Página 1 dos resultados de 982 itens digitais encontrados em 0.025 segundos

Itinerários da psicologia na educação especial: uma leitura histórico-crítica em psicologia escolar; The itineraries of psychology in special education: a historical-critical interpretation in school psychology

Cotrin, Jane Teresinha Domingues
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 03/05/2010 PT
Relevância na Pesquisa
46.18%
Esta tese tem como objeto de estudo as relações iniciais entre Psicologia e Educação Especial, na área específica da deficiência mental. As primeiras escolas de Educação Especial na área de deficiência mental nasceram, no Brasil, no final do século XIX, anexas aos hospitais psiquiátricos, por iniciativa de médicos que atuavam nesses hospitais. No início do século XX, com as reformas educacionais vinculadas ao avanço da Psicologia como campo de conhecimento científico, as práticas em Educação e Educação Especial, no que tange à deficiência mental, passaram a ser embasadas nessa Psicologia nascente. Com uma abordagem funcionalista, as diferentes teorias psicológicas foram utilizadas para instrumentalizar os professores na prática pedagógica e esses conhecimentos assumiram a primazia do saber educacional especializado. Os testes psicológicos tornaram-se os instrumentos mais utilizados para o reconhecimento da deficiência. Impulsionada pelo movimento escolanovista e da higiene mental, a Psicologia desponta como área de conhecimento necessária à compreensão do educando e ao estabelecimento de critérios de normalidade-patologia-deficiência. O objetivo do presente trabalho é compreender como se deu a inserção da Psicologia como área de estudo e atuação profissional na educação da criança com deficiência mental no Brasil...

Escola como zona de passagem

Indursky, Alexei Conte; Butkus, Vitor; Prati, Laíssa Eschiletti; Santos, Nair Iracema Silveira dos
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
45.91%
O presente trabalho surgiu de um projeto de integração das disciplinas de Psicologia Escolar I e Psicologia Social II, desenvolvido na Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) no ano de 2004. Conceitos teóricos da Psicologia Social teceram uma rede integrada com a realidade de uma escola municipal de Porto Alegre, por meio de olhares criativos de quem pela primeira vez observava o campo com o referencial teórico da psicologia pós-moderna. Abordando conceitos como instituição, dobra, enunciação e marcas, olhares desafiadores foram se constituindo. O campo da escola surge como ponto de partida para questionar e ampliar a área de atuação da Psicologia Social e da análise institucional.; The present work originated from a project of integration of the School Psychology I and Social Psychology II disciplines, developed at the Federal University of Rio Grande do Sul (UFRGS) in the year 2004. Theoretical concepts from the Social Psychology discipline were integrated with the context of a public school from the city of Porto Alegre (RS, Brazil), through the creative eyes of someone observing the field with the post-modern psychology theoretical reference for the first time. Approaching concepts such as institution, bend...

Fragmentos da historia e da memoria da psicologia no mundo do trabalho no Brasil : relações entre a industrialização e a psicologia

Julia Maria Casulari Motta
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 08/10/2004 PT
Relevância na Pesquisa
46.02%
O propósito deste trabalho é contribuir para o conhecimento da História e da Memória da Psicologia no mundo do trabalho, buscando relações entre o processo de industrialização brasileira e a Psicologia. A seleção deste objeto de estudo decorreu da minha posição, que reconhece a Psicologia como fruto da história enquanto constituinte da história, na medida em que exprime o homem, seus valores, seus vínculos e suas relações, expressando o que se constrói entre o coletivo e a subjetividade. A escolha do campo da Psicologia no mundo do trabalho vem da necessidade de compreender a constituição desta Psicologia e o processo de modernização brasileira. Para a realização deste objetivo, delimitei os três estados ? São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais ? como campo de pesquisa, e tomei como objeto de estudo arqueológico histórico quatro instituições: o Instituto de Organização Racional do Trabalho ? IDORT (1931), em São Paulo, a primeira instituição psicométrica a se constituir relacionada ao aceleramento da industrialização; o Instituto de Seleção e Orientação Profissional ? o ISOP (1947), no Rio de Janeiro, criado pela FGV (1944) e que, mais tarde, tornou-se o primeiro curso de pós-graduação em Psicologia; o Serviço de Orientação e Seleção Profissional ? o SOSP (1949)...

Tecnologia de informação e comunicação: Atitudes, intenções, variáveis preditoras e representações sociais da inteligência

Araújo, Maria do Céu
Fonte: Instituto Superior de Psicologia Aplicada Publicador: Instituto Superior de Psicologia Aplicada
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2006 POR
Relevância na Pesquisa
45.9%
Dissertação de mestrado em psicologia Educacional; O homem como um ser pensante procura e sente a necessidade de se questionar e de assumir uma posição face a uma multiplicidade de assuntos. A sua identidade, a conquista do seu lugar, associa-se à consciência da individualidade, mas igualmente, ao sentimento de pertença a um grupo, a uma comunidade, à sociedade. O acompanhamento das exigências e mudanças sociais torna-se uma requisito essencial. É dado adquirido que a utilização das Tecnologias de Informação e Comunicação fazem parte dessas exigências, não só porque trazem benefícios acrescidos para o incremento das capacidades artísticas, científicas, criativas, mas e essencialmente porque contribuem para a modificação do comportamento individual e social do ser humano. Numa perspectiva mais pragmática e exteriorizada, constata-se que num leque cada vez mais alargado de profissões, os trabalhadores estão envolvidos em maior ou menor grau, com a utilização das Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC), designadamente os computadores, Internet e outros sistemas de produção ou de transformação de informação; e que a Escola, como instituição fundamental da nossa sociedade, é cada vez mais solicitada a acompanhar esta mudança...

Pensamento psicopedagógico de João dos Santos

Branco, Maria Eugénia Carvalho e
Fonte: Universidade do Minho - Instituto de Educação e Psicologia Publicador: Universidade do Minho - Instituto de Educação e Psicologia
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //1999 POR
Relevância na Pesquisa
45.89%
Dissertação de Mestrado em Psicologia Educacional; As notas autobiográficas que percorrem duma ponta à outra a obra de João dos Santos e que são o fio condutor para aceder à sua vida, pensamento e obra, remetem-nos para três pilares fundacionais do ser humano. O primeiro pilar é a Rememoração. Rememoração que remonta àquela relação privilegiada com a mãe primária — nem sempre a mãe natural, mas sempre a que acolheu, alimentou, amou e protegeu —, relação fontal na qual se jogou o futuro do homem. O segundo pilar fortalece os fundamentos do primeiro estimando-lhe o valor. É a Educação como capacidade de alguém se oferecer como modelo autêntico de pessoa. O terceiro pilar, que remata o edifício, é a Escola como instituição que possibilita a inserção na cultura e Obras da humanidade. Estes três pilares são reflectidos por João dos Santos, não só como objecto do seu pensamento e da sua obra, mas sobretudo como viagem que ele empreende ao seu mundo interior: a relação com a sua mãe e, através dela, com o seu pai e a restante família, como exemplo da importância que as imagos parentais e o afecto têm na saúde mental; a sua ajuda às dificuldades escolares de seus filhos, como exemplo da importância incontornável que uma presença vigilante e amorosa tem na aprendizagem. Esta viagem interior...

Relações entre a psicologia e o direito: Análise de processos de adolescentes institucionalizados vítimas de maus-tratos

Nobre, Liliana Margarida Rações
Fonte: Instituto Superior de Psicologia Aplicada Publicador: Instituto Superior de Psicologia Aplicada
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2008 POR
Relevância na Pesquisa
45.91%
Dissertação de Mestrado em Psicologia Legal; Com este estudo pretende-se percepcionar as relações existentes entre a psicologia e o direito tendo por base a análise de processos de adolescentes institucionalizadas vítimas de maus-tratos. O facto de trabalhar neste tipo de instituições fez com que o interesse aumentasse sobre a forma como os vários discursos, as várias práticas e os diversos intervenientes podem influenciar a vida da criança/jovem acolhida, bem como a decisão proferida pelos magistrados. Este estudo pretende, pois, perceber como os técnicos observam e avaliam as crianças/jovens que são acolhidas em situação de Emergência e como os magistrados utilizam a informação fornecida pelos técnicos. Para tal foi recorreu-se ao arquivo morto de um Centro de Acolhimento Temporário/Emergência e pesquisou-se, de forma meticulosa, os vários documentos que compõem os processos. Identificaram-se 94 processos, tendo ficado 36 processos no corpus do estudo. Os 36 processos subdividiram-se em dois grupos distintos, consoante tivessem ou não informação acerca da criança/jovem aquando da institucionalização. Da análise do corpus percebeu-se que cada processo é constituído por vários documentos provenientes de diversas entidades que fazem parte da gestão do processo da criança/jovem institucionalizada. Considerando a variedade de entidades (e respectivos discursos) que intervêm em cada processo procurou-se destacar qual o discurso típico que é feito a propósito das crianças/jovens que são acolhidas neste tipo de instituição...

Estudo sociométrico de uma instituição alternativa para crianças e adolescentes em situação de rua: construindo uma proposta pedagógica

Conceição,Maria Inês Gandolfo; Sudbrack,Maria Fátima Olivier
Fonte: Curso de Pós-Graduação em Psicologia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Curso de Pós-Graduação em Psicologia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2004 PT
Relevância na Pesquisa
45.94%
Trata-se de investigação sobre uma instituição de atendimento a adolescentes em situação de rua, escolhida pelo fato de os atrair e retirar da marginalidade. O objetivo foi identificar os principais elementos da instituição responsáveis pela fixação e adesão da clientela, visando oferecer subsídios para a construção de propostas pedagógicas de atendimento a meninos de rua. A coleta de dados consistiu na aplicação do teste sociométrico da instituição e em entrevistas individuais com seus membros. A análise dos dados fundamentou-se na Teoria Sociométrica com contribuições da abordagem familiar sistêmica. Os aspectos relevantes para a efetividade do trabalho com meninos de rua foram: a) escolha sociométrica como critério de seleção da clientela; b) afinidade e integração entre os dirigentes da instituição; c) consonância entre a oferta da instituição e a demanda da clientela de "viverem em família"; d) presença de uma figura masculina positiva e forte de autoridade, identificada como "o pai".

Possíveis intervenções do Psicólogo Educacional: o grupo como espaço de mudanças educativas

Andrada,Edla Grisard Caldeira de
Fonte: Programa de Pós-Graduação em Psicologia, Pontifícia Universidade Católica de Campinas Publicador: Programa de Pós-Graduação em Psicologia, Pontifícia Universidade Católica de Campinas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2002 PT
Relevância na Pesquisa
45.99%
O trabalho foi uma intervenção em Psicologia Educacional junto a uma professora e 21 crianças em uma instituição de Educação Infantil. O grupo investigado não era considerado como pertencente à instituição e a professora não sabia o que fazer com ele. Partindo do pressuposto da psicologia histórico-cultural, o objetivo era modificar a compreensão da professora em relação ao seu papel de mediadora, para que pudesse dar novos significados às relações ali entabuladas, visando à aprendizagem e ao desenvolvimento. A intervenção foi feita na sala com as crianças e a professora, durante 12 encontros elaborados em cooperação com a professora, objetivando a criação de Zonas de Desenvolvimento Proximal como procedimento da intervenção. Ao final dos encontros, foi possível perceber modificações nas interações professora-crianças, pois passaram a ocupar diferentes lugares na sala, atuavam em diferentes papéis e, portanto foram estabelecidos, novos significados para as interações.

Escola como zona de passagem

Indursky,Alexei; Butkus,Vitor; Prati,Laíssa Eschiletti; Santos,Nair Iracema Silveira dos
Fonte: Universidade Federal Fluminense, Departamento de Psicologia Publicador: Universidade Federal Fluminense, Departamento de Psicologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2007 PT
Relevância na Pesquisa
55.93%
O presente trabalho surgiu de um projeto de integração das disciplinas de Psicologia Escolar I e Psicologia Social II, desenvolvido na Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) no ano de 2004. Conceitos teóricos da Psicologia Social teceram uma rede integrada com a realidade de uma escola municipal de Porto Alegre, por meio de olhares criativos de quem pela primeira vez observava o campo com o referencial teórico da psicologia pós-moderna. Abordando conceitos como instituição, dobra, enunciação e marcas, olhares desafiadores foram se constituindo. O campo da escola surge como ponto de partida para questionar e ampliar a área de atuação da Psicologia Social e da análise institucional.

O processo de ensinar/aprender uma perspectiva crítica em psicologia escolar e educacional

Nasciutti,Fabiana Marques Barbosa; Silva,Silvia Maria Cintra da
Fonte: Departamento de Psicologia - Universidade Estadual de Maringá Publicador: Departamento de Psicologia - Universidade Estadual de Maringá
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2014 PT
Relevância na Pesquisa
45.96%
Em vista das discussões realizadas, desde a década de 1980, acerca de uma concepção crítica em Psicologia Escolar e Educacional, esta investigação buscou compreender como uma supervisora de estágio e uma estagiária em Psicologia de uma instituição de Ensino Superior de Minas Gerais se apropriaram desta concepção crítica. Partindo das contribuições da Psicologia Histórico-Cultural, a escolha metodológica consistiu em conhecer a trajetória de formação das participantes da pesquisa, por meio da modalidade da história oral temática. As participantes fizeram seus depoimentos em sessões de entrevista, totalizando quatro sessões com cada uma, com duração média de quarenta minutos. Mediante as análises, é possível indicar: a mediação do outro como processo inerente às escolhas profissionais e à aprendizagem teórico-prática; os desafios e contradições como parte fundamental do processo de apropriação de uma perspectiva crítica, sugerindo que a aprendizagem é desenvolvida dialeticamente; a atividade prática e os estudos teóricos como componentes indispensáveis para a apropriação conceitual, sendo indicada a necessidade de compreender teoria e prática como uma unidade; o estágio supervisionado como atividade essencial para o aprendizado do futuro psicólogo escolar...

Entre o limite e a esperança: relato de uma experiência em psicologia institucional

Gula,Patricia; Pinheiro,Nadja
Fonte: Conselho Federal de Psicologia Publicador: Conselho Federal de Psicologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2007 PT
Relevância na Pesquisa
55.96%
O presente artigo propõe uma reflexão sobre o trabalho em Psicologia institucional. Utilizando-se da perspectiva teórica de Bleger, é apresentada uma experiência de trabalho desenvolvida em uma instituição localizada na cidade de Nova Friburgo, Estado do Rio de Janeiro, cujo principal propósito é profissionalizar adolescentes visando a seu ingresso no mercado de trabalho local. Como conclusão, são destacadas a importância e a pertinência do trabalho da Psicologia institucional, o qual permite uma significativa transformação tanto subjetiva, ao possibilitar, aos atores institucionais, a construção de suas próprias vidas, quanto institucional, ao tornar sua dinâmica mais flexível e menos cristalizada no exercício de um poder autoritário.

A confusão de línguas e os desafios da psicanálise de grupo em instituição

Campos,Denise Teles Freire; Campos,Pedro Humberto Faria; Rosa,Carlos Mendes
Fonte: Conselho Federal de Psicologia Publicador: Conselho Federal de Psicologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2010 PT
Relevância na Pesquisa
45.91%
Este trabalho é uma reflexão sobre os desafios da psicanálise de grupo na instituição. O texto faz uma análise do contexto institucional desde a reforma psiquiátrica, que buscou o enfrentamento da exclusão social, como processo sociohistórico e simbólico que atinge a identidade do portador e a dos familiares. Assim, a relação entre o cuidado com o sofrimento e a assistência à exclusão é discutida sob o prisma da integração e da revalorização da dimensão clínica do tratamento. A distinção entre demanda, necessidade e desejo é retomada para apontar a importância de manter o sujeito portador no centro do modelo. Em seguida, examina-se a confusão de línguas entre psicanálise, psicoterapia e psiquiatria, apontando algumas das principais questões clínicas e sociais relativas ao atual fazer do analista. O presente trabalho se funda na reflexão sobre o trabalho de grupo em instituição, inspirada em atendimentos semanais a três grupos de pacientes de um CAPS, e coloca a transferência e a mediação grupal como dispositivos necessários para o trabalho em grupo. A psicanálise de grupo é sustentada como forma de elaboração do sofrimento psíquico, redirecionando a própria noção de sujeito.

Formação em Psicologia no contexto das diretrizes curriculares nacionais: uma discussão sobre os cenários da prática em saúde

Poppe,Andrea Regina Soares; Batista,Sylvia Helena Souza da Silva
Fonte: Conselho Federal de Psicologia Publicador: Conselho Federal de Psicologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2012 PT
Relevância na Pesquisa
55.9%
Este artigo analisa as contribuições que os cenários da prática em saúde, na graduação em Psicologia e na perspectiva das Novas Diretrizes Curriculares, oferecem à formação. A pesquisa foi desenvolvida na perspectiva da pesquisa qualitativa e envolveu dois cursos de Psicologia em universidades situadas na Baixada Santista/SP. Utilizou-se para o desenvolvimento da pesquisa as técnicas de entrevista semiestruturada com 13 professores e 4 alunos, grupos focais com 14 alunos e análise documental dos projetos dos cursos, disponíveis online, para produção dos dados. No campo da análise de dados, privilegiou-se a análise de conteúdo. Os resultados revelaram que mudanças nas diretrizes curriculares para o curso de Psicologia foram consideradas positivas, com destaque para a inserção dos alunos em cenários da prática a partir dos primeiros anos e a possibilidade de cada instituição poder escolher as ênfases, e indicam, também, a necessidade do aprofundamento da discussão acerca de uma formação mais generalista bem como de uma prática psicológica mais pautada nos princípios do SUS. As análises empreendidas permitiram aproximar focos que ainda demandam aprofundamento e novas investigações, revelando a contemporaneidade do tema e sua complexidade no contexto não apenas das transformações no ensino da Psicologia como também das mudanças na educação superior do País.

A família como instituição moderna

Ramos,Danielle Marques dos; Nascimento,Virgílio Gomes do
Fonte: Universidade Federal Fluminense, Departamento de Psicologia Publicador: Universidade Federal Fluminense, Departamento de Psicologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2008 PT
Relevância na Pesquisa
55.94%
Toda instituição é uma ferramenta de socialização criada pelo próprio homem com a função de gerenciar suas relações interpessoais. A instituição normatiza, legaliza, legitimiza os comportamentos do indivíduo em sociedade. Ela também é geradora de estabilidade e segurança nas trocas sociais. Sendo a família uma instituição, ela se apresenta como a primeira instituição com a qual o indivíduo tem contato em sua vida. Entretanto, as mudanças ocorridas na sociedade têm alterado as formas de interação social dentro das famílias, constituindo novos modos de relacionamento entre indivíduo e meio. Tais mudanças são importantes na ressignificação da família enquanto instituição social.

A escola enquanto espaço privilegiado de construção de "meninos de verdade" :concepções e valores atribuidos a essa instituição por crianças pobres

Santos, Waleska Patrícia de Lima
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Psicologia; Psicologia, Sociedade e Qualidade de Vida Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Psicologia; Psicologia, Sociedade e Qualidade de Vida
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
45.98%
The intention of this study was to identify the school conception (conceptions) in the discourse of poor children. There were inquired two groups of subjects: the first was composed of children that inserted precociously themselves into the work market and must to go to school because they take part in one of the governmental programs, called, minimum income programs. The second will be composed of children that live in the poorest district in Natal/RN city. And don´t have obligatoriness to go to school. Thus, thematics like precocious work, minimum income program, capitalism, neoliberalism was aproached in our discussion. We also intended to make a illustrate with Pinochio Adventures fable, because its conception school is similar like real official discourse school from everybody. In cited narrative, the character Gepeto didn t know what s a truth child but knows that exist a place in city where his maledoll Pinochio would be one the school. Thus, this institution was destine by the justice and politics from Gepetos s city how children right. Pinochio, in the book s end, to be transformed himself in a truth child because learned in school responsible and goodness behaviors. To uphold our inquiry we used the Content Analysis and socio-historical perspectives. The result showed that the children know that exist differents schools: yours and other...

Perfil dos Supervisores de Psicologia em Serviços-Escola Brasileiros

Gauy,Fabiana Vieira; Fernandes,Luan Flávia Barufi; Silvares,Edwiges Ferreira de Matos; Marinho-Casanova,Maria Luiza; Löhr,Suzane Schmidlin
Fonte: Conselho Federal de Psicologia Publicador: Conselho Federal de Psicologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2015 PT
Relevância na Pesquisa
45.92%
Perfil dos supervisores de psicologia em Serviços-Escola Brasileiros (treino/atendimento)Este trabalho teve como objetivo descrever o perfil demográfico dos supervisores dos cursos de graduação em Psicologia, obtidos pelo projeto de pesquisa intitulado "Serviços-Escola de Psicologia no Brasil", que tinha entre seus objetivos a caracterização dos serviços-escola de psicologia brasileiros. A pesquisa foi disponibilizada on-lineem umsite da internet específico para a pesquisa, divulgado através de vários meios de comunicação, no qual, o participante em potencial da pesquisa (supervisor, estagiário ou gestor de uma das clinica escolas de Psicologia do Brasil), depois de acessar a pagina e o seu campo específico, informava dados pessoais (sexo e idade), dados institucionais (vínculo de trabalho, tipo de instituição e localização) e dados profissionais (abordagem teórica e tempo de experiência/área). Do total de 846 participantes potenciais apenas 147 eram supervisores de cursos de Psicologia que haviam completado totalmente o questionário e foram, por isso, considerados para presente análise. Os dados coletados, no período de 2008 a 2010, apontaram que a maioria dos respondentes era do sexo feminino (77,6%), tinha idade entre 38 a 45 anos (45...

A “instituição estourada" como "jogo do fort-da" de Jacques Lacan ao conceito de "instituição estourada" da escola experimental de Bonneuil-Surmarne; The “Burst institution" as a "fort-game" - from Jacques Lacan to the idea of the "Burst Instituion" of the école expérimentale de Bonneuil -Sur-Marne

Geoffroy, Miriam Anne; Silva, Kelly Cristina Brandão da
Fonte: Universidade de São Paulo. Instituto de Psicologia Publicador: Universidade de São Paulo. Instituto de Psicologia
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/12/2004 POR
Relevância na Pesquisa
55.98%
Neste artigo apresenta-se o conceito de “instituição estourada” da Escola Experimental de Bonneuil-sur-Marne. Esse conceito pôde ser desenvolvido como sua principal característica somente pela união da prática experimental desse instituto (que recebe crianças e jovens em dificuldade) com teorias psicanalíticas, (pós-)estruturalistas e anti-psiquiátricas. Nesse contexto, as teorias psicanalíticas servem não somente para a análise das relações intersubjetivas, mas também de estruturas institucionais. Dessa maneira, a “instituição estourada” abre a possibilidade de seguir um “trajeto no caminho do desejo”, não somente para as crianças e os adolescentes, como também para os adultos que lá trabalham. Por último, este artigo mostra como essa instituição, com mais de 30 anos de existência, conseguiu encontrar saídas estruturais para resistir - como “instituição estourada” - a cristalizações institucionais.; This article describes the idea of the “burst institution” of the École Expérimentale de Bonneuil- sur-Marne. This idea could become the École’s main characteristic only because the experimental practice of this institution (which receives children and juveniles in difficulties) is joined with psychoanalytical...

Psicologia institucional: o exercício da psicologia como instituição; Institutional psychology: psychological practices as institutions

Guirado, Marlene; Instituto de Psicologia da USP
Fonte: UFPR Publicador: UFPR
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; avaliado por pares; Formato: application/pdf
Publicado em 14/04/2010 POR
Relevância na Pesquisa
96.1%
O presente texto visa a atualizar e recolocar, agora no âmbito das mudanças de contexto conceitual e concreto do exercício da psicologia como instituição, o que já se vinha esboçando como uma proposta de Psicologia Institucional que respeitasse a especificidade de ação do psicólogo. O capítulo quatro do livro Psicologia Institucional (Guirado, 1987/2004), intitulado “Em busca de uma especificidade de atuação do psicólogo”, é revisitado e revisado à luz dessas mudanças. Mais que isso, é reescrito numa tal ordem que se pode acompanhar o avanço do pensamento e da prática profissional, desde então. Partindo da diferenciação entre os modelos psicanalítico e sociológico de Psicologia Institucional, discute-se tal distinção, confluindo para uma terceira proposta, a qual permite tratar a própria psicologia como instituição, bem como permite tratar o seu exercício, no interior de outras práticas institucionais, como Análise Institucional do Discurso. Situações exemplares são destacadas para dar a conhecer essa estratégia de pensamento. Palavras-chave: psicologia institucional; psicologia como instituição; análise institucional do discurso.; This paper aims to update the proposition to an Institutional Psychology...

Programa de Demissão Voluntária em uma instituição bancária: da gestão da adesão ao Programa às complexas perdas psicossociais

Silva, Eduardo Pinto e; UFSCAR - São Carlos - SP
Fonte: Revista Psicologia: Organizações e Trabalho Publicador: Revista Psicologia: Organizações e Trabalho
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/2002 POR
Relevância na Pesquisa
45.94%
The article covers subjective and psychosocial aspects related to the professional trajectories of ex-banking workers who have decided adhere to the voluntary dismissal programme of a government financial institution. Assumptions and procedures of the research, such as some reports of the interviews (cashiers, supervisors and managers), besides the analysis related to the adherence processes have been made available. The analysis indicates a relation between subjectivity serving as instrument (fear and threat management) and the (incited) decisions to adhere to the voluntary dismissal programme. Those decisions have generated complex psychosocial losses and several and contradictory family and subjective rearrangements.; O artigo aborda aspectos subjetivos e psicossociais relacionados à trajetória profissional de ex-trabalhadores bancários que aderiram ao Programa de Demissão Voluntária de uma instituição bancária estatal. Aparecem explicitados os pressupostos e procedimentos da pesquisa, assim como recortes do discurso dos sujeitos entrevistados (caixas, supervisores e gerentes), além das análises relativas aos processos de adesão e de busca de estratégias de reinserção profissional pelos ex-bancários. A análise aponta para a relação entre a instrumentalização da subjetividade (gestão do medo e da ameaça) e as decisões (incitadas) de adesão ao programa de demissão voluntária. Essas decisões foram sucedidas por complexas perdas psicossociais...

Construção e validação de uma escala de suporte à aprendizagem no trabalho em uma instituição bancária brasileira.; Construction and validation of a support to learning measurement scale in a brazilian banking institution.

Coelho Junior, Francisco Antonio; UnB - Brasília - DF; Abbad, Gardênia da Silva; UnB - Brasília - DF; Todeschini, Kátia Caroline de Lira; UCB - Brasília - DF
Fonte: Revista Psicologia: Organizações e Trabalho Publicador: Revista Psicologia: Organizações e Trabalho
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/2005 POR
Relevância na Pesquisa
45.94%
A literatura na área de TD&E (treinamento, desenvolvimento e educação), bem como de aprendizagem informal nas organizações, destaca a importância de variáveis de suporte psicossocial na explicação da transferência e impacto de treinamento no trabalho. Verificam-se, entretanto, poucos estudos e medidas sobre variáveis de suporte à aprendizagem informal em organizações. Este estudo objetivou construir e validar um instrumento de avaliação de suporte à aprendizagem, definida como percepções dos empregados acerca dos fatores de apoio ou de restrição à aprendizagem natural, espontânea e informal e induzida por treinamentos no trabalho, em todas as suas fases: aquisição, retenção e transferência. A escala foi aplicada em uma amostra de 1731 participantes de um curso a distância sobre Prevenção à Lavagem de Dinheiro, oferecido on-line por uma instituição bancária de âmbito nacional. Os dados foram submetidos a procedimentos de análise fatorial. Os resultados indicaram um fator único de suporte à aprendizagem, constituído por 33 itens, com cargas fatoriais oscilando entre -0,30 a 0,89 e alpha de 0,96. A escala de suporte mostrou-se confiável e válida, permitindo, portanto, a investigação de questões relacionadas às aprendizagens natural e induzida no trabalho.; Literature in the area of TD&E (training...