Página 1 dos resultados de 3245 itens digitais encontrados em 0.007 segundos
Resultados filtrados por Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp

Entre o mito e apropaganda politica : Janio Quadros e sua imagem publica (1959-1961); Between mith and political propaganda : Janio Quadros and his public image

Jefferson Jose Queler
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 22/09/2009 PT
Relevância na Pesquisa
37.21%
Pretendo, neste texto, analisar a construção da imagem pública de Jânio Quadros entre 1959 e 1961. Durante este período, ele disputou as eleições presidenciais brasileiras e governou o país até sua renúncia à Presidência. De acordo com a historiografia ? numa posição similar quando comparada a posições comumente veiculadas pela memória coletiva -, o personalismo dele poderia ser apontado como o principal fator para explicar sua força política, e a propaganda política ajudaria a construir seu prestígio de forma enganosa. Tal ponto de vista pressupõe que o eleitorado brasileiro era passivo e ingênuo, sendo facilmente manipulado por demagogos, o que é uma interpretação clássica para a política na América Latina como um todo, sob a capa do conceito de populismo. Tentando evitar essa perspectiva, sugiro como o espetáculo envolvendo a política naquelas circunstâncias também era formado por partes relevantes da população, isto é, membros de diferentes grupos sociais faziam propaganda por eles próprios, escrevendo e debatendo poesias, textos e músicas com temáticas políticas. Estes aspectos da campanha presidencial são estudados através de cartas então recebidas por Jânio Quadros de várias partes do Brasil e de diferentes grupos sociais...