between narratives, and how they relate to positive outcomes is needed. This thesis addresses this issue by suggesting a multi-layered model that accounts for transformations in different layers of narrative organization. Accordingly, a model was specified that considers three layers of narrative organization: a micro-layer of narrative innovations that disrupt the clients’ usual way of construct meaning from life situations (innovative moments), a meso-layer of narrative scripts that integrate these narrative innovations in narrative scripts that consolidate its transformative potential (protonarratives), and, finally, a macro-layer of clients’ life story (self-narrative). Globally, the empirical studies provided support for the conceptual plausibility of this model and to the specific hypothesis that were formulated on its basis. Our observations complement previous research that had underlined the integrative processes either by emphasizing thematic coherence or integration...

Alta em psicoterapia psicanalítica de crianças

Paez, Izabel Cristina
Fonte: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre Publicador: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre
Tipo: Dissertação de Mestrado
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
37.47%
Esta dissertação foi composta por dois estudos, conforme as regras do Programa de Pós-Graduação em Psicologia da Faculdade de Psicologia da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul – PUCRS. A revisão sistemática de literatura, primeiro estudo, intitulado Considerações sobre alta de crianças após triagem e a definição de alta em psicoterapia psicanalítica de crianças, teve por objetivo analisar estudos sobre alta em psicoterapia psicanalítica de crianças. Para isto, foi consultada, de forma sistemática, por intermédio de palavras-chave, descritores e termos utilizados para a alta ou relacionados a esta, literatura sobre alta em psicoterapia psicanalítica de crianças nas bases de dados eletrônicas INDEXPSI, LILACS, MEDLINE (PubMed), PEPSIC, PsycINFO e SciELO. Os resultados mostraram ausência de estudos sobre alta em psicoterapia psicanalítica de crianças realizada em atendimento ambulatorial, porém foi identificado um estudo, considerado revelador, quanto à alta de crianças após triagem para psicoterapia que permitiu refletir sobre o momento em que a alta pode acontecer e sobre a definição de alta em psicoterapia psicanalítica de crianças. Além disso, os resultados demonstraram pesquisas sobre alta em terapia com paciente hospitalar de forma geral e pesquisas sobre abandono de psicoterapia. Desta forma...

Avaliação dos resultados da psicoterapia psicanalítica com crianças

Deakin, Elisabeth Kuhn
Fonte: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre Publicador: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre
Tipo: Tese de Doutorado
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
37.35%
Esta tese objetivou fazer uma revisão sobre a pesquisa em psicoterapia com crianças, mas especificamente a psicoterapia psicanalítica, bem como investigar a efetividade e o abandono prematuro desta modalidade de atendimento. Para tanto foram elaborados três estudos. O primeiro é um trabalho de revisão sobre os modelos de investigação mais utilizados na atualidade para avaliar resultados de psicoterapia: o modelo de estudo de eficácia e o modelo de estudo de efetividade. O segundo é uma pesquisa empírica sobre os resultados da psicoterapia psicanalítica individual com crianças em um ambulatório de Porto Alegre, RS. Neste estudo foram aplicados três testes psicológicos com 23 crianças de 6 a 11 anos (WISC III, Bender-Gestáltico e Rorschach) e um questionário auto-administrado (CBCL) com os pais ou responsáveis. Todos os testes foram aplicados antes da intervenção psicoterápica psicanalítica e, novamente, após 12 meses da primeira avaliação seguindo os mesmos princípios metodológicos. As 23 crianças que receberam atendimento psicoterápico psicanalítico foram comparadas com 22 crianças do mesmo sexo, idade e resultado total do CBCL que não receberam tratamento. Neste estudo, foram encontradas diferenças positivas estatisticamente significantes no grupo clínico que recebeu intervenção psicoterápica nas seguintes variáveis: redução dos sintomas de ansiedade (. 002) e problemas escolares (. 031); melhora das relações interpessoais medidas pelo Rorschach (. 022); melhora nas escalas de retraimento (. 010)...

Abandono de tratamento na psicoterapia psicanalítica de crianças

Gastaud, Marina Bento
Fonte: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre Publicador: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre
Tipo: Dissertação de Mestrado
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
37.37%
A presente dissertação de Mestrado é composta por dois estudos, seguindo as normas do programa de Pós-Graduação em Psicologia da PUCRS. O primeiro estudo é uma revisão de literatura intitulada Abandono de Tratamento na Psicoterapia Psicanalítica: Em Busca de Definição, que teve por objetivos: 1) problematizar a dificuldade de definir abandono de tratamento nas diversas abordagens de psicoterapia; 2) refletir sobre os critérios utilizados nas diferentes definições encontradas na literatura nacional e internacional e 3) propor uma definição de abandono para a psicoterapia psicanalítica. Foi realizada uma busca nas bases de dados SciELO, Lilacs, Medline e PsycINFO para verificar o número de estudos sobre abandono de psicoterapia e obteve-se um total de 2. 207 ocorrências, o que indica possivelmente a relevância do tema. Entretanto, pesquisas destinadas a entender o fenômeno mostram-se contraditórias e de difícil generalização, pois há distintas definições de “abandono de tratamento” utilizadas pelos pesquisadores. Espera-se, com este artigo, dar um passo inicial na construção de uma definição útil tanto para a pesquisa como para a prática clínica.O segundo estudo, Preditores de Abandono de Tratamento na Psicoterapia Psicanalítica de Crianças...

Processo de mudança em psicoterapia psicanalítica

Cassel, Paula Argemi
Fonte: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre Publicador: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre
Tipo: Dissertação de Mestrado
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
37.35%
A pesquisa do processo em psicoterapia estuda como ocorrem as mudanças ao longo do tratamento. Seu exame compreende a interação psicoterapêutica e os momentos significativos de mudança vivenciados pelo paciente, elementos estes fornecidos por registros objetivos nas sessões psicoterapêuticas. Nesse contexto, o objetivo desse estudo foi examinar momentos de mudança em psicoterapia psicanalítica. Para isso, foram realizados dois estudos, um teórico e um empírico, apresentados na forma de duas seções. O artigo teórico descreve, através de revisão assistemática da literatura sobre pesquisa em psicoterapia, o que se constitui psicoterapia psicanalítica e as características da pesquisa baseada em evidência em processo psicoterapêutico. Apresenta também justificativas para se realizar esse tipo de estudo e métodos de pesquisa em psicoterapia. A seção empírica examinou momentos de mudança em psicoterapia psicanalítica através da análise de três sessões, representativas de início, meio e fim de tratamento: a primeira, 12ª e 18ª de um processo de 21 sessões de psicoterapia psicanalítica. O delineamento foi de estudo de caso único sistemático (ECS) com abordagem qualitativa e naturalística. Para tanto, foi utilizado o Instrumento para Avaliação de Sessões Psicanalíticas (IASP) para verificar a aderência de cada sessão psicoterapêutica à técnica psicanalítica e garantir que o processo psicoterapêutico realmente se configurou como psicoterapêutico psicanalítico...

Momentos associados à mudança em psicoterapia psicanalítica de adultos

Sanchez, Lívia Fração
Fonte: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre Publicador: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre
Tipo: Dissertação de Mestrado
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
37.41%
A presente dissertação tem como tema a Mudança em Psicoterapia Psicanalítica e está composta por dois estudos, conforme as regras do Programa de Pós-Graduação em Psicologia da Faculdade de Psicologia da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS). O primeiro estudo que compõe essa dissertação é uma revisão de literatura, intitulado Pesquisa de processo em Psicoterapia Psicanalítica, que teve como objetivo realizar uma revisão de literatura sobre psicoterapia psicanalítica e pesquisa de processo em psicoterapia, destacando-se a psicoterapia psicanalítica. Para esse estudo, foram realizadas buscas bibliográficas em diversas bases de dados, tais como SciELO, Lilacs, PsycInfo e IndexPsi. Embora haja uma lacuna entre pesquisa e clínica, os resultados da busca permitiram concluir que internacionalmente há muitos estudos nesta área, mas que existe uma carência de estudos brasileiros em psicoterapia psicanalítica, assim como em outras modalidades de psicoterapia. A pouca quantidade de pesquisas, no Brasil, a respeito do processo e do resultado em psicoterapia manifesta a não tradição de estudos nacionais desse caráter e, por isso mesmo, tornam-se necessários e relevantes os esforços para unir clínicos e pesquisadores na pesquisa em psicoterapia...

Epidemiología de la psicoterapia en una red compleja de atención a la salud mental en las Áreas 3 y 9 de la Comunidad de Madrid a partir del registro acumulativo de casos psiquiátricos (RACP)

Cabrera Velázquez, Claudio
Fonte: Universidade de Alcalá Publicador: Universidade de Alcalá
Tipo: info:eu-repo/semantics/doctoralThesis; info:eu-repo/semantics/acceptedVersion Formato: application/pdf
SPA
Relevância na Pesquisa
37.42%
Introducción: La cartera de servicios del SNS incluye la psicoterapia como una prestación del sistema. No hay en la actualidad información fiable sobre cómo se está utilizando la psicoterapia en el SNS. Se pretende con el presente estudio aportar información sobre la Epidemiología de la Psicoterapia a lo ya existente sobre este tema, que es poco. Hay evidencia de las ventajas que ofrecen los tratamientos psicoterapéuticos en el tratamiento de muchos trastornos psiquiátricos y existe evidencia de una redundancia económica positiva derivada del uso de la psicoterapia. Material y métodos: Disponemos para nuestro estudio de las asistencia prestada a todos los pacientes atendidos en los Servicios de Salud Mental de las áreas de salud 3 y 9 de la Comunidad de Madrid desde el momento del inicio de los registros informáticos (1986 en el Área 9 y 1990 en el Área 3), hasta el 31 de diciembre de 2005. Los registros estudiados contienen información asistencial sobre unos 50.000 y 80.000 pacientes, respectivamente con un total de 1.444.667 contactos asistenciales. La información se ha recabado a través del RACP ( Registro acumulativo de casos psiquiátricos) y se ha almacenado en archivos informáticos para su manejo. Conclusiones: En los servicios de salud metal estudiados la psicoterapia se utiliza en un porcentaje muy elevado de los pacientes (63...

Classes de comportamentos constituintes de intervenções de psicólogos no subcampo de atuação profissional de psicoterapia com apoio de cães

Garcia, Murilo Pereira
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: xiv, 362 f.| il., graf.
POR
Relevância na Pesquisa
37.41%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Filosofia e Ciências Humanas. Programa de Pós-Graduação em Psicologia.; O cão foi a primeira espécie animal a ser domesticada. O início dessa interação remonta há aproximadamente 12 mil anos atrás. Com o passar dos anos sua relação com os seres humanos foi se estreitando em função das múltiplas funções que esse animal poderia exercer para o benefício do homem. Inicialmente como fonte de alimento ou sinalizador para a presença de predadores, as possibilidades de funcionalidade foram se ampliando para caça, guarda, pastoreio, proteção, locomoção, ajudante de pessoas com deficiência e também para companhia. Por volta do século XVIII alguns pensadores perceberam decorrências dessa interação entre seres humanos e animais como tendo efeitos benéficos sobre o comportamento humano. Nessa época cães e outros pequenos animais começaram a ser utilizados como parte de políticas terapêuticas em instituições para "doentes mentais". Contudo, foi só a partir de um incidente na década de 1960, quando o cão do psiquiatra norte americano Boris Levinson o auxiliou a estabelecer contato com um garoto muito retraído, que essa interação e o efeito terapêutico dela começaram a ser examinados com maior interesse. Os estudos sobre a interação homem-animal avançaram e procedimentos de intervenção começaram a ser realizados por vários tipos de profissionais com relação a vários tipos de necessidades. Apesar das pesquisas e trabalhos realizados há mais de 40 anos...

Criação e aplicação de instrumento para verificação de aderência à técnica psicanalítica em sessões de psicoterapia

Almeida, Ellen Alves de
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.41%
Introdução: A pesquisa em psicoterapia carece de métodos que visem garantir a aderência à técnica psicanalítica em sessões de psicoterapia. Tal fato é um potencial gerador de vieses em pesquisas de resultados. A padronização e manualização dos tratamentos restringem a técnica e afastam o tratamento daquele aplicado na realidade. Objetivos: Desenvolver um instrumento confiável e de fácil aplicação a fim de verificar se determinada sessão pode ser considerada como psicanalítica e realizar análises iniciais em relação à confiabilidade do instrumento (Artigo 1). Além disso, pretende-se testar se o instrumento é capaz de diferenciar sessões de psicoterapia psicanalítica de outros tipos de psicoterapia (Artigo 2). Métodos: O estudo foi dividido em 5 fases: fase 1- seleção do conjunto de itens, através de grupos focais e construção das sentenças; fase 2 – testes preliminares com aplicação em sessões transcritas de psicoterapia psicanalítica e terapia cognitivo-comportamental (TCC) por 5 avaliadores, problemas discutidos em grupos focais; fase 3- cálculo da consistência interna e confiabilidade inter-avaliadores, utilizando-se 16 sessões de psicoterapia psicanalítica (avaliadas por experts), 2 típicas de TCC e 2 típicas de terapia interpessoal (TIP) provindas da literatura...

Children treated in psychoanalytical psychotherapy for learning problems; Niños atendidos por problemas de aprendizaje en la psicoterapia psicoanalítica; Crianças atendidas por problemas de aprendizagem em psicoterapia psicanalítica

Alves, Camila Pereira; Machado, Cassio Andrade; Gastaud, Marina Bento; Nunes, Maria Lucia Tiellet
Fonte: Universidade do Rosário Publicador: Universidade do Rosário
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
Publicado em 27/06/2013 SPA
Relevância na Pesquisa
37.35%
A clinical psychotherapy needs to turn its gaze to the current demands, and update its practice in empirical studies. The objective of this research is to ascertain the sociodemographic and clinical characteristics of children treated in psychotherapy by learning problems. We conducted a retrospective documentary study with records of 2106 children treated between 1979 and 2007 in two outpatient psychological care of the city of Porto Alegre, southern Brazil. The results showed that demand for Learning Problems is the fourth largest cause of psychotherapeutic care. There was no statistically significant difference regarding gender. Children with learning problems come to psychotherapy more frequently in the early stages of elementary school, around 7 years old. Increased demand for psychotherapy of children with learning problems takes place in May. Perhaps, learning difficulties can be understood simultaneously as a symptom global, in which other aspects, besides the uniqueness of the subject are involved. We conclude that individual and social aspects involved in Learning Problems may be useful in the clinical management of these children by professionals who are dedicated to meeting this particular clientele. One must be aware of ongoing partnership which should be placed between psychologist and pedagogue. Both professionals...

La tesis de la indeterminación de la traducción radical (IT) como perspectiva de análisis de la crítica construccionista social a los supuestos epistemológicos de la psicoterapia de orientación moderna

Arístegui Lagos, Roberto
Fonte: Universidad de Chile Publicador: Universidad de Chile
Tipo: Tesis
ES
Relevância na Pesquisa
37.35%
Doctor en Filosofía con mención en Epistemología de las Ciencias Sociales; El giro de lenguaje y la meta-teoría de la psicoterapia de orientación moderna Según Gergen, el problema tradicional del sí mismo es planteado en el encuadre de la psicoterapia de orientación moderna implícitamente en términos del enfoque pictórico del vocabulario mental (Gergen, 2003; 2001a; 2000; 1996; 1992). El contexto teórico en el cual se plantea la discusión acerca de la identidad personal en psicoterapia, el discurso acerca del yo , en el contexto de la psicoterapia de orientación moderna, involucra términos del vocabulario de la tradición sujetoobjeto como “representación”, “representación de objeto”, “representación conciente”, “representación inconciente”, “estado mental interno”, etc. Desde nuestro punto de vista, la problemática de la psicoterapia de orientación moderna que aborda como tema central el significado o el sentido de si mismo, introduce así, implícitamente, a nivel del vocabulario utilizado, el problema del giro lingüístico, que replanteó radicalmente la tradición del paradigma de la conciencia en términos del paradigma del lenguaje. Sostenemos la tesis que afirma que el desarrollo de la problemática del significado de las expresiones lingüísticas para referirse a la experiencia de si mismo en el marco de la psicoterapia de orientación moderna...

Psicoterapia de grupo: como surgiu e evoluiu; Psicoterapia de grupo: como surgió y evolucionó; Group psychotherapy: how it emerged and evolved

Bechelli, Luiz Paulo de C.; Santos, Manoel Antônio dos
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/04/2004 POR
Relevância na Pesquisa
37.35%
Este estudo tem por objetivo oferecer um panorama histórico do surgimento e evolução da psicoterapia de grupo, delineando suas raízes, principais modelos e pressupostos teóricos. Sua origem remonta ao início do século passado (1905), estendendo-se por cerca de cinco décadas: período de configuração e desenvolvimento técnico. Posteriormente, a psicoterapia de grupo passou pela fase de expansão teórica nos anos 50 e 60, seguida da fase de consolidação na década de 70, e de amadurecimento nos anos 80 e 90. Finalmente, examina-se sua evolução recente, dando ênfase especial à construção de novos modelos. Nos últimos anos, diversas técnicas desta modalidade de tratamento têm sido desenvolvidas para atendimento de populações específicas de pacientes, com as mais diversas condições médicas e psicossociais, o que sugere uma tendência crescente rumo a uma maior especificidade de sua aplicação.; Este estudio tiene por objetivo mostrar un panorama histórico del surgimiento y evolución de la psicoterapia de grupo, delineando sus raíces, modelos principales y presupuestos teóricos. Su origen se remonta al inicio del siglo pasado (1905), extendiéndose por cerca de cinco décadas: periodo de configuración y desarrollo técnico. Posteriormente la psicoterapia de grupo paso por la fase de expansión teórica en los años 50 y 60...

O terapeuta na psicoterapia de grupo; El terapeuta en la psicoterapia de grupo; The therapist in group psychotherapy

Bechelli, Luiz Paulo de C.; Santos, Manoel Antônio dos
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/04/2005 POR
Relevância na Pesquisa
37.35%
Psicoterapia de grupo designa, atualmente, um amplo espectro de procedimentos fundamentados nos mais variados referenciais teóricos, aplicados em diferentes contextos. O objetivo do presente estudo é abordar o papel do terapeuta de grupo, delineando algumas estratégias e habilidades necessárias para o exercício da grupoterapia. Os autores enfatizam o nível técnico-científico em que o trabalho com grupos é desenvolvido e a influência da personalidade do terapeuta nos participantes. Concluem que, para que o terapeuta possa preservar seu papel, sem perder a especificidade de sua função por envolvimento com as múltiplas situações vividas com os pacientes, é fundamental a estabilidade de sua identidade profissional. Nesse sentido, o preparo do terapeuta, a partir de seu processo de formação continuada, é condição necessária para habilitá-lo a enfrentar as situações peculiares do contexto grupal, de modo a conferir à psicoterapia de grupo seu singular potencial terapêutico.; Psicoterapia de grupo designa, actualmente, un amplio espectro de procedimientos basados en los más variados referenciales teóricos, aplicados en diferentes contextos. El objetivo de este estudio es comprender el papel del terapeuta de grupo...