Página 1 dos resultados de 18 itens digitais encontrados em 0.060 segundos

De além do princípio de prazer ao além do princípio de desempenho: ressonâncias da teoria das pulsões no pensamento de Herbert Marcuse; From beyond the pleasure principle to beyond the performance principle: echoes of the drive theory in Herbert Marcuses thinking

Muniz, Polyana Stocco
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 12/11/2010 PT
Relevância na Pesquisa
25.74%
O presente trabalho tem por objetivo problematizar a inserção da teoria das pulsões no pensamento de Herbert Marcuse, mais especificamente em sua obra publicada em 1955 sob o título Eros e civilização: uma interpretação filosófica do pensamento de Freud. Aproximadamente três décadas antes a essa publicação de Marcuse, Freud publicou a obra que rearticulou como um todo o seu pensamento: o ensaio sobre a hipótese da Pulsão de Morte. Tal foi a sua repercussão, tanto clínica como cultural, que fez com que a psicanálise avançasse em temas como o masoquismo, a compulsão à repetição, a psicologia de massas e a destrutividade, chegando mesmo a problematizar o desenvolvimento cultural humano em sua possibilidade de garantir a vida comunal diante de uma pulsão para além do princípio de prazer. Não obstante, a recepção dessa conceituação provocou diversas revisões da psicanálise. Dentre as que aqui interessam, destacaram-se aquelas que foram atravessadas pelas questões relativas ao socialismo, já que questionaram a condição de imutabilidade da Pulsão de Morte. Contudo, as propostas desse Revisionismo Neofreudiano, que tentava articular marxismo e psicanálise, culminaram na extirpação da teoria das pulsões...

Ação política e formação da consciência de classe no pensamento de Wilhelm Reich; Political action and class consciousness formation in Wilhelm Reich's thought

Oliveira, André Côrtes de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 09/05/2014 PT
Relevância na Pesquisa
45.76%
Nas primeiras décadas do século XX, inicialmente em Viena, depois em Berlim, na busca pela profilaxia da neurose, o psicanalista austro-húngaro Wilhelm Reich (1897-1957) militou por transformações sociais. Este estudo focaliza a relação entre ação política e formação da consciência de classe no pensamento de Reich. Tendo por base formulações do historiador Dominick LaCapra, especialmente sobre contextualização e repetição variada, e utilizando o livro de Reich O que é a consciência de classe?, de 1934, como ponto de partida genealógico, foram analisados textos reichianos publicados entre 1926 e 1934. Os resultados indicaram que a proposta de militância política reichiana, afinada com o otimismo leninista e social democrata da virada do século XIX para o XX, pressupôs a capacidade natural revolucionária das massas e a necessidade de um processo recíproco de educação entre as massas e a direção revolucionária sem o qual a revolução não aconteceria; In the first decades of the twentieth century, first in Vienna, then in Berlin, in the search for prophylaxis of neurosis, Austro-Hungarian psychoanalyst Wilhelm Reich (1897-1957) campaigned for social transformations. This study focuses on the relationship between political action and class consciousness formation in Reichs thought. Based on historian Dominick LaCapras formulations...

Considerações sobre o indivíduo representativo

Miranda, Ivanise Leite de
Fonte: Universidade de São Paulo (USP), Faculdade de Filosofia Ciências e Letras de Ribeirão Preto Publicador: Universidade de São Paulo (USP), Faculdade de Filosofia Ciências e Letras de Ribeirão Preto
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 53-68
POR
Relevância na Pesquisa
45.69%
Neste artigo são elaboradas considerações a propósito da importância teórica e metodológica de contextualizar o indivíduo, sob uma abordagem sócio-histórica. Registra-se uma dupla concepção desse objeto de estudo: os homens reais, indivíduos concretos, vivendo no mundo da alienação que os deforma, mutila e limita sua evolução; e o homem representativo, total ou verdadeiro, que corresponde à imagem de suas possibilidades históricas. Tenta-se aqui, apenas iniciar a discussão sobre tal objeto, sem nenhuma intenção de esgotá-lo, ou mesmo de dar conta da infinidade de facetas que o compõem.; In this article considerations are elaborated concerning the theoretical and methodological importance of considering the individual in a context, under a social - historical approach. A double conception of this object of study was noted: The real men, concret individuals living in the world of alienation, which deforms, mutilates and limits their evolution; and the representative, total or true men, who correspond to the image of their historical possibilities. This article presents the beginning of a discussion about this object, without the intention of exhausting it, or of explaining the many facets that compose it.

Clipping 2013-04-abril

Agecom, UFSC
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Imagem
PT_BR
Relevância na Pesquisa
25.85%
Clipping de 01/04/2013: UFSC / Sétima edição do Congresso Internacional Roa Bastos / Inscrições gratuitas / Professor Nelson Neri Júnior / PUC de São Paulo / Palestra / Congresso de Direito da UFSC / Falta de vagas de estacionamento / Campus da UFSC / Carro como prêmio por aprovação / Cardápio do Restaurante Universitário da UFSC / Filas / Qualidade / Baixo preço / Senador Cacildo Maldaner / Páscoa com o filho Jandrey / Engenheiro mecânico formado pela UFSC / Diretórios dos estudantes / Udesc / Semana de Arte Popular / Philippe Dubois / Aula Magna / Curso de Cinema da UFSC / Auditório Henrique Fontes / Centro de Comunicação e Expressão da UFSC / Núcleo Interdisciplinar de Pesquisa, Ensino e Assistência a Dislipidemia – Nipead / Hospital Universitário / Palestra Nutrição e diabetes / Furto de veículo / Festa no campus da UFSC / Centro Sócio-Econômico / Estudantes de licenciatura / Bolsas sanduíche / França / Portugal / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior – Capes / Programas de Licenciaturas Internacionais – PLI / Laboratório de Engenharia Biomecânica da UFSC / Ministério da Saúde / Hospital Universitário – HU / Avaliação de implantes, próteses e stents vasculares / Departamento de Cirurgia / Curso de Engenharia Mecânica da UFSC / Curso de Engenharia de Materiais da UFSC / Rede Multicêntrica de Avaliação de Implantes Ortopédicos – Remato / Agência Nacional de Vigilância Sanitária – Anvisa / Fundação de Amparo à Pesquisa e Extensão Universitária – Fapeu / Governo do Estado / Secretaria de Desenvolvimento Sustentável – SDS / Centros de inovação / Governador Raimundo Colombo / Secretário Paulo Bornhausen / Inova / Sapiens Parque / Univille / Univali / Unochapecó / Unesc / Unoesc / Furb / Fapesc Clipping de 02/04/2013: Entrevista coletiva / Prefeito Cesar Júnior / Reitoria da UFSC / Reitora Roselane Neckel / Curso de Administração da UFSC / Conceito máximo / Ministério da Educação / Fortaleza de Anhatomirim / Abandono / Governo do Estado / Centros de Inovação Tecnológica/ Secretário de Desenvolvimento Econômico Sustentável...

A importância do livro Psicologia Pedagógica para a teoria histórico-cultural de Vigotski

Martins, João Batista; Dep. Psicologia Social e Institucional/Mestrado em Educação, Universidade Estadual de Londrina, Paraná, Brasil
Fonte: ISPA - Instituto Universitário Publicador: ISPA - Instituto Universitário
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
Publicado em 23/11/2012 POR
Relevância na Pesquisa
75.99%
Este trabalho objetiva apresentar uma análise sobre o livro de Lev S. Vigotski intitulado Psicologia Pedagógica publicado em 1926, com o objetivo de identificar alguns elementos que nos permita caracterizar o seu projeto científico para a psicologia. Assim, ao longo da análise, estabelecemos uma aproximação de Vigotski com o marxismo e com a dialética, indicando a intenção de Vigotski em construir uma psicologia enraizada no materialismo histórico e dialético e que tal proposição já estava idealizada no início de sua carreira, entre 1917-1923. Localizamos o livro Psicologia Pedagógica enquanto uma obra paradoxal pois ao mesmo em tempo que lança as bases para uma nova psicologia, não deixa de apontar o seu caráter transitório.

Formação do indivíduo, consciência e alienação: o ser humano na psicologia de A. N. Leontiev

Duarte,Newton
Fonte: Centro de Estudos Educação e Sociedade Publicador: Centro de Estudos Educação e Sociedade
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2004 PT
Relevância na Pesquisa
65.8%
Neste artigo são analisados três aspectos da psicologia de A. N. Leontiev e suas implicações para a reflexão sobre a educação na atualidade: a diferença entre a formação do indivíduo humano e a ontogênese animal; a relação entre a estrutura da consciência e a estrutura da atividade; e, por fim, a questão da alienação como um fenômeno social e histórico.

Teoria social lacaniana e prática clínica

Parker,Ian
Fonte: Associação Brasileira de Psicologia Social Publicador: Associação Brasileira de Psicologia Social
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2002 PT
Relevância na Pesquisa
55.89%
O encontro intelectual entre três escritores simpáticos, em algum nível, ao trabalho de Lacan foi reunido no livro Contingência, Hegemonia, Universalidade (Butler, Laclau e Zizek, 2000a). Esses três autores são bem conhecidos em um conjunto difuso de campos que vão dos "estudos culturais" (cultural studies) à teoria literária e à teoria política. Como o subtítulo do livro indica - "Diálogos Contemporâneos da Esquerda" - eles também possuem alguma afinidade com o marxismo, "pós-marxismo" e política feminista. Uma questão que este debate entre três pensadores da teoria social lacaniana freqüentemente recoloca diz respeito à possibilidade de articular a teoria lacaniana com a política radical. No presente artigo discute-se se há implicações clínicas para esta leitura proposta pela esquerda Lacaniana, na qual os três autores estão engajados. Tomando como ponto de confluência o livro acima, o objetivo trabalho é mostrar como a prática política e a prática clínica encontram certos pontos de congruência em torno de temas como a negatividade, a sexualidade e a subversão do sujeito.

Teoria laneana: a univocidade radical aliada à dialética-materialista na criação da psicologia social histórico-humana

Sawaia,Bader Burihan
Fonte: Associação Brasileira de Psicologia Social Publicador: Associação Brasileira de Psicologia Social
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2007 PT
Relevância na Pesquisa
85.95%
O texto apresenta o corpo teórico-metodológico que Sílvia Lane criou, ressaltando os seus pressupostos epistemológicos e ontológicos e demarcando os grandes momentos do seu processo de configuração. Um processo dialético que avança incorporando novos conhecimentos sem abandonar o anterior, mas unindo-os na produção de algo novo. Essa metodologia "prático-crítica-revolucionária, inicialmente intuitiva, foi se burilando cientificamente a partir de pesquisas empíricas, segundo Lane, fundamentais para a crítica dos conceitos e avanço da teoria. A tarefa do texto é fácil porque Sílvia registrou cada mudança em seus principais interesses, categorias analíticas e reflexões filosóficas, em seus livros. São quatro os momentos a serem destacados, todos eles de aprofundamento da sua radical superação teórica: a transição de um referencial configurado na interface entre Lewin, Mead, Skinner ao marxismo: (a) dos anos 70, marcado pelo diálogo privilegiado com a teoria das representações e pela preocupação com a linguagem e grupos sociais; (b) dos anos 80, momento das vigorosas reflexões sobre uma nova concepção de homem para a psicologia, com ênfase nas categorias de consciência e alienação, orientada pela escola de psicologia soviética e por neo-marxistas (Politzer e Heller); (c) dos anos 90...

A sombra marxiana em Freud, ou o descompasso constitutivo de um encontro

Hilário,Leomir Cardoso
Fonte: Associação Brasileira de Psicologia Social Publicador: Associação Brasileira de Psicologia Social
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2014 PT
Relevância na Pesquisa
45.86%
Este artigo busca pôr à prova os argumentos freudianos a respeito de Marx através do encontro direto dos argumentos daquele com a obra deste. A partir de então, levanta-se a hipótese de que Freud sempre lida com a sombra marxiana, isto é, com o resultado da projeção das interpretações que terceiros possuem de Marx, em particular o marxismo soviético e as interpretações de Adler e Reich. Neste sentido, a atualidade do encontro entre Marx e Freud para o século XXI tem como pressuposto o ato da crítica radical em dois tempos: tanto no que se refere à deslegitimação do marxismo soviético como representante de Marx, quanto na recusa da apropriação politicamente problemática que Freud faz de Marx.

Cura, culpa e imaginário radical em Cornelius Castoriadis: percursos de um sociobárbaro

Rodrigues,Heliana de Barros Conde
Fonte: Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo Publicador: Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/1998 PT
Relevância na Pesquisa
45.68%
O artigo aborda a trajetória teórico-política de Cornelius Castoriadis no período que se estende do imediato pós-guerra à década de 70 - momento de publicação de A instituição imaginária da sociedade. Enfatizam-se os vínculos entre a gênese teórica e a gênese social dos conceitos e análises castoriadianos, bem como a relevância dos mesmos para uma abordagem crítica do mundo contemporâneo.

Contribuições de Vigotski para a análise da consciência de classe

Almeida,Melissa Rodrigues de; Abreu,Claudia Barcelos de Moura; Rossler,João Henrique
Fonte: Departamento de Psicologia - Universidade Estadual de Maringá Publicador: Departamento de Psicologia - Universidade Estadual de Maringá
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2011 PT
Relevância na Pesquisa
35.76%
Este artigo analisa as contribuições do psicólogo soviético Vigotski (1896-1934) para a compreensão dos processos de formação da consciência de classe e da consciência individual, nos marcos do referencial teórico marxista. A investigação consistiu de uma pesquisa teórica que teve por base as obras de Vigotski e de outros autores do campo do marxismo. Foram abordados três processos, que se articulam: 1) a constituição social e o desenvolvimento da consciência individual; 2) a formação da consciência social a partir das relações sociais de produção; 3) o processo da consciência de classe da classe trabalhadora na relação com seu ser social. Verificou-se que Vigotski traz importantes subsídios para a compreensão do processo analisado, especialmente no que diz respeito às mediações necessárias para a constituição da consciência individual na relação com a consciência social. Com base nessas contribuições, foi possível compreender o movimento da consciência individual articulado à consciência de classe.

Em busca das bases ontológicas da psicologia de Vygotsky

Carmo,Francisca Maurilene do; Jimenez,Susana Vasconcelos
Fonte: Departamento de Psicologia - Universidade Estadual de Maringá Publicador: Departamento de Psicologia - Universidade Estadual de Maringá
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2013 PT
Relevância na Pesquisa
45.98%
O estudo busca estabelecer os fundamentos ontológicos do pensamento de Vygotsky, indicando que a construção teórica erigida pelo e autor está centrada no trabalho, como o complexo que deu origem ao homem como ser social. Tal postulado seria consistente com os princípios do marxismo recuperado por Lukács como uma ontologia do ser social, superadora da tradição metafísica e idealista, firmando, nesse sentido, o caráter radicalmente histórico da essência humana. Apontam-se os equívocos fundamentais operado pelo neovygotskianismo, o qual, tratando as categorias vygotskianas da linguagem, cultura e interação apartadas do princípio marxiano do trabalho, acaba por isolar Vygotsky do campo ontológico e, por extensão, do projeto socialista. Reafirma-se, por fim, que, não obstante a explícita relevância atribuída à dimensão metodológica do marxismo, está pressuposto na obra de Vygotsky, o substrato ontológico sobre o qual se funda o método de Marx.

A psicologia historico-dialetica para os cursos de licenciatura

Maria Eleusa Montenegro
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 02/07/1993 PT
Relevância na Pesquisa
35.88%
Esta tese é um trabalho teórico que envolveu uma profunda pesquisa bibliográfica, além de uma acentuada vivência educacional. Tem como finalidade propiciar aos alunos dos cursos de Licenciatura, bem como aos profissionais da área ou àqueles que se interessem pelo assunto, conteúdos de Psicologia da Educação numa perspectiva histórico-dialética ou soviética. Pretende ser mais uma contribuição para a divulgação e implementação desta a bordagem da psicologia em nossos cursos superiores, tanto em nivel de pesquisa como de ensino. Esta linha teórica do pensamento psicológico, apesar de datar da segunda década deste século, só teve divulgação em nosso pais após 1985. Inicialmente devido à proibição stalinistade suas publicações na então URRS. Posteriormente, no Brasil, devido ao golpe de 64. Tudo isto somente veio retardar o desenvolvi mento da ciência psicológica. No nosso pais este foi mais um dos fatores que contribuiram para que a Psicologia fosse considerada e existisse como uma ciência pretensamente neutra, alienada, uma vez que desconsiderava a ligação do individuo com 6 seu contexto sócio-histórico, conseguindo, com isto, ser conivente com a sit~ ação politica do pais. Não se deixava estabelecer a percepção de que o desenvolvimento psicológico é socialmente determinado. Acreditamos que esta perspectiva psicológica histórico-d! alética é uma parte desta ciência...

Gramatica de la multitud: Para un análisis de las formas de vida contemporáneas

Virno, Paolo
Fonte: Madrid : Traficantes de Sueños, 2003. Publicador: Madrid : Traficantes de Sueños, 2003.
Tipo: Livro Formato: application/pdf
SPA
Relevância na Pesquisa
25.77%
141 p. ; 20 cm.; Libro Electrónico; Incluye bibliografías.; Este libro es una transcripción de un seminario realizado en enero del 2001, en el Departamento de sociología de la Universidad de Calabria.; Nota del editor Introducción a la edición en castellano Prefacio: Pueblo vs multitud: Hobbes y Spinoza La pluralidad exorcizada: lo «privado» y lo «individual» Tres aproximaciones a los muchos 1. Temores y reparos Más allá del par miedo/angustia Lugares comunes y general intellect Publicidad sin esfera pública ¿Qué Uno para los Muchos? 2. Trabajo, acción e intelecto Yuxtaposición entre poiesis y praxis El virtuosismo. De Aristóteles a Glenn Gould El hablante como artista ejecutante Industria cultural: anticipación y paradigma El lenguaje en escena Virtuosismo en el trabajo El intelecto como partitura Razón de Estado y éxodo; 3. La multitud como subjetividad El principio de individuación Un concepto equívoco: la biopolítica Las tonalidades emotivas de la multitud Las habladurías y la avidez de novedades 4. Diez tesis sobre la multitud y el capitalismo postfordista Apéndice: General Intellect, éxodo, multitud. Entrevista a Paolo Virno por el Colectivo Situaciones

Considerações sobre o indivíduo representativo

Miranda, Ivanise Leite de
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/08/1993 POR
Relevância na Pesquisa
45.69%
In this article considerations are elaborated concerning the theoretical and methodological importance of considering the individual in a context, under a social - historical approach. A double conception of this object of study was noted: "The real men", "concret individuals" living in the world of alienation, which deforms, mutilates and limits their evolution; and the "representative, total or true men", who correspond to the image of their historical possibilities. This article presents the beginning of a discussion about this object, without the intention of exhausting it, or of explaining the many facets that compose it.; Neste artigo são elaboradas considerações a propósito da importância teórica e metodológica de contextualizar o indivíduo, sob uma abordagem sócio-histórica. Registra-se uma dupla concepção desse objeto de estudo: os "homens reais", "indivíduos concretos", vivendo no mundo da alienação que os deforma, mutila e limita sua evolução; e o "homem representativo", "total" ou "verdadeiro", que corresponde à imagem de suas possibilidades históricas. Tenta-se aqui, apenas iniciar a discussão sobre tal objeto, sem nenhuma intenção de esgotá-lo, ou mesmo de dar conta da infinidade de facetas que o compõem.

O conhecimento e o discurso do capitalista: a despsicologização do cotidiano social; El conocimiento y el discurso del capitalista: la despsicologización del cotidiano social; The knowledge and the discourse of of the capitalist: the depsychologiza tion of the daily social life

Voltolini, Rinaldo
Fonte: Universidade de São Paulo. Instituto de Psicologia Publicador: Universidade de São Paulo. Instituto de Psicologia
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf
Publicado em 01/06/2012 POR
Relevância na Pesquisa
35.87%
Este trabalho aborda o fenômeno da desvalorização do conhecimento na contemporaneidade. Sua hipótese central é a de que as últimas décadas foram decisivas para que o conhecimento perdesse na sociedade seu valor de uso, marca característica de uma tradição milenar iniciada com o mito de Adão e Eva e estendida até o advento do marxismo, para o qual o conhecimento tinha valor emancipatório, para ceder lugar ao valor de troca, que torna o interesse pelo conhecimento apenas instrumental.; El presente trabajo aborda el fenómeno de la depreciación dei conocimiento en la sociedad contemporânea. Su hipótesis central es que las últimas décadas han sido cruciales para que el conocimiento pierda su valor de uso en la sociedad, lo cual fue una marca característica de la antigua tradición que comendo con el mito de Adán y Eva. Esta concepción se extendió hasta el advenimiento del marxismo, para el cual el conocimiento tenía un valor emancipador, pero que cedió lugar al valor de trueque, lo que tornó el interés por el conocimiento en sólo instrumental.; This paper deals with the phenomenon of the devaluation of knowledge in contemporaneity. Its central hypothesis is that the last decades have been decisive to make knowledge lose its use value in society...

Cure, Guilt and Radical Imaginary in Cornelius Castoriadis: The Course of a Social-Barabarian; Cura, Culpa e Imaginário Radical em Cornelius Castoriadis: Percursos de um Sociobárbaro

Rodrigues, Heliana de Barros Conde
Fonte: Universidade de São Paulo. Instituto de Psicologia Publicador: Universidade de São Paulo. Instituto de Psicologia
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/1998 POR
Relevância na Pesquisa
45.75%
O artigo aborda a trajetória teórico-política de Cornelius Castoriadis no período que se estende do imediato pós-guerra à década de 70 momento de publicação de A instituição imaginária da sociedade. Enfatizam-se os vínculos entre a gênese teórica e a gênese social dos conceitos e análises castoriadianos, bem como a relevância dos mesmos para uma abordagem crítica do mundo contemporâneo.; This article accosts the theoretic-political procedure of Cornelius Castoriadis within the period which extends itself from the immediate post-war to the decade of 1970 moment of the publication of The Imaginary Institution of Society. The ties between theoretic and social constitutions of the castoriadian concepts and analysis are emphasized, as well as the relevance of the same within a discussion of the contemporary world.

Algumas aproximações entre psicologia social e marxismo

Portugal, Francisco Teixeira; Instituto de Psicologia / Universidade Federal do Rio de Janeiro; Boechat, Filipe; Instituto de Psicologia / Universidade Federal do Rio de Janeiro; Gonçalves, Mariana Alves; Instituto de Psicologia / Universidade Federal do
Fonte: ECOS - Estudos Contemporâneos da Subjetividade; ECOS - Estudos Contemporâneos da Subjetividade Publicador: ECOS - Estudos Contemporâneos da Subjetividade; ECOS - Estudos Contemporâneos da Subjetividade
Tipo: ; Formato: application/pdf
Publicado em 29/06/2012 PT
Relevância na Pesquisa
126.25%
Este artigo examina algumas aproximações históricas entre a psicologia social e o marxismo. A indeterminação e a amplitude de cada um dos domínios em exame determinou que limitássemos nossa análise aos trabalhos cuja referência ao marxismo recebem destaque. Assim, em primeiro lugar, apresenta-se a psicologia social comunitária: sua formação histórica, seus conceitos, seus procedimentos e seus propósitos. Em seguida, discorre-se sobre o realismo crítico, com seus representantes e as suas principais reivindicações. Conclui-se que a referência ao marxismo, muito embora não constitua um atestado de fidelidade conceitual, favorece a reflexão histórica e epistemológica sobre a psicologia e a busca de legitimidade e espaço de atuação.