Página 2 dos resultados de 3245 itens digitais encontrados em 0.006 segundos

Propaganda, militarismo e suas relações com o Heavy Metal em um estudo de caso: o albúm The Glorious Burden da banda Iced Earth.

Rodrigues, Icles
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: 127 páginas
PT_BR
Relevância na Pesquisa
37.13%
TCC (graduação)- Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Filosofia e Ciências Humanas, História.; Após os ataques ao World Trade Center em 11 de setembro de 2001, a mídia estadunidense se alinhou rapidamente com a propaganda que o governo dos Estados Unidos desejava espalhar, buscando o apoio popular para viabilizar uma guerra, primeiro contra o Afeganistão e, depois, contra o Iraque, a “Guerra ao terror”. Diversos produtos da indústria do entretenimento – ou cultura da mídia – responderam ao panorama que se apresentava, dentre eles, estava a música. O heavy metal, gênero musical normalmente visto como contestador e/ou progressista, foi intensamente afetado pela propaganda militarista que predominou nos EUA a partir de 2001 e, principalmente, após 2002. Um caso específico emergiu: o álbum The Glorious Burden da banda estadunidense Iced Earth. Lançado em 2004, o mesmo faz uso da ‘história oficial’ dos Estados Unidos para tentar demonstrar valores patrióticos, mas a forma como ele foi desenvolvido permite diferentes interpretações, por conta da polissemia dos produtos da cultura da mídia. Através de hipóteses baseadas no material disponível para coleta, analisaremos como o álbum The Glorious Burden pode ser interpretado como alinhado à propaganda de guerra...

A Sociedade Propaganda de Portugal : Turismo e Modernidade (1906-1911)

Jesus, Pedro Manuel Cerdeira de
Fonte: Universidade Nova de Lisboa Publicador: Universidade Nova de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /12/2014 POR
Relevância na Pesquisa
37.13%
Esta dissertação tem como tema a Sociedade Propaganda de Portugal, associação fundada em 1906 e que constituiu uma primeira experiência de introdução de uma aposta articulada na actividade turística em Portugal. Mais do que isso, a Propaganda de Portugal apresentou uma proposta ambiciosa e coerente de modernização do país, aspecto que preside à análise da actividade que desenvolveu ao longo dos seus primeiros anos de existência. O trabalho abre com uma análise do percurso do fundador, Leonildo de Mendonça e Costa, e de que forma este influenciou a criação da Sociedade, sendo depois analisado todo o processo de fundação, enquadrado no Portugal de 1900, bem como a evolução da Sociedade em termos de membros, liderança e discurso. A análise do projecto de modernização ocupa a maior parte do trabalho, separada pelas diversas áreas de actuação: transportes, serviços, melhoramentos, hotelaria, estâncias e propaganda; prestando-se a devida atenção às formas de actuação que privilegiou e à distância que se verificou entre projectos e realizações, bem como às causas dessa distância.

Promoção e propaganda de medicamentos em ambientes de ensino: elementos para o debate

Palácios,Marisa; Rego,Sergio; Lino,Maria Helena
Fonte: UNESP Publicador: UNESP
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2008 PT
Relevância na Pesquisa
37.17%
A indústria farmacêutica utiliza a propaganda para a promoção de seus produtos. Os de uso controlado só podem ter a propaganda dirigida a profissionais habilitados a prescrevê-los ou dispensá-los. Este artigo faz uma ampla revisão de artigos científicos que discutem questões éticas e legais acerca da promoção e propaganda de medicamentos em ambientes de ensino médico. Conclui-se que não se justifica a auto-regulamentação da propaganda de medicamentos e que existem evidências suficientes de como o poder da indústria farmacêutica é capaz de influenciar as decisões no âmbito da relação médico-paciente, sendo a promoção e a propaganda um de seus instrumentos. Defende-se sua total proibição em ambientes de ensino, bem como a incorporação da temática na formação dos estudantes. Como a legislação vigente permite a propaganda de medicamentos vendidos sob prescrição apenas a médicos e farmacêuticos, destaca-se que tal propaganda é ilegal quando atinge estudantes de medicina e de farmácia.

O comportamento do consumidor adolescente brasileiro: a propaganda como possível agente de influência determinante de sua decisão de compra.

Ângelo e Silva, Marcilio; Roazzi, Antonio (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
37.13%
O presente trabalho versa sobre aspectos referentes ao consumidor e a fatores que podem influenciar sua decisão de compra, como a propaganda. Concentra-se no comportamento do consumidor adolescente brasileiro recifense, uma vez que poucos estudos têm sido feitos nesta área no Brasil. Aborda inicialmente aspectos relativos ao contexto social brasileiro, relacionados à adolescência e aspectos do marketing, de forma particular a uma de suas táticas promocionais, a propaganda. Analisa criticamente teorias psicológicas como o Behaviorismo, teoria do Processamento da Informação e Resolução de Problemas, teoria do Apego, e suas possíveis relações diretas ou indiretas com a propaganda e o comportamento do consumidor. Teve como objetivo principal verificar se a propaganda exerce influência determinante na decisão de compra dos adolescentes. Apóia-se no método quali-quanti, usando como instrumentos a associação livre, a classificação dirigida, situação hipotética de compra e escala Likert relacionada ao peso da propaganda para decisão de compra. Análises descritivas, de variância Kruskall-Wallis e multidimensional através da técnica SSA (Smallest Space Analysis) e de entrevista foram realizadas. Verificou-se de uma forma geral que a propaganda não se apresenta...

A quem possa interessar : o modelo de propaganda, a indústria midiática e o "efeito Lula"

Migdaleski, Leonardo Moreira, 1991-
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Monografia Graduação Formato: 78 f.; application/pdf
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
37.13%
Orientador: Igor Zanoni Constant Carneiro Leão; Monografia(Graduação) - Universidade Federal do Paraná,Setor de Ciências Sociais Aplicadas, Curso de Ciências Econômicas; Resumo: O modelo de propaganda, como foi desenvolvido por Edward Herman e Noam Chomsky, é um modo de análise da atuação da mídia quando ela está configurada em uma estrutura oligopolista de mercado, caso da brasileira. Constituído por cinco filtros pelos quais as notícias passam antes de serem publicadas, ele tem como como foco principal o a demonstração do processo de fabricação do consenso por parte dos meios de comunicação. Este consentimento buscado por ela é o da divulgação e defesa dos interesses e privilégios da elite que detém o poder econômico no país, grupo do qual os donos da mídia fazem parte. Controlada em sua maioria por poucas empresas que operam em um modelo de gestão familiar, a indústria midiática brasileira tem sua livre operação facilitada ao receber extraordinárias receitas advindas da publicidade anualmente e da ineficiente regulação de suas atividades por parte do governo. Esta pesquisa tem como objetivo aplicar o modelo de propaganda ao caso específico da abordagem do jornal O Estado de S. Paulo sobre o tema do "efeito Lula" ocorrido durante as eleições presidenciais de 2002. Este foi o nome dado ao fenômeno de instabilidade financeira e crise econômica que atingiu o Brasil naquela época. Foram analisadas as edições do jornal que datam de primeiro de setembro a trinta e um de outubro daquele ano...

A evolução da propaganda cultural e suas relações com a política; The evolution of cultural propaganda and its relationship with politics

França, Lisa
Fonte: Maria Luisa Martins Mendonça Publicador: Maria Luisa Martins Mendonça
Tipo: Artigo de Revista Científica
PT_BR
Relevância na Pesquisa
37.17%
v. 3, n. 2, p. 197-217, jul./dez. 2000.; The work analyses the boundaries between politics and the cultural propaganda and how politics did impose on cultural manifestations, especially under authorítarian governments and during great wars. It brings charges of ideology ínvisible exercising in cultural actions of Art avant-guard movements of each time and raises a reflection about the dissociation of propaganda and information and the correlations between cultural propaganda and education. It finally examines the transformation of cultural objects in commodities in the contemporary world.; O artigo analisa as ligações da política com a propaganda cultural e as interferências dos regimes totalitários e das grandes guerras nas manifestações culturais dos povos. Averigua as interferências ideológicas nos tipos de manifestações culturais de vanguarda de cada época e traz também uma reflexão sobre a dissociação entre propaganda e informação e as correlações entre propaganda cultural e educação. Finalmente examina a transformação dos bens culturais em marketing e a utilização dos bens culturais como mercadorias essencialmente comerciais na contemporaneidade.

A revista e a propaganda: o projeto político-cultural do Estado Novo nas páginas da Ilustração Brasileira

Silva, Geanne Paula de Oliveira
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
37.17%
Tomando a revista Ilustração Brasileira, especialmente as 104 primeiras edições de sua terceira fase de publicações — maio de 1935 a janeiro de 1944 ―, como fonte e, ao mesmo tempo, como objeto privilegiado de pesquisa, este estudo tem como principal objetivo examinar a propaganda política do Estado Novo brasileiro veiculada nas páginas do referido periódico. Ao privilegiar esse conteúdo propagandístico, a revista Ilustração Brasileira se apresenta como fonte de pesquisa, como o vestígio que tornará possível a construção de um conhecimento histórico acerca do período denominado Estado Novo na história do Brasil. À medida que se toma a própria revista como peça de investigação, ela torna-se também objeto de pesquisa. Nessa perspectiva, examino o conteúdo de propaganda política ― textos e imagens ―, buscando mostrar como apareceu formatado, nas páginas da Ilustração Brasileira, o projeto político-cultural estado-novista. Ao mesmo tempo, tomo a própria revista como objeto de estudo ― sua trajetória, projeto(s) gráfico(s), materialidade ―, na tentativa de evidenciar o lugar ocupado por essa publicação na história da imprensa ilustrada brasileira e no interior do projeto político-cultural do Estado Novo. ___________________________________________________________________________ ABSTRACT; Taking the magazine Ilustracao Brasileira...

„Der Kampf ist hart. Wir sind härter!“ - Die Darstellung deutscher Soldaten im Spiegel der Bildpropaganda beider Weltkriege und die Konstruktion des „Neuen Helden“; „Der Kampf ist hart. Wir sind härter!“ - German Soldiers in the propaganda art of the First and Second World War and the construction of "Neue Helden"

Lewalter, Hannes
Fonte: Universidade de Tubinga Publicador: Universidade de Tubinga
Tipo: Dissertação
DE_DE
Relevância na Pesquisa
37.13%
Im Spannungsfeld der Propagandakunst möchte diese Arbeit operieren, deren Interesse es ist, die deutsche Bildpropaganda der beiden Weltkriege in Postkarten und Plakaten zu untersuchen. Dabei soll der Frage nachgegangen werden, welche Motive die deutsche Propaganda in der Zeit nach dem Ersten Weltkrieg einsetzte, und welches die „Vor-Bilder“ der jeweiligen Motive auf Plakaten und Postkarten waren. Ziel ist es, Traditionslinien und Weiterentwicklungen alter Motive aus dem Ersten Weltkrieg ebenso aufzuzeigen, wie Neuschöpfungen der staatlichen Propagandastellen nach 1918.; This thesis operates in the area of propaganda art. It intends to investigate German image propaganda of the First and Second World War by analysing postcards and posters. It mainly focuses on the question which motives the German propaganda authorities were using after the First World War and where the prototypes of these motives on posters and postcards originated from. An additional aim lies in both, disclosing traditions and developments of old motives from World War One and identifying new creations by the governmental propaganda authorities from after 1918.

Propaganda negativa nas eleições presidenciais brasileiras

Borba,Felipe
Fonte: Centro de Estudos de Opiniao Publica da Universidade Estadual de Campinas Publicador: Centro de Estudos de Opiniao Publica da Universidade Estadual de Campinas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2015 PT
Relevância na Pesquisa
37.13%
ResumoEste artigo tem como propósito investigar a propaganda negativa nas eleições presidenciais brasileiras. Tema de extrema relevância tendo em vista que a literatura recente vem sugerindo que o tom das campanhas tem consequências importantes para a decisão do voto, a participação política e o nível de informação dos eleitores. Entretanto, a maior parte desses estudos foi realizada para entender a realidade política dos Estados Unidos. No Brasil, apesar do crescente interesse pelos efeitos da comunicação política, a propaganda negativa não se consolidou como agenda de pesquisa. A revisão da literatura registra produção esparsa e com resultados pouco consistentes. Este artigo busca superar parte dessa lacuna ao oferecer análise histórica da propaganda negativa veiculada no Horário Gratuito de Propaganda Eleitoral nas eleições presidenciais de 1989 a 2014 (primeiro e segundo turnos). O foco central é contribuir para o debate sobre os determinantes da campanha negativa dentro de um contexto multipartidário e altamente regulamentado. Os resultados indicam que o percentual médio de propaganda negativa é baixo no Brasil, sendo a estratégia usada principalmente no segundo turno, nos anos com reeleição e por candidatos em desvantagem nos índices de intenção de voto contra o líder. Ao todo...

La propaganda política gráfica como un elemento que influye en la conformación del Nacionalsocialismo alemán entre los años de 1920 a 1940

Prada Mayorga, Jaime Andrés
Fonte: Facultad de Ciencia Política y Gobierno Publicador: Facultad de Ciencia Política y Gobierno
Tipo: info:eu-repo/semantics/bachelorThesis; info:eu-repo/semantics/acceptedVersion Formato: application/pdf
Publicado em 27/02/2009 SPA
Relevância na Pesquisa
37.13%
Durante el transcurso de la historia de los pueblos, el ser humano ha sido el actor de incesantes batallas por imponer su cosmovisión a otros. En este proceso por lograr su objetivo, ha desarrollado diferentes estrategias y métodos de persuasión que le han permitido adaptar el entorno a su manera. Uno de estos métodos ha sido la propaganda política, la cual ha sido utilizada por regímenes, sociedades e individuos para transformar y consolidar su posición. La presente monografía pretende dar un primer acercamiento a la manera como un régimen político puede ir adaptando una sociedad determinada. Concretamente, este trabajo busca mostrar cómo a partir de un análisis de la propaganda política gráfica, el Nacionalsocialismo Alemán pudo durante dos décadas (1920 -1940) conformar, instaurar y adaptar la sociedad alemana a una nueva realidad política y sociocultural, dando origen al periodo conocido como Tercer Reich.; During the course of the history of nations, the human being has been the actor of incessant battles to impose their worldview on others. In this process to achieve their goal, it has developed different strategies and methods of persuasion that have enabled him to adapt the environment in its own way. One of these methods has been the propaganda...

A criatividade na formação e atuação do profissional de publicidade e propaganda

Alves, Juliana Maia Pinto
Fonte: Centro Universitário de Brasília Publicador: Centro Universitário de Brasília
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
PT_BR
Relevância na Pesquisa
37.17%
O presente trabalho é o resultado de um estudo sobre a criatividade na formação e atuação do profissional de Publicidade e Propaganda. O tema Criatividade vem sendo estudado há muitos anos no exterior e no Brasil. É um assunto que tem diversas interpretações e teorias que a explicam. Educadores, alunos e profissionais costumam entender que a criatividade colabora no desenvolvimentos de ideias e de produtos criativos. Na área de Publicidade e Propaganda a criatividade pode ser uma pedra fundamental na diferenciação de produtos. Nesse sentido, a forma como professores e profissionais vão estimular seus alunos, colegas e funcionários será de grande importância para a formação de um profissional competente e que possa se destacar. Portanto, este estudo teve como objetivo compreender como a criatividade pode ser relevante na formação e atuação dos profissionais de publicidade e propaganda, e também propor formas de se estimular esses alunos e profissionais. Baseado na fala dos entrevistados, e na pesquisa bibliográfica, também foram apontados alguns fenômenos sobre as diferenças entre profissionais criativos e não criativos, e sobre os melhores resultados dos profissionais mais criativos em suas organizações. Participaram do estudo profissionais da área de publicidade e propaganda...

Imagen y propaganda de guerra en el conflicto sucesorio (1700-1713)

Borreguero Beltrán, Cristina
Fonte: Universidade Autônoma de Barcelona Publicador: Universidade Autônoma de Barcelona
Tipo: Article; info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion Formato: application/pdf
Publicado em //2003 SPA
Relevância na Pesquisa
37.13%
Estudio que define y analiza la tipología propagandística y publicística que configuró la imagen del conflicto bélico en España así como la de sus más destacados protagonistas: el Archiduque Carlos y Felipe V.; Estudi que defineix i analitza la tipologia propagandística i publicística que va configurar la imatge del conflicte bèl•lic a Espanya així com la dels seus protagonistes més destacats: l'arxiduc Carles i Felip V.; This study describes and analyses the propaganda and publicistic that gave form to the military conflict in Spain as to its more prominent leads: Archduke Charles and Philip V.

Mídia e propaganda racista: como os mass media constroem a imagem da realidade social – uma leitura do genocídio Ruanda; Mídia e propaganda racista: como os mass media constroem a imagem da realidade social – uma leitura do genocídio Ruanda; Mídia e propaganda racista: como os mass media constroem a imagem da realidade social – uma leitura do genocídio Ruanda

Couto, Andréia Terzariol
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Comunicações e Artes Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Comunicações e Artes
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigos; Pesquisa descritiva; Pesquisa Empírica; Pesquisa acadêmica; Pesquisa Historica; Pesquisa Académica; Descripción; Historic Research; Academic Research; Description Formato: application/pdf
Publicado em 01/10/2010 POR
Relevância na Pesquisa
37.17%
Este artigo tem por objetivo analisar como os mass media constroem a imagem da realidade social a partir de uma interpretação sobre o genocídio Ruanda, verificando como a propaganda racista teve um papel fundamental no desencadeamento dos fatos que levaram ao genocídio. A orientação teórica desse artigo, dentro dos limites que ele possui, busca uma tentativa de análise a partir da questão da identidade cultural, discutida por Hall (2003), e como um grande número de elementos de uma nação, que a princípio deveriam compartilhar de uma identidade cultural comum a partir de um determinado momento, passam a propagar o extermínio de outros. DOI: 10.5841/extraprensa.v1i6.31; Este artículo tiene por objeto analizar cómo los mass media construyen la imagen de la realidad social desde una interpretación del genocidio de Ruanda, y ver cómo la propaganda racista desempeñado un papel clave en el desencadenamiento de los acontecimientos que condujeron al genocidio. La orientación teórica de este artículo, dentro de los límites que tiene, un intento de solicitar la revisión de la cuestión de la identidad cultural, como se comenta por Hall (2003), y como un gran número de elementos de una nación, que el principio debe compartir una identidad cultural común desde un cierto punto...

TECNOLOGIA DA REALIDADE AUMENTADA NA PROPAGANDA: AVALIAÇÃO DA EFICÁCIA COM BASE EM ENTENDIMENTO, RISCO E RESPOSTA AFETIVA DOI: 10.5773/rai.v10i3.572

Pereira, Ricardo Menzes Carvalho; Geleilate, José Mauricio Galli; Leocadio, Aurio Lucio; Arruda Gomes, Danielle Miranda de Oliveira
Fonte: Universidade de São Paulo. Economia, Administração e Contabilidade Publicador: Universidade de São Paulo. Economia, Administração e Contabilidade
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf; application/pdf
Publicado em 01/10/2013 POR
Relevância na Pesquisa
37.13%
A Realidade Virtual, técnica que permite a interação entre pessoas e computadores, tem tido sua interface melhorada avançando para a tecnologia da Realidade Aumentada (RA), que permite uma interação “usuário-ambiente” mais eficiente e rica. Este estudo questiona como os consumidores avaliam a eficácia da propaganda em ambiente de Realidade Aumentada tendo como base o seu entendimento, a resposta afetiva e risco de compra. O uso da tecnologia da Realidade Aumentada foi avaliado neste estudo quanto à sua eficácia em propaganda via internet, no intuito de descobrir o quão eficazmente este recurso é percebido, com base nas influências dos constructos sobre percepção de risco do consumidor em relação ao produto, resposta afetiva ao experimentar o recurso e entendimento geral da propaganda. Utilizou-se como base teórica os conhecimentos a respeito dos usos da Realidade Aumentada, além do resgate de pesquisas que envolvessem os quatro pilares teóricos do estudo: risco percebido, entendimento, resposta afetiva e eficácia da propaganda. Foi realizada uma pesquisa de caráter exploratório, predominantemente quantitativa, com aplicação de questionários com 261 respondentes, abordados de forma não probabilística. Os resultados demonstraram que com o uso da tecnologia da Realidade Aumentada...

A propaganda do governo e a publicidade automotiva: Disputas e contradições; Government propaganda and automotive advertising: Disputes and contradictions; La propaganda del gobierno y la publicidad automotiva: Disputas y contradicciones

Stevens, Leandro
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Comunicações e Artes Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Comunicações e Artes
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo não avaliado pelos pares Formato: application/pdf
Publicado em 31/07/2013 POR
Relevância na Pesquisa
37.17%
Pretende-se abordar questões sobre a comunicação publicitária que possuem o automóvel como tema, a partir de diferentes perspectivas: a publicidade da indústria automotiva que promove a venda do automóvel e, para tanto, apela ao desejo individual de liberdade e velocidade e, por outro lado, a propaganda e o controle do Governo sobre liberdade e velocidade que podem causar danos à vida. É possível estudar as contradições e disputas da comunicação publicitária sobre o automóvel como um fenômeno cultural, político e econômico.; It is intended to develop questions about the advertising communication that have the automobile as subject from different perspectives: the automotive industry advertising that promotes the sale of the car and, therefore, appeals to the desire for individual freedom and speed and, on the other hand, the propaganda and government control over freedom and speed that can cause damage to life. Is possible to examine the contradictions and disputes of advertising communication on the automobile as a cultural phenomenon, political and economic.; Se pretende abordar cuestiones relativas a la comunicación publicitaria que tienen el automóvil como tema, desde diferentes perspectivas: la publicidad de la industria automotiva...

Princípio da liberdade da propaganda política, propaganda eleitoral antecipada e o artigo 36-A da Lei Eleitoral

Peccinin, Luiz Eduardo
Fonte: TRE/PR e UFPR Publicador: TRE/PR e UFPR
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf
Publicado em 24/08/2015 POR
Relevância na Pesquisa
37.17%
O presente trabalho tem por objetivo analisar o artigo 36-A da Lei nº 9.504/97, contrastando-o com o conceito jurisprudencial clássico de propaganda eleitoral antecipada. Primeiramente, de forma breve e objetiva, são apresentadas as alterações da Lei nº 12.034/2009 ao ordenamento jurídico eleitoral, em especial, ao regime da propaganda eleitoral. Em seguida, o estudo traça um panorama da propaganda política e dos princípios da máxima liberdade e igualdade que norteiam o debate político-eleitoral para, ao final, propor um avanço jurisprudencial no tema da propaganda eleitoral antecipada após as alterações advindas com o artigo 36-A.

Ethics on publicity and propaganda in the tourism; Ética em publicidade e propaganda no turismo

Santos, Bárbara Pereira Carmona dos; Universidade Federal do Pará (UFPA); Castro, Cleber Augusto Trindade; Universidade Federal do Pará (UFPA) e Companhia Paraense de Turismo
Fonte: Departamento de Turismo (DETUR - UFPR) Publicador: Departamento de Turismo (DETUR - UFPR)
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Avaliado por pares Formato: application/pdf
Publicado em 29/07/2008 POR
Relevância na Pesquisa
37.13%
This article has as objective to present reflections on ethics in the strategies of communication by means of the advertising in the tourism, being raised theoretical and practical aspects of the absence of ethical attitudes in the publicity campaigns of destinations, products and services. The study was carried through by means of collection of data in bibliographies and documents with information about the subject matter. With the research, it was possible to perceive that there are negative consequences of the lack of ethics in the advertising in the tourism, as for promoters of these campaigns, as for the others agents involved in the tourist activity, causing legal or marketing problems, as the crime of false propaganda and the distortion of the image of tourist destinations in the market.; Este artigo tem como objetivo apresentar reflexões sobre ética nas estratégias de comunicação por meio da publicidade e propaganda no turismo, levantando aspectos teóricos e práticos da ausência de atitudes éticas nas campanhas publicitárias de destinos, produtos e serviços. O estudo, de caráter exploratório, foi realizado por meio de coleta de dados em bibliografias e documentos com informações sobre a temática abordada. Com a pesquisa...

Guerra semiótica, jornalismo e propaganda; Semiotic war, journalism and propaganda

Atem, Guilherme Nery; UFF
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 02/06/2009 POR
Relevância na Pesquisa
37.13%
http://dx.doi.org/10.5007/1984-6924.2008v5n1p161Este artigo pretende investigar a atual hibridação entre Jornalismo e Propaganda. Para isso, retomaremos a discussão entre estes dois campos de atuação prática, na área da Comunicação Social, a partir de questões que surgem em um contexto histórico de guerra. Neste caso, a análise recairá sobre a invasão norte- americana ao Iraque, em 2003, bem como sobre a cobertura jornalística pela mídia mundial. Se, por um lado, em épocas de paz é difícil percebermos a interdependência entre o Jornalismo e a Propaganda ideológica, por outro lado, em tempos de guerra essa relação se torna evidente. Nossa hipótese é a de que, na contemporaneidade comunicacional, a guerra efetiva (material, termodinâmica) é duplicada pela “guerra semiótica” (imaterial, informacional).; This article intents to investigate the recent hibrydation between Journalism and Propaganda. We will go back to the discussion between the two Social Communication working fields. We will go back to the questions that arise on war historic context. In this case, the analysis will recover upon the US invasion in Iraq in 2003 and its coverage by the international media. If, in one hand, in peace time, it is difficult to see and to realize the interdependence between Journalism and Ideological Propaganda...

Promoção e propaganda de medicamentos em ambientes de ensino: elementos para o debate

Palácios,Marisa; Rego,Sergio; Lino,Maria Helena
Fonte: UNESP Publicador: UNESP
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2008 PT
Relevância na Pesquisa
37.17%
A indústria farmacêutica utiliza a propaganda para a promoção de seus produtos. Os de uso controlado só podem ter a propaganda dirigida a profissionais habilitados a prescrevê-los ou dispensá-los. Este artigo faz uma ampla revisão de artigos científicos que discutem questões éticas e legais acerca da promoção e propaganda de medicamentos em ambientes de ensino médico. Conclui-se que não se justifica a auto-regulamentação da propaganda de medicamentos e que existem evidências suficientes de como o poder da indústria farmacêutica é capaz de influenciar as decisões no âmbito da relação médico-paciente, sendo a promoção e a propaganda um de seus instrumentos. Defende-se sua total proibição em ambientes de ensino, bem como a incorporação da temática na formação dos estudantes. Como a legislação vigente permite a propaganda de medicamentos vendidos sob prescrição apenas a médicos e farmacêuticos, destaca-se que tal propaganda é ilegal quando atinge estudantes de medicina e de farmácia.

Propaganda negativa nas eleições presidenciais brasileiras

Borba, Felipe
Fonte: CESOP/UNICAMP Publicador: CESOP/UNICAMP
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares; Pesquisa qualitativa Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/2015 POR
Relevância na Pesquisa
37.17%
Este artigo tem como propósito investigar a propaganda negativa nas eleições presidenciais brasileiras. Tema de extrema relevância tendo em vista que a literatura recente vem sugerindo que o tom das campanhas tem consequências importantes para a decisão do voto, a participação política e o nível de informação dos eleitores. Entretanto, a maior parte desses estudos foi realizada para entender a realidade política dos Estados Unidos. No Brasil, apesar do crescente interesse pelos efeitos da comunicação política, a propaganda negativa não se consolidou como agenda de pesquisa. A revisão da literatura registra produção esparsa e com resultados pouco consistentes. Este artigo busca superar parte dessa lacuna ao oferecer análise histórica da propaganda negativa veiculada no Horário Gratuito de Propaganda Eleitoral nas eleições presidenciais de 1989 a 2014 (primeiro e segundo turnos). O foco central é contribuir para o debate sobre os determinantes da campanha negativa dentro de um contexto multipartidário e altamente regulamentado. Os resultados indicam que o percentual médio de propaganda negativa é baixo no Brasil, sendo a estratégia usada principalmente no segundo turno, nos anos com reeleição e por candidatos em desvantagem nos índices de intenção de voto contra o líder. Ao todo...